Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
J. bras. econ. saúde (Impr.) ; 11(1): 87-95, Abril/2019.
Artigo em Português | LILACS, ECOS | ID: biblio-1005738

RESUMO

Objetivo: No cenário da avaliação de tecnologias em saúde (ATS), as estimativas de custos são um fator crítico no desenvolvimento das avaliações econômicas completas, especialmente pelo uso de diferentes metodologias de custeio. A fim de contribuir com a acurácia dos dados de custos usados nessas análises, este artigo sugere recomendações para apuração de custos em saúde no Brasil. Métodos: Reuniram-se pesquisadores de ATS de diferentes expertises e centros de pesquisa do Brasil, e ao longo de dois anos foram conduzidas revisões da literatura nacional e internacional e discussões sobre as formas de abordar a temática. Três simpósios foram realizados reunindo os pesquisadores com o propósito de alcançar o consenso entre os autores sobre as melhores recomendações para a realização de estudos de Microcusteio. Resultados: Consolidou-se em forma de uma recomendação este artigo que representa uma versão compacta da diretriz completa a ser publicada pela Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde. A metodologia de Microcusteio é considerada como padrão-ouro para a identificação dos custos em saúde. Os métodos de definição do estudo, coleta e análise de dados apresentados são descritos de modo a permitir uma valoração dos custos validada e homogênea, principalmente para o uso dessa informação em avaliações econômicas de saúde. Conclusão: Essa recomendação tem o propósito de aumentar a acurácia das estimativas dos custos de saúde no nosso meio e homogeneizar a comunicação entre estudos conduzidos por diferentes grupos de pesquisa. Por fim, é esperado que a utilização dessas recomendações contribua para que as decisões baseadas em dados econômicos sejam mais acuradas e equânimes quando da incorporação de tecnologias no país.


Objective: In the context of health technology assessment (HTA), cost estimates are a critical factor in the development of economic evaluations, especially through the use of different costing methodologies. In order to contribute to the accuracy of the cost data used in these analyzes, this article suggests recommendations to develop health cost analysis in Brazil. Methods: HTA researchers with heterogeneous background and from different Brazilian research centers were engaged on the development of this health cost analysis recommendation over two years. Reviews of national and international literature and discussions on how to approach the theme were conducted. Three symposia were held bringing together the researchers with the purpose of reaching consensus among the authors on the best recommendations for micro-accounting studies. Results: This article was consolidated as a recommendation, which represents a compact version of the complete guideline that will be published by the Brazilian Health Technology Assessment Network (REBRATS). The Microcosting methodology is considered as a gold standard for the analysis of health costs. Methods to define the study, to perform data collection and analysis are described in order to allow a validated and homogeneous cost evaluation, mainly for the use of this information in economic health assessments. Conclusion: This recommendation is intended to increase the health cost estimated accuracy in our country and to homogenize the communication between studies conducted by different research groups. Finally, it is expected that the use of these recommendations will contribute to make decisions based on economic data more accurate and equitable when incorporating health technologies in the country.


Assuntos
Humanos , Avaliação em Saúde , Custos e Análise de Custo , Uso da Informação Científica na Tomada de Decisões em Saúde
2.
Ciênc. cuid. saúde ; 18(01): 9, 2019-02-13.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1122234

RESUMO

Objective:The goal of this quantitative and descriptive study was to analyze the articulation between a psychosocial care center and the intersectoral health network. Methodology:Data were collected in a municipality on the western border of the State of Rio Grande do Sul, Brazil, from August to December 2017. Data analysis was performed using the Package for the Social Network Analysis -UCINET software. The study was based on the methodological framework of social network analysis. Results:The results indicated the existence of 37 agents involved in care provided to drug users. It was possible to observe several sectors of justice and public safety that provided direct or indirect care to users. However, the results revealed certain estrangement between these agents and other network services in the development of joint programs and case coordination. The metrics assessed indicated a low degree of interaction between the sectors, demonstrating the difficulty of the network in functioning in an integrated manner and building joint care possibilities. Conclusions:This study discusses the need for greater intersectoral articulation at the interaction levels assessed. It is necessary to plan municipal policies that favor this interaction between agents.


Objetivo: Estudo quantitativo, descritivo quese propõe a analisar a articulação entre um centro de atenção psicossocial e a rede de saúde intersetorial. Metodologia: A coleta de dados ocorreu de agosto à dezembro de 2017, em um município da fronteira oeste do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. A análise dos dados foi organizada a partir da utilização do Software Package for the Social Network Analysis-UCINET. O estudo norteia-se pelo referencial metodológico de análise de redes sociais. Resultados: Os resultados apontaram a existência de 37 atores envolvidos no cuidado às pessoas que usam drogas. Foi possível observar diversos setores de justiça e segurança pública que prestavam cuidados diretos ou indiretos aos usuários. Contudo, os resultados indicaram certo distanciamento desses atores no tocante ao desenvolvimento de programas conjuntos e coordenação de casos com outros serviços da rede. Verificou-se, através das métricas investigadas, um baixo grau de interação entre os dispositivos, demonstrando a dificuldade por parte da rede em atuar de forma integrada e construir possibilidades de cuidado conjuntas. Considerações finais: Discute-se a necessidade de maior articulação intersetorial nos níveis de interação analisados neste estudo. Para isso, é preciso pensar em políticas municipais que favoreçam essa "costura" entre os atores.

3.
Rev Gaucha Enferm ; 29(2): 230-7, 2008 Jun.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-18822755

RESUMO

This quantitative study proposed to apply Activity-Based Management in an Intensive Care Unit (ICU) of a teaching hospital Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil. The objective of applying that tool was to direct the establishment of strategies, aiming at reducing costs and optimizing human, technological, and financial resources used in intensive care. The process of patient admission in the ICU was the focus of the analysis. Data were collected in sir collective interviews with 13 ICU team members. The results showed that Activity-Based Management can be used in an ICU, replicated, and that understanding the care process helps to provide information that aid the management to make decision, to identify the need of improvement, and to include the team members in the ICU management practice.


Assuntos
Hospitais Públicos/organização & administração , Unidades de Terapia Intensiva/organização & administração , Brasil , Humanos , Unidades de Terapia Intensiva/estatística & dados numéricos
4.
Rev. gaúch. enferm ; 29(2): 230-237, jun. 2008.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-539190

RESUMO

Esta pesquisa propõe uma sistemática de aplicação da Gestão Baseada em Atividades em um Centro de TerapiaIntensiva (CTI) de um hospital de ensino de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, como ferramenta para nortear aelaboração de estratégias, visando à diminuição de custos e à otimização de recursos humanos, tecnológicos efinanceiros empregados no tratamento intensivo. O processo de internação do paciente no CTI foi o foco de análisena implementação da sistemática, através do emprego do enfoque metodológico de pesquisa quantitativa, em queforam coletados os dados, em seis encontros de entrevistas em grupo com 13 profissionais da equipe do CTI. Esteestudo demonstrou que a Gestão Baseada em Atividades pode ser empregada em um CTI, permitindo sua replicação,e que a compreensão do processo assistencial qualifica as informações gerenciais subsidiando a tomada dedecisão, na identificação de melhorias e na inclusão do profissional na prática gerencial do CTI.


Assuntos
Humanos , Controle de Custos , Unidades de Terapia Intensiva/organização & administração , Hospitais de Ensino
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA