Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 10 de 10
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 12: 833-839, jan.-dez. 2020. 30
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1102794

RESUMO

Objetivo:Analisar o perfil sociodemográfico e epidemiológico das mulheres com transtornos mentais, com ênfase aos aspectos ginecológicos, reprodutivos e sexuais. Método: Estudo transversal, realizado no Centro de Atenção Psicossocial, com 31 mulheres, com idade igual ou superior a 18 anos e em tratamento regular. Utilizou-se instrumento de coleta estruturado, os dados foram analisados no SPSS versão 18.0. Esse protocolo foi aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa sob o CAAE 56546216.0.0000.5195. Resultados: Houve predominância de mulheres em terapia medicamentosa (96,8%), baixa atividade sexual (61,3%), alta adesão ao exame preventivo de câncer de colo do útero (74,2%) e baixa adesão ao planejamento familiar (77,4%). Conclusão: Para a integralidade do cuidado prestado às mulheres com transtorno mental, usuárias do Centro de Atenção Psicossocial, é necessário um alinhamento entre as políticas de atenção integral a saúde da mulher e saúde mental, via apoio matricial com a atenção primária de saúde


Objective: This study aimed to analyze the sociodemographic and epidemiological profile of women with mental disorders, emphasizing the gynecological, reproductive and sexual aspects. Method: A cross-sectional study, carried out at the Psychosocial Attention Center, with 31 women, aged 18 years or more, undergoing regular treatment. A data collection instrument in a structured format was used and data were analyzed using the SPSS software, version 18.0. This project was approved by one Research Ethics Committee under registration CAAE 56546216.0.0000.5195. Results: There was a predominance of women in drug therapy (96.8%), low sexual activity (61.3%), high adherence to cervical cancer screening test (74.2%) and low adherence to family planning (77.4%). Conclusion: An integral care provided to women with mental disorders, users of the Psychosocial Attention Care, requires an alignment among the policies of integral attention to women's health and mental health, through matrix support with primary health care


Objetivo: Analizar el perfil sociodemografico y epidemiológico de las mujeres con trastornos mentales, con enfasis en los aspectos ginecologicos, reproductivos y sexuales. Método: Estudio transversal, realizado en el Centro de Atencion Psicosocial, con 31 mujeres, con edad igual o superior a 18 anos y en tratamiento regular. Se utilizo instrumento de recoleccion estructurado, los datos fueron analizados en el SPSS version 18.0. Esta investigacion fue aprobada en el Comite de Etica bajo el CAAE 56546216.0.00.00.5195. Resultados: Hubo predominio de mujeres en terapia medicamentosa (96,8%), baja actividad sexual (61,3%), alta adhesion al examen preventivo de cancer de cuello de utero (74,2%) y baja adhesion a la planificacion familiar (74,2%) 77,4%). Conclusión: Para la integralidad del cuidado prestado a las mujeres con trastorno mental usuarias del Centro de Atencion Psicosocial es necesario un alineamiento entre las politicas de atencion integral a la salud de la mujer y de salud mental, a traves del apoyo matricial con la atencion primaria de salud


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Perfil de Saúde , Saúde da Mulher , Serviços de Saúde Comunitária , Transtornos Mentais
2.
Cien Saude Colet ; 24(8): 2993-3000, 2019 Aug 05.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-31389546

RESUMO

OBJECTIVE: To investigate the process of medicalization among the Xukuru indigenous people of Pesqueira (PE), Brazil following the 2003 conflict. METHOD: This is a descriptive, cross-sectional, quantitative study developed with the indigenous attended at the Xukuru de Cimbres basic center. The final sample consisted of 75 individuals who used psychotropic drugs. Data were analyzed by SPSS version 18.0, using the chi-square test. RESULTS AND DISCUSSION: We observed that 8% of the studied population use psychotropic drugs, and the most used is BZD (78.67%). Regarding age, 68% are young adults and 26.67% are elderly. The income of 81.33% of households is more than one minimum wage. As for marital status, 50.85% and 66.67%, respectively of the indigenous group using BZD and other psychotropic drugs are married. CONCLUSION: The study outlined the profile of the Xukuru de Cimbres indigenous people who used psychotropics and showed a fragmented mental health care focused on the disease and the use of medication. Results reveal a socioeconomically vulnerable adult population, a pattern of chronic use of psychotropic drugs and distancing from traditional indigenous healing, typical of the health medicalization process.


Assuntos
Índios Sul-Americanos/estatística & dados numéricos , Medicalização , Transtornos Mentais/tratamento farmacológico , Psicotrópicos/administração & dosagem , Adolescente , Adulto , Benzodiazepinas/administração & dosagem , Brasil , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Renda , Masculino , Medicina Tradicional/métodos , Serviços de Saúde Mental/organização & administração , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem
3.
Ciênc. Saúde Colet ; 24(8): 2993-3000, ago. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1011870

RESUMO

Resumo O objetivo deste artigo é investigar o processo de medicalização dos indígenas do povo Xukuru de Pesqueira, PE, após o conflito ocorrido em 2003. Estudo descritivo, quantitativo, desenvolvido com indígenas atendidos no polo base Xukuru de Cimbres. A amostra final foi composta por 75 usuários em uso de medicamentos psicotrópicos. Os dados foram analisados no SPSS versão 18.0, utilizando a prova do qui quadrado. Observou-se que 8% da população estudada faz uso de psicotrópicos, sendo os mais usados os BZD (78,67%). Com relação à idade, 68% são adultos jovens e 26,67% são idosos. A renda de 81,33% das famílias perfaz mais de um salário mínimo. Com relação ao estado civil, do grupo de indígenas que faz uso dos BZD e outros psicotrópicos, 50,85% e 66,67%, respectivamente, são casados. O estudo delineou o perfil dos índios Xukuru de Cimbres usuários de psicotrópicos e evidenciou uma assistência à saúde mental fragmentada, focada na doença e no uso da medicação. Os achados revelam uma população adulta vulnerável do ponto de vista socioeconômico, um padrão de cronificação do consumo dos psicotrópicos e o distanciamento das práticas de curas tradicionais indígenas, característicos do processo de medicalização da saúde.


Abstract Objective: To investigate the process of medicalization among the Xukuru indigenous people of Pesqueira (PE), Brazil following the 2003 conflict. Method: This is a descriptive, cross-sectional, quantitative study developed with the indigenous attended at the Xukuru de Cimbres basic center. The final sample consisted of 75 individuals who used psychotropic drugs. Data were analyzed by SPSS version 18.0, using the chi-square test. Results and Discussion: We observed that 8% of the studied population use psychotropic drugs, and the most used is BZD (78.67%). Regarding age, 68% are young adults and 26.67% are elderly. The income of 81.33% of households is more than one minimum wage. As for marital status, 50.85% and 66.67%, respectively of the indigenous group using BZD and other psychotropic drugs are married. Conclusion: The study outlined the profile of the Xukuru de Cimbres indigenous people who used psychotropics and showed a fragmented mental health care focused on the disease and the use of medication. Results reveal a socioeconomically vulnerable adult population, a pattern of chronic use of psychotropic drugs and distancing from traditional indigenous healing, typical of the health medicalization process.

4.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(7): 1931-1939, jul. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-986685

RESUMO

Objetivo: caracterizar as dificuldades enfrentadas pelos cuidadores familiares de idosos com Alzheimer. Método: estudo qualitativo, descritivo, exploratório, com a participação de dez cuidadoras familiares de idosos com diagnóstico de Alzheimer cadastradas em Unidades Básicas de Saúde (UBS). A coleta de dados deuse por entrevista semiestruturada. A construção das categorias temáticas baseou-se na análise de conteúdo de Minayo, com resultados dispostos em quatro categorias temáticas. Resultados: as dificuldades emergiram nas categorias (1) Rede de apoio social e familiar; (2) O cuidador frente às diferentes fases do Alzheimer; (3) Sentimentos experienciados no processo de cuidado e (4) Mudanças na vida pessoal e social. Conclusão: para as cuidadoras, a maior dificuldade foi a carência de suporte social durante o processo de cuidado ao idoso.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso Fragilizado , Cuidadores , Cuidadores/psicologia , Impacto Psicossocial , Doença de Alzheimer , Acontecimentos que Mudam a Vida , Atenção Primária à Saúde , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
5.
Saúde Soc ; 27(1): 175-184, jan.-mar. 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-962570

RESUMO

Resumo Este artigo objetiva analisar as relações entre usuários e profissionais de um Centro de Atenção Psicossocial (Caps), focalizando a escuta, observação e percepção de como o cuidado é vivenciado entre esses atores sociais. Para tal, foi desenvolvido um estudo qualitativo mediante observação participante e entrevistas semiestruturadas realizadas com profissionais de um Caps na cidade de Pesqueira (PE). As entrevistas foram analisadas segundo a análise textual discursiva e operacionalizadas por meio do software ATLAS.ti. A partir disso, no campo das práticas de cuidado, observou-se que a persistência da noção de periculosidade atribuída à pessoa em sofrimento psíquico aponta um processo complexo de manutenção de concepções estigmatizantes sobre adoecimento mental. Na análise das relações de cuidado, pudemos constatar a centralidade do tratamento medicamentoso, bem como a existência de circuitos permitidos e não permitidos pela própria comunidade, que passa a regular a circulação no território. Evidencia-se, por fim, a vinculação das práticas de cuidado a práticas de medicalização do sofrimento psíquico e de medicamentalização.


Abstract This research aims to analyze the relationship between users and professionals in a Centro de Atenção Psicossocial - Psychosocial Care Center (Caps), focusing on listening, observation and the perception of how care is experienced by them. For this purpose, a qualitative study was conducted by participant observation and semi-structured interviews with professionals of a Caps in the city of Pesqueira (PE, Brazil). The interviews were analyzed according to discursive textual analysis, which was carried out through the ATLAS.ti software. Onwards, in the field of care practices, we noticed that the persistence of the danger notion assigned to the psychic suffering person points to a complex process of maintenance of stigmatizing mental illness conceptions. In the analysis of care relationships, we have seen the centrality of drug treatment, as well as the existence of circuits that are allowed or not by the community, that regulates circulation in territory. The results point to the linkage of care practices to the medicalization of psychological distress and excessive consumption of medicines.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Saúde Mental , Risco , Serviços de Saúde Mental , Pesquisa Qualitativa
6.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 9(3): 659-668, jul.-set. 2017.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-869945

RESUMO

Objective: To characterize the mental health practices and care strategies developed by primary care teams in an urban area from Pesqueira/PE, Brazil. Methods: A descriptive exploratory study with a qualitative approach, developed through semi-structured interviews with health professionals and users of primary care network. Research protocol approved by CONEP with CAAE No 33110114.5.0000.5203. Results: Users with mental disorders and/or mental suffering are mainly attended in familiar and basic health units, and then referred to the Psychosocial Care Center (CAPS). Strategies and care practices in mental health vary according to the experience of each professional, and are centered on the medical consultation, prescription and medication control. Conclusion: Due to the recent implementation of CAPS, the psychosocial attention network of the municipality has structural and network problems between the different points of care, such as the difficulty of establishing a reference and counter-referralflow.


Objetivo: Caracterizar as práticas e estratégias de Cuidado à Saúde Mental desenvolvidas pelas equipes de atenção primária na área urbana de Pesqueira/PE. Métodos: Estudo descritivo, exploratório, de abordagem qualitativa, desenvolvido mediante entrevistas semiestruturadas com profissionais de saúde e usuários da rede de atenção primária à saúde. Protocolo de pesquisa aprovado pela CONEP com CAAE 33110114.5.0000.5203. Resultados: Os usuários com transtorno mental e/ou sofrimento psíquico são atendidos, principalmente, nas unidades de saúde da família e unidades básicas de saúde, sendo, então, referenciados para o CAPS. As estratégias e práticas de cuidado em saúde mental variam de acordo com a experiência de cada profissional e são centradas na consulta médica, prescrição e controle da medicação. Conclusão: Devido à recente implantação do CAPS, a rede de atenção psicossocial do município apresenta problemas de estruturação e coligação entre os diferentes pontos de assistência, a exemplo da dificuldade de estabelecimento de fluxo de referência e contra referência.


Objetivo: Caracterizar las prácticas y estrategias para el cuidado de la salud mental desarrollados por equipos de atención primaria, em la área urbana de Pesqueira/PE, em Brasil. Métodos: Estudio descriptivo, exploratorio, cualitativo, desarrollado a través de entrevistas semiestructuradas con profesionales y usuarios de la red de atención primaria. Protocolo de investigación aprobado por el CONEP con CAAE 33110114.5.0000.5203. Resultados: Los usuarios con trastornos mentales y/o sufrimiento mental son atendidos, principalmente, en unidades de salud de la familia y unidades básicas, y luego se refirieron a lo Centro de Atención Psicosocial (CAPS). Estrategias y prácticas de atención en salud mental varían con la experiencia de cada profesional y se centraron en la consulta médica, prescripción y control demedicamentos. Conclusión: Debido a la reciente implementación del CAPS, la red de atención psicosocial tiene problemas de estructuración y comunicación entre los puntos de atención, tales como la dificultad de establecimiento de flujo de referencia y contra-referencia.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Assistência à Saúde , Atenção Primária à Saúde , Saúde Mental , Serviços de Saúde Mental , Brasil , Padrão de Cuidado , Serviços de Saúde
7.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(8): 3050-3056, ago.2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032203

RESUMO

Objetivo: investigar as ações de promoção e prevenção do HIV desenvolvidas para adolescentes pela equipede enfermagem na atenção primária. Método: estudo descritivo, de abordagem quantitativa, realizado com20 enfermeiros das Unidades Básicas de Saúde da Família. Os dados foram produzidos por meio de uminstrumento autoaplicável, analisados pela estatística e apresentados em tabelas. Resultados: 85% dosenfermeiros fazem ações de prevenção contra o HIV na adolescência; 20% possuem grupo de adolescentes naunidade; e 80% disponibilizam preservativos masculinos na unidade. Conclusão: torna-se indispensávelconhecer a realidade das equipes de saúde no enfrentamento do HIV/AIDS na adolescência para propor novasestratégias de promoção da saúde e prevenção de novos casos de HIV/AIDS, bem como fazer oacompanhamento dos casos já existentes, fazendo com que esses serviços atuem de forma mais ativa nesse contexto.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adolescente , HIV , Atenção Primária à Saúde , Educação em Saúde , Equipe de Enfermagem , Prevenção Primária , Promoção da Saúde , Saúde do Adolescente , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/prevenção & controle , Epidemiologia Descritiva , Saúde Sexual
8.
Interface comun. saúde educ ; 20(59): 917-928, oct.-dic. 2016.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: lil-796308

RESUMO

O objetivo deste estudo é discutir as transversalidades discursivas entre as noções de cuidado em saúde mental, risco e território nos relatórios das Conferências Nacionais de Saúde Mental (CNSM), situando-os no contexto da sociedade de segurança. Trata-se de estudo descritivo, exploratório, de análise qualitativa, documental e retrospectiva, na perspectiva da arqueologia do saber, de Michel Foucault. Desde a II até a IV CNSM, observa-se que o glossário relativo ao risco como probabilidade, ao cuidado e ao território apresentou-se com relevância progressiva, evidenciando a centralidade desses conceitos para a consolidação do novo modelo de atenção à saúde mental no Brasil. À medida que o modelo asilar entrou em declínio, no processo de constituição de uma rede de cuidados em saúde mental territorializada e comunitária, emergiram as discursividades sobre os riscos, que constituem elementos centrais do dispositivo de segurança.


El objetivo del estudio es analizar las transversalidades discursivas entre las nociones de cuidado en salud mental, riesgo y territorio en lo que hace a los informes de las Conferencias Nacionales de Salud Mental (CNSM), en el contexto de una sociedad de seguridad. Se trata de un estudio descriptivo, exploratorio, del análisis cualitativo, documental y retrospectivo, tomando como referencia la arqueología del saber de Michel Foucault. Desde la II a la IV CNSM, se observa que el glosario del riesgo-probabilidad, cuidado y territorio una progresiva centralidad para la consolidación del nuevo modelo de cuidado en salud mental brasileño. En la medida en que el modelo manicomial entró en declive debido al proceso de formación de una red de atención en salud mental territorializada y comunitaria, surgieron los discursos acerca de los riesgos, que son elementos fundamentales del dispositivo de seguridad.


The aim of this study is to discuss the crosscutting discursive issues among the notions of mental health care, risk and territory in the National Conferences of Mental Health (NCMH) reports, placing them in the context of safety society. It is a descriptive, exploratory study of qualitative, documentary and retrospective analysis, under the framework relevance, emphasizing the centrality of these concepts for the consolidation of a new mental health care model in Brazil. As the asylum model went into decline, in the process of the archaeology of knowledge, by Michel Foucault. From the 2nd to 4th NCMH, it is observed that the glossary on the risk as probability, care and territory, presented progressive of building up a mental health care network territorialized and community-based, the discourses about the risks emerged, being core elements of the safety device.


Assuntos
Saúde Mental , Serviços de Saúde Mental
9.
Saúde debate ; 40(108): 178-189, jan.-mar. 2016.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-778515

RESUMO

O presente artigo objetiva problematizar o cuidado em saúde mental no Brasil à luz dos conceitos de biopoder e biopolítica, enunciados por Michel Foucault. A análise das práticas de cuidado instituídas no âmbito dos serviços que compõem a rede de atenção psicossocial no Brasil, através de artigos publicados em periódicos nacionais, revelou a transversalidade do cuidado em saúde mental com relação a estratégias disciplinares e de controle das populações, limitando as possibilidades de resgate da concepção de sujeito e subjetividade no processo de produção do cuidado às pessoas em sofrimento psíquico.


This article aims to problematize the mental health care in Brazil in the light of the concepts of biopower and biopolitics, announced by Michel Foucault. The analysis of care practices imposed in the scope of the services that compose the psychosocial care network in Brazil, through articles published in national journals, revealed the mainstreaming of mental health care regarding disciplinary and control populations strategies, limiting the possibilities of rescue of the subject and subjectivity conception in the process of care production to people in psychological suffering.

10.
Rev. SOBECC ; 19(1): 34-43, jan.-mar. 2014. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-745390

RESUMO

Objetivo: descrever a construção e a validação de protocolo de Sistematização da Assistência de Enfermagem Perioperatória (SAEP), aplicado à cirurgia oral menor no Centro de Especialidades Odontológicas, vinculado à uma instituição de ensino superior em Pernambuco. Método: relato de experiências no qual foram utilizados os Padrões Funcionais de Saúde de Gordon para coleta de dados, identificação dos Diagnósticos de Enfermagem segundo a Taxonomia NANDA - I e posterior validação com pacientes atendidos entre 2008 e 2009. Conclusão: O protocolo de SAEP proposto permitiu que o processo de Enfermagem na formação em nível de graduação não fosse apenas abordado sob o ponto de vista teórico. O relato dos estudantes extensionistas evidenciou a viabilidade e a eficácia da SAEP, além de suas vantagens sobre a qualidade da assistência e do processo de trabalho da Enfermagem...


Assuntos
Humanos , Assistentes de Odontologia , Boca , Cuidados de Enfermagem , Enfermagem Perioperatória
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA