Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. odontol ; 77(1): 1-7, jan. 2020. ilus; tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1102870

RESUMO

Objective: to evaluate the root canal treatment (RCT) and non-surgical root canal retreatment (NSRCR), associated with foraminal enlargement, performed on a singlevisit. Material and Methods: 125 teeth with apical periodontitis and follow-up period ranging from 6 to 12 months were included. The success was considered by the absence of signs and symptoms and complete or incomplete periapical repair. Logistic regression analyses were used to identify factors associated with the repair (p<0.05). Results: RCT showed 71.58% of complete healing and 23.16% of acceptable healing. NSRCR showed 80% of complete healing and 20% of acceptable healing. Age, gender, type of treatment and preoperative pain were not statistically significant for the healing process (p>0.05). Premolars showed the greatest chance of periapical repair. Pulp Canal Sealer showed a greater chance of periapical repair when compared to Sealapex (p<0.05). Conclusion: RCT and NSRCR using a foraminal enlargement protocol provided a favorable prognosis of periapical healing


Objetivo: avaliar o tratamento endodôntico (TE) e o retratamento não cirúrgico do canal radicular (RNCCR), associado a ampliação foraminal, realizado em sessão única. Material e Métodos: foram incluídos 125 dentes com periodontite apical e proservação de 6 a 12 meses. O sucesso foi considerado pela ausência de sinais e sintomas e reparo periapical completo ou incompleto. Análises de regressão logística foram utilizadas para identificar fatores associados ao reparo (p<0,05). Resultados: o TE mostrou 71,58% de cicatrização completa e 23,16% de cicatrização aceitável. O RNCCR mostrou 80% e 20% cicatrização completa e aceitável, respectivamente. Idade, sexo, tipo de tratamento e dor pré-operatória não foram estatisticamente significantes para o processo de cicatrização (p>0,05). Os pré-molares apresentaram a maior chance de reparo periapical. O cimento Pulp Canal Sealer mostrou maior chance de reparo periapical quando comparado ao Sealapex (p<0,05). Conclusão: o TE e RNCCR utilizando um protocolo de alargamento foraminal, proporcionaram um prognóstico favorável da cicatrização periapical


Assuntos
Periodontite Periapical , Tratamento do Canal Radicular/métodos , Preparo de Canal Radicular
2.
Rev. odontol. UNESP (Online) ; 44(3): 157-162, May-Jun/2015. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-749890

RESUMO

Aim This prospective randomized clinical study examined the influence of two different auxiliary chemical substances on postoperative pain in 301 single-visit endodontic treatments, with enlargement of the apical foramen and extrusion of cement into the periapical region. Material and method The two auxiliary chemicals used were 2% chlorhexidine (2% CHX gel; n = 145) and 5.25% sodium hypochlorite (5.25% NaOCl; n = 156). The incidence of postoperative pain and discomfort was assessed at 24 hours and expressed as percentages. The Fisher exact test and the Chi-square test were used to compare variation in postoperative pain. The variables analyzed were previous pain, pulp status, age, and number of root canals. Result In teeth with previous pain instrumented with 2% CHX gel, the incidence of postoperative pain was 22.22% (6/27) versus 11.11% (3/22) in teeth instrumented with 5.25% NaOCl. In teeth without previous pain instrumented with 2% CHX gel, the incidence of postoperative pain was 8.5% (6/118) versus 2.33% (3/129) in teeth instrumented with 5.25% NaOCl, with no statistically significant difference between the groups. Results showed that previous pain had a significant influence on postoperative status (p < 0.001). After 24 hours postoperatively, 93.7% (282/301) of the teeth had no pain and 6.3% (19/301) had some level of pain, and used one or two doses of medication. Conclusion Based on the results, it can be concluded that the auxiliary chemical substances had no influence on postoperative pain. .


Objetivo Este estudo clínico prospectivo randomizado analisou a influência de duas substâncias químicas auxiliares, com diferentes potenciais de toxicidade, na dor pós-operatória observada em 301 tratamentos endodônticos concluídos em uma única sessão, com ampliação do forame apical e sobre-extensão de cimento para o periápice. Material e método Foram usados gel de clorexidina a 2% (CHX 2% gel; n = 145) e hipoclorito de sódio a 5,25% (NaOCl 5,25%; n = 156). A incidência de dor pós-operatória e desconforto foi avaliada em 24 horas, e foi expressa em porcentagem. O teste exato de Fischer e o teste de Qui Quadrado foram utilizados para comparar a variação da dor pós-operatória. Os fatores analisados foram dor prévia, estado pulpar, idade e número de canais radiculares. Resultado Nos dentes com dor prévia e instrumentados com CHX 2% gel, a incidência de dor pós-operatória foi 22.22% (6/27), contra 11.11% (3/22) nos dentes instrumentados com NaOCl 5,25%. Nos dentes sem dor prévia e instrumentados com CHX 2% gel, a incidência de dor pós-operatória foi 5.08% (6/118), contra 2.33% (3/129) nos dentes instrumentados com NaOCl 5,25%, sem diferenças estatisticamente significativas entre os grupos. Os resultados mostraram que a dor prévia exerceu uma influência significativa no estado pós-operatório (p < 0,001). Após 24 horas, 93,7% (282/301) dos dentes não apresentaram dor, ao passo que 6,3% (19/301) tiveram algum nível de dor pós-operatória e fizeram uso de uma ou duas doses da medicação. Conclusão Diante dos resultados, podemos concluir que a substância química auxiliar não está associada à dor pós-operatória. .

3.
Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent ; 68(4): 357-363, out.-dez. 2014. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-745437

RESUMO

O objetivo deste estudo clínico prospectivo randomizado foi analisar a influência de duas substâncias quimicas auxiliares na identificação de canais acessórios e no selamento do forame apical pelo cimento endodôntico e a prevalência desses canais na faixa etária de 13 a 79 anos, nos diferentes grupos dentários, em dentes vitais, não vitais e nos retratamentos endodônticos. Trezentos e um tratamentos endodônticos foram concluídos em 240 pacientes. f';s substâncias químicas auxiliares utilizadas foram a clorexidina gel 2% (n= 145) e o hipoclorito de sódio 5.25% (n= 156). Os dentes foram preparados pela técnica coroa-ápice com patência e ampliação do fora me apical e obturados pela técnica de termoplastificação da guta-percha. Três observadores independentes (triplo cego) avaliaram, radiograficamente, o preenchimento de canais acessórios e do forame apical que foi registrado e expresso em dados percentuais. Os dados foram analisados, estatisticamente, e os resultados mostraram que o forame apical foi selado pelo cimento endodôntico em 98.34% (296/301) e os canais acessórios foram preenchidos e visíveis radiograficamente em 47.84% (144/301) dos dentes tratados. Canais acessórios foram encontrados em 55% (99/180) dos dentes multirradiculares e em 37.20% (45/121) dos dentes unirradiculares. De acordo com o estado pulpar, canais acessórios foram encontrados em 55,20% (69/125) dos dentes vitais, 49.00% (49/100) dos dentes não vitais e 34.21% (26/76) dos retratamentos endodônticos. Concluiu-se que, entre os fatores analisados, não houve diferença estatisticamente significativa entre os dois grupos das substâncias químicas auxiliares analisadas.


The aim of this prospective randomized study, conducted in vivo, was to analyze the influence of two auxiliary chemicals in filling accessory canais and apical foramen by sealer and the prevalence of these channels in the age group 13 to 79 years, in various dental groups, in vital and non-vital teeth and root canal retreatment. Two hundred forty patients were treated and 301 endodontic treatments were completed. The auxiliary chemicals used were 2% chlorhexidine gel [n = 145) and 5.25% sodium hypochlorite (n = 156). The teeth were instrumented by crown-down technique with patency and enlargement of the apical foramen and obturated by the thermoplastic gutta-percha technique. Three independent observers (triple blind) evaluated radiographically obturation of accessory canais and apical foramen by the sealer that was recorded and expressed as a percentage. Data were statistically analyzed using the Binominal and Qui Quadrado tests. The results showed that the apical foramen was filled in 98.34% (296/301) and the accessories channels were filled and radiographically visible in 47.84% (144/301) of teeth treated. Accessory canais were found in 55% (99/180) of the teeth multirooted and 37.20% (45/121) of single-rooted teeth. According to the state of pulp, accessory canais were found in 55.20% (69/125) of vital teeth, 49.000/0 (49/100) of non-vital teeth and 34.21% (26/76) of endodontic retreatment. It was concluded that among the factors examined, there was no statistically significant difference between the two groups.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Clorexidina/uso terapêutico , Extravasamento de Materiais Terapêuticos e Diagnósticos/diagnóstico , Hipoclorito de Sódio/uso terapêutico , Tratamento do Canal Radicular/métodos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...