Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 25
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Cien Saude Colet ; 22(1): 235-244, 2017 Jan.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-28076546

RESUMO

Objective:: to describe the pharmaceutical inclusion process in a Basic Health Unit multidisciplinary team and evaluate results related to rational use and promotion of access to essential medicines. Methods:: This is a descriptive, cross-sectional study conducted in a primary care health unit in the city of São Paulo. Pharmacist's activities were evaluated regarding the service structure and organization and prescribing quality improvement, guidance method creation, and implementation of clinical pharmacy service. Data measured before and after the interventions and between 2010 and 2011 were analyzed using Pearson´s chi-square test with a significance level of 5%, and odds ratio. Results:: Pharmacist's activities had statistically significant result in drug shortage reduction; prescribing quality improvement associated with an increased proportion of prescriptions met; decrease in the total of prescribed drugs among patients receiving pharmacotherapeutic follow-up and, comparing the years 2010 and 2011, changes in the pharmacotherapy recommendations have gained increased acceptance level. Conclusions:: Pharmacist's activities may effectively provide rational use and promotion of access to essential medicines.


Assuntos
Medicamentos Essenciais/provisão & distribução , Equipe de Assistência ao Paciente/organização & administração , Assistência Farmacêutica/organização & administração , Farmacêuticos/organização & administração , Brasil , Estudos Transversais , Acesso aos Serviços de Saúde , Humanos , Assistência Farmacêutica/normas , Padrões de Prática Médica/normas , Medicamentos sob Prescrição/administração & dosagem , Atenção Primária à Saúde/organização & administração , Atenção Primária à Saúde/normas , Papel Profissional , Melhoria de Qualidade
2.
Ciênc. saúde coletiva ; 22(1): 235-244, jan. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-839900

RESUMO

Resumo O objetivo deste artigo é descrever o processo da inserção do farmacêutico na equipe de uma Unidade Básica de Saúde e os resultados na promoção do acesso e uso racional de medicamentos. Trata-se de estudo descritivo, transversal, realizado em unidade de atenção primária do município de São Paulo. As atividades do farmacêutico foram avaliadas em relação à estruturação e organização do serviço, melhoria do padrão de prescrição médica, elaboração de método de orientação e implantação de serviços farmacêuticos clínicos. A análise estatística foi realizada empregando o teste Qui-Quadrado de Pearson, com nível de significância de 5%, e o ODDs Ratio, quando comparados os períodos anterior e posterior à intervenções e resultados entre os anos de 2010 e 2011. A atuação do farmacêutico apresentou resultados estatisticamente significativos na redução da falta de medicamentos; melhora da qualidade da prescrição (com aumento do número de prescrições atendidas); redução do número de medicamentos prescritos entre os pacientes em seguimento farmacoterapêutico; e, comparando-se os anos 2010 e 2011, as recomendações de mudanças na farmacoterapia passaram a ter maior nível de aceitação. O farmacêutico contribuiu efetivamente para o acesso e a promoção do uso racional de medicamentos.


Abstract Objective: to describe the pharmaceutical inclusion process in a Basic Health Unit multidisciplinary team and evaluate results related to rational use and promotion of access to essential medicines. Methods: This is a descriptive, cross-sectional study conducted in a primary care health unit in the city of São Paulo. Pharmacist's activities were evaluated regarding the service structure and organization and prescribing quality improvement, guidance method creation, and implementation of clinical pharmacy service. Data measured before and after the interventions and between 2010 and 2011 were analyzed using Pearson´s chi-square test with a significance level of 5%, and odds ratio. Results: Pharmacist's activities had statistically significant result in drug shortage reduction; prescribing quality improvement associated with an increased proportion of prescriptions met; decrease in the total of prescribed drugs among patients receiving pharmacotherapeutic follow-up and, comparing the years 2010 and 2011, changes in the pharmacotherapy recommendations have gained increased acceptance level. Conclusions: Pharmacist's activities may effectively provide rational use and promotion of access to essential medicines.


Assuntos
Humanos , Medicamentos Essenciais/provisão & distribução , Equipe de Assistência ao Paciente/organização & administração , Assistência Farmacêutica/organização & administração , Farmacêuticos/organização & administração , Brasil , Estudos Transversais , Acesso aos Serviços de Saúde , Assistência Farmacêutica/normas , Padrões de Prática Médica/normas , Medicamentos sob Prescrição/administração & dosagem , Atenção Primária à Saúde/organização & administração , Atenção Primária à Saúde/normas , Papel Profissional , Melhoria de Qualidade
3.
Ciênc. Saúde Colet ; 22(1): 235-244, Jan. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-890130

RESUMO

Resumo O objetivo deste artigo é descrever o processo da inserção do farmacêutico na equipe de uma Unidade Básica de Saúde e os resultados na promoção do acesso e uso racional de medicamentos. Trata-se de estudo descritivo, transversal, realizado em unidade de atenção primária do município de São Paulo. As atividades do farmacêutico foram avaliadas em relação à estruturação e organização do serviço, melhoria do padrão de prescrição médica, elaboração de método de orientação e implantação de serviços farmacêuticos clínicos. A análise estatística foi realizada empregando o teste Qui-Quadrado de Pearson, com nível de significância de 5%, e o ODDs Ratio, quando comparados os períodos anterior e posterior à intervenções e resultados entre os anos de 2010 e 2011. A atuação do farmacêutico apresentou resultados estatisticamente significativos na redução da falta de medicamentos; melhora da qualidade da prescrição (com aumento do número de prescrições atendidas); redução do número de medicamentos prescritos entre os pacientes em seguimento farmacoterapêutico; e, comparando-se os anos 2010 e 2011, as recomendações de mudanças na farmacoterapia passaram a ter maior nível de aceitação. O farmacêutico contribuiu efetivamente para o acesso e a promoção do uso racional de medicamentos.


Abstract Objective: to describe the pharmaceutical inclusion process in a Basic Health Unit multidisciplinary team and evaluate results related to rational use and promotion of access to essential medicines. Methods: This is a descriptive, cross-sectional study conducted in a primary care health unit in the city of São Paulo. Pharmacist's activities were evaluated regarding the service structure and organization and prescribing quality improvement, guidance method creation, and implementation of clinical pharmacy service. Data measured before and after the interventions and between 2010 and 2011 were analyzed using Pearson´s chi-square test with a significance level of 5%, and odds ratio. Results: Pharmacist's activities had statistically significant result in drug shortage reduction; prescribing quality improvement associated with an increased proportion of prescriptions met; decrease in the total of prescribed drugs among patients receiving pharmacotherapeutic follow-up and, comparing the years 2010 and 2011, changes in the pharmacotherapy recommendations have gained increased acceptance level. Conclusions: Pharmacist's activities may effectively provide rational use and promotion of access to essential medicines.

4.
Epidemiol Serv Saude ; 25(2): 259-270, 2016.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-27869944

RESUMO

OBJECTIVE: to describe drug prescription indicators in a primary health care facility with different models of health care. METHODS: this was a descriptive study using secondary data of prescriptions with regard to quality indicators in a health facility that has three health care models: Outpatient Medical Care (OMC), Primary Health Care Unit (PHU) and Family Health Strategy (FHS) in Vila Nova Jaguaré OMC/PHU in São Paulo-SP, Brazil, from July to October 2011. RESULTS: 16,720 prescriptions were studied; the proportion of drugs provided through the Municipal List of Essential Drugs (Remume) was higher for FHS prescriptions (98.9%), compared to PHU (95.6%) and OMC (95.7%); similarly, both the use of the generic name of the drugs and the proportion of drugs provided was higher among ESF prescriptions (98.9% and 96.1%, respectively), compared with PHU (94.4 % and 92.9%) and OMC (94.0% and 92.7 %). CONCLUSION: all the prescription indicators show better results for FHS.


Assuntos
Prescrições de Medicamentos/normas , Atenção Primária à Saúde/normas , Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde , Assistência Ambulatorial/normas , Brasil , Medicamentos Essenciais
5.
Epidemiol. serv. saúde ; 25(2): 259-270, abr.-jun. 2016. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-785222

RESUMO

OBJETIVO: descrever os indicadores de prescrição de medicamentos em uma unidade de atenção primária com diferentes modelos de atenção à saúde. MÉTODOS: estudo descritivo, com dados secundários das prescrições em uma unidade com três modelos de atenção à saúde - Assistência Médica Ambulatorial (AMA); Unidade Básica de Saúde (UBS); Estratégia Saúde da Família (ESF) - AMA/UBS Vila Nova Jaguaré, São Paulo-SP, em julho-outubro/2011, sobre indicadores de qualidade. RESULTADOS: foram estudadas 16.720 prescrições; a proporção de medicamentos da Relação Municipal de Medicamentos Essenciais (Remume) foi maior em prescrições da ESF (98,9%), em relação à UBS (95,6%) e à AMA (95,7%); igualmente, tanto o emprego do nome genérico dos medicamentos quanto a proporção de medicamentos fornecidos foi superior, comparando-se as prescrições da ESF (98,9% e 96,1%, respectivamente) com as da UBS (94,4% e 92,9%) e da AMA (94,0% e 92,7%). CONCLUSÃO: todos os indicadores de prescrição apresentaram resultados melhores para a ESF.


OBJETIVO: analizar los indicadores de prescripción de medicamentos en una unidad de atención primaria con diferentes modelos de atención en salud. MÉTODOS: estudio descriptivo, transversal, en el cual se analizaron las prescripciones medicamentosas de tres modelos de atención en salud: Atención medica Ambulatoria (AMA), Unidad Básica de Salud (UBS) y Estrategia de Salud de la Familia (ESF)- en la AA/UBS Vila Nova Jaguaré/São Paulo-SP, Brasil, entre julio y octubre de 2011, a través de indicadores de calidad. RESULTADOS: se incluyeron 16.720 prescripciones, la proporción de medicamentos de la Relación Municipal de Medicamentos esenciales fue mayor en la ESF (98,0%) en relación con UBS (95,6%) y AMA (95,7%); igualmente la utilización del nombre genérica del medicamento como la proporción de medicamentos suministrados fue mayor en la ESF (98,9% y 96,1%, respectivamente), en comparación con la UBS (94,4% y 92,9%) y AMA (94,0% y 92,7%). CONCLUSIÓN: todos los indicadores muestran mejores resultados para la ESF.


OBJECTIVE: to describe drug prescription indicators in a primary health care facility with different models of health care. METHODS: this was a descriptive study using secondary data of prescriptions with regard to quality indicators in a health facility that has three health care models: Outpatient Medical Care (OMC), Primary Health Care Unit (PHU) and Family Health Strategy (FHS) in Vila Nova Jaguaré OMC/PHU in São Paulo-SP, Brazil, from July to October 2011. RESULTS: 16,720 prescriptions were studied; the proportion of drugs provided through the Municipal List of Essential Drugs (Remume) was higher for FHS prescriptions (98.9%), compared to PHU (95.6%) and OMC (95.7%); similarly, both the use of the generic name of the drugs and the proportion of drugs provided was higher among ESF prescriptions (98.9% and 96.1%, respectively), compared with PHU (94.4 % and 92.9%) and OMC (94.0% and 92.7 %). CONCLUSION: all the prescription indicators show better results for FHS.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Prescrições de Medicamentos/estatística & dados numéricos , Uso de Medicamentos , Assistência Farmacêutica , Atenção Primária à Saúde , Epidemiologia Descritiva , Indicadores de Serviços , Sistema Único de Saúde
6.
Ciênc. saúde coletiva ; 16(9): 3863-3872, set. 2011.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-600752

RESUMO

A farmácia é o estabelecimento de saúde onde são dispensados medicamentos, razão que a justifica como objeto de intervenção da vigilância sanitária. Esta utiliza variadas tecnologias para seu controle de risco. Neste estudo utilizou-se referencial da teoria do processo de trabalho em saúde com o objetivo de descrever e analisar facilidades e dificuldades encontradas no exercício da vigilância sanitária de farmácias em Salvador. Adotou-se a estratégia metodológica de estudo de caso, com categorias analíticas facilidades e dificuldades inerentes aos técnicos, farmácia, serviço de vigilância sanitária e ao meio social. Dados foram coletados por meio das técnicas de observação direta e entrevistas semiestruturadas. As falas foram tratadas por meio da análise de conteúdo. O corpus foi processado e categorizado utilizando-se o software QSR N VIVO. Depreende-se que a natureza das facilidades e dificuldades encontradas na realização das atividades de vigilância sanitária de farmácias indicam a necessidade de mudanças emergenciais no âmbito dos serviços e na cultura sanitária do país. Também aponta para a possibilidade de oferta de um serviço de qualidade na proteção da saúde, num cenário favorável ao desenvolvimento da vigilância sanitária como processo de descentralização destas ações.


Drugstores are the health establishments where medications are dispensed, which is why sanitary surveillance is justified as a means of intervention. The health department uses various technologies to control risk in drugstores. In this study we used the theory of the process of work in health as a benchmark in order to describe and analyze the strengths and difficulties encountered in sanitary surveillance in drugstores in Salvador. Case study methodological strategy was adopted, the analytical categories being facilitating factors and difficulties inherent to technicians, drugstore, sanitary surveillance service and the social environment. Data were collected through direct observation techniques and semi-structured interviews, and the findings were assessed using content analysis. The body of information was processed and categorized using QSR N VIVO software. It was revealed that the nature of the facilitating factors and difficulties found in surveillance activities of drugstores indicate the need for urgent change within the scope of services and the sanitary culture in the country. It also stresses the possibilities of offering a quality service for the protection of health, in a setting conducive to the development of sanitary surveillance and the process of decentralization of these actions.


Assuntos
Humanos , Farmácias/normas , Brasil , Prática de Saúde Pública
7.
Braz. j. pharm. sci ; 47(2): 409-420, Apr.-June 2011. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-595830

RESUMO

Brazilian scientific production on pharmaceutical care was identified based on articles indexed on the Medline, Embase, Lilacs, Web of Science and International Pharmaceutical Abstracts databases. Sixty-three articles published in both national and international journals were retrieved. With regard to authors, 72.3 percent were from the Southeast and South Regions, and 60.8 percent were affiliated to public universities. In relation to the type of studies, 85.7 percent were descriptive, and the most frequently researched fields were community pharmacies, hospitals and primary health care units. Articles were original in 65.1 percent of cases, updates in 20.6 percent, and reviews in 7.9 percent. An increase in publications commenced in 2006. In 31.7 percent of cases, authors had adopted a bibliographical study design, 28.6 percent qualitative study, 23.8 percent intervention, and 15.9 percent observational study design. The most researched subjects were elderly with chronic diseases. The importance of stimulating the conducting of experimental and qualitative studies, as well as amplifying authorship affiliated with the service area, foreign authors and with research in a wide variety of practice settings were highlighted. Despite the limited quantity of articles, an increase in their number as well as in their scope and quality is expected, so as to create further knowledge that contributes to the recognition of pharmacists' actions by patient healthcare teams.


Identificam-se características da produção científica brasileira sobre atenção farmacêutica, a partir de artigos indexados nas bases Medline, Embase, Lilacs, Web of Science e International Pharmaceutical Abstracts. Foram localizados 63 artigos em revistas nacionais e internacionais. Em relação aos autores, 72,3 por cento pertenciam as Regiões Sudeste e Sul e 60,8 por cento estavam vinculados a universidades públicas. Quanto ao tipo de pesquisa, 85,7 por cento foram descritivas, sendo campos mais pesquisados: farmácias comunitárias, hospitais e unidades básicas de saúde. Os artigos foram considerados originais (65,1 por cento), atualizações (20,6 por cento) e revisões (7,9 por cento). O aumento das publicações se deu a partir de 2006. Em 31,7 por cento dos casos os autores optaram por estudo bibliográfico, 28,6 por cento qualitativo, 23,8 por cento de intervenção e 15,9 por cento observacional. Os principais sujeitos pesquisados foram idosos com enfermidades crônicas. Aponta-se a importância de estimular a realização de estudos experimentais e qualitativos, ampliar a autoria vinculada à área de serviços, o vínculo com autores estrangeiros e a pesquisa em todos os ambientes de prática. Apesar da quantidade limitada de artigos espera-se aumento de seu número, abrangência e qualidade de forma a gerar conhecimento que contribua para o reconhecimento das ações do farmacêutico na equipe de atenção ao paciente.


Assuntos
Assistência Farmacêutica/estatística & dados numéricos , Brasil , Publicações Científicas e Técnicas , Assistência Farmacêutica , Saúde Pública/estatística & dados numéricos
8.
Ciênc. saúde coletiva ; 16(5): 2391-2400, maio 2011. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-588936

RESUMO

A farmácia é um estabelecimento de interesse da saúde onde são dispensados medicamentos, tecnologia terapêutica mais utilizada na prática médica. Este trabalho objetiva descrever e analisar a vigilância sanitária de farmácias. A partir da teoria do processo de trabalho em saúde, realizou-se um estudo sobre a vigilância sanitária em farmácias de Salvador (Bahia, Brasil), segundo as categorias analíticas agentes e atividades. Os dados foram coletados por meio da observação, análise documental e entrevistas. No processamento, utilizou-se o software QSR N Vivo. Verificou-se multiprofissionalidade no quadro técnico, profissionais com pouco tempo de serviço em vigilância sanitária de farmácias e insuficiente capacitação técnica para o exercício das atividades. Foram observadas deficiências de ordem gerencial no serviço, que ainda não incorporou práticas de planejamento e avaliação. As atividades estão direcionadas à concessão da licença sanitária, priorizando-se o atendimento à demanda espontânea, configurando um modelo tecnológico de intervenção baseado na inspeção sanitária. Revelou-se a necessidade de modernização do serviço e utilização de tecnologias diversificadas para propiciar o controle do risco, dado que a evolução tecnológica oferece medicamentos cada vez mais potentes, porém com maior grau de risco.


A drugstore is an establishment of interest in health, from which medication is dispensed, namely the therapeutic technology most broadly used in the practice of medicine. The scope of this study is to describe and analyze the sanitary surveillance of drugstores. Based on the theory of working processes in healthcare, a case study was conducted on the sanitary surveillance of drugstores in Salvador (Bahia, Brazil), examining 2 analytical categories: agents and activities. Data were collected through observation, analysis of documents and interviews, and QSR N Vivo software was used for data processing. Personnel of the surveillance service were found to have varied professional and educational backgrounds, with limited experience in the sanitary surveillance of drugstores, and insufficient technical training for the performance of the tasks assigned. Deficiencies of a managerial nature were detected in the service. Its operation is primarily focused on granting drugstore licenses, prioritizing attendance to spontaneous demand, thereby configuring a technological model of intervention based on sanitary inspection. The findings revealed a need for updating the service and the adoption of technologies to enhance control of risk, given that technological evolution provides drugs that are increasingly more potent, with a concomitant rise in levels risk.


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Assistência Farmacêutica/normas , Farmácias/normas , Brasil , Estudos de Casos Organizacionais , Assistência Farmacêutica , Assistência Farmacêutica/organização & administração
9.
Comun. ciênc. saúde ; 21(2): 125-132, 25 nov. 2010.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-619050

RESUMO

Nos últimos anos o gasto farmacêutico vem se tornando uma ameaça à sustentabilidade dos sistemas públicos de saúde em muitos países. O uso irracional de medicamentos induz ao desperdício, gera desigualdades de acesso e pode modifi car, de forma negativa, a qualidade de vida das pessoas.


Over the last years the pharmaceutical expenditure has become a menace to the sustainability of health public systems in several countries. The irrational use of medication induces waste, generates access inequalities e may modify, in a negative way, population’s quality of life.


Assuntos
Humanos , Uso de Medicamentos , Assistência Farmacêutica , Atenção Primária à Saúde
10.
Cien Saude Colet ; 15 Suppl 1: 1751-62, 2010 Jun.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-20640337

RESUMO

A qualitative research was realized to verify the occurrence and motivations for self-medication and the quality of the information rendered by pharmacies. We conducted 3 focus groups with 25 patients of a reference public health service for STD treatment in Brasília, Brazil. We used the critical discourse analysis to interpret the data obtained during interviews. The analysis revealed that self-medication was a common practice among participants, motivated mainly by discontentment with the long waiting period and the quality of the public health services. Other motivations included: previous experience with medications, advice from friends and family members and the search for an anonymous service provided at pharmacies due to embarrassment and inadequate care environment at health care services. Care provided at pharmacies was also considered unsatisfactory. Viewed essentially as a commercial establishment, pharmacies have become, yet, an easy accessible alternative. Most of participants perceived the pharmacists as ordinary employees seeking only to increase profits. The results suggest a need to improve access to health care services, as well as to render it more humane. Community pharmacies should to be turned into health establishments to participate in health education and orientation for rational drugs use.


Assuntos
Motivação , Automedicação/psicologia , Estudos de Avaliação como Assunto , Grupos Focais , Humanos
11.
Ciênc. saúde coletiva ; 15(supl.1): 1751-1762, jun. 2010.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-555710

RESUMO

A automedicação é uma prática comum que pode retardar o diagnóstico e cura e contribuir para a manutenção da cadeia de transmissão de doenças. Realizou-se pesquisa qualitativa para investigar a ocorrência da automedicação, suas motivações e a qualidade do atendimento em farmácias.O estudo realizou três grupos focais em um serviço de referência para o tratamento de DST em Brasília (DF). A análise de discurso crítica revelou que a automedicação era frequente e motivada pela insatisfação com a demora e a baixa qualidade do atendimento nos serviços de saúde. Outras motivações citadas foram a experiência prévia com medicamentos, o aconselhamento com amigos e familiares e a busca de anonimato nas farmácias.Verificou-se insatisfação com a qualidade do atendimento nas farmácias, vistas como estabelecimentos comerciais mas que se apresentam como alternativa de fácil acesso. A identidade de farmacêuticos se confunde com a dos vendedores que objetivam o lucro. Observou-se a centralidade dos medicamentos nas expectativas dos pacientes e nas práticas médicas. Os resultados sugerem a necessidade de melhorar o acesso, de resgatar a humanização do atendimento nos serviços de saúde e de transformar as farmácias em estabelecimentos de saúde, divulgadores de práticas educativas e promotores do uso racional de medicamentos.


A qualitative research was realized to verify the occurrence and motivations for self-medication and the quality of the information rendered by pharmacies. We conducted 3 focus groups with 25 patients of a reference public health service for STD treatment in Brasília, Brazil. We used the critical discourse analysis to interpret the data obtained during interviews. The analysis revealed that self-medication was a common practice among participants, motivated mainly by discontentment with the long waiting period and the quality of the public health services. Other motivations included: previous experience with medications, advice from friends and family members and the search for an anonymous service provided at pharmacies due to embarrassment and inadequate care environment at health care services. Care provided at pharmacies was also considered unsatisfactory. Viewed essentially as a commercial establishment, pharmacies have become, yet, an easy accessible alternative. Most of participants perceived the pharmacists as ordinary employees seeking only to increase profits. The results suggest a need to improve access to health care services, as well as to render it more humane. Community pharmacies should to be turned into health establishments to participate in health education and orientation for rational drugs use.


Assuntos
Humanos , Motivação , Automedicação/psicologia , Estudos de Avaliação como Assunto , Grupos Focais
12.
Espaç. saúde (Online) ; 10(2): 7-11, jun. 2009.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-528440

RESUMO

Confrontar os medicamentos novos lançados no mercado com as doenças que mais provocam mortalidade no Brasil para identificar se a necessidade de tratamento farmacológico é suprida e, por outro lado, esclarecer se há medicamentos novos desnecessários. Identificar iniciativas nacionais de pesquisa e desenvolvimento de fármacos e medicamentos. Levantamento em bases de dados de medicamentos, informações sobre mortalidade providas pelo SUS e pesquisa dirigida na literatura. Há políticas públicas em número crescente no país referentes ao acesso a medicamentos e a pesquisa e desenvolvimento de fármacos e medicamentos, mas os medicamentos novos lançados no mercado brasileiro se ajustam de forma rudimentar às necessidades de saúde pública de tratamentos farmacológicos. Assim, há doenças, como as cardiovasculares, que têm grande quantidade de medicamentos novos lançados e, outras, como hanseníase, para a qual não há tratamentos novos. Adicionalmente, a inovação terapêutica dos medicamentos novos é muito pequena, da ordem de 30%, em flagrante contraste com o esperado para medicamentos novos. São recomendadas políticas públicas para pesquisa e desenvolvimento de fármacos e medicamentos. Essas deveriam incentivar o aproveitamento das iniciativas de pesquisa e desenvolvimento de fármacos e medicamentos já existentes e estimular pesquisadores, instituições e empresas a introduzir medicamentos novos pautados nas necessidades de saúde pública para tratamentos farmacológicos, quando estes forem necessários.


To confront new drugs launched into the market with those diseases which are the cause of most deaths in Brazil with the purpose to identify if they supply the pharmacologic treatment needs and, on the other hand, to identify unnecessary new drugs. Identify national initiatives in research and development of new drugs. Search for new drugs in drug databases and mortality informationprovided by SUS and in the literature. There is an increasing number of public policies in the country related to drugs access and to research and development, but new drugs launched into the Brazilian market poorly adjust to public health needs for pharmacologic treatment. Therefore, there are diseases, like cardiovascular ones, with a large number of new drugs launched and others, like leprosy, for which there is no new pharmacologic treatment. Additionally, the therapeutic innovation of new drugs is very low, at around 30%, in sharp contrast with what isexpected for new drugs. Public policies for research and development of new drugs are proposed. These policies should use existing research and development initiatives and stimulate researchers, institutions and companies to introduce new drugs according to public health pharmacological treatment needs.


Assuntos
Medicamentos para a Atenção Básica , Política Nacional de Medicamentos , Saúde Pública , Medicamentos de Referência
13.
Rev. panam. salud pública ; 24(1): 36-45, jul. 2008. graf, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-492497

RESUMO

OBJECTIVES: To describe the new drugs marketed in Brazil during the period 2000-2004, compare the description to the country's burden of disease, and suggest initiatives capable of addressing the situation from the perspective of a developing country. METHODS: Records of new drugs were surveyed in an official drug registration database. The new drugs were categorized by Anatomical Therapeutic Chemical classification, indication, and innovation, and compared with the needs of the country's burden of disease. Data on the morbidity and mortality rates of selected diseases (diabetes, Hansen's disease, hypertension, tuberculosis) were retrieved from official documents and the literature. RESULTS: During the period investigated, 109 new drugs were launched. Most were general anti-infectives for systemic use (19), followed by antineoplastic and immunomodulating agents (16). The number of new drugs launched in 2004 was roughly one-third that of 2000. Of 65 new drugs, only one-third can be classified as innovative. Most new drugs were intended to treat noninfectious diseases that typically affect developed countries, diseases that constitute only a fraction of the country's challenges. CONCLUSIONS: A mismatch occurs between public health needs and the new drugs launched on the Brazilian market. Not only did the number of new drugs decrease in the study period, but only a few were actually new in therapeutic terms. Developing countries must acquire expertise in research and development to strengthen their capacity to innovate and produce the drugs they need.


OBJETIVOS: Describir los nuevos medicamentos lanzados al mercado en Brasil durante el período 2000-2004, comparar su descripción con la carga de enfermedades del país y recomendar iniciativas que permitan enfrentar la situación desde la perspectiva de un país en desarrollo. MÉTODOS: Se buscaron los nuevos medicamentos en una base de datos oficial de registro de medicamentos. Los nuevos medicamentos se categorizaron según la Clasificación Química Anatómico-Terapéutica (ATC), su indicación y su grado de innovación, y se compararon con las necesidades según la carga de enfermedades del país. Los datos de morbilidad y mortalidad de cuatro enfermedades seleccionadas (diabetes, enfermedad de Hansen, hipertensión y tuberculosis) se tomaron de documentos oficiales y de la literatura. RESULTADOS: En el período investigado se lanzaron al mercado 109 nuevos medicamentos. La mayoría eran antibióticos generales de uso sistémico (19), seguidos de antineoplásicos y agentes inmunomoduladores (16). El número de medicamentos nuevos lanzados en 2004 fue aproximadamente una tercera parte de los lanzados en 2000. De 65 nuevos medicamentos, solamente una tercera parte puede considerarse innovadora. La mayoría de los nuevos medicamentos estaban dirigidos a tratar enfermedades no infecciosas que por lo general afectan a los países industrializados y que constituyen una pequeña parte de los problemas que aquejan a Brasil. CONCLUSIONES: No hay correspondencia entre las necesidades de salud pública de Brasil y los nuevos medicamentos lanzados al mercado en ese país. No solamente disminuyó el número de nuevos medicamentos en el período estudiado, sino que solo unos pocos eran realmente nuevos en términos terapéuticos. Los países en desarrollo deben ganar experiencia en investigación y desarrollo para fortalecer su capacidad de innovar y producir los medicamentos que necesitan.


Assuntos
Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Preparações Farmacêuticas/provisão & distribução , Saúde Pública/estatística & dados numéricos , Brasil
14.
Cad Saude Publica ; 24(3): 577-86, 2008 Mar.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-18327445

RESUMO

A quantitative survey was conducted to analyze the type of assistance provided by pharmacy employees for cases of STDs. Simulated customer visits and interviews were conducted in 70 pharmacies in Brasilia and Taguatinga, Brazil, randomly assigned to two groups, one of which participated in educational activities on STDs. There were 411 simulated client visits to the pharmacies, with the following results: recommendation to seek medical care in 30% of cases, while in 70% of cases the pharmacy employees themselves recommended some drug treatment (although only 16.4% admitted to such practice). None of these suggested treatments was appropriate, based on the syndromic approach. Recommendations for prevention and treatment of partners were rare. Pharmacists recommended consulting a physician more frequently than attendants, and the latter recommended medicines more frequently than the former. Pharmacy workers had only superficial knowledge of STDs. After an educational intervention, none of the indicators showed a significant improvement in either group. The observations point to the need for regulation and intervention to publicize educational practices for the control of diseases like STDs and for the rational use of medicines in pharmacies.


Assuntos
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Farmacêuticos/estatística & dados numéricos , Técnicos em Farmácia/educação , Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle , Brasil , Humanos , Assistência Farmacêutica/normas , Assistência Farmacêutica/estatística & dados numéricos , Técnicos em Farmácia/estatística & dados numéricos , Doenças Sexualmente Transmissíveis/tratamento farmacológico
15.
Cad. saúde pública ; 24(3): 577-586, mar. 2008. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-476590

RESUMO

Pesquisa para investigar práticas, características dos trabalhadores e avaliar efetividade de intervenção educativa foi desenvolvida em setenta farmácias de Brasília e Taguatinga, Brasil, distribuídas em dois grupos; metade das farmácias participou de treinamento sobre DST. Realizou-se 411 visitas de pesquisadores simulando sintomas de DST, que resultaram em: encaminhamento ao médico em cerca de 30 por cento dos atendimentos; indicação de medicamentos em mais de 70 por cento dos atendimentos, embora nas entrevistas apenas 16,4 por cento afirmaram fazê-lo; nenhum tratamento indicado era adequado segundo abordagem sindrômica; recomendações preventivas e tratamento de parceiros foram pouco freqüentes; farmacêuticos recomendaram ida ao médico mais do que balconistas e estes indicaram medicamentos mais do que farmacêuticos. O conhecimento dos trabalhadores sobre DST foi considerado superficial. Após intervenção educativa nenhum dos indicadores apresentou melhora significativa em ambos os grupos. As constatações apontam a necessidade de regulamentação e de intervenção para divulgação de práticas educativas para controle de doenças como as DST e para o uso racional de medicamentos nas farmácias.


A quantitative survey was conducted to analyze the type of assistance provided by pharmacy employees for cases of STDs. Simulated customer visits and interviews were conducted in 70 pharmacies in Brasilia and Taguatinga, Brazil, randomly assigned to two groups, one of which participated in educational activities on STDs. There were 411 simulated client visits to the pharmacies, with the following results: recommendation to seek medical care in 30 percent of cases, while in 70 percent of cases the pharmacy employees themselves recommended some drug treatment (although only 16.4 percent admitted to such practice). None of these suggested treatments was appropriate, based on the syndromic approach. Recommendations for prevention and treatment of partners were rare. Pharmacists recommended consulting a physician more frequently than attendants, and the latter recommended medicines more frequently than the former. Pharmacy workers had only superficial knowledge of STDs. After an educational intervention, none of the indicators showed a significant improvement in either group. The observations point to the need for regulation and intervention to publicize educational practices for the control of diseases like STDs and for the rational use of medicines in pharmacies.


Assuntos
Uso de Medicamentos , Doenças Sexualmente Transmissíveis/terapia , Capacitação em Serviço , Comercialização de Medicamentos , Categorias de Trabalhadores , Brasil , Educação em Saúde
17.
Espaç. saúde (Online) ; 8(2): 39-43, jun. 2007.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-464829

RESUMO

A Internet tornou-se instrumento importante para a busca de informações sobre todas as áreas de conhecimento, incluindo a da saúde. Os profissionais de saúde utilizam a rede mundial de computadores para atualizar seus conhecimentos e fazer pesquisas, visando à resolução de casos clínicos. O público, em geral, também usa a Internet para obter mais conhecimentos sobre uma doença específica. Contudo, por ser um território livre, em que qualquer pessoa pode escrever e publicar conteúdo, a Internet não se constitui numa fonte completamente segura para pesquisas na área da saúde, requerendo cuidado e muito discernimento na leitura do que é disponibilizado. Considerando os sítios da Internet como uma população sujeita à análise, pode-se estudar uma amostra e medir a ocorrência de alguns aspectos selecionados que podem ser indicadores de qualidade. O presente artigo mostra o contexto atual da rede mundial de computadores como uma fonte de informação sobre saúde e os riscos a ela relacionados, além de apresentar uma nova disciplina que estuda seus determinantes e a distribuição de sua freqüência: a infodemiologia, epidemiologia da informação.


Assuntos
Epidemiologia , Gestão da Qualidade , Informação , Internet
18.
Espaç. saúde (Online) ; 7(2): 24-31, jun. 2006. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-442891

RESUMO

Na busca de corrigir e minimizar os problemas decorrentes do uso de medicamentos surge à estratégia da Atenção Farmacêutica (AF), prática voltada para o paciente, antes, durante e depois do tratamento. Este trabalho teve por objetivo identificar o interesse dos pesquisadores em AF e a tendência das pesquisas nessa área no Brasil. Realizou-se um estudo descritivo baseado em revisão de literatura, no qual foram levantados artigos em revistas científicas, resumos em anais de congressos, teses e dissertações nos anos de 1999 a 2003. O número de trabalhos sobre AF publicados no Brasil nesse período foi ascendente a partir de 2000, quando a prática da AF ganhou ênfase na profissão farmacêutica. No período de estudo foram encontradas 127 publicações: resumos em anais de congressos (68,5 por cento), artigos em periódicos (27,6 por cento), e teses/dissertações (3,9 por cento). Os assuntos mais abordados nas pesquisas foram: princípios básicos, metodologia e implantação da AF (63,0 por cento), desenvolvimento da AF em doenças de longa duração (22,8 por cento). A temática das pesquisas apresentadas em resumos de congressos e artigos em periódicos apresentou distribuição semelhante. Esta investigação revelou um crescente interesse no assunto, permitindo inferir a existência de massa crítica capaz de implantar e implementar a prática da AF no país


Assuntos
Humanos , Assistência Farmacêutica , Farmácia , Pesquisa/tendências , Brasil
19.
RBCF, Rev. bras. ciênc. farm. (Impr.) ; 38(2): 215-227, abr.-jun. 2002. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-333586

RESUMO

Em virtude do arsenal terapêutico disponível às populações, é crescente no âmbito mundial a preocupação com o uso racional dos medicamentos. Estudos de Utilização de Medicamentos, atividade da Farmacoepidemiologia, fornecem importantes informações sobre todas as fases do uso dos fármacos em uma sociedade e suas conseqüências, evidenciando como é feita a gestão saúde/doença. Neste estudo objetivou-se avaliar o uso de medicamentos na rede pública municipal de saúde de Campo Grande/, empregando a metodologia preconizada pela OMS, através dos Indicadores Selecionados de Uso de Medicamentos. Para o cálculo dos indicadores foram coletados dados em 12 unidades sanitárias...


Assuntos
Humanos , Avaliação de Medicamentos/métodos , Medicamentos Essenciais , Farmacoepidemiologia , Farmacologia , Saúde Pública , Coleta de Dados , Indicadores Básicos de Saúde
20.
Cad Saude Publica ; 18(1): 287-97, 2002.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-11910447

RESUMO

Diarrhea is a major cause of morbidity and mortality in childhood, and Brazilians rely heavily on pharmacies for the resolution of this and other health problems. To promote the rational use of both pharmaceuticals and oral rehydration therapy (ORT), an intervention study was performed in pharmacies in Southwestern Brazil. Semi-structured interviews showed oral rehydration solution, or ORS (50%), antidiarrheals (39%), trimethoprim-sulfamethoxazole (27%), and yeast (22%) to be the most frequently suggested drugs, whereas questionnaire responses were ORS (75%), trimethoprim-sulfamethoxazole (25%), and yeast (25%), thus revealing that more than one methodology is needed if reliable data are to be obtained. An educational intervention was applied to 86.7% of pharmacies, but acquisition of knowledge on management of diarrhea did not prevent pharmacy workers from suggesting antidiarrheal drugs instead of ORS alone. In order to have pharmacy workers comply with official protocols for episodes of diarrhea, interventions should include regulatory measures on drugs that are contraindicated for children, and the role of pharmacies and pharmacists should be reviewed.


Assuntos
Educação em Farmácia/métodos , Hidratação , Educação em Saúde/métodos , Promoção da Saúde/métodos , Farmacêuticos , Pré-Escolar , Diarreia/terapia , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Humanos , Lactente , Recém-Nascido , Inquéritos e Questionários
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA