Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Säo Paulo; s.n; 2000. 211 p. ilus, tab, mapas.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-265270

RESUMO

Objetivo: Em Cubatäo, a degradaçäo ambiental decorrente de uma fraca política ambiental gerando a necessidade de se entender o atual estado da arte do Gerenciamento Ambiental destas empresas, bem como, propor um modelo de gerenciamento ambiental baseado em ferramentas da qualidade. Método: Estuda 8 empresas que representam 81,63 por cento do total de geraçäo de resíduos do pólo, que foram analisadas à luz da ISO 14.000. Com auxílio de ferramentas da qualidade (Histograma, Ishikawa, Diagrama em Arvore, Fluxogramas, Ciclo Deming), após aplicaçäo de duas pesquisas e a partir do diagrama em árvore, montou-se a Matriz de Qualidade Ambiental, tendo como base o QFD (Desdobramento da Funçäo Qualidade). Desta matriz, extraiu-se o modelo de Gerenciamento Ambiental proposto no trabalho. Resultados: Criou-se uma ONG (Organizaçäo Näo-Governamental), o NPABS - Núcleo de Pesquisas Ambientais da Baixada Santista, para facilitar a troca de informaçöes científicas entre pesquisadores e futura aplicaçäo do trabalho em um banco de dados. Aplicou-se a Tabela de Desdobramento da Qualidade Exigida. Seus itens situados na horizontal säo a base do modelo de gerenciamento ambiental proposto para evitar os impactos ambientais de produçäo e proporcionar qualidade de vida à populaçäo da Baixada Santista, já que a incidência de câncer aumenta à medida que a populaçäo se aproxima do pólo industrial, estando relacionados às substâncias oncogênicas listadas pela IARC (Agência Internacional de Pesuisa em Câncer) e manufaturadas pelas indústrias de Cubatäo. Conclusöes: Conclui que, de maneira geral, há despreparo do pólo industrial de Cubatäo na gestäo ambiental e a Matriz de Qualidade Ambiental fornece os requisitos de qualidade que a sociedade, como cliente, exige de um produto virtual sustentável oriundo das empresas do pólo. Recomenda a mudança de matriz energética da siderurgia de coque para hidrogênio, para evitar a contaminaçäo pelo benzo(a)pireno, tóxico e mutagênico, além da inclusäo desta matriz como política ambiental para o município de Cubatäo, através da Lei Municipal


Assuntos
Gestão Ambiental , Normas de Qualidade Ambiental , Resíduos Industriais , Poluição Ambiental/prevenção & controle , Qualidade Ambiental , Indústria Siderúrgica , Indústria de Petróleo e Gás
2.
Säo Paulo; s.n; 1995. [88] p. tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-162249

RESUMO

Faz levantamento bibliográfico nacional e internacional sobre poluiçäo hídrica de siderúrgicas notadamente coquerias e mostra pesquisa de campo realizada em 13 campanhas, com amostragens junto a saída de efluentes no porto da empresa no estuário santista. Os resultados das amostras no ponto responsável pelos efluentes das fábricas de coqueria, laminaçäo, aciaria e altos fornos, indicam toxicidade em 80 por cento das campanhas e mutagenicidade de moderada e alta em 75 por cento das amostras pesquisadas. Os resultados dos bioensaios utilizados, Microtox e Ames, respectivamente para toxicidade aguda e mutagenicidade, foram comparados aos dos últimos trabalhos realizados na COSIPA em 1986 e 1993, e aos relatórios do órgäo controlador CETESB de 1992 e 1994. Discute os resultados que apontam o particulado presente na amostra como tóxico e mutagênico e induzem à proposta de recirculaçäo e reaproveitamento total à jusante da empresa, de todas águas servidas descartadas no processo, a exemplo de países do 1§ Mundo que convivem com a produçäo do aço


Assuntos
Resíduos Industriais , Poluentes da Água/toxicidade , Poluição Química da Água , Águas Residuárias , Bioensaio , Brasil , Substâncias Perigosas , Indústrias , Metais , Mineração , Testes de Mutagenicidade , Fenóis , Testes de Toxicidade
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA