Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. ciências saúde UNIPAR ; 17(2): 69-76, maio-ago. 2013. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-761354

RESUMO

Os termos mobilização e manipulação são definidos como técnicas de terapia manual e englobam movimentos passivos direcionados às articulações e/ou tecidos moles, aplicados em diferentes velocidades e amplitudes. O presente estudo adotou a hipótese de que técnicas de manipulação e/ou mobilização da terceira vértebra cervical (C3), um dos locais de origem das raízes motoras do nervo frênico que inerva o diafragma, principal músculo inspiratório, poderiam melhorar as pressões inspiratória e expiratória máximas em indivíduos saudáveis. O objetivo desde estudo foi verificar o feito imediato da manipulação e da mobilização da terceira vértebra cervical sobre as pressões respiratórias máximas e comparar os efeitos das duas técnicas. Foram selecionados 44 estudantes saudáveis, com idades entre 19 e 30 anos, de ambos os sexos. Esses foram distribuídos aleatoriamente em 3 grupos: GS/simulacro (n=14), GMC/manipulação cervical (n=15) e GMOB/mobilização cervical (n=15). As pressões inspiratória e expiratória máximas (PImáx e PEmáx) foram avaliadas previamente e logo após a realização das intervenções com a terapia manual por meio da manovacuometria. Após, foram comparadas intra e intergrupos. Na comparação intragrupos observou-se aumento significativo (p<0,05) na PImáx dos grupos GMC e GMOB e na PEmáx apenas do grupo GMC. Conclui-se que a manipulação e a mobilização da terceira vértebra cervical promoveram aumentos imediatos significativos nas pressões inspiratória e expiratória máximas, porém sem superioridade de uma técnica sobre a outra.


The terms mobilization and manipulation are defined as manual therapy techniques and include passive movements directed to joints and/or soft tissues, applied at different speeds and amplitudes. This study adopted the hypothesis that manipulation techniques and/or mobilization of the third cervical vertebra, one of the places of origin of the motor roots of the phrenic nerve that innervates the diaphragm, the main inspiratory muscle, could improve the maximal inspiratory and expiratory pressures in healthy subjects. The objective of this study is to assess the immediate achievement of manipulation and mobilization of third cervical vertebra on maximal respiratory pressures and compare the effects of these two techniques. A total of 44 healthy students, aged between 19 and 30 years old, of both genders, were selected. They were randomly allocated into 3 groups: GS/simulacrum (n = 14), GMC/cervical manipulation (n = 15) and GMOB/cervical mobilization (n = 15). The maximal inspiratory and expiratory pressures (MIP and MEP) were assessed before and just after the implementation of interventions with manual therapy through a manometer. Then, they were compared within and between groups. The results showed a significant increase (p <0.05) intra-group in the MIP of the GMC and GMOB groups, and an increase in MEP only in the CMG group. It can be concluded that manipulation and mobilization of third cervical vertebra promote significant immediate increases on maximum inspiratory and expiratory pressures, however, without one of the techniques being superior to the other.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Diafragma , Boas Práticas de Manipulação , Força Muscular , Coluna Vertebral , Manipulações Musculoesqueléticas
2.
Fisioter. Bras ; 13(3): 194-199, Maio-Jun. 2012.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-764350

RESUMO

A manipulação espinal é um tratamento manual utilizado,principalmente, para tratar problemas osteomusculares. Pesquisasrelacionam esta técnica a inúmeros benefícios, incluindo alívio dador. O presente estudo verificou o efeito imediato da manipulaçãoda terceira vértebra cervical e da décima segunda vértebra torácica,aplicadas isoladamente e em conjunto, sobre o limiar de dor àpressão em sujeitos assintomáticos e, ainda, comparou as técnicasempregadas. Sessenta universitários foram divididos nos grupos:simulacro (GS), manipulação cervical (GMC), manipulação torácica(GMT) e manipulação cervical e torácica (GMCT). O limiarde dor foi avaliado nos processos espinhosos de C3 e T12, antes eimediatamente após as intervenções. No grupo GS o limiar de dor àpressão diminuiu significativamente no processo espinhoso de T12;no grupo GMC não houve alteração significativa do limiar em C3,assim como no grupo GMT em relação a T12; no grupo GMCThouve aumento significativo no limiar somente no processo espinhosode C3. As comparações intergrupos não foram significativas.Concluiu-se, portanto, que a manipulação associada de C3 e T12aumentou o limiar de dor à pressão no processo espinhoso de C3,em universitários assintomáticos, porém, não houve superioridadena associação das técnicas em relação a sua aplicação isolada.


Spinal manipulation is a manual treatment used, mainly, totreat musculoskeletal problems. Searches related this technique tonumerous benefits, including pain relief. This study examined theimmediate effect of third cervical vertebra and the twelfth thoracicvertebra manipulation, applied alone and together, on the pressurepain threshold in healthy subjects and, also, compared the employedtechniques. Sixty healthy students were divided into the groups:sham (GS), cervical manipulation (GMC), thoracic manipulation(GMT), cervical and thoracic manipulation (GMCT). The pressurepain threshold was evaluated in spinous processes of C3 and T12vertebrae, before and immediately after the interventions. In theGS group the pain threshold decreased significantly in the spinousprocess of T12; in the GMC group there wasn’t significantly changein C3 threshold, like GMT group in relation to T12 threshold;in the GMCT group the threshold increased significantly only inthe spinous process of C3. Comparisons between groups were notsignificant. It was concluded that the associated manipulation of C3and T12 increased the pressure pain threshold in the spinous processof C3, in asymptomatic subjects, but it wasn’t found superiority inthe association of techniques in relation its stand-alone application.


Assuntos
Humanos , Manipulação da Coluna , Limiar da Dor , Modalidades de Fisioterapia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA