Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 18 de 18
Filtrar
Mais filtros










Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bioét. (Impr.) ; 27(1): 111-119, jan.-mar. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-990537

RESUMO

Resumo Este estudo aborda o histórico e a interpretação do Supremo Tribunal Federal em seus julgados ao intervir no Sistema Único de Saúde para torná-lo mais efetivo. Foram feitas pesquisas na base de jurisprudência do Tribunal, destacando-se 14 acórdãos. Observou-se que as bases para intervenção no sistema são suas deficiências e a garantia constitucional dos serviços de saúde, e que as ações se tornaram mais complexas, exigindo fundamentação mais minuciosa e adesão a novas teorias por parte do Supremo. A intervenção abrangeu não apenas o acesso a bens de saúde, mas também outros aspectos relacionados à gestão do Sistema Único de Saúde. No geral, a postura do Supremo Tribunal Federal foi afirmativa, tendo em vista não apenas respaldar a decisão, mas fixar regras para o futuro. Conclui-se que a intervenção judicial no sistema de saúde pública deve não apenas ser mantida, mas intensificada.


Abstract This study addresses the history of and interpretations made by the Brazilian Supreme Court in its judgments when intervening in the Brazilian Public Health System to make it more effective. Research was carried out on the Supreme Court's jurisprudence database and fourteen rulings were highlighted. It was observed that the basis for intervention in the Health System was its very deficiencies and the constitutional guarantee of health services, and that the lawsuits have become more complex, requiring more detailed reasoning and adherence to new theories by the Supreme Court. The intervention covered not only access to health goods, but also other aspects related to the management of the Brazilian Public Health System. In general, the stance of the Supreme Court was affirmative, aiming not only to support the decision, but to establish rules for the future. It is concluded that judicial intervention in public health system should not only be maintained, but intensified.


Resumen Este estudio aborda la historia y la interpretación del Supremo Tribunal Federal, en sus decisiones, al intervenir en el Sistema Único de Salud para tornarlo más efectivo. Se realizaron investigaciones en base a la jurisprudencia del Tribunal, destacándose catorce fallos. Se observó que el fundamento para la intervención en el sistema son sus deficiencias y la garantía constitucional de los servicios de salud, y que las acciones se tornaron más complejas, exigiendo una fundamentación más minuciosa y la adhesión a nuevas teorías por parte del Tribunal Supremo. La intervención abarcó no sólo el acceso a bienes de salud, sino también a otros aspectos relacionados con la gestión del Sistema Único de Salud. En general, la postura del Supremo Tribunal Federal fue afirmativa, teniendo en cuenta no sólo respaldar la decisión, sino también fijar reglas para el futuro. Se concluye que la intervención judicial en el sistema de salud pública no sólo debe mantenerse, sino que también debe intensificarse.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Sistema Único de Saúde , Judicialização da Saúde , Serviços de Saúde , Decisões da Suprema Corte , Jurisprudência
2.
Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) ; 31(4): 1-8, 21/12/2018.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-996892

RESUMO

OBJETIVO: Avaliar o impacto de um programa de tratamento fisioterápico em pacientes com alterações na coluna. MÉTODOS: Trata-se de um estudo experimental, longitudinal, quantitativo, realizado no município de Araxá, Minas Gerais, Brasil. Participaram 81 pacientes do projeto Escola da Coluna, entre os meses de maio 2016 a abril de 2017, que deveriam apresentar alguma patologia de coluna, com encaminhamento médico específico e concordar em participar do projeto. Os participantes foram submetidos ao Pilates ou à Reeducação Postural Global, duas vezes por semana durante três meses de tratamento, em grupo, com duração média de 50 minutos. Realizou-se avaliação inicial e final dos distúrbios osteomusculares pelo questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares e avaliação do nível de incapacidade de pelo índice de Owestry. Ao final do programa os pacientes responderam a um questionário para avaliar a satisfação com os resultados obtidos. RESULTADOS: Os participantes tinham idade média de 49,7±12,34 anos. A média obtida com o questionário Owestry foi de 16,65±8,08 antes da intervenção e 11,63±7,89 após a intervenção. Houve maior proporção de dor incapacitante moderada (50,6%, n=41) antes do tratamento passando para 100% de dor incapacitante leve. Em relação aos resultados obtidos pelo questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares, a maioria (76,5%, n=62) apresentou dor na região lombar, seguido pelo pescoço e região dorsal, ambas com 49,4%, n=40. CONCLUSÃO: O programa de tratamento fisioterápico, por meio da Escola de Coluna, propiciou melhora geral no quadro clínico dos pacientes, principalmente na funcionalidade, limitação e dor.


OBJECTIVE: To evaluate the impact of a physiotherapy treatment program on patients with spine alterations. METHODS: This is an experimental, longitudinal, quantitative study carried out in the city of Araxá, Minas Gerais, Brazil. Participants were 81 patients from the Back School project, between May 2016 and April 2017, who should present some spine pathology, with specific medical referral, and agree to participate in the project. The participants were submitted to Pilates or global postural reeducation sessions twice a week during the three-month treatment, in a group, with an average duration of 50 minutes. Initial and final evaluation of musculoskeletal disorders was performed through the Nordic Musculoskeletal Questionnaire and the level of disability was assessed with use of the Oswestry index. At the end of the program the patients answered a questionnaire for assessment of their satisfaction with the results obtained. RESULTS: The participants' mean age was 49.7±12.34 years. The mean Oswestry index was 16.65±8.08, before the intervention, and 11.63±7.89 after the intervention. Moderate disabling pain was found in highest proportion (50.6%, n=41) before treatment, changing to 100% of mild disabling pain. Regarding the results obtained by the Nordic Musculoskeletal Questionnaire, the majority (76.5%, n=62) presented pain in the lumbar region, followed by the neck and dorsal region, both with 49.4%, n=40. CONCLUSION: The physiotherapy treatment program, by means of the Back School project, gave rise to an overall improvement in the patients' clinical status, particularly in functionality, limitation and pain.


OBJETIVO: Evaluar el impacto de un programa de tratamiento fisioterapéutico de pacientes con alteraciones de la columna. MÉTODOS: Se trata de un estudio experimental, longitudinal y cuantitativo realizado en el municipio de Araxá, Minas Gerais, Brasil. Participaron 81 pacientes del proyecto Escuela de la Columna entre los meses de mayo de 2016 y abril de 2017 que presentaban alguna patología de la columna, que tenían solicitación de médico específico y que estaban de acuerdo en participar del proyecto. Los participantes hicieron clases de Pilates o de Reeducación Postural Global, dos veces a la semana durante tres meses de tratamiento en grupo y con duración media de 50 minutos. Se realizó la evaluación inicial y final de los disturbios osteomusculares por el cuestionario Nórdico de Síntomas Osteomusculares y la evaluación del nivel de incapacidad por el índice de Owestry. Al finalizar el programa los pacientes contestaron un cuestionario para evaluar la satisfacción de los resultados obtenidos. RESULTADOS: Los participantes tenían edad media de 49,7±12,34 años. La media del cuestionario Owestry fue de 16,65±8,08 antes de la intervención y de 11,63±7,89 después. Hubo mayor proporción del dolor incapacitante moderado (50,6%, n=41) antes del tratamiento cambiando para el 100% después. Respecto los resultados del cuestionario Nórdico de Síntomas Osteomusculares la mayoría (76,5%, n=62) presentó dolor en la región lumbar seguida del cuello y región dorsal ambas con el 49,4%, n=40. CONCLUSIÓN: El programa de tratamiento fisioterapéutico a través de la Escuela de Columna ha proporcionado la mejora general del cuadro clínico de los pacientes principalmente de la funcionalidad, la limitación y el dolor.

3.
Cien Saude Colet ; 22(12): 3841-3848, 2017 Dec.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-29267703

RESUMO

Minorities are in an inferior position in society and therefore vulnerable in many aspects. This study analyzes legislative vulnerability and aims to categorize as "weak" or "strong" the protection conferred by law to the following minorities: elderly, disabled, LGBT, Indians, women, children/ adolescents and black people. In order to do so, it was developed a documental research in 30 federal laws in which legal provisions were searched to protect minorities. Next, the articles were organized in the following categories: civil, criminal, administrative, labor and procedural, to be analyzed afterwards. Legal protection was considered "strong" when there were legal provisions that observed the five categories and "weak" when it did not meet this criterion. It was noted that six groups have "strong" legislative protection, which elides the assertion that minorities are outside the law. The exception is the LGBT group, whose legislative protection is weak. In addition, consecrating rights through laws strengthens the institutional channels for minorities to demand their rights. Finally, it was observed that the legislative protection granted tominorities is not homogeneous but rather discriminatory, and there is an interference by the majority group in the rights regulation of vulnerable groups.


Assuntos
Direitos Humanos/legislação & jurisprudência , Grupos Minoritários/legislação & jurisprudência , Populações Vulneráveis/legislação & jurisprudência , Brasil , Governo Federal , Regulamentação Governamental , Humanos
4.
Ciênc. Saúde Colet ; 22(12): 3841-3848, Dez. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-890241

RESUMO

Resumo As minorias encontram-se em uma posição de inferioridade na sociedade e, por isso, são vulneráveis em vários aspectos. Este estudo analisa a vulnerabilidade legislativa e visa categorizar como "fraca" ou "forte" a proteção conferida pela lei às minorias: idoso, deficiente, LGBT, índio, mulher, criança/adolescente e negros. Para tanto, foi desenvolvida uma pesquisa documental em que se buscou, em 30 leis federais, dispositivos legais que conferissem proteção às minorias. Em seguida, os artigos foram organizados nas categorias: cível, criminal, administrativo, trabalhista e processual para, posteriormente, serem analisados. Considerou-se a proteção jurídica como "forte" quando houvesse dispositivos legais que contemplassem as cinco categorias, e "fraca", a que não atendia esse critério. Observou-se que seis grupos possuem uma proteção legislativa "forte", o que elide a afirmação de que as minorias estão à margem da lei. A exceção é o grupo LGBT, cujo amparo legal é "fraco" Ademais, consagrar direitos por meio de leis reforça os canais institucionais para que as minorias exijam seus direitos. Por fim, observou- se que o amparo legislativo conferido às minorias não é homogêneo e sim é discriminatório, além de existir uma interferência do grupo majoritário na regulação dos direitos dos grupos vulneráveis.


Abstract Minorities are in an inferior position in society and therefore vulnerable in many aspects. This study analyzes legislative vulnerability and aims to categorize as "weak" or "strong" the protection conferred by law to the following minorities: elderly, disabled, LGBT, Indians, women, children/ adolescents and black people. In order to do so, it was developed a documental research in 30 federal laws in which legal provisions were searched to protect minorities. Next, the articles were organized in the following categories: civil, criminal, administrative, labor and procedural, to be analyzed afterwards. Legal protection was considered "strong" when there were legal provisions that observed the five categories and "weak" when it did not meet this criterion. It was noted that six groups have "strong" legislative protection, which elides the assertion that minorities are outside the law. The exception is the LGBT group, whose legislative protection is weak. In addition, consecrating rights through laws strengthens the institutional channels for minorities to demand their rights. Finally, it was observed that the legislative protection granted tominorities is not homogeneous but rather discriminatory, and there is an interference by the majority group in the rights regulation of vulnerable groups.

5.
Gerais (Univ. Fed. Juiz Fora) ; 10(1): 59-68, jun. 2017.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-883801

RESUMO

O objetivo do estudo foi compreender a percepção da gravidez na adolescência por um grupo de adolescentes da cidade de Paracatu-MG. Realizou-se um estudo de abordagem qualitativa, em uma unidade de Estratégia da Saúde da Família (ESF) com sete gestantes de até 19 anos incompletos em maio de 2011. O trabalho constou de uma entrevista inicial e três encontros grupais nos quais se debateram assuntos relacionados à gravidez e aos sentimentos gerados a partir da constatação desta. Nas entrevistas iniciais, todas disseram já ter usado algum método contraceptivo, mas, por ocasião da concepção, disseram que não se preocuparam com a possibilidade de uma gravidez nem com as doenças sexualmente transmissíveis. Cinco reconheceram que, se tivessem tido mais orientação, não teriam engravidado nesse momento. Embora a maioria dissesse ter aceitado a gravidez, sentimentos ambíguos de raiva, susto, medo e inclusive a cogitação de aborto foram considerados. Reconheceram a importância do apoio da família e de seus parceiros para isso. Diante do exposto, torna-se importante pensar em um modelo de atenção que considere as vicissitudes desse grupo, com suas expectativas, anseios, dúvidas e crenças, para que a orientação e os cuidados na atenção à saúde sejam possíveis em sua forma integral


The objective of the study was to understand the perception of teenager pregnancy by a group of adolescents from the city of Paracatu-MG. A qualitative study was carried out in a Family Health Strategy (ESF) unit with seven pregnant women under the age of 19 in May 2011. The study consisted of an initial interview and three group meetings in which issues were discussed about pregnancy and the feelings generated from the finding of it. In the initial interviews, they all said they had already used some contraceptive method, but at conception they said they did not care about the possibility of pregnancy or sexually transmitted diseases. Five acknowledged that if they had had more guidance, they would not have been pregnant at this time. Although most said they had accepted pregnancy, ambiguous feelings of anger, fear, fear and even thinking about abortion were considered. They recognized the importance of family and partner support for this. In view of the above, it is important to think of a model of care that considers the necessities of this group, with their expectations, longings, doubts and beliefs, so that the orientation and care in health care are possible in its integral form


Assuntos
Percepção , Gravidez na Adolescência , Psicologia Social , Saúde da Família
6.
Rev. psicol. (Fortaleza, Online) ; 7(2): 131-141, jul.-dez. 2016.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-878329

RESUMO

As dores crônicas persistentes, associadas às alterações somáticas e psicossociais, intensificam o sofrimento diante da síndrome fibromiálgica e interferem desfavoravelmente na qualidade de vida e nas relações pessoais, sociais e familiares. O presente estudo teve como objetivo conhecer as experiências, percepções e vivências sobre a fibromialgia em um grupo de mulheres, buscou também conhecer se as atividades em grupo trouxeram alguma contribuição a elas. Participaram desse estudo 11 mulheres na faixa etária de 25 a 60 anos, que eram atendidas em uma clínica escola de um curso superior de Fisioterapia em uma cidade de MG. Dois critérios de inclusão foram considerados: o diagnóstico clínico de fibromialgia, de acordo com os critérios do Colégio Americano de Reumatologia, e capacidade cognitiva para responder aos questionários. Foram realizadas duas entrevistas, uma no início e outra ao final das atividades em grupo. Notou-se implicações desfavoráveis da fibromialgia nas atividades de vida diária, no convívio familiar e social. Ao término houve relatos que consideraram o trabalho em grupo como uma experiência positiva para o enfrentamento do quadro crônico da fibromialgia. Os dados sugerem a contribuição positiva das atividades em grupo para promoção da saúde e ressaltam a importância de implementar e manter programas que auxiliem essas mulheres no enfrentamento da fibromialgia.


Persistent chronic pains, associated with physical and psychosocial changes, intensify the suffering on the fibromyalgia syndrome and adversely affect the quality of life and personal, social and family relationships. This study aimed to understand the experiences, perceptions and experiences of fibromyalgia in a group of women with fibromyalgia, and also aimed to investigate whether the group activities brought some contribution to these women. Participated in this study 11 women aged 25-60 years that were met in a physiotherapist clinic in a higher school institution in one city of MG, Brazil. Two criteria were taken into account: the clinical diagnosis of fibromyalgia, according to the American College of Rheumatology criteria, and cognitive ability to answer the questionnaires. Two interviews were conducted, one at the beginning and the other at the end of the study. It was noted unfavorable implications of fibromyalgia in the activities of daily living, social and family life. At the end there were reports that considered the group work as a positive experience for coping with chronic fibromyalgia frame. The data suggest the contribution of group activities for health promotion and emphasize the importance of implementing and maintaining programs to assist these women in coping with fibromyalgia.


Assuntos
Fibromialgia , Saúde da Mulher , Promoção da Saúde
7.
Rev. psicol ; 7(2): 131-141, jul.-dez. 2016.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-71398

RESUMO

As dores crônicas persistentes, associadas às alterações somáticas e psicossociais, intensificam o sofrimento diante da síndrome fibromiálgica e interferem desfavoravelmente na qualidade de vida e nas relações pessoais, sociais e familiares. O presente estudo teve como objetivo conhecer as experiências, percepções e vivências sobre a fibromialgia em um grupo de mulheres, buscou também conhecer se as atividades em grupo trouxeram alguma contribuição a elas. Participaram desse estudo 11 mulheres na faixa etária de 25 a 60 anos, que eram atendidas em uma clínica escola de um curso superior de Fisioterapia em uma cidade de MG. Dois critérios de inclusão foram considerados: o diagnóstico clínico de fibromialgia, de acordo com os critérios do Colégio Americano de Reumatologia, e capacidade cognitiva para responder aos questionários. Foram realizadas duas entrevistas, uma no início e outra ao final das atividades em grupo. Notou-se implicações desfavoráveis da fibromialgia nas atividades de vida diária, no convívio familiar e social. Ao término houve relatos que consideraram o trabalho em grupo como uma experiência positiva para o enfrentamento do quadro crônico da fibromialgia. Os dados sugerem a contribuição positiva das atividades em grupo para promoção da saúde e ressaltam a importância de implementar e manter programas que auxiliem essas mulheres no enfrentamento da fibromialgia.(AU)


Assuntos
Humanos , Fibromialgia , Saúde , Mulheres , Atenção
9.
Mudanças ; 24(1): 39-44, jan.-jun. 2016. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-835048

RESUMO

Nossa sociedade atual tem estabelecido culturalmente mecanismos implícitos de negação da morte, tornando-a um tema interdito. Como consequência, o luto passou a ser um processo mais complexo e que em alguns casos desdobra-se, tornando-se um problema de saúde. Nestes casos o luto ganha o nome de “luto complicado”. Em sua atividade profissional, médicos, enfermeiros, psicólogos e outros trabalhadores da saúde, lidam diretamente com a morte e com pessoas em situação de luto, mas nem sempre se vêm adequadamente preparados para atuarem nesta situação, inclusive porque desconsideram importantes elementos que podem servir no apoio para o enfrentamento no luto. A presente pesquisa é um estudo descritivo, com abordagem quantiqualitativa, que teve como objetivo compreender dentro de um grupo de pessoas em situação de luto, quais os elementos que puderam ser considerados como elementos de apoio no enfrentamento da perda, e, portanto, elementos promotores de saúde no processo do luto. A amostra foi composta por 29 pessoas em situação de luto com idades entre 23 e 73 anos, de ambos os sexos, e que são usuários do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) do município de Franca-SP, que responderam a um questionário sobre os elementos de apoio no enfrentamento do luto. A família e a espiritualidade ganham destaque neste cenário e mostram-se fundamentais para evitar o luto complicado.


Our current society has established culturally implicit mechanisms of denial of the death, doing it a prohibited topic. As a consequence, the mourning has become a more complex process and that in some cases unfolds to become a health problem. In these cases the mourning is called “complicated mourning”. In his professional activity, physicians, nurses, psychologists and other health workers deal directly with death and grieving people, but do not always come properly prepared to act in this situation, even why it is not regarded important elements that can be used insupporting to the coping in mourning. This research is a descriptive study, with quantiqualitative approach, aimed to understand with in a group of people in a situation of mourning, which elements could be considered as elements of supporting in the face of loss, and therefore elements of health promoters in the mourning process. The sample of this research was composed of 29 people in a situation of mourning between the ages of 23 and 73 years, of both sexes, and that are users of CRAS (Center of reference of Social Assistance), in the municipality of Franca-SP, that answered to a questionnaire whose purpose was to know which elements of supporting were used for coping inmourning. The family and spirituality are highlighted in this scenario and are essential to avoid the complicated grief.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pesar , Apoio Social , Atitude Frente a Morte , Morte
10.
Ciênc. saúde coletiva ; 21(6): 1799-1808, Jun. 2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-783933

RESUMO

Resumo O artigo discute a natureza dinâmica e complexa da promoção da saúde, o que requer formação profissional que facilite formular e colocar em prática seus princípios teóricos e metodológicos mediante contínua reflexão sobre as contradições dos contextos e a necessidade de enfrentamento dos desafios e expectativas das comunidades nos territórios. Considera também outro desafio que se coloca no trabalho em saúde, que é a mediação/ação intersetorial para implementação do seu conceito ampliado. Assim, demanda uma formação baseada em competências, o que significa um conjunto de atitudes e saberes para viabilizar a capacidade de agir em determinada situação. Apresenta duas experiências de ensino desenvolvidas no Brasil que tem contribuído na formação profissional em saúde, na perspectiva da promoção: a do Programa de Pós-graduação stricto sensu, em Promoção de Saúde da Universidade de Franca e a do Programa de Pós-graduação lato sensu da ENSP/Fiocruz. Em ambas, o uso de metodologias problematizadoras instrumentalizam a construção de capacidades, possibilitando que a teoria se aproxime da prática e proporcione uma formação crítica e reflexiva com rigor científico e relevância temática.


Abstract This article discusses the dynamic and complex nature of health promotion that requires training to facilitate, formulate, and put into practice its theoretical and methodological principles through continuous reflection on the contradictions of the contexts, and the need to face the challenges and expectations of communities in the region it serves. It also considers another challenge facing the health work, which is the mediation/intersectoral action for implementation of the expanded concept of health. Thus, a demand for competency based education, which means a set of attitudes and knowledge that enable the ability to act in a given situation. A discussion on two teaching experiences developed in Brazil that has contributed to the training of health from the perspective of health promotion: the Graduate Program in the strict sense, in Health Promotion at the University of Franca and the Graduate Program broad sense of the ENSP/Fiocruz will be discussed. In both cases, the use of problem-solving methodologies as a tool for capacity building, enabling theory to approach practice and provide critical and reflective training with scientific rigor and thematic relevance.


Assuntos
Humanos , Educação Profissionalizante , Promoção da Saúde/organização & administração , Brasil , Currículo
11.
Mudanças ; 24(1): 39-44, jan.-jun. 2016. ilus
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-69919

RESUMO

Nossa sociedade atual tem estabelecido culturalmente mecanismos implícitos de negação da morte, tornando-a um tema interdito. Como consequência, o luto passou a ser um processo mais complexo e que em alguns casos desdobra-se, tornando-se um problema de saúde. Nestes casos o luto ganha o nome de “luto complicado”. Em sua atividade profissional, médicos, enfermeiros, psicólogos e outros trabalhadores da saúde, lidam diretamente com a morte e com pessoas em situação de luto, mas nem sempre se vêm adequadamente preparados para atuarem nesta situação, inclusive porque desconsideram importantes elementos que podem servir no apoio para o enfrentamento no luto. A presente pesquisa é um estudo descritivo, com abordagem quantiqualitativa, que teve como objetivo compreender dentro de um grupo de pessoas em situação de luto, quais os elementos que puderam ser considerados como elementos de apoio no enfrentamento da perda, e, portanto, elementos promotores de saúde no processo do luto. A amostra foi composta por 29 pessoas em situação de luto com idades entre 23 e 73 anos, de ambos os sexos, e que são usuários do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) do município de Franca-SP, que responderam a um questionário sobre os elementos de apoio no enfrentamento do luto. A família e a espiritualidade ganham destaque neste cenário e mostram-se fundamentais para evitar o luto complicado. (AU)


Our current society has established culturally implicit mechanisms of denial of the death, doing it a prohibited topic. As a consequence, the mourning has become a more complex process and that in some cases unfolds to become a health problem. In these cases the mourning is called “complicated mourning”. In his professional activity, physicians, nurses, psychologists and other health workers deal directly with death and grieving people, but do not always come properly prepared to act in this situation, even why it is not regarded important elements that can be used insupporting to the coping in mourning. This research is a descriptive study, with quantiqualitative approach, aimed to understand with in a group of people in a situation of mourning, which elements could be considered as elements of supporting in the face of loss, and therefore elements of health promoters in the mourning process. The sample of this research was composed of 29 people in a situation of mourning between the ages of 23 and 73 years, of both sexes, and that are users of CRAS (Center of reference of Social Assistance), in the municipality of Franca-SP, that answered to a questionnaire whose purpose was to know which elements of supporting were used for coping inmourning. The family and spirituality are highlighted in this scenario and are essential to avoid the complicated grief. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Apoio Social , Pesar , Morte , Atitude Frente a Morte
12.
Saude e pesqui. (Impr.) ; 9(1): 31-41, jan.-abr. 2016. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-831992

RESUMO

O objetivo deste trabalho é conhecer as percepções de idosos residentes em municípios de pequeno porte em relação à satisfação com os serviços públicos de transporte, lazer e atendimento em saúde. O estudo foi realizado em cinco municípios de Minas Gerais e incluiu 32 idosos de ambos os sexos, com residência nas zonas rural e urbana, que foram entrevistados a partir de um roteiro estruturado norteado pelos domínios ambiental e social dos questionários WHOQOL-BREF e WHOQOL-OLD. Posteriormente as entrevistas foram transcritas e os temas emergentes categorizados. A maioria relatou satisfação com os serviços ofertados sugerindo melhorias em diversos aspectos, como: ampliar a oferta, informação e o acesso aos serviços de saúde, investir no atendimento prioritário, na redução do tempo de espera nas filas para agendamento de consultas e na capacitação dos profissionais, além de ampliar a oferta de transporte para lazer e vida social. A implementação destas prioridades mostrou-se importante recurso para garantir-lhes melhor qualidade de vida e saúde.


Perception of elderly people resident in small towns are analyzed with regard to their satisfaction with public services such as public transport, recreation and health attendance. The study was undertaken in five towns in the state of Minas Gerais, Brazil, and included 32 male and female elderly people, living in the rural and urban areas. They were interviewed according to a structured protocol guided by the environmental and social dominion of the questionnaires WHOQOL-BREF and WHOQOL-OLD. The interviews were later transcribed and the themes were catalogued. Most elderly people were satisfied with the services but suggested several improvements, such as, extending offers, information and access to health services, investing priority attendance, reduction in time in queues for visits to the doctor´s, professional capacitation, extend transport for recreation and social living. The implementation of priorities was an important resource for better life quality and health.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Administração em Saúde Pública , Qualidade de Vida , Promoção da Saúde , Serviços de Saúde para Idosos , Saúde do Idoso
13.
Estud. interdiscip. envelhec ; 20(2): 583-596, ago. 2015. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-834546

RESUMO

Uma importante estratégia utilizada na promoção de saúde dos idosos são os grupos de convivência da terceira idade. Esses grupos podem proporcionar benefícios na saúde dos participantes e vêm ganhando cada vez mais adeptos. O objetivo do presente estudo foi comparar a percepção de qualidade de vida de idosas participantes e não participantes de um grupo de convivência. Sessenta idosas participaram da pesquisa, divididas em dois grupos, sendo o primeiro integrado por idosas participantes de grupo de convivência (GP), e o segundo composto por idosas que nunca haviam participado de um grupo de convivência para mulheres da terceira idade (GNP). Foram aplicados os questionários WHOQOL-BREF E WHOQOL-OLD com o intuito de aferir a percepção de qualidade de vida das idosas, além de um questionário com perguntas objetivas para traçar o perfil sociodemográfico dos grupos. As idosas do GP apresentaram valores significativamente maiores em todos os domínios do WHOQOL-BREF e nas facetas Funcionamento Sensório Motor, Atividades Passadas, Presentes e Futuras, Participação Social e Intimidade — do WHOQOL -OLD; além de participarem mais de atividades físicas e terem maior escolaridade que as idosas do GNP. Acreditamos que a participação em um grupo de convivência para terceira idade seja o responsável pela melhor percepção da qualidade de vida, devido ao suporte social recebido no grupo, o que fortalece os vínculos afetivos atenuando o isolamento social das idosas e promovendo vínculos de amizade fora do contexto familiar.


An important strategy used to promote the elderly health is the social interaction groups. These groups can provide health benefits for participants and is getting more and more followers. The aim of this study was to compare the perceived quality of life of elderly women participants and non-participants in a social interaction group for elderly. Sixty elderly women participated in the researched, divided in formed two groups, the first composed of elderly women participants in a social interaction group for third age, from now on knowed as GP and the second consisting of elderly women who had never participated in a support group (GNP). The WHOQOL-bref and WHOQOL-old questionnaires were applied in order to assess the perceived quality of life of the elderly women, and also a questionnaire which aim was to know their socio-demographic profi les. The GP women showed signifiantly higher values in all domains of the WHOQOL-bref and in the Sensory Motor Functioning, Past Present and Future Activities, Social Participation and Intimacy of the WHOQOL-old facets, besides they participated more in physical activities and were better educated than the GNP elderly. We believe that the participation in a social interaction group for elderly is responsible for better perception of quality of life, due to the social support received in the group, which strengthens the affective links mitigating social isolation of the elderly and promoting bonds of friendship outside the familial context.


Assuntos
Humanos , Feminino , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Qualidade de Vida , Centros Comunitários para Idosos , Percepção Social , Promoção da Saúde/métodos
14.
Estud. interdiscip. envelhec ; 20(2): 583-596, ago. 2015. tab
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-70162

RESUMO

Uma importante estratégia utilizada na promoção de saúde dos idosos são os grupos de convivência da terceira idade. Esses grupos podem proporcionar benefícios na saúde dos participantes e vêm ganhando cada vez mais adeptos. O objetivo do presente estudo foi comparar a percepção de qualidade de vida de idosas participantes e não participantes de um grupo de convivência. Sessenta idosas participaram da pesquisa, divididas em dois grupos, sendo o primeiro integrado por idosas participantes de grupo de convivência (GP), e o segundo composto por idosas que nunca haviam participado de um grupo de convivência para mulheres da terceira idade (GNP). Foram aplicados os questionários WHOQOL-BREF E WHOQOL-OLD com o intuito de aferir a percepção de qualidade de vida das idosas, além de um questionário com perguntas objetivas para traçar o perfil sociodemográfico dos grupos. As idosas do GP apresentaram valores significativamente maiores em todos os domínios do WHOQOL-BREF e nas facetas Funcionamento Sensório Motor, Atividades Passadas, Presentes e Futuras, Participação Social e Intimidade — do WHOQOL -OLD; além de participarem mais de atividades físicas e terem maior escolaridade que as idosas do GNP. Acreditamos que a participação em um grupo de convivência para terceira idade seja o responsável pela melhor percepção da qualidade de vida, devido ao suporte social recebido no grupo, o que fortalece os vínculos afetivos atenuando o isolamento social das idosas e promovendo vínculos de amizade fora do contexto familiar. (AU)


An important strategy used to promote the elderly health is the social interaction groups. These groups can provide health benefits for participants and is getting more and more followers. The aim of this study was to compare the perceived quality of life of elderly women participants and non-participants in a social interaction group for elderly. Sixty elderly women participated in the researched, divided in formed two groups, the first composed of elderly women participants in a social interaction group for third age, from now on knowed as GP and the second consisting of elderly women who had never participated in a support group (GNP). The WHOQOL-bref and WHOQOL-old questionnaires were applied in order to assess the perceived quality of life of the elderly women, and also a questionnaire which aim was to know their socio-demographic profi les. The GP women showed signifiantly higher values in all domains of the WHOQOL-bref and in the Sensory Motor Functioning, Past Present and Future Activities, Social Participation and Intimacy of the WHOQOL-old facets, besides they participated more in physical activities and were better educated than the GNP elderly. We believe that the participation in a social interaction group for elderly is responsible for better perception of quality of life, due to the social support received in the group, which strengthens the affective links mitigating social isolation of the elderly and promoting bonds of friendship outside the familial context. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Qualidade de Vida , Centros Comunitários para Idosos , Percepção Social , Promoção da Saúde/métodos
15.
Fractal rev. psicol ; 25(3): 585-602, set.-dez. 2013.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-699070

RESUMO

Este artigo mostra os resultados de um estudo realizado com 25 gestantes entre 16 e 34 anos e duas puérperas. O objetivo foi conhecer as percepções, experiências e expectativas em relação ao parto normal, além de saber qual tipo de informação elas dispunham sobre a parturição, puerpério e o direito de ter um acompanhante no parto. Foram adotadas as técnicas da entrevista livre e da observação participante. Os dados coletados foram analisados à luz da Análise do Discurso. As mulheres entrevistadas demonstraram maior preferência pelo parto normal. A maioria das informações ou orientações recebidas pelos profissionais de saúde, restringiu-se à dimensão física da dor e primeiros cuidados com o nascituro, em detrimento da dimensão psicológica e emocional, relegando-as à uma posição passiva, o que não as impediu de serem críticas frente às orientações recebidas, o que sugere que, humanizar implica também respeitar a necessidade e singularidade de cada mulher.


This article shows the results of a study performed with 25 pregnant women between 16 and 34 years and two women in postpartum period. The aim was to understand the perceptions, experiences and expectations regarding normal childbirth, besides to know what kind of information they had about childbirth, postpartum and the right to have a companion during childbirth. We adopted the techniques of free interview and participant observation. The collected data were analyzed using the Discourse Analysis. The women interviewed showed a greater preference for normal childbirth. Most of the information or advice received by health professionals was restricted to the physical pain and primary care to the unborn child, at the expense of emotional and psychological dimension, relegating them to a passive position, which did not stop them from being criticism ahead of guidance they receive, suggesting that humanize also means respecting the needs and uniqueness of each woman.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Serviços de Saúde Materno-Infantil , Parto Normal , Período Pós-Parto , Cuidado Pré-Natal
16.
Fractal rev. psicol ; 25(3): 585-602, set.-dez. 2013.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-60229

RESUMO

Este artigo mostra os resultados de um estudo realizado com 25 gestantes entre 16 e 34 anos e duas puérperas. O objetivo foi conhecer as percepções, experiências e expectativas em relação ao parto normal, além de saber qual tipo de informação elas dispunham sobre a parturição, puerpério e o direito de ter um acompanhante no parto. Foram adotadas as técnicas da entrevista livre e da observação participante. Os dados coletados foram analisados à luz da Análise do Discurso. As mulheres entrevistadas demonstraram maior preferência pelo parto normal. A maioria das informações ou orientações recebidas pelos profissionais de saúde, restringiu-se à dimensão física da dor e primeiros cuidados com o nascituro, em detrimento da dimensão psicológica e emocional, relegando-as à uma posição passiva, o que não as impediu de serem críticas frente às orientações recebidas, o que sugere que, humanizar implica também respeitar a necessidade e singularidade de cada mulher.(AU)


This article shows the results of a study performed with 25 pregnant women between 16 and 34 years and two women in postpartum period. The aim was to understand the perceptions, experiences and expectations regarding normal childbirth, besides to know what kind of information they had about childbirth, postpartum and the right to have a companion during childbirth. We adopted the techniques of free interview and participant observation. The collected data were analyzed using the Discourse Analysis. The women interviewed showed a greater preference for normal childbirth. Most of the information or advice received by health professionals was restricted to the physical pain and primary care to the unborn child, at the expense of emotional and psychological dimension, relegating them to a passive position, which did not stop them from being criticism ahead of guidance they receive, suggesting that humanize also means respecting the needs and uniqueness of each woman.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Parto Normal , Período Pós-Parto , Cuidado Pré-Natal , Serviços de Saúde Materno-Infantil
17.
Aletheia ; (37): 212-227, abr. 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: lil-692504

RESUMO

O presente estudo objetivou conhecer as percepções, as expectativas e os conhecimentos de puérperas em relação à experiência do parto normal, assim como os procedimentos utilizados pelos profissionais da saúde para a humanização do parto. Foram entrevistadas 31 puérperas que passaram pela parturição normal, na maternidade de um Hospital Público do município de Franca. Foi aplicado ainda um questionário a 20 profissionais de saúde que atuavam no centro obstétrico da referida maternidade. O método de análise dos dados seguiu as diretrizes da Análise do Discurso. A experiência da parturição foi percebida pela maioria das mulheres como extremamente dolorosa e sofrida, compensada, no entanto, pela atenção, apoio e carinho recebidos de alguns profissionais e acompanhantes, que contribuíram para uma visão satisfatória do parto normal. Entre os profissionais evidenciou-se dificuldade em conceituar sobre a temática da humanização do parto. Constatou-se a importância de enfocar, sobretudo o aspecto relacional, base para uma verdadeira prática humanizada


This study investigated the perceptions, expectations and knowledge of puerperal in regarding the experience of natural childbirth, as well as the procedures used by health professionals for the humanizing delivery. We interviewed 31 puerperal who gave birth by vaginal delivery in a public hospital in Franca. A questionnaire was also applied to 20 health professionals who worked in the obstetric ward of that hospital. The method of data analysis followed the guidelines of Analysis of Discourse. The experience of childbirth was perceived by most women as extremely painful and distressful, offset, however, by the attention, support and affection received from some professionals and caregivers who contributed to a satisfactory view of natural childbirth. Among the professionals was evident the difficulty in conceptualizing about humanizing delivery. It was noted the importance of focus, especially the relational aspect, basis for a truly humane practice


El presente estudio objetivó conocer las percepciones, expectativas y conocimientos de puérperas em relación a la experiencia del parto normal así como los procedimientos utilizados por los profesionales de salud para la humanización del parto. Fueron entrevistadas 31 puérperas que pasaron por la parturición normal en la maternidad de um hospital publico del município de Franca, SP. Asimismo fue aplicado un cuestionario a 20 profesionales de salud que actuaban em el centro obstectrico de la referida maternidad. El método de análisis de datos siguió las directrizes del analisis de discurso. La experiencia de parturición fue percebida por la mayoria de las mujeres como extremamente dolorosa y sufrida, compensada, sin embargo, por la atención, apoyo y cariño recebidos por algunos profesionales y acompañantes que contribuyeron para una visión satisfactória del parto normal. Entre los profesionales se evidenció dificultad em conceptuar la temática de la humanización del parto. Fue constatada la importancia de enfocar sobretodo el aspecto relacional para una verdadera practica humanizada


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Parto Humanizado , Promoção da Saúde , Parto Normal/psicologia , Brasil
18.
Aletheia ; (37): 212-227, abr. 2012. ilus
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-68545

RESUMO

O presente estudo objetivou conhecer as percepções, as expectativas e os conhecimentos de puérperas em relação à experiência do parto normal, assim como os procedimentos utilizados pelos profissionais da saúde para a humanização do parto. Foram entrevistadas 31 puérperas que passaram pela parturição normal, na maternidade de um Hospital Público do município de Franca. Foi aplicado ainda um questionário a 20 profissionais de saúde que atuavam no centro obstétrico da referida maternidade. O método de análise dos dados seguiu as diretrizes da Análise do Discurso. A experiência da parturição foi percebida pela maioria das mulheres como extremamente dolorosa e sofrida, compensada, no entanto, pela atenção, apoio e carinho recebidos de alguns profissionais e acompanhantes, que contribuíram para uma visão satisfatória do parto normal. Entre os profissionais evidenciou-se dificuldade em conceituar sobre a temática da humanização do parto. Constatou-se a importância de enfocar, sobretudo o aspecto relacional, base para uma verdadeira prática humanizada.(AU)


This study investigated the perceptions, expectations and knowledge of puerperal in regarding the experience of natural childbirth, as well as the procedures used by health professionals for the humanizing delivery. We interviewed 31 puerperal who gave birth by vaginal delivery in a public hospital in Franca. A questionnaire was also applied to 20 health professionals who worked in the obstetric ward of that hospital. The method of data analysis followed the guidelines of Analysis of Discourse. The experience of childbirth was perceived by most women as extremely painful and distressful, offset, however, by the attention, support and affection received from some professionals and caregivers who contributed to a satisfactory view of natural childbirth. Among the professionals was evident the difficulty in conceptualizing about humanizing delivery. It was noted the importance of focus, especially the relational aspect, basis for a truly humane practice.(AU)


El presente estudio objetivó conocer las percepciones, expectativas y conocimientos de puérperas em relación a la experiencia del parto normal así como los procedimientos utilizados por los profesionales de salud para la humanización del parto. Fueron entrevistadas 31 puérperas que pasaron por la parturición normal en la maternidad de um hospital publico del município de Franca, SP. Asimismo fue aplicado un cuestionario a 20 profesionales de salud que actuaban em el centro obstectrico de la referida maternidad. El método de análisis de datos siguió las directrizes del analisis de discurso. La experiencia de parturición fue percebida por la mayoria de las mujeres como extremamente dolorosa y sufrida, compensada, sin embargo, por la atención, apoyo y cariño recebidos por algunos profesionales y acompañantes que contribuyeron para una visión satisfactória del parto normal. Entre los profesionales se evidenció dificultad em conceptuar la temática de la humanización del parto. Fue constatada la importancia de enfocar sobretodo el aspecto relacional para una verdadera practica humanizada.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto , Parto Humanizado , Parto Normal/psicologia , Promoção da Saúde , Brasil
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA