Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Filtros adicionais











Intervalo de ano
1.
Rev. dor ; 12(3)jul.-set. 2011.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-600118

RESUMO

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS) é uma correntede baixa frequência, utilizada para tratamento de dor, contudo há lacunas com respeito aos parâmetros de uso, bem como do modo de ação. O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos da TENS, na forma burst, sobre ador induzida por pressão.MÉTODO: Estudo duplamente encoberto e cruzado, com 23 indivíduos, de ambos os sexos, alocados em grupo TENS (GT) e grupo placebo (GP). A TENS burst, com duração de fase de 200 µs e com intensidade regulada até o limiar motor foi aplicada em duas regiões dos nervos mediano e ulnar, ambos na região supracondiliana, por 15 minutos. Para avaliação do limiar doloroso foi aplicado um dolorímetro de pressão sobre as regiões tenar e hipotenar nos seguintes períodos:antes e imediatamente após a estimulação, 20 minutos e 1 hora após o término da eletroestimulação.RESULTADOS: Por meio da avaliação do limiar doloroso da região tenar e hipotenar, observou-se que não houve diferença significativa quando comparados intragrupo e entre os grupos, para todos os momentos da avaliação.CONCLUSÃO: O uso de TENS na forma burst não foi eficaz para elevar o limiar na dor induzida por pressão.


BACKGROUND AND OBJECTIVES: Transcutaneous electrical nerve stimulation (TENS) is a low frequency current used to manage pain, however, there are gaps with regard to its usage parameters and way of action. This study aimed at investigating burst TENS effects on pressure-induced pain.METHOD: Double blind crossed study with 23 individuals of both genders, divided into TENS (GT) and placebo (GP) groups. Burst TENS, with 200 µs phaseduration and intensity regulated until motor threshold, was applied in two median and ulnar nerves regions,both in the supracondilar region, for 15 minutes. Pressure dolorimeter was applied to tenar and hypotenar regions to evaluate pain threshold in the following periods: before and immediately after stimulation, 20 minutes and one hour after electrical stimulation.RESULTS: Evaluating the pain threshold of the tenar and hypotenar region, there has been no significant difference when compared intragroup and between groups, for all evaluated moments.CONCLUSION: Burst TENS was not effective to increase pressure-induced pain threshold.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA