Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 19 de 19
Filtrar
Filtros adicionais











País/Região como assunto
Intervalo de ano
1.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 32(3): 341-349, Mai.-Jun. 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1010803

RESUMO

Resumo Objetivo Avaliar a aplicabilidade e os resultados do uso da simulação nos processos de capacitação de estudantes e profissionais de enfermagem sobre violência no trabalho. Métodos Revisão integrativa da literatura que seguiu recomendações metodológicas para responder à questão: a simulação pode ajudar estudantes e trabalhadores de enfermagem a lidarem com a violência no trabalho? Construiu-se estratégias de busca a partir de operadores booleanos e termos relacionadas à simulação e violência no trabalho, que foram inseridas ao CINAHL, MEDLINE e Proquest Central juntamente com os demais filtros. Dois revisores independentes selecionaram os estudos mediante critérios e houve análise do nível de evidência. Resultados Nove estudos foram selecionados e revelaram a flexibilidade da simulação pela possibilidade de utilizá-la com diferentes propósitos em capacitações. Identificou-se nos estudos que houve o uso de recursos variados de simulação, assim como a abordagem de diferentes tópicos de violência. Os cenários com pacientes ou agressores e a violência com origem no paciente foram os mais frequentes. Os estudos indicaram benefícios da simulação, mas nem todos os resultados foram consensuais. Conclusão A simulação é um recurso com potencial de ajudar estudantes e profissionais de enfermagem a lidarem com casos de violência no trabalho, prevenindo sua ocorrência ou reduzindo danos. Os estudos neste tema são recentes e várias necessidades de pesquisa emanam da aliança entre simulação e violência no trabalho, algumas das quais destacadas nesta revisão e que podem orientar a construção de evidências mais robustas.


Resumen Objetivo Evaluar la aplicabilidad y los resultados del uso de simulacros en procesos de capacitación de estudiantes y profesionales de enfermería sobre violencia en el trabajo. Métodos Revisión integradora de literatura que sigue recomendaciones metodológicas para responder la pregunta: ¿los simulacros pueden ayudar a los estudiantes y trabajadores de enfermería a lidiar con la violencia en el trabajo? Se elaboraron estrategias de búsqueda a partir de operadores booleanos y términos relacionados con simulacros y violencia en el trabajo, que fueron ingresadas al CINAHL, MEDLINE y Proquest Central junto con los demás filtros. Dos revisores independientes seleccionaron los estudios mediante criterios y se realizó un análisis del nivel de evidencia. Resultados Se seleccionaron nueve estudios que revelaron la flexibilidad de realizar simulacros por la posibilidad de utilizarlos con diferentes propósitos en capacitaciones. En los estudios, se observó el uso de recursos variados de simulacros, así como el enfoque de diferentes tópicos de violencia. Los escenarios con pacientes o agresores y la violencia con origen en el paciente fueron los más frecuentes. Los estudios indicaron los beneficios de los simulacros, pero no hubo consenso en todos los resultados. Conclusión Los simulacros son un recurso con potencial para ayudar a estudiantes y profesionales de enfermería a lidiar con casos de violencia en el trabajo, mediante prevención de incidentes o reducción de daños. Los estudios sobre este asunto son recientes y surgen varias necesidades de investigación de la alianza entre simulacro y violencia en el trabajo, algunas de las cuales se destacan en esta revisión y pueden orientar la construcción de evidencias más firmes.


Abstract Objective To evaluate the applicability and results of the use of simulation in nursing students and professionals' training on violence at work. Methods Integrative review of literature that met methodological guideline to answer the question: can simulation help nursing students and workers understand and deal with workplace violence? It was developed search strategies from Boolean operators and terms related to simulation and violence at work, which were inserted into CINAHL, MEDLINE and ProQuest Central along with the other filters. Two independent reviewers selected the studies using criteria and there was an analysis of the level of evidence. Results Nine studies were selected and showed the flexibility of the simulation by the possibility of using it with different purposes in training. It was identified in the studies the use of many simulation resources, as well as the approach of different topics of violence. The settings with patients or aggressors and violence starting with the patient were the most frequent. The studies pointed out benefits of the simulation, but not all results were consensual. Conclusion Simulation is a resource capable of helping nursing students and professionals to deal with cases of workplace violence, preventing it to occur or reducing damage. Studies on this topic are recent and several research needs emanate from the alliance between simulation and violence at work, some of which are highlighted in this review and that may guide the gathering of stronger evidence.

3.
Enferm. glob ; 17(51): 435-469, jul. 2018. tab
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-173973

RESUMO

Objetivo: Conocer los problemas de salud que afectan a profesionales de enfermería en una unidad de emergencia hospitalaria pública y factores relacionados. Método: Estudio transversal con 86 profesionales de enfermería de una unidad de emergencia hospitalaria del interior del Estado de São Paulo, Brasil. Los datos recogidos a partir de cuestionarios fueron analizados utilizando la estadística descriptiva e inferencial. Resultados: 61,2% de los profesionales reportaron al menos una lesión o enfermedad con diagnóstico médico, y 59,6% de los profesionales tenían dos o más problemas de salud, siendo 2,8 la media de lesiones o enfermedades (IC95% 2,1–3,5). Los grupos 'lesiones por accidente' y 'enfermedades del sistema musculo-esquelético' fueron predominantes, sin embargo, las lesiones en la espalda, gastritis o irritación duodenal e hipertensión arterial fueron las enfermedades con mayor número de relatos. Los auxiliares o técnicos de enfermería presentaron, de media, mayor número de lesiones o enfermedades que los enfermeros, así como los profesionales con otro empleo, cansados y/o desanimados después del trabajo y que sufrieron violencia laboral. Diferencias estadísticamente significantes fueron observadas entre los grupos con o sin lesión o enfermedades en relación a las medianas de la edad del trabajador (p=0,0075) y edad de inicio en una actividad laboral (p=0,0188). Fue identificada relación con significancia estadística entre tener lesión o enfermedad y uso de medicamento (p=0,0304). Conclusión: Es importante que la institución propicie al trabajador condiciones de trabajo y organizacionales que posibiliten el mantenimiento de su salud, potencial y habilidades por el mayor tiempo posible


Objetivo: Conhecer os problemas de saúde que acometem profissionais de enfermagem em uma unidade de emergência hospitalar pública e fatores relacionados. Método: Estudo transversal com 86 profissionais de enfermagem de uma unidade de emergência hospitalar do interior do Estado de São Paulo, Brasil. Os dados coletados a partir de questionários foram analisados utilizando a estatística descritiva e inferencial. Resultados: 61,2% dos profissionais reportaram ao menos uma lesão ou doença com diagnóstico médico, e 59,6% dos profissionais possuíam dois ou mais problemas de sáude, sendo 2,8 a média de lesões ou doenças (IC 95% 2,1–3,5). Os grupos 'lesões por acidente' e 'doenças do sistema musculoesquelético' foram predominantes, no entanto, as lesões nas costas, gastrite ou irritação duodenal e hipertensão arterial foram as doenças com maior número de relatos. Os auxiliares ou técnicos de enfermagem apresentaram, em média, maior número de lesões ou doenças que os enfermeiros, assim como os profissionais com outro emprego, cansados e/ou desanimados após o trabalho e que sofreram violência ocupacional. Diferenças estatisticamente significantes foram observadas entre os grupos com ou sem lesão ou doença em relação às medianas da idade do trabalhador (p=0,0075) e idade de início em uma atividade laboral (p=0,0188). Foi identificada relação com significância estatística entre ter lesão ou doença e uso de medicamento (p=0,0304). Conclusão: É importante que a instituição propicie ao trabalhador condições de trabalho e organizacionais que possibilitem a manutenção da sua saúde, potencial e habil idades pelo maior tempo possível


Objective: To know the health problems that affect nursing professionals in the emergency unit of a public hospital and the related factors. Method: Cross-sectional study with 86 nursing professionals from a hospital emergency unit in the countryside of the State of São Paulo, Brazil. Data collected through questionnaires were analyzed using descriptive and inferential statistics. Results: 61.2% of the professionals reported at least one injury or illness with a medical diagnosis, and 59.6% of the professionals had two or more health problems, with a mean number of injuries or illnesses of 2.8 (CI95%2.1-3.5). The groups 'injury by accident' and 'musculoskeletal diseases' were predominant, however, injuries in the back, gastritis or duodenal irritation and hypertension were the illnesses with the highest number of reports. Nursing assistants or technicians presented, on average, more injuries or illnesses than nurses, as well as professionals with more than one employment those who felt tired and/or discouraged after work and who had suffered occupational violence. Statistically significant differences wereobserved between the groups with or without injury or illness in relation to medians of current age (p=0.0075) and age at the start of labor activity (p=0.0188) of workers. There was a statistically significant relationship between presenting an injury or illness and use of medication (p=0.0304). Conclusion: It is important that the institutions provide working and organizational conditions for workers, in order to enable them to maintain their health, potential and skills for as long as possible


Assuntos
Humanos , Nível de Saúde , Doença/classificação , Epidemiologia/estatística & dados numéricos , Serviços Médicos de Emergência/estatística & dados numéricos , Enfermeiras e Enfermeiros/estatística & dados numéricos , Estudos Transversais , Inquéritos de Morbidade , Pesquisa sobre Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos
4.
Rev. baiana saúde pública ; 41(2): https://doi.org/10.22278/2318-2660.2017.v41.n2.a1608, abr. 2018.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-882944

RESUMO

As Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária são um indicador importante, principalmente no âmbito da Atenção Básica. O objetivo da pesquisa foi analisar os registros das Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária em 25 municípios da região Oeste de Santa Catarina. Para tanto, fez-se um estudo descritivo, no qual os dados das internações, segundo a lista brasileira utilizada para classificação das causas de internações hospitalares sensíveis à Atenção Primária, foram extraídos, em junho de 2014, do Banco de Dados do programa TabNet, desenvolvido pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. Identificaram-se 24.391 internações por condições sensíveis, com predomínio do sexo feminino e das doenças pulmonares. As infecções de pele e tecido subcutâneo, as deficiências nutricionais e as pneumonias bacterianas apresentaram as maiores variações percentuais de aumento; e a anemia, a asma e a hipertensão mostraram-se com as maiores variações percentuais de redução. Assim, concluiu-se que o indicador de internação por condição sensível à Atenção Primária pode ser utilizado no planejamento de ações e políticas públicas, bem como acompanhamento dos processos e avaliação dos resultados desse nível de atenção, sendo um orientador disponível para apoiar o exercício da gestão em saúde.


The hospitalizations for primary care sensitive conditions are an important indicator especially in the context of the Primary Care. The objective of the research was to analyze the records of primary care sensitive conditions in 25 municipalities of the west region of Santa Catarina. This is a descriptive study in which admissions data, according to the Brazilian list used for the classification of hospital admissions causes for primary care sensitive conditions, were extracted in June 2014 from TabNet program, developed by the Department of the Unified Health System, data bank. An amount of 24,391 hospitalizations for sensitive conditions was identified, with predominance of females and lung diseases. Skin and subcutaneous tissue infections, nutritional deficiencies and bacterial pneumonia showed the highest increase percentage variations; and anemia, asthma and hypertension showed the highest reduction percentage variations. The indicator of hospitalizations for primary care sensitive conditions can be used for planning public policies and actions, as well as monitoring processes and evaluating the results of this attention level, as an available guide to support the exercise of health management.


Las hospitalizaciones por condiciones sensibles a la atención primaria son un indicador importante principalmente en ámbito de la Atención Básica. El objetivo fue analizar registros de hospitalizaciones por condiciones sensibles a la atención primaria en 25 municipios de la región Oeste de Santa Catarina. Para ello fue hecho un estudio descriptivo, en que los datos, de acuerdo con la lista brasileña utilizada para la clasificación de las causas de las hospitalizaciones sensibles a la atención primaria, fueron extraídos en junio de 2014 de la base de datos del programa TabNet, desarrollado por el Departamento de Informática del Sistema Único de Salud. Identificaronse 24,391 hospitalizaciones por condiciones sensibles, con predominio de mujeres y enfermedades pulmonares. Las infecciones de piel y tejido subcutáneo, las deficiencias nutricionales y las neumonías bacterianas presentaron las mayores variaciones porcentuales de aumento; y la anemia, el asma y la hipertensión presentaron las mayores variaciones porcentuales de reducción. Concluyóse que el indicador de hospitalizaciones por condiciones sensibles para la atención primaria puede utilizarse en la planificación de acciones y políticas públicas, el seguimiento de procesos y la evaluación de resultados de este nivel de atención, siendo un orientador disponible para apoyar el ejercicio de la gestión en salud.

6.
Rev Bras Enferm ; 69(5): 996-999, 2016 Sep-Oct.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-27783746

RESUMO

Objective:: to reflect on the consequences of workplace violence experienced by nursing professionals. Methods:: this is a reflection paper based on recent publications related to the subject, particularly researches carried out in Brazil and in other countries. Results:: exposure to workplace violence has been associated with health problems in nursing professionals, which may be physical damage, emotional manifestations, and psychic disorders. It also affects the employee performance, his or her family and social interactions. Conclusion:: this phenomenon is potentially noxious and costly, for it leads to suffering, illness, absence from work, and even death. This reflection calls attention moreover to the importance of a safe and adequate health care work environment.


Assuntos
Enfermagem , Violência , Local de Trabalho , Brasil , Humanos
7.
Rev. bras. enferm ; 69(5): 996-999, set.-out. 2016.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-798034

RESUMO

RESUMO Objetivo: refletir acerca das consequências da violência no trabalho experienciada por profissionais de enfermagem. Método: trata-se de um artigo de reflexão que contou com o auxílio de publicações recentes relacionadas a esta proposta, sobretudo de pesquisas realizadas no Brasil e em outros países. Resultados: a exposição à violência no trabalho tem sido vinculada a problemas de saúde nos profissionais de enfermagem, que se apresentam por danos físicos, manifestações emocionais, transtornos e distúrbios psíquicos. Além disso, influencia o desempenho do trabalhador, sua dimensão familiar e social. Conclusão: aponta-se para o potencial nocivo e oneroso deste fenômeno, por ser capaz de ocasionar sofrimento, adoecimento, afastamentos do trabalho e até a morte. Esta reflexão sensibiliza, ainda mais, para a importância de ambientes de trabalho seguros e em condições adequadas na área da saúde.


RESUMEN Objetivo: reflexionar sobre las consecuencias de la violencia laboral experimentada por profesionales de enfermería. Método: artículo de reflexión que contó con la ayuda de publicaciones recientes relativas a la propuesta, particularmente de investigaciones realizadas en Brasil y en otros países. Resultados: la exposición a la violencia laboral ha sido vinculada a problemas de salud en los profesionales de enfermería, expresados como daños físicos, manifestaciones emocionales, trastornos y disturbios psíquicos. Además de ello, influye en el desempeño del trabajador, en su dimensión familiar y social. Conclusión: Cabe considerar el potencial nocivo y oneroso del fenómeno, capaz de ocasionar sufrimiento, padecimientos, licencias laborales e incluso la muerte. Esta reflexión pretende sensibilizar aún más sobre la importancia de ámbitos laborales seguros y en condiciones adecuadas en el área de salud.


ABSTRACT Objective: to reflect on the consequences of workplace violence experienced by nursing professionals. Methods: this is a reflection paper based on recent publications related to the subject, particularly researches carried out in Brazil and in other countries. Results: exposure to workplace violence has been associated with health problems in nursing professionals, which may be physical damage, emotional manifestations, and psychic disorders. It also affects the employee performance, his or her family and social interactions. Conclusion: this phenomenon is potentially noxious and costly, for it leads to suffering, illness, absence from work, and even death. This reflection calls attention moreover to the importance of a safe and adequate health care work environment.


Assuntos
Humanos , Enfermagem , Violência , Local de Trabalho , Brasil
8.
Texto & contexto enferm ; 24(4): 925-933, Oct.-Dec. 2015. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-768310

RESUMO

The aim of this research was to identify the reasons for satisfaction and dissatisfaction among oncology nursing professionals working in Brazil and Portugal. A descriptive and qualitative study was conducted with nine Portuguese nurses and 17 Brazilian nursing professionals, using a questionnaire and interview, which were analyzed according to Bardin's proposition. Satisfaction, in both scenarios, was associated, above all, to the patient and the treatment process, and the bond established between the professional and the individual demanding care. Dissatisfaction resulted primarily from the extensive exposure to high workload and to the deaths of oncology patients. The importance of considering the subjectivity that permeates the work scenario is highlighted, which can have vast and, sometimes, costly implications.


El objetivo de esta investigación fue identificar las razones de la satisfacción y insatisfacción entre los profesionales de enfermería que trabajan en la atención oncológica en Brasil y Portugal. Estudio descriptivo y cualitativo realizado con nueve enfermeras portuguesas y diecisiete profesionales de la enfermería brasileña, utilizando cuestionarios y entrevistas, más tarde una transcripción y analizado con la proposición de Bardin. La satisfacción, en ambos escenarios, se asocia, sobre todo, para el paciente y el proceso de tratamiento, y el vínculo que se establece entre el profesional y la persona exigente para su cuidado. La insatisfacción se debió principalmente a la amplia exposición de la carga de trabajo y la muerte de los pacientes oncológicos. Destacó la importancia de considerar la subjetividad que impregna el escenario de trabajo, que puede tener enorme y, a veces, consecuencias costosas.


Objetivou-se nesta pesquisa identificar os motivos de satisfação e insatisfação entre profissionais de enfermagem que atuavam na atenção oncológica, no Brasil e em Portugal. Estudo com abordagem qualitativa, descritivo, realizado com nove enfermeiros portugueses e dezessete profissionais de enfermagem brasileiros, utilizando-se de questionário e entrevista. Os dados foram analisados na proposta de Bardin. A satisfação, em ambos os cenários, esteve associada, sobretudo, ao paciente e processo de tratamento, e ao vínculo estabelecido entre o profissional e o indivíduo que demanda por seus cuidados. A insatisfação decorreu, prioritariamente, da exposição à exaustiva carga de trabalho e óbito do paciente oncológico. Foi destacada a relevância de se atentar à subjetividade que permeia o cenário laboral, cujas implicações podem ser vastas e, por vezes, onerosas.

9.
Acta paul. enferm ; 28(6): 601-608, dez. 2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-773431

RESUMO

Objetivo Elaborar um questionário para avaliação da violência no trabalho sofrida ou testemunhada por trabalhadores de enfermagem e avaliar sua validade aparente. Métodos Estudo metodológico com participação de cinco juízes selecionados a critério de competência. Os juízes avaliariam o questionário segundo os critérios abrangência, objetividade, organização e pertinência. Foi apresentado, por meio da estatística descritiva, o porcentual de presença ou ausência dos critérios, em cada item avaliado, na primeira e segunda rodada de avaliação. Resultados O questionário foi estruturado em 5 seções, com 54 questões, e teve como referência de estrutura e conteúdo alguns dos instrumentos existentes e a literatura especializada sobre violência no trabalho. Na segunda rodada de avaliação, obteve-se avaliação favorável dos juízes quanto à presença dos critérios por item avaliado. Conclusão Espera-se que o questionário possa representar, aos interessados, mais uma possibilidade de mensuração da ocorrência de violência no ambiente de trabalho na enfermagem e na saúde.


Objective To elaborate a questionnaire for assessing and evaluate the apparent validity of the workplace violence suffered or witnessed by nursing staff. Methods A methodological study with the participation of five judges selected by competence. The questionnaire was evaluated by judges according to comprehensiveness, objectivity, organization and relevance. The percentage of presence or absence of the criteria for each item evaluated in the first and second round of evaluation was presented by descriptive statistics. Results The questionnaire was structured in five sections with 54 questions, and had as structure and content reference some of the existing instruments and the specialized literature on workplace violence. The second round of evaluation obtained favorable assessment of the judges as the presence of the criteria of each assessed item. Conclusion The questionnaire may present one more possibility for the measurement of the occurrence of violence in the nursing and health environment.


Assuntos
Humanos , Pesquisa em Enfermagem , Equipe de Enfermagem , Saúde do Trabalhador , Inquéritos e Questionários , Estudos de Validação como Assunto , Violência no Trabalho
10.
Rev. RENE ; 16(3): 398-406, Maio-Jun.2015.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-27440

RESUMO

Identificar as fontes de satisfação e insatisfação no trabalho dos profissionais de saúde que atuam na oncologia. Métodos: pesquisa qualitativa, realizada com 31 profissionais da equipe multidisciplinar de saúde que atuavam em uma Unidade de Internação Oncológica de um Hospital Público da Região Sul do Brasil, utilizando-se da entrevista semiestruturada, analisada conforme proposta de Bardin. Resultados: as principais fontes de satisfação profissional emergiram da relação entre paciente e profissional da saúde. As fontes de insatisfação estiveram vinculadas ao ambiente e as condições de trabalho. Conclusão: um olhar humanizado para os profissionais de saúde da oncologia, com modificações no cenário laboral mostra-se relevante no contexto investigado...(AU)


Assuntos
Humanos , Trabalho , Satisfação no Emprego , Pessoal de Saúde , Oncologia
11.
Rev. enferm. UFSM ; 5(2): 368-378, abr.-jun. 2015.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-27633

RESUMO

Objetivo: identificar como os processos de formação profissional e de Educação Permanente em Saúde têm orientado a assistência aos grupos populacionais vulneráveis. Método: pesquisa descritiva e qualitativa, realizada com 15 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Utilizou-se da entrevista para coleta de dados e estas foram analisadas na proposta de Bardin. Resultados: houve a contextualização da vulnerabilidade na formação dos profissionais, contudo, majoritariamente de forma teórica e desarticulada da prática. Destacaram a Educação Continuada e Permanente em Saúde como importantes estratégias para qualificação da assistência. Considerações finais: o reconhecimento dos aspectos da formação dos sujeitos que atuam no Sistema Único de Saúde emerge como primordial para uma melhor compreensão das vulnerabilidades no contexto da Atenção Básica em Saúde.(AU)


Aim: to identify how the processes of training and Continuing Education in Health have guided assistance to vulnerable population groups. Method: descriptive qualitative research, which was attended by 15 health professionals, including physicians, nurses and nursing technicians. The interview was used for data collection and these were analyzed in the proposed Bardin. Results: the vulnerability has been contextualized in the training, however, mostly theoretical and the practical disjointed. Continuing Education and Permanent Health were highlighted as important strategies for upgrading care. Final Remarks: the recognition of the aspects of the training of individuals who work in Health System emerged as ssential for a better understanding of vulnerabilities in the context of Primary Care in Health. (AU)


Objetivo: identificar como los procesos de capacitación y educación continua en salud han guiado a la asistencia los grupos vulnerables de la población. Método: investigación cualitativa descriptiva, realizada con 15 profesionales de la salud, incluyendo médicos, enfermeras y técnicos de enfermería. Se utilizó la entrevista para recolección de datos, los cuales fueron analizados de acuerdo con Bardin. Resultados: la vulnerabilidad ha sido contextualizado en la formación profesional, sin embargo, en su mayoría de forma teórica, desarticulada de la práctica. Se destacó la Educación Continua y Permanente en Salud como estrategia importante para la mejora de la atención. Consideraciones finales: el reconocimiento de los aspectos de la formación de las personas que trabajan en el Sistema de Salud es esencial para una mejor comprensión de las vulnerabilidades en el contexto de la Atención Primaria en Salud. (AU)


Assuntos
Humanos , Vulnerabilidade em Saúde , Atenção Primária à Saúde , Educação Superior , Educação Continuada
12.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 7(2): 2383-2392, abr.-jun. 2015. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: lil-755378

RESUMO

Objective: identifying strategies used by health professionals working in Oncology to achieving job satisfaction, beyond the resources/actions that could mitigate the sources of dissatisfaction and improve the quality of care. Method: a qualitative and descriptive research conducted with 31 professionals of the health team who works in Inpatient Unit Oncology of a General Hospital located in the State of Santa Catarina. The data were collected through semi-structured interview and analyzed according to Content Analysis. Results: the main strategy of the professionals is conducting a work that assists the patient to coping with the difficulties imposed by the disease. Among the resources emerged the increase in staff, multidisciplinary approach, minimizing turnover and continuing education of workers. Conclusion: it highlights the importance of raising efforts towards incorporation of such resources/actions as a way to reducing the wear of the worker.


Objetivo: identificar as estratégias utilizadas pelos profissionais da saúde que atuam na oncologia para alcançar a satisfação no trabalho, além dos recursos/ações que poderiam amenizar as fontes de insatisfação e melhorar a qualidade do cuidado. Método: trata-se de uma pesquisa qualitativa e descritiva realizada com 31 profissionais de uma equipe de saúde multidisciplinar que atua na Unidade de Internação Oncológica de um hospital geral localizado no Estado de Santa Catarina. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e analisados conforme a Análise de Conteúdo. Resultados: a principal estratégia dos profissionais é realizar um trabalho que auxilie o paciente a enfrentar as dificuldades impostas pela doença. Entre os recursos emergiram o aumento no quadro de funcionários, atuação multidisciplinar, minimização da rotatividade e a educação permanente dos trabalhadores. Conclusão: destaca-se a importância de angariar esforços em prol da incorporação de tais recursos/ações como forma de reduzir o desgaste do trabalhador.


Objetivo: identificar las estrategias utilizadas por los profesionales de salud que trabajan en oncología para lograr la satisfacción en el trabajo, más allá de los recursos/acciones que podrían mitigar las fuentes de insatisfacción y mejorar la calidad de la atención. Método: es una investigación cualitativa y descriptiva realizada con 31 profesionales del equipo de salud que trabajan en la Unidad de Oncología de un Hospital General en el Estado de Santa Catarina. Los datos fueron colectados através de entrevista semi-estructurada y analizados de acuerdo con el Análisis de Contenido. Resultados: la principal estrategia de los profesionales está llevando a cabo el trabajo para ayudar al paciente con las dificultades impuestas por la enfermedad. Entre los recursos surgió el aumento del personal, enfoque multidisciplinario, menor rotación y formación continua de los trabajadores. Conclusión: destaca la importancia de aumentar los esfuerzos hacia la incorporación de recursos/acciones como una manera de reducir el desgaste del trabajador.


Assuntos
Humanos , Adulto , Pessoal de Saúde , Satisfação no Emprego , Oncologia , Saúde do Trabalhador , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde , Brasil
13.
Rev. RENE ; 16(3): 398-406, Maio-Jun.2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-767418

RESUMO

Identificar as fontes de satisfação e insatisfação no trabalho dos profissionais de saúde que atuam na oncologia. Métodos: pesquisa qualitativa, realizada com 31 profissionais da equipe multidisciplinar de saúde que atuavam em uma Unidade de Internação Oncológica de um Hospital Público da Região Sul do Brasil, utilizando-se da entrevista semiestruturada, analisada conforme proposta de Bardin. Resultados: as principais fontes de satisfação profissional emergiram da relação entre paciente e profissional da saúde. As fontes de insatisfação estiveram vinculadas ao ambiente e as condições de trabalho. Conclusão: um olhar humanizado para os profissionais de saúde da oncologia, com modificações no cenário laboral mostra-se relevante no contexto investigado...


Assuntos
Humanos , Pessoal de Saúde , Satisfação no Emprego , Oncologia , Trabalho
14.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 7(2): 2383-2392, abr.-jun. 2015. tab
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-26829

RESUMO

Objective: identifying strategies used by health professionals working in Oncology to achieving job satisfaction, beyond the resources/actions that could mitigate the sources of dissatisfaction and improve the quality of care. Method: a qualitative and descriptive research conducted with 31 professionals of the health team who works in Inpatient Unit Oncology of a General Hospital located in the State of Santa Catarina. The data were collected through semi-structured interview and analyzed according to Content Analysis. Results: the main strategy of the professionals is conducting a work that assists the patient to coping with the difficulties imposed by the disease. Among the resources emerged the increase in staff, multidisciplinary approach, minimizing turnover and continuing education of workers. Conclusion: it highlights the importance of raising efforts towards incorporation of such resources/actions as a way to reducing the wear of the worker.(AU)


Objetivo: identificar as estratégias utilizadas pelos profissionais da saúde que atuam na oncologia para alcançar a satisfação no trabalho, além dos recursos/ações que poderiam amenizar as fontes de insatisfação e melhorar a qualidade do cuidado. Método: trata-se de uma pesquisa qualitativa e descritiva realizada com 31 profissionais de uma equipe de saúde multidisciplinar que atua na Unidade de Internação Oncológica de um hospital geral localizado no Estado de Santa Catarina. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e analisados conforme a Análise de Conteúdo. Resultados: a principal estratégia dos profissionais é realizar um trabalho que auxilie o paciente a enfrentar as dificuldades impostas pela doença. Entre os recursos emergiram o aumento no quadro de funcionários, atuação multidisciplinar, minimização da rotatividade e a educação permanente dos trabalhadores. Conclusão: destaca-se a importância de angariar esforços em prol da incorporação de tais recursos/ações como forma de reduzir o desgaste do trabalhador.(AU)


Objetivo: identificar las estrategias utilizadas por los profesionales de salud que trabajan en oncología para lograr la satisfacción en el trabajo, más allá de los recursos/acciones que podrían mitigar las fuentes de insatisfacción y mejorar la calidad de la atención. Método: es una investigación cualitativa y descriptiva realizada con 31 profesionales del equipo de salud que trabajan en la Unidad de Oncología de un Hospital General en el Estado de Santa Catarina. Los datos fueron colectados através de entrevista semi-estructurada y analizados de acuerdo con el Análisis de Contenido. Resultados: la principal estrategia de los profesionales está llevando a cabo el trabajo para ayudar al paciente con las dificultades impuestas por la enfermedad. Entre los recursos surgió el aumento del personal, enfoque multidisciplinario, menor rotación y formación continua de los trabajadores. Conclusión: destaca la importancia de aumentar los esfuerzos hacia la incorporación de recursos/acciones como una manera de reducir el desgaste del trabajador.(AU)


Assuntos
Humanos , Adulto , Pessoal de Saúde , Oncologia , Satisfação no Emprego , Saúde do Trabalhador , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde , Brasil
15.
Rev. ter. ocup ; 25(3): 272-278, set.-dez. 2014. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-745518

RESUMO

O artigo tem por objetivo apresentar o perfil dos trabalhadores que necessitaram auxílio-doença acidentário na Agência da Previdência Social de Xanxerê, em Santa Catarina, alémdas atividades econômicas que se destacaram por apresentarem osmaiores índices de afastamento na região. Trata-se de um estudodescritivo e quantitativo, realizado no período de 2009 a 2012, apartir de relatório emitido pelo Sistema Único de Benefícios daAgência da Previdência Social. Para análise dos dados utilizou-se o software SPSS. A amostra compôs-se de 2.768 registros de benefícios auxílio-doença acidentário. Os trabalhadores forammais acometidos pelas Doenças Osteomusculares e do Tecido Conjuntivo. A maioria era do sexo masculino, com faixa etária entre 40 e 49 anos, trabalhavam como empregados nos centros urbanos e possuíam remuneração de até um salário mínimo.Os trabalhadores afastados atuam na maioria em nos serviços da Administração Pública em Geral. Os resultados podem ser utilizados como base na articulação de estratégias de prevenção de doenças relacionadas ao trabalho e para implantação de políticaspúblicas pelo SUS.


The article aims to present the profi le of workers requiring the benefits aid-disease at the Social Security XanxerêAgency in Santa Catarina, in addition to economic activities that stood out for having the highest rates of removal in the region. This is a descriptive and quantitative study, conducted from 2009 to 2012 from the report issued by the Unified System of Social Security Benefits. For data analysis we used the SPSS software. The sample consisted of 2.768 records of benefi ts aid-diseaseaccident. The workers were most affected by the Musculoskeletaland Connective Tissue Diseases. Most were male, aged between 40 and 49 years old, worked as employees in urban centers with monthly wage up to the minimum wage. The Insured workers work mostly in the General Public Administration services. Theresults can be used as the basis of joint strategies for the prevention of work-related diseases and implementation of public policies by SUS.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto Jovem , Acidentes de Trabalho/legislação & jurisprudência , Acidentes de Trabalho/psicologia , Perfil de Saúde , Licença Médica/legislação & jurisprudência , Política Pública , Previdência Social/legislação & jurisprudência , Saúde do Trabalhador/legislação & jurisprudência , Seguridade Social/psicologia , Brasil/epidemiologia , Transtornos Traumáticos Cumulativos/epidemiologia
16.
Enferm. glob ; 13(36): 138-146, oct. 2014.
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-127750

RESUMO

El estudio examinó las causas de absentismo entre el personal de enfermería de un hospital público. Se trata de un estudio descriptivo cuantitativo, realizado en el banco de registros de la institución investigada, analizados utilizando el software SPSS. El periodo nocturno se impuso en los registros. Se identificaron 405 enfermedades asociadas con los alejamientos, con mayor incidencia las enfermedades del tracto digestivo, locomotor, oftalmológico y mental. Se observó una asociación entre la función y el tiempo de alejamiento, con mayor propensión de los técnicos de enfermería. Se identificó la relación entre absentismo, perfil de e los trabajadores, condiciones y objeto de trabajo (AU)


The study examined the causes of absenteeism among the nursing staff of a public hospital. This is a quantitative descriptive study, conducted by the bank records of absenteeism institution investigated, analyzed using the SPSS software. The nighttime prevailed in the re cords. We identified 405 diseases associated with sickness, with the highest incidence of diseases of the digestive tract, musculoskeletal, ophthalmologic and mental. There was an association between function and clearance time, greater willingness of nursing technicians. The relationship between absenteeism profile of workers, working conditions and the object was identified (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Absenteísmo , Enfermagem , Enfermeiras e Enfermeiros , Saúde do Trabalhador , Hospitais Estaduais , Riscos Ocupacionais , Exposição Ocupacional , Condições de Trabalho , Brasil
17.
Cogitare enferm ; 19(3): 528-535, jul.-set. 2014. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-748041

RESUMO

Objetivou-se identificar aspectos do trabalho na Estratégia de Saúde da Família que contribuem para aumentar e/ou reduzir as cargas de trabalho dos profissionais. Participaram 11 profissionais de três equipes de Estratégia de Saúde da Família de um estado do Sul do Brasil. Os dados foram coletados, entre dezembro de 2010 e março de 2011, por meio de entrevistas individuais, grupo focal e estudo documental e analisados combinando a Análise Temática com recursos do software ATLAS.ti. As principais fontes de aumento das cargas foram aspectos que impedem a implantação do modelo assistencial como preconizado; e de redução, a afinidade com o modelo assistencial, a autonomia da equipe e a garantia do emprego. Predominaram, no trabalho da Estratégia de Saúde da Família, fragilidades que repercutem negativamente na satisfação e na saúde dos profissionais, mas há possibilidades de intervenção para redução das cargas e qualificação da assistência, especialmente aquelas para melhorias das condições de trabalho.


This study aimed to identify aspects of work in the Family Health Strategy that contribute to increase and / or reduce workloads of professionals. Eleven professionals from three teams of the Family Health Strategy from a state of southern Brazil participated in the study. Data were collected between December 2010 and March 2011, through individual interviews, focus groups and documentary study and were analyzed combining thematic analysis with the resources of the software ATLAS.ti. The main sources of increased workloads were aspects that hinder the implementation of the care model as recommended; and of reduced workloads, the affinity with the care model, the autonomy of the team and the guarantee of employment. In the work of the Family Health Strategy, some weaknesses that negatively affect satisfaction and health professionals predominated, but there are possibilities for intervention to reduce workloads and improve quality of care, especially those for better working conditions.


Fue objetivo del estudio identificar aspectos del trabajo en la Estrategia de Salud de la Familia que contribuyen para aumentar y/o reducir las cargas de trabajo de los profesionales. Participaron 11 profesionales de tres equipos de Estrategia de Salud de la Familia de un estado del Sur de Brasil. Los datos fueron obtenidos entre diciembre de 2010 y marzo de 2011, por medio de entrevistas individuales, grupo focal y estudio documental, siendo analizados mesclándose el Análisis Temático con recursos del software ATLAS.ti. Las principales fuentes de aumento de las cargas fueron aspectos que impiden la implantación del modelo asistencial como preconizado; y de reducción, la afinidad con el modelo asistencial, la autonomía del equipo y la garantía del empleo. Predominaron, en el trabajo de la Estrategia de Salud de la Familia, fragilidades que repercuten negativamente en la satisfacción y en la salud de los profesionales, pero hay posibilidades de intervención para reducción de las cargas y cualificación de la asistencia, de modo especial aquellas para mejorías de las condiciones de trabajo.

18.
J. nurs. health ; 4(2): 177-185, fev. 2014.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-31710

RESUMO

Objetivo: conhecer como a literatura científica tem abordado a satisfação no trabalho emoncologia. Métodos: estudo bibliográfico e descritivo, baseado nas diretrizes da revisão integrativada literatura de Ganong. Os manuscritos foram coletados mediante acesso à Biblioteca Virtual emSaúde e selecionados seguindo-se critérios de elegibilidade. Resultados: a amostra compôs-se de 13estudos, predominantemente em inglês. Identificaram-se motivos de (in)satisfação na assistênciaem oncologia e percebeu-se a associação destas com aspectos de prazer e sofrimento dosprofissionais da saúde. Considerações finais: constatou-se a importância da valorização dasubjetividade do trabalhador, para assim, intervir no ambiente e processo de trabalho como formade promover a satisfação profissional e melhorar a qualidade do cuidado.(AU)


Objective: to know how the scientific literature has addressed job satisfaction in oncology.Methods: bibliographic and descriptive study, based on the guidelines of the integrative review ofthe literature Ganong. The manuscripts were collected via access to the Virtual Health Library andselected according to the eligibility criteria. Results: the sample consisted of 13 studies,predominantly in English. We identified reasons for (dis)satisfaction in care in oncology andrealized the association of these aspects with pleasure and suffering from health professionals.Conclusions: it was noted the importance of valuing subjectivity of workers to intervene in theenvironment and working process in order to promote job satisfaction and improve the quality of care.(AU)


Objetivo: conocer como la literatura científica se ha ocupado de la satisfacción laboral enoncología. Métodos: estudio bibliográfico y descriptivo, basado en las directrices de la revisiónintegradora de la literatura Ganong. Los manuscritos se recogieron través de acceso a la Biblioteca Virtual en Salud y seleccionados seguido de los criterios de elegibilidad. Resultados: la muestraconsistió en 13 estudios, principalmente en inglés. Se identificaron razones la (des)satisfacción enla atención a la oncología y la asociación de estos aspectos con el placer y el sufrimiento de losprofesionales de salud. Consideraciones finales: señalaron la importancia de valorar lasubjetividad de los trabajadores, para así intervenir en el medio ambiente y el proceso de trabajocon el fin de fomentar la satisfacción en el trabajo y mejorar la calidad de la atención.(AU)


Assuntos
Humanos , Oncologia , Satisfação no Emprego , Pessoal de Saúde
19.
Rev. baiana saúde pública ; 36(2)abr.-jun. 2012. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-658396

RESUMO

O objetivo deste artigo é apresentar o perfil da mortalidade maternano Brasil nos anos de 2000 a 2009. Trata-se de uma pesquisa descritiva com dados secundários do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Os resultados mostram que houve aumento de 11,9por cento no número absoluto de mortes maternas brasileiras e no Coeficiente de Mortalidade Materna do país, de 52,29 para 65,13 mortes maternas a cada 100 mil nascidos vivos. As principais causas dos óbitos maternos foram: outras doenças damãe, mas que complicam a gravidez, o parto e o puerpério (17,1por cento); eclampsia (11,8por cento); hipertensão gestacional com proteinúria significativa (6,2por cento); hemorragia pós-parto (5,8por cento); infecção puerperal (5,1por cento) e descolamento prematuro de placenta (4,2por cento). Verificou-se maior número de óbitos maternos nas mulheres com 4 a 7 anos de escolaridade (23,8por cento), da raça/cor parda (42,7por cento), com estado civil solteira (53,1por cento) e de20 a 29 anos de idade (41,8por cento). O local de ocorrência do óbito é predominantemente o Hospital (91,2por cento). Conclui-se que os coeficientes de mortalidade materna no Brasil apontam para desigualdades regionais, apresentando uma realidade que necessita de intervenções na área da saúde, para que se tenham indicadores satisfatórios no setor materno-infantil.


This research aims at presenting the profile of maternal mortality in Brazil from the years 2000 to 2009. This is a descriptive study based on secondary data from the Department of the Unified Health System (DATASUS) and the Brazilian Institute of Geography and Statistics.The results show an increase of 11.9percent in the absolute number of Brazilian maternal deaths and in the Maternal Mortality Coefficient in Brazil, from 52.29 to 65.13 maternal deaths in every 100 thousand live births. The main causes of maternal deaths were: other diseases the motherhad, which make the pregnancy, the delivery and the puerperium difficult (17.1percent); eclampsia (11.8percent); gestational hypertension with meaningful proteinuria (6.2percent); postpartum hemorrhage (5.8percent); puerperal infection (5.1percent) and premature placental abruption (4.28percent). It was verifiedthat there was a higher number of maternal deaths in women with 4 to 7 years of schooling (23.8percent), of brown color/race (42.7percent), whose marital status was single (53.1percent) and between the ages of 20 to 29 (41.8percent). The place of death occurrences is predominantly the Hospital (91.24percent). It can be concluded from this study that maternal mortality rates in Brazil point out to regional inequalities, presenting a reality that needs interventions in health in order to have satisfactory indicators on maternal and child sector.


El objetivo de este estudio es presentar el perfil de la mortalidad materna en Brasil desde 2000 a 2009. Se trata de un estudio descriptivo con datos secundarios del Departamento de Informática del Sistema Único de Salud y del Instituto Brasileño de Geografía y Estadística. Los resultados mostraron un aumento del 11,9por ciento en el número absoluto de muertes maternas en Brasil y, en el Coeficiente de Mortalidad Materna en el país, de 52,29 para 65,13 muertes maternas por 100 mil nacidos vivos. Las principales causas de los óbitos maternos fueron: otras enfermedades de la madre, que complican el embarazo, el parto y el puerperio (17,1por ciento),eclampsia (11,8por ciento), la hipertensión gestacional con proteinuria significativa (6,2por ciento); hemorragia postparto (5,8por ciento), infección puerperal (5,1por ciento) y desplazamiento prematuro de la placenta (4,2por ciento). Se verificó un número más alto de óbitos maternos en mujeres con 4-7 años de educación (23,8por ciento), de raza / mulato (42,7por ciento), estado civil soltero (53,1por ciento) y de 20 a 29 años de edad (41,8por ciento). El lugar de ocurrencia del óbito es predominantemente el hospital (91,2por ciento). Se concluye que las tasas de mortalidad materna en Brasil apuntan desigualdades regionales, presentando una realidad que necesita intervenciones en el área de salud, para obtener indicadores satisfactorios en el sector materno-infantil.


Assuntos
Humanos , Epidemiologia Descritiva , Mortalidade Materna , Mortalidade , Brasil/epidemiologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA