Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. odontol. Univ. Cid. Sao Paulo ; 18(1): 43-51, jan.-abr. 2006. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-556765

RESUMO

Introdução: Este trabalho analisou como os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) da zona urbana do município de Mossoró-RN desenvolvem suas atividades, qual o seu nível de satisfação e quais as afinidades que eles têm com a profissão escolhida, verificando também o nível de integração entre o agente e os demais membros da equipe, além da receptividade da população. Métodos: Os dados foram coletados entre 46,85% (de um total de 286) dos agentes atuantes que trabalham 40 horas semanais e que se dispuseram a participar, a partir de um questionário, com perguntas abertas, fechadas e de múltipla escolha, buscando-se perceber revelações sobre sua prática profissional. Resultados: Após análise, os resultados revelaram que 83,5% dos ACS pesquisados encontram-se satisfeitos com a profissão, devido a sua afinidade com as atividades desenvolvidas e capacitações recebidas, como também expressam o bom relacionamento entre eles e os demais membros da equipe. Entretanto, apesar do alto nível de satisfação demonstrado, alguns descontentamentos referentes à grande carga de trabalho, alto número de famílias a serem acompanhadas, falta de valorização profissional e de uma boa remuneração, foram também registrados entre 16,5% dos ACS. Considerações Finais: Isso aponta para a responsabilidade do gestor local em estimular esses atores sociais, criando condições favoráveis em todos os sentidos, de maneira que motivados individualmente possam, no exercício de suas atividades, gerar mais saúde e conseqüentemente melhor qualidade de vida para a população.


Introduction: This work tried to analyze what is the point of view of the Community Health Agents (CHA), from the urban area of the city of Mossoró/ RN, related to: how they develop their activities; their level of satisfaction; and their affinity with the profession. Besides, checking the integration between the agent and the other staff members, and the reception from the population. Methods-:The participants of the research were 46,85% of the agents (the total was 286 individuals) that work 40 hours by week and the data was collected using a questionnaire with open, close and multiple choice questions that goals perceive how were their professional practice. Results: After the data analysis, the results showed that 83,5% from the ACS analyzed were satisfied with the professional practice in function by the development of their activities and the formation received. The agents reveal the satisfaction relationship with the partners. Besides, some of them (16,5%) showed displeasure in function of the overload work, high number of families that should be accompanied, and the lack of professional value and of good payment. Conclusions: Finally, some sorrows were mentioned referring to the great workload, high number of families that should be accompanied, and the lack of professional value and of good payment. Therefore, the local supervisor has the responsibility of stimulate and motivate these professionals in order to conceive health and better quality of life to the population.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Serviços de Saúde Comunitária , Pessoal de Saúde , Saúde Pública
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA