Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 15 de 15
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev Bras Enferm ; 72(suppl 3): 72-78, 2019 Dec.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-31851237

RESUMO

OBJECTIVE: to identify self-care deficits in women with leg ulcers and sickle cell disease. METHOD: a qualitative, descriptive, exploratory approach with 14 women. The collection was performed from December 2015 to January 2016, while the analysis was supported by Orem's Self-Care Deficit Theory. RESULTS: self-care requirements are not fully met. The following were identified as universal: balance between loneliness and social interaction, rest and proper nutrition; development: inability to perform work, abrupt changes in the environment due to hospitalization, educational deprivation and dropout; health deviations: ulcer recurrences, pain, changes in skin appearance and gait changes. CONCLUSION: nursing care for women with leg ulcers and sickle cell disease requires planned actions for comprehensive care.


Assuntos
Anemia Falciforme , Úlcera da Perna/terapia , Autocuidado , Adulto , Brasil , Feminino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Serviços de Saúde da Mulher , Adulto Jovem
2.
Rev. bras. enferm ; 72(6): 1554-1561, Nov.-Dec. 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1042173

RESUMO

ABSTRACT Objective: To understand spirituality/religiosity as experienced by people with sickle cell disease, and its influence on coping with the disease. Method: A qualitative, descriptive, and exploratory study conducted in the State of Bahia. Twenty-nine respondents participated in semi-structured interviews. Content analysis was used to analyze the empirical material. Results: Individuals with sickle cell disease experience spirituality/religiosity motivated by their hope for a miracle, and fear of death; among their rites are: reading religious materials, individual and group prayer, and attendance at worship services. The effects on their health include: comfort by means of coping by comparing two evils, anxiety relief, social support, and lifestyle changes; however, spirituality/religiosity may be impaired. Final considerations: This study demonstrates the need to qualify health professionals to address spiritual issues of these individuals during illness, with the aims of diagnosing suffering and anguish, and providing care, comfort and strengthening of the spiritual bonds of these individuals.


RESUMEN Objetivo: Entender la espiritualidad / religiosidad como la experimentan las personas con enfermedad de células falciformes y su influencia en el afrontamiento de la enfermedad. Método: Un estudio cualitativo, descriptivo y exploratorio realizado en el estado de Bahía. Veintinueve encuestados participaron en entrevistas semiestructuradas. Se utilizó análisis de contenido para analizar el material empírico. Resultados: Las personas con enfermedad de células falciformes experimentan espiritualidad / religiosidad motivadas por su esperanza de un milagro y el miedo a la muerte; entre sus ritos se encuentran: lectura de materiales religiosos, oración individual y grupal, y asistencia a los servicios de adoración. Los efectos en su salud incluyen: comodidad mediante el manejo del afrontamiento, alivio de la ansiedad, apoyo social y cambios en el estilo de vida; sin embargo, la espiritualidad / religiosidad puede verse afectada. Consideraciones finales: Este estudio demuestra la necesidad de preparar a los profesionales de la salud para abordar los problemas espirituales de estos individuos durante la enfermedad, con el objetivo de diagnosticar el sufrimiento y la angustia, y de brindar atención, comodidad y fortalecimiento de los vínculos espirituales de estos individuos.


RESUMO Objetivo: Compreender a Espiritualidade/Religiosidade vivenciadas por pessoas com doença falciforme e sua influência sobre o enfrentamento da doença. Método: Estudo qualitativo, descritivo, exploratório, realizado no Estado da Bahia. Participaram 29 pessoas que responderam a entrevistas semiestruturadas. O material empírico foi submetido a análise de conteúdo. Resultados: Pessoas com doença falciforme vivenciam a Espiritualidade/Religiosidade motivadas pela esperança de um milagre e por medo da morte; seus ritos são as leituras de textos religiosos, orações individuais e em grupo, e frequência a cultos; os efeitos sobre sua saúde são: conforto através do coping de comparação, alívio da ansiedade, apoio social, mudança no estilo de vida, porém a Espiritualidade/Religiosidade podem manifestar-se prejudicadas. Considerações finais: Este estudo ressalta a necessidade da qualificação dos profissionais de saúde para a abordagem das questões espirituais dessas pessoas adoecidas, com a preocupação de diagnosticar possíveis sofrimentos, angústias e assim prestar auxílio, conforto e fortalecer os vínculos espirituais desses indivíduos.

3.
Rev Bras Enferm ; 72(6): 1554-1561, 2019.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-31644744

RESUMO

OBJECTIVE: To understand spirituality/religiosity as experienced by people with sickle cell disease, and its influence on coping with the disease. METHOD: A qualitative, descriptive, and exploratory study conducted in the State of Bahia. Twenty-nine respondents participated in semi-structured interviews. Content analysis was used to analyze the empirical material. RESULTS: Individuals with sickle cell disease experience spirituality/religiosity motivated by their hope for a miracle, and fear of death; among their rites are: reading religious materials, individual and group prayer, and attendance at worship services. The effects on their health include: comfort by means of coping by comparing two evils, anxiety relief, social support, and lifestyle changes; however, spirituality/religiosity may be impaired. FINAL CONSIDERATIONS: This study demonstrates the need to qualify health professionals to address spiritual issues of these individuals during illness, with the aims of diagnosing suffering and anguish, and providing care, comfort and strengthening of the spiritual bonds of these individuals.


Assuntos
Anemia Falciforme/psicologia , Esperança , Religião e Psicologia , Espiritualidade , Adulto , Anemia Falciforme/enfermagem , Ansiedade/psicologia , Atitude Frente a Morte , Medo , Feminino , Enfermagem Holística , Humanos , Estilo de Vida , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Manejo da Dor/psicologia , Pesquisa Qualitativa , Religião , Religião e Ciência , Apoio Social , Adulto Jovem
4.
Rev. bras. enferm ; 72(supl.3): 72-78, 2019.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1057692

RESUMO

ABSTRACT Objective: to identify self-care deficits in women with leg ulcers and sickle cell disease. Method: a qualitative, descriptive, exploratory approach with 14 women. The collection was performed from December 2015 to January 2016, while the analysis was supported by Orem's Self-Care Deficit Theory. Results: self-care requirements are not fully met. The following were identified as universal: balance between loneliness and social interaction, rest and proper nutrition; development: inability to perform work, abrupt changes in the environment due to hospitalization, educational deprivation and dropout; health deviations: ulcer recurrences, pain, changes in skin appearance and gait changes. Conclusion: nursing care for women with leg ulcers and sickle cell disease requires planned actions for comprehensive care.


RESUMEN Objetivo: para identificar déficits de autocuidado en mujeres con úlceras en las piernas y enfermedad de células falciformes. Método: abordaje cualitativo, descriptivo, exploratorio con 14 mujeres. La colección se realizó de diciembre de 2015 a enero de 2016, mientras que el análisis fue respaldado por la Teoría del Déficit de Autocuidado de Orem. Resultados: los requisitos de cuidado personal no se cumplen por completo. Los siguientes fueron identificados como universales: equilibrio entre soledad e interacción social, descanso y nutrición adecuada; desarrollo: incapacidad para realizar el trabajo, cambios abruptos en el entorno debido a internamiento, privación educativa y deserción; desviaciones de salud: recurrencias de úlceras, dolor, cambios en la apariencia de la piel y cambios en la marcha. Conclusión: el cuidado de enfermería para mujeres con úlceras en las piernas y enfermedad de células falciformes requiere acciones planificadas para el cuidado integral.


RESUMO Objetivo: identificar os déficits de autocuidado em mulheres com úlceras de perna e doença falciforme. Método: abordagem qualitativa, descritiva, exploratória com 14 mulheres. A coleta foi realizada em dezembro de 2015 a janeiro de 2016, enquanto a análise foi sustentada pela Teoria Geral do Déficit de Autocuidado de Orem. Resultados: os requisitos de autocuidado não são plenamente atendidos. Foram identificados como universais: equilíbrio entre solidão e interação social, repouso e alimentação adequada; desenvolvimento: incapacidades para realizar o trabalho, mudanças abruptas de ambiente pelo internamento, privação educacional e evasão escolar; desvios de saúde: recidivas de úlceras, dor, alterações no aspecto da pele e alterações na marcha. Conclusão: o cuidado de enfermagem às mulheres com úlcera de perna e doença falciforme requer ações planejadas para o cuidado integral.

5.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(11): 3125-3132, nov. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-998067

RESUMO

Objetivo: analisar a produção de conhecimento acerca da categoria de gênero nas teses de doutorado dos Programas de Pós-Graduação em Enfermagem no Brasil. Método: trata-se de revisão integrativa, referente ao período de janeiro/2001 a dezembro/2017, na qual foram utilizados os bancos de teses de Pós-Graduação em Enfermagem do Brasil, com os critérios nota Capes ≥ 4; título, resumo ou palavras-chave gênero ou gênero e saúde e disponibilidade on-line e na íntegra nos bancos de teses dos Programas de Pós-Graduação. Resultados: analisaram-se 28 teses de doutorado que atenderam aos critérios de inclusão. De acordo com os resultados e considerando a região onde funcionam os Programas de Pós-Graduação em Enfermagem que discutem gênero, 15 teses (53,57%) foram publicadas na região Sudeste, nove (32,14%) na região Nordeste e quatro (14,28%) na região Sul. As temáticas discutidas englobaram gênero e adoecimento crônico, com oito produções (28,57%); gênero e demandas de saúde, com oito (28,57%) e vulnerabilidade e gênero, com 12 (42,85%). Conclusão: revela-se, pelas teses analisadas neste estudo, a importância do conhecimento de Enfermagem acerca das questões associadas à categoria de gênero e suas devidas implicações à saúde cooperando para a qualidade do cuidado.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Enfermagem , Educação em Enfermagem , Educação de Pós-Graduação em Enfermagem , Gênero e Saúde , Identidade de Gênero , Brasil
6.
Rev Lat Am Enfermagem ; 23(6): 1113-20, 2015.
Artigo em Inglês, Português, Espanhol | MEDLINE | ID: mdl-26626003

RESUMO

OBJECTIVE: To understand the meanings given by women and men with sickle cell disease on the illness experience. METHOD: Analytical study with a qualitative approach, conducted with 17 adults with sickle cell disease using the Theory Based on Data, or Grounded Theory, as theoretical-methodological referential. Data were collected between the years of 2012 and 2013, in an individual in-depth interview. All the interviews were recorded and analyzed according to the Grounded Theory comparative analysis technique. RESULTS: Data show four categories which group the experience of illness, the feelings experienced and the path to living with sickle cell disease. CONCLUSIONS: It was possible to understand that the experience was built by a process in which these people redefined the meaning of their lives, applying new directions to life and to care regarding the experience of the illness. In the context of chronic disease, the nurse's care is also seen in this study as a foundation, providing attention, directions, and guidance through the required confrontations. Understanding the experience lived by these people, it is possible to enlarge the dimensions and the essence of nursing care required throughout life.


Assuntos
Anemia Falciforme/psicologia , Teoria Fundamentada , Doença Crônica , Feminino , Humanos , Acontecimentos que Mudam a Vida , Masculino , Pesquisa Qualitativa
7.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 23(6): 1113-1120, Nov.-Dec. 2015.
Artigo em Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-767121

RESUMO

Objective: to understand the meanings given by women and men with sickle cell disease on the illness experience. Method: analytical study with a qualitative approach, conducted with 17 adults with sickle cell disease using the Theory Based on Data, or Grounded Theory, as theoretical-methodological referential. Data were collected between the years of 2012 and 2013, in an individual in-depth interview. All the interviews were recorded and analyzed according to the Grounded Theory comparative analysis technique. Results: data show four categories which group the experience of illness, the feelings experienced and the path to living with sickle cell disease. Conclusions: it was possible to understand that the experience was built by a process in which these people redefined the meaning of their lives, applying new directions to life and to care regarding the experience of the illness. In the context of chronic disease, the nurse's care is also seen in this study as a foundation, providing attention, directions, and guidance through the required confrontations. Understanding the experience lived by these people, it is possible to enlarge the dimensions and the essence of nursing care required throughout life.


Objetivo: compreender os significados atribuídos por mulheres e homens com anemia falciforme sobre a experiência do adoecimento. Método: trata-se de estudo analítico, com abordagem qualitativa, conduzido com 17 pessoas adultas com anemia falciforme, tendo a Teoria Fundamentada nos Dados, ou Grouded Theory, como referencial teórico-metodológico. Os dados foram coletados, entre os anos 2012 e 2013, em entrevista individual em profundidade. Todas as entrevistas foram gravadas e analisadas, segundo a técnica de análise comparativa da Grounded Theory. Resultados: os dados revelam quatro categorias que agrupam a experiência do adoecimento, os sentimentos vivenciados e a trajetória para o convívio com a anemia falciforme. Conclusões: foi possível compreender que a experiência é construída por um processo onde essas pessoas são capazes de ressignificar, imprimir novos rumos à vida e ao cuidado na experiência do adoecimento. O atendimento da enfermeira, no contexto da doença crônica, é visto também nesse estudo como alicerce, que dá atenção, orienta e conduz nos enfrentamentos necessários. A compreensão da experiência vivenciada por essas pessoas possibilita ampliar as dimensões e a essência do cuidado de enfermagem que são demandados ao longo da vida.


Objetivo: comprender los significados atribuidos por mujeres y hombres con anemia de células falciformes a la experiencia del proceso de enfermar. Método : se trata de un estudio analítico, con un enfoque cualitativo y realizado con 17 adultos con anemia falciforme, basado en la Teoría Fundamentada en los Datos, la Grounded Theory, como referencia teórica y metodológica. Los datos fueron recogidos entre los años 2012 y 2013 mediante una entrevista individual en profundidad. Todas las entrevistas fueron grabadas y analizadas según la técnica de análisis comparativo de la Grounded Theory. Resultados: los datos revelaron cuatro categorías que agrupan la experiencia de la enfermedad, los sentimientos vividos y la trayectoria de la convivencia con la anemia falciforme. Conclusiones: fue posible comprender que la experiencia se construye mediante un proceso en el que estas personas son capaces de replantear, imprimir nuevos rumbos a la vida y al cuidado en la experiencia de la enfermedad. La atención de la enfermería en el contexto de una enfermedad crónica también se observa en este estudio como base que da atención, orienta y lleva a cabo las confrontaciones necesarias. La comprensión de la experiencia vivida por estas personas hace posible ampliar las dimensiones y la esencia de los cuidados de enfermería requeridos por toda la vida.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Teoria Fundamentada , Anemia Falciforme/psicologia , Doença Crônica , Pesquisa Qualitativa , Acontecimentos que Mudam a Vida
8.
Acta paul. enferm ; 27(6): 499-504, Nov-Dec/2014. graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-732156

RESUMO

ObjetivoConhecer as experiências do adoecimento de pessoas com anemia falciforme e suas estratégias para o autocuidado.MétodosPesquisa qualitativa realizada com 17 pessoas com anemia falciforme. A coleta e a análise dos dados ocorreram simultaneamente, realizando-se a codificação aberta e sua categorização, segundo os passos da Teoria Fundamentada nos Dados. Tal procedimento deu origem a categorias relativas à experiência do adoecimento de pessoas com anemia falciforme e autocuidado.ResultadosAs experiências com o adoecimento crônico possibilitaram a construção de estratégias para conhecer melhor a doença, determinaram mudanças na vida cotidiana, e afetaram o modo como cada pessoa observa e vivencia o tempo e como as habilidades específicas para o autocuidado foram desenvolvidas a partir dos aprendizados e deslizes cometidos.ConclusãoConstatou-se que as pessoas com anemia falciforme apresentaram vários elementos favoráveis em busca de adaptação ao adoecimento na fase adulta.


ObjectiveTo determine the experience of sick individuals with sickle cell anemia and their self-care strategies.MethodsThis was a qualitative study of 17 individuals with sickle cell anemia. Data collection and analysis occurred simultaneously by open codification and categorization, according to steps in the theory based on data. This procedure led to the development of categories related to the experience of individuals who have sickle cell anemia and their self-care.ResultsExperiences of patients who became chronically ill enabled the construction of strategies to better determine the disease, changes in daily life, and the manner in which it affects how patients observe and experience time. Also identified were specific skills for self-care that were developed from lessons learned and mistakes made.ConclusionWe found that individuals with sickle cell anemia had several favorable approaches for adapting to having become sick during adulthood.

9.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-702941

RESUMO

Aim: To analyze the perception of women suffering from sickle cell anemia regarding pregnancy. Method: This is a qualitative, descriptive and exploratory study, involving 25 women suffering from sickle cell anemia who lived in Bahia. Data were obtained through open interviews and analyzed by the Collective Subject Discourse. Results: Three central ideas emerged from the discourses: fear and anxiety marked the pregnancy of women suffering from sickle cell anemia; dilemmas permeated the decision to abort, and; the desire to be a mother was frustrated by miscarriage. Discussion: Due to the lack of equipment and lack of social support for exercising motherhood, women experience sadness, depression and think of interrupting the pregnancy. Conclusion: The choice to have children, although risky, should be ensured by public policy with an integral assistance to women suffering from sickle cell anemia, involving the totality of their reproductive trajectory.


Objetivo: analizar la percepción de mujeres con anemia falciforme sobre la gestación. Método: estudio cualitativo, descriptivo, exploratorio, que envolvió 25 mujeres con anemia falciforme residentes en la Bahía. Los datos fueron obtenidos de entrevista abierta y sometidos al análisis del Discurso del Sujeto Colectivo. Resultados: De los discursos emergiron 3 ideas centrales: Miedos y anseos marcan la gestación de las mujeres con anemia falciforme; Dilemas permean la decisión de abortar; El deseo de ser madre es frustrado por el aborto espontáneo. Discusión: Delante de la carencia material, y falta de apoyo social para el ejercício de la maternidad la mujer experimenta tristeza, depresión y piensa en interrumpir el embarazo. Conclusión: La opción por tener hijos, aunque con riesgo, debe ser asegurada por las políticas públicas con una asistencia integral a la mujer con anemia falciforme envolviendo toda su trayectória reproductiva.


Objetivo: analisar a percepção de mulheres com anemia falciforme sobre a gestação. Método: estudo qualitativo, descritivo, exploratório, que envolveu 25 mulheres com anemia falciforme residentes na Bahia. Os dados foram obtidos de entrevista aberta e submetidos à análise do Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados: Dos discursos emergiram 3 ideias centrais: Medos e anseios marcam a gestação das mulheres com anemia falciforme; Dilemas permeiam a decisão de abortar; O desejo de ser mãe é frustrado pelo aborto espontâneo. Discussão: Diante da carência material, e falta de apoio social para o exercício da maternidade a mulher experimenta tristeza, depressão e pensa em interromper a gravidez. Conclusão: A opção por ter filhos, embora com risco, deve ser assegurada pelas políticas públicas com uma assistência integral à mulher com anemia falciforme envolvendo toda sua trajetória reprodutiva.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Anemia Falciforme , Cuidados de Enfermagem , Enfermagem Obstétrica , Gestantes , Humanização da Assistência , Saúde Reprodutiva
10.
Ciênc. cuid. saúde ; 12(4): 711-718, out.-dez. 2013.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-735641

RESUMO

O presente estudo foi desenvolvido com o objetivo de conhecer aspectos relacionados ao viver do adulto com doença falciforme com base no conceito de vulnerabilidade (individual, social e programática), apontando elementos para o cuidado de enfermagem. Estudo descritivo de abordagem qualitativa, com coleta de dados entre fevereiro e julho de 2011, por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas nos domicílios de doze pessoas adultas, com doença falciforme, de um município baiano. Os resultados apontam que os planos analíticos básicos de vulnerabilidade, embora abordados de forma separada, encontram-se num processo ativo e interdependente, denotando pouca compreensão das pessoas sobre a doença devido ao diagnóstico tardio; pequeno poder de transformação de atitudes e comportamentos; condições de pauperização e de baixa escolaridade do paciente e familiar; dificuldade de acesso aos serviços de saúde; e inadequação nos serviços de atendimento de emergência. Torna-se necessária a organização do cuidado e dos serviços de saúde com base no reconhecimento das vulnerabilidades e na melhora do acesso aos equipamentos e às oportunidades sociais, econômicas e culturais oferecidas pela sociedade e pelo Estado.


This study was developed with the aim to get acquainted with the aspects related to the life of an adult with sickle cell disease. For this purpose, the concept of vulnerability (social, individual and programmatic) was used pointing out to the elements of nursing care. This is a descriptive study of qualitative approach whose data were collected from February to June 2011 through semi-structured interviews performed at the household of 12 adults with sickle cell disease in a municipality in Bahia. The results show that the basic analytical plans of vulnerability, although verified separately, are interdependent and in an active process showing little understanding of the people regarding the disease due to late diagnosis. Moreover, this study also indicates little power to change attitude and behavior of the patient; lower income class and little education of the patient and his/her family, difficulty to the access of health services and inadequacy of emergency care service. It is necessary the organization of care in health services acknowledging the vulnerable aspects of it as well as the improvement of the access to equipment and social, cultural and economic opportunities offered by society and the state.


El presente estudio fue desarrollado con el objetivo de conocer aspectos relacionados al vivir del adulto con enfermedad falciforme con base en el concepto de vulnerabilidad (individual, social y programática), señalando elementos para el cuidado de enfermería. Estudio descriptivo de abordaje cualitativo, con recolección de datos entre febrero y julio de 2011, por medio de entrevistas semiestructuradas realizadas en los domicilios de doce personas adultas, con enfermedad falciforme, de un municipio de Bahia. Los resultados apuntan que los planes analíticos básicos de vulnerabilidad, aunque abordados de forma separada, se encuentran en un proceso activo e interdependiente, denotando poca comprensión de las personas sobre la enfermedad debido al diagnóstico tardío; pequeño poder de transformación de actitudes y comportamientos; condiciones de pauperización y de baja escolaridad del paciente y familiar; dificultad de acceso a los servicios de salud; e inadecuación en los servicios de atención de urgencia. Se torna necesaria la organización del cuidado y de los servicios de salud con base en el reconocimiento de las vulnerabilidades y en la mejora del acceso a los equipamientos y a las oportunidades sociales, económicas y culturales ofrecidas por la sociedad y por el Estado.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Saúde do Adulto , Vulnerabilidade a Desastres , Doença da Hemoglobina SC , Pesquisa Qualitativa
11.
Rev. enferm. UERJ ; 21(2): 179-184, abr.-jun. 2013.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-747439

RESUMO

O objetivo deste estudo descritivo foi conhecer o itinerário terapêutico de pessoas com anemia falciforme em crises dolorosas, considerando os três subsistemas de cuidado à saúde: familiar, profissional e popular, a partir do Modelo de Cuidados à Saúde de Kleinman e o conceito de itinerários terapêuticos. Os dados foram obtidos por entrevista semiestruturada a 12 pessoas com anemia falciforme no período de fevereiro a junho de 2011. As informações foram tratadas pelo método de análise de conteúdo. O estudo permitiu conhecer que, apesar da forte valorização do subsistema profissional, as pessoas com anemia falciforme circulam pelos subsistemas: familiar, profissional e popular, sendo recorrente a referência à adoção de cuidados domésticos para manutenção do bem-estar, na prevenção e enfrentamento das crises dolorosas.Os itinerários terapêuticos são empreendidos segundo escolhas possíveis diante dos enfrentamentos cotidianos que essas pessoas vivenciam nos três subsistemas.


This study aimed at being acquainted with the therapeutic itinerary of people with sickle cell anemia in painfulcrisis considering the three subsystems of care: professional, familiar and popular model from the Health Care Kleinman and the concept of therapeutic itineraries. Data were collected through semi-structured interview with 12 people with sickle cell anemia from February to June 2011. The information was treated through the content analysis. This study identified that despite of the strong value that the professional subsystem people with sickle cell anemia circulate subsystems: family, professional and popular, with recurrent reference to the adoption of home care for the maintenance of well-being, prevention and confrontation of painful crises. The therapeutic itineraries are undertaken before the possible second choices everyday confrontations that these people experience the three subsystems.The therapeutic itineraries are undertaken before the possible second choices everyday confrontations that these people experience the three subsystems.


El objetivo fue conocer el itinerario terapéutico personas con anemia falciforme en  crisis dolorosas, considerando los tres subsistemas de los cuidados en salud: familiar, profesional y popular, a partir del Modelo de Atención de la Saludde Kleinman y el concepto de itinerarios terapéuticos. Los datos fueron recolectados a través de entrevistas semiestructuradas a 12 personas con anemia falciforme en el periodo de febrero a junio de 2011. Los datos fueron tratados por análisis decontenido. El estudio permitió conocer que, a pesar de la fuerte apreciación del subsistema profesional, las personas circulan en los subsistemas: familiar, profesional y popular con diferentes prácticas domésticas para el mantenimiento de la salud, en la prevención y enfrentamiento de las crisis dolorosas. Los itinerarios terapéuticos se hacen segundo opciones posibles frente a los enfrentamientos cotidianos que las personas experimentanen los subsistemas.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Anemia Falciforme , Cuidados de Enfermagem , Dor , Saúde do Adulto , Pesquisa Qualitativa
12.
Rev. baiana enferm ; 27(1): 4-12, jan.-abr. 2013.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-759649

RESUMO

Este estudo objetivou descrever e analisar o conhecimento das enfermeiras que atuam nas unidades de saúde da família sobre educação para o autocuidado na anemia falciforme. Trata-se de estudo descritivo-exploratório, realizado entre abril e junho de 2011, que teve como método de coleta de dados a entrevista semiestruturada, realizada com 12 enfermeiras. A análise foi realizada com base na técnica do discurso do sujeito coletivo. Os resultados apontaram que, embora as enfermeiras entendam o princípio básico do autocuidado para anemia falciforme, ainda há dificuldade para planejar as atividades e o acompanhamento das pessoas que vivem com a doença nas unidades básicas de saúde. Concluiu-se que o conhecimento das enfermeiras sobre educação para o autocuidado na anemia falciforme, numa perspectiva de educação em saúde, é importante para repensar a inserção dessas pessoas na atenção básica.


This study aimed at describing and analyzing the level of knowledge of nurses working in family health units about education to foster self-care among sickle cell anemia carriers. A descriptive exploratory study was carried out between April and June of 2011 using semi-structured interviews for data gathering, conducted by 12 nurses. The Discourse of Collective Subjects technique was used for the analysis process. The study findings showed that although the nurses understand the primary principles of self-care related to sickle cell anemia, they still face difficulties at the basic health units with planning the activities and with following-up persons living with the disease. This study concludes that the knowledge of nurses about education to foster self-care among sickle cell anemia carriers, from a collective health education perspective, is important to rethink the insertion of sickle cell anemia carriers within the primary health care system.


Este estudio tiene por objeto describir y analizar el conocimiento de las enfermeras que trabajan en las unidades de salud de la familia, sobre la educación para el auto-cuidado de la anemia falciforme. Estudio de enfoque descriptivo y exploratorio, realizado entre abril y junio de 2011, realizadas con 12 enfermeras, cuyo método de recolección de datos se basó en entrevistas semiestructuradas. El análisis se realizó a través de la técnica del Discurso del Sujeto Colectivo. Los resultados señalaron que, aunque las enfermeras entiendan los principios básicos para el autocuidado de la anemia falciforme, todavía enfrentan dificultades para planificar las actividades y el seguimiento de las personas que conviven con esta enfermedad en las unidades básicas de salud. Se concluye que el conocimiento de las enfermeras sobre la educación dirigida para el auto-cuidado de la anemia falciforme, dentro de una perspectiva de educación en salud, es importante para que se pueda repensar la inserción de esas personas dentro de la atención primaria en salud.

13.
Salvador; s.n; 2013. 239P p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1119845

RESUMO

Este estudo teve como objetivos compreender a experiência do adoecimento de mulheres e homens com doença falciforme e construir um modelo teórico representativo da compreensão dessa experiência. A abordagem metodológica escolhida foi à pesquisa qualitativa sob orientação dos conceitos da Teoria Fundamentada nos Dados (TFD). Participaram do estudo 17 pessoas adultas com doença falciforme, residente nas cidades de São Francisco do Conde, Feira de Santana e Salvador. Os dados foram coletados no período de 2011 a 2012, através de entrevista domiciliar, a fim de proporcionar uma imersão no universo das pessoas entrevistadas. Também foi empregada a observação assistemática. Os dados coletados foram transcritos e, posteriormente, analisados, considerando os procedimentos próprios da TFD: codificação aberta, axial e seletiva. A análise comparativa dos dados e a utilização do modelo paradigmático permitiu compreender a experiência do adoecimento a partir de cinco fenômenos: Percebendo o adoecer: a experiência do primeiro momento; Conhecendo melhor a doença falciforme e buscando cuidado: o contexto da experiência; Definindo a trajetória para o convívio com a doença falciforme: estratégias de ação/interação; Experimentando sentimentos que influenciam no curso da experiência do adoecimento; Vivendo entre limites e superações: ressignificando a vida a partir do cuidado. A articulação desses fenômenos viabilizou identificar o fenômeno central: Vivendo a experiência do adoecimento, mulheres e homens com doença falciforme constroem diferentes caminhos, reconhecendo e superando limites e ressignificando a vida a partir do cuidado. Esse modelo procura condensar os dados que emergiram do processo analítico e que diz respeito à compreensão da experiência do adoecimento de mulheres e homens com doença falciforme.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Gênero e Saúde , Anemia Falciforme , Cuidados de Enfermagem , Compreensão , Pesquisa Qualitativa
14.
Rev. baiana enferm ; 24(1/3): 33-42, jan.-dez. 2010.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-771507

RESUMO

A anemia falciforme é uma alteração genética que traz muitas complicações para seus portadores. O objetivo deste estudo foi identificar nas narrativas de mulheres negras que tiveram o diagnóstico tardio de anemia falciforme as marcas e as estratégias para conviver com a doença nas diversas fases da vida. Utilizou-se abordagem qualitativa que teve como método de coleta de dados a entrevista semiestruturada. A análise realizada com a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo possibilitou a emergência de três ideias centrais: marcas na infância, adolescência e idade adulta. Os resultados evidenciam as estratégias desenvolvidas pelas mulheres para conviverem com a doença e as marcas desta nas diversas fases da vida. Conclui-se que as estratégias desenvolvidas pelas mulheres e as narrativas que as acompanharam foram elaboradas com base em instituições, representações coletivas e relações sociais que elas expressaram e deram uma nova interpretação, ao recomporem, em função das situações e dificuldades existentes, a concepção de viver com anemia falciforme.


Assuntos
Humanos , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Anemia Falciforme/diagnóstico , Anemia Falciforme/enfermagem , Anemia Falciforme/prevenção & controle , Anemia Falciforme/terapia , Grupo com Ancestrais do Continente Africano/genética , Mulheres , Narração , Saúde da Mulher
15.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 13(2): 352-358, jun. 2009.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-516407

RESUMO

Estudo exploratório-descritivo com abordagem qualitativa, teve como objetivo identificar e descrever práticas de discriminação racial e de gênero nos serviços de saúde, referidas por mulheres negras com diagnóstico de anemia falciforme. Os dados foramcoletados em Salvador/BA, em 2006, por meio de entrevista semiestruturada, gravada e transcrita. Para a análise dos dados foi utilizada a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Os discursos construídos oferecem um conjunto de elementos que nos dão pistas de como o tratamento injusto, descortês e humilhante é um fenômeno naturalizado e revela de modo indireto a discriminação racial e de gênero nos serviços de saúde. Apresenta ainda situações que expõem as pessoas a constrangimentos e que atingema dignidade humana.


Assuntos
Humanos , Feminino , Anemia Falciforme/diagnóstico , Grupo com Ancestrais do Continente Africano , Preconceito , Saúde da Mulher
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA