Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 7 de 7
Filtrar
1.
Interface (Botucatu, Online) ; 25: e200506, 2021.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1346373

RESUMO

Este estudo teve por objetivo analisar a institucionalização das práticas de atenção às condições crônicas e da gestão do cuidado em um serviço de Atenção Primária. A Análise Institucional, na vertente socioanalítica, consistiu no referencial teórico-metodológico escolhido. Foram utilizadas como ferramentas a observação participante, a realização de grupos com as equipes de Saúde e entrevistas com os responsáveis pelo desenvolvimento de pesquisas e avaliação do serviço. Os resultados mostraram que a resistência do sujeito à mudança implica obstáculo para o desenvolvimento e a consolidação das práticas de atenção às condições crônicas. Além disso, não há uma responsabilidade coletiva dos profissionais, demonstrando a falta de planejamento e engajamento da equipe. Destaca-se, também, uma política de gestão por resultados que oprime e desestimula a potência dos coletivos e a criação de novas alternativas diante dos impasses vivenciados. (AU)


El objetivo de este estudio es analizar la institucionalización de las prácticas de atención a las enfermedades crónicas y de la gestión del cuidado en un servicio de atención primaria. El análisis institucional, en la vertiente socioanalítica, constituyó el referencial teórico-metodológico elegido. Como herramientas se utilizaron la observación participante, la realización de grupos con los equipos de salud y entrevistas con los responsables por el desarrollo de investigaciones y evaluación del servicio. Los resultados mostraron que la resistencia del sujeto al cambio implica un obstáculo para el desarrollo y la consolidación de las prácticas de atención a las enfermedades crónicas. Además, no hay una responsabilidad colectiva de todos los profesionales, demostrando la falta de planificación y compromiso del equipo. También se destaca una política de gestión por resultados que oprime y desincentiva la potencia de los colectivos y la creación de nuevas alternativas ante los impases vividos. (AU)


The purpose of this study was to analyze the institutionalization of care practices for chronic conditions and the management of assistance in a primary care service. The socio-analytical line of Institutional Analysis was chosen as the theoretical-methodological framework. In this intervention research, participant observation, groups held with health teams and interviews conducted with the individuals responsible for developing research and evaluating the service were used as tools. The results show that the subject's resistance to change is an obstacle to the development and consolidation of the care practices for chronic conditions. In addition, there is not a collective responsibility of all the professionals, demonstrating the lack of planning and engagement of the team. Also worthy of note is the results-oriented management policy, which oppresses and discourages collective power and innovation. (AU)


Assuntos
Atenção Primária à Saúde/organização & administração , Centros de Saúde , Doença Crônica , Institucionalização , Entrevistas como Assunto , Pessoal de Saúde , Fluxo de Trabalho
2.
Rev. bras. educ. méd ; 44(3): e102, 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1137523

RESUMO

Abstract: Introduction: The Family Doctor (FD), whose scope of action is Primary Health Care (PHC), is a professional trained to care for people, their families, and communities. The best FD training should be performed through Medical Residency Programs in Family Medicine (MRPFM), an in-service teaching field where a preceptor, also a FD, accompanies the resident. A pedagogically well-trained preceptor can work in the learning process of young doctors, who in turn are able to develop the necessary skills to work as a future FD. Active Learning Methodologies (ALM) are based on critical pedagogy and work with problems for the development of teaching-learning processes. They seek the theory from the practice, thus preparing the students to become aware of their environment and act aiming at its transformation. ALMs are achieved in the pedagogical processes through Active Teaching-Learning Strategies (ATLS), which are effective pedagogical resources used by the preceptors in the residents' daily training. They can be divided into two groups: Active Teaching-Learning Dynamics and Active Teaching Actions. This article reports on the effects of a training course for Family Medicine preceptors on the use of Active Teaching-Learning Dynamics and Active Teaching Actions. Method: Qualitative comparative case study using sociodemographic survey, individual semi structured interview and field notes. The information was examined under content analysis, having participated ten preceptors from four MRPFM from the state of São Paulo, Brazil (half having attended the Leonardo EURACT level 1 course and half not having done so). Results: Those preceptors who attended the course expressed having more knowledge and use of Active Teaching-Learning Strategies, specifically of Active Teaching-Learning Dynamics and Active Teaching Actions. Conclusions: It was observed that the Leonardo EURACT level 1 teaching technology modifies the teaching practice of those who took the course, as they demonstrate a greater use and domain of its tools in their pedagogical practice. Moreover, the course allows a greater understanding of the presented dynamics and activities, thus promoting the residents' critical learning and encouraging autonomy.


Resumo: Introdução: O médico de família e comunidade (MFC) tem como campo de atuação a atenção primária à saúde, sendo preparado para atuar no cuidado das pessoas, famílias e comunidade. Sua formação ideal deve acontecer em Programas de Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade (PRMMFC), campo de ensino em serviço em que um preceptor, também MFC, acompanha o residente. O preceptor pedagogicamente bem formado consegue atuar no processo de aprendizado do residente para que desenvolva as competências necessárias para seu futuro exercício profissional. As metodologias ativas de aprendizagem (MAP) ancoram-se na pedagogia crítica e trabalham com problemas para o desenvolvimento dos processos de ensino-aprendizagem. Partem da prática e, a partir dela, buscam a teoria; com isso, preparam o residente para tomar consciência de seu mundo e atuar na transformação dele. As MAP são concretizadas nos processos pedagógicos pelas estratégias didáticas ativas de ensino-aprendizagem, recursos pedagógicos efetivos utilizados pelos preceptores no cotidiano de formação do residente. São divididas em dois grupos: dinâmicas ativas de ensino-aprendizagem e ações para o ensino ativo. Este artigo relata os efeitos de um curso de formação para preceptores de MFC no uso de dinâmicas ativas de ensino e ações para o ensino ativo no processo de preceptoria em PRMMFC. Método: Pesquisa qualitativa, do tipo estudo de caso comparativo mediante o uso de formulário sociodemográfico, entrevista individual semiestruturada e diário de campo. As informações produzidas foram examinadas por análise de discurso, tendo participado dez preceptores de quatro PRMMFC do estado de São Paulo, Brasil (metade realizou o curso Leonardo EURACT nível 1 e metade não). Resultados: Os preceptores que fizeram o curso demonstraram maior conhecimento e uso de utilização de estratégias didáticas de aprendizagem, especificamente dinâmicas ativas de ensino-aprendizagem e ações para o ensino ativo. Conclusões: Foi possível perceber que a tecnologia de ensino Leonardo EURACT nível 1 modifica a prática de ensino dos preceptores que o cursaram, pois demonstram maior uso e domínio das ferramentas na sua prática pedagógica. Além disso, o curso possibilita maior compreensão das dinâmicas e ações apresentadas e, assim, promove o aprendizado dos residentes de forma crítica e estimulando a autonomia.

3.
Rev. bras. educ. méd ; 44(4): e145, 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1137563

RESUMO

Abstract: Introduction: The 2014 curricular guidelines for medical courses in Brazil aim to train humanist, critic, reflexive and ethic general practitioners, able to work at different levels of health care, primarily based within the National Unified Health System scope. To achieve this goal, higher education institutions must adopt educational technologies such as active learning methodologies, which encourage students to seek and build their own knowledge. This study aims to identify and analyze the challenges faced by Public Health teachers from two medical courses in the state of Rio Grande do Sul, Brazil in the use of Active Learning Methodologies. Method: The study was conducted as a qualitative research with a comparative case study approach, and the subjects comprised teachers of the abovementioned discipline in both universities. The information was collected through a sociodemographic questionnaire, semi-structured interviews, and semi-directed observation. The findings were assessed using thematic analysis and the questionnaire data were tabulated to assess its frequency. Result: The main findings were the understanding, on the part of the teachers, of the relevance of active methodologies in the teaching pedagogical processes, the difficulty of including them due to the lack of preparation, and the understanding of the need for the active teaching methodologies to guide the pedagogical project. Conclusion: It is concluded that the universities should be encouraged to build a continuing education project for the teaching staff in which these methodologies are assumed as the main point in the teaching practice, also contributing to reflect on the established training model, as well as to rethink the organization of the political pedagogical project of medical courses.


Resumo: Introdução: As Diretrizes Nacionais Curriculares de 2014 dos cursos de Medicina no Brasil propõem a formação de médicos generalistas, humanistas, críticos, reflexivos e éticos, com capacidade para atuar nos diferentes níveis de atenção à saúde, prioritariamente tendo como base dessa formação os cenários do Sistema Único de Saúde. Para atingir esse objetivo, as instituições de ensino devem adotar tecnologias educacionais como as metodologias ativas de aprendizagem, que estimulam o estudante a buscar e construir seu próprio conhecimento. Este estudo tem como objetivos identificar e analisar os desafios que os professores da disciplina de Saúde Coletiva de dois cursos de Medicina do Rio Grande do Sul, no Brasil, enfrentam no uso das metodologias ativas de aprendizagem. Método: O desenho metodológico escolhido foi a pesquisa qualitativa com abordagem de estudo de caso comparativo. Os sujeitos da pesquisa foram os professores da disciplina de Saúde Coletiva de duas universidades. Coletaram-se as informações por meio de questionário sociodemográfico, entrevista semiestruturada e observação semidirigida. O tratamento dos achados pautou-se pela análise temática, e os dados do questionário foram tabulados para exame de sua frequência. Resultado: Os principais achados foram o entendimento, por parte dos docentes, da importância das metodologias ativas nos processos pedagógicos de ensino, a dificuldade de sua inserção pela falta de preparo e a compreensão da necessidade das metodologias ativas de ensino como orientadoras do projeto pedagógico dos dois cursos estudados. Conclusão: As universidades devem ser estimuladas a construir um projeto de educação permanente para o corpo docente, em que essas metodologias sejam assumidas como ponto principal na prática docente, contribuindo também para refletir sobre o modelo de formação que está instituído, assim como repensar a organização do projeto político-pedagógico dos cursos de Medicina.

4.
Cien Saude Colet ; 21(9): 2871-8, 2016 Sep.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-27653071

RESUMO

This article aims to propose an adaptation of the methodology used by Starfield and Shy (2002) to assess the quality of health care in the municipalities which joined the Mais Médicos (More Doctors) Program. The indicators were adapted for each one of the nine criteria proposed in the methodology and were applied to medium and large municipalities in the Metropolitan Region of Porto Alegre before and after they were integrated in the Mais Médicos Program. In 2014, the municipalities were grouped into three groups according to their scores. An analysis concerning any correlations between the different group scores for the municipalities and the health indicators that were evaluated, did not reveal anything significant. However the averages of the evaluated indicators were better in the group of municipalities characterized through having the best APS scores. In relation to the income indicator, the highest amount of money spent per capita in health is related to the best APS performance in the municipalities. An adaption of this methodology may be able to provide a better understanding of the policies related to health care.


Assuntos
Atenção à Saúde , Programas Governamentais , Médicos/provisão & distribuição , Atenção Primária à Saúde , Brasil , Cidades , Humanos , Recursos Humanos
5.
Ciênc. Saúde Colet. (Impr.) ; 21(9): 2871-2878, Set. 2016. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-795320

RESUMO

Resumo Este artigo visa propor uma adaptação da metodologia utilizada por Starfield e Shy (2002) para avaliar a qualidade da atenção primária em saúde (APS) dos municípios que aderiram ao Programa Mais Médicos. Os indicadores foram adaptados para cada um dos nove critérios propostos na metodologia original e aplicados para os municípios de médio e grande porte da Região Metropolitana de Porto Alegre, antes e depois destes integrarem o Programa Mais Médicos. Em 2014, os municípios foram agregados em três grupos, conforme seus escores. As análises de correlações entre diferentes grupos de escores dos municípios e os indicadores de saúde avaliados não se mostraram significativas, porém, as médias dos indicadores avaliados são melhores no grupo de municípios caracterizados com os melhores escores da APS. Em relação aos indicadores de renda, os maiores gastos per capita em saúde estão relacionados à melhor performance da APS nesses municípios. A adaptação desta metodologia pode indicar melhor compreensão das políticas relacionadas à determinação da saúde.


Abstract This article aims to propose an adaptation of the methodology used by Starfield and Shy (2002) to assess the quality of health care in the municipalities which joined the Mais Médicos (More Doctors) Program. The indicators were adapted for each one of the nine criteria proposed in the methodology and were applied to medium and large municipalities in the Metropolitan Region of Porto Alegre before and after they were integrated in the Mais Médicos Program. In 2014, the municipalities were grouped into three groups according to their scores. An analysis concerning any correlations between the different group scores for the municipalities and the health indicators that were evaluated, did not reveal anything significant. However the averages of the evaluated indicators were better in the group of municipalities characterized through having the best APS scores. In relation to the income indicator, the highest amount of money spent per capita in health is related to the best APS performance in the municipalities. An adaption of this methodology may be able to provide a better understanding of the policies related to health care.


Assuntos
Humanos , Médicos/provisão & distribuição , Atenção Primária à Saúde , Atenção à Saúde , Programas Governamentais , Brasil , Cidades
6.
BMC Public Health ; 16: 573, 2016 07 15.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-27422747

RESUMO

BACKGROUND: Systemic arterial hypertension and diabetes mellitus, and their related morbidity and mortality, are currently the most common public health problems and also a higher burden of disease in Brazil. They represent a real challenge for primary health care. This study describes the methodology and baseline data of an adult population with hypertension and diabetes attending in primary health care. METHODS: It is a cross sectional study which presents data from a longitudinal research. 3784 adults were randomly selected from the registry of a health service in Porto Alegre, Brazil. The eligibility criteria were: confirmed diagnosis of hypertension and/or diabetes, consulted at least once in the prior 3 years and 18 years of age or older. Home data collection consisted of a questionnaire with information on demographic, medical history, life style and socio-economic factors. RESULTS: A total of 2482 users were interviewed (response rate of 71 %). The median age was 64 (IQR = 55.7) and the majority were women (68 %), and married (52 %). Whereas 66.5 % (CI 95 % 64.5-68.3) of the sample had only hypertension, 6.5 % (CI 95 % 5.5-7.5) had diabetes and 27.1 % (CI 95 % 25.3-28.8) had both diseases. The prevalence of diseases increased with age and with fewer years of study (p < 0.05). Subjects with both diseases had significantly more associated comorbidities. CONCLUSIONS: Hypertension and diabetes are more prevalent in older individuals, especially women, and less educated people. People suffering with both chronic conditions simultaneously are more likely to have additional comorbidities.


Assuntos
Diabetes Mellitus/epidemiologia , Hipertensão/epidemiologia , Atenção Primária à Saúde/estatística & dados numéricos , Adulto , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Brasil/epidemiologia , Doença Crônica , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Prevalência , Fatores de Risco , Distribuição por Sexo , Fatores Socioeconômicos
7.
Rev. bras. saúde fam ; 8(13): 12-15, jan.-mar. 2007. ilus, tab
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-56680

RESUMO

Este é um texto introdutório dirigido a equipes de saúde que atuam em Atenção Primária e sugere alguns passos que podem ser utilizados por equipes que buscam: a) incorporar a avaliação como cultura de equipe; b) fazer da avaliação um processo participativo e de aprendizado; c) redirecionar processos de trabalho em busca de melhores resultados em saúde.(AU)


Assuntos
Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde , Atenção Primária à Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...