Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 10(2): 351-357, abr.-jun. 2018. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-908450

RESUMO

Objectives: to identify the occupational risks to which nursing professionals are exposed in primary health care; describe the risk factors presents in the units and correlate them with the structure safety. Method: Exploratory and descriptive study, with quantitative approach. Results: The biological risks were prevalent (100%), chemical (87.5%) and violence (62.5%). Two working accidents and illness arising from work were recorded. Conclusion: There is need for training or updating of occupational risks for the professionals of the surveyed units. It was noticed that the knowledge of professionals about the risks is the result of daily practice and not come from research in the field or training.


Objetivos: identificar os riscos ocupacionais aos quais os profissionais de enfermagem estão expostos na atenção básica à saúde; descrever os fatores de risco presentes nas unidades e correlacioná-los com as condições de segurança da estrutura. Método: Estudo de natureza exploratória e descritiva, com abordagem quantitativa. Resultados: Os riscos prevalentes foram os biológicos (100%), químicos (87,5%) e de violência (62,5%). Foram registrados dois acidentes de trabalho e uma doença advinda do trabalho. Conclusão: Há necessidade de treinamento ou atualização sobre riscos ocupacionais para com os profissionais das unidades pesquisadas. Percebeu-se que o conhecimento dos profissionais sobre os riscos é fruto da prática cotidiana e não oriundo de pesquisas na área ou treinamentos realizados.


Objetivos: identificar los riesgos laborales que los profesionales de enfermería están expuestos en la atención primaria de salud; describir los factores de riesgo presentes en las unidades y correlacionarlos con las condiciones de seguridad de la estructura. Método: Estudio exploratorio y descriptivo, con enfoque cuantitativo. Resultados: Los riesgos prevalentes eran los biológicos (100%), químicos (87,5%) y de la violencia (62,5%). Dos accidentes de trabajo y enfermedades derivados del trabajo se registraron. Conclusión: Existe la necesidad de la formación y actualización en los riesgos laborales para los profesionales de las unidades encuestadas. Se observó que el conocimiento de los profesionales acerca de los riesgos es el resultado de la práctica diaria y no proviene de la investigación en el campo o que se lleve a cabo la formación.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Equipe de Enfermagem , Saúde do Trabalhador , Riscos Ocupacionais , Atenção Primária à Saúde , Condições de Trabalho , Brasil
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...