Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 97
Filtrar
1.
Estud. Psicol. (Campinas, Online) ; 38: e190164, 2021. tab
Artigo em Inglês | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1133868

RESUMO

The purpose of this study was to investigate the role of technologies in fostering students' creativity and motivation in university classrooms, according to professors and students. Nine professors from three groups - those who use information and communication technologies creatively, those who make traditional use of these technologies, and those who do not use information and communication technologies -, were interviewed. Additionally, 249 students completed the Inventory of Teaching Practices for Creativity in Higher Education and the Motivation Scale for Learning. In the professors' report, it was not noticed a link between technology and the development of creativity. Students whose teachers did not use information and communication technologies evaluated the teaching practices for creativity more positively. The use of digital technologies in the classroom should be planned according to the purposes that are sought to achieve.


O objetivo deste estudo foi investigar o papel das tecnologias no desenvolvimento da criatividade na motivação discente segundo professores e estudantes universitários. Nove professores de três grupos - uso criativo, uso tradicional e não uso das Tecnologias da Informação e Comunicação -, participaram de entrevista semiestruturada. Ademais, 249 estudantes responderam ao Inventário de Práticas Docentes para a Criatividade na Educação Superior e à Escala de Motivação para Aprender. No relato docente, não se observou ligação entre tecnologia e desenvolvimento da criatividade discente. Os estudantes cujos professores não utilizavam as Tecnologias da Informação e Comunicação avaliaram mais positivamente as práticas docentes quanto ao estímulo à criatividade. O uso das tecnologias em sala de aula deve ser planejado conforme os objetivos que se pretende alcançar.


Assuntos
Educação Superior , Inovação , Aprendizagem , Motivação
2.
Aval. psicol ; 19(3): 223-231, jul.-set. 2020. graf, tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1131868

RESUMO

Este estudo teve como objetivo investigar as expectativas de sucesso profissional de estudantes ingressantes na educação superior, considerando gênero, modalidade de ingresso na universidade (sistema universal ou de cotas) e tipo de estudante (trabalhador ou não). Participaram do estudo 6.913 estudantes de uma universidade pública federal brasileira. Utilizou-se a Escala Brasileira de Expectativas Acadêmicas de Estudantes Ingressantes na Educação Superior que avalia sete fatores: Formação Acadêmica de Qualidade, Compromisso Social e Acadêmico, Ampliação das Relações Interpessoais, Oportunidade de Internacionalização e Intercâmbio, Perspectiva de Sucesso Profissional, Preocupação com a Autoimagem e Desenvolvimento de Competências Transversais. Para este estudo foram considerados os dados relativos ao fator Perspectiva de Sucesso Profissional. Os resultados revelam uma maior expectativa de sucesso profissional para mulheres e estudantes não trabalhadores e podem subsidiar instituições de ensino superior a criarem estratégias e serviços que contribuam para o futuro profissional dos estudantes considerando os distintos perfis discentes.


This study aimed to investigate the expectations of professional success of first-year university students, considering gender, mode of entry into the university (universal or quota system) and type of student (worker or not). A total of 6,913 students from a Brazilian federal public university participated in the study. The Brazilian Scale of Academic Expectations for First-Year University Students was used, which evaluates seven factors: Quality Academic Development, Social and Academic Commitment, Broadening of Interpersonal Relationships, Opportunity for Student Exchange and Internationalization, Expectation of Professional Success, Concern with Self-image, and Development of Transversal Competences. For this study, we considered the data related to the Expectation of Professional Success factor. The results revealed a higher expectation of professional success among female and non-working students, which can support higher education institutions in the creation of strategies and services that contribute to the professional future of students considering the different student profiles.


Este estudio tuvo como objetivo investigar las expectativas de éxito profesional de estudiantes ingresantes en la educación superior, considerando género, modalidad de ingreso en la universidad (sistema universal o de cuotas) y tipo de estudiante (trabajador o no). Participaron 6.913 estudiantes de una universidad pública federal brasileña. Se utilizó la Escala Brasileña de Expectativas Académicas de Estudiantes Ingresantes en la Educación Superior, dicha escala evalúa siete factores: Formación Académica de Calidad, Compromiso Social y Académico, Ampliación de las Relaciones Interpersonales, Oportunidad de Internacionalización e Intercambio, Perspectiva de Éxito Profesional, Preocupación con la Autoimagen y Desarrollo de Competencias Transversales. Para este estudio se consideraron los datos relativos al factor Perspectiva de Éxito Profesional. Los resultados demuestran una mayor expectativa de éxito profesional para mujeres y estudiantes no trabajadores. Estos resultados pueden auxiliar instituciones de enseñanza superior con la creación de estrategias y servicios que contribuyan al futuro profesional de los estudiantes considerando los distintos perfiles discentes.

3.
Psicol. Educ. (Online) ; (50): 41-51, jan.-jun. 2020. ilus
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1125403

RESUMO

Neste estudo exploratório foi investigada a experiência escolar de crianças e adolescentes multiculturais. Participaram pais e mães de 39 estudantes de ensino fundamental que já haviam vivido em outros países e residiam no Brasil. Por meio de um questionário com 27 questões foi analisado o processo de inclusão escolar dos estudantes multiculturais considerando tempo de estudo, tipo de escola, desempenho escolar, relação com professores e colegas, transição, aceleração e reprovação. O idioma de ensino foi destacado pelos pais como vantagem, quando se mantém desde a escola anterior, e como desafio, quando é diferente. Programas de formação em segunda língua, oferecidos complementarmente ao currículo regular, facilitam a inclusão desses alunos. A adequação entre ano letivo, currículo, idade e série é um imbróglio enfrentado no processo de transição de diferentes países que demanda acompanhamento da família e dos docentes e que se sujeita à flexilibilidade da instuição escolar. Observou-se a importância do clima escolar, que envolve o compartilhamento de expectativas, políticas e medidas práticas, e impacta o acolhimento, a formação de laços sociais e o desempenho acadêmico dos alunos multiculturais. Salienta-se a necessidade de políticas pedagógicas governamentais para a inclusão de alunos de origem estrangeira para garantir os princípios básicos de uma educação de qualidade.


This exploratory study investigated the school experience of multicultural children and adolescents. The participants were parents of 39 primary school students who had lived in other countries and were then living in Brazil. Through a questionnaire with 27 questions the process of school inclusion of the multicultural students was analyzed considering lenght of study, type of school, school performance, relationship with teachers and peers, transition, acceleration and school failure. The school's language was highlighted by parents as an advantage, when it was the same from the previous school, and as a challenge, when it was different. Second-language training programs, offered in addition to the regular curriculum, facilitate the inclusion of these students. The process of matching school year, curriculum, age and grade is a problem faced in the process of transition between different countries that demands follow-up of family and teachers alike and which depends on the flexibility of the school. It was observed the importance of the school climate, which involves the sharing of expectations, policies and practical measures, and impacts the reception, the formation of social bonds and the academic performance of multicultural students. It is highlighted the need for governmental pedagogical policies for the inclusion of foreign students to guarantee the basic principles of a quality education.


En este estudio exploratorio se investigó la experiencia escolar de niños y adolescentes multiculturales. Padres y madres de 39 estudiantes de enseñanza fundamental, que ya habían vivido en otros países y residían en Brasil participaron de la investigación. Por medio de un cuestionario con 27 preguntas se analizó el proceso de inclusión escolar de los estudiantes multiculturales considerando tiempo de estudio, tipo de escuela, desempeño escolar, relación con profesores y colegas, transición, aceleración y reprobación. El idioma de enseñanza fue destacado por los padres, como ventaja, cuando se mantiene desde la escuela anterior, y como desafío, cuando es diferente. Los programas de formación en segunda lengua, ofrecidos complementariamente al currículo regular, facilitan la inclusión de los alumnos. La adecuación entre el año escolar, el currículo, la edad y la serie es un imbróglio enfrentado en el proceso de transición de diferentes países que exigen acompañamiento de la familia y de los docentes y que depende de la flexibilidad de la enseñanza escolar. Se observó la importancia del clima escolar, que implica el compartir las expectativas, políticas y medidas prácticas; e impacta la acogida, la formación de lazos sociales y el desempeño académico de los alumnos multiculturales. Se destaca la necesidad de políticas pedagógicas gubernamentales para la inclusión de alumnos de origen extranjero, garantizando los principios básicos de una educación de calidad.

4.
Psicol. Estud. (Online) ; 25: e46906, 2020.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1135774

RESUMO

RESUMO. Este estudo investigou a trajetória de mulheres talentosas de acordo com o Mega-Modelo de Desenvolvimento de Talentos, concebido por Subotnik, Olszewski-Kubilius e Worrell (2011), analisando a relação existente entre as dimensões individuais, contextuais e interpessoais no seu percurso profissional. Foram realizadas cinco entrevistas com mulheres eminentes em cinco áreas de atuação: educação, comunicação, recursos humanos, publicidade e literatura brasileira. Os resultados foram analisados conforme a Teoria Fundamentada nos Dados. Verificou-se que independente da área em que atuam e de diferenças encontradas em relação à idade, formação educacional e estrutura familiar, fatores como resistência a estereótipos de gênero, trabalho como fonte de transformação social, presença de mentores, suporte emocional da família, oportunidades, otimismo e resiliência foram decisivos para a expressão e desenvolvimento de seus potenciais. Esses fatores foram classificados como facilitadores e variáveis de proteção frente às adversidades encontradas. Compreender o talento feminino envolve considerar a inter-relação das dimensões psicológicas, sociais e culturais.


RESUMEN. En este estudio se investigó la trayectoria de mujeres talentosas de acuerdo con el Mega-Modelo de Desarrollo de Talentos concebido por Subotnik, Olszewski-Kubilius y Worrell (2011), analizando la relación existente entre las dimensiones individuales, contextuales e interpersonales en su recorrido profesional. Se realizaron cinco entrevistas con mujeres eminentes en cinco áreas de actuación: educación, comunicación, recursos humanos, publicidad, y literatura brasileña. Los resultados fueron analizados conforme a la Teoría Fundamentada en los Datos. Se verificó que independientemente del área en que actúan y de diferencias encontradas en relación a la edad, formación educativa y estructura familiar, factores como resistencia a estereotipos de género, trabajo como fuente de transformación social, presencia de mentores, apoyo familiar emocional, oportunidades, optimismo y resiliencia fueron decisivos para la expresión y el desarrollo de sus potenciales. Estos factores se clasificaron como facilitadores y variables de protección frente a las adversidades encontradas. Comprender el talento femenino implica considerar la interrelación de las dimensiones psicológicas, sociales y culturales.


ABSTRACT. This study investigated the trajectory of talented women according to the Mega-Model of Talent Development conceived by Subotnik, Olszewski-Kubilius and Worrell (2011), analyzing the relationship between individual, contextual and interpersonal dimensions in their professional career. Five interviews were conducted with eminent women in five areas: education, communication, human resources, advertising, and Brazilian literature. The results were analyzed according to the Grounded Theory. Regardless of the area where they work and the differences found in relation to age, educational background and family structure, factors such as resistance to gender stereotypes, work as a source of social transformation, presence of mentors, emotional family support, opportunities, optimism and resilience were decisive for the expression and development of their potentials. These factors were classified as facilitators and protection variables against the adversities faced in life. Understanding female talent involves considering the interrelationship of psychological, social, and cultural dimensions.

5.
Artigo em Inglês | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1135432

RESUMO

Abstract By using structural equation modeling, this study investigated the dimensionality and invariance of the Brazilian scale of Academic Expectations for Higher Education - short version. The sample consisted of 6,913 students from a Brazilian public university. The results showed good adjustment of the proposed solution containing seven factors: Quality of Academic Education, Social and Academic Commitment, Expansion of Interpersonal Relationships, Opportunity for Student Exchange and Internationalization, Perspective of Professional Success, Concern with Self-Image, and Development of Transversal Skills. The results indicate that the scale is invariant with regard to different groups: students who entered university traditionally and those who entered through social programs for minorities, male and female students, and part-time, full-time or non-working students. The scale can support higher education institutions in the development of educational policies, programs and academic services.


Resumo Usando a modelagem por equações estruturais, este estudo investigou a dimensionalidade e invariância da Escala Brasileira de Expectativas Acadêmicas para Ingressantes na Educação Superior - versão abreviada. A amostra consistiu de 6.913 estudantes de uma universidade pública brasileira. Os resultados apontaram um bom ajustamento da solução proposta de sete fatores: Qualidade da Formação Acadêmica, Compromisso Social e Acadêmico, Ampliação das Relações Interpessoais, Oportunidade de Internacionalização e Intercâmbio, Perspectiva de Sucesso Profissional, Preocupação com Autoimagem e Desenvolvimento de Competências Transversais. Os resultados sugeriram que a escala é invariante considerando diferentes grupos: estudantes que ingressaram na universidade pelo sistema universal e os que ingressaram por meio de programas sociais para minorias, estudantes do sexo masculino e do feminino, e estudantes trabalhadores em tempo parcial e total ou não trabalhadores. A escala pode subsidiar instituições de educação superior no desenvolvimento de políticas educacionais, programas e serviços acadêmicos.


Resumen A partir del empleo de modelos de ecuaciones estructurales, este estudio investigó la dimensionalidad y la invariancia de la Escala Brasileña de Expectativas Académicas para Ingresantes en Educación Superior, versión abreviada. La muestra consistió en 6.913 estudiantes de una universidad pública brasileña. Los resultados apuntaron una buena adaptación de la solución propuesta con siete factores: Calidad de la Formación Académica, Compromiso Social y Académico, Expansión de las Relaciones Interpersonales, Oportunidad de Internacionalización e Intercambio, Perspectiva de Éxito Profesional, Preocupación por la Autoimagen y Desarrollo de Competencias Transversales. Esto indica que la escala es invariante considerando diferentes grupos: estudiantes que ingresaron a la universidad mediante el sistema universal y aquellos que ingresaron por medio de programas sociales para minorías, estudiantes del sexo masculino y femenino, y estudiantes que trabajan a tiempo parcial y a tiempo completo o que no trabajan. La escala puede servir de soporte a las instituciones de educación superior en el desarrollo de políticas educativas, programas y servicios académicos.


Assuntos
Estudantes , Adaptação , Educação Superior , Ego , Instituições de Ensino Superior , Análise de Classes Latentes , Relações Interpessoais , Motivação
6.
Trends Psychol ; 27(4): 977-991, Oct.-Dec. 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1059168

RESUMO

Abstract The purpose of the study was to examine the scientific production about the prediction of academic achievement by means of cognitive and socio-emotional variables through a systematic literature review involving empirical articles. The search was carried out in the SciELO, Pepsic and Capes journal databases, covering the period from 2008 to 2018. Twenty six articles that met the pre-established inclusion criteria were analyzed. Intelligence was the most frequent variable in the studies (n = 7) and explained between 1.21% and 43% of school achievement. Some socio-emotional variables had greater predictive power than intelligence: self-regulation (49 to 90%), satisfaction with the learning process (79.21%), self-efficacy (2.56 to 44.89%) and learning engagement, 6.76 to 44.89%). Based on the literature, we can conclude that academic achievement is multi-determined, with influence from different cognitive and socio-emotional variables. Future studies need to consider the use of standardized achievement measures to enhance comparability, as well as to construct models with multiple variables and their correlations for the sake of a deeper investigation of the impacts of these relationships on achievement along the school career.


Resumo O objetivo do estudo foi examinar a produção científica acerca da predição do desempenho acadêmico por variáveis cognitivas e socioemocionais mediante uma revisão sistemática da literatura envolvendo artigos empíricos. A busca foi realizada nas bases de dados SciELO, Pepsic e Portal de Periódicos Capes, sendo definido o período de 2008 a 2018. Vinte seis artigos, que atenderam aos critérios de inclusão pré-estabelecidos, foram analisados. A inteligência foi a variável mais frequente nos estudos (n=7) e explicou de 1,21% a 43% do desempenho escolar. Algumas variáveis socioemocionais apresentaram poder preditivo superior ao da inteligência: autorregulação (49 a 90%), satisfação com o processo de aprendizagem (79,21%), autoeficácia (2,56 a 44,89%) e envolvimento com a aprendizagem (6,76 a 44,89%). A literatura revisada permite concluir que o desempenho acadêmico é multideterminado, tendo sido identificadas influências de distintas variáveis cognitivas e socioemocionais. Aponta-se a necessidade de estudos futuros considerarem a utilização de medidas padronizadas de desempenho que possibilitem maior comparabilidade dos dados, bem como a necessidade da construção de modelos de múltiplas variáveis e suas correlações para uma investigação mais profunda dos impactos dessas relações sobre o desempenho ao longo da trajetória escolar.


Resumen El objetivo del estudio fue examinar la producción científica acerca de la predicción del desempeño académico por variables cognitivas y socioemocionales mediante una revisión sistemática de la literatura envolviendo artículos empíricos. La búsqueda fue realizada en las bases de datos SciELO, Pepsic y Portal de Periódicos Capes, siendo definido el período de 2008 a 2018. Veinte seis artículos que atendieron a los criterios de inclusión preestablecidos fueron analizados. La inteligencia fue la variable más frecuente en los estudios (n=7) y explicó del 1,21% al 43% del desempeño escolar. Algunas variables socioemocionales presentaron poder predictivo superior al de la inteligencia: autorregulación (49 a 90%), satisfacción con el proceso de aprendizaje (79,21%), autoeficacia (2.56 a 44.89%) e implicación con el aprendizaje (6.76 a 44.89%). La literatura revisada permite concluir que el desempeño académico es multideterminado, habiendo sido identificadas influencias de distintas variables cognitivas y socioemocionales. Se plantea la necesidad de que futuros estudios consideren la utilización de medidas estandarizadas de desempeño que posibiliten comparar los datos, así como la necesidad de construcción de modelos de múltiples variables y sus correlaciones para una investigación más profunda de los impactos de esas relaciones sobre el desempeño a lo largo de la trayectoria escolar.

7.
Trends Psychol ; 27(4): 837-849, Oct.-Dec. 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1059172

RESUMO

Abstract Creative abilities are a requirement for the present and can be intentionally promoted from the beginning of the life course. The school environment appears as privileged in this promotion, being the facilitation of a creative climate in the classroom one of the ways to operationalize it. This climate can be investigated from the perspective of the students. The purpose of this study was to adapt, for the Portuguese context, the Classroom Climate for Creativity Scale, designed in Brazil. Four hundred and thirty-six students from 3rd and 4th grade participated in the study (Mean age=9 years old). The results indicate an instrument with 22 items, to be answered on a 5-point Likert scale, which evaluates four factors (Teacher Support for Expression of Student Ideas, Student Self-perception of Creativity, Student Interest in Learning, Student Autonomy). The alpha reliability coefficients varied from .52 to .80. It may be useful in investigations on the perception of Portuguese students about creative teaching practices and on the self-evaluation of creativity, as well as for diagnosing the climate for creativity in the classroom.


Resumo Habilidades criativas são um requisito para a atualidade e podem ser intencionalmente promovidas desde o início do percurso de vida. O ambiente escolar surge como privilegiado nessa promoção, sendo a facilitação de um clima criativo em sala de aula uma das formas de operacionalizá-la. Esse clima pode ser investigado sob a ótica dos alunos. O objetivo deste estudo foi adaptar, para o contexto português, a Escala sobre o Clima para a Criatividade em Sala de Aula, desenvolvida no Brasil. Participaram da pesquisa 436 alunos dos 3º e 4º anos de escolaridade (idade média=9 anos). Os resultados mostram um instrumento com 22 itens, a serem respondidos em uma escala Likert de 5 pontos, a qual avalia quatro fatores (Suporte do Professor à Expressão de Ideias do Aluno, Autopercepção do Aluno com Relação à Criatividade, Interesse do Aluno pela Aprendizagem, Autonomia do Aluno). Os coeficientes alfa de fidedignidade variaram de 0,52 a 0,80. Ela pode ser útil em pesquisas sobre a percepção de alunos portugueses sobre práticas incentivadoras à criatividade por parte dos docentes e sobre a autoavaliação de criatividade, bem como para fins de diagnóstico do clima para criatividade em sala de aula.


Resumen Las habilidades creativas son un requisito para la actualidad y pueden promoverse intencionalmente desde el inicio del recorrido de la vida. El ambiente escolar surge como privilegiado en esta promoción, siendo la facilitación de un clima creativo en el aula una de las formas de operacionalizarla. Este clima puede ser investigado bajo la óptica de los alumnos. El objetivo de este estudio fue adaptar al contexto portugués, el clima escala para la creatividad en el aula, desarrollado en Brasil. Participaron de la encuesta 436 alumnos de los 3º y 4º años de escolaridade (edade media=9 años). Los resultados muestran un instrumento con 22 ítems, a ser respondidos en una escala likert de 5 puntos, que evalúa cuatro factores (Apoyo a la Expresión de Ideas del Alumno, Autopercepción de creatividad, Interés del Alumno por el Aprendizaje, Autonomía del Alumno). Los coeficientes alfa de fidedignidade variaram de 0.52 a 0.80. Puede ser útil en la investigación sobre la percepción de los estudiantes portugueses sobre las prácticas de enseñanza que fomentan la creatividad y la autoevaluación de la creatividad, así como para fines de diagnóstico del clima para la creatividad en el aula.

8.
Aval. psicol ; 18(3): 306-315, jul.-set. 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1055232

RESUMO

O objetivo deste estudo foi investigar a avaliação de mestrandos e doutorandos a respeito da extensão em que professores de pós-graduação favorecem o desenvolvimento da criatividade em sala de aula. Participaram 371 estudantes de universidade pública e particular. Utilizou-se o Inventário de Práticas Docentes para Criatividade na Educação Superior, originalmente elaborado para alunos de graduação e adaptado ao contexto da pós-graduação. Buscou-se, ainda, obter evidências de validade interna desse instrumento, em termos de sua dimensionalidade. O Inventário mostrou-se válido para aferir uma dimensionalidade de três fatores: Geral, Incentivo a Novas Ideias e Interesse pela Aprendizagem do Aluno. O terceiro fator não apresentou grau de confiabilidade adequado. Os resultados indicaram uma avaliação positiva dos pós-graduandos acerca de seus professores, bem como diferenças significativas na avaliação de estudantes, considerando o tipo de instituição e estudante trabalhador ou não.


The purpose of this study was to investigate how master and doctoral students' assess the extension to which graduate education professors favor the development of creativity in the classroom. The participants were 371 students from public and private universities. It was used the Inventory of Teaching Practices for Creativity in Higher Education, originally prepared for undergraduate students and adapted to the graduate context. The study also aimed to obtain evidence of internal validity of this instrument. The Inventory was valid to measure a dimensionality of three factors: General, Encouragement of New Ideas, and Interest in Student Learning. The third factor did not present an appropriate level of reliability. The results indicated a positive evaluation of graduate students with respect to their professors, as well as significant differences regarding the students' evaluation considering type of institution and whether student works or not.


El objetivo de este estudio fue investigar la evaluación de maestrandos y doctorandos acerca de la extensión en que profesores de posgrado favorecen el desarrollo de la creatividad en el aula. Participaron 371 estudiantes, de universidad pública y privada. Se utilizó el Inventario de Prácticas Docentes para Creatividad en la Educación Superior, originalmente elaborado para alumnos de grado y adaptado para el contexto del posgrado. Se buscó, además, obtener evidencias de validez interna de dicho instrumento. El inventario se mostró válido para medir una dimensionalidad de tres factores: General, Incentivo a Nuevas Ideas e Interés por el Aprendizaje del Alumno. El tercer factor no presentó grado de fiabilidad adecuado. Los resultados indicaron una evaluación positiva de los estudiantes de posgrado con respecto a sus profesores, así como diferencias significativas en la evaluación de estudiantes considerando el tipo de institución y estudiante trabajador o no.

9.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-975302

RESUMO

The aim of this research was to examine the role of creativity in the context of graduate studies from the perspective of students and professors. Semi-structured interviews were held with six students and six postgraduate professors from both a private and a public university. The topics covered included relevance, conception, and characteristics of creativity, as well as educational practices that foster and inhibit creativity. Grounded Theory was used to analyze the data. Both students and professors considered creativity as fundamental for the development of graduate education, but both have indicated personal and institutional barriers for the promotion of creative thinking. Partnerships, teamwork, different teaching strategies and interdisciplinarity were pointed out as factors that enhance creativity. On the other hand, the participants mentioned the evaluation of postgraduate programs, repetitive classes and bureaucracy as barriers to creativity. Future studies, involving classroom observation, case studies, and psychometric measurements, are suggested.


Esta pesquisa teve como objetivo examinar o papel da criatividade no contexto da pós-graduação, sob a ótica de estudantes e professores. Foram conduzidas entrevistas semiestruturadas com seis discentes e seis docentes de pós-graduação de uma universidade particular e outra pública. Os tópicos abordados incluíam relevância, concepção e características da criatividade, bem como práticas favoráveis e inibidoras. Para análise dos dados, utilizou-se a Teoria Fundamentada nos Dados. Constatou-se que tanto alunos como professores consideram a criatividade fundamental para o desenvolvimento da pós-graduação, mas ambos pontuaram barreiras de ordem pessoal e institucional à promoção do pensamento criativo. Parcerias, trabalho em equipe, diferentes estratégias de ensino e interdisciplinaridade foram apontados como fatores promotores da criatividade. Por outro lado, avaliação de programas de pós-graduação, aulas repetitivas e burocracia foram barreiras à criatividade mencionadas pelos participantes. Sugere-se a realização de estudos futuros, envolvendo observação em sala de aula, estudo de casos e medidas psicométricas.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criatividade , Educação de Pós-Graduação , Docentes
10.
Trends Psychol ; 26(2): 943-956, abr.-jun. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-963050

RESUMO

Resumo Este estudo examinou publicações em periódicos, no período de 2010 a 2015, sobre a relação entre multiculturalismo e criatividade. O levantamento foi realizado nas bases de dados Capes, PsycNET e SciELO. Foram selecionados 30 artigos que atenderam aos critérios de busca pré-estabelecidos. Os artigos foram analisados quanto às categorias: periódico, países de produção, objetivo de pesquisa, tipo de autoria, ano de publicação, tipo de estudo, abordagem do estudo, população pesquisada e instrumentos utilizados. Observou-se aumento das publicações sobre a temática nos últimos anos. Pesquisadores de regiões de alto fluxo migratório, como Estados Unidos, Europa e Ásia, demonstraram maior interesse pela área. Não houve publicação brasileira, tampouco latina. A maioria dos estudos encontrados era empírico, de abordagem quantitativa e investigou participantes adultos. Os estudos revisados indicaram, de forma geral, haver relação entre criatividade e multiculturalismo, mediada por mecanismos psicológicos e condições do ambiente.


Resumen Este estudio examinó publicaciones científicas en revistas en el periodo de 2010 a 2015, sobre la relación entre multiculturalismo y creatividad. La búsqueda fue realizada en las bases de datos Capes, PsycNET y SciELO. Fueron seleccionados 30 artículos que cumplieron con los criterios de búsqueda preestablecidos. Los artículos fueron analizados de acuerdo con las categorías: revista, países de producción, objetivo de la investigación, tipo de autoría, año de publicación, tipo de estudio, enfoque de estudio, población investigada e instrumentos utilizados. Se observó un aumento de las publicaciones sobre el tema en los últimos años. Los investigadores de las regiones de alta migración, como Estados Unidos, Europa y Asia han demostrado mayor interés en el tema. No se encontraron publicaciones brasileñas o latinas. La mayoría de los estudios fueron empíricos, cuantitativos y con participantes adultos. Los estudios revisados indican, en general, que existe una relación entre creatividad y multiculturalismo, mediada por los mecanismos psicológicos y las condiciones ambientales.


Abstract This study examined journals articles, published from 2010 to 2015, about the relationship between multiculturalism and creativity. A literature search was conducted in the databases Capes, PsycNET and SciELO. Thirty articles that fit within pre-established inclusion criteria were selected. The articles were analyzed according to the categories: journal, country of production, target, sample, and instruments. There was an increase in the number of publications concerning this theme in the last years. Researchers from regions with high migratory flow, such as United States, Europe and Asia, seemed more interested in the matter. There was no publication neither from Brazil nor Latin America. The majority of the studies selected were empirical, quantitative, and used adult samples. The reviewed studies indicated a relationship between creativity and multiculturalism, mediated by psychological mechanisms and environmental conditions.

11.
Psico USF ; 23(3): 555-566, 2018. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-948283

RESUMO

Este estudo investigou, em uma amostra de 66 coordenadores pedagógicos de instituições de ensino fundamental, fatores que dificultam o professor a estimular o desenvolvimento da criatividade discente e procedimentos que o coordenador poderia utilizar para apoiar o docente na promoção da criatividade em sala de aula. Os participantes responderam um questionário composto por uma checklist de barreiras à criatividade em sala de aula e quatro questões abertas. Desconhecimento pelo professor de práticas pedagógicas para favorecer o desenvolvimento da criatividade discente e de textos a esse respeito, além de insegurança para testar novas práticas pedagógicas foram os fatores inibidores mais sinalizados. Oferecer cursos para professores, além de orientação, apoio e incentivo aos docentes foram os procedimentos mais apontados pelos coordenadores para auxiliar o professor a encorajar a criatividade em sala de aula. (AU)


This study investigated, in a sample of 66 elementary school pedagogical coordinators, factors that hamper teachers to stimulate the development of student creativity and strategies to be used by the coordinator to support teachers in promoting creativity in the classroom. Participants completed a questionnaire consisting of a checklist of obstacles to creativity in the classroom and four open questions. The most indicated inhibitory factors included the lack of knowledge by the teachers of pedagogical practices that favor the development of students' creativity and of texts in this respect, as well as insecurity to test new pedagogical practices. Providing courses, guidance, support and incentive for teachers were the procedures most frequently pointed out by coordinators to assist the teacher in encouraging creativity in the classroom. (AU)


Este estudio investigó, en una muestra de 66 coordinadores pedagógicos de instituciones de Enseñanza Primaria, factores que dificultan al maestro la estimulación del desarrollo de la creatividad del estudiante y también procedimientos que el coordinador podría utilizar para apoyar al profesor para promover la creatividad en clase. Los participantes respondieron un cuestionario compuesto por una lista de barreras a la creatividad en clase y cuatro preguntas abiertas. Desconocimiento por el profesor de prácticas pedagógicas para favorecer el desarrollo de la creatividad y de textos en este sentido, además de inseguridad para experimentar nuevas prácticas pedagógicas fueron los factores inhibidores más marcantes. Ofrecer cursos para maestros, así como orientación, apoyo e incentivo fueron los procedimientos más señalados por los coordinadores para auxiliar al profesor a fomentar la creatividad en clase. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Criatividade , Ensino Fundamental e Médio , Estudantes , Inquéritos e Questionários , Docentes
12.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1020169

RESUMO

RESUMO Este estudo comparou alunos de escolas que usam tecnologias de informação e comunicação nas práticas pedagógicas e de instituições que não fazem uso desses recursos. Participaram 76 alunos do 5º ano do ensino fundamental, os quais responderam a três instrumentos sobre criatividade, clima de sala de aula para criatividade e motivação para aprender. Os resultados indicaram médias mais altas em criatividade figural e motivação extrínseca entre alunos cujos professores utilizavam tecnologia. Os alunos das escolas sem uso da tecnologia relataram maior interesse pela aprendizagem. Este estudo contribuiu para desmistificar a ideia de que a utilização de tecnologias na prática docente é uma condição essencial para o desenvolvimento da criatividade e da motivação do aluno.


ABSTRACT This study compared students from schools that use and that do not use information and communication technologies on their teaching practices. Seventy-six 5th grade-students participated in the study and answered three instruments on creativity, classroom creativity climate, and motivation to learn. The results indicated higher means in figural creativity and extrinsic motivation among students whose teachers use technology. The students from the schools that do not use technology reported more interest for learning. This study contributed to demystify the idea that the use of technology in teaching practice is an essential condition for the development of student's creativity and motivation.

13.
Paidéia (Ribeirão Preto, Online) ; 27(67): 56-64, May-Aug. 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-895159

RESUMO

Abstract: Creativity is nowadays seen as an essential feature in higher education. Nevertheless, there is a discrepancy between the need for creativity and what higher education classrooms provide. This study assessed the perceptions of 1599 higher education students from two countries (1059 Brazilian and 540 Portuguese students), from two academic domains (Sciences and Technologies - Sc&T; Social Sciences, Arts, and Humanities - SScA&H), about the presence of creativity in their teachers' instruction and evaluation practices. The study's findings evidence interactive effects between the variables country and academic domain for most of the assessed factors: encouragement of new ideas, climate for the expression of ideas, and interest in students' learning. Brazilian Sc&T students presented more negative perceptions of their classroom environments when compared to SScA&H students; Portuguese students showed opposite patterns of results. Some hypothetical explanations are discussed and future directions for research are presented.


Resumo: Criatividade é atualmente tomada como aspecto essencial na Educação Superior. Há, contudo, discrepância entre a necessidade de criatividade e o que a universidade proporciona. Este estudo avaliou percepções de 1599 alunos universitários de dois países (1059 brasileiros e 540 portugueses), de duas áreas curriculares (Ciências e Tecnologias - Sc&T; Ciências Sociais, Artes e Humanidades - SscA&H) sobre a presença de criatividade nas práticas docentes, instrucionais e avaliativas, de que são alvo. Os resultados mostraram efeitos interativos significativos entre as variáveis país e área curricular para a maioria dos fatores avaliados: encorajamento de novas ideias, clima para expressão de ideias e interesse pela aprendizagem dos alunos. Os estudantes brasileiros de Sc&T mostraram percepções mais negativas da sala de aula, comparados com os de SScA&H; os alunos portugueses obtiveram padrões opostos nos resultados. Algumas hipóteses explicativas são discutidas e são apresentadas orientações para pesquisa futura.


Resumen: La creatividad está actualmente considerada como aspecto esencial en la Educación Superior. Sin embargo, existe discrepancia entre la necesidad de creatividad y lo que la universidad ofrece. Este estudio evaluó percepciones de 1.599 estudiantes universitarios (1.059 de Brasil y 540 de Portugal) de dos áreas curriculares (Ciencia y Tecnología - Sc&T; Ciencias Sociales, Artes y Humanidades - SscA&T) acerca de la presencia de creatividad en las prácticas docentes, instructivas y evaluativas dirigidas a ellos. Los resultados mostraron efectos de interacción significativos entre las variables país y área curricular para la mayoría de los factores evaluados: fomento de nuevas ideas, entorno para la expresión de ideas e interés en el aprendizaje del estudiante. Los estudiantes brasileños de Sc&T mostraron percepciones más negativas de la clase en comparación con los de SSCA&H; los estudiantes portugueses obtuvieron patrones opuestos en los resultados. Algunas hipótesis explicativas se discuten y se presentan directrices para investigación futura.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Criatividade , Cultura , Educação Superior , Docentes , Prática Profissional , Estudantes
14.
Temas psicol. (Online) ; 25(2): 553-561, jun. 2017.
Artigo em Inglês | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-991727

RESUMO

The importance of fostering student creativity in higher education has been widely recognized, due to the need for preparing young people for the uncertain and complex world of work, which requires individuals to be able to use their creative abilities. Despite this recognition, the encouragement of creativity in higher education has been a challenge for faculty. Although there is agreement that college students should be creative, college faculty are generally not familiar with learning and teaching environments that promote creativity. Furthermore, many factors impact creativity expression in higher education institutions, such as students' resistance, organizational structure of universities, faculty attributes and pedagogical practices. This article addresses various challenges to creativity blooming in higher education, as well as some factors that facilitate its nurturance in this type of educational setting.


A importância de se estimular a criatividade de estudantes da educação superior tem sido amplamente reconhecida devido à necessidade de preparar os jovens para o mundo incerto e complexo do trabalho, que requer dos indivíduos habilidade para utilizar suas capacidades criativas. Apesar desse reconhecimento, o incentivo à criatividade na educação superior tem se constituído um desafio para os professores. Embora haja consenso de que os estudantes universitários sejam criativos, os professores, em geral, não estão familiarizados com ambientes de ensino-aprendizagem promotores da criatividade. Além disso, muitos fatores impactam a expressão criativa em instituições de ensino superior, tais como resistência dos estudantes, estrutura organizacional das universidades, atributos dos professores e práticas pedagógicas. Este artigo discute vários desafios ao florescimento da criatividade na educação superior, bem como alguns fatores que facilitam seu desenvolvimento nesse tipo de contexto educativo.


La importancia de fomentar la creatividad de los estudiantes en la educación superior ha sido ampliamente reconocida, debido a la necesidad de preparar a los jóvenes para el mundo incierto y complejo del trabajo, que requiere que los individuos sean capaces de utilizar sus capacidades creativas. A pesar de este reconocimiento, el fomento de la creatividad en la educación superior ha sido un desafío para el profesorado. Aunque hay acuerdo en que los estudiantes universitarios deben ser creativos, los profesores universitarios, en general, no están familiarizados con los entornos de aprendizaje y enseñanza que promueven la creatividad. Además, muchos factores afectan la expresión creativa en las instituciones de educación superior, por ejemplo la resistencia de los estudiantes, la estructura organizativa de las universidades, los atributos de los profesores y prácticas pedagógicas. Este artículo aborda varios desafíos para el florescimiento de la creatividad en la educación superior, así como algunos factores que facilitan su desarollo en este tipo de entorno educativo.


Assuntos
Estudantes , Criatividade , Educação Superior , Docentes
15.
Temas psicol. (Online) ; 25(2): 553-561, jun. 2017.
Artigo em Inglês | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-70905

RESUMO

The importance of fostering student creativity in higher education has been widely recognized, due to the need for preparing young people for the uncertain and complex world of work, which requires individuals to be able to use their creative abilities. Despite this recognition, the encouragement of creativity in higher education has been a challenge for faculty. Although there is agreement that college students should be creative, college faculty are generally not familiar with learning and teaching environments that promote creativity. Furthermore, many factors impact creativity expression in higher education institutions, such as students’ resistance, organizational structure of universities, faculty attributes and pedagogical practices. This article addresses various challenges to creativity blooming in higher education, as well as some factors that facilitate its nurturance in this type of educational setting.(AU)


A importância de se estimular a criatividade de estudantes da educação superior tem sido amplamente reconhecida devido à necessidade de preparar os jovens para o mundo incerto e complexo do trabalho, que requer dos indivíduos habilidade para utilizar suas capacidades criativas. Apesar desse reconhecimento, o incentivo à criatividade na educação superior tem se constituído um desafi o para os professores. Embora haja consenso de que os estudantes universitários sejam criativos, os professores, em geral, não estão familiarizados com ambientes de ensino-aprendizagem promotores da criatividade. Além disso, muitos fatores impactam a expressão criativa em instituições de ensino superior, tais como resistência dos estudantes, estrutura organizacional das universidades, atributos dos professores e práticas pedagógicas. Este artigo discute vários desafi os ao fl orescimento da criatividade na educação superior, bem como alguns fatores que facilitam seu desenvolvimento nesse tipo de contexto educativo.(AU)


Assuntos
Criatividade , Educação Superior , Docentes , Estudantes
16.
Aval. psicol ; 16(1): 87-96, 2017. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-878115

RESUMO

Este estudo objetivou construir e investigar evidências de validade estrutural da Escala de Cognições Acadêmicas Autorreferentes, que avalia autoconceito, autoeficácia e autoestima escolar e valor atribuído à habilidade escolar. Participaram do estudo 812 estudantes do ensino médio de escolas públicas e privadas de Minas Gerais. Os dados foram analisados com modelamento por equação estrutural, análise fatorial confirmatória e teste de α de Cronbach. O modelo estrutural proposto apresentou bom ajuste aos dados: χ²[145]=475,299; índice de ajuste comparativo (CFI)=0,98; raiz quadrada média do erro de aproximação (RMSEA)=0,053. Todas as relações item-fator propostas apresentaram betas maiores do que 0,30. Foram encontrados índices razoáveis de consistência interna: autoconceito escolar, α=0,69; valor atribuído à escola, α=0,79; autoeficácia escolar, α=0,74; e autoestima escolar, α=0,72. Os dados fornecem respaldo empírico quanto à validade estrutural da escala. Esse instrumento representa um avanço nas medidas de self, apontando a possibilidade de uma definição e mensuração diferencial dos construtos.(AU)


The aim of this study was to develop and investigate the structural validity of the Academic Self-Referential Cognitions Scale, which assesses academic self-concept, self-efficacy, and self-esteem, as well as the value assigned to school skills. The sample consisted of 812 high school students from public and private schools from the state of Minas Gerais, Brazil. Confirmatory factor analysis, structural equation modeling, and Cronbach's alpha test were used to analyze the data. The structural model proposed presented good fit to data: χ²[145]=475.299; comparative fit index (CFI)=0.98; root mean square error approximation (RMSEA)=0.053. All of the itemfactor relations proposed showed beta values higher than 0.30. The reliability indices were reasonable: school self-concept, α=0.69; value assigned to school, α=0.79; school self-efficacy, α=0.74; school self-esteem, α=0.72. The data provide empirical support to the structural validity of the scale. This instrument represents an advancement in the measures of self, indicating the possibility of a differential definition and measurement of the constructs.(AU)


Este estudio tuvo como objetivo la construcción y la investigación de la validez estructural de la Escala de Cogniciones Académicas Autoreferenciales, que evalúa el autoconcepto, la autoeficacia y la autoestima académicas y el valor asignado a la habilidad escolar. Participaron del estudio 812 estudiantes de secundaria de escuelas públicas y privadas de Minas Gerais, Brasil. Los datos fueron analizados mediante análisis factorial confirmatorio, modelos de ecuaciones estructurales y test α de Cronbach. El modelo estructural propuesto mostró un buen ajuste a los datos: χ²[145]=475,299; índice de ajuste comparativo (CFI)=0,98; raíz del resíduo quadrático promedio de aproximación (RMSEA)=0,053. Todas las relaciones ítem-factor propuestas tuvieron betas superiores a 0,30. Fueron encontrados razonable niveles de consistencia interna: autoconcepto, α=0,69; valor, α=0,79; autoeficacia escolar, α=0,74; autoestima escolar, α=0,72. Los datos proporcionan apoyo empírico a la validez estructural de la escala. Este instrumento representa un avance en las medidas de self, indicando la posibilidad de una definición y medición diferenciales de los constructos.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Autoimagem , Autoeficácia , Psicologia do Self , Ensino Fundamental e Médio , Análise Fatorial , Estudantes
17.
Psicol. ciênc. prof ; 36(4): 877-892, out.-dez. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-829375

RESUMO

Resumo O objetivo deste estudo foi examinar, por meio de revisão de literatura de artigos empíricos e relatos de experiência, a produção científica sobre a relação entre uso das tecnologias da informação e comunicação (TICs) e criatividade no contexto da educação. A busca foi realizada nas bases de dados SciELO, Pepsic e Portal de Periódicos Capes, considerando as publicações no período de 2004 a 2014. Foram selecionados 28 artigos, distribuídos em 23 periódicos estrangeiros, que atenderam aos critérios de inclusão pré-estabelecidos. O ano com maior número de publicações foi 2012 (n = 6). Das pesquisas selecionadas, nenhuma foi realizada no Brasil. Os cenários de investigação foram educação básica, educação superior e formação de professores. Pesquisas com delineamento experimental foram conduzidas apenas no contexto da educação básica. Os estudos revisados examinaram uma diversidade de TICs e, de forma geral, os resultados indicaram uma relação positiva entre tecnologia e desenvolvimento da criatividade no contexto educacional....(AU)


Abstract The purpose of this study was to examine, through a literature review of empirical articles and experience reports, the scientific literature on the relationship between the use of Information and Communication Technologies (ICT) and creativity in the educational context. The search was conducted on the databases SciELO, Pepsic and Portal CAPES, considering the studies published from 2004 to 2014. According to the pre-established inclusion criteria, 28 articles, distributed in 23 foreign journals, were selected. The year with the highest number of publications was 2012 (n = 6). From the selected researches, none was conducted in Brazil. The investigation scenarios were basic education, higher education, and teacher professional training. Experimental design researches were conducted only in the basic education context. The reviewed studies evaluated a diversity of ICT and, in general, the results indicated a positive relationship between technology and creativity development in the educational context....(AU)


Resumen El objetivo de este estudio fue examinar, mediante la revisión de la literatura de artículos empíricos y relatos de experiencia, la producción científica acerca de la relación entre el uso de Tecnologías de la Información y Comunicación (TIC) y la creatividad en el contexto educativo. La búsqueda se realizó en las bases de datos SciELO, Pepsic y Portal de Periódicos CAPES, teniendo en cuenta los estudios publicados en el período de 2004 a 2014. Fueron seleccionados 28 artículos, distribuidos en 23 revistas extranjeras, que cumplieron los criterios de inclusión preestablecidos. El año con el mayor número de publicaciones fue 2012 (n = 6). De los estudios seleccionados, ninguno fue realizado en Brasil. Los escenarios de investigación fueron la educación básica, la educación superior y la formación del profesorado. Investigaciones con diseños experimentales se llevaron a cabo solo en el contexto de la educación básica. Los estudios revisados examinaron una diversidad de TIC y, en general, los resultados indicaron una relación positiva entre la tecnología y el desarrollo de la creatividad en el contexto educativo....(AU)


Assuntos
Criatividade , Educação , Tecnologia da Informação , Comunicação
18.
Estud. psicol. (Campinas) ; 33(3): 503-513, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-787466

RESUMO

This study investigates differences between Pedagogy and Teachers' Certificate in Mathematics undergraduates, males and females, from public and private institutions with respect to motivational orientations, cognitive styles and perception of pedagogical practices for creativity implemented by their teachers, as well as relationships between these variables. Three hundred and sixty-five students answered scales regarding motivation to learn, cognitive styles, and teaching practices for creativity. Intrinsic motivation predominated in the private university students and extrinsic motivation in the public university students. The data revealed differences between courses, gender and type of university concerning cognitive styles. Private university and pedagogy students had a more positive perception of professors' teaching practices that promote creativity. Positive relationships were observed between the factors of the instrument of pedagogical practices for creativity, intrinsic motivation and nonconformist transformer style, and between the various cognitive styles and intrinsic and extrinsic motivational orientation.


Este estudo investiga diferenças entre estudantes de Pedagogia e de Licenciatura em Matemática, dos gêneros masculino e feminino, de instituições públicas e particulares quanto a orientações motivacionais, estilos cognitivos e percepção de práticas pedagógicas promotoras da criatividade utilizadas por seus professores, bem como relações entre essas variáveis. Trezentos e sessenta e cinco estudantes responderam a escalas referentes à motivação para aprender, estilos cognitivos e práticas docentes para a criatividade. Motivação intrínseca predominou nos estudantes da universidade particular e a extrínseca nos da universidade pública. Os dados revelaram diferenças entre cursos, gênero e tipo de universidade nos estilos cognitivos. Estudantes de universidade particular e de Pedagogia perceberam de forma mais positiva práticas pedagógicas promotoras da criatividade utilizadas por seus professores. Observaram-se relações positivas entre os fatores do instrumento de práticas docentes para a criatividade, motivação intrínseca e estilo inconformista transformador e entre os diversos estilos cognitivos e orientação motivacional intrínseca e extrínseca.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criatividade , Educação , Motivação , Ensino
19.
Estud. psicol. (Campinas) ; 33(3): 503-513, jul.-set. 2016. tab
Artigo em Inglês | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-68288

RESUMO

This study investigates differences between Pedagogy and Teachers' Certificate in Mathematics undergraduates, males and females, from public and private institutions with respect to motivational orientations, cognitive styles and perception of pedagogical practices for creativity implemented by their teachers, as well as relationships between these variables. Three hundred and sixty-five students answered scales regarding motivation to learn, cognitive styles, and teaching practices for creativity. Intrinsic motivation predominated in the private university students and extrinsic motivation in the public university students. The data revealed differences between courses, gender and type of university concerning cognitive styles. Private university and pedagogy students had a more positive perception of professors' teaching practices that promote creativity. Positive relationships were observed between the factors of the instrument of pedagogical practices for creativity, intrinsic motivation and nonconformist transformer style, and between the various cognitive styles and intrinsic and extrinsic motivational orientation.(AU)


Este estudo investiga diferenças entre estudantes de Pedagogia e de Licenciatura em Matemática, dos gêneros masculino e feminino, de instituições públicas e particulares quanto a orientações motivacionais, estilos cognitivos e percepção de práticas pedagógicas promotoras da criatividade utilizadas por seus professores, bem como relações entre essas variáveis. Trezentos e sessenta e cinco estudantes responderam a escalas referentes à motivação para aprender, estilos cognitivos e práticas docentes para a criatividade. Motivação intrínseca predominou nos estudantes da universidade particular e a extrínseca nos da universidade pública. Os dados revelaram diferenças entre cursos, gênero e tipo de universidade nos estilos cognitivos. Estudantes de universidade particular e de Pedagogia perceberam de forma mais positiva práticas pedagógicas promotoras da criatividade utilizadas por seus professores. Observaram-se relações positivas entre os fatores do instrumento de práticas docentes para a criatividade, motivação intrínseca e estilo inconformista transformador e entre os diversos estilos cognitivos e orientação motivacional intrínseca e extrínseca.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criatividade , Motivação , Ensino , Educação
20.
Bol. psicol ; 66(144): 113-124, jan. 2016.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-839046

RESUMO

Este estudo teve como objetivo realizar o levantamento da produção científica brasileira sobre criatividade em interface com a variável gênero. Para tal fim, foi realizada uma busca de artigos publicados até o ano de 2016 nas bases de dados SciELO e PEPSIC. Foram analisados 30 artigos, resultantes da combinação dos descritores "criatividade" e "gênero". Analisaram-se as diferenças de gênero nas dimensões individuais e ambientais que interferem no processo criativo. Em número expressivo de estudos, não foram encontradas diferenças entre os gêneros. Contudo, observou-se distinção em relação aos fatores específicos, como fluência, originalidade, criatividade verbal e sensibilidade. O desempenho masculino tendeu a superar o feminino em habilidades cognitivas, ao passo que as médias femininas foram superiores em fatores não cognitivos. Entre as hipóteses para explicar tais diferenças, aponta-se o impacto de fatores socioculturais. Espera-se que este estudo contribua para ampliar a compreensão do papel do gênero no desenvolvimento e expressão da criatividade e para sinalizar a carência de pesquisas focalizando essa variável em investigações com amostras de indivíduos com produções criativas de destaque em campos diversos


This study examined the Brazilian scientific production on creativity associated to gender. Therefore, it was conducted a search on SciELO and PEPSIC databases directed to articles published until 2016. Thirty articles resultant from the combination of the descriptors "creativity" and "gender" were analyzed. The research gender differences in individual and environmental dimensions that affect the creative process. A significant number of studies indicated no differences between males and females. However, a difference was observed when specific factors such as fluency, originality, verbal creativity and sensitivity were considered. The male performance exhibited a tendency to overcome the feminine in cognitive abilities, while the female means results were superior in non-cognitive factors. The impact of sociocultural factors was emphasized among other hypotheses to explain the observed differences. It is expected that this study contributes to the understanding of the role of gender in the development and expression of creativity and to call attention to the lack of research focusing on this variable in samples of individuals with highly creative productions in diverse fields


Assuntos
Humanos , Feminino , Psicologia , Criatividade , Educação , Identidade de Gênero
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA