Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Estud. psicol. (Campinas) ; 30(1): 19-28, jan.-mar. 2013. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-674280

RESUMO

In order to verify the factorial structures of the Torrance verbal and figural tests, two activities of each instrument were applied with 193 students from the 10th and 12th years of education in Portugal. We tried to demonstrate that the collinearity of the fluency and flexibility variables could create methodological artifacts that hinder the understanding of the internal structure underlying the test. The principal component analysis without control of collinearity indicated a solution composed of four basic factors that separeted activities. Controlling for collinearity, we found a new solution, which also contained four factors that, unlike the previous result, grouped variables with similar processes but of different activities. The verbal and figural content is also an important element in the factor structure. This new arrangement makes more sense with the theory that underlies the instruments separating the different processes and content which are being measured by the activities.


Com a finalidade de verificar a estrutura fatorial dos testes de Torrance, duas atividades verbais e duas figurais foram aplicadas em 193 estudantes do 10º e 12º ano do ensino secundário de Portugal. Tentou-se demonstrar que a colinearidade das variáveis fluência e flexibilidade podem criar artefatos metodológicos que dificultam o entendimento da estrutura interna subjacente ao teste. A análise fatorial dos componentes principais, sem controle da colinearidade, indicou uma solução composta por quatro fatores que separam basicamente as atividades. Controlando-se a colinearidade, encontrou-se uma nova solução, também composta por quatro fatores, que, diferentemente da anterior, organizou variáveis com processos semelhantes, mas de diferentes atividades. O tipo de conteúdo, verbal e figural, mostrou-se ainda um importante elemento na organização dos fatores. Esse novo arranjo fez mais sentido diante da teoria que embasa os instrumentos, ao separar os diferentes processos e conteúdos por eles avaliados.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Criatividade , Análise Fatorial , Portugal , Reprodutibilidade dos Testes
2.
Estud. psicol. (Campinas) ; 30(1): 19-28, Jan.-Mar. 2013. tab
Artigo em Inglês | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-61357

RESUMO

In order to verify the factorial structures of the Torrance verbal and figural tests, two activities of each instrument were applied with 193 students from the 10th and 12th years of education in Portugal. We tried to demonstrate that the collinearity of the fluency and flexibility variables could create methodological artifacts that hinder the understanding of the internal structure underlying the test. The principal component analysis without control of collinearity indicated a solution composed of four basic factors that separeted activities. Controlling for collinearity, we found a new solution, which also contained four factors that, unlike the previous result, grouped variables with similar processes but of different activities. The verbal and figural content is also an important element in the factor structure. This new arrangement makes more sense with the theory that underlies the instruments separating the different processes and content which are being measured by the activities.(AU)


Com a finalidade de verificar a estrutura fatorial dos testes de Torrance, duas atividades verbais e duas figurais foram aplicadas em 193 estudantes do 10º e 12º ano do ensino secundário de Portugal. Tentou-se demonstrar que a colinearidade das variáveis fluência e flexibilidade podem criar artefatos metodológicos que dificultam o entendimento da estrutura interna subjacente ao teste. A análise fatorial dos componentes principais, sem controle da colinearidade, indicou uma solução composta por quatro fatores que separam basicamente as atividades. Controlando-se a colinearidade, encontrou-se uma nova solução, também composta por quatro fatores, que, diferentemente da anterior, organizou variáveis com processos semelhantes, mas de diferentes atividades. O tipo de conteúdo, verbal e figural, mostrou-se ainda um importante elemento na organização dos fatores. Esse novo arranjo fez mais sentido diante da teoria que embasa os instrumentos, ao separar os diferentes processos e conteúdos por eles avaliados.(AU)


Assuntos
Humanos , Criatividade , Análise Fatorial , Reprodutibilidade dos Testes
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...