Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 8 de 8
Filtrar
1.
Fisioter. Mov. (Online) ; 32: e003228, 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1012122

RESUMO

Abstract Introduction: Home-based programmes have received increasing attention in rehabilitation, providing an opportunity to continue aspects of therapy, benefiting the retention of established intervention effects. Objective: To describe the available home-based physiotherapy programmes in neurorehabilitation for people with neurological diseases. Method: MEDLINE, EMBASE, Cochrane Library, OTseeker and PEDro were searched, no restrictions regarding the date of publication or language restrictions for randomized controlled clinical trial. The quality of the selected studies using the PEDro scale and the Cochrane Collaboration's tool for assessing the risk of bias. Results: Fifteen articles met the eligibility criteria and quality assessment and were selected for the present systematic review. The findings supports the positive impact of home-based intervention, finding evidence in the changes in activity level, improvement in the control and muscle strength, balance and walking in patients with neurological conditions who perform rehabilitation program at home, with a good adherence of participants in total. Conclusion: Models of rehabilitative such as home-based programmes can be an alternative efficient method to deliver rehabilitation, showing to be beneficial in improving different aspects of activities, and participation.


Resumo Introdução: Programas home-based têm recebido atenção crescente na reabilitação, proporcionando uma oportunidade para continuar os aspectos da terapia, beneficiando a retenção de efeitos de intervenção estabelecidos. Objetivo: Descrever os programas de fisioterapia home-based disponíveis na neurorreabilitação para pessoas com doenças neurológicas. Método: MEDLINE, EMBASE, Biblioteca Cochrane, OTseeker e PEDro foram pesquisados, sem restrições quanto à data de publicação ou restrições de idioma para ensaios clínicos randomizados controlados. A qualidade dos estudos selecionados usando a escala PEDro e a ferramenta Cochrane Collaboration para avaliar o risco de viés. Resultados: Quinze artigos preencheram os critérios de elegibilidade e avaliação de qualidade e foram selecionados para a presente revisão sistemática. Evidências foram encontradas sobre mudanças no nível de atividade, melhora no controle e força muscular, equilíbrio e deambulação em pacientes com condições neurológicas que realizam um programa de reabilitação home-based, com boa adesão dos participantes no total. Conclusão: Os modelos de reabilitação, como os programas home-based, podem ser um método eficiente alternativo para promover a reabilitação, mostrando-se benéficos na melhoria dos diferentes aspectos das atividades e na participação.


Resumen Introducción: Los programas home-based han recibido una atención creciente en la rehabilitación, proporcionando una oportunidad para continuar los aspectos de la terapia, beneficiando la retención de efectos de intervención establecidos. Objetivo: Describir los programas de fisioterapia Home-Based disponibles en la neurorreabilitación para personas con enfermedades neurológicas. Método: MEDLINE, EMBASE, Biblioteca Cochrane, OTseeker y PEDro fueron investigados, sin restricciones en cuanto a la fecha de publicación o restricciones de idioma para ensayos clínicos randomizados controlados. La calidad de los estudios seleccionados mediante la escala PEDRO y la herramienta Cochrane Collaboration para evaluar el riesgo de sesgo. Resultados: Quince artículos cumplieron los criterios de elegibilidad y evaluación de calidad y fueron seleccionados para la presente revisión sistemática. Se encontraron evidencias sobre cambios en el nivel de actividad, mejora en el control y fuerza muscular, equilibrio y deambulación en pacientes con condiciones neurológicas que realizan un programa de rehabilitación Home-Based, con buena adhesión de los participantes en el total. Conclusión: Los modelos de rehabilitación, como los programas Home-Based, pueden ser un método eficiente alternativo para promover la rehabilitación, mostrándose beneficiosos en la mejora de los diferentes aspectos de las actividades y en la participación.


Assuntos
Serviços de Assistência Domiciliar , Doenças do Sistema Nervoso , Neurologia , Reabilitação , Especialidade de Fisioterapia
2.
J Bodyw Mov Ther ; 22(3): 598-604, 2018 Jul.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-30100283

RESUMO

Kinesio Taping® elastic tape is increasingly used in physiotherapy treatment. However, there is a lack of scientific research regarding the late effects of its use. This study quantified the late effects of applying the Kinesio Taping® elastic tape by measuring changes in handgrip muscle strength after 24, 48 and 72 h of application. The Kinesio Taping® elastic tape was applied on the dominant and non-dominant limbs of 36 volunteers randomly assigned to three groups: muscle facilitation, muscle inhibition and control group. The statistical test showed there was a statistically significant difference among all groups of dominant limb and non-dominant limb. However, the analysis on intragroup relationship to periods of application (Initial, 24, 48 and 72 h) and the interaction among repeated measures showed there was no statistically significant difference. This result may contribute to the investigation of the late effects of the Kinesio Taping® elastic tape on the physical rehabilitation.


Assuntos
Fita Atlética , Força da Mão/fisiologia , Modalidades de Fisioterapia , Adolescente , Adulto , Eletromiografia , Feminino , Humanos , Masculino , Força Muscular/fisiologia , Adulto Jovem
3.
Acta fisiátrica ; 24(3): 113-119, set. 2017. graf, tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-968411

RESUMO

A Síndrome do Imobilismo (SI), frequente entre idoso, ocorre no indivíduo acamado por período prolongado, acarretando perda de força muscular (FM) e consequentemente morbidade e mortalidade. Objetivo: Analisar ganho de FM necessário para reaquisição de ortostatismo em idosos com SI temporário. Métodos: Trinta idosos com SI foram triados pelos critérios de inclusão/ exclusão, e 14 idosos obedeceram aos critérios. Eles foram avaliados quanto à FM (em quilogramas) dos músculos quadríceps e glúteos, e posteriormente realizaram sessões de fortalecimento. Ao final do programa, realizou-se tentativa de ortostatismo. Aqueles que readquiriram a postura foram chamados de G1; aqueles que não readquiriram foram chamados de G2. Analisou-se incremento das cargas, número de sessões necessárias, peso do participante, idade e tempo de imobilismo. Resultados: Dez participantes (71,4%) readquiriram o ortostatismo (G1), obtendo média de 21,4 sessões e incremento de força para quadríceps em média de 6kg, correspondendo a um aumento de 177%; e G2 aumentou em média 4,125kg, aumentando-se 117% (p=0,001). Para m glúteo, houve ganho de FM em média de 2,2kg (aumento de 102%) para G1 e 1,625kg para G2, aumentando-se 39%. (p=0,0002). Houve forte correlação para peso do participante com ganho de FM de quadríceps e glúteos (-0,96 e -0,84 respectivamente) e moderada correlação com idade de G1 e G2 (0,59 e 0,58 respectivamente) e com tempo de imobilismo (0,53 para glúteos e 0,50 para quadríceps). Conclusão: O incremento da FM foi essencial para reaquisição do ortostatismo, e o peso, idade e tempo de imobilismo interferiram na reaquisição desta postura


The immobility syndrome (IS), a comon issue among elderly people, occurs in patients who are bedridden for long periods, and causes loss of muscle strength and morbidity and mortality consequently. Objective: To analyze the necessary muscle strength increase for the recovery of orthostatism in the elderly with temporary IS. Method: Thirty elderly with IS were screened for inclusion/exclusion criteria, and 14 elderly were included. They had their quadriceps and gluteus muscle strength evaluated (in kilograms), and then performed strengthening sessions. At the end of the program, orthostatic attempts were made. Those who reacquired the posture were called G1; those who did not reacquire were called G2. The exercise load increase, number of sessions required, participant weight at baseline, age and immobility time were analyzed. Results: Ten participants of G1 (71.4%) reacquired orthostatism (G1), after a mean of 21.4 sessions, a mean quadriceps muscle strength increase of 6kg (177%), and a mean gluteus muscle strength increase of 2.2kg (102%), whereas in the G2, whose participants did not recover orthostatism, the mean quadriceps and gluteus muscle strength increase were 4.125kg (117%) and 1.625kg (39%) respectively. The p value of the group comparisons were 0.001 for the quadriceps strength increase and 0.0002 for the gluteus strength increase. There was a strong correlation between the participant's baseline weight and the quadriceps and gluteus muscle strength increase (-0.96 and -0.84 respectively) and moderate correlation between age of G1 and G2 and muscle strength increase (0.59 and 0.58 respectively) and between immobility time and muscle strength increase (0.53 for gluteus and 0.50 for quadriceps). Conclusion: Muscle strength increase was essential for recovering orthostatism, whereas weight, age and time of immobilism are significantly correlated with muscle strength increase


Assuntos
Humanos , Idoso Fragilizado , Força Muscular , Treinamento Resistido/instrumentação , Triagem/métodos
4.
Fisioter. Pesqui. (Online) ; 24(3): 334-346, jul.-set. 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-892130

RESUMO

ABSTRACT The purpose of the present study was to perform a systematic review of the literature to investigate how and with what modifications or adaptations constraint-induced movement therapy has been employed in clinical practice for therapeutic interventions in children with cerebral palsy. Searches were conducted of the CAPES (Brazilian fostering agency) periodical portal, Pubmed, Bireme, Science Direct, Scielo and PEDro databases for relevant articles published between January 2010 and May 2016. The articles retrieved were evaluated, scored and qualified by two blinded reviewers using the Physical therapy Evidence Database Scale. The searches led to the retrieval of 102 articles, 12 of which were included in the present systematic review. A table was created containing information on the study groups, inclusion criteria, intervention, intervention frequency, difficulties encountered, evaluations and outcomes. Considerable variety was found in the therapeutic intervention models. The findings of the present review demonstrate that constraint-induced movement therapy in pediatric clinical practice is not employed in its original form. Although the studies analyzed did not have a common methodology regarding the use of this type of therapy, the method has been adapted with considerable flexibility, providing promising, positive results regarding the therapeutic intervention of the paretic upper limb in children with cerebral palsy.


RESUMO Este estudo se propôs a realizar uma revisão sistemática da literatura para investigar como e com que modificações ou adaptações a terapia de movimento induzido por restrição tem sido empregada na prática clínica para intervenções terapêuticas em crianças com paralisia cerebral. As pesquisas foram conduzidas do portal periódico da CAPES (Agência brasileira de amparo), e dos bancos de dados Pubmed, Bireme, Science Direct, Scielo e PEDro para artigos relevantes publicados entre janeiro de 2010 e maio de 2016. Os artigos obtidos foram avaliados, quantificados e qualificados por dois revisores anônimos usando a Base de Dados em Evidências em Fisioterapia. As pesquisas levaram para a recuperação de 102 artigos, 12 dos quais foram incluídos nesta revisão sistemática. Uma tabela foi criada contendo informações sobre os grupos de estudo, critérios de inclusão, intervenção, frequência de intervenção, dificuldades encontradas, avaliações e resultados. Foi encontrada uma variedade considerável nos modelos de intervenção terapêutica. Os resultados desta revisão demonstram que a terapia de movimento induzido por restrição na prática clínica pediátrica não é empregada na sua forma original. Embora os estudos analisados não tenham uma metodologia comum em relação ao uso deste tipo de terapia, o método foi adaptado com flexibilidade considerável, fornecendo resultados promissores e positivos sobre a intervenção terapêutica do parético membro superior em crianças com paralisia cerebral.


RESUMEN El propósito del presente estudio fue realizar una revisión sistemática de la literatura para investigar cómo y con qué modificaciones o adaptaciones la terapia de movimiento inducido por restricción ha sido empleada en la práctica clínica para intervenciones terapéuticas en niños con parálisis cerebral. Se realizaron búsquedas en CAPES (Agencia brasileña de fomento) portal periodico, Pubmed, Bireme, Science Direct, Scielo y PEDro bases de datos para artículos relevantes publicados entre enero de 2010 y mayo de 2016. Los artículos recuperados fueron evaluados, puntuados y calificados por dos revisores ciegos utilizando la Escala de base de datos de Pruebas de Fisioterapia (Physical therapy Evidence Database Scale). Las búsquedas condujeron a la recuperación de 102 artículos, 12 de los cuales se incluyeron en la presente revisión sistemática. Se creó una tabla que contiene información sobre los grupos de estudio, criterios de inclusión, intervención, frecuencia de intervención, dificultades encontradas, evaluaciones y resultados. Se encontró una variedad considerable en los modelos de intervención terapéutica. Los resultados de la presente revisión muestran que la terapia de movimiento inducido por restricción en la práctica clínica pediátrica no se emplea en su forma original. Aunque los estudios analizados no tenían una metodología común respecto al uso de este tipo de terapia, el método se ha adaptado con una flexibilidad considerable, promoviendo resultados promisores y positivos con respecto a la intervención terapéutica del miembro parético superior en niños con parálisis cerebral.

5.
Estud. interdiscip. envelhec ; 20(3): 789-801, dez. 2015.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos | ID: psi-70091

RESUMO

O envelhecimento traz aspectos sociais e físicos que devem ser considerados pelos profissionais da saúde para adequar o dia a dia dos pacientes a rotina medicamentosa. A prevalência da hipertensão arterial sistêmica e a necessidade do consumo regular das medicações de controle interferem diretamente na morbimortalidade dos idosos hipertensos e em sua qualidade de vida. Assim, objetivamos avaliar a qualidade de vida e a aderência ao tratamento da hipertensão em idosos, analisando o impacto de um manual de orientações para a rotina medicamentosa em idosos hipertensos institucionalizados e de uma comunidade de um município paulista. Foram incluídos 28 idosos alocados em dois grupos: intervenção (receberam as orientações de um manual para o consumo das medicações) e controle (não receberam orientações adicionais na rotina medicamentosa). Todos foram avaliados e reavaliados apos dois meses com o teste de Morisky-Green e os questionários WHOQOL-OLD e BREF, sendo observado o aumento da pontuação da primeira pergunta do primeiro teste e da pontuação de alguns domínios do questionário OLD após a reavaliação no grupo intervenção. Por fim, foi possível perceber que houve melhora na qualidade de vida dos idosos após terem recebido as orientações do manual proposto. (AU)


The aging brings social and physical aspects that should be considered by health professionals to tailor the daily life of patients to drug routine. The prevalence of hypertension and the need for regular use of controller medications interfere directly in the morbidity and mortality f elderly hypertensive patients and their quality of life. Thus, we aimed to evaluate quality of life and adherence to treatment of hypertension in the elderly, analyzing the impact of a manual’s guidelines for routine drug in institutionalized elderly hypertensive patients in community of Mogi das Cruzes. They included 28 individuals divided into two groups: intervention (received the guidance of a manual for the consumption of drugs) and control (did not receive additional guidance in drug routine). All were assessed and reassessed after two months with Morisky-Green test and WHOQOL-OLD and BREF questionnaires. The group monitored of intervention received the manual’s guidelines proposed with the guidance booklet of disease control and showed an improvement in quality of life. This shows that this manual is an important product for placement in local elder care. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Qualidade de Vida/psicologia , Adesão à Medicação , Hipertensão , Saúde do Idoso Institucionalizado , Manuais como Assunto , Orientação
6.
Estud. interdiscip. envelhec ; 20(3): 789-801, dez. 2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-868935

RESUMO

O envelhecimento traz aspectos sociais e físicos que devem ser considerados pelos profissionais da saúde para adequar o dia a dia dos pacientes a rotina medicamentosa. A prevalência da hipertensão arterial sistêmica e a necessidade do consumo regular das medicações de controle interferem diretamente na morbimortalidade dos idosos hipertensos e em sua qualidade de vida. Assim, objetivamos avaliar a qualidade de vida e a aderência ao tratamento da hipertensão em idosos, analisando o impacto de um manual de orientações para a rotina medicamentosa em idosos hipertensos institucionalizados e de uma comunidade de um município paulista. Foram incluídos 28 idosos alocados em dois grupos: intervenção (receberam as orientações de um manual para o consumo das medicações) e controle (não receberam orientações adicionais na rotina medicamentosa). Todos foram avaliados e reavaliados apos dois meses com o teste de Morisky-Green e os questionários WHOQOL-OLD e BREF, sendo observado o aumento da pontuação da primeira pergunta do primeiro teste e da pontuação de alguns domínios do questionário OLD após a reavaliação no grupo intervenção. Por fim, foi possível perceber que houve melhora na qualidade de vida dos idosos após terem recebido as orientações do manual proposto.


The aging brings social and physical aspects that should be considered by health professionals to tailor the daily life of patients to drug routine. The prevalence of hypertension and the need for regular use of controller medications interfere directly in the morbidity and mortality f elderly hypertensive patients and their quality of life. Thus, we aimed to evaluate quality of life and adherence to treatment of hypertension in the elderly, analyzing the impact of a manual’s guidelines for routine drug in institutionalized elderly hypertensive patients in community of Mogi das Cruzes. They included 28 individuals divided into two groups: intervention (received the guidance of a manual for the consumption of drugs) and control (did not receive additional guidance in drug routine). All were assessed and reassessed after two months with Morisky-Green test and WHOQOL-OLD and BREF questionnaires. The group monitored of intervention received the manual’s guidelines proposed with the guidance booklet of disease control and showed an improvement in quality of life. This shows that this manual is an important product for placement in local elder care.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Saúde do Idoso Institucionalizado , Hipertensão , Adesão à Medicação , Qualidade de Vida/psicologia , Manuais como Assunto , Orientação
7.
Motriz rev. educ. fís. (Impr.) ; 15(4): 850-860, out.-dez. 2009. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-550043

RESUMO

O arco longitudinal medial (ALM) desempenha funções na biomecânica do pé. O estudo teve como objetivo comparar os resultados da avaliação do ALM do complexo articular do tornozelo entre índice do arco plantar (IAP) e índice de Staheli, classificação de Viladot e linha de Feiss. Trata-se de um estudo transversal, onde a amostra experimental foi constituída de sujeitos do sexo feminino com idade entre 13 a 19 anos, praticantes de futebol. As mensurações foram realizadas por meio da plantigrafia, excetuando-sea linha de Feiss. Os testes que mais compatibilizaram foram o IAP e a classificação de Viladot, porém sem significância estatística, considerando o coeficiente de Kappa de 0,32 e 0,30 para os pés direito e esquerdo. Na comparação do IAP, linha de Feiss e índice de Staheli, o coeficiente de Kappa foi de baixa concordância, pois, não pode ser calculado pela ausência de pé plano nos dois últimos testes. Conclui-se que ocorreu incompatibilidade entre os métodos de avaliação.


The longitudinal plantar arch (LPA) perform biomechanics functions in the foot. The aim of this study was to compare the relationship between different index to measure the LPA of the foot. The arc index, Staheli index, Viladot classification and Feiss line were compared. In the transversal study, the experimental samples were soccer players females with age between 13 to 19 years. The measure were performed by plantigraphy, with out Feiss line. Although non significant the higher agreement was reached between the arch index and Staheli index. This comparison presented a Cohen's Kappa coefficient of 0,32 and 0,30 for right and left foot respectively. The comparison between arch index either with Feiss line or Staheli index presented low agreement. In conclusion this study showed low agreement between methods to measure the LPA.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto , Articulação do Tornozelo , Deformidades do Pé , Futebol
8.
Fisioter. Bras ; 7(2): 104-108, mar.-abr. 2006.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-491127

RESUMO

Sistema nervoso central, adequada amplitude de movimento, forca muscular preservada, estrutura e composição óssea apropriadas, além de propriocepção intacta, poderá provocar uma marcha dita patológica, podendo trazer uma deficiência primaria para a marcha ou criar mecanismos compensatórios secundários para que esta mantenha uma função útil. A instabilidade patelofemoral e uma condição patológica, a qual implica em perda da funcionalidade da marcha. O presente estudo teve como objetivo analisar a existência de um padrão comum das variáveis da forca reação do solo, durante a realização da marcha em aclive e declive, em 10 voluntários saudáveis (grupo controle). Como tal questão foi afirmativamente respondida, buscamos verificar a possibilidade de identificação de alterações dessas variáveis também durante a marcha em 10 voluntários com instabilidade patelofemoral (grupo patológico). Os dados da forca de reação do solo foram coletados utilizando-se o Sistema Gaitway Instrumented – Kistler, que consiste de uma esteira rolante (Trotter Treadmill) com duas plataformas de forca. Foram estudados os valores do primeiro e segundo pico de forca vertical máxima (Fy1 e Fy2), forca vertical mínima (Fymin), além da taxa de aceitação do peso. O padrão dessas variáveis durante a marcha em voluntários saudáveis e com instabilidade patelofemoral não demonstrou diferença estatisticamente significativa, por meio do teste T de Student a 5% de probabilidade dos resultados obtidos. Portanto, ao considerar os resultados obtidos nesse estudo, pode-se concluir que tais variáveis não são viáveis para sua utilização no diagnostico precoce da instabilidade patelofemoral.


Any condition that disturb the adequate motor control, central nervous system maturation, adequate range of movement, preserved muscular strength, appropriate bone structure and composition, besides intact proprioception, can result in a pathological gait, leading to primary damage in gait or creating secondary compensatory mechanisms to keep an utile function. The patellofemoral instability is a pathological condition which leads to a gait functionality loss. The present study had as objective to analyze the existence of a common pattern of the ground reaction forces variables, during gait in acclivity and declivity, in 10 healthy volunteers (control group). As such question was affirmatively responded, we aimed in verifying the possibility of identification of these variables also during gait in 10 volunteers with patellofemoral instability (pathologic group). The ground reaction forces data were collected using the Gaitway Instrumented – Kistler system, which consists in a treadmill (Trotter) with two force platforms. Were studied the values of the first and second maximal vertical force peak (Fy1 e Fy2), minimal vertical force (Fymin), and the weight acceptation rate. These variable’s pattern during gait in healthy volunteers and with patellofemoral instability have not shown statistically significant differences, by the Student test in a probability of 5% of the obtained results. So, considering the obtained results, we can conclude that such variables are not useful in early diagnostic of patellofemoral instability.


Assuntos
Marcha , Sistema Nervoso , Amplitude de Movimento Articular
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA