Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 17 de 17
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
RECIIS (Online) ; 13(4): 803-816, out.-dez. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1047569

RESUMO

A formação de Redes Sociais Virtuais (RSVs) em comunidades como o Facebook tornou-se um importante instrumento de busca por socialização e informação. Este artigo apresenta dados sobre fontes de informação utilizadas por responsáveis de crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e como essas interferem na percepção de suporte interpessoal e nos processos de governança em saúde. No estudo quantitativo, participaram 90 membros das três maiores RSVs sobre TEA. Para a coleta de dados foi utilizado questionário semiestruturado, cujas respostas foram quantificadas para melhor visualização. Os resultados demonstraram que a participação nessas redes é a principal fonte de informação para metade dos participantes, especialmente para a parcela da população com menor renda; 70/90 voluntários informaram se sentir amparados pelos parceiros de RSV e 63/90 se sentem desamparados pela sociedade em geral. Este fenômeno pode ser explicado pela formação de laços sociais marcados pela reciprocidade de situações vividas.


The formation of Virtual Social Networks (RSVs) in communities as Facebook has become an important tool for searching for socialization and information. This article presents data on the sources of information used by those responsible for children with Autism Spectrum Disorder (ASD), and how they interfere in the perception of interpersonal support and health governance processes. In the quantitative study, 90 members from the 3 largest RSVs on ASD participated. For the data collection, a semi-structured questionnaire was used. Responses were quantified to facilitate visualization of the data. The results showed that participation in these networks is the main source of information for half of the participants, especially for the portion of the population with lower income; 70/90 volunteers reported feeling supported by RSV partners and 63/90 reported feeling helpless by society in general. A phenomenon that can be explained by the formation of social bonds marked by the reciprocity of lived situations.


La formación de Redes Sociales Virtuales (RSVs) en comunidades como Facebook se ha convertido en un importante instrumento de búsqueda de socialización e información. Este artículo presenta datos sobre fuentes de información utilizadas por responsables de niños con trastorno del espectro autista (TEA), y cómo interfieren en la percepción de soporte interpersonal y en los procesos de gobernanza en salud. Se trató de estudio cuantitativo, participaron 90 miembros de las 3 mayores RSVs sobre TEA. Para la recolección de datos se utilizó un cuestionario semiestructurado. Las respuestas se cuantificaron para facilitar la visualización de los datos. Los resultados demostraron que la participación en esas redes es la principal fuente de información para la mitad de los participantes, especialmente para la parcela de la población con menores ingresos; 70/90 voluntarios informaron sentirse amparados por los socios de RSV y 63/90 informaron sentirse desamparados por la sociedad en general. Fenómeno que puede ser explicado por la formación de lazos sociales marcados por la reciprocidad de situaciones vividas.


Assuntos
Humanos , Apoio Social , Governança Clínica , Rede Social , Transtorno do Espectro Autista , Relações Interpessoais , Socialização , Comportamento , Criança , Inquéritos e Questionários , Adolescente , Pessoal de Saúde , Comunicação , Internet , Acesso à Informação , Mídias Sociais , Governança
2.
Rev Bras Enferm ; 72(3): 737-743, 2019 Jun 27.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-31269140

RESUMO

OBJECTIVE: to analyze occupational accidents with exposure of nursing technicians to biological material in a school hospital. METHOD: nursing technicians were invited to answer a questionnaire related to occupational accidents with biological material. RESULTS: 275 professionals from 9 hospital units participated. 76% reported having suffered an accident and the variables "age group" and "employment regime" showed a significant association for accidents (p<0.05). Those hired by the Consolidation of Labor Laws (CLT - Consolidação das Leis do Trabalho) employment regime were 3.5 times more likely to suffer accidents (p=0.04) and institutional capacity building did not show statistical significance (p>0.05). CONCLUSION: the increase in the number of training did not ensure the reduction of occupational accidents with biological material; and nursing technicians under the age of 30 were more vulnerable. Professionals with a CLT labor contract were more affected than the statutory employees.


Assuntos
Acidentes de Trabalho/estatística & dados numéricos , Assistentes de Enfermagem/estatística & dados numéricos , Exposição Ocupacional/efeitos adversos , Adulto , Idoso , Brasil , Distribuição de Qui-Quadrado , Estudos Transversais , Feminino , Hospitais/estatística & dados numéricos , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Exposição Ocupacional/estatística & dados numéricos , Inquéritos e Questionários
3.
Rev. bras. enferm ; 72(3): 737-743, May.-Jun. 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1013544

RESUMO

ABSTRACT Objective: to analyze occupational accidents with exposure of nursing technicians to biological material in a school hospital. Method: nursing technicians were invited to answer a questionnaire related to occupational accidents with biological material. Results: 275 professionals from 9 hospital units participated. 76% reported having suffered an accident and the variables "age group" and "employment regime" showed a significant association for accidents (p<0.05). Those hired by the Consolidation of Labor Laws (CLT - Consolidação das Leis do Trabalho) employment regime were 3.5 times more likely to suffer accidents (p=0.04) and institutional capacity building did not show statistical significance (p>0.05). Conclusion: the increase in the number of training did not ensure the reduction of occupational accidents with biological material; and nursing technicians under the age of 30 were more vulnerable. Professionals with a CLT labor contract were more affected than the statutory employees.


RESUMEN Objetivo: analizar la ocurrencia de accidentes de trabajo con la exposición de técnicos de enfermería a material biológico en un hospital escuela. Método: los profesionales fueron invitados a responder un cuestionario relacionado con la ocurrencia de accidentes de trabajo con material biológico. Resultados: participaron 275 profesionales de 9 unidades del hospital El 76% declaró haber sufrido algún accidente y las variables "grupo de edad" y "formas de trabajo" mostraron una asociación significativa para la ocurrencia de accidentes (p<0,05). Los contratados por la forma de trabajo bajo la Consolidación de las Leyes del Trabajo (CLT) presentaron 3,5 más probabilidades de sufrir accidentes (p=0,04) y la capacitación institucional no demostró significancia estadística (p>0,05). Conclusión: el aumento del número de capacitaciones no ha asegurado la disminución de los accidentes de trabajo con material biológico; y los técnicos de enfermería menores de 30 años fueron más vulnerables. Los profesionales con vínculo laborista en la CLT se accidentaron más que los estatutarios.


RESUMO Objetivo: analisar a ocorrência de acidentes de trabalho com exposição a material biológico de técnicos de enfermagem em um hospital escola. Método: técnicos de enfermagem foram convidados a responder um questionário relacionado à ocorrência de acidentes de trabalho com material biológico. Resultados: participaram 275 profissionais de 9 unidades do hospital. 76% declararam ter sofrido acidente e as variáveis "faixa etária" e "regime de trabalho" mostraram associação significativa para ocorrência de acidentes (p < 0,05). Os contratados pelo regime de trabalho pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) apresentaram 3,5 mais chances de sofrerem acidentes (p=0,04) e a capacitação institucional não demonstrou significância estatística (p > 0,05). Conclusão: o aumento do número de capacitações não assegurou a diminuição dos acidentes de trabalho com material biológico; e os técnicos de enfermagem com idade inferior a 30 anos foram mais vulneráveis. Os profissionais com vínculo trabalhista celetista acidentaram-se mais que os servidores estatutários.

4.
Rev Lat Am Enfermagem ; 23(5): 895-901, 2015.
Artigo em Inglês, Português, Espanhol | MEDLINE | ID: mdl-26487140

RESUMO

OBJECTIVE: to identify experiences and feelings on the organ donation process, from the perspective of a relative of an organ donor in a transplant unit. METHOD: this was exploratory research using a qualitative approach, performed with seven family members of different organ donors, selected by a lottery. Sociodemographic data and the experiences regarding the donation process were collected through semi-structured interviews. The language material was transcribed and submitted to content analysis. RESULTS: poor sensitivity of the medical staff communicating the relative's brain death--the potential donor--and the lack of socio-emotional support prior to the situation experienced by the family was highlighted by participants. CONCLUSIONS: the study identified the need to provide social-emotional support for families facing the experience of the organ donation process. From these findings, other care and management practices in health must be discussed to impact the strengthening of the family ties, post-donation, as well as the organ procurement indexes.


Assuntos
Emoções , Família/psicologia , Obtenção de Tecidos e Órgãos , Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade
5.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 23(5): 895-901, Sept.-Oct. 2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-763263

RESUMO

Objective: to identify experiences and feelings on the organ donation process, from the perspective of a relative of an organ donor in a transplant unit.Method: this was exploratory research using a qualitative approach, performed with seven family members of different organ donors, selected by a lottery. Sociodemographic data and the experiences regarding the donation process were collected through semi-structured interviews. The language material was transcribed and submitted to content analysis.Results: poor sensitivity of the medical staff communicating the relative's brain death - the potential donor - and the lack of socio-emotional support prior to the situation experienced by the family was highlighted by participants.Conclusions: the study identified the need to provide social-emotional support for families facing the experience of the organ donation process. From these findings, other care and management practices in health must be discussed to impact the strengthening of the family ties, post-donation, as well as the organ procurement indexes.


Objetivo: identificar as vivências e sentimentos dos familiares de doadores em uma unidade transplantadora, frente ao processo de doação de órgãos.Método: trata-se de pesquisa exploratória com abordagem qualitativa, tendo como participantes do estudo sete familiares de diferentes doadores de órgãos selecionados mediante sorteio. Através de entrevistas semiestruturadas, foram coletados dados sociodemográficos e relativos as vivências do processo de doação. O material de linguagem foi transcrito e submetido à análise de conteúdo temático.Resultados: os participantes consideraram a pouca sensibilidade da equipe médica na comunicação da morte encefálica do familiar - potencial doador - e a ausência de suporte socioemocional diante da situação vivenciada pela família.Conclusões: o estudo identificou a necessidade de se oferecer maior apoio socioemocional aos familiares frente a vivência do processo de doação. A partir destes achados outras práticas de atenção e gestão na saúde poderão ser discutidas para impactar no fortalecimento dos vínculos familiares pós-doação, bem como nos índices de captação de órgãos.


Objetivo: identificar las experiencias y los sentimientos de la familia del donante en una unidad trasplantadora, frente al proceso de donación de órganos.Método: se trata de una investigación exploratoria con enfoque cualitativo, teniendo como participantes siete miembros de familias de diferentes donantes de órganos seleccionados aleatoriamente. A través de entrevistas semiestructuradas se recogieron datos sociodemográficos y sobre las experiencias del proceso de donación. El material de lenguaje fue transcrito y sometido al análisis de contenido temático.Resultados: los participantes consideraron la poca sensibilidad del personal médico en la comunicación de la muerte cerebral del familiar - donante potencial - y la falta de apoyo socio- emocional ante la situación vivida por la familia.Conclusiones: el estudio identificó la necesidad de proporcionar un mayor apoyo socio-emocional a las familias que enfrentan la experiencia del proceso de donación. A partir de estos hallazgos, se podrían discutir otras prácticas de atención y gestión en materia de salud podrán para impactar en el fortalecimiento de los lazos familiares después de la donación, así como el aumento de donantes de órganos frente a las tasas actuales.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Obtenção de Tecidos e Órgãos , Família/psicologia , Emoções
6.
Rev. CEFAC ; 17(2): 492-501, Mar-Apr/2015. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-746169

RESUMO

OBJETIVOS: verificar a influência do meio sociofamiliar no processo de aquisição da linguagem escrita de crianças em atendimento fonoaudiológico e conhecer o perfil sociocultural de seus familiares. MÉTODOS: a investigação, de caráter qualitativo, teve como participantes, pais ou responsáveis de crianças atendidas no Estágio de Leitura/Escrita do curso de Fonoaudiologia de uma universidade pública. Para o levantamento sociodemográfico realizaram-se consultas a prontuários destas crianças além de entrevistas semiestruturadas a partir de um roteiro enfocando os hábitos culturais e familiares relativos à linguagem escrita. RESULTADOS: o estudo revelou que os familiares entrevistados eram na maioria de baixa renda, baixa escolaridade, provenientes de ambientes culturais de pouca valorização e estímulo ao uso da leitura e escrita, podendo repercutir no desempenho escolar de seus filhos. CONCLUSÃO: a carência socioeconômica e cultural observada no estudo pode ser minimizada através do apoio de redes sociais comunitárias e de políticas publicas de cultura e educação, visto que há interesse e expectativa das famílias na melhoria da educação de seus filhos. .


PURPOSES: verifying the influence of social-familial factors in the children's process of written language acquisition while attending speech therapy, and learning about their families' sociocultural profile. METHODS: this qualitative research has, as subjects, parents or guardians of children enrolled in the reading/writing training of the Speech-Language Pathology course of a public university. For the demographic survey, consultations to the children's records were done, as also semi-structured interviews based on a guide that focused the cultural and family habits related to written language. RESULTS: the study showed that the interviewed families were mostly poor, with poor education, and came from cultural environments with little valorisation and encouragement for reading and writing, and this might have consequences in the academic performance of their children. CONCLUSION: the socioeconomic and cultural deficiency observed in the study can be minimized through the support of social community network and investments in culture and education, since there is interest and expectation of the families in the education of their children. .

7.
Rev. bras. educ. méd ; 37(3): 365-375, jul.-set. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-697266

RESUMO

Esta investigação tem o objetivo de avaliar e comparar a qualidade de vida (QV) de graduandos da área da saúde de uma universidade pública. O estudo exploratório transversal incluiu voluntariamente 630 alunos dos cursos de enfermagem, farmácia, fonoaudiologia e medicina dessa instituição, correspondendo a 57% dessa população. Utilizou-se o Medical Outcomes Study 36-Item Short-Form Health Survey (SF-36) para avaliação da qualidade de vida, além de uma questão aberta relacionada à percepção do aluno sobre a influência da Universidade em sua qualidade de vida. O domínio com melhor escore foi a capacidade funcional, e o pior foi vitalidade. Na comparação da qualidade de vida entre as séries, o curso de farmácia apresentou piores escores nos anos iniciais, tendendo a melhorar no decorrer do curso; enquanto os demais apresentaram piores resultados nos anos finais, o que pode estar relacionado ao aumento das atividades práticas de estágio. Dentre os achados qualitativos, a escassez de tempo livre e o cansaço foram referidos pelos estudantes como os principais comprometedores da qualidade de vida, corroborando os achados do SF-36, que apresentaram piores resultados para a vitalidade.


The purpose of this study was to assess and compare the quality of life of undergraduate students in the area of health care at a public university. This cross-sectional exploratory study included 630 voluntary students of Nursing, Pharmacy, Speech Therapy and Medicine, corresponding to 57% of all such students at the institution. The instrument used was the Medical Outcomes Study 36-Item Short-Form Health Survey (SF-36), plus an open-ended question about the student's perception on the influence of the university on his or her quality of life. The domain which reported the best scores was functional capacity and the worst was vitality. Comparing quality of life in each year of the course, Pharmacy showed lower scores in the initial years and an improving trend over the years. The other courses scored lower in the final years, which may be related to increased practical internship activities. Among the qualitative findings, lack of free time and exhaustion were cited by students as the main factors that compromise their quality of life, validating the SF-36 results which reported the lowest scores for vitality.

8.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 7(Suplemento 1): 32-32, jun. 2012.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-880775

RESUMO

Introdução: A qualidade de vida na empresa é um importante recurso de promoção de saúde, e pode ser desenvolvida a partir da pratica de atividades físicas. O exercício físico é uma forma de lazer e de restaurar a saúde dos efeitos da rotina estressante do trabalho, proporcionando condições de melhor desempenho e produtividade. A Ginástica Holística atua através da sensibilização e da tomada de consciência, de modo a levar o sujeito a uma melhor utilização do seu potencial perceptivo, sensorial motor e a uma atitude corporal mais harmônica. No nível terapêutico atua em problemas como contraturas musculares, artroses, hipotonias, má postura entre outros. Objetivo: Analisar a qualidade de vida dos funcionários de uma empresa de transportes que praticavam Ginástica Holística durante o expediente de trabalho. Método: O estudo foi realizado em uma empresa especializada em transportes de containeres, remoção de transito aduaneiro e cargas perigosas, localizada na cidade de Santos/SP, tendo como sujeitos 16 funcionários, após seis meses de pratica de Ginástica Holística. O instrumento utilizado foi o World Health Quality of Life (WHOQOL ­ bref) versão em português, composto por 24 questões englobando os domínios físico, psicológico, relações sociais e meio ambiente e mais 2 questões gerais. Resultados: Observou-se que 62,5% dos sujeitos eram mulheres e 37,5% homens, com idade entre 17 e 43 anos; sendo 31,25% casados, 62,5% solteiros e 6,25% divorciados. Com relação à escolaridade 56,25% tinham o ensino médio e 43,75% o ensino superior. Na analise da qualidade de vida, o domínio psicológico apresentou melhores escores (75,78), seguido pelo domínio das relações sociais (74,99) e pelo domínio físico (72,99). O domínio que apresentou piores escores foi o meio ambiente (54,69), provavelmente em decorrência do tipo de atividade profissional. Conclusão: O ambiente de trabalho neste segmento é extremamente estressante. Apesar de não ter sido realizada avaliação de qualidade de vida antes do inicio da atividade de Ginástica Holística, observou-se maiores escores nos domínios psicológico, relações sociais e físico, que podem estar relacionados a tal intervenção. Podemos considerar estes resultados positivos, pois a pratica desta atividade física leva aos participantes a sensação de bem-estar, relaxamento, melhora da consciência corporal, reeducação postural e das relações no ambiente de trabalho.


Assuntos
Qualidade de Vida , Promoção da Saúde , Saúde Holística
9.
Rev. bras. oftalmol ; 70(6): 342-348, nov.-dez. 2011. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: lil-612904

RESUMO

OBJECTIVE: To assess the prevalence of diabetic retinopathy and to evaluate the management of patients with visual disabilities attending at the CEPRE Rehabilitation Program of University of Campinas. METHODS: A retrospective study was carried out based on medical records of patients with visual disabilities attending a vision rehabilitation program. The following variables were studied: gender, age, marital status, level of schooling, social security status, origin, type and cause of visual disability and vision rehabilitation actions. RESULTS: The sample consisted of 155 patients, 55.5 percent males, aged between 12 and 88 years, mean age 41 years old, 34.8 percent were blind and 65.2 percent with low vision disability. Of those blind patients, 81.8 percent reported acquired blindness, and the leading cause was diabetic retinopathy (33.3 percent), followed by glaucoma (16.6 percent), and retinal detachment (15.0 percent). Of those patients with low vision disability, 14.9 percent had diabetic retinopathy, 14.9 percent hereditary syndromes, and 10.9 percent age-related macular degeneration. Vision rehabilitation therapy included interdisciplinary team consultations helping patients go through the mourning process for the loss or impairment of vision, and promoting the enhancement of their skills for performing activities of daily living independently. The management of patients with low vision was also focused on vision rehabilitation. CONCLUSION: The health of the eyes of patients with chronic diseases such as diabetes is at risk. The prevalence of diabetic retinopathy was found to be a cause for visual disability, suggesting the need to assess these patients' access to health care and rehabilitation and promote health education for changing habits and improving quality of life.


OBJETIVO: Verificar a prevalência da retinopatia diabética e as condutas desenvolvidas entre deficientes visuais atendidos pelo Programa de Reabilitação no CEPRE da Universidade Estadual de Campinas. MÉTODOS: O estudo retrospectivo transversal foi desenvolvido a partir da análise de prontuários de pacientes que participaram do programa de reabilitação de deficientes visuais, considerando-se as variáveis: sexo, idade, estado civil, escolaridade, situação de seguridade, procedência, tipo e a causa da deficiência visual e condutas reabilitacionais. RESULTADOS: A casuística constou de 155 pacientes, 55,5 por cento do sexo masculino, faixa etária entre 12 e 88 anos, média de idade de 41 anos, 34,8 por cento cegos e 65,2 por cento com baixa visão. Dos cegos, 81,8 por cento tinham cegueira adquirida, sendo a retinopatia diabética (33,3 por cento) a causa prevalente da cegueira, seguida por glaucoma (16,6 por cento) e descolamento de retina (15,0 por cento). Dos pacientes com baixa visão, 14,9 por cento apresentavam a retinopatia diabética e síndromes hereditárias somaram 14,9 por cento, seguido pela degeneração macular associada à idade (10,9 por cento). As condutas reabilitacionais desenvolvidas para os pacientes com deficiência visual constaram de atendimentos com equipe interdisciplinar propiciando a elaboração do luto pela perda ou diminuição visual, potencializando as habilidades para o desempenho independente e autônomo nas atividades do cotidiano. Entre os pacientes com baixa visão, as condutas enfocaram a reabilitação visual. CONCLUSÃO: Doenças crônicas como o diabetes constituem risco para a saúde ocular. Destacou-se a prevalência da retinopatia diabética entre as causas da deficiência visual, indicando a necessidade de se avaliar o acesso ao atendimento médico e às ações de reabilitação e educação em saúde favorecendo as mudanças de hábitos e qualidade de vida dos pacientes.

10.
Paidéia (Ribeirão Preto) ; 21(49): 187-195, maio-ago. 2011. tab
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-51235

RESUMO

Este estudo objetivou investigar as características de pessoas com baixa visão afastadas do trabalho e encaminhadas pelo Instituto Nacional de Seguro Social para programa de reabilitação bem como identificar suas expectativas quanto ao possível retorno ao mercado de trabalho. O estudo descritivo transversal contou com entrevistas semiestruturadas. A amostra contou com 12 sujeitos em idade produtiva, sendo 11 do sexo masculino. Quanto à escolaridade, 7 dos sujeitos não completaram o ensino fundamental. O material obtido foi submetido à análise qualitativa de conteúdo, agrupado nas seguintes categorias: conhecimento da deficiência, reabilitação e acesso aos direitos sociais, retorno ao mercado de trabalho, planos para o futuro. Os entrevistados detinham pouco conhecimento sobre a deficiência visual e os direitos sociais da pessoa deficiente. A despeito das políticas afirmativas para pessoas deficientes, a desvantagem social é significativa quando se observam a baixa escolaridade e a pouca qualificação profissional, dificultando sua inclusão no mercado de trabalho.(AU)


This study aims investigate the characteristics of people with low vision, unable to work and conducted by the Instituto Nacional de Seguro Social to a rehabilitation program, and identify their expectations about the return to the labor market. In this cross-section descriptive study were conducted semi-strutured interviews. The sample was formed of 12 low vision people, in productive age, 11 of which were male. Concerning to scholarship, 7 had not completed their basic education. The transcribed data underwent qualitative analysis by theme: knowledge of the visual disabilities, rehabilitation and the access of the social rights, return to the labor market and plans to the future. The interviewed showed a poor knowledge of the visual disabilities, the rehabilitation and the social rights. In spite of the affirmatives public policies to disable people in the labor market, the social disadvantage is very significant considering their low scholar level and poor professional qualification, bringing difficulties to his inclusion on the labor market.(AU)


El objetivo del presente estudio fue investigar las características de personas con baja visión, apartadas del trabajo y encaminadas para rehabilitación desde el Instituto Nacional de Seguro Social y identificar sus expectativas cuanto al regreso al mercado de trabajo. El estudio descriptivo trasversal contó con el aplicación de cuestionario por medio de entrevista. La muestra arrolló 12 sujetos en edad productiva, siendo 11 del sexo masculino. Cuanto a la escolaridad 7 de los sujetos no tenían el enseño fundamental. Para el análisis los datos fueran reunidos en temas: conocimiento de la discapacidad visual, rehabilitación y acceso a los derechos sociales, regreso al mercado de trabajo, planes para el futuro. Los entrevistados detenían poco conocimiento de la causa de sus discapacidades visuales y de los derechos sociales. Mientras las políticas afirmativas a los discapacitados visuales, el desventaja social es significativa cuando si observa la baja escolaridad y limitada calificación profesional, perjudicando la inclusión al mercado de trabajo.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Pessoas com Deficiência Visual , Mercado de Trabalho , Percepção
11.
Paidéia (Ribeiräo Preto) ; 21(49): 187-195, maio-ago. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-599824

RESUMO

Este estudo objetivou investigar as características de pessoas com baixa visão afastadas do trabalho e encaminhadas pelo Instituto Nacional de Seguro Social para programa de reabilitação bem como identificar suas expectativas quanto ao possível retorno ao mercado de trabalho. O estudo descritivo transversal contou com entrevistas semiestruturadas. A amostra contou com 12 sujeitos em idade produtiva, sendo 11 do sexo masculino. Quanto à escolaridade, 7 dos sujeitos não completaram o ensino fundamental. O material obtido foi submetido à análise qualitativa de conteúdo, agrupado nas seguintes categorias: conhecimento da deficiência, reabilitação e acesso aos direitos sociais, retorno ao mercado de trabalho, planos para o futuro. Os entrevistados detinham pouco conhecimento sobre a deficiência visual e os direitos sociais da pessoa deficiente. A despeito das políticas afirmativas para pessoas deficientes, a desvantagem social é significativa quando se observam a baixa escolaridade e a pouca qualificação profissional, dificultando sua inclusão no mercado de trabalho.


This study aims investigate the characteristics of people with low vision, unable to work and conducted by the Instituto Nacional de Seguro Social to a rehabilitation program, and identify their expectations about the return to the labor market. In this cross-section descriptive study were conducted semi-strutured interviews. The sample was formed of 12 low vision people, in productive age, 11 of which were male. Concerning to scholarship, 7 had not completed their basic education. The transcribed data underwent qualitative analysis by theme: knowledge of the visual disabilities, rehabilitation and the access of the social rights, return to the labor market and plans to the future. The interviewed showed a poor knowledge of the visual disabilities, the rehabilitation and the social rights. In spite of the affirmatives public policies to disable people in the labor market, the social disadvantage is very significant considering their low scholar level and poor professional qualification, bringing difficulties to his inclusion on the labor market.


El objetivo del presente estudio fue investigar las características de personas con baja visión, apartadas del trabajo y encaminadas para rehabilitación desde el Instituto Nacional de Seguro Social y identificar sus expectativas cuanto al regreso al mercado de trabajo. El estudio descriptivo trasversal contó con el aplicación de cuestionario por medio de entrevista. La muestra arrolló 12 sujetos en edad productiva, siendo 11 del sexo masculino. Cuanto a la escolaridad 7 de los sujetos no tenían el enseño fundamental. Para el análisis los datos fueran reunidos en temas: conocimiento de la discapacidad visual, rehabilitación y acceso a los derechos sociales, regreso al mercado de trabajo, planes para el futuro. Los entrevistados detenían poco conocimiento de la causa de sus discapacidades visuales y de los derechos sociales. Mientras las políticas afirmativas a los discapacitados visuales, el desventaja social es significativa cuando si observa la baja escolaridad y limitada calificación profesional, perjudicando la inclusión al mercado de trabajo.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Mercado de Trabalho , Percepção , Pessoas com Deficiência Visual
12.
Cien Saude Colet ; 16 Suppl 1: 769-76, 2011.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-21503423

RESUMO

Deafness brings consequences to deaf people's life as well as to their families, who usually has its dynamic changed in the struggle to adapt to the new needs and demands. In this sense, the families not only use their internal resources, but also, they look for help and support out of their group, in their social network. The goal of this paper is to describe the social network used by families with a deaf member in their everyday life. Also, it discusses the meaning of these networks in the framework of social protection. A qualitative research was developed, using a semi-structured interview to collect data. Eighteen parents of deaf children or teenager assisted at a center of rehabilitation were interviewed. Mapping the networks of relationships and social resources that the families of a deaf person use to deal with deafness showed the interconnection between family members, other relatives, friends, neighbors, professionals, private and public services. The networks play an important role of support and social protection to the deaf person's family in the everyday life.


Assuntos
Surdez , Família , Política Pública , Apoio Social , Surdez/reabilitação , Humanos
13.
Ciênc. saúde coletiva ; 16(supl.1): 769-776, 2011.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-582509

RESUMO

A surdez traz repercussões na vida do indivíduo que por ela é afetado, assim como na vida da família, que usualmente deve modificar sua dinâmica para adequar-se às necessidades e demandas que a perda auditiva impõe. Muitas vezes, para isso, a família mobiliza recursos internos, mas também busca apoio e ajuda fora de seu núcleo, em uma rede de recursos externos. Descrever as redes sociais acessadas pelas famílias de surdos na busca de sua reprodução cotidiana é um dos objetivos a que este texto se propõe. Ainda, busca discutir o significado dessas redes no contexto da proteção social. Para isso, pesquisa qualitativa foi desenvolvida, através de entrevistas semiestruturadas com dezoito pais de crianças ou adolescentes surdos, usuários de programas de atendimento em um centro de reabilitação. O mapeamento das redes de relacionamentos e de recursos sociais acessados por famílias de pessoas surdas mostrou o entrelaçamento de relações entre os familiares, demais parentes, amigos, vizinhos, profissionais, organizações privadas e serviços públicos. As redes cumprem papel de apoio e proteção social para a família da pessoa surda na reprodução cotidiana da vida.


Deafness brings consequences to deaf people's life as well as to their families, who usually has its dynamic changed in the struggle to adapt to the new needs and demands. In this sense, the families not only use their internal resources, but also, they look for help and support out of their group, in their social network. The goal of this paper is to describe the social network used by families with a deaf member in their everyday life. Also, it discusses the meaning of these networks in the framework of social protection. A qualitative research was developed, using a semi-structured interview to collect data. Eighteen parents of deaf children or teenager assisted at a center of rehabilitation were interviewed. Mapping the networks of relationships and social resources that the families of a deaf person use to deal with deafness showed the interconnection between family members, other relatives, friends, neighbors, professionals, private and public services. The networks play an important role of support and social protection to the deaf person's family in the everyday life.


Assuntos
Humanos , Surdez , Família , Política Pública , Apoio Social , Surdez/reabilitação
14.
Cien Saude Colet ; 14(4): 1235-9, 2009.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-19721963

RESUMO

The aim of this study was to assess the quality of life of deaf people's relatives in a rehabilitation service. This descriptive study was conducted from March to June 2005 and a sample of fifteen parents of deaf people assisted in CEPRE/FCM/UNICAMP was interviewed. It was used a Portuguese version of the generic instrument of quality of life assessment WHOQOL--BREF (World Health Organization Quality of Life), along with an identification questionnaire and socio-demographic data. The SPSS program was used in the statistics analysis, with the scores transformed from zero to 100. The Research Ethics Committee of the School of Medical Sciences of Unicamp approved this investigation. The sample interviewed consisted in a majority of women (93.3%), all homemakers with an average of 44 years old. The evaluation of the different items at WHOQOL--BREF indicated that the relatives interviewed admitted to have a good or a very good quality of life. The study showed a better quality of life in the physical (73.8%) and social relationship aspects (72.2%). A lower perception could be seen in the environment domain (51.8%) probably because of their socio-cultural conditions, as well as in the psychological domain (63.3%), which may be related to the fact of living together with a deaf child.


Assuntos
Cuidadores , Surdez/reabilitação , Família , Qualidade de Vida , Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade
15.
Ciênc. saúde coletiva ; 14(4): 1235-1239, julho-ago. 2009. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-523954

RESUMO

O objetivo do estudo foi avaliar a qualidade de vida de pais de pessoas surdas de um serviço de reabilitação. Trata-se de estudo descritivo, realizado no período de março a junho de 2005, que contou com uma amostra de quinze familiares de surdos atendidos no CEPRE/FCM/UNICAMP. Foi utilizado o instrumento genérico de avaliação de qualidade de vida World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-BREF), versão em português, além de um questionário de identificação e dados sociodemográficos. Na análise estatística descritiva, utilizou-se o SPSS, com escores transformados de zero a 100. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp. Os entrevistados foram na maioria do sexo feminino (93,3 por cento), todos ouvintes, donas de casa, idade média de 44 anos. Na avaliação dos diferentes domínios do WHOQOL-BREF, de um modo geral, os familiares entrevistados consideraram ter uma qualidade de vida “boa” e “muito boa”. O estudo revelou melhor qualidade de vida nos aspectos físicos (73,8) e das relações sociais (72,2) e uma menor percepção de qualidade de vida no domínio de meio ambiente (51,8), provavelmente pelas próprias características socioculturais dos entrevistados, e no domínio psicológico (63,3), que pode estar relacionado à vivência da surdez de um filho.


The aim of this study was to assess the quality of life of deaf people's relatives in a rehabilitation service. This descriptive study was conducted from March to June 2005 and a sample of fifteen parents of deaf people assisted in CEPRE/FCM/UNICAMP was interviewed. It was used a Portuguese version of the generic instrument of quality of life assessment WHOQOL- BREF (World Health Organization Quality of Life), along with an identification questionnaire and socio-demographic data. The SPSS program was used in the statistics analysis, with the scores transformed from zero to 100. The Research Ethics Committee of the School of Medical Sciences of Unicamp approved this investigation. The sample interviewed consisted in a majority of women (93.3 percent), all homemakers with an average of 44 years old. The evaluation of the different items at WHOQOL - BREF indicated that the relatives interviewed admitted to have a “good” or a “very good” quality of life. The study showed a better quality of life in the physical (73.8 percent) and social relationship aspects (72.2 percent). A lower perception could be seen in the environment domain (51.8 percent) probably because of their socio-cultural conditions, as well as in the psychological domain (63.3 percent), which may be related to the fact of living together with a deaf child.


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Cuidadores , Surdez/reabilitação , Família , Qualidade de Vida
16.
Rev Saude Publica ; 38(5): 732-4, 2004 Oct.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-15499447

RESUMO

Objective measures to evaluate quality of life are gaining importance as an adjuvant in assessing therapeutic interventions. The study purpose was to compare quality of life in renal transplant patients with functioning graft and those who restarted dialysis after graft loss. Quality of life was measured using the World Health Organization Quality of Life questionnaire (WHOQOL-Bref). One hundred and thirty two patients were interviewed, and divided into two groups: group I, 100 patients on regular follow-up in outpatient clinics and stable graft functioning; and group II, 32 patients who restarted dialysis after graft loss. The WHOQOL-Bref showed better quality of life in those renal transplant patients with a functioning graft, especially regarding the physical and psychological domains assessed in the general questions. There were no differences between the groups in the social relationship and environmental domains. WHOQOL-Bref is an efficient tool and can be useful for better approaching these patients, not only on a medical basis.


Assuntos
Falência Renal Crônica/cirurgia , Transplante de Rim , Qualidade de Vida , Diálise Renal/psicologia , Inquéritos e Questionários , Feminino , Humanos , Falência Renal Crônica/psicologia , Falência Renal Crônica/terapia , Transplante de Rim/fisiologia , Masculino , Reprodutibilidade dos Testes
17.
Rev. saúde pública ; 38(5): 732-734, out. 2004.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-385042

RESUMO

Medidas objetivas de avaliação de qualidade de vida vêm aumentando em importância como adjuvante da análise de intervenções terapêuticas. Com o objetivo de analisar a qualidade de vida em pacientes renais crônicos transplantados, com enxerto funcionante ou que retornaram para tratamento dialítico, foi utilizada a versão em português do World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-Bref). Foram estudados 132 pacientes, submetidos ao transplante renal, divididos em dois grupos: grupo I, 100 pacientes com enxerto funcionante e grupo II, 32 pacientes que perderam a função do enxerto e retornaram para tratamento dialítico. A avaliação dos diferentes itens do WHOQOL-Bref mostrou uma melhor qualidade de vida para os pacientes com enxerto funcionante nos domínios físico e psicológico, mas não nos domínios de relações sociais e de meio ambiente, valores estes confirmados pela avaliação das questões gerais. Esse instrumento de avaliação mostrou-se eficaz, pois privilegia a opinião dos pacientes, permitindo uma abordagem multidisciplinar do problema.


Assuntos
Transplante de Rim , Qualidade de Vida , Pacientes , Inquéritos e Questionários
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA