Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 12 de 12
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Arq Bras Cardiol ; 113(3): 449-663, 2019 Oct 10.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-31621787
2.
Bernoche, Claudia; Timerman, Sergio; Polastri, Thatiane Facholi; Giannetti, Natali Schiavo; Siqueira, Adailson Wagner da Silva; Piscopo, Agnaldo; Soeiro, Alexandre de Matos; Reis, Amélia Gorete Afonso da Costa; Tanaka, Ana Cristina Sayuri; Thomaz, Ana Maria; Quilici, Ana Paula; Catarino, Andrei Hilário; Ribeiro, Anna Christina de Lima; Barreto, Antonio Carlos Pereira; Azevedo, Antonio Fernando Barros de Filho; Pazin, Antonio Filho; Timerman, Ari; Scarpa, Bruna Romanelli; Timerman, Bruno; Tavares, Caio de Assis Moura; Martins, Cantidio Soares Lemos; Serrano, Carlos Vicente Junior; Malaque, Ceila Maria Sant'Ana; Pisani, Cristiano Faria; Batista, Daniel Valente; Leandro, Daniela Luana Fernandes; Szpilman, David; Gonçalves, Diego Manoel; Paiva, Edison Ferreira de; Osawa, Eduardo Atsushi; Lima, Eduardo Gomes; Adam, Eduardo Leal; Peixoto, Elaine; Evaristo, Eli Faria; Azeka, Estela; Silva, Fabio Bruno da; Wen, Fan Hui; Ferreira, Fatima Gil; Lima, Felipe Gallego; Fernandes, Felipe Lourenço; Ganem, Fernando; Galas, Filomena Regina Barbosa Gomes; Tarasoutchi, Flavio; Souza, Germano Emilio Conceição; Feitosa, Gilson Soares Filho; Foronda, Gustavo; Guimarães, Helio Penna; Abud, Isabela Cristina Kirnew; Leite, Ivanhoé Stuart Lima; Linhares, Jaime Paula Pessoa Filho; Moraes, Junior João Batista de Moura Xavier; Falcão, João Luiz Alencar de Araripe; Ramires, Jose Antônio Franchini; Cavalini, José Fernando; Saraiva, José Francisco Kerr; Abrão, Karen Cristine; Pinto, Lecio Figueira; Bianchi, Leonardo Luís Torres; Lopes, Leonardo Nícolau Geisler Daud; Piegas, Leopoldo Soares; Kopel, Liliane; Godoy, Lucas Colombo; Tobase, Lucia; Hajjar, Ludhmila Abrahão; Dallan, Luís Augusto Palma; Caneo, Luiz Fernando; Cardoso, Luiz Francisco; Canesin, Manoel Fernandes; Park, Marcelo; Rabelo, Marcia Maria Noya; Malachias, Marcus Vinícius Bolívar; Gonçalves, Maria Aparecida Batistão; Almeida, Maria Fernanda Branco de; Souza, Maria Francilene Silva; Favarato, Maria Helena Sampaio; Carrion, Maria Julia Machline; Gonzalez, Maria Margarita; Bortolotto, Maria Rita de Figueiredo Lemos; Macatrão-Costa, Milena Frota; Shimoda, Mônica Satsuki; Oliveira-Junior, Mucio Tavares de; Ikari, Nana Miura; Dutra, Oscar Pereira; Berwanger, Otávio; Pinheiro, Patricia Ana Paiva Corrêa; Reis, Patrícia Feitosa Frota dos; Cellia, Pedro Henrique Moraes; Santos Filho, Raul Dias dos; Gianotto-Oliveira, Renan; Kalil Filho, Roberto; Guinsburg, Ruth; Managini, Sandrigo; Lage, Silvia Helena Gelas; Yeu, So Pei; Franchi, Sonia Meiken; Shimoda-Sakano, Tania; Accorsi, Tarso Duenhas; Leal, Tatiana de Carvalho Andreucci; Guimarães, Vanessa; Sallai, Vanessa Santos; Ávila, Walkiria Samuel; Sako, Yara Kimiko.
Arq. bras. cardiol ; 113(3): 449-663, Sept. 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1038561
3.
Int J Nephrol ; 2016: 9680718, 2016.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-27446612

RESUMO

Background. Acute kidney injury (AKI) is a common complication of cardiac surgery but its long-term consequences, in patients with chronic kidney disease (CKD), are not known. Methods. We compared the long-term prognoses of CKD patients who developed (n = 23) and did not develop (n = 35) AKI during the period of hospitalization after undergoing coronary artery bypass graft (CABG). Fifty-eight patients who survived (69.6 ± 8.4 years old, 72% males, 83% Whites, 52% diabetics, baseline GFR: 46 ± 16 mL/min) were followed up for 47.8 ± 16.4 months and treated for secondary prevention of events. Results. There were 6 deaths, 4 in the AKI+ and 2 in the AKI- group (Log-rank = 0.218), two attributed to CV causes. At the end of the study, renal function was similar in the two groups. One AKI- patient was started on dialysis. Only 4 patients had an increase in serum creatinine ≥ 0.5 mg/dL during follow-up. Conclusion. CKD patients developing AKI that survived the early perioperative period of coronary intervention present good renal and nonrenal long-term prognosis, compared to patients who did not develop AKI.

4.
São Paulo; Atheneu; 2.ed; 2014. 1010 p. ilus, tab, graf.
Monografia em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-IDPCPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: ses-37344
5.
São Paulo; Atheneu; 2.ed; 2014. 1010 p. ilus, tab, graf.
Monografia em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-IDPCPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1086187
6.
J. health inform ; 4(1)jan.-mar. 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-621712

RESUMO

Objetivo: Descrever o desenvolvimento e a implantação do sistema informatizado padronizado no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo para o registro de atendimento da parada cardiorrespiratória (PCR). Método: O registro eletrônico de atendimento da PCR foi baseado no Protocolo de Utstein e desenvolvido pelo Serviço de Informática da instituição, tendo a participação de um grupo de especialistas. Utilizou-se o Sistema Integrado de Informações InCor (SI3), com acesso seguro baseado nos perfis de acesso e comunicação segura por meio do protocolo Security Socket Layer. Após o desenvolvimento, o registro eletrônico foi disponibilizado para todas as unidades da instituição por meio do SI3. Resultados: O módulo de registro de ressuscitação é constituído de uma tela de identificação do paciente e cinco telas que contemplam informações do Protocolo de Utstein. À partir da implantação do sistema, foi possível coletar dados sobre o atendimento da PCR, como o tempo despendido e número de profissionais envolvidos para o atendimento. Conclusão: O desenvolvimento do módulo de registro de ressuscitação é útil para facilitar a obtenção de registros completos e adequados. Contudo, faz-se necessário à realização de novos estudos, com o intuito de avaliar o sistema informatizado.


Objective: To describe the development and implantation of computerized system standardized in Heart Institute, Medical School, University of São Paulo to the records of attendance of heart arrest (HA).Method: The electronic record of attendance of HA was based on the Utstein protocol and developed by the Informatics Department of the institution, with the participation of a experts group. We used the InCor Integrated Information System (SI3), with secure access based on access profiles, and secure communication through the Security Socket Layer. After the development, the electronic record was available for all units of the institution through the SI3. Results: The resuscitation record module consists of a patient identification screen and five screens that include information of Utstein Protocol. With the system implantation, was possible to collect data about attendance of HA, as the time spent and number of professionals involved in this attendance. Conclusion: The development of resuscitation record module is useful to facilitate the obtaining of the adequate and complete records. However, it is necessary to conduct other studies that evaluating the computerized system.


Objetivo: Describir el desarrollo y la implantación del sistema informatizado estandarizado en el Instituto del Corazón del Hospital de las Clínicas de la Facultad de Medicina de la Universidad de Sao Paulo para el registro del tratamiento del paro cardiorrespiratorio (PRC). Método: El registro electrónico del tratamiento del PCR fue desarrollado por el Servicio de Informática de la institución, teniendo la participación de un grupo de especialistas. Fue utilizado el Sistema Integrado de Informações InCor (SI3), con acceso seguro y basado en los perfiles de acceso y comunicación segura por medio del protocolo Security Socket Layer. Después del desarrollo, el registro electrónico fue disponible para todas las unidades de la institución por medio del SI3. Resultados: El módulo del registro de la resucitación se compone de una pantalla para identificar el paciente y otras cinco pantallas, que incluyen las informaciones del protocolo Utstein. A partir de la implantación del sistema, fue posible recoger datos sobre el tratamiento del PCR, como el tiempo empleado y el número de profesionales implicados en el tratamiento. Conclusión: La creación del módulo de registro de la resucitación es útil para facilitar la obtención de los registros completos y adecuados. Sin embargo, es necesario realizar nuevos estudios, con el fin de evaluar el sistema computarizado.


Assuntos
Registros Eletrônicos de Saúde , Parada Cardíaca , Sistemas de Informação , Informática Médica
10.
São Paulo; s.n; 1998. 136 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024180

RESUMO

Este estudo teve como propósito investigar o estresse na equipe de enfermagem que atuava em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), clínicas e cirúrgicas, em um hospital público de cardiologia do município de São Paulo. A população foi constituída por 145 profissionais. Os dados foram coletados por intermédio da utilização de cinco inventários e três questionários, respondidos pelo grupo durante o período de trabalho. A população estudada caracterizou-se pela predominância do sexo feminino (83,3%), com mediana de idade de trinta e quatro anos, sendo 46,2% casadas e 41,4% solteiras, e a maioria (59,3%) tinha filhos. A população se distribuiu entre enfermeiros (36,6%), técnicos de enfermagem (13,1%) e auxiliares de enfermagem (50,3%), sendo a mediana do tempo de formado, sete anos, de serviço nos hospital, seis anos, e de UTI, cinco anos. A maioria (74,6%) desta população considerou o salário muito importante na renda familiar e 83,4% não tinham outro vínculo empregatício. Em relação à distribuição do grupo de UTIs, 64,8% trabalhavam em UTIs cirúrgicas e 32,2% em UTIs clínicas. Grande parte da população (70,3%) referiu sentir-se preparada para executar o trabalho, 78,6% apresentavam projeto profissional e 64,8% estavam satisfeitas profissionalmente. A maioria classificou como bom o relacionamento entre a equipe de enfermagem (62,8%), entre a equipe multiprofissional (68,3%) e entre os profissionais da sáude com os pacientes (69,0%). A maioria da população (87,6%)referiu utilizar alguma estratégia para diminuir o estresse. Com base nos inventários, a população estudada apresentou baixo escore de traço de ansiedade (70,3%), baixo escore de traço de estresse (84,1%), baixo escore de estado de ansiedade (69,7%) e baixo escore de estado de estresse (81,4%). A despeito destes resultados, em apenas 35,2% do grupo não foi diagnosticada alguma doença. Detectaram-se associações estatisticamente significantes entre o traço ) de ansiedade, traço de estresse, estado de ansiedade e o estado de estresse e a satisfação no trabalho. Houve associação estatisticamente significante do estado geral de saúde e as variáveis turno de trabalho, sexo e satisfação no trabalho. Observaram-se correlações estatisticamente significantes do estado de ansiedade com idade e número de filhos e do estado de estresse com a idade e tempo de formado. Apesar da literatura afirmar que os profissionais de enfermagem que atuam em UTI estão mais suscetíveis ao estresse, nesta pesquisa a grande maioria da ppopulação apresentou baixo nível de ansiedade e de estresse.


This study sought to evaluate the psychological stress to which the nursing staff of both clinical and surgical Intensive Care Units (ICUs) is submitted in a Cardiology public hospital in São Paulo. The study participants included 145 nurse professionals. Psychological stress was evaluated in the study group using 5 inventory scales and 3 questionnaires answered by the nursing team during work hours. The study population had median age of thirty-four years and was predominantly of the female sex (83.3%). The majority of these women had children (59.3%) but only 46.2% were married while 41.4% were single. The median time from graduation was seven years. Median hospital experience was six-years, five of which were in the ICU. the majority (74.6%) of the participants considered the salary critical for famuly support and 83.4% did not have another source of income. The distribution of the nursing staff between surgical and clinical ICUs was 64.8% and 35.2%, respectively. Most of the nurses (70.3%) considered themselves well prepared for working, 78.6% had further plans for professional development and 64.8% were pleased with their occupation. Most of the group considered the relationship in the nurse team good (62.8%) and also among the interdisciplinary teams (68.3%) and between patients and health professionals (69.0%). Based on the inventory scales, the study population demonstrated both low anxiety (70.3%) and low stress traces (84.1%). Similarly, the populationresponded with low anxiety state (69.7%) and low stress state (81.4%) to environment stimuli. The gratest part of the population (87.6%) reported the use of stress-reducing strategies. In spite of low anxiety and stress traces and states in this population only 35.2% of the participants did not have any underlying health condition. There was statistically significant association between good health condition and diurnal work shift, male gender (To Be Continued) and job satisfaction. A strong association between low anxiety state and younger age and smaller offspring was also observed. The association between low stress state, young age and ICU experience was also evident. Despite previous data reporting that the ICU nursing staff is more susceptible to psychological stress, this study demonstrated a low level of anxiety and stress in this group.


Assuntos
Humanos , Estresse Mecânico , Enfermagem , Unidades de Terapia Intensiva
11.
Acta paul. enferm ; 4(1): 39-44, jan.-mar. 1991. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-458152

RESUMO

Este trabalho tem como finalidade a elaboração de um programa de orientação de enfermagem ao paciente portador de miocardiopatia. Desenvolveu-se um estudo exploratório junto a sessenta pacientes em tratamento ambulatorial com o objetivo de caracterizar os aspectos biossociais e necessidades afetadas frente a doença e tratamento. Fundamentando-se nesses resultados, elaborou-se um programa de orientação de enfermagem enfatizando o papel educativo do enfermeiro.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Atitude Frente a Saúde , Cardiomiopatias/enfermagem , Cuidados de Enfermagem , Educação de Pacientes como Assunto , Assistência Ambulatorial , Serviços de Enfermagem , Equipe de Enfermagem
12.
Acta paul. enferm ; 4(1): 39-44, jan.-mar. 1991. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-11977

RESUMO

Este trabalho tem como finalidade a elaboração de um programa de orientação de enfermagem ao paciente portador de miocardiopatia. Desenvolveu-se um estudo exploratório junto a sessenta pacientes em tratamento ambulatorial com o objetivo de caracterizar os aspectos biossociais e necessidades afetadas frente a doença e tratamento. Fundamentando-se nesses resultados, elaborou-se um programa de orientação de enfermagem enfatizando o papel educativo do enfermeiro. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Cardiomiopatias , Educação de Pacientes como Assunto , Atitude Frente a Saúde , Cuidados de Enfermagem , Assistência Ambulatorial , Serviços de Enfermagem , Equipe de Enfermagem
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA