Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Cad. saude colet., (Rio J.) ; 15(1): ll7-130, jan.-mar. 2007.
Artigo em Português | LILACS-Express | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-58707

RESUMO

O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito em saúde de um programa de ginástica laboral através da percepção do estado geral de saúde de trabalhadores. Para tanto, realizou-se um estudo longitudinal, em que foram executadas duas observações, uma antes e outra três meses após a implantação do programa de ginástica laboral. Fizeram parte do estudo 30 trabalhadores, todos do sexo masculino, com idade média de 32,4 anos. A coleta de dados foi efetuada utilizando-se um questionário englobando dados sociodemográficos e um instrumento sobre ?estado geral de saúde? (SF-36). Aplicou-se o coeficiente alfa de Cronbach com o objetivo de analisar a confiabilidade do instrumento. O teste t de Student para dados emparelhados foi utilizado para a comparação dos dados antes e depois da implantação do programa. A média (± desvio padrão) dos escores dos participantes obtidos através do instrumento sobre o estado geral de saúde foi de 76,1 ± 9,7, antes da implantação do programa, e de 82,4 ± 9,7 ao final do estudo (p=0,02). Conclui-se que os trabalhadores se auto-avaliaram como em melhor condição de saúde após a introdução da ginástica laboral na empresa.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Saúde do Trabalhador , Qualidade de Vida , Ginástica , Brasil
2.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 15(1)jan.-mar. 2007.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-482701

RESUMO

O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito em saúde de um programa de ginástica laboral através da percepção do estado geral de saúde de trabalhadores. Para tanto, realizou-se um estudo longitudinal, em que foram executadas duas observações, uma antes e outra três meses após a implantação do programa de ginástica laboral. Fizeram parte do estudo 30 trabalhadores, todos do sexo masculino, com idade média de 32,4 anos. A coleta de dados foi efetuada utilizando-se um questionário englobando dados sociodemográficos e um instrumento sobre ?estado geral de saúde? (SF-36). Aplicou-se o coeficiente alfa de Cronbach com o objetivo de analisar a confiabilidade do instrumento. O teste t de Student para dados emparelhados foi utilizado para a comparação dos dados antes e depois da implantação do programa. A média (± desvio padrão) dos escores dos participantes obtidos através do instrumento sobre o estado geral de saúde foi de 76,1 ± 9,7, antes da implantação do programa, e de 82,4 ± 9,7 ao final do estudo (p=0,02). Conclui-se que os trabalhadores se auto-avaliaram como em melhor condição de saúde após a introdução da ginástica laboral na empresa.


Assuntos
Masculino , Humanos , Ginástica , Saúde do Trabalhador , Qualidade de Vida , Brasil
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...