Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
J. health sci. (Londrina) ; 19(2)30/04/2017.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-847536

RESUMO

A compressão do nervo isquiático pode gerar a denominada ciatalgia, caracterizada por dor em membros inferiores, distúrbios sensoriais, disfunção da marcha, paresias, parestesias e deficiência de reflexo. Uma das formas de tratamento é a mobilização neural, contudo, esta técnica apresenta algumas lacunas com relação ao seu uso. Assim, este estudo teve como objetivo analisar os efeitos da mobilização neural - MN sobre a função e trofismo muscular de ratos submetidos à compressão do nervo isquiático. Foram utilizados 30 ratos, separados em: Controle (C); Lesão (L); MN membro pélvico direito (MNPD); MN membro pélvico esquerdo (MNPE); MN no membro escapular direito (MNED). Todos os animais foram submetidos à lesão do nervo isquiático direito, utilizando pinça hemostática, o nervo foi comprimido durante 30 s. O tratamento por MN foi realizado de acordo com o grupo, no 3º, 5º, 7º, 10º, 12º e no 14º pós-operatórios (POs). Foi avaliado o Índice Funcional do Isquiático (IFC), área (µm2 ) e menor diâmetro (µm) dos tibiais anteriores. Para o IFC não foram observadas diferenças significativas entre os grupos, contudo, dentro dos grupos ocorreram diferenças indicando ligeiros e melhores resultados para MNPD. Em relação à área e menor diâmetro C apresentou valores mais elevados e MNPD foi maior do L, MNPE e MNED. Conclui-se que a MN, quando realizada no membro da compressão nervosa, promoveu efeitos benéficos, contudo, sem produzir restauração completa. (AU)


The sciatic nerve compression can lead to the so-called sciatica, characterized by pain in the lower limbs, sensory disturbance, gait dysfunction, paresis, paresthesia and reflection deficiency. One form of treatment is the neural mobilization; however, this technique has some gaps regarding its use. This study aimed to analyze the neural mobilization (NM) effects on the rats' functional and muscular tropism with sciatic nerve compression. 30 rats were used, divided into: control (C); Lesion (L); right hind limb NM (RHNM); left hind limb NM (LHNM); scapular right limb NM (SRNM). All animals were subjected to the right sciatic nerve injury using hemostatic forceps, the nerve was compressed for 30 sec. Treatment with NM was performed according to the group, on the 3rd, 5th, 7th, 10th, 12th and 14th post-surgery (PS). Sciatic Functional Index (SFI), area (µm2 ) and smaller diameter (µm) of the tibialis anterior were evaluated. For SFI significant differences were observed among the groups, however, within the groups there were no differences indicating faster and better results for RHNM. Concerning the area and smaller diameter, C showed higher values and RHNM was higher than L, LHNM and SRNM. It was concluded that the NM when performed on the nerve compression limb, promoted beneficial effects, however, without producing complete restoration. (AU)

2.
Conscientiae saúde (Impr.) ; 15(2): 258-265, 30 jun. 2016.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-846483

RESUMO

Introdução: a mobilização neural é uma técnica que visa restituir a função do sistema nervoso, contudo há ainda desconhecimento sobre o local mais apropriado. Objetivos: avaliar os efeitos da mobilização neural no tratamento da compressão do nervo isquiático de ratos Wistar, e comparar os diferentes locais de aplicação. Métodos: 24 ratos Wistar foram submetidos à compressão do nervo isquiático direito, e separados em quatro grupos: lesão (GL), mobilização neural no lesionado (GPD), mobilização neural no membro contralateral (GPE) e mobilização neural no membro ipsilateral a lesão (GEP). Foram realizadas avaliações funcionais pelo tempo de elevação da pata (TEP) e dolorímetro digital de Von Frey, após a última avaliação, o nervo isquiático foi seccionado para análise histológica. Resultados: houve diferença entre o GL (23,54) e GPE (23,98) na avaliação do TEP (p=0,028), na avaliação nociceptiva e histológica não houve diferenças significativas (p>0,05). Conclusão: a mobilização neural no membro contralateral foi prejudicial, enquanto o tratamento no membro acometido e no membro ipsilateral não apresentou diferença significativa.


Introduction: neural mobilization is a technique that aims to restore the function of the nervous system, yet there still lack of knowledge about the most appropriate place. Objectives: to evaluate the effects of neural mobilization in the treatment of sciatic nerve compression Wistar rats, and compare the different application sites. Methods: 24 Wistar rats were right sciatic nerve compression, and separated into four groups: injury (GL), neural mobilization in the injured (GPD), neural mobilization in the contralateral limb (GPE) and neural mobilization in the ipsilateral limb injury (GEP). Functional assessments were performed at paw elevation time (TEP) and digital Von Frey dolorimeter after the last evaluation, the sciatic nerve was sectioned for histological analysis. Results: there was a difference between the GL (23.54) and GPE (23.98) in the evaluation of the TEP (p=0.028), in nociceptive and histological evaluation no significant differences (p>0.05). Conclusion: the neural mobilization held in the contralateral limb was harmful, while treating the affected and ipsilateral limb showed no significant difference.

3.
Sci. med ; 25(1)jan.-mar. 2015. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-754500

RESUMO

Objetivos: O exercício físico regular tem diversos efeitos benéficos, contudo, há relatos de aumento na concentração de corticosteroides endógenos, os quais podem inibir a neurogênese e piorar as funções cognitivas, sendo este um aspecto dúbio do exercício físico. O objetivo deste estudo foi avaliar, por meio de testes comportamentais, o efeito do exercício crônico por natação forçada com e sem sobrecarga, sobre parâmetros de ansiedade em ratos Wistar.Métodos: Foram utilizados 24 ratos Wistar, separados em três grupos: Grupo Controle - submetido apenas a avaliações e contato com a água; Grupo Natação - composto por animais submetidos à natação com tempo progressivo; Grupo Natação com Sobrecarga - composto por animais submetidos à natação com sobrecarga de 10% do peso corporal. O exercício ocorreu três vezes por semana, no período vespertino, com aumento no tempo a cada duas semanas (20, 30 e 40 minutos), totalizando seis semanas. Foi realizado em um tanque de água circular de 200 litros, com profundidade de 50 cm e temperatura da água mantida entre 30 e 32º C. A ansiedade dos animais foi avaliada pelos testes Labirinto em Cruz Elevado e Campo Aberto.Resultados: Não houve diferenças significativas em qualquer dos testes comportamentais, comparando os três grupos.Conclusões: Não houve alteração no padrão comportamental de ratos Wistar submetidos a diferentes protocolos de exercício (natação forçada com e sem sobrecarga) quando comparados ao grupo controle não submetido a exercícios.


Aims: Regular exercise has several beneficial effects. However, reports show increasing concentrations of endogenous corticosteroids, which may inhibit neurogenesis and deteriorate cognitive functions, thus raising doubts as to the benefits of physical exercise. The objective of this study was to evaluate, through behavioral tests, the effect of chronic forced swimming with and without overload on anxiety parameters in Wistar rats. Methods: Twenty-four Wistar rats, divided into three groups, were assessed: Control Group - subjected only to evaluations and contact with water; Swimming Group - consisting of animals submitted to progressive swimming time; Weight-loaded Swimming Group - consisting of animals submitted to swimming with loads in excess of 10% of their body weight. The exercise was performed three times a week in the afternoon, with swimming time increases every two weeks (20, 30, and 40 minutes), during six weeks, A 200-liter circular water tank, filled to a depth of 50 cm, was used, and the water temperature was kept between 30º and 32º C. The animals' anxiety was assessed by the Elevated Plus Maze and Open Field tests. Results: No significant differences between the three groups were detected by any of the behavioral tests.Conclusions: No changes were observed in the behavioral pattern of Wistar rats submitted to different exercise protocols (forced swimming with and without overload) compared to the control group.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA