Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. APS ; 19(3): 412-422, jul 2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-831891

RESUMO

Os medicamentos são um recurso terapêutico que vem ganhando cada vez mais importância no tratamento dos pacientes, o que tem feito várias instituições nacionais e internacionais implementarem esforços no sentido do estímulo a boas práticas de prescrição. Entretanto, várias influências têm levado médicos a adotarem práticas irracionais de prescrição, elevando custos cada vez mais e oferecendo riscos para a saúde dos doentes. Este estudo teve por objetivos descrever as práticas de prescrição de uma amostra de médicos de Curitiba, Paraná, a partir de respostas dadas a um questionário autoaplicado, bem como investigar se médicos atuando na Estratégia Saúde da Família (ESF) prescrevem de forma diferente dos que atuam em Unidades Básicas de Saúde (UBS) e em outros serviços e explorar o uso de um questionário autoaplicado para esse fim. Trata-se de um estudo transversal, com uma amostra de conveniência. Foram entrevistados 17 indivíduos em unidades da ESF, 22 em UBS, 5 em Hospital Universitário e 5 em Centro Clínico por meio de um questionário sobre dados demográficos e com 20 questões em uma escala Likert de 5 pontos que explorava ideias a respeito da prescrição de fármacos. O escore resultante foi comparado aos dados demográficos e foi constatado que médicos sem especialidade, médicos de família e comunidade, médicos da ESF, que atuam em apenas um local de trabalho, que se encontram nas faixas etárias entre 25 e 34 anos e entre 40 e 59 anos de idade e que se formaram entre os anos de 1985 a 1994 e entre 2005 e 2012 obtiveram escores maiores.


Medicines are therapeutic options which are gaining more and more importance in the treatment of patients, leading several national and international institutions to efforts in order to stimulate good prescribing practices. However, many influences have led physicians around the world to adopt irrational prescribing practices, leading to increasingly high costs and risks to patients' health. This study aimed to describe the prescribing practices of a sample of doctors from Curitiba, Paraná, from responses to a self-applied questionnaire as well as to investigate if doctors working in the Family Health Strategy may prescribe differently of those working in Basic Health Units and in other services and to explore the use of a self-applied questionnaire for this purpose. This is a cross-sectional study with a convenience sample. 17 individuals were interviewed in Family Health Units, 22 in Basic Health Units, 5 in the University Hospital and 5 in the Clinical Center through a questionnaire on demographic data and 20 questions in a 5-point Likert scale that explored ideas concerning drug prescription. The resulting score from these questions was compared to demographic data and it was found that doctors with no medical specialty, family and community physicians, those working in Family Health Units, those working in just one workplace, who are in the age groups between 25 and 34 years and between 40 and 59 years of age and who graduated between the years 1985 to 1994 and between 2005 and 2012 had higher scores.


Assuntos
Prescrições de Medicamentos , Padrões de Prática Médica , Centros de Saúde , Estratégia Saúde da Família , Prescrição Inadequada
2.
Rev. APS ; 11(1): 62-73, jan.-mar. 2008. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-490134

RESUMO

A vertigem é a ilusão de girar em torno do ambiente ou vice-versa. É comum e geralmente avaliada pelo médico da atenção primária (MAP). Alguns MAP a subestimam, daí esta proposta. Realizou-se um levantamento bibliográfico no PubMed, LILACS, SciELO, Cochrane, e bibliotecas da Universidade Federal do Paraná e Pontifícia Universidade Católica do Paraná. É fundamental o conhecimento do aparelho vestibular, dividido em periférico (aparelho e nervo vestibular) e central (núcleos, vias e centros corticais vestibulares). A propedêutica permite diferenciar a vertigem da síncope, desequilíbrio e sensações cefálicas variadas, além da vertigem periférica (VP) e central (VC). A VP pode estar associada à tinnitus, hipoacusia, vertigem intensa, prostração, sudorese e palidez. O nistagmo é esgotável, horizontal, rotatório ou misto e desaparece ao fixar o olhar. A VC caracteriza- se pela latência e tolerabilidade da vertigem e não está acompanhada de hipoacusia ou tinnitus. Pode associar-se à ataxia, disartria, diplopia, alterações sensitivas, motoras ou de pares cranianos. O nistagmo é inesgotável, de direção diferente em cada olho e abalos em qualquer direção que não a horizontal. Os exames complementares são desnecessários, exceto nos casos de VC e doença de Ménière. O tratamento é direcionado à causa, devendo-se tranqüilizar o paciente sobre o caráter, na maioria das vezes, benigno e limitado. Os fármacos sintomáticos devem ser usados racionalmente e pelo menor tempo possível. Destaca-se a necessidade de pesquisas de campo na atenção primária que nos permitiria estabelecer estratégias e protocolos no manejo da vertigem.


Vertigo is the illusion of the environment spinning around oneself or vice versa. It is common and generally evaluated by the primary care physician (PCP). Some PCPs underrate it; therefore this offering. A bibliographical survey was performed in PubMed, LILACS, SciELO, Cochrane, and the libraries of Federal University of Paraná and the Pontifical Catholic University. One must understand the vestibular apparatus, divided into a peripheral segment (vestibular apparatus and nerve) and a central segment (vestibular nuclei, paths and cortical centers). Propedeutics allows the differentiation of vertigo from syncope, disequilibrium and various cephalic sensations in addition to peripheral vertigo (PV) and central vertigo (CV). PV can be associated with tinnitus, hypoacusis, intense vertigo, prostration, profuse sweating and pallor. Nystagmus is exhaustible, horizontal, rotatory or mixed and disappears when fixing the gaze. CV is characterized by latency and tolerability of vertigo and is not accompanied of hypoacusis or tinnitus. It may be associated with ataxia, dysarthria, diplopia or sensory, motor or cranial nerves alterations. Nystagmus is inexhaustible, with a different direction in each eye and beating in any direction less than horizontal. Complementary evaluation isunnecessary except in cases of CV and Ménière´s disease. Treatment is directed to the cause, reassuring the patient about its character which, most of the time, is benign and limited. Drugs for symptoms must be used rationally and for the least time possible. Emphasized is the need for fieldwork in primary care that should permit us to devise strategies and protocols for the management of vertigo.


Assuntos
Humanos , Atenção Primária à Saúde , Procedimentos Clínicos , Tontura/diagnóstico , Vertigem/diagnóstico , Vertigem/etiologia , Vertigem/terapia , Diagnóstico Diferencial , Orelha/anatomia & histologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA