Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 36
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev Bras Enferm ; 72(4): 868-873, 2019 Aug 19.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-31432940

RESUMO

OBJECTIVE: To investigate the functional capacity and its relationship with the level of social support to people affected by cerebrovascular accident. METHODS: Cross-sectional and quantitative research, conducted with 108 individuals with sequelae of cerebrovascular accident in João Pessoa/PB. Data were collected through interviews, using a sociodemographic instrument - the Barthel Index and the Social Support Scale. RESULTS: We observed the prevalence of functional dependency in 93.5%, and the mild dependency stood out in 40.7%. Medium social support was the most found, with 48.2%. The predominant dimensions of social support were the material dimension, followed by the emotional. There was a significant association (p ≤ 0.05) between very serious dependency and high social support. CONCLUSION: The results found allow us to reflect on the need for involvement of health professionals in strengthening the social support of patients with disabling diseases, such as the cerebrovascular accident.

2.
Rev. bras. enferm ; 72(4): 868-873, Jul.-Aug. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1020538

RESUMO

ABSTRACT Objective: To investigate the functional capacity and its relationship with the level of social support to people affected by cerebrovascular accident. Methods: Cross-sectional and quantitative research, conducted with 108 individuals with sequelae of cerebrovascular accident in João Pessoa/PB. Data were collected through interviews, using a sociodemographic instrument - the Barthel Index and the Social Support Scale. Results: We observed the prevalence of functional dependency in 93.5%, and the mild dependency stood out in 40.7%. Medium social support was the most found, with 48.2%. The predominant dimensions of social support were the material dimension, followed by the emotional. There was a significant association (p ≤ 0.05) between very serious dependency and high social support. Conclusion: The results found allow us to reflect on the need for involvement of health professionals in strengthening the social support of patients with disabling diseases, such as the cerebrovascular accident.


RESUMEN Objetivo: Investigar la capacidad funcional y su relación con el nivel de apoyo social de personas afectadas por accidente cerebrovascular. Métodos: Investigación transversal y cuantitativa realizada en João Pessoa (PB, Brasil), en el cual participaron 108 individuos con secuelas de accidente cerebrovascular. La recopilación de datos se realizó mediante entrevistas, utilizando como instrumento sociodemográfico el Índice de Barthel y la Escala de apoyo social. Resultados: Se observó una prevalencia de dependencia funcional en un 93,5%, y se destacó una menor dependencia en un 40,7%. El apoyo social medio fue lo más encontrado, con un 48,2%. Las dimensiones de la Escala de apoyo social más predominantes fueron la dimensión material, seguida de la emocional. Se observó una asociación significativa (p ≤ 0,05) entre la dependencia muy grave y el alto apoyo social. Conclusión: Los resultados encontrados apuntan la necesidad de la participación de los profesionales de la salud en el fortalecimiento del apoyo social a los pacientes afectados por enfermedades debilitantes, como el accidente cerebrovascular.


RESUMO Objetivo: Investigar a capacidade funcional e a sua relação com o nível de apoio social de pessoas acometidas por acidente vascular encefálico. Métodos: Pesquisa transversal e quantitativa, realizada com 108 indivíduos com sequelas de acidente vascular encefálico em João Pessoa/PB. Os dados foram coletados por entrevistas, utilizando um instrumento sociodemográfico, o Índice de Barthel e a Escala de Apoio Social. Resultados: Foi observada uma prevalência de dependência funcional de 93,5% e destacou-se a dependência leve em 40,7%. O apoio social médio foi o mais encontrado, com 48,2%. As dimensões da escala de apoio social que predominaram foram a dimensão material seguida da emocional. Evidenciou-se uma associação significativa (p ≤ 0,05) entre dependência muito grave e apoio social alto. Conclusão: Os resultados encontrados permitem refletir sobre a necessidade do envolvimento dos profissionais de saúde no fortalecimento do apoio social aos pacientes acometidos por doenças incapacitantes, como o acidente vascular encefálico.

3.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1025249

RESUMO

Este artigo objetiva verificar a validade de constructo, confiabilidade, a validade convergente e discriminatória e a consistência interna do modelo Pentadimensional da Escala Zarit Burden Interview. Trata-se de um estudo metodológico realizado com 136 cuidadores informais de paciente com sequela de acidente vascular encefálico, no período de abril a junho de 2013 em João Pessoa-PB. Para análise dos dados, realizou-se o Alfa de Cronbach, análise fatorial confirmatória, a confiabilidade composta e a variância média extraída. Os resultados da validação de constructo evidenciaram indicadores de ajuste melhores do que a versão o modelo unidimensional. O alfa de Cronbach para o total da escala foi 0,80, a confiabilidade composta e a variância média extraída apresentaram valores estatisticamente significativos. Por fim, a análise fatorial confirmatória evidenciou a estrutura fatorial hierárquica como mais adequado para medir a sobrecarga de cuidadores de pacientes com acidentes vascular encefálico. O modelo Pentadimensional da Escala Zarit Burden Interview mostrou-se válido e confiável


This article aims to verify the construct validity, reliability, convergent and discriminant validity and internal consistency of the five-dimensional model of the Zarit Burden Interview Scale. This is a methodological study was conducted with 136 informal caregivers of patients with stroke sequelae, in the period April-June 2013 in the city of João Pessoa-PB. For data analysis, the Cronbach's alpha was conducted confirmatory factor analysis, composite reliability and average variance extracted. The construct validity of the results of the theoretical model of five factors conducted showed better adjustment indicators than the version the one-dimensional model. The Cronbach's alpha for the total scale was 0.80, the composite reliability and average variance extracted statistically significant values. Finally, the confirmatory factor analysis showed the hierarchical factor as a more suitable for measuring the overload of caregivers of patients with stroke, considering both the size of the construct as indexing of the items and their respective factor. The five-dimensional model of the Zarit Burden Interview Scale proved to be valid and reliable


Assuntos
Humanos , Psicometria , Cuidadores , Acidente Vascular Cerebral
4.
Rev Rene (Online) ; 20(1): e33947, jan.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-995782

RESUMO

Objetivo: associar os níveis de resiliência e as atividades de autocuidado em pessoas idosas com diabetes mellitus. Métodos: estudo transversal, realizado com 96 idosos hospitalizados por complicação do diabetes mellitus em clínicas médica e cirúrgica de hospital universitário. Coleta de dados realizada por meio de entrevista, Escala de Resiliência e Questionário de Atividades de Autocuidado com o Diabetes, sendo analisados por estatística descritiva e inferencial. Resultados: idosos com baixa resiliência demonstraram maiores médias de dias na semana destinados às atividades de autocuidado nos eixos medicação, cuidado com os pés e monitorização da glicemia, sendo evidenciada significância estatística. Conclusão: identificou-se associação estatística entre a resiliência e o autocuidado nos domínios Medicação, Cuidado com os pés e Monitorização da glicemia, com evidência de maiores médias entre os idosos com baixa resiliência, o que demonstra menor adesão desses indivíduos às atividades não farmacológicas. (AU)


Assuntos
Humanos , Idoso , Autocuidado , Idoso , Diabetes Mellitus , Resiliência Psicológica
5.
Rev Rene (Online) ; 20: e33947, 2019. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-990311

RESUMO

Objetivo associar os níveis de resiliência e as atividades de autocuidado em pessoas idosas com diabetes mellitus. Métodos estudo transversal, realizado com 96 idosos hospitalizados por complicação do diabetes mellitus em clínicas médica e cirúrgica de hospital universitário. Coleta de dados realizada por meio de entrevista, Escala de Resiliência e Questionário de Atividades de Autocuidado com o Diabetes, sendo analisados por estatística descritiva e inferencial. Resultados idosos com baixa resiliência demonstraram maiores médias de dias na semana destinados às atividades de autocuidado nos eixos medicação, cuidado com os pés e monitorização da glicemia, sendo evidenciada significância estatística. Conclusão identificou-se associação estatística entre a resiliência e o autocuidado nos domínios Medicação, Cuidado com os pés e Monitorização da glicemia, com evidência de maiores médias entre os idosos com baixa resiliência, o que demonstra menor adesão desses indivíduos às atividades não farmacológicas.


Objective to associate resilience levels and self-care activities in elderly people with diabetes mellitus. Methods a cross-sectional study was carried out with 96 elderly patients hospitalized for complications of diabetes mellitus in medical and surgical clinics of a university hospital. Data were collected through interviews, Resilience Scale, and Diabetes Self-Care Activities Questionnaire, being analyzed by descriptive and inferential statistics. Results elderly patients with low resilience demonstrated statistically significant higher averages of week days dedicated to self-care activities such as in the axes medication, foot care, and blood glucose monitoring. Conclusion a statistical association between resilience and self-care was identified in the areas of Medication, Foot Care and Blood glucose monitoring, with evidence of higher averages among elderly patients who showed low resilience, which shows a lower adherence of these individuals to non-pharmacological activities.

6.
Rev Esc Enferm USP ; 52: e03403, 2018 Nov 29.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-30517293

RESUMO

OBJECTIVE: Describe the clinical-epidemiological profile of hospitalized elderly patients with arbovirus. METHOD: A documentary retrospective population-based descriptive study that used a quantitative approach with hospitalized elderly patients diagnosed with arbovirus was conducted in a teaching hospital. Data were collected from medical records and investigation forms. RESULTS: Thirty-three elderly patients participated in this study. A prevalence of dengue was observed, with fever, myalgia, and arthralgia. Arterial hypertension and diabetes were the comorbidities. Statistically significant correlations were obtained between arbovirus and schooling, employment situation, marital status, test results, and use of analgesics; and between the site of arthralgia and Chikungunya. CONCLUSION: The results support nursing care to hospitalized elderly patients with arbovirus, allowing the development of a proper and humanized care plan.


Assuntos
Febre de Chikungunya/epidemiologia , Dengue/epidemiologia , Hospitalização , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Artralgia/epidemiologia , Artralgia/virologia , Febre de Chikungunya/fisiopatologia , Dengue/fisiopatologia , Feminino , Febre/epidemiologia , Febre/virologia , Hospitais de Ensino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Mialgia/epidemiologia , Mialgia/virologia , Prevalência , Estudos Retrospectivos
7.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(4): 1150-1155, out.-dez. 2018. il
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-915684

RESUMO

Objetivo: Investigar a acessibilidade física de mobiliários, equipamentos e instalações sanitárias em Unidades de Saúde de Família. Método: Trata-se de pesquisa descritiva exploratória, de base populacional, realizada nas Unidades de Saúde da Família do município de João Pessoa, Paraíba, Brasil. Utilizou-se um checklist fundamentado na Norma Brasileira 9050. Resultados: Dos 90 prédios avaliados, 83,3% dos balcões e das mesas de trabalho e 85,6% dos assentos ambulatoriais estão adequados, como preconizado pela legislação. Entretanto, apenas 24,4% dos bebedouros estão instalados adequadamente. Nenhuma das unidades apresentou textos contendo orientações e instruções escritas em braille; 60,0% não têm sanitários adequados, e 92,2% não estão devidamente sinalizados. Conclusão: Ainda são muitas as barreiras encontradas pelas pessoas com deficiência para o uso dos serviços de atenção básica à saúde. Nesse sentido, se faz necessário, intervenções específicas a esse grupo populacional e a avaliação das políticas públicas, para efetivar tudo o que é garantido por lei


Objective: To investigate the physical accessibility of furniture, equipment and sanitary facilities in Family Health Units. Method: This is an exploratory descriptive research, population-based, carried out in the Family health units of João Pessoa, Paraíba, Brazil. We used a checklist based on the Brazilian Standard 9050. Results: From the 90 assessed buildings, 83.3% of branches and desks and 85.6% of outpatient seats are adequate, as recommended by law. However, only 24.4% of the drinking fountains are installed properly. None of the units presented texts containing guidelines and instructions written in braille; 60.0% do not have adequate sanitation, and 92.2% are not properly signed. Conclusion: There are still many barriers faced by people with disabilities for the use of primary care services to health. In this sense, specific interventions are necessary to this population group and evaluation of public policies, to accomplish all that is guaranteed by law


Objetivo: Investigar la accesibilidad física de los muebles, equipos e instalaciones sanitarias en las Unidades de Salud de la Familia. Método: Se trata de un estudio exploratorio descriptivo, una basada en la población, llevado a cabo en las unidades de salud del município John Familia Pessoa, Paraíba, Brasil. Se utilizó una lista de control basado en el estándar de Brasil 9050. Resultados: 90 edificios evaluados, el 83,3% de las oficinas y los escritorios y el 85,6% de los puestos de consulta externa son adecuados, según lo recomendado por la ley. Sin embargo, sólo el 24,4% de las fuentes de agua potable están instalados correctamente. Ninguna de las unidades presenta textos que contienen directrices e instrucciones escritas en Braille; 60.0% no cuenta com saneamiento adecuado, y el 92,2% no ha iniciado correctamente. Conclusión: Todavía hay muchas barreras que enfrentan las personas con discapacidad a la utilización de los servicios de atención primaria a la salud. En este sentido, es necesario, intervenciones específicas para este grupo de población y la evaluación de políticas públicas, para llevar a cabo todo lo que está garantizado por la ley


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoas com Deficiência , Acesso aos Serviços de Saúde , Decoração de Interiores e Mobiliário/métodos , Instalações Sanitárias , Brasil , Equipamentos Médicos Duráveis , Atenção Primária à Saúde
8.
Nursing (Säo Paulo) ; 21(242): 2254-2259, jul.2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-911171

RESUMO

Caracterizar os idosos diabéticos e identificar os fatores associados à adesão terapêutica nas Unidades Básicas de Saúde de um município da Paraíba/Brasil. Método: estudo exploratório-descritivo, quantitativo, com 60 idosos diabéticos, utilizando o Teste de Associação Qui-quadrado e a Regressão Logística Multivariada a 5%. Resultados: o perfil dos idosos pesquisados é similar ao encontrado em outros estudos brasileiros e, estatisticamente, ter um companheiro e uso de hipoglicemiantes orais favorecem a adesão terapêutica, um desafio multifatorial que precisa de ações a nível de governo, família e equipes de saúde. Conclusão: os profissionais de saúde, em especial os enfermeiros, que atuam nas Unidades Básicas de Saúde têm desenvolvido ações que favorecem a adesão terapêutica contribuindo dessa forma para a melhoria da saúde desses idosos.(AU)


Assuntos
Humanos , Idoso , Atenção Primária à Saúde , Saúde do Idoso , Diabetes Mellitus , Serviços de Saúde para Idosos , Fatores Socioeconômicos
9.
Rev Rene (Online) ; 19: e3323, jan. - dez. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-956393

RESUMO

Objetivo correlacionar a resiliência e a capacidade funcional de pessoas idosas com diabetes mellitus. Métodos estudo exploratório, descritivo e transversal, realizado com 96 idosos hospitalizados por complicação do diabetes mellitus em um hospital universitário. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista, utilizando um instrumento semiestruturado, a Escala de Resiliência e o Índice de Barthel. Resultados a maioria dos idosos apresentou resiliência moderada (57,3%) e dependência funcional (85,4%), com prevalência leve (30,2%) e moderada (26,0%). Foi observada uma correlação positiva com significância estatística entre a resiliência e a capacidade funcional, de modo que o aumento de uma variável está correlacionado à elevação da outra. Conclusão ao correlacionar a resiliência com a capacidade funcional dos idosos, observou-se relação positiva e proporcional entre essas variáveis, o que ressalta a capacidade funcional como um importante instrumento para o desenvolvimento da resiliência no idoso com diabetes.


Objective to correlate the resilience and functional capacity of the elderly people with diabetes mellitus. Methods this is an exploratory, descriptive and cross-sectional study, conducted with 96 elderly patients hospitalized for complications of diabetes mellitus in a university hospital. Data collection was performed through an interview, using a semi-structured instrument called the Resilience Scale and the Barthel Index. Results most of the elderly people had moderate resilience (57.3%) and functional dependence (85.4%), with a mild (30.2%) and moderate (26.0%) prevalence. A positive correlation was observed with statistical significance between resilience and functional capacity, so the increase of one variable is correlated with the elevation of the other. Conclusion when correlating resilience with the functional capacity of the elderly person, a positive and proportional relationship was observed between these variables highlighting the functional capacity as an important instrument for the development of resilience in the elderly person with diabetes.

10.
Rev Rene (Online) ; 19: e3323., jan. - dez. 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-910228

RESUMO

Objetivo: correlacionar a resiliência e a capacidade funcional de pessoas idosas com diabetes mellitus. Métodos: estudo exploratório, descritivo e transversal, realizado com 96 idosos hospitalizados por complicação do diabetes mellitus em um hospital universitário. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista, utilizando um instrumento semiestruturado, a Escala de Resiliência e o Índice de Barthel. Resultados: a maioria dos idosos apresentou resiliência moderada (57,3%) e dependência funcional (85,4%), com prevalência leve (30,2%) e moderada (26,0%). Foi observada uma correlação positiva com significância estatística entre a resiliência e a capacidade funcional, de modo que o aumento de uma variável está correlacionado à elevação da outra. Conclusão: ao correlacionar a resiliência com a capacidade funcional dos idosos, observou-se relação positiva e proporcional entre essas variáveis, o que ressalta a capacidade funcional como um importante instrumento para o desenvolvimento da resiliência no idoso com diabetes. (AU)


Assuntos
Humanos , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Atividades Cotidianas , Idoso , Diabetes Mellitus , Resiliência Psicológica
11.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 52: e03403, 2018. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-985066

RESUMO

RESUMO Objetivo: Descrever o perfil clínico-epidemiológico de idosos hospitalizados com arboviroses. Método: Estudo documental, retrospectivo, de base populacional e descritivo, com abordagem quantitativa, realizado com idosos hospitalizados com diagnóstico de arbovirose em um hospital universitário. Os dados foram coletados por meio de consulta aos prontuários e fichas de notificação. Resultados: Participaram 33 idosos. Houve prevalência da Dengue, destacando-se a febre, a mialgia e a artralgia. Verificaram-se a Hipertensão Arterial e a Diabetes como comorbidades. Foram evidenciadas associações estatisticamente significativas da arbovirose com a escolaridade, a situação profissional, o estado civil, os resultados de exames e o uso de analgésicos; e entre o local da artralgia e a Chikungunya. Conclusão: Os resultados fornecem subsídios para a assistência do enfermeiro aos idosos hospitalizados com arboviroses, permitindo a elaboração de um plano de cuidados adequado e humanizado.


RESUMEN Objetivo: Describir el perfil clínico epidemiológico de personas mayores hospitalizadas con arbovirosis. Método: Estudio documental, retrospectivo, de base poblacional y descriptivo, con abordaje cuantitativo, realizado con personas mayores hospitalizadas con diagnóstico de arbovirosis en un hospital universitario. Los datos fueron recogidos mediante consulta a las fichas médicas y de notificación. Resultados: Participaron 33 personas mayores. Hubo prevalencia del Dengue, destacándose la fiebre, la mialgia y la artralgia. Se verificaron la Hipertensión Arterial y la Diabetes como comorbilidades. Fueron evidenciadas asociaciones estadísticamente significativas de la arbovirosis con la escolaridad, la situación profesional, el estado civil, los resultados de exámenes y el empleo de analgésicos; y entre el sitio de la artralgia y la Chikungunya. Conclusión: Los resultados brindan subsidios para la asistencia del enfermero a las personas mayores hospitalizadas con arbovirosis, permitiendo la elaboración de un plan de cuidados adecuado y humanizado.


ABSTRACT Objective: Describe the clinical-epidemiological profile of hospitalized elderly patients with arbovirus. Method: A documentary retrospective population-based descriptive study that used a quantitative approach with hospitalized elderly patients diagnosed with arbovirus was conducted in a teaching hospital. Data were collected from medical records and investigation forms. Results: Thirty-three elderly patients participated in this study. A prevalence of dengue was observed, with fever, myalgia, and arthralgia. Arterial hypertension and diabetes were the comorbidities. Statistically significant correlations were obtained between arbovirus and schooling, employment situation, marital status, test results, and use of analgesics; and between the site of arthralgia and Chikungunya. Conclusion: The results support nursing care to hospitalized elderly patients with arbovirus, allowing the development of a proper and humanized care plan.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Idoso , Dengue/epidemiologia , Febre de Chikungunya/epidemiologia , Infecções por Arbovirus , Saúde do Idoso , Hospitais Universitários
12.
Rev. enferm. UERJ ; 25: [e11424], jan.-dez. 2017.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-946854

RESUMO

Objetivo: analisar a acessibilidade de pessoas com deficiência visual nos serviços de saúde. Método: pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa, realizada com 24 indivíduos com deficiência visual, usuários de uma instituição no município de João Pessoa-PB, no período de outubro a novembro de 2013. Os dados foram coletados através de entrevista semiestruturada gravada e analisados por meio da análise de conteúdo. Resultados: evidenciou-se que as pessoas com deficiência visual vivenciam diversas dificuldades no acesso aos serviços de saúde, que vão desde o deslocamento ao serviço até a comunicação com os profissionais de saúde, infringindo os preceitos da acessibilidade e interferindo na qualidade da assistência à saúde a essas pessoas. Conclusão: é preciso que aconteçaa difusão do conhecimento dessas barreiras, para a conscientização da sociedade acerca dos reais problemas gerados pela falta de acessibilidade para a pessoa com deficiência visual.


Objective: to examine health service accessibility for the visually impaired. Method: this qualitative, descriptive study was conducted with 24 visually impaired users of an institution in the city of João Pessoa, Pernambuco, from October to November 2013. Data were collected by recorded, semi-structured interview, and treated by content analysis. Results: the evidence was that people with visual disabilities experience a variety of difficulties in accessing health services, ranging from travel to the service through to communicating with health personnel, in breach of the principle of accessibility and undermining the quality of health care for these people. Conclusion: these barriers must be made more widely known, so as to build to awareness in society of the real problems caused by lack of accessibility for the visually impaired.


Objetivo: analizar la accesibilidad de las personas con discapacidad visual a los servicios de salud. Método: estudio descriptivo con enfoque cualitativo, realizado junto a 24 personas con discapacidad visual, usuarios de una institución en la ciudad de João Pessoa, Paraíba, en el período octubre a noviembre 2013. Los datos fueron recolectados por medio de entrevista semiestructurada grabada y analizados por análisis de contenido. Resultados: era evidente que las personas con discapacidad visual experimentan muchas dificultades en el acceso a los servicios de salud, desde el desplazamiento al servicio a la comunicación con los profesionales de salud, lo que viola los preceptos de accesibilidad e interfiere en la calidad de la atención de salud a esas personas. Conclusión: es necesario que suceda la difusión del conocimiento de estas barreras para concienciar la sociedad acerca de los problemas reales causados por la falta de accesibilidad para la persona con discapacidad visual.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Transtornos da Visão , Comunicação em Saúde , Acesso aos Serviços de Saúde , Pesquisa Metodológica em Enfermagem , Cegueira
13.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.2): 881-889, fev.2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-30859

RESUMO

Objetivo: avaliar a qualidade de vida de relacionada à saúde dos profissionais de enfermagem. Método: estudo de campo, descritivo, transversal, com abordagem quantitativa, realizado com 14 enfermeiros e 34técnicos de enfermagem que atuam no ambiente hospitalar. Utilizou-se para coleta de dados um questionário sociodemográfico e o Short-Form Health Survey (SF-36) para avaliação da qualidade de vida. Os dados foram submetidos a análises estatísticas, obtendo-se o valor do escore para cada domínio de acordo com o cálculo do Raw Scale. Resultados: foi evidenciada no estudo a predominância do sexo feminino, com idade média de 33,81 anos. Entre os oito domínios do instrumento de qualidade de vida relacionada à saúde, três resultaram comprometimento importante dos escores. Os que obtiveram menor média foram: Dor (22,4), Estado Geral de Saúde (25) e Aspectos Sociais (22,5). Conclusão: houve redução da qualidade de vida relacionada à saúde dos profissionais de enfermagem. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Qualidade de Vida , Saúde do Trabalhador , Enfermeiras e Enfermeiros , Técnicos de Enfermagem , Cuidados de Enfermagem , Esgotamento Profissional , Condições de Trabalho , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais , Qualidade da Assistência à Saúde
14.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-32200

RESUMO

Objetivo: identificar a prevalência de quedas em idosos atendidos em um centro de atenção integral. Método: trata-se de estudo exploratórioe descritivo, com abordagem quantitativa, realizado com 121 idosos de um centro de atenção integral à saúde do idoso no município de JoãoPessoa, Paraíba, Brasil. A coleta de dados foi realizada utilizando um questionário estruturado e a medida de independência funcional. Resultados:foi observado que 71,9% dos idosos referiram apresentar quedas anteriores. A maioria era do sexo feminino (78,2%), com idade entre 60 e 69anos (52,9%), casada (48,3%), com baixa escolaridade (75,8%) e renda mensal de três a cinco salários mínimos (87,4%). Evidenciou-se associaçãoestatisticamente significante entre as variáveis escolaridade (p=0,012), utilização de dispositivo para auxílio da marcha (p=0,033), tipo de residência(p=0,015) e degraus (p=0,009). Conclusão: diante das consequências limitantes que a queda pode provocar, faz-se necessário que o enfermeiroinvestigue a sua ocorrência ou a existência de fatores de risco que possam favorecer ou provocar esse evento, desenvolva ações estratégicas quevisem à prevenção das quedas e que permitam ao idoso experienciar os prazeres da velhice com mais segurança e menor risco de cair. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Acidentes por Quedas , Saúde do Idoso , Serviços de Saúde para Idosos , Fatores de Risco , Envelhecimento , Enfermagem Geriátrica , Fatores Socioeconômicos
15.
Rev Bras Enferm ; 69(5): 933-939, 2016.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-27783737

RESUMO

Objective:: to investigate the association between the domains of health-related quality of life of family caregivers and sociodemographic characteristics of individuals with stroke sequelae. Method:: descriptive, cross-sectional, quantitative research, conducted with 136 family caregivers of individuals with stroke sequelae by means of home interviews from April to June 2013. Results:: we found that caregivers of individuals aged under 65 years, married, with 10 to 12 years of formal education, presented higher scores, respectively, in the domains 'Social aspects', 'Emotional aspects', and 'Mental health'. However, caregivers of patients with higher degree of disability obtained lower score in the 'Mental Health' domain. Conclusion:: the results foster reflection on the need of including the family caregivers of individuals with stroke sequelae in the planning of care provided by health professionals.


Assuntos
Cuidadores/psicologia , Qualidade de Vida , Acidente Vascular Cerebral/epidemiologia , Adulto , Idoso , Brasil/epidemiologia , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Índice de Gravidade de Doença , Fatores Socioeconômicos , Acidente Vascular Cerebral/enfermagem
16.
Cien Saude Colet ; 21(10): 3153-3160, 2016 Oct.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-27783788

RESUMO

This study aimed at evaluating the internal structure of Family Health Units in relation to the access of people with physical and/or sensory disabilities. It is a descriptive, exploratory, population-based research, held in Family Health Units of the municipality of João Pessoa, Paraíba, Brazil. For the collection of data, a checklist based on Technical Standard 9050 was used. For the analysis, the descriptive and exploratory analysis of the data and the Chi-square test were applied. As a result, of the 90 buildings evaluated, only 47.8% have a wheelchair ramp, of these 30.0% have maximum slope and 32.2% have anti-slip flooring. In 28.9% access happens through a staircase without handrail and in 6.7% through a staircase with handrail, 6.7% of these with anti-slip flooring. And only 17.8% of sliding doors have lowered tracks. We concluded that it must be recognized that public policies and institutions do not correspond to the need of these people, and it is necessary to reformulate this form of care and reorganize health services.


Assuntos
Acessibilidade Arquitetônica , Pessoas com Deficiência , Saúde da Família , Acesso aos Serviços de Saúde , Unidades Hospitalares , Brasil , Humanos
17.
Ciênc. saúde coletiva ; 21(10): 3153-3160, Out. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-797041

RESUMO

Resumo Este estudo teve como objetivo avaliar a estrutura interna de Unidades de Saúde da Família em relação ao acesso de pessoas com deficiência física e/ou sensorial. Trata-se de uma pesquisa descritiva, exploratória, de base populacional, realizada nas Unidades de Saúde da Família do município de João Pessoa, Paraíba, Brasil. Para a coleta dos dados utilizou-se um checklist fundamentado na Norma Técnica 9050. Para a análise, foram aplicados a análise descritiva e exploratória dos dados e o teste de qui-quadrado. Como resultado, dos 90 prédios avaliados, apenas 47,8% possuem rampa de acesso, destas 30,0% possuem inclinação máxima e 32,2% têm piso antiderrapante. Em 28,9%, o acesso acontece por escadaria sem corrimão e em 6,7% por escadaria com corrimão, sendo 6,7% com piso antiderrapante. E apenas 17,8% das portas corrediças apresentam trilhos rebaixados. Concluiu-se que é preciso reconhecer que as políticas públicas e as instituições não correspondem à necessidade dessas pessoas, sendo necessário reformular esse cuidado e reorganizar os serviços de saúde.


Abstract This study aimed at evaluating the internal structure of Family Health Units in relation to the access of people with physical and/or sensory disabilities. It is a descriptive, exploratory, population-based research, held in Family Health Units of the municipality of João Pessoa, Paraíba, Brazil. For the collection of data, a checklist based on Technical Standard 9050 was used. For the analysis, the descriptive and exploratory analysis of the data and the Chi-square test were applied. As a result, of the 90 buildings evaluated, only 47.8% have a wheelchair ramp, of these 30.0% have maximum slope and 32.2% have anti-slip flooring. In 28.9% access happens through a staircase without handrail and in 6.7% through a staircase with handrail, 6.7% of these with anti-slip flooring. And only 17.8% of sliding doors have lowered tracks. We concluded that it must be recognized that public policies and institutions do not correspond to the need of these people, and it is necessary to reformulate this form of care and reorganize health services.


Assuntos
Humanos , Acessibilidade Arquitetônica , Pessoas com Deficiência , Saúde da Família , Acesso aos Serviços de Saúde , Unidades Hospitalares , Brasil
18.
Rev. bras. enferm ; 69(5): 933-939, set.-out. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-798042

RESUMO

RESUMO Objetivo: investigar a associação entre os domínios da qualidade de vida relacionada à saúde dos cuidadores familiares e as características sociodemográficas dos indivíduos com sequelas de AVE. Método: pesquisa descritiva, transversal, quantitativa, realizada com 136 cuidadores familiares de indivíduos com sequelas de AVE, mediante entrevistas domiciliárias de abril a junho de 2013. Resultados: verificou-se que os cuidadores de indivíduos com idade inferior a 65 anos, casados, com dez a 12 anos de escolaridade, apresentaram maiores escores, respectivamente nos domínios 'Aspectos sociais', 'Aspectos emocionais' e 'Saúde mental'. Entretanto, os cuidadores de pacientes com maior grau de incapacidade obtiveram menor escore no domínio 'Saúde mental'. Conclusão: os resultados permitem refletir acerca da necessidade de inserir os cuidadores familiares de indivíduos com sequelas de AVE no planejamento de cuidados prestados pelos profissionais de saúde.


RESUMEN Objetivo: investigar la asociación entre los dominios de la calidad de vida relacionada con la salud de los cuidadores familiares y las características sociodemográficas de los individuos con secuelas de accidente vascular encefálico (AVE). Método: estudio descriptivo, transversal y cuantitativo realizado con 136 cuidadores familiares de personas con secuelas de AVE a través de entrevistas domiciliarias a partir de abril hasta junio de 2013. Resultados: se encontró que los cuidadores de las personas menores de 65 años, casados, y con diez a 12 años de estudio tenían las puntuaciones más altas, respectivamente, en los dominios 'Aspectos Sociales', 'Aspectos emocionales' y 'Salud mental'. Sin embargo, los cuidadores de pacientes con niveles más altos de discapacidad tuvieron menor puntuación en el dominio 'Salud mental'. Conclusión: los resultados permiten reflexionar sobre la necesidad de integrar los cuidadores familiares de personas con secuelas de AVE en la planificación del cuidado por parte de profesionales de la salud.


ABSTRACT Objective: to investigate the association between the domains of health-related quality of life of family caregivers and sociodemographic characteristics of individuals with stroke sequelae. Method: descriptive, cross-sectional, quantitative research, conducted with 136 family caregivers of individuals with stroke sequelae by means of home interviews from April to June 2013. Results: we found that caregivers of individuals aged under 65 years, married, with 10 to 12 years of formal education, presented higher scores, respectively, in the domains 'Social aspects', 'Emotional aspects', and 'Mental health'. However, caregivers of patients with higher degree of disability obtained lower score in the 'Mental Health' domain. Conclusion: the results foster reflection on the need of including the family caregivers of individuals with stroke sequelae in the planning of care provided by health professionals.

19.
Cult. cuid ; 19(42): 137-146, mayo-ago. 2015.
Artigo em Português | IBECS | ID: ibc-143109

RESUMO

Introdução: O acidente vascular encefálico (AVE) caracteriza-se ainda como um grande problema de saúde pública e a principal causa de incapacidade neurológica grave. Objetivo: Analisar o perfil dos indivíduos com sequela de AVE. Metodologia: Pesquisa descritiva, transversal, com abordagem quantitativa, realizada no domicilio dos pacientes com sequela de AVE (João Pessoa/PB). Resultados: Evidenciou uma predominância do sexo feminino; idosos; casados; baixo grau de escolaridade; e baixa renda. Com relação à caracterização do AVE, a maior parte teve o primeiro episódio do tipo isquêmico, com tempo de ocorrência entre 6 meses e um ano, e as comorbidades mais prevalentes foram Hipertensão Arterial, Diabetes Mellitus e Cardiopatia. Conclusão: Neste sentindo, urge a necessidade de se ampliar o conhecimento, por meio da realização de mais estudos científicos tendo em vista a idade, sexo, fatores de risco, econômicos e sociais que podem influenciar na incidência do AVE e de outras comorbidades (AU)


Introducción: El accidente cerebrovascular (ictus) sigue siendo caracterizado como un problema de salud pública importante y la principal causa de discapacidad neurológica severa. Objetivo: Analizar el perfil de los pacientes con secuelas de ictus. Metodología: Estudio descriptivo, transversal, con abordaje cuantitativo, realizado en el hogar de los pacientes con secuelas de ictus (João Pessoa / PB). Resultados: Hubo un predominio del sexo femenino; Las personas mayores; casado; bajo nivel de educación; y de bajos ingresos. En cuanto a la identificación de los accidentes cerebrovasculares, la mayoría tenía el primer episodio de tipo isquémico, con el tiempo de ocurrencia de entre seis meses y un año, y las comorbilidades más prevalentes fueron la hipertensión arterial, la diabetes mellitus y las enfermedades del corazón. Conclusión: En este sentimiento, hay una necesidad urgente de ampliar el conocimiento a través de la realización de estudios más científicos para la edad, sexo, riesgo, factores económicos y sociales que pueden influir en la incidencia de accidente cerebrovascular y otras comorbilidades (AU)


Introduction: The cerebrovascular accident (stroke) still characterized as a major public health problem and the leading cause of severe neurological disability. Objective: To analyze the profile of patients with sequel of stroke. Methodology: Descriptive, cross-sectional study with a quantitative approach, held in the home of patients with sequel of stroke (João Pessoa / PB). Results: There was a predominance of females; Senior citizens; married; low level of education; and low income. Regarding the identification of stroke, most had the first episode of ischemic type, with time of ocurrence between six months and one year, and the most prevalent comorbidities were arterial hypertension, diabetes mellitus and heart disease. Conclusion: In this feeling, there is an urgent need to expand knowledge through conducting more scientific studies for age, sex, risk, economic and social factors that may influence the incidence of stroke and other comorbidities (AU)


Assuntos
Humanos , Acidente Vascular Cerebral/complicações , Transtornos Psicomotores/epidemiologia , Estatísticas de Sequelas e Incapacidade , Qualidade de Vida , Perfil de Impacto da Doença , Distribuição por Idade e Sexo
20.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 19(2): 350-355, Apr-Jun/2015. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-750726

RESUMO

Investigar a prevalência e associação da sobrecarga com características do indivíduo com sequela de acidente vascular encefálico e do cuidador. Métodos: Estudo descritivo, transversal, com abordagem quantitativa, realizado na cidade de João Pessoa - PB. Os participantes foram 136 cuidadores familiares. Para a coleta de dados, aplicou-se a escala de Barthel e Zarit Burden Interview. Resultados: Evidencia-se alta prevalência de sobrecarga entre os cuidadores (77,2%), a qual apresentou associação estatisticamente significativa com as seguintes características: indivíduos com sequela de acidente vascular encefálico com 65 anos ou mais, com grau de dependência muito grave, cuidadores do sexo feminino, com faixa etária adulta e com baixo grau de escolaridade. Conclusão: Destaca-se a importância prática de intervenções realizadas por enfermeiros e demais profissionais de saúde com relação às orientações e supervisões referentes ao cuidado dispensado ao cuidador familiar de indivíduos com sequela de acidente vascular encefálico...


Assuntos
Humanos , Idoso , Cuidadores , Saúde da Família , Saúde do Idoso , Acidente Vascular Cerebral
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA