Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 55
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
SMAD, Rev. eletrônica saúde mental alcool drog ; 15(2): 20-28, abr.-jun. 2019. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1004539

RESUMO

OBJETIVO: aplicar o Planejamento Estratégico Situacional no serviço de enfermagem de uma instituição psiquiátrica. MÉTODO: pesquisa-ação em um hospital psiquiátrico do Nordeste Brasileiro, no período de dezembro/2015 a junho/2016, com a participação de 34 profissionais de enfermagem. Realizadas entrevistas e reuniões, as quais foram gravadas, transcritas e procedida análise de conteúdo. RESULTADOS: os problemas prioritários foram dimensionamento inadequado de pessoal, insegurança, falhas no gerenciamento de recursos materiais e déficit no cuidado integral prestado. Além disso, houve dificuldades para implementação - baixa governabilidade, comunicação deficiente e desmotivação profissional. CONCLUSÃO: o planejamento estratégico situacional é útil para o delineamento das ações em saúde mental e sua eficácia depende do comprometimento dos atores envolvidos.


OBJECTIVE: to aplly the situational strategic planning in the nursing service of a psychiatric institution. METHOD: action research in a psychiatric hospital of Northeast Brazil, during the period of December/2015 to June/2016, when 34 nursing staff participated. Enterviews and meetings were conducted, which were recorded/transcripted and content analysis performed. RESULTS: the priority problems were inadequate staffing, insecurity, failures in the material management and deficit in the comprehensive care provided. Besides that, the difficulties to implementation were- low governability, poor communication and staff desmotivation. CONCLUSION: situational strategic planning is useful to delineaction of actions in mental health and its efficacy depends on the envolved actors commitment.


OBJETIVO: aplicar la planificación estratégica situacional en un servicio de enfermería de una institución psiquiátrica. MÉTODO: investigación/acción en hospital psiquiátrico del nordeste brasileño, período entre diciembre de 2015 y junio de 2016, participación de 34 profesionales de enfermería. Realizadas las encuestas y las reuniones, que fueron registradas y transcritas, y se hizo análisis de contenido. RESULTADOS: los problemas primeros fueron la dimensión insuficiente de personal, inseguridad, faltas en la gestión de los recursos materiales y el déficit en la atención integral proporcionada. Incluso, las dificultades para la aplicación- baja de gestión, mala comunicación y baja motivación profesional. CONCLUSIÓN: planificación estratégica situacional es útil para la delineación de acciones en salud mental y su efectividad depende del compromiso de los actores ivolucrados.


Assuntos
Planejamento Estratégico , Planejamento em Saúde , Hospitais Psiquiátricos , Serviço Hospitalar de Enfermagem
2.
SMAD, Rev. eletrônica saúde mental alcool drog ; 15(2): 38-44, abr.-jun. 2019. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1004541

RESUMO

OBJETIVO: investigar o padrão de consumo de álcool em estudantes de enfermagem de um Centro Universitário. MÉTODOS: trata-se de um estudo exploratório, descritivo, com abordagem quantitativa, desenvolvido com 372 estudantes de enfermagem de um Centro Universitário. Os dados foram coletados no mês de maio de 2014, mediante aplicação de um questionário sociodemográfico e da escala de AUDIT. RESULTADOS: evidenciou-se que 90,6% dos acadêmicos usam ou já fizeram uso de bebida alcoólica. Quando avaliado o resultado por zona do AUDIT, evidenciou-se que a maioria dos entrevistados 162 (44%) foi classificada na Zona II. CONCLUSÃO: torna-se relevante a condução de futuras pesquisas para desvendar fatores de proteção e de risco para o uso de álcool.


OBJECTIVE: to investigate the pattern of alcohol consumption in nursing students at a University Center. METHODS: this is an exploratory, descriptive study with a quantitative approach, developed with 372 nursing students from a University Center. Data were collected in May 2014, using a socio-demographic questionnaire and the AUDIT scale. RESULTS: it was evidenced that 90.6% of the students use or have already used alcohol. When evaluating the result by area of the AUDIT, it was evidenced that the majority of respondents 162 (44%) was classified in Zone II. CONCLUSION: it is relevant to conduct future research to uncover protection and risk factors for alcohol use.


OBJETIVO: investigar el patrón de consumo de alcohol en estudiantes de enfermería de un Centro Universitario. MÉTODOS: se trata de un estudio exploratorio, descriptivo, con abordaje cuantitativo, desarrollado con 372 estudiantes de enfermería de un Centro Universitario. Los datos fueron recolectados en el mes de mayo de 2014, mediante la aplicación de un cuestionario socio demográfico y de la escala de AUDIT. RESULTADOS: se evidenció que el 90,6% de los académicos usan o ya han hecho uso de bebidas alcohólicas. Cuando se evaluó el resultado por zona del AUDIT, se evidenció que la mayoría de los entrevistados 162 (44%) fue clasificada en la Zona II. CONCLUSIÓN: se hace relevante la conducción de futuras investigaciones para desvelar factores de protección y de riesgo para el uso de alcohol.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Serviços de Saúde Escolar
3.
rev. cuid. (Bucaramanga. 2010) ; 10(1): e606, ene.-abr. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1043561

RESUMO

Resumo Introdução A mama é uma região do corpo humano muito relevante na estética corporal feminina. Quando há presença de câncer, a mastectomia revela-se como um procedimento fundamental para o tratamento; contudo, produz impactos negativos à mulher. Objetiva-se descrever os sentimentos que emergem das mulheres com câncer de mama, submetidas à mastectomia total. Materiais e Métodos Trata- se de um estudo descritivo, exploratório, com abordagem qualitativa realizado em um hospital de referência no tratamento do câncer, em Teresina-PI. Participaram doze mulheres com diagnóstico de câncer de mama submetidas à mastectomia total. A análise de dados ocorreu por meio de etapas: transcrição dos áudios, leitura flutuante dos diálogos, recorte textual em unidades de registro e formação de categorias. Resultados A amostra correspondeu a 12 participantes, caracterizadas por serem mulheres que se declararam de cor parda, casada, com baixo grau de escolaridade, de religião católica e dona-de-casa. Discussão Observou-se que emergiram sentimentos divergentes no tocante ao processo de mastectomia e prognóstico da doença. Verificou-se que a família, os amigos, os parceiros, a fé e crenças religiosas são elementos de crucial importância para que as mulheres se sintam seguras e fortalecidas no processo de restabelecimento da sua autoestima. Conclusões Torna-se essencial o desenvolvimento de uma relação de confiança e incentivo entre a enfermagem e a mulher mastectomizadas, devendo ser criadas estratégias que tirem o foco da doença e complicações.


Abstract Introduction Breast is a part of human body that is very important for women's body image. When cancer appears, mastectomy is revealed as a fundamental procedure for its treatment. However, it has a negative impact on women. This study aims to describe the feelings of women with breast cancer who undergo a total mastectomy. Materials and Methods An exploratory descriptive study with a qualitative approach was conducted in a reference hospital for cancer treatment in Teresina, PI. Twelve women that were diagnosed with breast cancer and underwent a total mastectomy participated in the study. Data analysis was made in stages: audio transcription, fluctuating reading of dialogues, textual excerpts in record units and category creation. Results 12 participants were in the sample, characterized as women who declare themselves to be dark-skinned, married, low educated, catholic and housewives. Discussion Divergent feelings were observed regarding the mastectomy process and disease prognosis. It was verified that family, friends, supporters, faith and religious beliefs are key elements for women to feel safe and strong in the process of rebuilding their self-esteem. Conclusions It is essential to develop a relationship of trust and encouragement between nurses and the woman undergoing the mastectomy. For this, it will be necessary to create strategies whose focus moves away from the disease and its complications.


Resumen Introducción La mama es una región del cuerpo humano muy importante para la estética corporal femenina. Cuando se presenta el cáncer, la mastectomía se revela como un procedimiento fundamental para el tratamiento; no obstante, produce impactos negativos para la mujer. El trabajo tiene por objeto describir los sentimientos que se presentan en las mujeres con cáncer de mama que son sometidas a mastectomía total. Materiales y Métodos Se trata de un estudio descriptivo, de carácter exploratorio, con enfoque cualitativo realizado en un hospital de referencia en el tratamiento del cáncer, en Teresina-PI. Participaron doce mujeres diagnosticadas con cáncer de mama sometidas a mastectomía total. El análisis de los datos se realizó por etapas: transcripción de los audios, lectura fluctuante de los diálogos, recorte textual en unidades de registro y formación de categorías. Resultados La muestra correspondió a 12 participantes, caracterizadas por ser mujeres que se declararon de color pardo, casadas, con nivel de escolaridad bajo, de religión católica y amas de casa. Discusión Se observó el surgimiento de sentimientos divergentes en lo que respecta al proceso de mastectomía y el pronóstico de la enfermedad. Se verificó que la familia, los amigos, los aliados, la fe y las creencias religiosas son elementos de fundamental importancia para que las mujeres se sientan seguras y fortalecidas en el proceso de restablecimiento de su autoestima. Conclusiones Se hace esencial desarrollar una relación de confianza e incentiva entre la enfermería y la mujer sometida a la mastectomía, para lo cual será necesario crear estrategias cuyo foco se aleje de la enfermedad y las complicaciones.

4.
Rev. bras. med. trab ; 17(1): 99-105, jan-mar.2019.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1000359

RESUMO

INTRODUÇÃO: Os benefícios previdenciários mudaram de características ao longo dos anos, em decorrência da modificação do padrão de organização do trabalho, que provocou novas vulnerabilidades sociais, nas quais emergiram questões mais evidentes relativas à saúde do trabalhador, como os transtornos mentais e comportamentais. OBJETIVO: Descrever os benefícios previdenciários temporários concedidos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para trabalhadores com transtornos mentais e comportamentais do estado do Piauí, no ano de 2014. MÉTODOS: Trata-se de estudo descritivo, de corte transversal, com coleta retrospectiva, realizado na cidade de Teresina, Piauí, Brasil, a partir de dados do INSS coletados no mês de novembro de 2015, referentes ao ano de 2014. RESULTADOS: No período foram concedidos 1.473 benefícios, dos quais 50,4% dos trabalhadores eram homens, a maioria procedente da capital, com atividade urbana. Destes, 47,7% afastaram-se por transtornos do humor. O tempo médio de benefício foi de 112,6 dias. Houve diferença significativa entre o tempo de benefício e o tipo de auxílio (p<0,012), a clientela (p<0,015) e o sexo dos trabalhadores afastados (p=0,010). CONCLUSÃO: A principal causa de afastamento por transtorno mental e comportamental decorreu dos transtornos do humor, cujo benefício caracterizou-se por ser previdenciário. Observou-se que houve diferença significativa entre o tempo de benefício e o tipo de auxílio, a clientela e o sexo dos trabalhadores afastados.


BACKGROUND: The characteristics of social security benefits changed over time as a function of modifications in the patterns of work organization. This process gave rise to new social vulnerabilities which include aspects visibly related to occupational health, as is the case of mental and behavioral disorders. OBJECTIVE: To describe temporary social security benefits granted by the National Social Security Institute (INSS) to workers with mental and behavioral disorders in Piaui, Brazil, in 2014. METHODS: Crosssectional, descriptive and retrospective study based on INSS data collected in November 2015 relative to 2014. RESULTS: 1,473 benefits were granted along the analyzed period, 50.4% of which corresponded to male workers. Most beneficiaries resided in the state capital and had urban jobs. Mood disorders accounted for 47.7% of sick leaves. The mean duration of benefits was 112.6 days. There was significant difference in the duration of benefits according to their type (p<0.012), urban versus rural jobs (p<0.015) and sex (p=0.010). CONCLUSION: Mood disorders were the most frequent reason for sick leaves due to mental and behavioral disorders and the affected workers were granted social security benefits. The duration of leaves significantly differed as a function of the type of benefits, urban versus rural jobs and sex.

5.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(2): 511-517, fev. 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1014937

RESUMO

Objetivo: discorrer sobre a implantação e implementação de um protocolo para atendimento pós-acidente de trabalho com material biológico por perfurocortante. Método: trata-se de estudo qualitativo, descritivo, do tipo relato de experiência. Resultados: iniciou-se em 2013, a implantação do protocolo para atendimento pós-acidente de trabalho com material biológico, a partir do qual passou por várias etapas de implementação. Informa-se que, o fluxograma versa sobre as orientações quanto aos cuidados locais, imediatamente após o acidente, atendimento médico para avaliação da lesão e da exposição, recomendações profiláticas em tempo hábil após exposição, solicitação de sorologias do acidentado e paciente-fonte, quando possível acompanhamento sorológico do acidentado após exposição e emissão da Comunicação de Acidente de Traballho. Conclusão: mostraram-se que, apesar das dificuldades para implementação do protocolo, a experiência foi exitosa e o fluxo de atendimento pós-acidente com material biológico desfruta de diversos avanços importantes para a saúde e segurança dos trabalhadores do hospital universitário em questão.(AU)


Objetivo: analizar la implantación y aplicación de un protocolo para el cuidado post-accidente laboral con material biológico por perforantes/cortantes. Método: este es un estudio cualitativo, descriptivo del tipo relato de experiencia. Resultados: se inició en 2013, la implementación del protocolo para el cuidado postaccidentes laborales con material biológico, pasando por distintas fases de ejecución. El diagrama de flujo versa sobre las directrices relativas a los cuidados, inmediatamente después del accidente, la asistencia médica para la evaluación de la lesión y de la exposición, la profilaxis con recomendaciones en forma oportuna después de la exposición, la solicitud de serología del accidentado y el paciente-fuente, cuando posible, el seguimiento serológico del accidentado después de la exposición y la emisión de la Comunicación de Accidente Laboral. Conclusión: a pesar de las dificultades para la aplicación del Protocolo, la experiencia fue exitosa y el flujo de atención post-accidente con material biológico incluye varios avances importantes para la seguridad y salud de los trabajadores en el hospital de la universidad en cuestión.(AU)


Objective: to discuss the deployment and implementation of a protocol for care after occupational accident with biological material from needle-sharp instruments. Method: this is a qualitative, descriptive study, of the experience-report type. Results: in 2013, the deployment of the protocol for care after occupational accident with biological material, from which it passed through various implementation stages. The flowchart describes the guidelines regarding local care, immediately after the accident, medical care to evaluate the lesion and the exposure, prophylactic recommendations in a timely manner after exposure, request for serology of the casualty and patient-source, when possible, serological follow-up of the casualty after exposure and issuance of the Occupational Accident Communication. Conclusion: despite the difficulties for implementing the Protocol, the experience was successful and the flow of the care after accident with biological material includes several important advances for workers' health and safety at the university hospital in question.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Notificação de Acidentes de Trabalho , Acidentes de Trabalho , Acidentes de Trabalho/prevenção & controle , Exposição Ocupacional , Saúde do Trabalhador , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
6.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 32(1): 87-94, Jan.-Fev. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-989026

RESUMO

Resumo Objetivo: Avaliar a sobrecarga e identificar os fatores relacionados a sobrecarga em cuidadores informais de idosos acamados em domicílio assistidos pela Estratégia Saúde da Família. Métodos: Estudo analítico, transversal, desenvolvido com 208 cuidadores informais. A coleta de dados ocorreu no período de fevereiro a julho de 2017, por meio da aplicação do roteiro de caracterização e do Questionário de Avaliação da Sobrecarga do Cuidador Informal. Para análise utilizou-se o software Statistical Package for the Social Science, versão 20.0. Foram realizadas estatísticas descritivas (medidas de tendência central e dispersão, frequência absoluta e relativa) e inferenciais (teste de Mann-Whitney e Kruskal-Wallis; teste de correlação de Spearman). Resultados: A média total da sobrecarga foi de 71,1 (±26,3). Observou-se diferença estatística do escore total de sobrecarga e dos domínios que a compõe e as variáveis: estado civil do cuidador; grau de parentesco com o idoso e em todas as variáveis clínicas do cuidador. Registrou-se correlação positiva entre a sobrecarga e a idade do cuidador e entre a sobrecarga e horas do dia dedicadas ao cuidado. Conclusão: A sobrecarga foi maior para os cônjuges, os que apresentavam comorbidades, dores relacionadas à atividade desempenhada e para os que consideraram sua saúde regular.


Resumen Objetivo: Evaluar la sobrecarga e identificar los factores relacionados con la sobrecarga en cuidadores informales de ancianos acamados en domicilio, asistidos por la Estrategia Salud de la Familia. Métodos: Estudio analítico, transversal, desarrollado con 208 cuidadores informales. La recolección de datos ocurrió en el período de febrero a julio de 2017, por medio de la aplicación del guión de caracterización y del Cuestionario de Evaluación de la Sobrecarga del Cuidador Informal. Para el análisis se utilizó el software Statistical Package for the Social Science, versión 20.0. Se realizaron estadísticas descriptivas (medidas de tendencia central y dispersión, frecuencia absoluta y relativa) e inferenciales (prueba de Mann-Whitney y Kruskal-Wallis, prueba de correlación de Spearman). Resultados: El promedio total de la sobrecarga fue de 71,1 (± 26,3). Se observó diferencia estadística de la puntuación total de sobrecarga y de los dominios que la componen y las variables: estado civil del cuidador; el grado de parentesco con el anciano y en todas las variables clínicas del cuidador. Se registró correlación positiva entre la sobrecarga y la edad del cuidador y entre la sobrecarga y horas del día dedicadas al cuidado. Conclusión: La sobrecarga fue mayor para los cónyuges, los que presentaban comorbilidades, dolores relacionados con la actividad desempeñada y para los que consideraron su salud regular.


Abstract Objective: Assess the burden and identify the burden-related factors in home-baded informal caregivers of bedridden elderly attended by the Family Health Strategy. Methods: Analytical, cross-sectional study involving 208 informal caregivers. The data were collected between February and July 2017 by applying the characterization script and the Informal Caregiver Burden Assessment Questionnaire. For analysis purposes, the Statistical Package for the Social Science, version 20.0 was used. Descriptive (central trend and dispersion, absolute and relative frequency measures) and inferential (Mann-Whitney and Kruskal-Wallis tests; Spearman correlation test) statistics were applied. Results: The mean total burden score was 71.1 (±26.3). A statistically significant difference was observed in the total burden and domain scores according to the variables: marital status of caregiver, degree of kinship with the elderly and all clinical variables of the caregivers. A positive correlation was registered between the burden and the caregiver's age and between the burden and number of daily hours spent on care. Conclusion: The burden was higher for the partners, caregivers with comorbidities, pain related to the activity performed and caregivers who considered their health as regular.

7.
Texto & contexto enferm ; 28: e20180238, 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1043467

RESUMO

ABSTRACT Objectives: to perform the translation, cultural adaptation, and content validation of Death Attitude Profile Revised to the Brazilian context. Method: a methodological study that comprised the following stages: initial translation, synthesis of these translations, back translation, expert committee and pre-test conducted with 40 nursing students. The cultural adaptation process, which preceded content validation, carried out with three expert judges. Results: the Brazilian version of Death Attitude Profile Revised maintained semantic, idiomatic, conceptual and experiential equivalences to the original version. The final content validity coefficient of the scale reached 0.85 for language clarity and theoretical relevance and 0.86 for practical relevance. Regarding the theoretical dimensions, a substantial Kappa mean value among evaluators was obtained (0.709). Data analysis on internal consistency, performed by calculating Cronbach's alpha coefficient, displayed a reliability considered high (α = 0.892). Conclusion: it is extremely important to have an instrument adapted to the Brazilian reality that allows for measuring the attitudes towards death from both a positive and negative point of view because, by identifying these attitudes, interventions and training are designed to improve the care process in nursing. Thus, the cultural adaptation process resulted in a reliable adapted version with valid content. However, it is necessary to test the psychometric properties before using in care practice and research.


RESUMEN Objetivo: realizar la traducción, adaptación cultural y validación de Death Attitude Profile Revised para el contexto brasileño. Método: estudio metodológico que comprendió las etapas de traducción inicial, síntesis de las traducciones, retrotraducción, comité de especialistas y prueba previa. Se realizó con 40 estudiantes de enfermería. El proceso de adaptación cultural, precedió a la validación del contenido que se llevó a cabo con tres jueces especialistas. Resultados: la versión brasileña de Death Attitude Profile Revised mantuvo las equivalencias semánticas, idiomáticas, conceptuales y experimentales en relación a la versión original. El coeficiente de validez del contenido final de la escala alcanzó valores de 0,85 para la claridad del lenguaje y relevancia teórica y de 0,86 en cuanto a la pertinencia práctica. En relación con las dimensiones teóricas, se obtuvo un Kappa medio sustancial entre evaluadores (0,709). En el análisis de los datos sobre la consistencia interna, realizado por medio del cálculo del alfa de Cronbach, se presentó una confiabilidad considerada alta (α = 0,892). Conclusión: es de suma importancia contar con un instrumento adaptado a la realidad de Brasil que permita medir las actitudes frente a la muerte, tanto desde el punto vista negativo como desde el positivo puesto que, al identificar esas actitudes, se planifican intervenciones y capacitaciones para mejorar el proceso de los cuidados en enfermería. De esta manera, el proceso de adaptación cultural tuvo como resultado una versión adaptada confiable y con contenido válido. Sin embargo, es necesario someter a pruebas las propiedades psicométricas antes del uso en la práctica asistencial y en la investigación.


RESUMO Objetivos: realizar a tradução, adaptação cultural e validação de conteúdo do Death Attitude Profile Revised ao contexto brasileiro. Método: estudo metodológico que compreendeu as etapas de tradução inicial, síntese das traduções, retrotradução, comitê de especialistas e pré-teste realizado com 40 estudantes de enfermagem. O processo de adaptação cultural, precedeu a validação de conteúdo, que foi realizada com três juízes especialistas. Resultados: a versão brasileira do Death Attitude Profile Revised manteve as equivalências semânticas, idiomáticas, conceituais e experienciais em relação à versão original. O coeficiente de validade de conteúdo final da escala atingiu valores de 0,85 para clareza de linguagem e relevância teórica e de 0,86 para pertinência prática. Em relação às dimensões teóricas foi obtido um Kappa médio entre avaliadores substancial (0,709). Na análise dos dados sobre consistência interna, realizada por meio do cálculo do coeficiente alfa de Cronbach, apresentou-se uma confiabilidade considerada alta (α = 0,892). Conclusão: é de suma importância ter um instrumento adaptado à realidade brasileira que permita fazer a mensuração das atitudes frente à morte tanto do ponto de vista positivo quanto negativo, pois, por meio da identificação dessas atitudes, intervenções e treinamentos são planejados para melhoria do processo de cuidar em enfermagem. Assim, o processo de adaptação cultural resultou em uma versão adaptada confiável e com conteúdo válido. Entretanto, é necessário testar as propriedades psicométricas antes da utilização na prática assistencial e na pesquisa.

8.
Rev. bras. saúde ocup ; 44: e1, 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-990834

RESUMO

Resumo Introdução: transtornos mentais e comportamentais (TMC) estão entre as principais causas de perda de dias de trabalho. Os transtornos de ansiedade são a segunda causa dos afastamentos laborais. Objetivo: identificar e analisar as evidências disponíveis na literatura sobre afastamentos do trabalho por transtornos de ansiedade. Métodos: revisão integrativa da literatura, sem limite de ano de publicação, com descritores controlados, realizada nas bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (Lilacs), Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (Medline) e Base de Dados em Enfermagem (BDENF). Resultados: a seleção final consistiu em 13 artigos, sendo o mais antigo publicado em 2006 e o mais recente em 2016. Os afastamentos por transtornos de ansiedade tiveram como principais fatores de risco as condições e ambiente de trabalho, com impacto negativo, tanto para a saúde do trabalhador como para o empregador. Discussão: as evidências apontam para uma alta prevalência dos transtornos ansiosos como causa de afastamentos do trabalho e da alta demanda de custos elevados com auxílio-doença. Conhecer o perfil de adoecimento do trabalhador contribui para identificar os fatores de risco para TMC e auxilia na proposição de estratégias de intervenção direcionadas a reduzir o afastamento laboral.


Abstract Introduction: mental and behavioral disorders (MBD) are among the main causes of lost workdays. Anxiety disorders are the second cause of work absenteism. Objective: to identify and analyze evidence available in literature about work absenteism due to anxiety disorders. Methods: integrative literature review, with no publication year limits and with controlled subject headings, using the following databases: Latin American and Caribbean Literature on Health Sciences (Lilacs), Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (Medline) and Nursing Database (BDENF). Results: the final selection consisted of 13 articles, the oldest published in 2006 and the most recent in 2016. Work absences due to anxiety disorders had as main risk factors the environment and working conditions, with a negative impact for both, the worker's and the employer's health. Discussion: evidence indicates a high prevalence of anxiety disorders as cause of work absenteeism and of the high demand for increasing social security costs. Knowing the worker's illness profile contributes to identify the MBD risk factors, and helps in proposing intervention strategies aimed at reducing work absenteism.

9.
Rev Esc Enferm USP ; 52: e03396, 2018 Dec 13.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-30570083

RESUMO

OBJECTIVE: To analyze workers' cases of work leave caused by mental and behavioral disorders. METHOD: A cross-sectional census study conducted between June and July 2017 in which data were used from the National Social Security Institute database, with all workers' records. Data were analyzed by using descriptive statistics and inferential tests. RESULTS: The sample included 2,449 workers. Workers who were on leave because of mental and behavioral disorders were mostly women, aged between 31 and 40 years and with an income of less than or equal to one or two minimum wages. The first and second reasons for work leave were mood disorders. Working in an urban setting was considered a risk factor for more than one work leave (p<0.05). The following disorders were strongly associated with more than one work leave (p<0.001): mood disorder; schizophrenia; schizotypal and delusional disorders; disorders related to the use of psychoactive substances; stress-related disorders; and somatoform disorders. CONCLUSION: Employers are encouraged to invest in the mental health of their workers with a view to promoting health and avoiding work leave.


Assuntos
Transtornos Mentais/epidemiologia , Saúde Mental , Saúde do Trabalhador , Licença Médica/estatística & dados numéricos , Absenteísmo , Adulto , Idoso , Brasil/epidemiologia , Estudos Transversais , Bases de Dados Factuais , Feminino , Humanos , Masculino , Transtornos Mentais/fisiopatologia , Pessoa de Meia-Idade , Fatores de Risco , Adulto Jovem
10.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(12): 3172-3180, dez. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-999483

RESUMO

Objetivo: analisar a utilização de metodologias ativas como estratégia de ensino-aprendizagem em um curso de capacitação em drogas e redução de danos para trabalhadores da APS. Método: trata-se de estudo qualitativo e analítico desenvolvido por meio de entrevistas gravadas com roteiro semiestruturado, 12 profissionais da saúde; analisando-se as informações pela técnica de Análise de Conteúdo. Resultados: desenvolveram-se as atividades com base em estratégias ativas do tipo dramatização, dinâmica de troca, situação problema e aprendizagem baseada em equipe, todas envolvendo a temática; foram avaliadas positivamente como forma melhor de compreensão sobre o tema para uma tomada de decisão adequada. Conclusão: mostraram-se as metodologias ativas como estratégia pedagógica eficaz e facilitadora para o aprimoramento e a aquisição de conhecimentos para a formação profissional, em específico, para o campo de atuação e o manejo ao usuário dependente químico.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Equipe de Assistência ao Paciente , Atenção Primária à Saúde , Saúde Mental , Aprendizagem Baseada em Problemas , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias , Redução do Dano , Educação Continuada , Capacitação de Recursos Humanos em Saúde , Pesquisa Qualitativa
11.
Rev Bras Enferm ; 71(suppl 5): 2169-2175, 2018.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-30365780

RESUMO

OBJECTIVE: Identify the prevalence of anxious and depressive symptoms and their correlations with sociodemographic and occupational characteristics in university students. METHOD: This is census, cross-sectional and analytical study, developed with nursing students of a federal public university in the Northeast of Brazil in the months of September and October 2016. 205 university students of all the periods of the course attended the study. Beck's inventories for anxiety and depression were applied. RESULTS: Most of the participants were female, single, native of the state capital and living with his parents. The prevalence of depression was 30.2% and of anxiety, 62.9%. Association between the level of depressive symptoms, work, sex and leisure was identified. CONCLUSION: The prevalence of symptoms of anxiety and depression was quite expressive, lacking, thus, more attention to the promotion of mental health of nursing students.


Assuntos
Ansiedade/epidemiologia , Depressão/epidemiologia , Prevalência , Estudantes/psicologia , Adolescente , Adulto , Brasil , Censos , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Masculino , Psicometria/instrumentação , Psicometria/métodos , Setor Público/organização & administração , Setor Público/normas , Inquéritos e Questionários , Universidades/organização & administração , Universidades/normas
12.
Rev Bras Enferm ; 71(suppl 5): 2213-2220, 2018.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-30365786

RESUMO

OBJECTIVE: to analyze the prevalence of various anxiety disorders among mental and behavioral disorders as a cause for the leave of absence of workers in the state of Piauí. METHOD: transversal census-based study performed with data from the National Social Security Institute. Four-hundred twelve leaves of absence of workers due to anxiety disorders in the 2015-2016 biennium were included. RESULTS: higher prevalence was found for mixed anxiety-depressed disorder (31.2%), followed by other anxious disorders (20.6%) and generalized anxiety (14.1%). Ages from 22 to 45 years old prevailed in the group of individuals with duration of absence greater than or equal to 41 days, with statistically significant difference (p < 0.001). There was no statistically significant association (p = 0.004) between rural activity and increased time of absence. CONCLUSION: the study draws attention to the prevalence of "other anxiety disorders" as the cause of leave of absence, with emphasis on mixed anxiety-depressed disorder.


Assuntos
Absenteísmo , Transtornos de Ansiedade/complicações , Prevalência , Adolescente , Adulto , Transtornos de Ansiedade/psicologia , Censos , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Saúde do Trabalhador/estatística & dados numéricos
13.
Rev. bras. med. trab ; 16(3): 277-286, out.2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-966063

RESUMO

Introdução: No Brasil, os transtornos mentais são a terceira causa de longos afastamentos do trabalho por doença. O debate sobre a relação entre trabalho e saúde mental se faz importante para a busca de mudanças nessa relação. Objetivos: Analisar a percepção de pacientes atendidos em um hospital psiquiátrico do nordeste brasileiro sobre a relação entre seu adoecimento e a atividade laboral exercida. Método: Estudo descritivo-exploratório, com abordagem qualitativa, desenvolvido por meio de entrevistas semiestruturadas com dez pacientes em tratamento em um hospital psiquiátrico do nordeste brasileiro, buscando a percepção desses sobre a relação entre o seu adoecimento e a atividade laboral exercida. Os dados foram obtidos por meio de entrevista, processados no software IRaMuTeQ e analisados pela classificação hierárquica descendente. Resultados: O corpus textual apresentado em seis classes, levando em consideração quatros aspectos: caracterização dos trabalhadores, dados ocupacionais, dados de saúde relacionados ao início do adoecimento e busca de tratamento e análise lexical. Conclusão: Os trabalhadores percebem o trabalho como um fator influenciador para o seu adoecimento mental, na medida em que pode afetar suas relações interpessoais, ser fonte geradora de estresse e distúrbios no sono, corroborando a literatura vigente, nacional e internacional, acerca do adoecimento mental e a relação com o trabalho


Background: Mental disorders are the third most frequent cause of long sick leaves in Brazil. A discussion on the relationship between work and mental health is relevant for the attempts to change its current situation. Objectives: To investigate the perception of patients cared at a psychiatric hospital in Northeastern Brazil relative to the relationship between their illness and job. Methods: Descriptive-exploratory study with qualitative approach in which 10 patients under treatment at a psychiatric hospital in Northeastern Brazil were subjected to semi-structured interviews to investigate their perception of the relationship between their illness and job. The data were obtained in interviews, processed using software IRaMuTeQ and analyzed based on the descending hierarchical classification technique. Results: The textual corpus was categorized into six classes taking four aspects into account: characterization of participants, occupational data, health data relative to onset of illness and quest for treatment and lexical analysis. Conclusion: The participants perceived work as a factor of influence on their mental illness inasmuch as it might influence their personal relationships and be a source of stress and sleep disorders. Thus the results corroborate the current Brazilian and international literature on mental illness and its relationship with work


Assuntos
Humanos , Saúde do Trabalhador , Hospitais Psiquiátricos , Transtornos Mentais/psicologia , Serviços de Saúde Mental , Brasil , Epidemiologia Descritiva , Coleta de Dados
14.
Rev. bras. med. trab ; 16(3): 297-304, out.2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-966067

RESUMO

Introdução: Os fatores psicossociais se constituem, por um lado, em interações entre o conteúdo do trabalho e as condições ambientais e organizacionais e, por outro, nas competências e necessidades dos trabalhadores. Quando se trata da assistência ao usuário dependente químico ou com adoecimento mental, o serviço é maximizado pela necessidade de cuidado constante. Objetivo: Analisar a concepção do trabalhador de enfermagem que atua na assistência aos usuários de álcool e outras drogas acerca dos fatores psicossociais que interferem na sua saúde mental. Método: Trata-se de um estudo exploratório, descritivo, de abordagem qualitativa, no qual participaram 22 profissionais da saúde integrantes da equipe de enfermagem. Os dados foram obtidos por meio de entrevista, processados no software IRAMUTEQ e analisados pela Classificação Hierárquica Descendente (CHD). Resultados: Em geral, os participantes percebem os fatores psicossociais que influenciam seu trabalho e, sendo estes desagradáveis, representam riscos para a saúde e sobrecarga mental. As mulheres reportaram maiores exigências laborais e mais sintomas de estresse. Em relação à saúde física e à psicológica, a percepção dos fatores psicossociais aumenta ao longo dos anos na organização, e a maioria referiu a existência, principalmente, de estresse ocupacional decorrente de carga e ritmo de trabalho. Conclusão: A exposição ocupacional a fatores psicossociais desfavoráveis no trabalho esteve presente no relato da maioria dos trabalhadores da enfermagem. Contudo, a correta avaliação desses fatores nas situações de trabalho apresenta dificuldades conceituais e, provavelmente, nem sempre há o seu reconhecimento


Background: Psychosocial factors represent interactions between the content of work and environmental and organizational conditions, and reflect on the competencies and needs of workers. In the case of substance-dependent or mentally ill patients, the workload is maximized due to the need to provide constant care. Objective: To analyze the perception of nursing professionals who provide care to users of alcohol and other drugs in regard to the psychosocial factors which interfere with their mental health. Method: Exploratory and descriptive study with qualitative approach conducted with 22 nursing professionals. Data were collected in interviews, processed with software IRAMUTEQ, and analyzed based on the descending hierarchical classification technique. Results: In general the participants were aware of the psychosocial factors which interfere with their work, and being unpleasant, they represent a risk to health and mental overload. The women reported more job demands and stress symptoms. The perceived influence of psychosocial factors on physical and mental health increased with the time in the job. Most participants complained of occupational stress derived from the workload and pace of work. Conclusion: Most participants reported occupational exposure to unfavorable psychosocial factors at work. However, accurate analysis of such factors is hindered by conceptual aspects, in addition to the fact they are not always recognized


Assuntos
Saúde Mental , Saúde do Trabalhador , Alcoolismo/enfermagem , Usuários de Drogas , Equipe de Enfermagem , Epidemiologia Descritiva , Coleta de Dados
15.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(6): 1610-1617, jun. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-982081

RESUMO

Objetivo: caracterizar o perfil de indivíduos com dependência química de uma Comunidade Terapêutica. Método: estudo quantitativo, descritivo e exploratório, que envolveu 22 usuários em tratamento em uma comunidade terapêutica. Os dados foram coletados por meio de um questionário e a análise estatística descritiva foi realizada e apresentado em percentuais estatísticos pelo programa SPSS versão 19. Resultados: o perfil sociodemográfico dos participantes demonstrou que a faixa etária mais expressiva foi de 39 a 45 anos (27,2%), sendo que boa parte (45,4%) tinha apenas ensino fundamental incompleto. Dentre os usuários houve predomínio de solteiros (68,1%), católicos (81,8%), e desempregados (36,4%). Em relação ao uso de substâncias psicoativas, o álcool representou 90,9% dos participantes e o crack 81,8%. A maioria (95,4%) teve apoio familiar durante a realização do tratamento, principalmente pela mãe (59,1%). Conclusão: constatou-se que a dependência química atinge diversos âmbitos da vida do indivíduo e tem como característica o início precoce, o que pode ser um fator importante para a constituição das características sociodemográficas apresentadas nessa pesquisa.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Condições Sociais , Comunidade Terapêutica , Drogas Ilícitas , Saúde Mental , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias , Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool , Epidemiologia Descritiva
16.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(5): 1346-1354, maio 2018. ilus, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-980780

RESUMO

Objetivo: analisar o cuidado prestado pelos cuidadores aos idosos acometidos com Alzheimer em Instituição de Longa Permanência. Método: estudo qualitativo, descritivo-exploratório, por meio de entrevistas, com 14 profissionais de uma Instituição de Longa Permanência, processadas no software IraMuTeQ. Resultados: foram obtidas cinco classes semânticas, a saber: Classe 2 - A rotina dos cuidados prestados pelos profissionais da instituição; Classe 1 - A importância dos profissionais nos cuidados ao idoso com sinais das consequências do Alzheimer: dificuldades de concentração e memória; Classe 4 - Lapsos de memória dos idosos com a doença de Alzheimer; Classe 5 - O papel do profissional no cuidado integralizado ao idoso com Alzheimer; Classe 3 - Ausência da família nos cuidados ao Idoso com Alzheimer. Conclusão: o cuidado se encontra satisfatório, porém foram observados pontos negativos como ociosidade dos idosos, ausência familiar e déficit de conhecimento teórico-científico por parte de alguns profissionais.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Equipe de Assistência ao Paciente , Idoso , Cuidadores , Assistência Integral à Saúde , Saúde do Idoso Institucionalizado , Doença de Alzheimer , Relações Profissional-Paciente , Família , Pesquisa Qualitativa
17.
Rev. bras. med. trab ; 16(2): 218-224, abr.-jun-2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-909239

RESUMO

A relação entre os transtornos mentais em decorrência do trabalho decorre de várias causas e pode atingir todos os profissionais de saúde. A equipe de enfermagem se submete a altas demandas físicas e psicológicas que colaboram para o adoecimento mental. Dessa forma, o presente trabalho objetivou levantar estudos brasileiros com vistas a identificar a relação causal entre os transtornos mentais e o trabalho dos profissionais da enfermagem. Trata-se de uma revisão integrativa de estudos brasileiros do período de 2010 a 2017. Para o levantamento bibliográfico foi utilizado o banco de dados da Biblioteca Virtual em Saúde. Por meio da associação entre os descritores e filtragem foram obtidos sete artigos. O método de exclusão foi aplicado àqueles que correspondiam a artigos repetidos, teses e os que não se enquadravam no objetivo do estudo. Com isso, descobriu-se que o sofrimento psíquico prejudica a vida familiar, social, pessoal, laboral, os estudos, a compreensão de si mesmo e dos outros, a capacidade de autocrítica, a aceitação dos problemas e a possibilidade de ter prazer na vida em geral. A carga física através de grande volume de atividades, déficit de pessoal e número elevado de pacientes, bem como a pressão psicológica sobre o trabalho, contribuem para o surgimento de transtornos mentais. Portanto, as pressões sofridas pelo trabalhador da enfermagem no ambiente laboral e as jornadas duplas de trabalho, associadas ao modo de enfrentamento do trabalhador e à baixa remuneração contribuem para o afastamento por transtornos mentais. Entretanto, se faz necessária a realização de estudos mais amplos.


Work-related mental disorders have several causes and might affect all healthcare professionals. Nursing professionals are exposed to high physical and psychological demands which contribute to the development of mental illnesses. The aim of the present study was to survey studies conducted in Brazil to investigate the causal relationship between mental disorders and nursingprofessionals' work. Integrative review of studies conducted in Brazil from 2010 to 2017. The literature search was performed on the Virtual Health Library database. Combination of descriptors and application of filters resulted in seven articles. Duplicates, doctoral dissertations and articles which did not meet the study aims were excluded. Mental suffering impairs the family, social, personal and professional life of nursing professionals, their studies, self-comprehension and understanding of others, self-criticism ability, acceptance of problems and possibility to take pleasure in life as a whole. The physical load resulting from a large volume of activities, understaffing, large numbers of patients and psychological pressure in the workplace contribute to the development of mental disorders. The pressure to which nursing professionals are exposed in the workplace and double shifts, together with coping modalities and low salary contribute to sick leaves due to mental disorders. However, broader scoped studies are needed


Assuntos
Saúde do Trabalhador , Transtornos Mentais/etiologia , Profissionais de Enfermagem/psicologia , Doenças Profissionais
18.
Rev. enferm. UFPI ; 7(1): 75-79, Jan.-Mar. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-33624

RESUMO

Objetivos: relatar a experiência vivenciada em relação à prevenção ao suicídio durante a escuta terapêutica junto ao paciente com comportamento suicida e discutir o papel do enfermeiro na relação de ajuda na prevenção do suicídio junto a pacientes com tal comportamento. Metodologia: trata-se de um estudo descritivo, do tipo relato de experiência desenvolvido no período de agosto a outubro de 2015, no Ambulatório de um Hospital Público Psiquiátrico. Resultados: foi possível observar durante as consultas de enfermagem, o conforto dos pacientes ao expor seus problemas em um ambiente livre de julgamentos e comum a pessoa disposta a ouvir e ajudar. Assim, a prática vivenciada durante as consultas de enfermagem proporcionou comprovar que a relação terapêutica, o acolhimento e a escuta qualificada são ferramentas eficazes e fundamentalmente importantes na prevenção do suicídio. Conclusão: concluiu-se que por meio da escuta qualificada é possível estabelecer o relacionamento terapêutico com o paciente, tornando possível a identificação dos fatores de risco e de proteção, bem como acolher, auxiliar e orientar no tratamento. (AU)


Objectives: to report the experience related to suicide prevention during the therapeutic listening of suicidal behavior patient and to discuss the nursing role in helping to prevent suicide of patient that present this behavior. Methodology: it is a descriptive study, of experience report developed from August to October 2015, at the Ambulatory of a Public Psychiatric Hospital. Results: it was possible to observe, during the nursing consultations, the comfort of the patients when exposing their problems in a judgments free environment and with a person willing to listen and to help. Thus, the practice experienced during the nursing consultations showed that the therapeutic relationship, the reception and qualified listening are effective and fundamentally important tools at suicide prevention. Conclusion: it was concluded that through qualified listening it is possible to establish a therapeutic relationship with the patient, making it possible to identify risks and protection factors, as well as to receive, assist and to guide the treatment. (AU)


Assuntos
Humanos , Saúde Mental , Suicídio , Fatores de Risco , Fatores de Proteção
19.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 52: e03396, 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-985045

RESUMO

RESUMO Objetivo: Analisar os afastamentos laborais de trabalhadores por transtornos mentais e comportamentais. Método: Estudo transversal, censitário, realizado por meio dos dados do banco de dados do Instituto Nacional do Seguro Social, com todos os registros de trabalhadores, nos meses de junho e julho de 2017. Os dados foram analisados com o uso da estatística descritiva e testes inferenciais. Resultados: A amostra foi de 2.449 trabalhadores. Os trabalhadores que se afastaram por transtornos mentais e comportamentais eram, majoritariamente, mulheres, com idade entre 31 e 40 anos e renda inferior ou igual a um ou dois salários mínimos. Os transtornos de humor foram a principal causa do primeiro e segundo afastamento. O ramo de atividade urbana foi considerado um fator de risco para mais de um afastamento (p<0,05). Os seguintes transtornos foram fortemente associados a mais de um afastamento no trabalho (p<0,001): transtorno de humor; esquizofrenia; transtornos esquizotípicos e delirantes; transtornos relacionados ao uso de substâncias psicoativas; transtornos relacionados ao estresse; e transtornos somatoformes. Conclusão: Espera-se estimular os empregadores a investirem nos aspectos relacionados à saúde mental dos seus trabalhadores, com vistas a promover a saúde e evitar o afastamento laboral.


RESUMEN Objetivo: Analizar las bajas laborales de trabajadores por trastornos mentales y comportamentales. Método: Estudio transversal, censatario, llevado a cabo mediante los datos del banco de datos del Instituto Nacional de la Seguridad Social, con todos los registros de trabajadores, en los meses de junio de 2017. Los datos fueron analizados mediante la estadística descriptiva y pruebas inferenciales. Resultados: La muestra fue de 2.449 trabajadores. Los trabajadores que estaban de baja por trastornos mentales y comportamentales eran, mayoritariamente, mujeres, con edad entre 31 y 40 años e ingresos inferiores o iguales a uno o dos sueldos mínimos. Los trastornos de humor fueron la principal causa de la primera y segunda baja. La rama de actividad urbana estuvo considerada como un factor de riesgo para más de una baja (p<0,05). Los siguientes trastornos estuvieron fuertemente asociados con más de una baja laboral (p<0,001): trastorno de humor; esquizofrenia; trastornos esquizotípicos y delirantes; trastornos relacionados con el uso de sustancias psicoactivas; trastornos relacionados con el estrés; y trastornos somatoformes. Conclusión: Se espera estimular a los empleadores a que inviertan en los aspectos relacionados con la salud mental de sus trabajadores, con vistas a promover la salud y evitar la baja laboral.


ABSTRACT Objective: To analyze workers' cases of work leave caused by mental and behavioral disorders. Method: A cross-sectional census study conducted between June and July 2017 in which data were used from the National Social Security Institute database, with all workers' records. Data were analyzed by using descriptive statistics and inferential tests. Results: The sample included 2,449 workers. Workers who were on leave because of mental and behavioral disorders were mostly women, aged between 31 and 40 years and with an income of less than or equal to one or two minimum wages. The first and second reasons for work leave were mood disorders. Working in an urban setting was considered a risk factor for more than one work leave (p<0.05). The following disorders were strongly associated with more than one work leave (p<0.001): mood disorder; schizophrenia; schizotypal and delusional disorders; disorders related to the use of psychoactive substances; stress-related disorders; and somatoform disorders. Conclusion: Employers are encouraged to invest in the mental health of their workers with a view to promoting health and avoiding work leave.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Absenteísmo , Transtornos Mentais , Estudos Transversais , Saúde do Trabalhador
20.
Rev. bras. enferm ; 71(supl.5): 2169-2175, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-977639

RESUMO

ABSTRACT Objective: Identify the prevalence of anxious and depressive symptoms and their correlations with sociodemographic and occupational characteristics in university students. Method: This is census, cross-sectional and analytical study, developed with nursing students of a federal public university in the Northeast of Brazil in the months of September and October 2016. 205 university students of all the periods of the course attended the study. Beck's inventories for anxiety and depression were applied. Results: Most of the participants were female, single, native of the state capital and living with his parents. The prevalence of depression was 30.2% and of anxiety, 62.9%. Association between the level of depressive symptoms, work, sex and leisure was identified. Conclusion: The prevalence of symptoms of anxiety and depression was quite expressive, lacking, thus, more attention to the promotion of mental health of nursing students.


RESUMEN Objetivo: Identificar la prevalencia de síntomas ansiosos y depresivos y sus correlaciones con características sociodemográficas y ocupacionales en universitarios. Método: Se trata de un estudio censal, transversal, y analítico, desarrollado con estudiantes de enfermería de una universidad pública federal del Nordeste de Brasil en los meses de septiembre y octubre de 2016. Participaron 205 universitarios de todos los períodos del curso. Se aplicaron los inventarios de Beck para la ansiedad y la depresión. Resultados: La mayoría de los participantes era del género femenino, soltera, natural de la capital del estado y vivía con los padres. La prevalencia de depresión fue del 30,2%, y de ansiedad el 62,9%. Se identificó asociación entre el nivel de síntomas depresivos, trabajo, sexo y ocio. Conclusión: La prevalencia de los síntomas de ansiedad y depresión fue bastante expresiva, necesitando, por lo tanto, de más atención y promoción a la salud mental de los estudiantes de enfermería.


RESUMO Objetivo: Identificar a prevalência de sintomas ansiosos e depressivos e suas correlações com características sociodemográficas e ocupacionais em universitários. Método: Trata-se de estudo censitário, transversal, e analítico, desenvolvido com estudantes de enfermagem de uma universidade pública federal do Nordeste do Brasil nos meses de setembro e outubro de 2016. Participaram 205 universitários de todos os períodos do curso. Foram aplicados os inventários de Beck para ansiedade e depressão. Resultados: A maioria dos participantes era do sexo feminino, solteira, natural da capital do estado e morava com os pais. A prevalência de depressão foi de 30,2% e de ansiedade, 62,9%. Identificou-se associação entre o nível de sintomas depressivos, trabalho, sexo e lazer. Conclusão: A prevalência dos sintomas de ansiedade e depressão foi bastante expressiva, carecendo, portanto, de mais atenção e promoção à saúde mental dos estudantes de enfermagem.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA