Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 36
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e37461, jan.-dez. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1000343

RESUMO

Objetivo: descrever o perfil e avaliar a qualidade de vida de pessoas vivendo com HIV atendidas em serviços públicos de saúde. Métodos: estudo transversal, quantitativo com 281 pessoas vivendo com HIV atendidas em serviços públicos de saúde nos municípios do Rio de Janeiro e Niterói. Os dados foram coletados por meio de instrumento de dados socioeconômicos e clínicos e do WHOQOL-HIV bref, analisados por estatística descritiva, após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: a amostra foi composta majoritariamente por homens, renda de até dois salários mínimos e percepção positiva da saúde. A qualidade de vida foi positivamente avaliada na maioria das facetas, as maiores médias foram nos domínios: psicológico, relações sociais, espiritualidade, religião e crenças pessoais e a menor no domínio meio ambiente. Conclusão: o perfil das pessoas vivendo com HIV corrobora, os dados nacionais e a avaliação da qualidade de vida foi mais positiva do que em outros estudos.


Objective: to describe the profile and evaluate the quality of life of people living with HIV treated in public health services. Methods: in this cross-sectional, quantitative study of 281 people living with HIV treated in public health services in the municipalities of Rio de Janeiro and Niteroi, data were collected using a socioeconomic and clinical instrument and the WHOQOL-HIV brief questionnaire, and analyzed by descriptive statistics, with research ethics committee approval. Results: the sample comprised mainly men, with income of up to two minimum wages and a positive perception of their health. Most facets of quality of life were positively assessed, with the highest averages in the psychological, social relations, spirituality, religion and personal beliefs domains, and the lowest, in the environmental domain. Conclusion: the profile of people living with HIV corroborates national data, and the assessment of quality of life was more positive than in other studies.


Objetivo: describir el perfil y evaluar la calidad de vida de personas viviendo con VIH atendidas en servicios públicos de salud. Métodos: estudio transversal, cuantitativo, junto a 281 personas viviendo con VIH, atendidas en servicios públicos de salud en los municipios de Río de Janeiro y Niterói. Se han recolectado los datos mediante un instrumento de datos socioeconómicos y clínicos y del WHOQOL-HIV bref, analizados por estadística descriptiva, después de la aprobación del Comité de Ética en Investigación. Resultados: la muestra se compuso mayoritariamente de hombres, con ingresos de hasta dos salarios mínimos y percepción positiva de la salud. Se evaluó positivamente la calidad de vida en la mayoría de las facetas, los promedios más altos en los dominios: psicológico, relaciones sociales, espiritualidad, religión y creencias personales y el más bajo en el dominio medio ambiente. Conclusión: el perfil de las personas que viven con VIH corrobora con los datos nacionales y la evaluación de la calidad de vida fue más positiva que en otros estudios


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Qualidade de Vida , HIV , Soropositividade para HIV/psicologia , Enfermagem , Qualidade de Vida/psicologia , Estudos Transversais , Espiritualidade
2.
Br J Nurs ; 28(9): 580-586, 2019 May 09.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-31070973

RESUMO

BACKGROUND: a person's time perspective can be an important variable for the understanding of behaviours that interfere with the quality of life of people living with HIV. AIMS: to analyse the relationships between socio-demographic, clinical, and behavioural variables and the time perspective in Brazilians living with HIV. METHODS: a cross-sectional study was conducted with a convenience sample of 281 people living with HIV in Brazil. The time perspective was evaluated using the Zimbardo Temporal Perspective Inventory (ZTPI-25). RESULTS: the main findings indicate that people living with HIV are more oriented towards a future and positive past perspective, and that socio-demographic, clinical, and behavioural factors may influence the different temporal perspective constructs in people living with HIV. CONCLUSION: health professionals can use the results of the present study to support strategies that encourage individuals living with HIV to self-care and lead healthier lives.


Assuntos
Infecções por HIV/psicologia , Infecções por HIV/terapia , Percepção do Tempo , Adulto , Brasil , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Qualidade de Vida , Autocuidado/psicologia , Inquéritos e Questionários
3.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 26(4): 439-445, out.-dez. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-984147

RESUMO

Resumo Introdução A tuberculose permanece como problema de saúde pública, por isso os serviços de saúde possuem um papel fundamental para a detecção precoce de casos e para as ações promocionais e preventivas. Assim, a orientação e a integração adequadas da rede assistencial nos diversos níveis de atenção são indispensáveis para assegurar assistência contínua e integral. Objetivo Comparar a perspectiva de enfermeiros e médicos sobre o desempenho dos serviços de saúde na coordenação e no elenco de serviços oferecidos ao paciente com tuberculose, no âmbito da 15ª Regional de Saúde do Paraná. Método Estudo avaliativo, com 134 profissionais de saúde. Os dados foram coletados de junho a setembro de 2013, utilizando uma adaptação do Primary Care Assessment Tool. Para cada variável, foi determinado um escore médio, submetido à análise de variância. Resultados O elenco de serviços obteve escore regular (a oferta de vale-transporte e de cestas básicas foi insatisfatória na perspectiva dos profissionais). A coordenação foi satisfatória, porém o fluxo de informações entre a referência e a contrarreferência foi regular. Conclusão O elenco de serviços disponibilizados ao usuário ainda não contempla uma assistência integral, e a coordenação e a integração dos serviços de referência e de contrarreferência são necessárias para a resolutividade dos problemas dos usuários.


Abstract Background Tuberculosis remains a public health problem and health services plays a key role in the early detection of cases and in promotional and preventive actions. Thus, the orientation and integration of the healthcare network are essential for a continuous and integral care. Objective To compare the perspective of nurses and physicians on the performance of health services in coordination and services provided to patients with tuberculosis in the context of the 15th Regional Health of Paraná. Method Evaluative study involving 134 health professionals. The data were collected between June to September 2013, using an adaptation of the Primary Care Assessment Tool. For each variable was given a mean score, subjected to analysis of variance. Results The services provided obtained regular score; the provision of transportation vouchers and food baskets were unsatisfactory from the perspective of professionals. The coordination was satisfactory score, but the flow of information between the reference and counter-reference was considered regular. Conclusion The services provided to the user not cast also includes comprehensive care and the coordination and integration of reference and counter-reference services are necessary for the resolution of user problems.

4.
Rev. enferm. UERJ ; 26: e34277, jan.-dez. 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1004052

RESUMO

Objetivo: analisar a autoproteção profissional e pessoal na rede de representações sociais do HIV/AIDS, na perspectiva dos profissionais de enfermagem. Método: estudo qualitativo pautado na Teoria das Representações Sociais, em sua abordagem processual. Participaram 36 profissionais de enfermagem atuantes em programas de HIV/AIDS no Rio de Janeiro. Resultados: os conteúdos das representações se organizaram em cinco categorias reveladoras das facetas psicossociais da autoproteção: Medidas de proteção no cuidado à pessoa vivendo com HIV; O conhecimento e o medo de exposição ao HIV determinando a autoproteção pessoal e profissional; Comportamento sexual e uso de preservativo: facetas da autoproteção contra o HIV; A educação em saúde e a capacitação profissional como estratégias de autoproteção pessoal e profissional; O cuidado à pessoa vivendo com HIV mediando a autoproteção profissional. Conclusão:para adoção da autoproteção no cotidiano laboral e de vida pessoal dos profissionais é preciso que se percebam vulneráveis e integrem os conhecimentos apreendidos com as representações constituídas.


Objective: to examine the professional and personal self-protection in the network of HIV/AIDS's social representations from the perspective of nursing professionals. Method: qualitative study based on the theory of social representations in its processual approach. Participants were 36 nursing professionals working in HIV/AIDS programs in Rio de Janeiro. Results: the contents of the representations were organized into five categories revealing the psychosocial aspects of self-protection: Protective measures in caring for people living with HIV; Knowledge and fear of exposure to HIV determining personal and professional self-protection; Sexual behavior and condom use: aspects of self-protection against HIV; Health education and professional training as strategies for personal and professional self-protection; The care for people living with HIV mediating professional self-protection. Conclusion: for adopting self-protection in the professionals' daily work and personal life, it is necessary to perceive themselves as vulnerable and to integrate the knowledge learned with the constituted representations.


Objetivo: analizar la autoprotección profesional y personal en la red de representaciones sociales del VIH / SIDA, en la perspectiva de los profesionales de enfermería. Método: estudio cualitativo basado en la Teoría de Representaciones Sociales en su enfoque procesal. Participaron 36 profesionales de enfermería actuantes en el programa de VIH/SIDA en Río de Janeiro. Resultados: los contenidos de las representaciones se organizaron en cinco categorías reveladoras de las facetas psicosociales de la autoprotección: Medidas de protección en el cuidado a la persona viviendo con VIH; El conocimiento y el miedo a la exposición al VIH determinando la autoprotección personal y profesional; Comportamiento sexual y uso de preservativo: facetas de la autoprotección personal contra el VIH; La educación en salud y la capacitación profesional como estrategias de autoprotección personal y profesional; El cuidado a la persona que vive con el VIH mediando la autoprotección profesional. Conclusión: para la adopción de la autoprotección en el cotidiano laboral y de vida personal de los profesionales es preciso que se perciban vulnerables e integren los conocimientos incautados con las representaciones constituidas.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Prevenção Primária , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/prevenção & controle , HIV , Pessoal de Saúde , Cuidados de Enfermagem , Pesquisa Metodológica em Enfermagem , Prevenção de Doenças , Equipamento de Proteção Individual
5.
Ciênc. Saúde Colet ; 23(1): 241-248, Jan. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-890500

RESUMO

Resumo O objetivo foi analisar a tendência da mortalidade por tuberculose no Paraná, no período de 1998 a 2012, segundo macrorregionais de saúde, sexo e faixa etária. Estudo ecológico de séries temporais, com dados do Sistema de Informações de Mortalidade do Sistema Único de Saúde (SIM/SUS). A análise da tendência dos coeficientes de mortalidade padronizados foi realizada por meio de regressão linear segmentada com identificação dos pontos com modificação da tendência. Houve 847 mortes de residentes no Paraná, no período. Inicialmente, a tendência foi decrescente para o estado, com posterior incremento significativo apenas para a macrorregional Leste. A mortalidade por tuberculose apresentou tendência crescente para as faixas etárias de 20 a 39 anos e 40 a 49 anos, e para o sexo masculino. A tendência crescente da mortalidade por tuberculose, observada a partir de 2010, é um alerta para gestores aprimorarem o atendimento nos diversos níveis de atenção à saúde.


Abstract The objective was to analyze the trend in tuberculosis mortality in Paraná from 1998 to 2012, according to healthcare macro-region-al, gender and age. Ecological study of time series data with the system of the Unified System Mortality Information Health (SIM/SUS). Trend analysis of standardized mortality rates was performed by linear regression segmented identifying the points with the change trend. There were 847 deaths of residents in Paraná in the period. The trend was initially declining to state, with subsequent significant increase only for the macro-regional East. Mortality from tuberculosis showed growing trend for the age groups 20-39 years and 40-49 years and for males. The growing trend in tuberculosis mortality was observed from 2010 is a warning to managers honing the service at different levels of health care.

6.
Cien Saude Colet ; 23(1): 241-248, 2018 Jan.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-29267827

RESUMO

The objective was to analyze the trend in tuberculosis mortality in Paraná from 1998 to 2012, according to healthcare macro-region-al, gender and age. Ecological study of time series data with the system of the Unified System Mortality Information Health (SIM/SUS). Trend analysis of standardized mortality rates was performed by linear regression segmented identifying the points with the change trend. There were 847 deaths of residents in Paraná in the period. The trend was initially declining to state, with subsequent significant increase only for the macro-regional East. Mortality from tuberculosis showed growing trend for the age groups 20-39 years and 40-49 years and for males. The growing trend in tuberculosis mortality was observed from 2010 is a warning to managers honing the service at different levels of health care.


Assuntos
Programas Nacionais de Saúde , Tuberculose/mortalidade , Adolescente , Adulto , Distribuição por Idade , Brasil/epidemiologia , Criança , Pré-Escolar , Feminino , Humanos , Lactente , Modelos Lineares , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Mortalidade/tendências , Distribuição por Sexo , Tuberculose/epidemiologia , Adulto Jovem
7.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 25(4): 483-490, out.-dez. 2017. graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-890036

RESUMO

Resumo Objetivo Analisar a representação social do acesso ao sistema de saúde, antes e depois da implantação do Sistema Único de Saúde, na visão dos profissionais de saúde e dos usuários. Métodos Estudo pautado na Teoria das Representações Sociais, desenvolvido em seis instituições de saúde no município do Rio de Janeiro. A amostra de conveniência foi composta por 102 profissionais de saúde e 104 usuários. A coleta de dados foi realizada entre 2009 e 2010, por meio de entrevistas semidirigidas e a análise do corpus foi realizada pela técnica de análise lexical mecanizada, no software Alceste. Resultados As unidades de contexto elementares foram divididas em dois grandes blocos temáticos, que discutem a saúde como direito de todos e dever do Estado. Os entrevistados apontam diferenças entre o antes e o depois da implantação do novo sistema de saúde, que assegura o acesso a todos, independentemente do vínculo empregatício, porém consideram tal característica como responsável pela demanda excessiva e demora no atendimento. Conclusão A dimensão das atitudes da representação mostra um posicionamento negativo frente às dificuldades de implementação do sistema e positivo diante dos direitos conquistados, além do conhecimento fragmentado dos princípios do Sistema Único de Saúde.


Abstract Objective To analyze the social representation of access to the health system, before and after the implantation of the Unified Health System, in the view of health professionals and users. Methods A study based on the Theory of Social Representations, developed in six health institutions in the city of Rio de Janeiro. The convenience sample consisted of 102 health professionals and 104 users. Data collection was carried out between 2009 and 2010 through the technique of semi-directed interviews and the analysis of the corpus performed by the mechanized lexical analysis technique, by the software Alceste. Results The elementary context units were divided into two major thematic blocks, which discuss health as the right of all and the duty of the state. The interviewees point out differences before and after the implementation of the new health system, which ensures access to all, regardless of the employment relationship, but consider this characteristic as responsible for excessive demand and delay in care. Conclusion The dimension of the attitudes of the representation shows a negative position in front of the difficulties of implementation of the system and positive in front of the rights conquered, besides a fragmented knowledge of the principles of the Unified Health System.

8.
Texto & contexto enferm ; 26(3): e0230014, 2017.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-904252

RESUMO

RESUMO Objetivo: conhecer os aspectos que influenciam o acesso ao diagnóstico de tuberculose e na ótica dos profissionais de saúde. Método: estudo descritivo, exploratório, qualitativo. Os dados foram coletados nos meses de junho e julho de 2013, por meio de entrevistas semiestruturadas, com 20 enfermeiros e dez médicos atuantes no controle da tuberculose nos municípios pertencentes a 15ª Regional de Saúde do Paraná e, posteriormente, submetidos à análise de conteúdo, modalidade temática. Resultados: emergiram três categorias que mostram os fatores que influenciam positivamente o acesso ao diagnóstico, as fragilidades neste acesso e as características da organização deste serviço. Aponta ainda que a atuação da Estratégia Saúde da Família favorece o diagnóstico precoce, embora os profissionais relatem dificuldades para identificar os pacientes com sinais e sintomas da doença, seja por despreparo ou por falta de conhecimento da população sobre a doença. Conclusão: considera-se imprescindível informar a comunidade sobre a doença e fortalecer o trabalho multiprofissional.


RESUMEN Objetivo: conocer los aspectos que influyen en el acceso al diagnóstico de tuberculosis, en la óptica de los profesionales de salud. Método: estudio descriptivo, exploratorio, cualitativo. Los datos fueron recolectados en los meses de junio y julio de 2013, por medio de entrevistas semiestructuradas, con 20 enfermeros y diez médicos actuantes en el control de la tuberculosis en las municipalidades pertenecientes a la 15a Área de Salud de Paraná (Brasil) y, posteriormente, sometidos a análisis de contenido en la modalidad temática. Resultados: emergieron tres categorías que muestran los factores que influyen positivamente en el acceso y las características de la organización de este servicio. Apunta además, que la actuación de la Estrategia Saúde da Família favorece el diagnostico precoz, aunque los profesionales relaten dificultades para identificar a los pacientes con señales y síntomas de enfermedad, sea por falta de preparo o por falta de conocimiento de la población sobre la enfermedad. Conclusión: se considera imprescindible informar a la comunidad sobre la enfermedad y fortalecer el trabajo multiprofesional.


ABSTRACT Objective: to understand the aspects that influence the access to the diagnosis of tuberculosis. from the point of view of health professionals. Method: a exploratory descriptive, qualitative study. The data were collected between June and July 2013, through semi-structured interviews, with 20 nurses and ten physicians in charge of tuberculosis cases in the municipalities belonging to the 15th Health Region of Paraná (Brazil) and subsequently submitted to content analysis, thematic modality. Results: three categories emerged which show the factors that positively influence access to diagnosis, the difficulty in this access and the characteristics of the organization of this service. It also points out that the Estratégia Saúde da Família's performance favors early diagnosis, although professionals report difficulties in identifying patients with signs and symptoms of the disease, either due to lack of preparation or lack of knowledge about the disease. Conclusion: therefore, it is considered essential to inform the community about the disease and to strengthen multi-professional work.

9.
Texto & contexto enferm ; 26(3): e0230014, 2017.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-904218

RESUMO

RESUMO Objetivo: conhecer os aspectos que influenciam o acesso ao diagnóstico de tuberculose e na ótica dos profissionais de saúde. Método: estudo descritivo, exploratório, qualitativo. Os dados foram coletados nos meses de junho e julho de 2013, por meio de entrevistas semiestruturadas, com 20 enfermeiros e dez médicos atuantes no controle da tuberculose nos municípios pertencentes a 15ª Regional de Saúde do Paraná e, posteriormente, submetidos à análise de conteúdo, modalidade temática. Resultados: emergiram três categorias que mostram os fatores que influenciam positivamente o acesso ao diagnóstico, as fragilidades neste acesso e as características da organização deste serviço. Aponta ainda que a atuação da Estratégia Saúde da Família favorece o diagnóstico precoce, embora os profissionais relatem dificuldades para identificar os pacientes com sinais e sintomas da doença, seja por despreparo ou por falta de conhecimento da população sobre a doença. Conclusão: considera-se imprescindível informar a comunidade sobre a doença e fortalecer o trabalho multiprofissional.


RESUMEN Objetivo: conocer los aspectos que influyen en el acceso al diagnóstico de tuberculosis, en la óptica de los profesionales de salud. Método: estudio descriptivo, exploratorio, cualitativo. Los datos fueron recolectados en los meses de junio y julio de 2013, por medio de entrevistas semiestructuradas, con 20 enfermeros y diez médicos actuantes en el control de la tuberculosis en las municipalidades pertenecientes a la 15a Área de Salud de Paraná (Brasil) y, posteriormente, sometidos a análisis de contenido en la modalidad temática. Resultados: emergieron tres categorías que muestran los factores que influyen positivamente en el acceso y las características de la organización de este servicio. Apunta además, que la actuación de la Estrategia Saúde da Família favorece el diagnostico precoz, aunque los profesionales relaten dificultades para identificar a los pacientes con señales y síntomas de enfermedad, sea por falta de preparo o por falta de conocimiento de la población sobre la enfermedad. Conclusión: se considera imprescindible informar a la comunidad sobre la enfermedad y fortalecer el trabajo multiprofesional.


ABSTRACT Objective: to understand the aspects that influence the access to the diagnosis of tuberculosis. from the point of view of health professionals. Method: a exploratory descriptive, qualitative study. The data were collected between June and July 2013, through semi-structured interviews, with 20 nurses and ten physicians in charge of tuberculosis cases in the municipalities belonging to the 15th Health Region of Paraná (Brazil) and subsequently submitted to content analysis, thematic modality. Results: three categories emerged which show the factors that positively influence access to diagnosis, the difficulty in this access and the characteristics of the organization of this service. It also points out that the Estratégia Saúde da Família's performance favors early diagnosis, although professionals report difficulties in identifying patients with signs and symptoms of the disease, either due to lack of preparation or lack of knowledge about the disease. Conclusion: therefore, it is considered essential to inform the community about the disease and to strengthen multi-professional work.

10.
Rev. enferm. UERJ ; 24(1): e8425, jan.-fev. 2016.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-947071

RESUMO

Objetivo: conhecer a opinião dos profissionais de saúde sobre o tratamento diretamente observado da tuberculose. Método: estudo descritivo de natureza qualitativa, realizado com enfermeiros e médicos que atuam na atenção primária em 15 municípios que integram a 15ª Regional de Saúde do Paraná. Os dados foram coletados nos meses de junho e julho de 2013, por meio de entrevistas semiestruturadas. Utilizou-se análise de conteúdo, o que deu origem à categoria Tratamento diretamente observado: potencialidades e fragilidades. Foram entrevistados 20 enfermeiros e 10 médicos que atuam em ações de controle da tuberculose. Resultados: embora o tratamento diretamente observado não esteja implantado em todos os municípios, devido ao baixo número de casos, os profissionais reconhecem sua importância. Contudo, existem dificuldades para a implementação dessa estratégia, como a falta de tempo, de recursos humanos e de transporte. Conclusão: neste sentido, é imprescindível a melhoria da organização e oferta de serviços de saúde.


Objective: to discover the opinions of directly observed treatment for tuberculosis. Method: qualitative, descriptive study held by primary care nurses and doctors in the 15 municipalities that make up the 15th Health Region of Paraná State. Data were collected by semi-structured interviews of 20 nurses and 10 physicians working in tuberculosis control actions in June and July 2013. Content analysis yielded the category Directly observed treatment: strengths and weaknesses. Results: although, due to the low number of cases, directly observed treatment is not implemented in all municipalities, practitioners do recognize its importance. However, difficulties in implementing the strategy include lack of time, human resources and transport. Conclusion: in this regard, it is essential to improve health service organization and delivery.


Objetivo: conocer la opinión de los profesionales de salud sobre el tratamiento directamente observado de la tuberculosis. Método: estudio descriptivo, cualitativo, realizado junto a enfermeros y médicos que trabajan en la atención primaria en 15 ciudades que componen la 15ª Regional de Salud de Paraná. Los datos fueron recolectados en junio y julio de 2013, a través de entrevistas semiestructuradas. Se ha utilizado el análisis de contenido, lo que originó la categoría Tratamiento Directamente Observado: fortalezas y debilidades. Fueron entrevistados 20 enfermeros y 10 médicos que trabajan en las acciones de control de la tuberculosis. Resultados: aunque el tratamiento directamente observado no se haya implementado en todos los municipios, debido al bajo número de casos, los profesionales están conscientes de su importancia. Sin embargo, existen dificultades en la aplicación de esa estrategia: falta de tiempo, de recursos humanos y de transporte. Conclusión: en este sentido, es esencial la mejora de la organización y la prestación de servicios de salud.


Assuntos
Humanos , Atenção Primária à Saúde , Tuberculose , Enfermagem , Terapia Diretamente Observada , Equipe de Assistência ao Paciente , Tuberculose/tratamento farmacológico , Tuberculose/terapia , Análise Qualitativa , Epidemiologia Descritiva , Estratégia Saúde da Família
11.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 7(4): 3305-3316, out.-dez. 2015.
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-27195

RESUMO

Objective: to understand how the chronic patient feels the fact of being dependent on daily care. Method: this is a descriptive, exploratory and qualitative study, conducted with 12 chronic patients assisted by anextension project. Data were collected in the period April-November 2011 through interviews guided by there search question: “How do you feel to need care from your family?” and subjected to content analysis. Results: categories emerged: “Participation of people with chronic conditions in the family”; “Family care dependency: autonomy threatened”; “Family Distancing: it is not just living in the same environment”. Participants revealed feeling excluded from family decisions, bothered by relying on care and often refer to loneliness. Conclusion: the progression of chronic diseases, which is generally associated with reliance on care, often requires a family restructuring and redefinition of roles, changing the routine and family dynamics.(AU)


Objetivo: apreender como o doente crônico sente o fato de ser dependente de cuidados cotidianos. Método: trata-se de um estudo descritivo, exploratório, de natureza qualitativa, realizado com 12 doentes crônicos assistidos por um projeto de extensão. Os dados foram coletados no período de abril a novembro de 2011por meio de entrevista guiada pela questão norteadora: “Como você se sente por precisar de cuidados de seus familiares?” e submetidos à Análise de Conteúdo. Resultados: emergiram as seguintes categorias: “Participação da pessoa em condição crônica na família”; “Dependência de cuidado familiar: autonomia ameaçada”; “Distanciamento familiar: não basta conviver no mesmo ambiente”. Os participantes revelaram se sentirem excluídos das decisões familiares, incomodados por depender de cuidados e muitas vezes referiram solidão. Conclusão: a progressão das doenças crônicas, que geralmente está associada à dependência de cuidado, exige, muitas vezes, uma reestruturação familiar e uma redefinição de papéis, alterando a rotina e a dinâmica familiar.(AU)


Objetivo: aprehender cómo se siente el paciente crónico al hecho de depender de cuidado diario. Método: se trata de un estudio exploratorio descriptivo, cualitativo, realizado con 12 pacientes crónicos con la asistencia de un proyecto de extensión. Los datos fueron recolectados en el período abril-noviembre 2011 através de entrevistas guiadas por la pregunta de investigación: "¿Cómo se siente de necesitar cuidados de sus familias?" y sometidos a análisis de contenido. Resultados: surgieron categorías: “La participación de las personas con enfermedades crónicas en la familia”; “La dependencia de la atención a la familia: la autonomía amenazada”; “Distanciamiento Familiar: no basta sólo vivir en el mismo entorno”. Los participantes revelaron que se sienten excluidos de las decisiones del hogar, molestados por depender de la atención y con frecuencia se muestran con soledad. Conclusión: la progresión de las enfermedades crónicas, que generalmente se asocian con la dependencia de la atención, a menudo requiere una reestructuración de la familia y la redefinición de los papeles, el cambio de la dinámica de rutina y de la familia.(AU)


Assuntos
Humanos , Doença Crônica/psicologia , Assistência Domiciliar , Serviços de Assistência Domiciliar , Limitação da Mobilidade , Brasil
12.
Acta paul. enferm ; 28(2): 113-119, Mar-Apr/2015. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-745716

RESUMO

Objetivo Conhecer a prevalência, os fatores comportamentais e comorbidades associadas às complicações microvasculares decorrentes do diabetes mellitus. Métodos Estudo transversal realizado com 318 pessoas com diabetes mellitus tipo 2, abordados por inquérito telefônico. Na coleta de dados foi utilizado questionário padronizado tendo sido acrescentadas as comorbidades e para análise, o Qui-Quadrado de Pearson. Resultados Mais da metade dos participantes (53,8%) referiu apresentar complicações microvasculares e as mais frequentes foram as oftalmológicas (42,8%), vasculares (14,5%) e renais (12,9%). Dentre os fatores associados às complicações destacam-se o número inadequado de refeições (49,8%), não prática de atividade física (50,6%), uso de cigarro (32,4%), adição de sal na comida pronta (86,4%) e hipertensão (58,3%). Conclusão A prevalência de complicações microvasculares decorrentes do diabetes mellitus foi de 53,8%, tendo como fatores comportamentais o número de refeições por dia, prática de atividade física, uso de cigarro, adição de sal na comida pronta e comorbidade, a hipertensão arterial. .


Objective To know the prevalence, behavioral factors and comorbidities associated with microvascular complications in diabetes mellitus. Methods Cross-sectional study with 318 people with type 2 diabetes mellitus, approached by telephone survey. A standardized questionnaire was used for data collection, the comorbidities were added and for the analysis, the Person chi-square test. Results More than half of participants (53.8%) reported that microvascular complications were present and the most frequent were ophthalmologic (42.8%), vascular (14.5%) and kidney (12.9%). Among the factors associated with complications, we highlight the inadequate number of meals (49.8%), no physical activity (50.6%), smoking (32.4%), addition of salt to ready to eat foods (86.4%) and hypertension (58.3%). Conclusion The prevalence of microvascular complications of diabetes mellitus was 53.8%, and behavioral factors as the number of meals per day, physical activity, smoking, addition of salt to ready to eat food and comorbidity, hypertension. .

13.
Acta paul. enferm ; 28(2): 113-119, Mar-Apr/2015. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-758723

RESUMO

Conhecer a prevalência, os fatores comportamentais e comorbidades associadas às complicações microvasculares decorrentes do diabetes mellitus. Métodos Estudo transversal realizado com 318 pessoas com diabetes mellitus tipo 2, abordados por inquérito telefônico. Na coleta de dados foi utilizado questionário padronizado tendo sido acrescentadas as comorbidades e para análise, o Qui-Quadrado de Pearson. Resultados Mais da metade dos participantes (53,8%) referiu apresentar complicações microvasculares e as mais frequentes foram as oftalmológicas (42,8%), vasculares (14,5%) e renais (12,9%). Dentre os fatores associados às complicações destacam-se o número inadequado de refeições (49,8%), não prática de atividade física (50,6%), uso de cigarro (32,4%), adição de sal na comida pronta (86,4%) e hipertensão (58,3%). Conclusão A prevalência de complicações microvasculares decorrentes do diabetes mellitus foi de 53,8%, tendo como fatores comportamentais o número de refeições por dia, prática de atividade física, uso de cigarro, adição de sal na comida pronta e comorbidade, a hipertensão arterial...


To know the prevalence, behavioral factors and comorbidities associated with microvascular complications in diabetes mellitus. Methods Cross-sectional study with 318 people with type 2 diabetes mellitus, approached by telephone survey. A standardized questionnaire was used for data collection, the comorbidities were added and for the analysis, the Person chi-square test. Results More than half of participants (53.8%) reported that microvascular complications were present and the most frequent were ophthalmologic (42.8%), vascular (14.5%) and kidney (12.9%). Among the factors associated with complications, we highlight the inadequate number of meals (49.8%), no physical activity (50.6%), smoking (32.4%), addition of salt to ready to eat foods (86.4%) and hypertension (58.3%). Conclusion The prevalence of microvascular complications of diabetes mellitus was 53.8%, and behavioral factors as the number of meals per day, physical activity, smoking, addition of salt to ready to eat food and comorbidity, hypertension...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso de 80 Anos ou mais , Adulto Jovem , Comportamento , Comorbidade , Complicações do Diabetes , /epidemiologia , Estudos Transversais
14.
Cien Saude Colet ; 20(3): 761-70, 2015 Mar.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-25760116

RESUMO

The scope of this article is to estimate the prevalence of microvascular complications of self-reported type 2 diabetes and the association with sociodemographic characteristics, nutritional status, treatment given and time since diagnosis. It involved a cross-sectional study with 318 people with type 2 diabetes living in Maringá in the State of Paraná. A telephone survey of self-reported morbidity was conducted in the months from January to June 2012. For the analysis descriptive statistics, univariate and multiple logistic regression were used. The prevalence of self-reported complications of diabetes was 53.8%, the most frequent being retinopathy (42.8%), followed by peripheral neuropathy (14.5%) and nephropathy (12.9%). The variables associated with the presence of complications were age (p = 0.008), overweight/obesity (p = 0.002), insulin (p < 0.001), insulin use linked to oral antidiabetic drug (p = 0.003) and time since diagnosis (p = 0.013). The prevalence of self-reported microvascular complications for people with diabetes was high, being more frequent among those of more advanced age, with inadequate nutritional status, a delay in diagnosis of the disease and those who were using insulin alone or in combination with oral antidiabetic agents.


Assuntos
Diabetes Mellitus Tipo 2/complicações , Angiopatias Diabéticas/etiologia , Adulto , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Estudos Transversais , Diabetes Mellitus Tipo 2/diagnóstico , Angiopatias Diabéticas/diagnóstico , Feminino , Humanos , Masculino , Microvasos , Pessoa de Meia-Idade , Estudos Prospectivos , Autorrelato , Telefone , Adulto Jovem
15.
Rev Esc Enferm USP ; 49(1): 61-8, 2015 Feb.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-25789643

RESUMO

OBJECTIVE: To assess the association of sociodemographic and self-rated health in the presence of cardiovascular diseases and the association of this perception with the type of disease. METHODS: A cross-sectional population survey study carried out with 1,232 individuals aged between 20 and 59 years of both genders living in the metropolitan region of Maringá-PR. Data were analyzed using multiple and simple logistic regression. RESULTS: In multivariate analysis, the age range and self-rated health were associated with cardiovascular disease, and in the univariate analysis self-rated regular health was associated with arterial hypertension, while self-rated poor health was associated to heart failure, stroke, and to acute myocardial infarction (heart attack). CONCLUSION: The differences in association of self-rated health with these diseases can indicate how individuals with certain characteristics cope with the disease, allowing for more individualized and specific health care.


Assuntos
Doenças Cardiovasculares , Autoavaliação Diagnóstica , Autorrelato , Adulto , Doenças Cardiovasculares/diagnóstico , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Fatores Socioeconômicos , Adulto Jovem
16.
REME rev. min. enferm ; 19(1): 55-59, jan.-mar. 2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-768467

RESUMO

O objetivo foi conhecer o papel das avós no processo de cuidado a filhos de mães adolescentes. Estudo descritivo de natureza qualitativa,realizado em Maringá-PR com mães adolescentes que continuaram residindo com seus pais após o nascimento do filho, independentemente deterem ou não companheiro. As adolescentes foram identificadas a partir das fichas de crianças incluídas no Programa de Vigilância do RecémNascidode Risco. Os dados foram coletados nos meses de abril e maio de 2010, por meio de entrevistas semiestruturadas, previamente agendadase realizadas no domicílio. Das 14 entrevistadas, apenas uma já era mãe pela segunda vez. A partir dos depoimentos obtidos, emergiram duascategorias temáticas: o suporte oferecido pelas avós no processo de cuidado ao recém-nascido na maternidade adolescente e a necessidade decuidado compartilhado entre duas gerações. Os dados evidenciaram empenho das avós em preparar a mãe adolescente para o cuidado rotineiroao filho, todavia, algumas orientações eram influenciadas por crendices e por vivências anteriores. Porém, a insegurança das mães adolescentesem relação aos cuidados ao filho, em alguns casos, permitiu que as avós passassem a assumir o papel de mãe. Conclui-se que as avós oferecemsuporte positivo no processo de cuidado a filhos de mães adolescentes, mesmo que este seja influenciado por crendices.


The study objective is to identify the role of grandmother in the care of children of adolescent mothers. It is a descriptive qualitative study carried out inthe city of Maringá with adolescent mothers who continued living with their parents after their child’s birth, regardless of whether or not they were in arelationship. The study subjects were identified from data of the New-born At Risk Surveillance Programme. Data were collected in April and May 2010,through semi-structured previously scheduled interviews held at home. Out of the 14 teenagers interviewed, one was already a mother. From the interviews,two thematic categories emerged: the support provided by grandmothers in the care of babies of adolescent mothers; and the need of shared care betweentwo generations. Data demonstrated that grandmothers were committed to training the mother for the baby care routine; however, some advice wasinfluenced by popular beliefs and previous experiences. In some cases, the adolescents’ lack of confidence led grandmothers to assume the mother’s role.We conclude that grandmothers provide positive support in the care of children of adolescent mothers, even when they are influenced by popular beliefs.


El objetivo del presente estudio fue identificar el papel de las abuelas en el proceso de cuidado de hijos de madres adolescentes. Se trata de un estudio cualitativodescriptivo realizado en Maringá -PR con madres adolescentes que seguían viviendo con sus padres después del nacimiento del niño, independientemente deseguir viviendo o no con el compañero. Las adolescentes fueron identificadas a partir de los registros de los niños incluidos en el Programa de Vigilancia de Riesgodel Recién Nacido. Los datos fueron recogidos en abril y mayo de 2010, a través de entrevistas semi-estructuradas, programadas previamente y realizadas en elhogar. De las 14 entrevistadas, sólo una era madre por segunda vez. A partir de las evidencias, se obtuvieron dos categorías temáticas: apoyo de las abuelas en elproceso de cuidado de bebés en la maternidad adolescente y necesidad de atención compartida entre las dos generaciones. Los datos mostraron el compromisode las abuelas para enseñarles a las adolescentes a cuidar a sus niños y también que algunas de sus orientaciones estaban influenciadas por creencias yexperiencias previas. Sin embargo, en algunos casos, la inseguridad de las madres adolescentes permitió que las abuelas asumiesen el papel de madre. Se llega ala conclusión que las abuelas ofrecen un respaldo positivo en el cuidado de los hijos de madres adolescentes, aunque influyan otras creencias.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Adolescente , Cuidado da Criança , Relações Familiares , Relações Mãe-Filho , Gravidez na Adolescência
17.
Ciênc. saúde coletiva ; 20(3): 761-770, 03/2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-742238

RESUMO

The scope of this article is to estimate the prevalence of microvascular complications of self-reported type 2 diabetes and the association with sociodemographic characteristics, nutritional status, treatment given and time since diagnosis. It involved a cross-sectional study with 318 people with type 2 diabetes living in Maringá in the State of Paraná. A telephone survey of self-reported morbidity was conducted in the months from January to June 2012. For the analysis descriptive statistics, univariate and multiple logistic regression were used. The prevalence of self-reported complications of diabetes was 53.8%, the most frequent being retinopathy (42.8%), followed by peripheral neuropathy (14.5%) and nephropathy (12.9%). The variables associated with the presence of complications were age (p = 0.008), overweight/obesity (p = 0.002), insulin (p < 0.001), insulin use linked to oral antidiabetic drug (p = 0.003) and time since diagnosis (p = 0.013). The prevalence of self-reported microvascular complications for people with diabetes was high, being more frequent among those of more advanced age, with inadequate nutritional status, a delay in diagnosis of the disease and those who were using insulin alone or in combination with oral antidiabetic agents.


O objetivo deste artigo é estimar a prevalência de complicações microvasculares do diabetes tipo 2 autoreferidas e verificar a associação com características sociodemográficas, estado nutricional, tratamento utilizado e tempo de diagnóstico. Estudo transversal realizado com 318 pessoas com diabetes tipo 2 residentes em Maringá, Paraná. Utilizou-se de inquérito telefônico de morbidade autoreferida nos meses de janeiro a junho de 2012. Para a análise utilizou-se estatística descritiva, regressão logística univariada e múltipla. A prevalência de complicações autoreferidas do diabetes foi de 53,8%, sendo a retinopatia a mais frequente (42,8%), seguida pela neuropatia periférica (14,5%) e pela nefropatia (12,9%). As variáveis associadas à presença de complicações foram faixa etária (p = 0,008), sobrepeso/obesidade (p = 0,002), uso de insulina (p < 0,001), uso de insulina associada ao antidiabético oral (p = 0,003) e tempo de diagnóstico (p = 0,013). A prevalência de complicações microvasculares autoreferidas por pessoas com diabetes foi elevada, sendo mais frequente entre aquelas com maior idade, estado nutricional inadequado, maior tempo de diagnóstico da doença e que faziam uso de insulina isolada ou associada à antidiabéticos orais.


Assuntos
Adulto , Idoso , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Gastrectomia/métodos , Transplante de Rim , Transplante de Fígado , Laparoscopia/métodos , Obesidade Mórbida/cirurgia , Complicações Pós-Operatórias/epidemiologia , Estudos Retrospectivos , Resultado do Tratamento , Perda de Peso
18.
Acta paul. enferm ; 28(1): 19-25, Jan-Feb/2015. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-741050

RESUMO

Objetivo Analisar, na perspectiva dos profissionais de saúde, o desempenho dos serviços de controle a tuberculose em relação ao enfoque na família e a orientação para comunidade. Métodos Estudo transversal que incluiu 134 profissionais de saúde da atenção primária. Para cada variável foi determinado um escore médio, posteriormente, submetido à análise de variância. Resultados A dimensão enfoque na família obteve escore satisfatório e apenas a “variável entrega do pote de exame de escarro aos comunicantes” foi classificada como regular. A dimensão orientação para a comunidade foi classificada como insatisfatória, porém a “realização de trabalhos educativos” e a “busca de sintomáticos respiratórios na comunidade” atingiram escore regular. Conclusão De acordo com os profissionais, o desempenho dos serviços de saúde para o controle da tuberculose em relação ao enfoque na família é satisfatório, porém as ações de orientação para a comunidade são insatisfatórias.


Objective: To analyze, based on the perspective of health professionals, the performance of services for tuberculosis control in relation to focus on family and community guidance. Methods: This cross-sectional study included 134 primary care health professionals. For each variable a mean score was determined, and the results were then submitted to analysis of variance. Results: The dimension of focus on family had a satisfactory score, and only the variable “giving a sputum test container for contacts” was classified as fair. The dimension “community guidance” was classified as unsatisfactory; however, the dimensions “performance of educational actions” and “looking for respiratory symptoms in the community” were scored as fair. Conclusion: According to professionals, the performance of health services in tuberculosis control with relation to focus on family is satisfactory, but guidance actions for the community are unsatisfactory.

19.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 49(1): 61-68, Jan-Feb/2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-742056

RESUMO

OBJECTIVE To assess the association of sociodemographic and self-rated health in the presence of cardiovascular diseases and the association of this perception with the type of disease. METHODS A cross-sectional population survey study carried out with 1,232 individuals aged between 20 and 59 years of both genders living in the metropolitan region of Maringá-PR. Data were analyzed using multiple and simple logistic regression. RESULTS In multivariate analysis, the age range and self-rated health were associated with cardiovascular disease, and in the univariate analysis self-rated regular health was associated with arterial hypertension, while self-rated poor health was associated to heart failure, stroke, and to acute myocardial infarction (heart attack). CONCLUSION The differences in association of self-rated health with these diseases can indicate how individuals with certain characteristics cope with the disease, allowing for more individualized and specific health care. .


OBJETIVO Analizar la asociación entre las características sociodemográficas y la autopercepción de salud con relación a la presencia de enfermedades cardiovasculares y la asociación de esa autopercepción con la clase de enfermedad. MÉTODO Estudio transversal, del tipo encuesta poblacional, llevado a cabo con 1.232 individuos con edades entre 20 y 59 años, de ambos sexos, residentes en la región metropolitana de Maringá-PR. Los datos fueron analizados por medio de regresión logística simple y múltiple. RESULTADOS En el análisis múltiple, el rango de edad y la autopercepción de salud estuvieron asociados con las enfermedades cardiovasculares, y en el análisis univariado la autopercepción regular de salud estuvo asociada con la hipertensión arterial, y la mala, con la insuficiencia cardiaca, el accidente vascular cerebral y el infarto agudo del miocardio. CONCLUSIÓN Las diferencias encontradas en la asociación de la autopercepción de salud con esas enfermedades pueden señalar cómo los individuos con determinadas características manejan las enfermedades, permitiendo que la asistencia a la salud sea más individualizada y específica. .


OBJETIVO Analisar a associação de características sociodemográficas e a autopercepção de saúde com a presença de doenças cardiovasculares e a associação desta autopercepção com o tipo de doença. MÉTODO Estudo transversal, do tipo inquérito populacional, realizado com 1.232 indivíduos com idade entre 20 e 59 anos, de ambos os sexos, residentes na região metropolitana de Maringá-PR. Os dados foram analisados por meio de regressão logística simples e múltipla. RESULTADOS Na análise múltipla, a faixa etária e a autopercepção de saúde estiveram associadas a doenças cardiovasculares, e na análise univariada a autopercepção regular de saúde esteve associada à hipertensão arterial, e a ruim, à insuficiência cardíaca, ao acidente vascular cerebral e ao infarto agudo do miocárdio. CONCLUSÃO As diferenças encontradas na associação da autopercepção de saúde com essas doenças podem indicar como indivíduos com determinadas características lidam com as doenças, possibilitando que a assistência à saúde seja mais individualizada e específica. .


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Doenças Cardiovasculares , Autoavaliação Diagnóstica , Autorrelato , Estudos Transversais , Doenças Cardiovasculares/diagnóstico , Fatores Socioeconômicos
20.
Acta paul. enferm ; 28(1): 19-25, Jan-Feb/2015. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-758661

RESUMO

Analisar, na perspectiva dos profissionais de saúde, o desempenho dos serviços de controle a tuberculose em relação ao enfoque na família e a orientação para comunidade. Métodos Estudo transversal que incluiu 134 profissionais de saúde da atenção primária. Para cada variável foi determinado um escore médio, posteriormente, submetido à análise de variância. Resultados A dimensão enfoque na família obteve escore satisfatório e apenas a “variável entrega do pote de exame de escarro aos comunicantes” foi classificada como regular. A dimensão orientação para a comunidade foi classificada como insatisfatória, porém a “realização de trabalhos educativos” e a “busca de sintomáticos respiratórios na comunidade” atingiram escore regular. Conclusão De acordo com os profissionais, o desempenho dos serviços de saúde para o controle da tuberculose em relação ao enfoque na família é satisfatório, porém as ações de orientação para a comunidade são insatisfatórias...


To analyze, based on the perspective of health professionals, the performance of services for tuberculosis control in relation to focus on family and community guidance. Methods: This cross-sectional study included 134 primary care health professionals. For each variable a mean score was determined, and the results were then submitted to analysis of variance. Results: The dimension of focus on family had a satisfactory score, and only the variable “giving a sputum test container for contacts” was classified as fair. The dimension “community guidance” was classified as unsatisfactory; however, the dimensions “performance of educational actions” and “looking for respiratory symptoms in the community” were scored as fair. Conclusion: According to professionals, the performance of health services in tuberculosis control with relation to focus on family is satisfactory, but guidance actions for the community are unsatisfactory...


Assuntos
Humanos , Pesquisa sobre Serviços de Saúde , Características de Residência , Enfermagem de Atenção Primária , Enfermagem em Saúde Pública , Família , Pessoal de Saúde , Tuberculose/epidemiologia , Tuberculose/prevenção & controle , Análise de Variância , Estudos Transversais
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA