Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 15 de 15
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
RSBO (Impr.) ; 10(4): 306-312, Oct.-Dec. 2013. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-766082

RESUMO

Introduction: Although it is possible to obtain a reliable bond between enamel and composite resin, the ideal bonding method of composite resin to dentin still needs to be developed. Variables such as the type of adhesive system used and type of dentin substrate can influence on the adhesion. Objective: The purpose of this study was to compare the shear bond strength of composite resin restorations to human and bovine dentin using three adhesive systems. Material and methods: Fifteen human third molars sectioned into two halves and 30 bovine incisors were cut into blocks (4x4mm), embedded in acrylic resin and ground flat to expose the dentin. The specimens were randomly divided into six groups (n = 10): group 1 - human dentin using Scotchbond Multi-Purpose; group 2 - human dentin using Adper Single Bond 2; group 3 - human dentin using Adper Prompt L-Pop; group 4 - bovine dentin using Scotchbond Multi-Purpose; group 5 - bovine dentin using Adper Single Bond 2; group 6 - bovine dentin using Adper Prompt L-Pop. After composite resin restoration procedure, the specimens were stored into distilled water for 24h at 37ºC and then submitted to the shear test using a universal testing machine. The failure patterns were examined microscopically and classified as adhesive, cohesive in resin, cohesive in dentin or both, and mixed. The ANOVA (two-way) and Tukey's post hoc were used. Chi-square test for independence was used for analysis of failure mode. The significance level was set at 5%. Results: A significant difference in shear bond strength was observed among adhesive systems (p = 0.031), with higher values for one-bottle adhesive (8.87±2.72) and lower for self-etching (6.38±3.15), and between the two types of substrate (p = 0.018), with higher values for human dentin. However, there was no significant difference for the adhesive system/substrate interaction (p = 0.11). Adhesive failure was the predominant failure mode for all adhesive systems and for the two substrates. Conclusion: Shear bond strength was different between human and bovine substrates and for the adhesive system used.

2.
Dental press j. orthod. (Impr.) ; 17(4): 105-109, July-Aug. 2012. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-653508

RESUMO

INTRODUCTION: In recent years, a strong behavior change regarding the control of cross infection during dental treatment was perceived, except among some orthodontists who insist in the misconception that Orthodontics is a specialty of low risk in the transmission of infectious and contagious diseases. OBJECTIVE: The objective of this study was to evaluate the methods used by orthodontists for disinfection of pliers in their daily practice. METHODS: The bacteria Pseudomonas aeruginosa, Staphylococcus aureus and Streptococcus salivarius were inoculated in vitro in 30 orthodontic pliers. The pliers were divided into 3 groups (n = 10) and disinfected in different ways. Group 1: Brush, soap and water; Group 2: Cotton soaked in ethyl alcohol 70%; Group 3: Immersion in a solution of 2% glutaraldehyde for 30 minutes and then rinsed with water. RESULTS: The results showed that the ethyl alcohol 70% (Group 2) kept 20% of the pliers infected, being more efficient than the soap and water (Group 1), which maintained 60% of contaminated pliers. Only immersion in 2% glutaraldehyde was able to decontaminate all pliers and was statistically superior to the aforementioned methods (p = 0.030). CONCLUSION: Based on these results, we concluded that among the tested methods, disinfection of orthodontic pliers with 2% glutaraldehyde is the only efficient method.


INTRODUÇÃO: nos últimos anos, constatou-se uma forte mudança de comportamento no que diz respeito ao controle de infecção cruzada durante atendimento odontológico, exceto dentre alguns ortodontistas, que ainda persistem na ideia equivocada de que a Ortodontia é uma especialidade de baixo risco na transmissão de doenças infectocontagiosas. OBJETIVO: objetivo desse trabalho foi avaliar os métodos mais usados pelos ortodontistas para desinfecção de alicates na sua clínica diária. MÉTODOS: as bactérias Pseudomonas aeruginosa, Streptococcus salivarius e Staphylococcus aureus foram inoculadas in vitro em 30 alicates ortodônticos. Os alicates foram divididos em 3 grupos (n=10) e desinfectados de formas diferentes: grupo 1, escova, água e sabão; grupo 2, algodão embebido em álcool etílico a 70%; grupo 3, imersão em solução de glutaraldeído a 2% durante 30 minutos sendo, em seguida, enxaguados com água corrente. RESULTADOS: os resultados demonstraram que o álcool etílico 70% (grupo 2) manteve 20% dos alicates infectados, sendo mais eficiente que a água e sabão (grupo 1), que mantiveram 60% dos alicates contaminados. Apenas a imersão em glutaraldeído 2% foi capaz de descontaminar todos os alicates, sendo estatisticamente superior aos outros métodos (p =0,030). CONCLUSÃO: com base nesses resultados, concluiu-se que, dentre os métodos testados, a desinfecção de alicates ortodônticos com glutaraldeído 2% é o único método eficiente.

3.
RGO (Porto Alegre) ; 56(2): 201-205, abr.-jun. 2008. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-487236

RESUMO

Ancoragem é um dos pontos mais importantes do tratamento ortodôntico. Com o objetivo de reduzir a necessidade de colaboração dos pacientes e ampliar as possibilidades de tratamento, os miniparafusos têm sido utilizados como auxiliares ao tratamento ortodôntico, fornecendo a possibilidade de uma ancoragem absoluta. O propósito deste artigo foi apresentar um protocolo clínico a fim de facilitar o planejamento e execução da aplicação do miniparafuso. Na execução da instalação dos miniparafusos existem a técnica transmucosa em que a perfuração é realizada diretamente na mucosa com a broca, indicada em mucosa queratinizada e a técnica com retalho cujo osso é exposto com auxílio de um retalho e a perfuração é realizado no osso, indicado em mucosa alveolar. Os miniparafusos quando bem planejado e executado proporcionam resultados muito satisfatórios e são excelentes métodos de ancoragem ortodôntica.


Anchorage is one of the most important points in orthodontic treatment. With the object of reducing the need for cooperation from patients, and enlarge the treatment possibilities, miniscrews have been used as aids in orthodontic treatment, providing the possibility of absolute anchorage. The purpose of this article was to present a clinical protocol in order to facilitate the planning and performance of miniscrew application. When installing miniscrews, there is the transmucous technique, in which perforation is performed directly in the mucosa using a bur, indicated for keratinized mucosa; and the flap technique, in which bone is exposed with the aid of a flap and perforation is made in the bone, indicated in alveolar mucosa. When well planned and performed, miniscrews provide very satisfactory results and are an excellent method of orthodontic anchorage.


Assuntos
Implantes Dentários , Procedimentos de Ancoragem Ortodôntica/métodos
4.
Rev. dent. press ortodon. ortopedi. facial ; 12(1): 94-101, jan.-fev. 2007. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-443833

RESUMO

OBJETIVO: investigar a opinião do ortodontista brasileiro sobre a problemática paciente x profissional em relação: 1) à importância da relação comercial estabelecida pelo CDC (Código de Defesa do Consumidor); 2) à natureza obrigacional dos seus serviços ortodônticos; 3) às explicações, ao paciente, dos riscos inerentes ao tratamento ortodôntico. METODOLOGIA: para tal, foi realizado um censo estatístico através de questionário enviado a todos os ortodontistas do Brasil, devidamente inscritos no Conselho Federal de Odontologia. RESULTADOS E CONCLUSÕES: participaram da pesquisa 1.469 ortodontistas (27,43 por cento do universo pesquisado). Dessa forma, verificou-se que 86,93 por cento dos ortodontistas brasileiros reconhecem a importância da relação comercial com seu paciente, de acordo com o CDC; 35,33 por cento dos profissionais consideram a Ortodontia como uma atividade de meio, isto é, execução do tratamento ortodôntico sem promessa profissional de um resultado final; e 63,31 por cento orientam, de forma oral e escrita, os seus pacientes sobre os riscos do tratamento ortodôntico. Concluiu-se que o ortodontista brasileiro está consciente da importância do CDC na relação comercial estabelecida com o seu paciente, o consumidor final. No entanto, apenas uma minoria dos ortodontistas do Brasil (20,97 por cento), além de considerar importante essa relação comercial, entende a atividade ortodôntica como obrigação de meio e mantém o paciente informado, de forma oral e com os devidos registros, dos riscos de um tratamento ortodôntico.


AIM: the objective of this study was to investigate the opinion of the Brazilian orthodontist about the patient x professional problematic in relation to: 1) the importance of the commercial relation established by the CDC (Consumer's Defense Code); 2) the obligatory nature of its orthodontic services; 3) the explanations to the patient of the inherent risks to the orthodontic treatment. METHODS: for such, a statistical census through a questionnaire was carried through the orthodontists of Brazil duly enrolled in the Federal Council of Dentistry. RESULTS AND CONCLUSIONS: 1.469 orthodontists participated of the research (27.43 percent in relation to the searched universe). It was verified that 86.93 percent of the Brazilian orthodontists recognize the importance of the commercial relation with the patient, in accordance with the CDC; 35.33 percent of the professionals consider the Orthodontics as an way activity, this is, the orthodontic treatment procedure without professional promisse about the final results and 63.31 percent guides the patients on the risks of the orthodontic treatment, in verbal and writing form. It was concluded that the Brazilian orthodontist is conscientious of the importance of the CDC in the established commercial relation with the patient, the final consumer. However, only one minority of the orthodontists of Brazil (20.97 percent), besides considering important this commercial relation, understands the orthodontic activity as a way obligation and keeps the patient informed, in verbal form and with the proper registers, of the risks of a orthodontic treatment.


Assuntos
Humanos , Responsabilidade Civil , Relações Dentista-Paciente , Defesa do Consumidor , Custos Diretos de Serviços , Consentimento Livre e Esclarecido , Prática Profissional/normas , Inquéritos e Questionários
5.
RGO (Porto Alegre) ; 54(4): 295-301, out.-dez. 2006. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-461696

RESUMO

É de vital importância para um correto diagnóstico e planejamento ortodôntico, avaliar a largura mésio-distal dos dentes, principalmente em tratamento ortodôntico com extração de pré-molares. A análise da discrepância de tamanho dentário de Bolton pode sofrer alterações depois da extração de pré-molares, influenciadas por combinações de extrações diferentes devido a variação de tamanho mésio-distal entre os pré-molares, e que também podem apresentar tamanho reduzido. A proposição desta pesquisa foi avaliar a diferença do diâmetro mésio-distal entre os primeiros e segundos pré-molares superiores e inferiores que não tinham sido submetidos a tratamento ortodôntico. Foram mensurados todos os pré-molares de 200 indivíduos, sendo 100 do sexo masculino e 100 femininos, utilizando modelos de gesso. Os resultados indicaram uma freqüência de segundos pré-molares superiores menores que os primeiros pré-molares superiores em 83% e de primeiros pré-molares inferiores menores que segundos pré-molares inferiores em 55,4% da amostra. Verificou-se 21,8% de segundos pré-molares superiores menores que primeiros pré-molares superiores quando a diferença na largura mésio-distal entre eles foi de 0,2 a 0,4mm, 19,75% com a diferença de 0,4 a 0,6mm, 12% com 0,6 a 0,8mm, 6,25% com 0,8 a 1mm e 4,5% com 1,0 a 1,2mm. Nos pré-molares inferiores uma porcentagem de 17,25% de segundos pré-molares maiores que primeiros pré-molares quando a diferença foi de 0,2 a 0,4mm, 9% com 0,4 a 0,6mm, 5% com 0,6 a 0,8mm e de 2% entre 0,8 a 1,0mm. Assim concluiu-se que os ortodontistas necessitam analisar a diferença de largura entre os pré-molares para auxiliar no diagnóstico do tratamento ortodôntico, pois a diferença estatística significativa foi encontrada na largura mésio-distal entre os pré-molares superiores e inferiores, podendo propiciar a presença de espaços indesejáveis na fase de finalização ortodôntica.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Ortodontia , Odontometria/métodos , Dente Pré-Molar
6.
RGO (Porto Alegre) ; 54(1): 67-73, jan.-mar. 2006. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-445008

RESUMO

Tendo em vista as alterações que ocorrem no organismo da mulher durante a gestação e a importância da odontologia preventiva buscou-se identificar o conhecimento que as gestantes da cidade de Santa Maria/RS, possuem sobre o pré-natal odontológico, bem como comparar as gestantes entrevistadas no SUS (Sistema Único de Saúde) com as gestantes entrevistadas nas clínicas particulares. Foram aplicados 200 questionários abordando perguntas sobre saúde bucal na gestação. Por meio da análise das respostas foi realizado o estudo. Quanto ao grau de escolaridade observou¬se que nenhuma gestante do SUS e 27% das gestantes da clínica privada possuíam ensino superior completo mostrando associação (p<0,001) entre grau de escolaridade e tipo de serviço procurado. Quanto às orientações recebidas sobre saúde bucal a maioria das entrevistadas não teve acesso a essas informações. Houve diferença estatisticamente significante (p<0,001) quanto ao uso de medicações, em específico o uso de vitaminas com as gestantes do SUS tomando menos estes suplementos do que gestantes das clínicas particulares. Em relação às orientações recebidas sobre aleitamento materno, as gestantes de consultórios particulares receberam mais orientações sobre o assunto. Os dois grupos estudados mostraram interesse em receber mais informações sobre o assunto, o que possibilitou o esclarecimento de dúvidas após cada entrevista. Os resultados permitem concluir que o conhecimento das gestantes sobre os cuidados odontológicos na fase da gestação, na cidade, é baixo.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Cuidado Pré-Natal , Odontologia Preventiva , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Inquéritos e Questionários
7.
Ortodontia ; 38(4): 337-344, out.-dez. 2005. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-542382

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi avaliar assimetria facial em indivíduos com mordida cruzada posterior através de fotografias frontais, correlacionando-a aos tipos de mordida cruzada e características individuais do grupo estudado. Foram avaliados 44 indivíduos na fase da dentição mista, sendo: Grupo 1 - 22 indivíduos com oclusão normal no sentido transversal, e Grupo 2 - 22 indivíduos com mordida cruzada posterior. Verificou-se freqüência de mordida cruzada, tipos, associação com etnia e gênero, fraturas faciais, tipos de parto, infecção na região do ouvido e habito de dormir com a mão sob o rosto em ambos os grupos. Realizou-se fotografias frontais a fim de verificar se havia diferença entre estes dois grupos através de traçados do plano dos olhos (interpupilar) e do plano da boca (linha da comissura), e mensurar estes ângulos em relação a linha média facial. No Grupo 2 verificou-se uma maior incidência de mordida cruzada unilateral (77,2%) do que bilateral (22,7%) e funcional (72,2%) do que verdadeira (27,8%). Quanto a análise frontal de fotografias verificou-se que existe maior correlação entre o ângulo do olho e da boca (r=0,7450n)o s indivíduos do Grupo I do que do Grupo 2 (r=0, 5260), apesar de não ter sido detectado nenhuma diferença estatística entre a média do ângulo do olho e da boca na face dos indivíduos do Grupo 2 com relação aos do Grupo 1 (p=20,05). Concluiu-se que a assimetria facial não está correlacionada com mordida cruzada posterior, independente do tipo e características do indivíduo.


The objective of this study was to evaluate facial asymmetry with posterior crossbite through frontal pictures, correlating it to the kinds of crossbites and individual characteristics of the group studied. 44 individuals in the mixed dentition phase were evaluated: Group 1-22 - individuals with normal occlusion in the transveral direction and Group 2-22 - individuals with posterior crossbite. It was verified the frequency of crossbite, types, association with ethnicity and gender, face fractures, labor types, infection in the ear area and the habit of sleeping with the hand on the face in both groups. Frontal photographs were performed to verify if there was any difference between these two groups through marks on the level of the eyes (interpupil) and on the level of the mouth (commisure line), and measure these angles in relation to the middle-line of the face. In Group 2, it was verified a higher incidence of unilateral crossbite (77%) than bilateral (22,7%), and functional(72,2%) than !rue (27,8%). As to the frontal analysis of photographs, it was verified that there is a higher correlation between the angle of the eye and the mouth (r=O, 7450) in the individuals of Group I than of Group 2 (r=0,5260), although no statistical differentiation was detected between the average of the angle of the eye and the mouth in the faces of the individuals of Group 2 in relation to the ones of Group I (p 0,05). It was concluded that the face asymmetry is not related with posterior crossbite and no relation is there to the types and characteristics of the individuals.


Assuntos
Humanos , Assimetria Facial , Fotografia Dentária , Má Oclusão , Ortodontia
8.
RGO (Porto Alegre) ; 53(3): 176-180, jul.-set. 2005. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-427789

RESUMO

O fator mais importante de influência da cooperação infantil, no tratamento odontológico, é a ansiedade. O objetivo deste estudo foi avaliar as reações emocionais de 153 crianças de 4 a 6 anos de idade, sem experiência odontológica anterior, frente ao uso da técnica de reforço positivo com premiação após o atendimento odontológico, em saúde pública. Aplicou-se o teste projetivo com auto-análise das reações emocionais infantis (Venham Picture Test - VPT), em duas visitas ao dentista. As crianças foram atendidas pelo odontopediatra no posto de saúde público do município de Gurupi-TO, receberam orientação de higiene bucal, profilaxia e exame clínico na primeira visita. Apenas o grupo experimental, com 78 crianças, recebeu uma bexiga colorida como premiação. As crianças foram capazes de responder o teste projetivo com auto-análise. O resultado da técnica de reforço positivo com premiação, após o atendimento odontológico, foi estatísticamente significativo na redução da ansiedade


Assuntos
Pré-Escolar , Criança , Humanos , Comportamento Infantil/psicologia , Odontopediatria , Reforço Psicológico , Ansiedade ao Tratamento Odontológico
9.
RGO (Porto Alegre) ; 53(3): 217-219, jul.-set. 2005. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-427797

RESUMO

A qualidade da imagem radiográfica depende da correta indicação da técnica, o tipo de filme utilizado, o tempo de exposição e o uso de soluções e locais de processamento adequados. O objetivo do presente trabalho é verificar as condições do processamento radiográfico em consultórios odontológicos. Os filmes foram expostos padronizadamente em um fantoma e, com a finalidade de avaliar o processamento radiográfico, foram processados nos consultórios odontológicos. Após a obtenção das radiografias, foram feitas leituras das densidades ópticas (D.O.) na área de chumbo, alumínio e exposição direta. Concluiu-se que não houve velamento radiográfico e a maioria das radiografias estava sub-processada


Assuntos
Consultórios Odontológicos , Radiografia Dentária/normas , Controle de Qualidade
10.
RGO (Porto Alegre) ; 53(2): 106-110, abr.-jun. 2005. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-412587

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi determinar as temperaturas de fusão de duas ligas à base de Níquel - Cromo. Utilizou-se uma liga comercial (Durabond) fabricado pela Dental Gaúcho Marquart & Cia Ltda, SP e uma liga experimental, desenvolvida pelo Departamento de Dentística da Faculdade de Odontologia de Bauru. Os testes foram realizados através da técnica da Calorimetria Diferencial de Varredura, que registrava com exatidão as temperaturas mínimas e máximas de fusão das ligas. Constatou-se que o teste para a determinação da temperatura de fusão mostrou-se efetivo para as ligas de Ni - Cr, revelando resultados exatos e reprodutíveis. A liga experimental apresentou uma maior faixa de fusão (220,4°C) quando comparada com a liga comercial (96,9°C)


Assuntos
Ligas de Cromo , Temperatura de Transição , Calorimetria , Materiais Dentários
11.
RGO (Porto Alegre) ; 52(4): 301-304, out. 2004. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-397062

RESUMO

Sendo a deglutição de grande importância para o desenvolvimento normal da oclusão, pretende-se neste trabalho, por meio de exame clínico e anamnese, verificar a incidência deste distúrbio miofuncional em 150 estudantes de uma escola municipal de Passo Fundo RS na faixa etária entre 6 e 8 anos de idade, fazendo um paralelo com as pesquisas existentes relacionadas ao tema proposto


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Língua , Transtornos de Deglutição/epidemiologia
12.
RGO (Porto Alegre) ; 52(3): 165-168, jul.-set. 2004. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-396921

RESUMO

O uso de brinquedos no condicinamento psicológico em odontopediatria é comum, e esses se tornam reservatórios de agentes infecciosos, podendo levar a uma infecção cruzada. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar os métodos de desinfecção destes brinquedos no consultório odontológico. Para isso bactérias (Streptococcus salivarius, Staphilococcus e Echirichia Coli) foram inoculadas em 24 brinquedos de borracha novos e mais 24 brinquedos de borracha foram coletados de consultórios odontopediátricos. Inicialmente foi realizada a contagem de microoganismos de cada brinquedo, estes brinquedos forma desinfectados com glutaraldeído 2 por cento (imersos por 30 minutos) ou com lavagem com sabão de coco em barra (esfregado com escova). Após estes tratamentos, a contagem de microorganismos foi realizada novamente em cada brinquedo. Foi observado que todos os brinquedos apresentavam superfície contaminada com bactérias inicialmente e após a desinfecção com qualquer um dos 3 métodos, estas superfícies não se apresentavam mais contaminadas. Com base nestes resultados, conclui-se que os métodos testados são suficientes na desinfecção de brinquedos de borracha


Assuntos
Consultórios Odontológicos , Desinfecção/métodos , Técnicas In Vitro , Jogos e Brinquedos
13.
Piracicaba; s.n; dez. 1998. 126 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-297241

RESUMO

O propósito deste estudo foi avaliar a influência da escovaçäo mecânica sobre a dureza Knoop e rugosidade de superfície antes e após a escovaçäo, doa metriais restauredores estéticos, conhecidos comercialmente como: SR-Isosit, Arglass e Porcelana Duceram, submetidos ou näo ao polimento. Oito corpos-de-prova com formato cônico (7mm de diâmetro na regiäo de superfície e 6mm de diâmetro na superfície oposta por 2,5mm de espessura) foram confeccionados para cada tipo de material, e armazenados em temperatura e umidade ambiente (23ñ1C, 50 por cento U.R.) por 24 horas. Após esse período, quatro corpos-de-prova receberam tratamento de acabamento e polimento, e quatro näo (controle). Em seguida, os corpos-de-prova foram levados ao rugosismo (Prazis - Rug 03 -Argentina), para determinarmos a rugosidade incial da supefície. Foram feitas três leituras em cada corpo-de-prova, totalizando 72 leituras.


Assuntos
Porcelana Dentária , Resinas , Materiais Dentários , Testes de Dureza
14.
Rev. odontol. Univ. Säo Paulo ; 12(4): 367-73, out.-dez. 1998. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-230316

RESUMO

Atualmente no mercado odontológico existem diversos tipos de materiais restauradores que liberam flúor com o objetivo de diminuir ou eliminar as cáries recorrentes. Considerando-se a diferença de composiçäo desses materiais, foi avaliada sua capacidade de liberaçäo de flúor. Foram avaliados os materiais restauradores: Chelonfil (ESPE), Vitremer (3M), Variglass (Dentsply), Dyract (Dentsply) e Tetric (Vivadent). Confeccionaram-se seis amostras cilíndricas (área = 1,65 cm²) de cada material, as quais foram imersas individualmente em 2,0 ml de água deionizada, que foi trocada diariamente durante 15 dias. A liberaçäo de flúor foi determinada após adiçäo de volume igual de tampäo TISAB II às soluçöes. Para a análise da concentraçäo de flúor foi utilizado um eletrodo específico para flúor Orion 96-09, acoplado a um analisador de íons Orion EA-940...


Assuntos
Resinas Compostas , Flúor/uso terapêutico , Cimentos de Ionômeros de Vidro
15.
RGO (Porto Alegre) ; 44(1): 17-21, jan.-fev. 1996. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-855130

RESUMO

A possibilidade de avaliar laboratorialmente dentifrícios fluoretados é desejável quer seja do ponto de vista de seleção prévia, custo, tempo e testes de equivalência. Em acréscimo, a portaria nº22 da Secretaria Nacional de Vigilância Sanitária, MS, Brasil estabelece que o fabricante tem que demonstrar ser seu dentifrício reativo com esmalte-dentina, sem especificar o tipo de teste. Assim o objetivo deste trabalho foi avaliar os dentifrícios fluoretados produzidos no Brasil em termos de atividade do flúor dos mesmos. Foram analisados 20 dentifrícios em termos de reatividade dos mesmos com o esmalte dental e quando de ciclagens da Des-Remineralização. Os resultados obtidos foram relacionados com a composição do flúor nas soluções quando dos tratamentos. Observou-se uma coerência de 75 por cento entre os dois tipos de avaliação de atividade dos dentifrícios em cada avaliação. Também constatou-se que a atividade dos mesmos tem relação com o flúor iônico presente nos mesmos. Concluiu-se que todos dentifrícios apresentam flúor com atividade e a diferença entre eles deve ser confirmada por testes clínicos após seleção prévia por análises laboratoriais


Assuntos
Dentifrícios/análise , Flúor , Brasil , Técnicas In Vitro
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...