Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 26
Filtrar
1.
Cien Saude Colet ; 23(10): 3403-3412, 2018 Oct.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-30365859

RESUMO

The complexity and diversity of what is proposed in Traditional and Complementary Medicine constitute a challenge for those seeking evidence of its effectiveness. Its growth, offer and, use justify the need to build more complex and more appropriate methodological frameworks to explicit the uniqueness of this approach to healthcare and the diversity of its techniques. Based on a narrative review of the recent literature, this article aims to contribute to the construction of an evaluation model, focused on understanding the uniqueness and diverse dimensions of this specific care, seeking to reflect on the challenges and evidences of successful therapy. The proposed model is based on qualitative healthcare approaches, in which the experiences of the involved agents (professionals and users) in the therapeutic process become central. Assessing their effectiveness means recognizing the interconnected processes and their multiple dimensions: host practices, dialogue, diagnosis, action, and outcomes achieved.


A complexidade e a diversidade do que se propõe sob a lógica da Medicina Tradicional Complementar e Integrativa (MTCI) constituem um desafio para os interessados em evidências de sua efetividade. Seu crescimento, oferta e uso justificam a necessidade de construir referenciais metodológicos mais complexos e mais adequados para explicitar a singularidade do cuidado e a diversidade de suas técnicas. Este artigo, partindo de uma revisão narrativa da literatura, visa contribuir para a construção de um modelo de avaliação que, centrado na compreensão da singularidade e nas diversas dimensões do cuidado, busca refletir sobre os desafios de se buscar evidências do êxito terapêutico. O modelo proposto tem como base as abordagens qualitativas em saúde em que experiências dos agentes envolvidos (profissionais e usuários) no processo terapêutico ganham centralidade. Avaliar a efetividade do cuidado significa reconhecer a cadeia de processos interligados e suas diversas dimensões: acolhimento, diálogo, diagnóstico, ação e resultados alcançados.


Assuntos
Terapias Complementares , Atenção à Saúde/organização & administração , Medicina Integrativa/organização & administração , Humanos , Medicina Tradicional/métodos , Modelos Teóricos
2.
Ciênc. Saúde Colet. (Impr.) ; 23(10): 3403-3412, Out. 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-974691

RESUMO

Resumo A complexidade e a diversidade do que se propõe sob a lógica da Medicina Tradicional Complementar e Integrativa (MTCI) constituem um desafio para os interessados em evidências de sua efetividade. Seu crescimento, oferta e uso justificam a necessidade de construir referenciais metodológicos mais complexos e mais adequados para explicitar a singularidade do cuidado e a diversidade de suas técnicas. Este artigo, partindo de uma revisão narrativa da literatura, visa contribuir para a construção de um modelo de avaliação que, centrado na compreensão da singularidade e nas diversas dimensões do cuidado, busca refletir sobre os desafios de se buscar evidências do êxito terapêutico. O modelo proposto tem como base as abordagens qualitativas em saúde em que experiências dos agentes envolvidos (profissionais e usuários) no processo terapêutico ganham centralidade. Avaliar a efetividade do cuidado significa reconhecer a cadeia de processos interligados e suas diversas dimensões: acolhimento, diálogo, diagnóstico, ação e resultados alcançados.


Abstract The complexity and diversity of what is proposed in Traditional and Complementary Medicine constitute a challenge for those seeking evidence of its effectiveness. Its growth, offer and, use justify the need to build more complex and more appropriate methodological frameworks to explicit the uniqueness of this approach to healthcare and the diversity of its techniques. Based on a narrative review of the recent literature, this article aims to contribute to the construction of an evaluation model, focused on understanding the uniqueness and diverse dimensions of this specific care, seeking to reflect on the challenges and evidences of successful therapy. The proposed model is based on qualitative healthcare approaches, in which the experiences of the involved agents (professionals and users) in the therapeutic process become central. Assessing their effectiveness means recognizing the interconnected processes and their multiple dimensions: host practices, dialogue, diagnosis, action, and outcomes achieved.


Assuntos
Humanos , Terapias Complementares , Atenção à Saúde/organização & administração , Medicina Integrativa/organização & administração , Medicina Tradicional/métodos , Modelos Teóricos
4.
Ciênc. Saúde Colet. (Impr.) ; 21(6): 1777-1788, Jun. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-783925

RESUMO

Resumo Trata-se de um estudo sobre os referenciais teóricos que influenciaram os programas de saúde escolar no Brasil, apoiada na experiência do Rio de Janeiro. Utiliza da literatura brasileira desde meados do século passado até o presente e da internacional sobre a avaliação em promoção da saúde. Analisam-se as propostas de domesticação de comportamentos a partir de princípios higienistas, outras empenhadas na criação de uma disciplina específica sobre saúde no currículo escolar, e ainda aquelas apoiadas em perspectiva clínico-assistencial. Em período mais recente analisa a reaproximação dos dois setores a partir de um modelo vinculado à promoção da saúde. O artigo demonstra a importância dos diferentes referenciais teóricos para a compreensão das ações e estratégias sintetizadas em uma matriz. Explicita, ainda, a influência dos contextos históricos em que se dá o diálogo e a definição de ações entre educação e saúde em uma difícil articulação de práticas e saberes entre os dois setores.


Abstract This study focuses on the theoretical references that have influenced Brazilian school health programs based on the Rio de Janeiro experience. It draws on Brazilian literature from the mid-20th century to date and international literature on the assessment of health promotion. Proposals for the domestication of student behavior using hygienist principles are analyzed, as well as some engaged in the creation of a specific health course in the school syllabus and other with a clinical and healthcare perspective. Covering a more recent period, the study analyzes how health and educational systems resumed their collaboration from a health promotion-linked model. The paper demonstrates the importance of different theoretical references for the understanding of actions and strategies summarized in a framework. It also explains the influence of historical contexts in which dialogue and definition of actions occur between education and health in the challenging coordination of practice and knowledge involving the two sectors.


Assuntos
Humanos , Criança , Serviços de Saúde Escolar/organização & administração , Modelos Organizacionais , Brasil
5.
Saúde debate ; 38(spe): 52-68, 10/2014. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-730714

RESUMO

As práticas de Promoção da Saúde das equipes de Atenção Básica no Brasil e macrorregiões foram analisadas a partir do PMAQ-AB (2012). Foram estudadas as frequências de variáveis nos eixos: Reorientação de Serviços; Ações Comunitárias; Ambientes Saudáveis; Habilidades Pessoais (n=17.202 equipes). A abordagem territorial restringe-se aos aspectos geográficos; reconhece-se a vulnerabilidade de beneficiários do Bolsa Família; na escola há predomínio das ações clínicas (saúde bucal); educação para sexualidade/reprodução; informações do ambiente foram restritas. Conclui-se que as práticas são fragmentadas e focalizadas; urge integrar, equilibradamente, cuidado clínico, prevenção e promoção da saúde.


The Health Promotion practices of the basic attention teams in Brazil and macro-regions were analyzed from the PMAQ-AB (2012). The variable frequency axes were studied: Services Reorientation; Community Actions; Healthy Environments; Personal Skills (n = 17,202 teams). The territorial approach is restricted to geographic aspects; the vulnerability of the "Bolsa Familia Program" beneficiaries; there is a predominance of clinical actions at school (buccal health); sexuality/reproduction education; environmental information were restricted. It is concluded that the practices are still fragmented and focused; an even integration of clinical care, prevention and health promotion shall be urged.

6.
Cad Saude Publica ; 28(11): 2143-54, 2012 Nov.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-23147956

RESUMO

The world of Traditional/Complementary and Alternative Medicine has grown and its importance has been emphasized in several studies. In Brazil, the National Policy on Integrative and Complementary Practices encourages their inclusion and empowerment in primary care. This study attempted to identify the provision of services and integrative practices in the Unified National Health System and the production of consultations from 2000 to 2011, contrasting the analysis of available information in national databases with the primary care data collected locally in Campinas (São Paulo State), Florianópolis (Santa Catarina State), and Recife (Pernambuco State). Analysis of the data revealed a mismatch between records in information systems and actual practices in these cities. This mismatch is due largely to lack of definition on the scope of what are understood as integrative and complementary practices in the Brazilian National Policy, thereby posing a major limitation to their measurement and evaluation, since current information does not allow adequate recording of such practices.


Assuntos
Terapias Complementares/estatística & dados numéricos , Sistemas de Informação em Saúde , Acesso aos Serviços de Saúde , Agendamento de Consultas , Brasil , Terapias Complementares/classificação , Humanos , Programas Nacionais de Saúde , Atenção Primária à Saúde
7.
Cad. saúde pública ; 28(11): 2143-2154, nov. 2012. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-656422

RESUMO

A Medicina Tradicional/Complementar e Alternativa tem crescido no mundo e sua importância vem sendo ressaltada em diversos estudos. No Brasil, a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares incentiva sua inserção e fortalecimento na atenção primária. Buscou-se identificar a oferta dos serviços e de práticas integrativas e complementares no SUS e a produção de atendimentos entre os anos 2000 e 2011, analisando as informações disponíveis nos bancos de dados nacionais vis-à-vis os dados da atenção primária nos municípios de Campinas (São Paulo), Florianópolis (Santa Catarina) e Recife (Pernambuco). A análise permitiu identificar um descompasso entre o que se registra nos sistemas de informação e o que se pratica nos municípios. Esse descompasso deve-se, em grande parte, à indefinição do escopo do que se compreende como práticas integrativas e complementares na Política Nacional, o que significa uma grande limitação para sua mensuração e avaliação, já que os sistemas de informação atuais não permitem o registro adequado dessas práticas.


The world of Traditional/Complementary and Alternative Medicine has grown and its importance has been emphasized in several studies. In Brazil, the National Policy on Integrative and Complementary Practices encourages their inclusion and empowerment in primary care. This study attempted to identify the provision of services and integrative practices in the Unified National Health System and the production of consultations from 2000 to 2011, contrasting the analysis of available information in national databases with the primary care data collected locally in Campinas (São Paulo State), Florianópolis (Santa Catarina State), and Recife (Pernambuco State). Analysis of the data revealed a mismatch between records in information systems and actual practices in these cities. This mismatch is due largely to lack of definition on the scope of what are understood as integrative and complementary practices in the Brazilian National Policy, thereby posing a major limitation to their measurement and evaluation, since current information does not allow adequate recording of such practices.


Assuntos
Humanos , Terapias Complementares/estatística & dados numéricos , Sistemas de Informação em Saúde , Acesso aos Serviços de Saúde , Agendamento de Consultas , Brasil , Terapias Complementares/classificação , Programas Nacionais de Saúde , Atenção Primária à Saúde
10.
Bol. tec. Sen ; 35(2): 7-15, maio-ago. 2009. ilus
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-60989

RESUMO

A partir dos termos do debate no campo da avaliação, o artigo pretende mostrar a novidade do enfoque das intervenções em promoção da saúde, bem como as novas abordagens avaliativas que enfatizam a complexidade inerente dessas intervenções. Tais questões - discutidas nos dois Seminários de Efetividade da Promoção da Saúde (2005 e 2008) no Brasil - são cruciais para o entendimento do referencial sobre efetividade que vem sendo colocado no debate internacional no campo da promoção da saúde. O artigo qualifica as características dos programas de promoção da saúde vis-à-vis a multicausalidade dessas propostas, o que desafia o enfoque e a discussão das evidências e da efetividade em promoção da saúde.(AU)


Assuntos
Humanos , Promoção da Saúde , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde , Saúde Pública , Colaboração Intersetorial , Qualidade de Vida
11.
Ciênc. Saúde Colet. (Impr.) ; 7(3): 401-429, 2002.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-331017

RESUMO

O artigo discute a política de reorganização da atenção básica a partir do processo recente de descentralização do SUS no Brasil. Enfatiza-se o papel indutor do governo central, que, através de um conjunto de medidas e programas específicos (PAB e PACS/PSF, principalmente), transfere para os municípios a responsabilidade com a atenção básica. Assim, é no nível municipal que ocorre o processo de implementação dessa política, gerando efeitos de difícil avaliação, dada a diversidade de contextos locais. A argumentação central enfatiza a importância de se avaliarem processos e resultados intermediários voltados para o desempenho institucional, que podem ser traduzidos em vontade política e compromisso público, capacidade de gestão e maior controle e participação social, mais do que exatamente efeitos ou impactos mais diretos sobre a oferta de serviços. A conclusão é de que apesar de todas as dificuldades e obstáculos o processo tem implicado o fortalecimento da capacidade de gestão municipal no que diz respeito à organização da atenção básica em saúde.


Assuntos
Política , Atenção à Saúde , Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde
12.
Ciênc. Saúde Colet. (Impr.) ; 7(3): 481-492, 2002.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-331021

RESUMO

Este artigo busca uma aproximação de algumas das mudanças em curso no sistema de saúde, focalizando especificamente o setor privado prestador de serviços de saúde, que, ao longo das últimas décadas, vem mantendo peso decisivo na condução da política de saúde. Nesse sentido, importa mapear as diferentes modalidades sob as quais se insere a iniciativa privada na prestação de serviços de saúde, mostrando as mudanças mais significativas na relação entre o setor público e o privado, tendo como contraponto o contexto das décadas de 1970 e 1980. Algumas dessas modalidades se constituem, na verdade, de uma intensificação ou consolidação de padrões e tendências presentes desde os anos 70, como o setor que integra as seguradoras de saúde e as empresas de medicina de grupo. Outras, como a atuação das cooperativas médicas junto ao setor público, mostram-se como tendências em expansão numa conjuntura de crise fiscal do estado e regressividade dos investimentos no campo social.


Assuntos
Reforma dos Serviços de Saúde , Setor Público/tendências , Setor Privado , Inovação Organizacional
13.
Cad. saúde pública ; 14(3): 543-54, jul.-set. 1998.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-222231

RESUMO

Sistematiza os fundamentos teórico-conceituais do campo da Saúde Coletiva que embasaram a produçäo científica na área de Políticas de Saúde no Brasil. Utiliza como fonte primária de pesquisa a literatura produzida em duas conjunturas distintas deste campo disciplinar: em seu contexto de emergência e no âmbito da chamada Reforma Sanitária. Säo destacados os principais conceitos e refenciais teóricos das Ciências Sociais utilizados pelos autores na problematizaçäo da temática das Políticas de Saúde, identificando distinçöes analíticas, concepçöes de Política, Estado e Saúde bem como mudanças em torno das categorias que adquirem centralidade nas obras. A análise desta trajetória aponta para um redimensionamento do referencial teórico, no sentido de flexibilizar o determinismo estrutural e a abordagem macrosocial que marcou grande parte da produçäo acadêmica no contexto de emergência do campo, relativizando a hegemonia do paradigma marxista. Na produçäo mais recente, destaca-se a incorporaçäo de novos referenciais analíticos, complexificando a relaçäo entre as ciências sociais e o campo da Saúde Coletiva.


Assuntos
Política de Saúde , Saúde Pública , Pesquisa
14.
Rio de Janeiro; Programa de Educaçao Continuada da Escola Nacional de Saúde Pública (PEC/ENSP); 1987. 212 p. tab.(Coleçao Memória da Saúde Pública, 22).
Monografia em Português | PAHO | ID: pah-27894
15.
Rio de Janeiro; Escola Nacional de Saúde Pública; 1987. 209 p. ilus, tab.(Coleçäo memória da saúde pública, 22).
Monografia em Português | HISA - História da Saúde | ID: his-10406

RESUMO

Acompanha e analisa o prcesso histórico da política institucional de combate ao câncer no Brasil, na tentativa de compreender como as práticas concretas de combate a essa doença ganham significaçäo dentro do quadro mais geral das políticas de saúde. Observa as políticas de saúde a partir de sua inserçäo nas diferentes conjunturas políticas, econômicas e sociais, e qualifica seu papel na consolidaçäo de uma determinada maneira de pensar a saúde no interior das chamadas questöes sociais. (AU)


Assuntos
Saúde Pública/história , Neoplasias/prevenção & controle , Política de Saúde/história , Política Pública , Legislação como Assunto , Mortalidade
16.
Rio de Janeiro; Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública. Programa de Educação Continuada; 1987. 212 p. (Memória da Saúde Pública, 2).
Monografia em Português | HISA - História da Saúde | ID: his-116

RESUMO

Representa um esforço de criação, no interior do Departamento de Ciencias Sociais da ENSP, de uma linha de pesquisa voltada para a analise historica das politicas de saude no pais. O processo historico da politica institucional de combate ao cancer no Brasil e acompanhado e analisado, na tentativa de compreender como as praticas concretas de combate a essa doenca ganham significacao dentro do quadro mais geral das politicas de saude. Desse modo, sao observadas as politicas de saude a partir de sua insercao nas diferentes conjunturas politicas, economicas e sociais, qualificando seu papel na consolidacao de uma determinada maneira de pensar a saude no interior das chamadas questoes sociais.(AU)


Assuntos
Saúde Pública/história , Política de Saúde/história , Neoplasias/prevenção & controle , Controle de Doenças Transmissíveis , Brasil
17.
Rio de Janeiro; Programa de Educacao Continuada da Escola Nacional de Saúde Pública; 1987. 212 p. tab.(Colecao Memoria da Saúde Pública, 22).
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-379537
18.
Rio de Janeiro; Escola Nacional de Saúde Pública; 1987. 209 p. ilus, tab.(Coleçäo memória da saúde pública, 22).
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-160235

RESUMO

Acompanha e analisa o prcesso histórico da política institucional de combate ao câncer no Brasil, na tentativa de compreender como as práticas concretas de combate a essa doença ganham significaçäo dentro do quadro mais geral das políticas de saúde. Observa as políticas de saúde a partir de sua inserçäo nas diferentes conjunturas políticas, econômicas e sociais, e qualifica seu papel na consolidaçäo de uma determinada maneira de pensar a saúde no interior das chamadas questöes sociais.


Assuntos
Neoplasias/prevenção & controle , Política de Saúde/história , Saúde Pública/história , Economia , Legislação como Assunto , Mortalidade , Planejamento , Política Pública
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...