Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1288037

RESUMO

ABSTRACT Objective: To describe, for the first time in the pediatric population, the use of an effective technique to mobilize secretion in a patient whose disease imposes many care limitations. Case description: 2-year-old infant with Epidermolysis Bullosa, dependent on mechanical ventilation after cardiorespiratory arrest. Infant evolved with atelectasis in the right upper lobe with restriction to all manual secretion mobilization techniques due to the risk of worsening skin lesions. We opted for tracheal aspiration in a closed system combined with expiratory pause, a technique only described in adult patients so far. Comments: This case report is the first to use this technique in a pediatric patient. The use of expiratory pause combined with tracheal aspiration not only optimized the mobilization of secretion, but it was also a safe tool for reversing atelectasis. Our case report brings an important result because it increases the possibilities of managing pediatric patients admitted to intensive care units, especially in situations of absolute contraindication for chest maneuvers.


RESUMO Objetivo: Descrever pela primeira vez na população pediátrica a utilização de técnica eficaz para mobilização de secreção em paciente cuja patologia impõe muitas limitações no seu cuidado. Descrição do caso: Lactente de 2 anos e 4 meses com diagnóstico de epidermólise bolhosa dependente de ventilação mecânica pós-parada cardiorrespiratória evoluiu com atelectasia em lobo superior direito, com restrição a todas as técnicas manuais de mobilização de secreção em virtude do risco de agravamento das lesões de pele. Optou-se pela realização de aspiração traqueal em sistema fechado combinada à pausa expiratória, técnica até então só descrita em pacientes adultos. Comentários: O relato trata, portanto, do primeiro caso a utilizar essa técnica em paciente pediátrico. O uso da pausa expiratória combinada à aspiração traqueal não só otimizou a mobilização de secreção como também foi uma ferramenta segura para a reversão da atelectasia. O resultado revela-se importante, pois amplia as possibilidades do manejo de pacientes pediátricos internados nas unidades de terapia intensiva, principalmente em situações de contraindicação absoluta de manipulação torácica.

2.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 6(1)abr. 2007. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-457844

RESUMO

Objetivou-se avaliar a adesão das equipes médica, de enfermagem, fisioterapia, técnico de radiologia e técnico de laboratório à higienização das mãos (HM) na Unidade de Terapia Intensiva Infantil de um hospital universitário. Realizou-se um estudo transversal em agosto de 2005, com observação direta e estratificada por profissional, turno de trabalho e contatos com paciente, objetos, mobiliário, etc, estes últimos considerados como oportunidades de HM. Em1.164 observações a taxa global de adesão à HM foi baixa. As maiores taxas foram no período noturno (31,1% antes e 42,7% após contatos), entre as equipes médica (39,8%) e de enfermagem (34,0%); por profissionais, foram o enfermeiro (45,3%) e médico preceptor (44,9%). A menor adesão foi dos técnicos de radiologia, auxiliares de enfermagem e médicos externos à UTI. Sugerem-se investimentos em programas educativos visando a incorporação do conhecimento e o aumento da adesão à HM entre a equipe multiprofissional.


It was objectified to evaluate the physician, nursering, physiotherapy, radiology technicist and laboratory technicist team adhesion to the hand hygiene in the infantile intensive care unit of an university hospital. It was realizaed a transversal and descriptive study in August, 2005, with direct and stractificated professional observation, work shift and pacient contacts, objects, furniture, etc, the last considered like hand hygiene opportunities. In 1.164 observations the global rate of adhesion to the hand hygiene was low. The majority were in the night shift (31,1% before and 42,7% after contacts), between physician team (39,8%) and nursering (34,0%); as for professionals were the nurse (45,3%) and preceptor physician (44,9%). The minor adhesion was of the radiology technicists, nursering assistants and intensive care external physicians. Investments are suggested in educative programs seeking the knowledge incorporation and the adhesion enhance to the hand hygiene between healthcare workers team.


Assuntos
Humanos , Conscientização , Educação em Saúde , Equipe de Assistência ao Paciente , Desinfecção das Mãos , Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...