Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Filtros adicionais











País/Região como assunto
Intervalo de ano
1.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1818, 02/2019. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-996066

RESUMO

Introdução: A visita domiciliar permite ao profissional de saúde romper com o modelo centrado na doença, voltando-se para uma abordagem centrada no indivíduo. No entanto, observa-se uma grande deficiência na organização e gestão destas, o que muitas vezes dificulta a priorização mais adequada destes pacientes. Objetivo: Apresentar a experiência de uma equipe ao utilizar uma nova ferramenta para avaliação e classificação de risco que visa otimizar a gestão da agenda das visitas domiciliares. Métodos: Trata-se de um relato de experiência de uma equipe de saúde da família, na periferia de uma capital no Nordeste do Brasil, que aplicou esta ferramenta aos pacientes de visita domiciliar entre os meses de junho e novembro de 2017. Resultados: Os dados coletados foram analisados, sendo possível classificar os pacientes quanto ao risco e vulnerabilidade. Esta ferramenta favoreceu o fortalecimento e estruturação do registro, planejamento, avaliação e monitoramento das visitas realizadas nos território. Além disso, deve ser ressaltada sua fácil aplicação e a reprodutibilidade em diferentes cenários da atenção primária. Conclusão: O uso de instrumentos adequados permite identificar pacientes em situação de risco e vulnerabilidade, além de possibilitar a organização da agenda, a identificação das necessidades das pessoas, o acompanhamento das doenças crônicas, propor estratégias, e planejar intervenções futuras.


Introduction: The home visit allows the health professional to break the disease-centered model, turning to an individual-centered approach. However, there is a great deficiency in the organization and management of these, which often makes it more difficult to prioritize these patients. Objective: To present the experience of a team when using a new risk evaluation and classification tool that aims to optimize the management of the home visits schedule. Methods: This is an report of the experience of a family health team, in a peripheric neighborhood of a capital city in the northeast of Brazil, that applied this tool with patients who applied this tool to home visiting patients in the period between June and November 2017. Results: The data collected were analyzed and it was possible to classify the patients regarding risk and vulnerability. This tool favored the strengthening and structuring of the registration, planning, evaluation and monitoring of the visits made in the territory. In addition, its easy application and reproducibility in different primary care settings should be emphasized. Conclusion: The use of appropriate instruments allows the identification of patients at risk and vulnerability, besides organizing the agenda, identifying people's needs, monitoring chronic diseases, proposing strategies, and planning for future interventions


Introducción: La visita domiciliaria permite al profesional de la salud romper con el modelo centrado en la enfermedad, volviéndose hacia un enfoque centrado en el individuo. Sin embargo, se observa una gran deficiencia en la organización y gestión de éstas, lo que a menudo dificulta la priorización más adecuada de estos pacientes. Objetivo: Presentar la experiencia de un equipo en la utilización de una nueva herramienta de evaluación y clasificación de riesgo que visa optimizar la gestión de la agenda de visitas domiciliarias. Métodos: Tratase de un relato de experiencia de un equipo de salud de la familia en la periferia de una capital en el Nordeste de Brasil, donde se aplicó esta herramienta con pacientes asistidos en domicilio entre los meses de junio y noviembre de 2017. Resultados: Los dados obtenidos fueron analizados, siendo posible clasificar según el riesgo y la vulnerabilidad. Esta herramienta favoreció el fortalecimiento y estructuración de registro, planificación, evaluación y monitoreo de las visitas realizadas en el territorio. Además, llamamos la atención a su fácil aplicabilidad y reproductibilidad en diferentes escenarios de la atención primaria a la salud. Conclusión: El uso de instrumentos adecuados permite identificar pacientes en situación de riesgo y vulnerabilidad, además de posibilitar la organización de la agenda, la identificación de las necesidades de las personas, el seguimiento de las enfermedades crónicas, proponer estrategias, y planificar intervenciones futuras


Assuntos
Humanos , Organização e Administração , Atenção Primária à Saúde , Avaliação em Saúde , Serviços de Assistência Domiciliar
2.
Cad. Esp. (Ceará) ; 12(1)jan.-jun. 2018.
Artigo em Português | Coleciona SUS | ID: biblio-967190

RESUMO

A partir de 2011, os Ministérios da Saúde e da Educação instituíram programas para prover e fixar os profissionais médicos na atenção primária do Brasil. Este artigo tem como objetivo trazer um relato da implantação destes programas no Ceará a partir de 2012. Trata-se de um estudo descritivo, realizado através de análise documental e coleta de dados que relata a experiência da implantação e implementação dos programas de provimento no estado do Ceará, compreendendo o período entre 2012 e 2016. O Ceará possui, atualmente, 2.352 equipes de saúde da família implantadas, sendo que mais da metade destas são vinculadas aos programas de provimento. Observou-se que 69% dos médicos trabalham nos municípios classificados como G100 e Pobreza. Por meio deste relato de experiência, pode-se considerar a possibilidade de ampliação do número de equipes de saúde da família, capacitando a oportunidade do provimento de médicos para municípios classificados como de extrema pobreza e vulnerabilidade no interior do estado, além de promover a longitudinalidade do cuidado.(AU)


As of 2011, the Ministries of Health and Education have instituted programs to provide and fix medical professionals in primary care in Brazil. This article aims to provide an account of the implementation of these programs in Ceará from 2012. This is a descriptive study, conducted through documentary analysis and data collection that reports on the experience of the implementation of the state's welfare programs of Ceará, comprising the period between 2012 to 2016. Ceará currently has 2,352 family health teams implanted, more than half of which are linked to the provision programs. It was observed that 69% of doctors work in municipalities classified as G100 and Poverty. Through this experience report, it is possible to consider the possibility of expanding the number of family health teams, enabling the provision of doctors to municipalities classified as extreme poverty and vulnerability within the state, in addition to promoting longitudinality of care.(AU)


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Política Pública , Distribuição de Médicos , Equidade em Saúde , Programas Nacionais de Saúde , Brasil
3.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 7(24): 139-146, jul./set. 2012. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-879941

RESUMO

As reformas curriculares e a mudança do perfil na formação de profissionais da saúde apresentam muitos desafios. O objetivo deste estudo foi caracterizar as necessidades educacionais em saúde percebidas e representadas pelos profissionais de nível superior que atuam na Estratégia Saúde da Família (ESF) do município de Fortaleza/CE, recém-aprovados em concurso de âmbito municipal. Trata-se de um estudo descritivo com duas etapas. Um estudo transversal em 2006 com aplicação de inquérito para aferição das necessidades de Educação em Saúde, e a segunda etapa em 2011 com a análise documental sobre as ações realizadas para educação permanente dos profissionais da rede municipal de saúde pela Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza. O instrumento utilizado para coleta dos dados foi um questionário semiestruturado, aplicado a profissionais médicos, enfermeiros e odontólogos. Do universo de 900 profissionais recém-concursados, nossa amostra de conveniência contou com 375 respondentes. Observou-se, no estudo, que, quanto ao desejo de realização de pós-graduação, o mestrado profissional, a residência em medicina de família e comunidade, a residência multiprofissional em saúde da família, que são modalidades de pós-graduação que ocorrem em serviço, são necessidades manifestadas por significativa parte dos profissionais. Por outro lado, profissionais também assinalaram a necessidade de cursos de 40 horas de forma pontual. A educação permanente é apontada pela literatura e pelo atual estudo como um caminho para melhoria na qualidade da ESF, por centrar nos processos de trabalho a construção do processo educativo. Para a educação em Saúde gerar efetivos processos de reflexão-ação-reflexão no cotidiano de trabalho, deve-se promover a ligação política com a mudança da formação de perfil profissional e, para isso, colocar em evidência as necessidades educacionais dos profissionais é fundamental.


Curricular reforms and the change in the training profile of health professionals face many challenges. The aim of this study was to characterize the educational needs in health perceived and represented by higher education professionals, who were recently approved in the municipal contest, practicing in the Family Health Strategy (FHS) in Fortaleza, State of Ceara. It is a two-phase descriptive study: a cross-sectional study, with the application of a survey to assess the needs of health education, carried out in 2006; and a documental analysis of the actions taken for the continuing education of professionals from the municipal health system performed by the Municipal Health Secretary of Fortaleza in 2011. Data was collected through a semi-structured questionnaire applied to physicians, nurses and dentists. From the universe of 900 newly gazetted professionals, our convenience sample counted on 375 respondents. Regarding the desire to carry out graduate studies, it was possible to observe that the master's degree training, residency in family and community medicine, and multi-professional residency in family health were significant needs expressed by the professionals in this study. Moreover, practitioners also noted the need to punctual 40-hour courses. Continuing education is cited in the literature and in the current study as a way to improve the quality of the FHS, once it focuses on work processes to build the educational process. To generate effective health education processes of reflection-action-reflection in the daily working, a political connection with the change in the training profile of health professionals must be promoted and, to this end, highlighting the educational needs of professionals is essential.


Las reformas curriculares y el cambio en el perfil de la formación del profesional de la Salud presentan muchos desafíos. El objetivo de este estudio fue caracterizar las necesidades educativas en Salud percibidas y representadas por los profesionales de nivel educativo superior que trabajan en la Estrategia de Salud Familiar (ESF), en Fortaleza / CE, Brasil, recientemente aprobados en concurso público municipal. Este estudio descriptivo tuvo dos fases: la primera fue un estudio transversal en 2006 con la aplicación de una encuesta para evaluar las necesidades de Educación para la Salud; la segunda fue en 2011 con el análisis de los documentos sobre las medidas adoptadas para la educación contínua de los profesionales de la red municipal de salud de la Secretaria Municipal de Salud de Fortaleza. Los datos se recolectaron con un cuestionario semi-estructurado, aplicado a los profesionales médicos, enfermeros y dentistas. Del universo de 900 profesionales recién contratados, nuestra muestra incluyó 375 encuestados. Con relación al deseo de concretar una formación de postgrado: la maestría, la residencia en medicina familiar y comunitaria, y la residencia multiprofesional en salud de la familia (formas de posgrado que pueden cursarse durante el servicio) fueron necesidades manifestadas por una parcela significativa de los profesionales. Por otra parte, los trabajadores también señalaron la necesidad de tener cursos de 40 horas. La educación es citada permanentemente tanto en la literatura como en este estudio como una forma de mejorar la calidad de la ESF, para centrar en los procesos de trabajo la construcción del proceso educativo. Para que la Educación para la Salud genere procesos efectivos de reflexión-acción-reflexión en el trabajo diario, se debe promover la conexión política con el cambio en la formación del perfil profesional y, para ello, es fundamental poner en evidencia las necesidades educativas de los profesionales.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Educação em Saúde , Estratégia Saúde da Família , Educação Médica Continuada , Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde
4.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 6(18): 32-39, jun. 2011.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-880669

RESUMO

A implantação e consolidação da Estratégia Saúde da Família (ESF) em um grande centro urbano é um desafio. Questões decorrentes da dinâmica histórico-social de um grande centro urbano influenciam o processo de trabalho e as necessidades de educação em saúde percebidas pelos profissionais de saúde. A pobreza, a desigualdade social, as drogas e a violência urbana potencializam-se por meio de um feedback cruel e positivo, o que Campos denominou de um fluxo maluco e contraditório de informações, com essa ciranda perversa de destruição de valores penosamente construídos, influenciando nas atividades das Equipes de Saúde da Família. Este trabalho possuiu como objetivo analisar as percepções de profissionais de nível superior que atuam na ESF sobre a influência do trabalho em um grande centro urbano no processo de trabalho das equipes e necessidades educacionais dos profissionais, particularmente a violência urbana, a drogadição e tráfico de drogas. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa sobre os discursos práticos de profissionais de Saúde, a partir de Grupos Focais e entrevistas individuais em profundidade, com o escopo de análise baseado no método de Análise de Conteúdo, do tipo Categorial e Temática. Diferenças entre a ESF no interior, em municípios de pequeno e médio porte e na capital e as dificuldades inerentes ao trabalho nesta foram recorrentes no discurso. Reflexões sobre a problemática da violência urbana, da drogadição e do tráfico de drogas são explícitas no material discursivo. Riscos e vulnerabilidades inerentes a essa questão surgem como problemática a ser enfrentada pelos profissionais da ESF: promiscuidade sexual, início precoce da vida sexual, atividade sexual desprotegida, prostituição, negligência para com as crianças, problemas familiares, abandono e maus tratos de idosos, evasão escolar, dentre outros.


The implantation and consolidation of Family Health Strategy (ESF) in a great urban center is a challenge. Matters of social historical dynamics of a great urban center influence the work process and the needs of health education perceived by the health professionals. Poverty, economic inequality, drugs and urban violence potentiate themselves through a cruel and positive feedback, what Campos called a crazy and contradictious information flow, a vicious cycle of values destruction influencing on the health professionals' activities. This study aimed to analyse the perceptions of higher level professionals that work on Family Health Strategy about the influence of their work in a great urban center on the work process of the teams and educational needs of the professionals, particularly urban violence, drug addiction and drug trafficking. The study presents a qualitative approach on practical discourse of the health professionals, from focus groups and individual interviews, with the scope of analysis based on the Content Analysis method, applied through a thematic cathegorial analysis. Differences between Family Health Strategy in small and average cities and in the capital and its inherent difficulty of work were recurrent. Reflections about the urban violence problematic, drug addiction and drug trafficking are explicit on this study. Inherent risks and vulnerabilities of the matter arise as problematic to be faced by the professionals of Family Health Strategy: sexual promiscuity, early active sex life, unprotected sex activity, prostitution, negligence of children, family problems, negligence and mistreatment of the elderly, truancy, among others.


La implantación y consolidación de la Estrategia Salud de la Familia (ESF); en un gran centro urbano es un desafío. Cuestiones decurrentes de la dinámica histórico social de un gran centro urbano influencian el proceso de trabajo y la necesidades de educación en salud percibidas por los profesionales de salud. La pobreza, la desigualdad social, las drogas y la violencia urbana se potencializan a través de un feedback cruel y positivo, lo que Campos ha denominado de un flujo loco y contradictorio de informaciones, con esa continuidad perversa de destruición de valores penosamente construidos, influenciando en las actividades de los equipos de salud de la familia. Este trabajo posee como objetivo analizar las percepciones de profesionales de nivel superior que actúan en la Estrategia de Salud de la Familia sobre la influencia del trabajo en un gran centro urbano en el proceso de trabajo de los equipos y necesidades educacionales de los profesionales, particularmente la violencia urbana, la drogadicción y tráfico de drogas. Se trata de un estudio de abordaje cualitativo sobre los discursos prácticos de profesionales de salud, a partir de Grupos Focales y cuestionarios individuales en profundidad, con el ámbito de análisis basado en el método de análisis de contenido, tipo Categorial y Temática. Distinciones entre la Estrategia de Salud de la Familia en el interior, en municipios de pequeño y medio porte y en la capital y las dificultades inherentes al trabajo en esta se recorrieron en discurso. Reflexiones sobre la problemática de la violencia urbana, de la drogadicción y del tráfico de las drogas son explícitas en material discursivo. Riesgos y vulnerabilidad inherentes de esta cuestión surgen como problemática a ser enfrentada por los profesionales de la Estrategia de Salud de la Familia: promiscuidad sexual, inicio precoz de la vida sexual, actividad sexual sin protección, prostitución, negligencia para con los niños, problemas familiares, abandono y malos tratos de personas mayores, evasión escolar, entre otros.

5.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 3(9): 21-26, nov. 2007.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-881152

RESUMO

É atribuição da Atenção Primária á Saúde e da Estratégia de Saúde da Família (ESF) atuar na promoção e na manutenção do estado de saúde da população infantil por meio do atendimento e acompanhamento integrais. Para a atuação das equipes de saúde é fundamental a análise de saúde das populações cobertas. Para esse fim o Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB) é instrumento de valor inestimável. O objetivo deste estudo foi demonstrar a sensibilidade no diagnóstico da desnutrição protéico-calórica realizado pelas equipes de Saúde da Família, quando são utilizados apenas dados primários como instrumentos de busca da adequação e posterior informação destes, via SIAB, e por meio da busca ativa de crianças de 0 a 23 meses e 29 dias e obtenção de seus dados antropométricos delas. Trata-se de estudo seccional, realizado no município de Patos de Minas (MG), de janeiro a abril de 2005. As prevalências de desnutrição protéico-calórica informadas no SIAB foram 2,35% e 2,5%, nas equipes A e B, respectivamente. As prevalências de desnutrição encontradas a partir da busca ativa, dos dados antropométricos e do cálculo dos índices peso-idade foram 14,12% e 13,75% nas equipes A e B, respectivamente. Essas foram superiores à prevalência descrita pela Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde, cuja prevalência foi 5,7%. As prevalências de desnutrição protéico-calórica com base no índice peso-idade, mediante exclusivamente a utilização do SIAB como fonte de dados, levam ao subdiagnóstico do problema. Tratando-se o SIAB de um sistema de informação "territorializado", cujos dados possibilitam a construção de indicadores populacionais referentes a áreas de abrangência bem-delimitadas, propomos a avaliação crítica e constante desses dados.


Both the Primary Care System and the Family Health Program are responsible for promoting and maintaining the health of the child population by providing full care and follow-up. For enabling the health teams to carry out their work it is fundamental to analyze the health status of the population covered by the system. The Primary Care Information System (SIAB) is a priceless instrument for this purpose. The goal of this study is to demonstrate the sensitivity of protein-calorie malnutrition diagnosis performed by the Family Health Teams when only using the SIAB as data source and when performing active search of children from 0-23 months and 29 days of age, taking their anthropometric data. This cross-sectional study was carried out in the municipality of Patos de Minas (State of Minas Gerais), from January to April 2005. The prevalence of protein-calorie malnutrition informed by the SIAB found by teams A and B was of 2.35% and 2.5% respectively. The prevalence of malnutrition found by teams A and B through active search, collection of anthropometric data and weight/age ratio calculation were 14.12% and 13.75% respectively. This prevalence rate was higher than that described by the National Demographic and Health Survey, which was 5.7%. The prevalence of protein-calorie malnutrition based on weight/age ratio exclusively using the SIAB as a data source results in an underdiagnosis of this health problem. Seen that the SIAB is a territorialized information system designed for allowing elaboration of population indicators in well defined areas of coverage, the authors propose a critical and constant evaluation of these data. The authors also suggest active search of all cases, involving the entire health team.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA