Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. dent. sci ; 23(2,supl): 1-8, 2020.
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1100310

RESUMO

Background: Temporomandibular disorder (TMD) belongs to a heterogeneous group of musculoskeletal and neuromuscular conditions involving the temporomandibular joint complex, musculature and adjacent components. These conditions can generate signs and symptoms and be influenced by an altered biopsychosocial condition. Objective: This study aims to seek information to assist the patient in the presence of TMD signs and symptoms and Orofacial Pain, associated with the period of social isolation during the COVID-19 pandemic. Material and methods: For the preparation of this manual, a bibliographic search was performed in the databases PubMed, Latin American and Caribbean Health Sciences Literature (LILACS), BBO (BVS), Scopus, Web of Science and The Cochrane Library, using the keywords: orofacial pain, temporomandibular disorders, bruxism, stress, anxiety, biopsychosocial, diagnosis, self-care with important information on how to reduce and control the signs and symptoms of TMD and Orofacial Pain in this moment of pandemic that we are experiencing a social detachment. Results: The results show that the pandemic of COVID-19 and the need for social isolation, generates psychological impact that raises the pattern of anxiety and can directly affect patients with bruxism and TMD. Conclusion: Psychological factors associated with the pandemic can lead to an increased risk of developing, worsening and perpetuating bruxism, especially waking bruxism and TMD, so dentists should be aware of the occurrence of signs and symptoms to manage the multifactorial aspects of this condition. At that time, individual self-management strategies are advised for the patient, which consist of self-massage techniques, body education, exercise practices, sleep hygiene, meditation also the use of mobile apps and online tools that facilitate this activity. (AU)


Introdução: A Desordem Temporomandibular (DTM) pertence a um grupo heterogêneo de condições musculoesqueléticas e neuromusculares envolvendo o complexo articular temporomandibular, a musculatura e os componentes adjacentes. Essas condições podem gerar sinais e sintomas e serem influenciadas por uma condição biopsicossocial alterada. Objetivo: Esse estudo teve como objetivo buscar informações que possam auxiliar ao paciente na presença de sinais e sintomas de DTM e Dor Orofacial associado ao período de isolamento social durante a pandemia do COVID -19. Material e Métodos: Para a elaboração deste manual, foi realizada uma pesquisa bibliográfica nas bases de dados PubMed, Latin American and Caribbean Health Sciences Literature (LILACS), BBO (BVS), Scopus, Web of Science e The Cochrane Library, utilizando as palavras-chaves: dor orofacial, desordem temporomandibular, bruxismo, estresse, ansiedade, biopsicossocial, diagnóstico e autocuidados, com informações importantes sobre como reduzir e controlar os sinais e sintomas de DTM e Dor Orofacial nesse momento de pandemia que estamos vivenciando um distanciamento social. Resultados: Os resultados mostram que a pandemia de COVID-19 e a necessidade de isolamento social, gera impacto psicológico que eleva o padrão de ansiedade e pode afetar diretamente pacientes com bruxismo e DTM. Conclusão: Fatores psicológicos associados à pandemia podem levar a um maior risco de desenvolver, piorar e perpetuar o bruxismo, principalmente bruxismo de vigília e DTM, por isso os cirurgiões-dentistas devem estar atentos a ocorrência de sinais e sintomas para gerenciar os aspectos multifatoriais dessa condição. Aconselha-se, nesse momento, estratégias individualizadas de autogerenciamento para o paciente que consistem em técnicas de automassagem, educação corporal, práticas de exercícios, higiene do sono e meditação. Além do uso de aplicativos digitais e ferramentas online facilitadores dessa atividade (AU)


Assuntos
Ansiedade , Autocuidado , Dor Facial , Bruxismo , Transtornos da Articulação Temporomandibular , Infecções por Coronavirus , Análise do Estresse Dentário , Diagnóstico
2.
Rev. bras. odontol ; 64(3/4): 266-269, 2007. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-541893

RESUMO

A cirurgia ortognática compreende um tratamento indicado para correção de maloclusões associadas com deformidades faciais. No entanto, mesmo em pacientes total ou parcialmente edêntulos, a cirurgia ortognática revela-se um procedimento de extrema necessidade para o auxílio protético. Este artigo relata um caso de um paciente parcialmente edêntulo que foi submetido à cirurgia ortognática com finalidade protética.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Arcada Parcialmente Edêntula , Má Oclusão de Angle Classe III/cirurgia , Técnica de Expansão Palatina , Prognatismo/cirurgia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA