Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 34
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Cien Saude Colet ; 13(4): 1133-42, 2008.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-18813612

RESUMO

Time use research analyzes the multi-factorial aspects of aging. The purpose of this research was to describe time use within a group of 75 elderly women, 68,04 +/- 8,36 years old, based on their daily activities from waking up to going to sleep. The instruments used in the study were a cognition test (Clock Completion Test), a questionnaire for obtaining personal data and structured interviews (Time Diary) for obtaining information about the activities carried out on the day prior to the interview. The daily activities were decoded and classified by means of an international classification for time use studies, thus obtaining the profiles of the daily activities assigned to nine groups of main activities and their physical and social contexts. It was verified that the greater part of time was spent with mandatory activities (housework and personal care). Most of the free time was spent with passive leisure (TV watching) and little physical activity. Most of the activities were performed at home (physical context), and the elderly women used to live either with members of their family or alone (social context). Individual factors such as age, gender, educational level, marital status and socioeconomic level probably play a role in the time use patterns found.


Assuntos
Atividades Cotidianas , Estilo de Vida , Idoso , Feminino , Humanos , Fatores de Tempo
2.
Ciênc. saúde coletiva ; 13(4): 1133-1142, jul.-ago. 2008. graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-488814

RESUMO

O estudo do uso do tempo considera a heterogeneidade do envelhecimento, analisando-o multifatorialmente, permitindo vislumbrar o estilo de vida de indivíduos idosos. Este estudo objetivou descrever o uso do tempo de 75 idosas (68,04 ± 8,36 anos), através das suas atividades diárias. Instrumentos utilizados: teste de cognição (Clock Completion Test), formulário para dados pessoais e entrevista estruturada (Time Diary) para relato das atividades diárias. Para decodificação e classificação das atividades diárias, utilizou-se a classificação australiana para estudos de uso do tempo, distribuindo-as em nove grupos de atividades principais. Foram verificados os contextos físico (local) e social (parceiros sociais) das atividades. Verificou-se que grande parte do tempo destinou-se às atividades obrigatórias (atividades domésticas e de cuidados pessoais). A maior proporção do tempo livre destinou-se ao lazer passivo (assistir televisão) com pouco envolvimento em atividades físicas. A casa e estar com membros da família ou sozinhas representaram o contexto físico e social mais presentes. O estudo permitiu um vislumbre do estilo de vida do grupo. Provavelmente houve influência de fatores individuais como idade, gênero, grau de instrução, estado civil e nível socioeconômico sobre os padrões encontrados para o uso do tempo.


Time use research analyzes the multi-factorial aspects of aging. The purpose of this research was to describe time use within a group of 75 elderly women, 68,04 ± 8,36 years old, based on their daily activities from waking up to going to sleep. The instruments used in the study were a cognition test (Clock Completion Test), a questionnaire for obtaining personal data and structured interviews (Time Diary) for obtaining information about the activities carried out on the day prior to the interview. The daily activities were decoded and classified by means of an international classification for time use studies, thus obtaining the profiles of the daily activities assigned to nine groups of main activities and their physical and social contexts. It was verified that the greater part of time was spent with mandatory activities (housework and personal care). Most of the free time was spent with passive leisure (TV watching) and little physical activity. Most of the activities were performed at home (physical context), and the elderly women used to live either with members of their family or alone (social context). Individual factors such as age, gender, educational level, marital status and socioeconomic level probably play a role in the time use patterns found.


Assuntos
Idoso , Feminino , Humanos , Atividades Cotidianas , Estilo de Vida , Fatores de Tempo
3.
Psicol. estud ; 12(1): 61-70, jan.-abr. 2007. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-457689

RESUMO

Este estudo tem como objetivo evidenciar as implicações dos padrões de humor na manutenção do ciclo da drogadicção nos sistemas familiares com dependentes químicos, tendo como pressupostos as correlações entre drogadicção e transtornos de humor. Consideramos importante investigar como os padrões de depressão e mania afetam e são afetados, recursivamente, pelo sistema familiar com membro adicto. Apresentamos um estudo de caso de terapia familiar estrutural e estratégica de uma família com um membro adicto. Analisamos os resultados deste estudo focando a atenção nos dados que estes modelos de terapia possibilitam e nas categorias descritivas de padrões de humor criadas por Stierlin, Weber, Schmidt e Simon (1986), que trabalharam com famílias com transtornos de humor. Esta pesquisa colaborou para ampliar nossa visão sobre os diversos fatores que podem influenciar na manutenção da dependência de drogas nos sistemas familiares com membro adicto.


This study has as main objective to emphasize the implications of mood patterns in the maintenance of the drug addiction cycle, in family systems with chemical dependents, assuming that there is a correlation between drug addiction and mood disorders or perturbations. We considered important to investigate how depression and mania patterns, recursively, affect and are affected by the family system with a chemical-dependent member. We presented a case study of structural and strategic family therapy, in a family with an addicted member. We analyzed the results of the study, by focusing on both, the data that emerged from those models of therapy, and on descriptive categories related to mood patterns created by Stierlin, Weber, Schmidt and Simon (1986), who worked with families presenting mood disorders. The study helped to enlarge our views on the several factors that can influence the maintenance of drug dependence in family systems with addicted members.


Este estudio tiene como objetivo evidenciar las implicaciones de los modelos de humor en la manutención del ciclo de la drogadicción en los sistemas familiares con adictos químicos, teniendo como postulados las correlaciones entre drogadicción y trastornos de humor. Consideramos importante investigar como los modelos de depresión y manía afectan y son afectados, recursivamente, por el sistema familiar con miembro adicto. Presentamos un estudio de caso de terapia familiar estructural y estratégica de una familia con un miembro adicto. Analizamos los resultados de este estudio fijando atención en los datos que estos modelos de terapia posibilitan y en las categorías descriptivas de modelos de humor criadas por Stierlin, Weber, Schmidt y Simon (1986), que trabajaron con familias con trastornos de humor. Esta investigación colaboró para ampliar nuestra visión sobre los diversos factores que pueden influenciar en la manutención de la adicción de drogas en los sistemas familiares con miembro adicto.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Relações Familiares , Transtornos do Humor , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
4.
Psicol. estud ; 12(1): 61-70, jan.-abr. 2007. ilus
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-50200

RESUMO

Este estudo tem como objetivo evidenciar as implicações dos padrões de humor na manutenção do ciclo da drogadicção nos sistemas familiares com dependentes químicos, tendo como pressupostos as correlações entre drogadicção e transtornos de humor. Consideramos importante investigar como os padrões de depressão e mania afetam e são afetados, recursivamente, pelo sistema familiar com membro adicto. Apresentamos um estudo de caso de terapia familiar estrutural e estratégica de uma família com um membro adicto. Analisamos os resultados deste estudo focando a atenção nos dados que estes modelos de terapia possibilitam e nas categorias descritivas de padrões de humor criadas por Stierlin, Weber, Schmidt e Simon (1986), que trabalharam com famílias com transtornos de humor. Esta pesquisa colaborou para ampliar nossa visão sobre os diversos fatores que podem influenciar na manutenção da dependência de drogas nos sistemas familiares com membro adicto.(AU)


This study has as main objective to emphasize the implications of mood patterns in the maintenance of the drug addiction cycle, in family systems with chemical dependents, assuming that there is a correlation between drug addiction and mood disorders or perturbations. We considered important to investigate how depression and mania patterns, recursively, affect and are affected by the family system with a chemical-dependent member. We presented a case study of structural and strategic family therapy, in a family with an addicted member. We analyzed the results of the study, by focusing on both, the data that emerged from those models of therapy, and on descriptive categories related to mood patterns created by Stierlin, Weber, Schmidt and Simon (1986), who worked with families presenting mood disorders. The study helped to enlarge our views on the several factors that can influence the maintenance of drug dependence in family systems with addicted members.(AU)


Este estudio tiene como objetivo evidenciar las implicaciones de los modelos de humor en la manutención del ciclo de la drogadicción en los sistemas familiares con adictos químicos, teniendo como postulados las correlaciones entre drogadicción y trastornos de humor. Consideramos importante investigar como los modelos de depresión y manía afectan y son afectados, recursivamente, por el sistema familiar con miembro adicto. Presentamos un estudio de caso de terapia familiar estructural y estratégica de una familia con un miembro adicto. Analizamos los resultados de este estudio fijando atención en los datos que estos modelos de terapia posibilitan y en las categorías descriptivas de modelos de humor criadas por Stierlin, Weber, Schmidt y Simon (1986), que trabajaron con familias con trastornos de humor. Esta investigación colaboró para ampliar nuestra visión sobre los diversos factores que pueden influenciar en la manutención de la adicción de drogas en los sistemas familiares con miembro adicto.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Relações Familiares , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias , Transtornos do Humor
5.
In. Netto, Matheus Papaléo. Tratado de Gerontologia. São Paulo, Atheneu, 2 ed; 2007. p.771-780.
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-455142
6.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 40(4): 493-500, dez. 2006.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-454408

RESUMO

O cuidado domiciliar aos idosos tem no cuidador familiar, geralmente o cônjuge, um grande aliado. Porém, verifica-se que estes freqüentemente têm queixas de saúde. Conhecer o significado de saúde para idosos cuidadores de seus cônjuges, quais as mudanças ocorridas após assumir este papel e como cuidam da própria saúde é o objetivo desse estudo qualitativo exploratório. Foram entrevistados idosos cuidadores de seus cônjuges. Os discursos foram analisados de acordo com a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo e apresentaram os seguintes resultados: Concepções de saúde: estar disposto, não ter sintomas, não precisar de médico, não depender de alguém ou demandar cuidado. Os cuidados com a própria saúde foram: controle alimentar, res-peito às rotinas e hábitos pessoais, desenvolvimento das atividades cotidianas, atividades físicas e acompanhamento médico. Mudanças percebidas após terem se tornado cuidadores: cansaço, stress, preocupação, aparecimento de sintomas e doenças, aumento dos riscos à saúde e mudanças no cotidiano e auto-estima


Home care for the elderly has agreat ally in the family caregiver,in general a spouse. However,these spouses frequently havehealth complaints themselves. Tounderstand the meaning of healthfor elderly spouses who arecaregivers, to know the changesin their health after taking thisrole and to learn how they takecare of their own health, theauthors developed an exploratoryqualitative study in which elderlyspouses caregivers were personallyinterviewed. The speecheswere analyzed according to theDiscourse Analysis on CollectiveSubject. The result is that theyunderstood health as havingenergy, showing no symptoms,needing no doctor, depending onno one and requiring no care.They took care of their ownhealth through diet control,respect to routines and personalhabits, performance of their dailyactivities, physical activities andmedical control. The changesnoticed after becoming caregiverswere tiredness, stress, preoccupation,development of symptomsand illnesses, increase ofhealth risks and changes in routineand in self-esteem


El cuidado domiciliario a losancianos tiene en el cuidadorfamiliar, generalmente el cónyuge,un gran aliado. No obstante, severifica que éstos con frecuenciatienen quejas de salud. Conocerel significado de salud para ancianoscuidadores de su cónyuge,cuáles son los cambios ocurridosdespués de asumir este papel ycómo cuidan de su propia saludés el objectivo deste estudiocualitativo exploratorio. Fueronentrevistados ancianos cuidadoresde su cónyuge. Los discursosfueron analizados de acuerdo a latécnica del Discurso del SujetoColectivo y apresentaram losseguientes resultados: Concepcionesde salud: estar dispuesto,no tener síntomas, nonecesitar de médico, no dependerde alguien o demandar cuidado.Los cuidados a la propia saludfueron: control alimenticio,respeto a las rutinas y hábitospersonales, desarrollo de lasactividades cotidianas, actividadesfísicas y acompañamientomédico. Cambios percibidosdespués de tornarse cuidadores:cansancio, stress, preocupación,aparición de síntomas y enfermedades,aumento de los riesgosa la salud y cambios en el cotidianoy auto-estima


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Assistência Domiciliar , Cuidadores , Saúde do Idoso
7.
JBG J. bras. odonto ; 2(6): 80-86, jul.-set. 2006. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-495441

RESUMO

O envelhecimento da população brasileira impulsiona, cada vez mais, o Poder Público a criar alternativas que viabilizem a permanência do idoso na comunidade, otimizando suas capacidades e disponibilizando serviços de atenção continuada, compreensivos para a complexidade do processo de senectude. Em 2002, o Conselho Federal de Odontologia reconheceu a odontogeriatria como especialidade. Mais do que oferecer tratamentos odontológicos desenvolvidos exclusivamente para as pessoas idosas, essa nova especialidade exige profissionais que compreendam melhor o impacto do envelhecimento na saúde bucal e no comportamento social daí decorrente. No presente artigo são apresentados os conceitos relativos à rede de relações e descritos alguns instrumentos para sua avaliação, dando destaque ao mapa mínimo de relações (MMR), um instrumento gráfico para avaliaçao de suporte social do idoso, de interesse multidisciplinar e que considera particularmente a odontogeriatria.


Assuntos
Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Avaliação de Programas e Instrumentos de Pesquisa , Odontologia Geriátrica , Ajustamento Social , Dinâmica Populacional , Saúde Bucal , Inquéritos e Questionários
8.
Rev. bras. geriatr. gerontol ; 9(1): 37-54, abr. 2006. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-450306

RESUMO

A maioria do conhecimento sobre atividades diárias de idosos resulta de estudos da área de geriatria, principalmente sobre atividades básicas da vida diária e atividades instrumentais da vida diária, com o objetivo de se determinar a necessidade de assistência e de intervenção quando o desempenho se torna insuficiente para uma vida independente. Diferentemente do binômio saúde-doença e das escalas de capacidade funcional, o estudo do uso do tempo considera a heterogeneidade do envelhecimento, analisando-o numa perspectiva multifatorial, enfocando o estilo de vida, a partir da constatação de que os estados físico, psicológico, social, cultural, mental e espiritual interagem, influenciando diretamente o bem estar, além de considerar a pessoa idosa não um agente passivo, mas parte ativa de seu contexto social. Os resultados podem direcionar a adoção de medidas preventivas através da interação de técnicas e métodos de trabalho de diferentes áreas do conhecimento, todas objetivando promover o melhor bem estar possível da pessoa idosa, retardando, enquanto possível, o surgimento de situações incapacitantes.


Assuntos
Masculino , Feminino , Idoso , Humanos , Atividades Cotidianas , Idoso , Envelhecimento , Promoção da Saúde , Saúde Holística , Equipe de Assistência ao Paciente , Percepção Social , Tempo
9.
Rev Esc Enferm USP ; 40(4): 493-500, 2006 Dec.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-17310565

RESUMO

Home care for the elderly has a great ally in the family caregiver, in general a spouse. However, these spouses frequently have health complaints themselves. To understand the meaning of health for elderly spouses who are caregivers, to know the changes in their health after taking this role and to learn how they take care of their own health, the authors developed an exploratory qualitative study in which elderly spouses caregivers were personally interviewed. The speeches were analyzed according to the Discourse Analysis on Collective Subject. The result is that they understood health as having energy, showing no symptoms, needing no doctor, depending on no one and requiring no care. They took care of their own health through diet control, respect to routines and personal habits, performance of their daily activities, physical activities and medical control. The changes noticed after becoming caregivers were tiredness, stress, preoccupation, development of symptoms and illnesses, increase of health risks and changes in routine and in self-esteem.


Assuntos
Cuidadores , Geriatria , Nível de Saúde , Assistência Domiciliar , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Feminino , Humanos , Masculino , Inquéritos e Questionários
10.
In. Jacob Filho, Wilson; Amaral, José Renato G. Avaliação global do idoso: manual da liga do Gamia. São Paulo, Atheneu, 2006. p.159-170.
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-430049
11.
In. Medeiros, Suzana Aparecida Rocha; Côrte, Beltrina; Gouveia, Raphael Pereira Nunes. Portal do envelhecimento: fórum de discussões. São Paulo, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2006. p.s-s.
Monografia em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-54341
12.
Mundo saúde (Impr.) ; 29(4): 510-522, out.-dez. 2005. ilus
Artigo em Português | LILACS, Sec. Est. Saúde SP | ID: lil-421865

RESUMO

Em razão do significativo aumento da população idosa no Brasil, é possível perceber a vivência de uma transição demográfica e mudanças na epidemiologia que contribuem para alterar o cenário do atendimento de saúde a idosos, destacando-se, assim, a hospitalização. A assistência de enfermagem, além da competência técnica e científica, deve imbuir-se de preceitos éticos, a fim de garantir a satisfação das necessidades e também os direitos dos pacientes, que se traduz no objetivo deste estudo. A especificidade quanto á população idosa está em atentar para sua vulnerabilidade, manutenção de sua capacidade funcional, sua autonomia e minimização de sua dependência. o atendimento aos direitos dos idosos hospitalizados na assistência cotidiana de enfermagem foi analisado por intermédio de 32 entrevistas com pacientes internados em dois hospitais: um público e um filantrópico no Município de São Paulo. Nos discursos dos idosos foram apontadas ressalvas quanto aos direitos à atenção e respeito, auxílio para conforto e bem-estar, á privacidade física, à informação, à acompanhante e à assistência religiosa durante a assistência de enfermagem. Pela análise dos discursos concluiu-se que os direitos dos pacientes idosos entrevistados na assistência cotidiana de enfermagem não são nem freqüente nem adequadamente atendidos embora a maioria desses idosos quando perguntados sobre o atendimento recebido considerou-o como "ótimo", mas, ao mesmo tempo é possível perceber expressões conflitantes que denunciam e justificam ações, situações, atitudes e comportamentos do pessoal de enfermagem que permitem compreender melhor o que representa ser paciente e idoso em um hospital do Sistema Único de Saúde.


Assuntos
Humanos , Assistência ao Paciente , Ética em Enfermagem , Idoso , Enfermagem Geriátrica
13.
Mundo saúde (Impr.) ; 29(4): 639-644, out.-dez. 2005. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-421879

RESUMO

Este estudo discute a relevância dos cuidadores para a assistência aos idosos no domicílio e apresenta um breve perfil dos 115 cuidadores de idosos assistidos no "Programa de assistência a idosos no domicílio baseado num sistema de vigilância da capacidade funcional e dependência" - Projeto CapacIDADE - desenvolvido em uma unidade básica de saúde, no que diz respeito a suas características demográficas, habilidade para o cuidado, queixas e tempo dedicado ao cuidado. Método: As informações foram obtidas através de entrevista a idosos e cuidadores, no domicílio, com a utilizção de formulários semi-estruturado. Resultados: Os filhos são cuidadores de 39,8 por cento dos idosos. 79,6 por cento são mulheres, 87,2 por cento moram junto com o idoso, 12,2 por cento trabalham, 18 por cento referem dificuldades para a prestação de cuidado. Quanto às queixas, problemas de saúde e cansaço foram as mais referidas.


Assuntos
Humanos , Idoso , Cuidadores , Assistência Domiciliar
14.
Rev. Kairós ; 8(2): 221-dez. 2005.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-29930

RESUMO

Identificou-se por meio de entrevistas o significado da aposentadoria, bem como o projeto de vida pessoal de um grupo de funcionários de uma instituição de ensino superior. A análise foi estruturada em: idéia-central, expressões-chave e discurso do sujeito coletivo (DSC). As idéias centrais 'descanso', 'dinheiro certo' e desejo de continuar trabalhando, seja como 'reforço do salário', seja 'para não ficar parado' compuseram o DSC


Assuntos
Aposentadoria
15.
Rev. Kairós ; 8(2): 221-234, dez. 2005.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-484035

RESUMO

Identificou-se por meio de entrevistas o significado da aposentadoria, bem como o projeto de vida pessoal de um grupo de funcionários de uma instituição de ensino superior. A análise foi estruturada em: idéia-central, expressões-chave e discurso do sujeito coletivo (DSC). As idéias centrais "descanso", "dinheiro certo" e desejo de continuar trabalhando, seja como reforço do salário, seja para não ficar parado compuseram o DSC.


Assuntos
Aposentadoria
16.
JBG J. bras. odonto ; 1(1): 8-18, abr.-jun. 2005. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-472505

RESUMO

Aborda-se neste trabalho a importância em se conhecer a rede de suporte social do indivíduo idoso, por representar a base de assitência informal a ele prestada. Utilizando-se do Mapa Mínimo de Relações, propõem-se modificações adequando-o a prestar-se como instrumento gráfico para orientação multiprofissional e multidisciplinar no cuidado e tratamento destes indivíduos. Utilizou-se uma amostragem de 30 idosos divididos em dois grupos etários com idades variando de 60 a 75 anos e de 75 anos ou mais. Este estudo permitiu concluir que o instrumento utilizado mostrou-se útil na identificação do universo de relacionamentos interpessoais na chamada terceira idade, conhecendo-se a composição e função de cada um dos envolvidos, facilitando a comunicação e o exercício profissional no cuidado com a saúde do idoso.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Relações Interpessoais , Assistência a Idosos , Percepção Social , Assistência Odontológica para Idosos , Serviços de Saúde para Idosos
17.
Rev. nutr ; 18(1): 41-52, jan.-fev. 2005. tab
Artigo em Português | LILACS, Sec. Est. Saúde SP | ID: lil-395837

RESUMO

OBJETIVO: Avaliar uma intervencão nutricional educativa desenvolvida para alunos de Universidades Abertas para a Terceira Idade. MÉTODOS: A populacão foi constituída por indivíduos com 45 anos de idade ou mais, freqüentadores de quatro instituicões de ensino do Município de São Paulo. O estudo teve delineamento quase experimental, do tipo pré-teste/pós-teste, sem grupo controle. A acão educativa (quatro aulas de três horas cada; distribuicão de uma apostila com o conteúdo das aulas e de um guia alimentar com orientacões gerais) era parte das atividades oferecidas pelas instituicões e foi desenvolvida por nutricionistas durante o segundo semestre de 1996. Os dados pessoais e de conhecimentos sobre nutricão foram coletados por meio de questionário auto-aplicado. O conhecimento foi identificado aplicando-se teste especialmente elaborado. As práticas alimentares, identificadas por meio do registro de alimentos consumidos em três dias, tiveram como variáveis analisadas: o valor energético total, a proporcão de macronutrientes, o colesterol, a vitamina A, cálcio e ferro. RESULTADOS: As modificacões identificadas foram: aumento dos conhecimentos sobre nutricão, diminuicão de consumo de lipídios, de proteínas e de colesterol. As modificacões citadas referiram-se ao tipo de alimento consumido, à ingestão de água e à maneira de preparar os alimentos. Estas modificacões ocorreram por motivos de saúde, e as fontes de informacões sobre nutricão mais citadas, foram a Universidade Aberta para a Terceira Idade e o médico pessoal. CONCLUSAO: Apesar das limitacões do estudo, os resultados indicaram que, em funcão dessa atividade, houve uma tendência para a modificacão da dieta e dos conhecimentos sobre nutricão.


Assuntos
Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Humanos , Idoso , Adulto , Educação Alimentar e Nutricional , Saúde do Idoso
18.
In. Litvoc, Júlio; Brito, Francisco Carlos de. Envelhecimento: prevenção e promoção da saúde. São Paulo, Atheneu, 2004. p.37-46.
Monografia em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-53893
19.
Mundo saúde (Impr.) ; 26(4): 503-508, out.-dez. 2002.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-366522

RESUMO

Sabemos que o envelhecimento é uma etapa da vida humana, assim como tantas outras, mas percebemos que a ela estão associadas algumas representações negativas, tais como perdas e a idéia de final de vida. Observamos que o mesmo ocorre com alunos de graduação em enfermagem e até mesmo com profissionais de saúde da rede hospitalar. Acreditamos que, para assistir adequadamente a população idosa, no sentido de contribuir para a qualidade de vida e a promoção da saúde, é necessário formação de recursos humanos despertos para as reais necessidades desta clientela. Uma forma de contribuir para a (re)construção da imagem da velhice é mediante a inserção de conteúdos geronto/geriátricos no currículo de graduação; aqui especificamente abordamos o curso de graduação em enfermagem. Neste sentido, este estudo buscou identificar junto a alunos de 4º ano de graduação em enfermagem quais eram as representações sociais sobre "Ser Velho" e "Cuidar de Velhos" emitidas por eles ao estarem finalizando o curso. Analisamos 2 grupos de alunos, um que havia recebido um conteúdo geronto/geriátrico mediante disciplina obrigatória durante a graduação; e outro grupo que não possuia na grade curricular tal conteúdo específico. A estratégia metodológica escolhida foi o Discurso do Sujeito Coletivo (DSC), e como referencial teórico utilizamos a teoria das Representações Sociais. Observamos que ambos os grupos de alunos apresentaram imagens da velhice ainda vinculadas aos aspectos negativos e preconceituosos. Em contrapartida, também identificaram a velhice à idéia de experiência de vida, autonomia e independência. Mediante estes achados, acreditamos, que a inclusão de conteúdos específicos sobre o envelhecimento na formação profissional do enfermeiro sustenta a assistência prestada, ao mesmo tempo que promove a desconstrução dos esteriótipos negativos sobre a velhice.


Assuntos
Humanos , Cuidadores , Enfermagem Geriátrica , Saúde do Idoso
20.
Fono atual ; 5(20): 21-30, abr.-jun. 2002. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-418030

RESUMO

Aborda-se, nesta oportunidade, a importância em se conhecer a rede de suporte social do indivíduo idoso, por representar a base de assistência informal a ele prestada. Utilizando-se do Mapa Mínimo de Relações, propõem-se modificações adquando-o a prestar-se como instrumento gráfico para orientação multiprofissional e multidisciplinar no cuidado e tratamento destes indivíduos. Utilizou-se, para tanto, uma amostragem de 30 idosos divididos em dois grupos etários com idades variando de 60 a 75 anos e de 75 anos ou mais. Este estudo permitiu concluir que o instrumento utilizado mostrou-se útil na identificação do universo de relacionamentos interpessoais na chamada terceira idade, conhecendo-se a composição e funções de cada um dos envolvidos, facilitando a comunicação e o exercício profissional no cuidado com a saúde do idoso.


Assuntos
Idoso , Assistência a Idosos/organização & administração , Geriatria , Fonoaudiologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA