Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 36
Filtrar
1.
BrJP ; 2(2): 132-136, Apr.-June 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1038995

RESUMO

ABSTRACT BACKGROUND AND OBJECTIVES: There are a variety of ways to apply the transcutaneous electrical nerve stimulation (TENS) without an established way that provides better results in the treatment of nonspecific low back pain. The objective of this study was to evaluate which application of TENS has a better effect on the immediate reduction of the intensity of spontaneous and provoked pain in college students with nonspecific low back pain. METHODS: Quantitative, randomized and cross-sectional study. Twenty young individuals were divided into four groups and received a different intervention per week, totaling four weeks. The groups were Conventional TENS with the frequency of 100Hz, a pulse duration of 200µs; TENS with frequency and intensity variation with frequency variation and automatic pulse duration, TENS Burst with frequency modulated at 2Hz, pulse duration of 250µs; and placebo in which the subjects underwent a pacing protocol with no tingling sensation or muscle contraction. All sessions had a total application time of 20 minutes. They were evaluated for spontaneous pain through the application of the visual analog scale (VAS), and pain provoked by the algometer and cold pain through the application of solid ice directly to the skin, and VAS for the intensity of cold pain, all performed before and after each application of the electrotherapy. RESULTS: Only the visual analog scale of spontaneous pain showed significant results (p<0.05) when compared intragroups, in the three applied currents. CONCLUSION: The three forms used in the present study were able to reduce spontaneous pain after the intervention by electrostimulation.


RESUMO JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Há uma variedade de formas de aplicação de estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS), sem que haja uma forma definida com melhores resultados no tratamento para a dor lombar inespecífica. O objetivo deste estudo foi avaliar qual aplicação de TENS tem melhor efeito sobre a redução imediata da intensidade da dor espontânea e provocada, em universitários com lombalgia inespecífica. MÉTODOS: Estudo quantitativo, aleatorizado e cruzado. Vinte indivíduos jovens foram distribuídos em quatro grupos e realizaram uma intervenção diferente por semana, totalizando quatro semanas. Grupos TENS convencional com frequência de 100Hz, duração de pulso de 200µs; TENS variação de frequência e intensidade com variação de frequência e duração de pulso automática, TENS Burst com frequência modulada em 2Hz, duração de pulso 250µs; e placebo em que os indivíduos foram submetidos a um protocolo de estimulação sem nenhuma sensação de formigamento ou contração muscular. Todas as sessões tiveram uma aplicação total de 20 minutos. Foram avaliados pela dor espontânea por meio da aplicação da escala analógica visual (EAV), e dor provocada pelo dolorímetro e dor ao frio por meio da aplicação de gelo sólido diretamente na pele, e EAV para intensidade de dor ao frio, todos realizados antes e após cada aplicação de eletroterapia. RESULTADOS: Apenas a escala analógica visual de dor espontânea apresentou resultados significativos (p<0,05) quando comparado intragrupos, nas três correntes aplicadas. CONCLUSÃO: As três formas utilizadas no presente estudo foram capazes de reduzir a dor espontânea após a intervenção por eletroestimulação.

2.
Fisioter. Mov. (Online) ; 30(4): 797-803, Oct.-Dec. 2017. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-892020

RESUMO

Abstract Introduction: The multiple aspects of disability in patients with osteoporosis require comprehensive tool for their assessment. The International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF) is designed to describe the experience of such patients with theirs functioning. Objective: This study aimed to describe the functioning in a sample of active postmenopausal women with osteoporosis according to the brief ICF core set for osteoporosis. Methods: This cross-sectional study was conducted among active community-dwelling older adults in a southern Brazilian city. Participants were enrolled by convenience sampling from a group conducting supervised aquatic and land-based exercises. Active postmenopausal women with osteoporosis were included. Thirty-two women (mean age 68.0 ± 5.1 years old) participated in the evaluation. The brief ICF core set for osteoporosis was used to establish functional profiles. The categories were considered valid when ≥20% of participants showed some disability (according to ICF qualifiers). Results: No category showed a high level of disability, as >50% of women rated by qualifiers .3 or .4. Only the category e580 was considered by all participants as a facilitator. Conclusion: The brief ICF core set for osteoporosis results demonstrated that this classification system is representative to describe the functional profile of the sample. Active postmenopausal women with osteoporosis presented few impairments related to body functions and structures, activities and participation and environmental factors.


Resumo Introdução: Os vários aspectos da incapacidade em pacientes com osteoporose requerem uma ferramenta completa para sua avaliação. A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) considera os múltiplos aspectos da funcionalidade das pessoas. Objetivo: Este estudo objetivou descrever a funcionalidade de uma amostra de mulheres ativas com osteoporose pós-menopausa de acordo com a versão abreviada do core set da CIF para osteoporose. Métodos: Foi realizado um estudo transversal com mulheres com diagnóstico clínico de osteoporose e que participavam regularmente de um grupo de atividade física em solo e hidroginástica. Trinta e duas mulheres (idade média 68,0±5,1 anos) participaram da avaliação. Foi utilizada a versão abreviada do core set da CIF para osteoporose para estabelecer o perfil funcional da amostra. As categorias do core set foram consideradas válidas se ao menos 20% da amostra apresentassem algum grau de incapacidade (de acordo com os qualificadores da CIF). Resultados: Nenhuma categoria mostrou um alto grau de deficiência (>50% da amostra com qualificadores .3 ou .4). Apenas a categoria e380 foi considerada por todas as participantes como um facilitador. Conclusão: O uso da versão abreviada do core set da CIF para osteoporose demonstrou que este sistema de classificação é representativo para descrever a funcionalidade de mulheres ativas com osteoporose pós-menopausa, as quais apresentavam algumas deficiências relacionadas às funções e estruturas do corpo, atividade e participação e fatores ambientais.

3.
Saude e pesqui. (Impr.) ; 10(1): 25-31, jan.-abr. 2017.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-847304

RESUMO

Psoríase é um tipo de dermatose crônica de evolução variada representada por lesões eritemato-escamosas e alterações proliferativas e inflamatórias da pele, podendo ocorrer em todas as idades e gêneros. Este estudo teve como objetivo avaliar os efeitos do laser de baixa potência, 660 nm, na remissão e melhora do aspecto de feridas causadas pela psoríase em placa. Este é um estudo longitudinal, experimental, de caráter quali e quantitativo. A amostra foi composta por indivíduos com psoríase em placas em período exacerbado e que não estavam passando por nenhum outro tipo de tratamento. A amostra foi dividida em Grupo Controle (GC), que não foi submetido ao tratamento; e Grupo Tratamento (GT) que foi submetido ao tratamento com laser de baixa potência, 660nm. Nos resultados obtidos para GC, a evolução entre as avaliações da área das feridas foi de 83,80±11,96 cm² para 82,90±12,01 cm² (p>0,05), para GT, foi de 74,25±9,61 cm² para 56,25±24,36 cm (p=0,014); a análise qualitativa ratificou que a terapia com laser de baixa potência pode melhorar os aspectos físicos das feridas causadas pela psoríase em placa, bem como diminuir sua área total.


Psoriasis, a chronic skin disease with different kinds of evolution, is characterized by erythemate-squamous lesions and proliferate and inflammatory changes on the skin, occurring at all ages and in males and females alike. The effects of low-grade laser, 660nm, in the elimination and improvement of wounds caused by psoriasis in plates are evaluated by current longitudinal, experimental, qualitative and quantitative analysis. Samples comprised people with psoriasis in plates during climax, with no other treatment. Samples were divided into Control Group (CG), without any treatment, and Treatment Group (TG) with low grade laser treatment (660nm). Results show that, in the case of CG, evaluations evolved from 83.80±11.96 cm² to 82.90±12.01 cm² (p>0.05) and, in the case of TG, evaluations evolved from 74.25±9.61 cm² to 56.25±24.36 cm (p=0.014). Qualitative analysis proved that low grade laser therapy improved the physical aspects of wounds caused by psoriasis and decreased total area involved.

4.
Conscientiae saúde (Impr.) ; 15(4): 679-685, 30 dez. 2016.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-846769

RESUMO

Introdução: Existe evidência para diversos recursos fisioterapêuticos utilizados para tratamento da osteoartrite de joelho e, atualmente, na área médica tem-se usado o ácido hialurônico. Objetivos: Identificar estudos que compararam o uso do ácido hialurônico com as intervenções fisioterapêuticas para tratamento da osteoartrite de joelho. Métodos: Realizou-se uma revisão sistemática consultando as bases de dados PubMed, CINAHL, SPORTDiscus, PEDro, LILACS e ACP Journal Club, utilizando os descritores "hyaluronic acid", "osteoarthritis" e "physical therapy". Foram incluídos ensaios clínicos, ensaios clínicos randomizados e/ou controlados, publicados em inglês, espanhol e português que comparavam o uso do ácido hialurônico com alguma intervenção fisioterapêutica para tratamento da osteoartrite de joelho. A qualidade metodológica foi avaliada pelas escalas de Jadad e PEDro. Resultados: Foram encontrados 81 estudos, destes, 7 foram incluídos nesta revisão. Conclusões: Embora existam poucos trabalhos comparando a eficácia de um tratamento ou recurso fisioterapêutico com a aplicação de ácido hialurônico pode-se observar que ambos os tratamentos apresentaram resultados positivos no tratamento da osteoartrite de joelho.


Introduction: There is evidence for various physical therapy interventions used for the knee osteoarthritis treatment, and currently in medicine has been used hyaluronic acid. Aims: The objective of this review was to identify studies that compared the use of hyaluronic acid with the physical therapy interventions for treatment of knee osteoarthritis. Methods: A systematic review was carried out by consulting the databases PubMed, CINAHL, SPORTDiscus, PEDro, LILACS and ACP Journal Club, using the keywords "hyaluronic acid", "osteoarthritis" and "physical therapy". Clinical trials, controlled and/or randomized clinical trials published in English, Spanish and Portuguese that compared the use of hyaluronic acid with some physical therapy intervention for the treatment of knee osteoarthritis were included. The study quality was evaluated using the Jadad and PEDro scale. Results: Were identified 81 studies, of these, 7 were included in this review. Conclusions: Although few studies have compared the efficacy of physical therapy treatment with the application of hyaluronic acid was observed that both treatments showed positive results in the knee osteoarthritis management.

5.
Fisioter. pesqui ; 23(3): 311-317, jul.-set. 2016. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-828806

RESUMO

RESUMO O linfedema caracteriza-se por acúmulo de proteínas e fluídos no interstício, com alterações físicas e psicológicas. Entre as técnicas fisioterapêuticas utilizadas para redução do linfedema está a terapia complexa descongestiva. O objetivo desta revisão é identificar evidências para a prática da terapia complexa descongestiva no tratamento intensivo do linfedema. Realizou-se uma busca nas bases de dados PubMed, EMBASE e PEDro. Os artigos selecionados foram estudos randomizados e de coorte, os quais foram avaliados e selecionados de forma independente por dois revisores, que avaliaram a qualidade metodológica dos estudos com a escala PEDro. As buscas resultaram em 414 estudos, depois foram reduzidos a sete estudos elegíveis para análise de qualidade, classificados pela escala PEDro como qualidade alta e eficácia moderada. Os artigos analisados apresentaram boa qualidade metodológica, e seus resultados evidenciaram a efetividade da terapia complexa descongestiva na redução do volume do linfedema no tratamento intensivo.


RESUMEN El linfedema es producido debido a la acumulación de proteínas y fluidos en el intersticio, causando alteraciones físicas y psicológicas. Entre las técnicas fisioterapéuticas empleadas para reducirlo se encuentra la terapia compleja descongestiva. El propósito de este estudio es identificar la práctica de la terapia compleja descongestiva en el tratamiento intensivo del linfedema. Para ello, se hizo una búsqueda en las bases de datos PubMed, EMBASE y PEDro. Los estudios elegidos fueron de tipo aleatorio y de cohorte, en los cuales se hizo una evaluación y elección de forma independiente por dos revisores, quienes trataron de evaluar la calidad metodología en los estudios con la escala PEDro. Se encontraron 414 estudios, después fueron reducidos a siete, elegidos para el análisis de calidad y clasificados en la escala PEDro como de alta calidad y eficacia moderada. Los estudios evaluados presentaron alta calidad metodológica, y sus resultados mostraron la eficacia de la terapia compleja descongestiva para el tratamiento intensivo de reducir el volumen del linfedema.


ABSTRACT Lymphedema is characterized by accumulation of proteins and fluids in the interstice, with physical and psychological changes. Among the physiotherapeutic techniques used to reduce lymphedema we have the complex decongestive therapy. The objective of this review is to identify evidence for the practice of complex decongestive therapy for intensive care of lymphedema. A search was carried out in the PubMed, EMBASE and PEDro databases. The articles chosen were randomized and cohort studies, which have been evaluated and selected independently by two reviewers who evaluated the methodological quality of the studies within the PEDro Scale. The search resulted in 414 studies, reduced to seven eligible studies for quality analysis, classified by PEDro scale as high quality and moderate effectiveness studies. The analyzed articles showed good methodological quality and their results showed the effectiveness of complex decongestive therapy in reducing the volume of lymphedema in intensive care.

6.
Rev. bras. med. esporte ; 22(4): 252-255, July-Aug. 2016. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: lil-794848

RESUMO

ABSTRACT Introduction: The International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF) considers multiples aspects of functionality. It is believed that this tool can help to classify the functionality of older adults with low back pain (LBP) . Objectives: To describe the functionality of active older adults with LBP according to the ICF. Methods: A transversal study was conducted using the brief ICF core set for low back pain, to establish functional profiles of 40 older adults. The ICF categories were considered valid when ≥20% of participants showed some disability. Results: Thirty-two of the 35 categories of the brief ICF core set could be considered representative of the sample. Conclusion: The brief ICF core set for LBP results demonstrated that this classification system is representative for describing the functional profile of the sample.


RESUMO Introdução: A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) considera múltiplos aspectos da funcionalidade. Acredita-se que essa ferramenta pode auxiliar a classificar a funcionalidade de idosos com dor lombar (DL) . Objetivos: Descrever a funcionalidade de idosos ativos com DL de acordo com a CIF. Métodos: Foi realizado um estudo transversal para estabelecer o perfil funcional de 40 idosos, utilizando a versão abreviada do core set da CIF para dor lombar. As categorias da CIF foram consideradas válidas quando ≥ 20% dos participantes apresentavam alguma deficiência. Resultado: Trinta e duas das 35 categorias da versão abreviada do core set da CIF para DL foram consideradas representativas da amostra. Conclusão: Os resultados da versão abreviada do core set da CIF para DL demonstraram que esse é um sistema de classificação representativo para descrever o perfil funcional da amostra.


RESUMEN Introducción: La Clasificación Internacional del Funcionamiento, de la Discapacidad y de la Salud (CIF) considera varios aspectos de la funcionalidad. Se cree que esta herramienta puede ayudar a clasificar la funcionalidad de los ancianos con dolor lumbar (DL) . Objetivos: Describir la funcionalidad de los ancianos activos con DL según la CIF. Métodos: Un estudio transversal se llevó a cabo para establecer el perfil funcional de 40 ancianos utilizando la versión abreviada del core set de la CIF para el dolor lumbar. Las categorías de la CIF se consideraron válidas cuando ≥ 20% de los participantes tenían una discapacidad. Resultado: Treinta y dos de las 35 categorías de la versión abreviada del core set de la CIF se consideraron representativas de la muestra. Conclusión: Los resultados de la versión abreviada del core set de la CIF para DL muestra que se trata de un sistema de clasificación representativo para describir el perfil funcional de la muestra.

7.
Fisioter. pesqui ; 23(2): 124-128, abr.-jun. 2016. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-795189

RESUMO

RESUMO O objetivo deste estudo foi realizar um levantamento das práticas relacionadas à mobilização dos pacientes internados em uma UTI geral, comparando-os por tipo de intervenção (clínica ou cirúrgica). Trata-se de análise retrospectiva de prontuários de pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Ministro Costa Cavalcanti, na cidade de Foz do Iguaçu (PR), dos quais foram retiradas as seguintes informações: tempo decorrido para sentar fora do leito pela primeira vez, realização de exercícios ativos, desmame da ventilação mecânica, internação em UTI, diagnóstico, gênero e idade. Foram incluídos na pesquisa 105 participantes, sendo 44 (41,9%) pacientes cirúrgicos, 61 (58,1%) do gênero masculino, com média de 61,1 anos (±18,5) para pacientes clínicos e 60,4 (±14,9) para cirúrgicos. Foi observada diferença estatística em relação ao tempo decorrido para sentar fora do leito, transcorrendo 3 ± 4 dias para os clínicos e 3,1 ± 4,5 para os cirúrgicos (p = 0,02). Não foram observadas diferenças entre pacientes clínicos e cirúrgicos na realização dos exercícios ativos.


RESUMEN En este estudio se hizo una búsqueda de prácticas relacionadas con la movilización de pacientes hospitalizados en una Unidad de Cuidados Intensivos (UCI), cuanto al tipo de intervención si clínica o quirúrgica. Se trata de un análisis de fichas médicas de pacientes hospitalizados en la UCI del Hospital Ministro Costa Cavalcanti, en la ciudad de Foz de Iguazú (PR, Brasil), de las cuales se sacaron las siguientes informaciones: tiempo transcurrido para sentarse fuera de la cama por primera vez; realización de ejercicios activos; retirada de la ventilación mecánica; hospitalización en la UCI; diagnóstico; género y edad. Participaron del estudio 105 personas, de las cuales 44 (41,9%) eran pacientes quirúrgicos, 61 (58,1%) varones, con un promedio de edad de los pacientes clínicos de 61,1 años (±18,5) y el de los quirúrgicos 60,4 años (±14,9). Se observó significativa diferencia en cuanto al tiempo transcurrido para sentarse fuera de la cama, con 3 ± 4 días para los clínicos y 3,1 ± 4,5 para los quirúrgicos (p = 0,02). Mientras no se observaron diferencias significativas entre los pacientes de ambos grupos en cuanto a la realización de ejercicios activos.


ABSTRACT The objective of this study was to conduct a survey of the practices related to the mobilization of patients admitted to a general ICU, comparing them by type of intervention (clinical or surgical). This is a retrospective study of medical records of patients admitted to the Intensive Care Unit of Hospital Ministro Costa Cavalcanti in the city of Foz do Iguaçu, state of Paraná, Brazil, of which the following information were obtained: time to sit out of the hospital bed for the first time, to perform active exercises, to wean mechanical ventilation, of ICU hospitalization; diagnosis; sex; and age. We included 105 patients in the research, being 44 (41.9%) surgical, and 61 (58.1%) males, with an average age of 61.1±18.5 for clinical patients and 60.4±14.9 for surgical patients. We observed statistical difference concerning time to sit out of the bed (3±4 days for clinical patients and 3.1±4.5 for surgical patients) (p=0.02). We did not observe any differences regarding active exercises when comparing clinical and surgical patients.

8.
Conscientiae saúde (Impr.) ; 15(2): 325-335, 30 jun. 2016.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-846523

RESUMO

Objetivo: Verificar na literatura o impacto da deambulação associada à mobilização precoce em pacientes críticos internados em UTI. Métodos: Foram pesquisadas as bases de dados eletrônicas Cochrane, Pubmed, PEDro, Science Direct e SciELO, limitado aos últimos 10 anos incluindo ensaios clínicos randomizados, análises prospectivas e retrospectivas e estudos prospectivos controlados. A escala de Downs and Black e Downs and Black adaptada foi utilizada para avaliar a qualidade metodológica dos artigos. Resultados: Doze estudos foram revisados. Onze artigos utilizaram mobilização passiva e/ou ativa, exercícios ativos, sentar na cama e/ou poltrona, ortostatismo e deambular. Seis estudos avaliaram a morbimortalidade de um protocolo com enfoque em deambulação precoce, quatro avaliaram a segurança da mobilização precoce, dois o impacto na força muscular respiratória, e um investigou a relação da interrupção da sedação na mobilização precoce e outro artigo utilizou a prancha ortostática antes da deambulação. Conclusão: A deambulação impactou positivamente no tempo de internação hospitalar, de UTI e de ventilação mecânica em pacientes graves.


Objective: To evaluate the literature on the impact of walking and early mobilization in critically ill patients in ICUs admitting mechanically ventilated or not. Methods: The electronic databases Cochrane, Pubmed, PEDro, and Science Director SciELO limited to the last 10 years were surveyed, were included randomized controlled trials, prospective and retrospective analyzes and prospective controlled studies. The Downs and Black scale and adapted Downs and Black were used to assess the methodological quality of the articles. Results: Twelve studies were reviewed. Eleven articles used passive and / or active mobilization programs, active exercises, sit on the bed, chair, stand and walk. One article used an abdominal flat before start walking, six assessed impact on morbidity and mortality of a protocol focusing on early ambulation. Four studies evaluated the safety of early mobilization, two investigated the impact in the respiratory strength, and one investigated the interruption of sedation associated with early mobilization in ICU patients. Conclusion: Ambulation positive impact on length of hospital stays in ICU and mechanical ventilation in critically ill patients.

9.
Fisioter. mov ; 29(1): 113-120, Jan.-Mar. 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: lil-779092

RESUMO

Abstract Introduction: Environmental factors have also been recognized to be a component of a multidimensional gait assessment of people living with disabilities, like persons following an amputation. Objective: To investigated whether the environmental factors outlined by the International Classification of Functioning, Disability, and Health (ICF) are considered when evaluating gait following lower limb amputations. Materials and methods: A literature search of the PubMed, EMBASE, CINAHL, and SPORTDiscus databases was performed. The keywords "amputation" and "gait" were combined with the keywords "barriers", "facilitators", and "environmental factors". Searches were performed without language restrictions. All articles containing data about environmental influences on gait functionality after lower limb amputations published during or after 2002, were included. Manuscripts that did not study adults and literature reviews were excluded. Two researchers identified potentially eligible articles and the methods used to assess gait. To make comparisons between scales, the 2 researchers selected the categories from the ICF chapter on environmental factors. Results: Fourteen studies were obtained from the search. Seven studies were duplicates and 4 were excluded. The remaining 3 articles were evaluated. We identified a total of 74 possibilities for categorization according to the ICF environmental factors, but only 7 ICF categories (9.45%) were considered in the studies analyzed. Conclusions: The influence of environmental factors is frequently not considered in the evaluation of gait following a lower limb amputation. Thorough evaluation of gait after lower limb amputation should reflect the complex nature of gait changes, including environmental factors.


Resumo Introdução: Fatores ambientais fazem parte da avaliação multidimensional da marcha de pessoas que vivem com deficiência, como as que possuem uma amputação. Objetivo: Investigar se os fatores ambientais definidos pela Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) são considerados quando se avalia a marcha de indivíduos com amputação de membros inferiores. Materiais e métodos: Foi realizada uma revisão consultando as bases de dados PubMed, EMBASE, CINAHL, e SPORTDiscus. Utilizaram-se os termos "amputação" e "marcha" combinados com os termos "facilitadores", "barreiras" e "fatores ambientais". As pesquisas foram realizadas sem restrições de idioma. Foram incluídos os artigos publicados no ano de 2002 e a partir dele, que continham dados sobre a influência dos fatores ambientais sobre a funcionalidade da marcha em indivíduos com amputação de membros inferiores. Dois pesquisadores identificaram, selecionaram os artigos, identificaram os métodos e instrumentos usados para avaliar a marcha. Para comparar as escalas dois pesquisadores selecionaram as categorias dos capítulos fatores ambientais da CIF. Resultados: Foram identificados 14 estudos, destes sete eram duplicatas e quatro não tinham relação com os objetivos estudados. Dos três artigos restantes foram identificadas 74 possibilidades de categorização com os fatores ambientais das CIF, porém apenas 7 categorias (9,45%) puderam ser correlacionadas. Conclusões: Os fatores ambientais não são comumente considerados na avaliação da marcha de indivíduos com amputação de membros inferiores. Uma avaliação após uma amputação de membros inferiores reflete a complexidade das alterações da marcha, as quais incluem os fatores ambientais.

10.
Conscientiae saúde (Impr.) ; 15(1): 154-160, 31 mar. 2016.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-2239

RESUMO

Introdução: A fisioterapia atua na reabilitação de pacientes com amputação transtibial, como também pode intervir na prevenção e tratamento das complicações decorrentes da amputação. Objetivo: Investigar a intervenção da fisioterapia em pacientes com amputação transtibial. Métodos: Foi realizada uma revisão sistemática da literatura, consultando as bases de dados: PubMed, CINAHL, EMBASE, SPORTDiscus, PEDro, LILACS e SciELO. Utilizaram-se os descritores "amputação" e "transtibial" combinados com os descritores "fisioterapia" ou "terapia física". A busca foi realizada na segunda quinzena de fevereiro de 2013. Foram incluídos ensaios clínicos controlados e randomizados, sem restrição de idioma ou período de publicação, que versavam sobre a intervenção fisioterapêutica em pacientes com amputação transtibial. Para avaliação da qualidade metodológica dos estudos foram utilizadas a Escala de Qualidade de Jadad e a Escala PEDro. Resultados: Pela estratégia de busca retornaram 23 artigos, dos quais três foram incluídos na revisão. Um utilizou a técnica de aprendizagem sem erros para a colocação da prótese, outro investigou os efeitos de um programa de treinamento de força e o terceiro comparou os efeitos da aplicação da bandagem convencional e a fisioterapia descongestiva na redução do edema no pós-operatório. Somente um estudo foi considerado de alta ou boa qualidade metodológica pelas Escala PEDro e Jadad, os outros dois estudos foram classificados de baixa qualidade metodológica pelas duas escalas. Conclusões: Observou-se evidência limitada para as modalidades de fisioterapia utilizadas.


Introduction: Physical therapy contributes to the rehabilitation of persons following a transtibial amputation, but may also intervene in prevention and complications treatment. Objective: To investigate the physical therapy intervention in persons following a transtibial amputation. Methods: A systematic review of the PubMed, CINAHL, EMBASE, SPORTDiscus, PEDro, LILACS and SciELO databases was performed. The keywords "amputation" and "transtibial" were combined with the keywords "physiotherapy" or "physical therapy". The search was conducted in February 2013 without language restrictions. We included randomized controlled trials that focused on physical therapy intervention in persons following a transtibial amputation. The Jadad score and the PEDro score were used to assess the methodological quality. Results: Twenty-three studies were obtained from the search. Three were included in the review. One used errorless learning to fit a prosthetic limb, another investigated the effects of a strength training program, and the third study compared the conventional banding and decongestive physiotherapy to reduce edema postoperatively. Only one was considered of high or good methodological quality by Jadad and PEDro scales. The other two studies were rated low methodological quality by two scales. Conclusion: There was limited evidence for physiotherapy modalities used.

11.
Acta fisiátrica ; 22(3)set. 2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-775882

RESUMO

Os traumatismos da medula espinal comprometem as atividades diárias e limitam a mobilidade e a participação na comunidade. A prática do esporte adaptado melhora a funcionalidade, pois ela complementa o processo de reabilitação de pessoas que precisam de cadeira de rodas para locomoção. Objetivo: Avaliar o desempenho funcional de atletas praticantes de basquetebol em cadeira de rodas com disfunções por traumatismo da medula espinal. Método: Foi realizado um estudo transversal com 12 atletas. Para avaliar o desempenho funcional foi aplicado o Índice de Barthel Modificado, o teste Zigue-zague adaptado e o teste de arremesso de medicineball. A correlação do grau de dependência funcional com os demais testes de desempenho funcional foi realizada pelo teste de correlação não paramétrica de Spearman. Resultados: Seis atletas apresentavam dependência moderada e seis dependência leve. O tempo médio para percorre o teste de agilidade em zigue-zague foi de 27,3 ± 3,8 segundos. A distância média para arremesso de medicineball foi de 5,2 ± 0,9 metros. Observou-se correlação negativa e forte entre o Índice de Barthel e o teste de agilidade (r = -0,9193, p < 0,0001). Conclusão: A amostra estudada apresentou-se como dependente moderada e leve para a realização das atividades de vida diária, com potência de membro superior e cintura escapula semelhante aos descritos na literatura e agilidade abaixo dos valores citados na literatura.


Spinal cord injuries affect people's daily activities and limit their mobility and participation in the community. Adapted sports improve functioning because they supplement the rehabilitation of people who need a wheelchair for mobility. Objective: The aim of this study was to evaluate the functional performance of wheelchair basketball players with spinal cord injury. Method: This cross-sectional study was conducted with 12 athletes. To evaluate their functional performance the Modified Barthel Index, the adapted version of Texas Fitness test, and the medicine ball test were applied. The correlation of functional dependence with other functional performance tests was performed by the nonparametric Spearman test. Results: Six athletes were classified as moderately dependent and six as mildly dependent. The average time for the adapted version of Texas Fitness test was 27.3 ± 3.8 seconds. The average distance for the medicine ball test was 5.2 ± 0.9 meters. We observed a strong negative correlation between the Modified Barthel Index and the adapted version of Texas Fitness test (r = -0.9193, p < 0.0001). Conclusion: The sample group presented as mildly to moderately dependent in carrying out the activities of daily living, with upper limb strength similar to what is described in the literature, but with less agility.


Assuntos
Humanos , Traumatismos da Medula Espinal/fisiopatologia , Cadeiras de Rodas , Avaliação em Saúde/métodos , Basquetebol , Esportes para Pessoas com Deficiência , Atividade Motora , Estudos Transversais
12.
Acta fisiátrica ; 22(3)set. 2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-775876

RESUMO

Objetivo: Avaliar a qualidade de vida de pacientes com insuficiência cardíaca e correlacionar com a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF). Método: Trata-se de um estudo transversal, com amostra de 19 pacientes, com idade média de 66,28 ± 10,93 anos cuja qualidade de vida foi avaliada através do questionário de qualidade de vida Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire (MLHFQ), sendo que para cada questão foi determinado uma categoria da CIF e estes resultados foram correlacionados. Resultados: A média do escore do questionário MLHFQ foi de 61,21 ± 17,56. Verificou-se correlação positiva entre a qualidade de vida e fração de ejeção do ventrículo esquerdo (r = 0,75; p = 0,0006), fato que não ocorreu ao comparar a qualidade de vida com a classe funcional. Observou-se alta correlação entre as respostas dos pacientes e a avaliação do fisioterapeuta utilizando a CIF. Conclusões: O questionário MLFHQ contempla as exigências da CIF, possuindo alta correlação entre as respostas de ambos, sendo considerado global, o que possibilita o emprego destes instrumentos na avaliação de pacientes com insuficiência cardíaca congestiva (ICC).


Objective: To evaluate the quality of life of patients with heart failure and correlate it with the International Classification of Functioning, Disability, and Health (ICF). Method: This is a cross-sectional study with a sample of 19 patients, mean age of 66.28 ± 10.93 years, whose quality of life was assessed by the Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire (MLHFQ); for each question a domain of ICF was given whose results were then correlated. Results: The average MLHFQ questionnaire score was 61.21 ± 17.56. There was a positive correlation between the quality of life and left ventricular ejection fraction (r = 0.75; p = 0.0006), which was not seen when comparing the quality of life with functional class. There was a high correlation between patient outcomes and the assessment of the physiotherapist using the ICF. Conclusions: The MLFHQ questionnaire includes the requirements of the ICF, showing a high correlation between its responses and those from the ICF, and is considered global, which allows these instruments to be used in evaluating patients with congestive heart failure (CHF).


Assuntos
Humanos , Qualidade de Vida , Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde/instrumentação , Insuficiência Cardíaca/patologia , Estudos Transversais
13.
J Phys Ther Sci ; 27(4): 1067-70, 2015 Apr.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-25995558

RESUMO

[Purpose] To investigate the impact of gender on mobilization and mechanical ventilation in hospitalized patients in an intensive care unit. [Subjects and Methods] A retrospective cross-sectional study was conducted of the medical records of 105 patients admitted to a general intensive care unit. The length of mechanical ventilation, length of intensive care unit stay, weaning, time to sitting out of bed, time to performing active exercises, and withdrawal of sedation exercises were evaluated in addition to the characteristics of individuals, reasons for admission and risk scores. [Results] Women had significantly lower values APACHE II scores, duration of mechanical ventilation, time to withdrawal of sedation and time to onset of active exercises. [Conclusion] Women have a better functional response when admitted to the intensive care unit, spending less time ventilated and performing active exercises earlier.

14.
Rev. bras. crescimento desenvolv. hum ; 25(1): 63-67, 2015. ilus, graf, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-747947

RESUMO

OBJETIVO: identificar as alterações estabilométricas antes e após um programa de treinamento proprioceptivoMÉTODO: um estudo clinico controlado randomizado foi realizado com 18 indivíduos, com idade média de 20,6 ± 2,1 anos de idade, de ambos os sexos, com índice de massa corporal médio de 23,3 ± 5,4 Kg/m2, que foram avaliados na plataforma estabilométrica antes e após um programa de treinamento proprioceptivo, utilizando os aparelhos balancim e disco proprioceptivo,e divididos em grupo propriocepção (n = 10) e grupo controle (n = 8). O treinamento proprioceptivo foi composto de 10 intervenções com apoio unipodal, em semiflexão de joelho, durante 30 segundos,duas vezes por semana, durante cinco semanas, utilizando os aparelhos balancim e disco proprioceptivoRESULTADOS: foram realizados testes de D'Agostino, para testar a normalidade, ao qual observou-se que a amostra estudada obteve comportamento normal para ambos os grupo: propriocepção e controle, de tal forma que utilizou-se o teste T-Studentpara observação da significância do valor de p (<0,05). Ao término das intervenções os indivíduos foram reavaliados na plataforma estabilométrica na qual observou-se que no grupo propriocepção houve uma redução significativa da oscilação corporalem relação ao grupo controle (p = 0,002CONCLUSÃO: a curto prazo o treinamento proprioceptivo unipodal demonstrou-se eficaz para a melhora do equilíbrio com a redução das oscilações corporais.


OBJECTIVE: identify stabilometric changes before and after a program of proprioceptive training METHODS: a randomized controlled clinical trial was conducted with 18 subjects, mean age 20.6 ± 2.1 years of age, of both sexes, with a mean body mass index 23.3 ± 5.4 kg/m² that were evaluated in stabilometric platform before and after a program of proprioceptive training using the equipment and proprioceptive hard rocker, and divided into proprioception (n = 10) and control group (n = 8) group. The proprioceptive training consisted of 10 measures with one foot, knee in semiflexion for 30 seconds twice a week for five weeks using the rocker apparatus and proprioceptive disc RESULTS: D'Agostinotests were performed to test the normality, to which it was noted that the study sample was obtained normal behavior for both groups: proprioception and control, was used the Student t-test for observation the significance of p value (<0.05). At the end of the intervention subjects were reassessed at stabilometric platform on which it was observed that the proprioception group there was a significant reduction in body sway in relation to the control group (p = 0.002) CONCLUSION: the short time, with one leg proprioceptive training has been shown to be effective for improving balance by reducing body sway.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Terapia por Exercício , Ferimentos e Lesões/prevenção & controle , Atividade Motora , Sistema Musculoesquelético , Equilíbrio Postural , Transtorno de Movimento Estereotipado , Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto , Análise Estatística
15.
Rev. bras. crescimento desenvolv. hum ; 25(1): 63-67, 2015. ilus, graf, tab
Artigo em Inglês | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-65070

RESUMO

OBJECTIVE: identify stabilometric changes before and after a program of proprioceptive training METHODS: a randomized controlled clinical trial was conducted with 18 subjects, mean age 20.6 ± 2.1 years of age, of both sexes, with a mean body mass index 23.3 ± 5.4 kg/m² that were evaluated in stabilometric platform before and after a program of proprioceptive training using the equipment and proprioceptive hard rocker, and divided into proprioception (n = 10) and control group (n = 8) group. The proprioceptive training consisted of 10 measures with one foot, knee in semiflexion for 30 seconds twice a week for five weeks using the rocker apparatus and proprioceptive disc RESULTS: D'Agostinotests were performed to test the normality, to which it was noted that the study sample was obtained normal behavior for both groups: proprioception and control, was used the Student t-test for observation the significance of p value (<0.05). At the end of the intervention subjects were reassessed at stabilometric platform on which it was observed that the proprioception group there was a significant reduction in body sway in relation to the control group (p = 0.002) CONCLUSION: the short time, with oneleg proprioceptive training has been shown to be effective for improving balance by reducing body sway.(AU)


OBJETIVO: identificar as alterações estabilométricas antes e após um programa de treinamento proprioceptivo MÉTODOS: um estudo clinico controlado randomizado foi realizado com 18 indivíduos, com idade média de 20,6 ± 2,1 anos de idade, de ambos os sexos, com índice de massa corporal médio de 23,3 ± 5,4 Kg/m², que foram avaliados na plataforma estabilométrica antes e após um programa de treinamento proprioceptivo, utilizando os aparelhos balancim e disco proprioceptivo,e divididos em grupo propriocepção (n = 10) e grupo controle (n = 8). O treinamento proprioceptivo foi composto de 10 intervenções com apoio unipodal, em semiflexão de joelho, durante 30 segundos,duas vezes por semana, durante cinco semanas, utilizando os aparelhos balancim e disco proprioceptivo RESULTADOS: foram realizados testes de D'Agostino, para testar a normalidade, ao qual observou-se que a amostra estudada obteve comportamento normal para ambos os grupo: propriocepção e controle, de tal forma que utilizou-se o teste T-Studentpara observação da significância do valor de p (<0,05). Ao término das intervenções os indivíduos foram reavaliados na plataforma estabilométrica na qual observou-se que no grupo propriocepção houve uma redução significativa da oscilação corporalem relação ao grupo controle (p = 0,002) CONCLUSÃO: a curto prazo o treinamento proprioceptivo unipodal demonstrou-se eficaz para a melhora do equilíbrio com a redução das oscilações corporais.(AU)


Assuntos
Humanos , Adulto Jovem , Avaliação de Resultado de Intervenções Terapêuticas , Equilíbrio Postural , Terapia por Exercício
16.
Rev. dor ; 15(1): 9-12, Jan-Mar/2014. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-705352

RESUMO

Justificativa e objetivos: A crioterapia é uma modalidade de tratamento com inúmeros efeitos terapêuticos, de baixo custo, de fácil aplicação e acesso. Os objetivos deste estudo foram verificar se existe alteração na sensibilidade de acordo com o tempo de aplicação da crioterapia além do comportamento da sensibilidade cutânea pós-aplicação. Métodos: Vinte e um sujeitos (14 mulheres e 7 homens, idade média 23,8±4 anos) foram divididos aleatoriamente em 3 grupos, com 7 sujeitos cada, tendo recebido aplicação da crioterapia por 10, 20 ou 30 minutos, denominados respectivamente grupos C10, C20 e C30. Todos foram previamente submetidos à avaliação da sensibilidade cutânea com monofilamento de Semmes-Weinstein, e avaliados imediatamente ao término da aplicação da crioterapia, 5, 10 e 15 minutos após a aplicação. Para análise dos dados foi utilizado o teste de Friedman complementado pelo pós-teste de comparação múltipla (post hoc de Dunn). Resultados: Na avaliação imediatamente após a aplicação da crioterapia todos os sujeitos apresentaram hipoestesia. Observou-se diferença significativa no retorno da sensibilidade do grupo C20 em relação aos demais, após 10 minutos da intervenção (p=0,0498). Para os grupos C10 e C30, o retorno da sensibilidade ocorreu após 15 minutos do término da aplicação. Conclusão: Cinco minutos depois do término da aplicação da crioterapia observou-se ausência de sensibilidade tátil, independentemente do tempo de intervenção. O retorno da sensibilidade normal foi observado depois de 10 minutos quando se aplicou o frio por 20 minutos, e depois de 15 minutos quando aplicado por 10 ou 30 minutos.


Background and objectives: Cryotherapy is a treatment modality with several therapeutic effects, of low cost and easy to apply and access. This study aimed to observing whether there are changes in sensitivity according to cryotherapy application time, in addition to skin sensitivity behavior after treatment. Methods: Participated in the study 21 individuals (14 females and 7 males, mean age 23.8±4 years) who were randomly distributed in three groups with 7 individuals each. Groups received cryotherapy application for 10, 20 or 30 minutes and were called groups C10, C20 and C30, respectively. All participants were previously submitted to skin sensitivity evaluation by Semmes-Weinstein monofilament and were evaluated immediately after cryotherapy application, 5, 10 and 15 minutes after application. Data were analyzed with Friedman's test complemented by multiple comparisons post-test (Dunn's post hoc). Results: All individuals had hypoesthesia in the evaluation immediately after cryotherapy application. There has been significant difference in sensitivity recovery of group C20 as compared to C10 and C30 10 minutes after the intervention (p=0.0498). For groups C10 and C30, sensitivity has returned 15 minutes after the end of application. Conclusion: There has been lack of tactile sensitivity five minutes after the end of application, regardless of intervention time. Normal sensitivity recovery was observed after 10 minutes when cold was applied for 20 minutes, and after 15 minutes when cold was applied for 10 or 30 minutes.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Crioterapia , Dermatite de Contato/terapia , Hipestesia , Dor , Tato
17.
Fisioter. mov ; 27(1): 49-56, jan-mar/2014. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: lil-718227

RESUMO

Objective To quantify the quality of life of people with a lower limb amputation, and to propose a relationship between the quality of life and the International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF). Materials and methods After a retrospective study of medical records, 15 amputees met the inclusion criteria. The characteristics of the amputation and quality of life were evaluated, and both were correlated with the ICF. The 36-Item Short-Form Survey (SF-36) was used to assess quality of life. Results It was possible to establish ICF codes for levels of amputation and the quality of life. A high and significant correlation was found between quantitative descriptors of the ICF and SF-36 scores (r = -0.9376, p < 0.0001). Conclusion People with a lower limb amputation showed a reduced quality of life, which was reflected in scores from a generic questionnaire and their correlation with the ICF. .


Objetivo Quantificar a qualidade de vida de sujeitos com amputação de membros inferiores e propor uma relação entre a qualidade de vida e a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF). Materiais e métodos Após estudo retrospectivo, por meio de consulta nos cadastros dos usuários, 15 pessoas com amputação enquadraram-se nos critérios de inclusão. Destes foram identificadas as características da amputação, além de avaliar a qualidade de vida por meio do questionário SF-36, correlacionando-as com a CIF. Resultados Foi possível estabelecer códigos da CIF tanto para os níveis de amputação quanto para a qualidade de vida por meio dos domínios do questionário SF-36. A correlação entre os descritores quantitativos da CIF com os escores do SF-36 foi considerada alta (r = - 0,9376) e significante (p < 0,0001). Conclusões A qualidade de vida de sujeitos amputados fica comprometida, fato que pode ser observado tanto na análise de um questionário genérico para avaliação desta variável quanto pela sua correlação com a CIF. .

18.
Fisioter. pesqui ; 21(1): 60-66, Jan-Mar/2014. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-709713

RESUMO

The aim of this study was to investigate the relation between preoperative respiratory muscle strength and indication and performance of noninvasive ventilation in the planned heart surgery. We conducted a retrospective study using data collected from clinical records and analyzed 109 medical records and noninvasive ventilation accompanying paper. We analyzed the values of respiratory muscle strength, peak flow and respirometry, as well as the postoperative respiratory complications, correlating them with indication and performance of the noninvasive ventilation. The t test was performed for continuous variables; the chi-square was used to investigate the influence of preoperative respiratory muscle strength values in the indication of noninvasive ventilation. Noninvasive ventilation was used in 32 (29%) subjects and the prime motive indication was hipercapy (44%). The successful use of noninvasive ventilation was observed in 94%. The decrease in preoperative strength, despite having a lower performance, showed no significant difference in relation to its use and outcome (p=0.73). The preoperative respiratory muscle strength was not able to provide for the use of noninvasive ventilation or its performance...


El objetivo de este estudio fue verificar la relación entre la fuerza muscular respiratoria preoperatoria y la indicación y el desempeño de la ventilación no invasiva en pacientes sometidos a cirugía cardíaca electiva. Se llevó a cabo un estudio retrospectivo por encuesta y análisis de 109 registros hospitalarios y formularios de acompañamiento de la ventilación no invasiva. Se analizaron la fuerza muscular respiratoria, el pico de flujo y ventilometría, y complicaciones postoperatorias, correlacionándolas con la indicación y el desempeño de la ventilación no invasiva. Se utilizó el test t de Student para las variables continuas y el test chi-cuadrado para investigar la influencia de los valores de la fuerza muscular respiratoria preoperatoria con la indicación de resultado de la ventilación no invasiva. La ventilación no invasiva fue utilizada en 32 (29%) de los individuos, siendo la principal indicación la hipercapnia (44%). El éxito en la utilización de la ventilación no invasiva fue de 94%. La disminución de la fuerza muscular preoperatoria, aunque haya presentado un menor desempeño, no demostró diferencia significativa en cuanto a su utilización y resultado (p=0,73). La fuerza muscular respiratoria preoperatoria no fue capaz de prever el uso de ventilación no invasiva o su desempeño...


O objetivo deste estudo foi verificar a relação entre a força muscular respiratória pré-operatória e a indicação e o desempenho da ventilação não invasiva em pacientes submetidos à cirurgia cardíaca eletiva. Foi realizado um estudo retrospectivo por levantamento e análise de 109 prontuários e fichas de acompanhamento da ventilação não invasiva. Foram analisados força muscular respiratória, pico de fluxo e ventilometria e complicações pós-operatórias, correlacionando-as com a indicação e o desempenho da ventilação não invasiva. Foi utilizado o teste t de Student para as variáveis contínuas e teste qui-quadrado para investigar a influência dos valores da força muscular respiratória pré-operatória com a indicação de desfecho da ventilação não invasiva. A ventilação não invasiva foi utilizada em 32 (29%) dos indivíduos, sendo a principal indicação a hipercapnia (44%). O sucesso com o uso da ventilação não invasiva foi de 94%. A diminuição da força muscular pré-operatória, apesar de ter apresentando um menor desempenho, não demostrou diferença significativa em relação à sua utilização e desfecho (p=0,73). A força muscular respiratória pré-operatória não foi capaz de prever a utilização da ventilação não invasiva nem seu desempenho...


Assuntos
Humanos , Força Muscular , Ventilação não Invasiva , Cirurgia Torácica , Pneumopatias , Estudo Observacional
20.
Rev. bras. med. esporte ; 20(1): 78-81, Jan-Feb/2014. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-704725

RESUMO

INTRODUÇÃO: A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde considera os múltiplos aspectos da funcionalidade; acredita-se que essa ferramenta possa contribuir para avaliar atletas com incapacidades. OBJETIVO: Determinar o perfil funcional de jogadores de basquete em cadeira de rodas de acordo com o core set da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde para indivíduos com traumatismo da medula espinal (TME). MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal com 12 atletas com TME, jogadores de basquete em cadeira de rodas. A funcionalidade foi classificada pela versão abreviada do core set para indivíduos com TME crônico, que contém 33 categorias. Estas foram consideradas válidas se apresentassem ao menos 20% dos atletas com algum grau de incapacidade (de acordo com os qualificadores da CIF). RESULTADOS: Das 33 categorias avaliadas, 31 (93,9%) foram representativas para a amostra. Apenas as categorias b710 e e340 não foram consideradas válidas. Em sete categorias todos os atletas apresentaram algum grau de comprometimento (s120, d455, d465, d530, e115, e150 e e580). Porém, os maiores comprometimentos foram observados nas categorias: s120, d455, d465, e115 e e120. CONCLUSÃO: Os atletas apresentaram diferentes comprometimentos funcionais, entretanto tais limitações não os impedem de praticar a modalidade esportiva. .


BACKGROUND: The International Classification of Functioning, Disability and Health considers multiples aspects of functionality; it is believed that this tool can help to evaluate the athletes with disabilities. OBJECTIVE: To determinate the functional profile of basketball players in wheelchairs according to the International Classification of Functioning, Disability and Health for individuals with spinal cord injury (SCI). METHODS: A cross-sectional study was conducted with 12 wheelchair basketball athletes. The functionality has been classified by the abbreviated version of the core sets for individuals with chronic SCI, which contains 33 categories. These categories were considered valid if they had at least 20% of the athletes with some degree of disability (according to the ICF qualifiers). RESULTS: Of the 33 evaluated categories, 31 (93.9%) were representative for the sample. Two categories were not considered valid (b710 and e340). In seven categories all athletes had some impairment (s120, d455, d465, d530, e115, e150 e e580). However, the largest impairment was observed in the categories: s120, d455, d465, e115 and e120. CONCLUSION: The athletes had different functional impairments; however such limitations do not prevent them from practicing the sport. .


INTRODUCCIÓN: La Clasificación Internacional de Funcionalidad, Incapacidad y Salud considera los múltiples aspectos de la funcionalidad; se cree que esa herramienta pueda contribuir para evaluar a atletas con incapacidades. OBJETIVO: Determinar el perfil funcional de jugadores de básquet en silla de ruedas de acuerdo con el core set de la Clasificación Internacional de Funcionalidad, Incapacidad y Salud para individuos con traumatismo de la médula espinal (TME). MÉTODOS: Fue realizado un estudio transversal con 12 atletas con TME, jugadores de básquet en silla de ruedas. La funcionalidad fue clasificada por la versión abreviada del core set para individuos con TME crónico, que contiene 33 categorías. Estas fueron consideradas válidas si presentasen al menos 20% de los atletas con algún grado de incapacidad (de acuerdo con los calificadores de la CIF). RESULTADOS: De las 33 categorías evaluadas, 31 (93,9%) fueron representativas para la muestra. Sólo las categorías b710 y e340 no fueron consideradas válidas. En siete categorías todos los atletas presentaron algún grado de limitación (s120, d455, d465, d530, e115, e150 y e580). No obstante, las mayores limitaciones fueron observadas en las categorías: s120, d455, d465, e115 y e120. CONCLUSIÓN: Los atletas presentaron diferentes limitaciones funcionales, pero tales limitaciones no les impiden practicar la modalidad deportiva. .

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA