Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 68
Filtrar
1.
Porto Alegre; Editora Rede Unida; 20210809. 189 p.
Monografia em Português | LILACS | ID: biblio-1343226

RESUMO

Este livro é produto da tese de doutorado do professor Túlio Batista Franco, (DMPS/UNICAMP, 2003), desenvolvida sob orientação do Professor Emerson Elias Merhy. É um estudo realizado no projeto piloto do Cartão Nacional de Saúde (CNS), até então, uma experiência pioneira de incorporação de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC's) na saúde, especialmente na Atenção Básica. O autor faz um mergulho no complexo mundo do trabalho em saúde, tendo como foco sua micropolítica, e coloca no centro do debate o cotidiano de trabalhadores e trabalhadoras, usuários e usuárias, no cuidado em saúde. Busca responder a instigantes questões como: _ quais efeitos da incorporação destas tecnologias no processo de trabalho e cuidado em saúde?_ até que ponto as mudanças percebidas representam um processo de reestruturação produtiva ou transição tecnológica na saúde? _ contribuições para o futuro do SUS? O "telecuidado" nas suas diversas formas tem sido largamente utilizado como uma das importantes respostas à pandemia de Covid-19, e certamente haverá uma continuidade deste processo com fortes impactos no mundo do trabalho e cuidado em saúde. É na perspectiva de buscar soluções para o futuro da saúde, que a Editora Rede Unida coloca à disposição do público leitor, mais esta importante contribuição.


Assuntos
Humanos , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Sistema Único de Saúde , Telemedicina
2.
Salud Colect ; 17: e3341, 2021 05 28.
Artigo em Espanhol | MEDLINE | ID: mdl-34105329

RESUMO

This article critically analyzes local governments' abilities to face the COVID-19 pandemic by examining an instance of technical-scientific cooperation between a municipality and a university located in the northern Rio de Janeiro (state) beginning in April 2020. This collaboration included: the implementation of a situation room, data processing and analysis for decision making and for public communication, a telemonitoring center, ongoing training with territorial healthcare teams, and an epidemiological study of COVID-19 in the municipality, among other actions. We situate our analysis within a conceptual framework that adopts a micropolitical view of concepts such as experience, pragmatism, "live work in action," and desire. The notion of "planning-doing" is deployed as an inventive form of planning that is only narrated a posteriori, as an imperative act, a live government in action that depends on the movement of desire oriented by life, and that only takes place in collective spaces of management practices and health care.


Assuntos
COVID-19/prevenção & controle , Planejamento em Saúde Comunitária/organização & administração , Colaboração Intersetorial , Governo Local , Pandemias/prevenção & controle , Universidades/organização & administração , Brasil/epidemiologia , COVID-19/epidemiologia , Pesquisa Participativa Baseada na Comunidade , Política de Saúde , Humanos
3.
Saúde debate ; 45(129): 481-500, abr.-jun. 2021. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1290155

RESUMO

RESUMO Mudanças epidemiológicas decorrentes do envelhecimento populacional motivaram transformações nos sistemas de saúde mundiais. Desde 1990, emergem discussões sobre Cuidados Intermediários (CI), visando diminuir hospitalizações, melhorar a coordenação do cuidado e estimular políticas públicas de cuidados próximos ao território. Este trabalho objetivou apresentar e analisar a literatura científica sobre CI, enfatizando serviços de Hospitais Comunitários. Realizou-se uma revisão integrativa, combinando os descritores "Intermediate Care", "Community Hospitals", "Intermediate Care Facilities", "Long-Term Care", "Hospitals Chronic Disease" e "Rehabilitation Services", nos idiomas português, inglês e espanhol, nas bases Portal Regional da Biblioteca Virtual em Saúde, PubMed e Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações. Após processo de busca e elegibilidade, foram incluídos 30 documentos para síntese qualitativa, provenientes de: Reino Unido, Noruega, Espanha, Dinamarca, Austrália e Itália. Resultados apontam para a eficácia, a efetividade e a eficiência dos CI, com boas avaliações por parte de profissionais e usuários. Os CI, como estratégia de fortalecimento da Atenção Primária à Saúde, redução de internações, favorecimento da independência funcional dos pacientes e seu retorno à comunidade, apresentam-se como uma inovação em saúde e aposta promissora. Entretanto, persistem lacunas na literatura que ensejam mais estudos sobre o tema, com vistas a subsidiar a tomada de decisão.


ABSTRACT Epidemiological changes resulting from populational aging have led to changes in global health systems. Since 1990, discussions on Intermediate Care (IC) have emerged, with a view to reducing hospitalizations, improving care coordination, and stimulating public care policies close to the territory. This work aims to present and analyze the scientific literature on CI, emphasizing services from Community Hospitals. An integrative review was carried out, combining the descriptors "Intermediate Care", "Community Hospitals", "Intermediate Care Facilities", "Long-Term Care", "Hospitals Chronic Disease", and "Rehabilitation Services", in Portuguese, English and Spanish, in the Regional Portal of Virtual Health Library, PubMed and Digital Library of Thesis and Dissertations bases. After the search and eligibility process, 30 documents were included for qualitative synthesis, coming from: The United Kingdom, Norway, Spain, Denmark, Australia and Italy. Results point to the efficacy, effectiveness and efficiency of ICs, with good evaluations by professionals and users. ICs, as a strategy to strengthen Primary Health Care, reduce hospital admissions, favor patients' functional independence and return to the community, are presented as a health innovation and promising bet. However, there are gaps in the literature that lead to more studies on the topic, with a view to supporting decision making.

4.
Rev. enferm. UFPE on line ; 15(1): [1-18], jan. 2021.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1145725

RESUMO

Objetivo: explorar as potencialidades e ressignificações do cotidiano do trabalho de uma equipe de saúde da família como cenário para a Educação Permanente em Saúde. Método: trata-se de um estudo qualitativo, descritivo, com a utilização do método cartográfico. Registra-se que participaram 13 trabalhadores da Estratégia Saúde da Família. Produziram-se os dados por meio do grupo focal e da observação participante. Resultados: aponta-se que a cartografia explora três de muitos planos de sentidos possíveis: a EPS como recurso presente no processo de trabalho na Estratégia Saúde da Família; a construção e reconstrução dos sentidos da Educação Permanente em Saúde e ela reafirmando a relação entre o trabalho e a produção de conhecimento. Conclusão: entende-se que os trabalhadores atualizaram e reconstruíram os sentidos da Educação Permanente em Saúde nas reuniões, nas visitas domiciliares e na interação com usuários e colegas. Confirmamse os cenários da Educação Permanente em Saúde como settings de aprendizagens que podem ser explorados pela Educação Permanente em Saúde para a produção de novos saberes e a transformação das práticas em saúde.(AU)


Objective: to explore the potentialities and resignifications of the daily work of a family health team as a scenario for Permanent Education in Health. Method: This is a qualitative, descriptive study, using the cartographic method. It is registered that 13 workers of the Family Health Strategy participated. The data were produced through the focal group and participant observation. Results: it is pointed out that cartography explores three of many possible sense plans: the PEH as a resource present in the work process in the Family Health Strategy; the construction and reconstruction of the senses of Permanent Education in Health and it reaffirms the relationship between work and the production of knowledge. Conclusion: It is understood that the workers have updated and reconstructed the meanings of Permanent Education in Health in meetings, home visits and interaction with users and colleagues. The scenarios of Permanent Education in Health are confirmed as learning settings that can be explored by Permanent Education in Health for the production of new knowledge and the transformation of practices in health.(AU)


Objetivo: explorar las potencialidades y resignificaciones del trabajo diario de un equipo de salud familiar como escenario de Educación Permanente en Salud Método: es un estudio cualitativo, descriptivo, utilizando el método cartográfico. Se registra que participaron 13 trabajadores de la Estrategia Salud de la Familia. Los datos se produjeron a través del grupo focal y la observación participante. Resultados: se señala que la cartografía explora tres de los múltiples planes de sentido posibles: EPS como recurso presente en el proceso de trabajo en la Estrategia Salud de la Familia; la construcción y reconstrucción de los significados de la Educación Permanente en Salud y reafirmando la relación entre trabajo y producción de conocimiento. Conclusión: se entiende que los trabajadores actualizaron y reconstruyeron los significados de la Educación Permanente en Salud en reuniones, visitas domiciliarias e interacción con usuarios y colegas. Los escenarios de Educación Permanente en Salud se confirman como settings de aprendizaje que pueden ser explorados por la Educación Permanente en Salud para la producción de nuevos conocimientos y la transformación de las prácticas de salud.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Atenção Primária à Saúde , Pessoal de Saúde , Estratégia Saúde da Família , Educação Continuada , Capacitação em Serviço , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa , Fluxo de Trabalho
5.
Salud colect ; 17: 3341-3341, 2021.
Artigo em Espanhol | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1290039

RESUMO

RESUMEN Este artículo problematiza las posibilidades municipales de hacer frente a la pandemia de COVID-19, a partir de la cooperación técnico-científica entre un municipio y una universidad del norte del estado de Rio de Janeiro, a partir de abril de 2020, que involucró la implementación de una sala de situación, procesamiento y análisis de datos para la toma de decisiones y de información para la población, centro de televigilancia, educación permanente con equipos territoriales de atención y estudio epidemiológico de COVID-19 en el municipio, entre otras acciones. En este análisis se utilizó como soporte conceptual una visión micropolítica de los conceptos de experiencia, pragmatismo, trabajo vivo en acto y deseo. La noción de "planhaciendo" se retomó como una planificación inventiva que solo puede ser narrada a posteriori, un acto imperativo, un gobierno vivo en acto que depende de un movimiento anhelante orientado por la vida, y que solo se da en espacios colectivos de prácticas de gestión y de atención a la salud.


ABSTRACT This article critically analyzes local governments' abilities to face the COVID-19 pandemic by examining an instance of technical-scientific cooperation between a municipality and a university located in the northern Rio de Janeiro (state) beginning in April 2020. This collaboration included: the implementation of a situation room, data processing and analysis for decision making and for public communication, a telemonitoring center, ongoing training with territorial healthcare teams, and an epidemiological study of COVID-19 in the municipality, among other actions. We situate our analysis within a conceptual framework that adopts a micropolitical view of concepts such as experience, pragmatism, "live work in action," and desire. The notion of "planning-doing" is deployed as an inventive form of planning that is only narrated a posteriori, as an imperative act, a live government in action that depends on the movement of desire oriented by life, and that only takes place in collective spaces of management practices and health care.

6.
Rev. bioét. (Impr.) ; 28(3): 455-463, jul.-set. 2020.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1137118

RESUMO

Resumo Este ensaio discute a tomada de decisão no fim da vida considerando o pensamento de Foucault e Spinoza. São tomados como referência dois pressupostos. O primeiro é o reconhecimento de tecnologia de gestão da vida que busca exercer poder sobre os corpos (biopoder) por meio de sistema disciplinar que prescreve modos de viver (biopolítica). O segundo pressuposto considera o conceito de corpo e a teoria dos afetos de Spinoza. Pôde-se concluir que, apesar dos obstáculos à tomada de decisão autônoma por parte dos pacientes, os indivíduos têm potência absoluta que lhes dá protagonismo. Seus pequenos gestos, no entanto, muitas vezes são invisíveis ao olhar dos profissionais de saúde.


Abstract This study discuss the issue of end-of-life decision-making, considering Foucault's ideas of a technology for managing life that exerts power over bodies (biopower) by a disciplinary system, and politics that prescribes ways of living (biopolitics), and Spinoza's concept of the body and affects ( affectus ). We conclude that, despite the numerous obstacles to autonomous decision-making by patients, individuals have an absolute power that favors their protagonism. However, their small gestures are often invisible to health professionals.


Resumen Este ensayo analiza la toma de decisiones al final de la vida considerando el pensamiento de Foucault y de Spinoza. Se toman como referencia dos supuestos. El primero es el reconocimiento de la tecnología de gestión de la vida que busca ejercer poder sobre los cuerpos (biopoder) a través de un sistema disciplinario que prescribe formas de vida (biopolítica). El segundo supuesto considera el concepto de cuerpo de Spinoza y la teoría de los afectos. Se pudo concluir que, a pesar de los obstáculos para la toma de decisiones autónoma por parte de los pacientes, los individuos tienen un poder absoluto que les otorga protagonismo. Sin embargo, sus pequeños gestos suelen ser invisibles para los profesionales de la salud.


Assuntos
Relações Médico-Paciente , Assistência Terminal , Bioética , Autonomia Pessoal , Tomada de Decisões , Medicalização
8.
Saúde Redes ; 6(1): 77-90, 20200701.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1116530

RESUMO

Este artigo busca problematizar a prática de decisão clínica dentro de um hospital. Trata-se de uma pesquisa de campo, descritivo-exploratória de abordagem qualitativa a partir do método de História de Vida, fundamentada no referencial teórico da Linha de Cuidado Integral e no conceito da Grande Saúde de Nietzsche. Foi realizada uma entrada no campo, e período de observação com a construção de um caderno de campo, associado a entrevistas. Foi observado que as ações em saúde são fragmentadas, principalmente pela falta de vínculo entre o hospital e demais pontos da rede, além da não elaboração de um Projeto Terapêutico Singular para cada pessoa, o que faz o cuidado em saúde oferecido ser predominantemente tecnicista, e biomédico, e as decisões clínicas impositivas. O conceito de Grande Saúde problematiza esta visão do processo saúde-doença e por consequência a prática clínica dele decorrente. Os projetos terapêuticos singulares são um tipo de dispositivo que se forma além do processo normativo, e se incorporados nos processos de trabalho em saúde podem funcionar de modo a favorecer a subjetivação da prática médica permitindo a tomada de decisões que consideram o indivíduo em sua complexidade e rompendo a negação da existência em sua multiplicidade.


This article seeks to problematize the practice of clinical decision within a hospital. This is a descriptive ­ exploratory field research with a qualitative approach based on the Life History method, based on the theoretical framework of the Comprehensive Care Line and the concept of Nietzsche's Great Health. An entry was made in the field, and observation period with the construction of a field notebook, associated with interviews. It was observed that health actions are fragmented, mainly due to the lack of a link between the hospital and other points in the network, besides the lack of elaboration of a Singular Therapeutic Project for each person, which makes health care offered predominantly technicist, and biomedical, and clinical tax decisions. The concept of Great Health problematizes this view of the health­ disease process and, consequently, its clinical practice. The singular therapeutic projects are a type of device that is formed beyond the normative process, and if incorporated in the processes of work in health can work in favor of subjectivation of the medical practice allowing the decision making that considers the individual in its complexity and breaking the denial of existence in its multiplicity.

9.
Saúde debate ; 44(125): 516-526, Abr.-Jun. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1127462

RESUMO

RESUMO Este artigo pretende discutir a Atenção Básica, tomando como pressuposto a questão estrutural quanto ao seu escopo de atribuições. Isso tem sido tema de grande debate entre os formuladores de políticas, órgãos reguladores nacionais e internacionais, e constata-se que há uma tendência a considerar a Atenção Básica como um seguimento fundamental e estruturante da rede de serviços de saúde. Isso também significa superar a ideia já muito propagada de que a atenção primária tem foco em serviços de prevenção e promoção, com clínica básica, ofertando cesta reduzida de serviços, com objetivo de respon¬der a algumas necessidades de grupos populacionais de baixa renda, sem a devida integralidade do sistema, com acesso a todos os recursos necessários ao cuidado.


ABSTRACT This article aims at discussing Primary Care, based on the assumption of the structural question as to its scope of duties. This has been a topic of great debate among policy makers, national and international regulatory bodies, and there is a tendency to consider Primary Care as a fundamental and structuring follow-up of the health services network. This also means overcoming the already widespread idea that primary care focuses on prevention and promotion services, with basic clinic, offering a reduced package of services, with the aim of meeting some needs of low-income population groups, without proper completeness of the system, with access to all the resources necessary for care.

10.
Saúde Redes ; 5(2): 193-205, abr. - jun. 2019.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1116207

RESUMO

Este texto discute a crise migratória vivida em 2018 em Roraima, a partir do alto fluxo de migrantes procedentes da Venezuela. Inicia contextualizando o encontro "Cuidado Sem Fronteiras" realizado pela Rede Unida em Boa Vista-RR, em agosto daquele ano. O debate é feito a partir de três linhas de análise que combinam entre si. A primeira é uma rápida exposição das normas, em especial os tratados internacionais no âmbito da OEA que afirmam os direitos dos imigrantes; a segunda discute a forma híbrida dos que se deslocam, migrante e nômade, e analisa o processo de desterritorialização pelo qual passam, e a tensão proveniente da dificuldade de catalogação, classificação e controle do estado sobre os mesmos; a terceira vai analisar os dispositivos de governamentalidade que operam para o governo dos imigrantes. O texto inconclusivo serve para colocar em debate o movimento migratório atual, tentando entender as pessoas e o funcionamento dos mecanismos de governo diante deste fenômeno.


This text discusses the migratory crisis experienced in 2018 in Roraima, from the high flow of migrants from Venezuela. It begins by contextualizing the "Care Without Borders" meeting held by Rede Unida in Boa Vista- RR, in August of that year. The debate is based on three lines of analysis that combine. The first is a brief exposition of the norms, especially the international treaties within the OAS that affirm the rights of immigrants; the second speaks of the hybrid form of migrants and nomads, analyzes the process of deterritorialization through which they pass, and the tension arising from the difficulty of cataloging, classifying, and controlling the state over them; the third will analyze the mechanisms of governmentality that operate for the government of immigrants. The inconclusive text serves to debate the current migratory movement, trying to understand the people and mechanisms of government in the face of this phenomenon.

11.
Physis (Rio J.) ; 29(3): e290318, 2019.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1056948

RESUMO

Resumo Garantir cuidado integral à saúde de mulheres com câncer cérvico-uterino ainda é um desafio para a Saúde Coletiva, embora se evidencie o enraizamento de políticas, práticas e saberes na conformação de redes oncológicas de cuidado. Este estudo apostou na necessidade de mergulhar nas experimentações da micropolítica do cuidado para conhecer as nuances do fenômeno investigado. Ao fundamentar-se no aporte teórico-metodológico de Deleuze e Guattari, objetivou-se cartografar linhas de composição da produção de cuidado oncológico, na cidade de São Luís-MA, tendo como dispositivo a rede da usuária-guia Luiza. Investigaram-se 28 participantes através de entrevistas em profundidade e rodas de conversas. Como resultado, desenhou-se uma rede vulnerável, fragmentada e centralizada no cuidado biomédico, tendo um hospital que acolhe demandas da doença e uma atenção primária que abandona prevenção e promoção de saúde. Destaca-se a importância de conhecer a mulher com câncer atrelada à comunidade, à religiosidade e aos vínculos familiares. Ter câncer mudou a vida de Luiza e demandou conexões para além do biomédico. Essa cartografia convoca à percepção dos gargalos existentes na produção de redes oncológicas, convidando a quebrar muros tecnoassistenciais e criar enfrentamentos centrados na promoção de saúde e qualidade de vida.


Abstract Ensuring comprehensive health care for women with cervical-uterine cancer remains a challenge for public health, although evidence of the established policies, practices and knowledge in shaping of cancer care networks. This study focused on the need to deepen in the micropolitics of care experiments to know the nuances of the investigated phenomenon. Based on the theoretical and methodological approach of Deleuze and Guattari, it aimed to map the composition lines of cancer care production in the city of São Luis-MA, Brazil, using the network of the guide-user Luiza as a device. Twenty-eight participants were investigated through in-depth interviews and conversation groups. As a result, a vulnerable, fragmented, centralized network of biomedical care was designed, with a hospital that welcomes demands of the disease, and primary care that abandons prevention and health promotion. The importance of knowing women with cancer linked to the community, religiosity and family ties is highlighted. Having cancer changed Luiza's life and required connections beyond the biomedical sphere. This cartography calls for the perception of narrowing in the production of cancer care networks, inviting the breaking of techno-assistance walls and creating confrontations focused on health promotion and quality of life.


Assuntos
Humanos , Feminino , Neoplasias do Colo do Útero/prevenção & controle , Neoplasias do Colo do Útero/terapia , Processo Saúde-Doença , Saúde da Mulher , Política de Saúde , Vulnerabilidade em Saúde , Atenção Primária à Saúde , Saúde Pública , Serviço Hospitalar de Oncologia , Cuidadores , Assistência Integral à Saúde , Pesquisa Qualitativa , Narrativa Pessoal , Integralidade em Saúde
12.
Saúde debate ; 43(spe6): 93-103, 2019.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1127394

RESUMO

RESUMO Este ensaio procura discutir o processo de decisão clínica e o cuidado em saúde, a partir do reconhecimento de que o organismo humano é habitado por um corpo afetivo e por um corpo anátomo-clínico. O processo terapêutico requer que essas duas dimensões sejam contempladas para o cuidado em saúde. O cuidado não se faz apenas sobre a disfunção ou lesão dos órgãos, ele deve contemplar toda a existência de uma pessoa, porque ela é um ser complexo, que, além do seu problema de saúde mais objetivamente identificado, traz sua história de vida, recheada de expectativas, desejos, relações de afeto, familiares e sociais, produzidas em determinado meio. Os autores lançaram mão da cartografia, ou seja, um olhar com base nos processos e diversos fatores que produziram as questões que estão no foco de análise. O pressuposto é que o usuário deve ser o protagonista do seu projeto terapêutico. São estas questões que estão sendo debatidas no texto que conclui pela necessidade de considerá-las em um movimento de renovação dos saberes e práticas clínicas para uma abordagem mais integral do corpo e do cuidado em saúde.


ABSTRACT This essay discusses the clinical decision-making process and health care, based on the recognition that the human organism is inhabited by an affective body and by an anatomo-clinical body. The therapeutic process requires that these two dimensions be contemplated for health care. The care is not only about organ dysfunction or injury, it must contemplate the whole existence of a person, because he/she is a complex being, who, in addition to his/her most objectively identified health problem, brings his/her life story, filled with expectations, desires, relationships of affection, family and social, produced in a given environment. The authors used cartography, that is, a look based on processes and various factors that produced the issues that are the focus of analysis. The assumption is that the user must be the protagonist of their therapeutic project. It is these issues that are being debated in the text that concludes the need to consider them in a movement of renewal of knowledge and clinical practices for a more comprehensive approach to body and health care.

13.
Saúde Redes ; 4(supl. 1): 85-98, 20180000.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1050622

RESUMO

Este artigo se propõe denunciar o recolhimento compulsório de bebês, como dispositivo da governamentalidade atual e propõe a resistência a partir de dois conceitos: "Fobia de Estado" e "Governamentalidade Reversa" de Foucault, que são discutidos ao longo do texto. A partir de recomendações do Ministério Público de Minas Gerais e decisões do Juizado da Infância e Juventude em Belo Horizonte, a partir de 2014, a rede de maternidades do SUS vem informando ao sistema judiciário, a frequência de gestantes que usam ou usaram drogas. Diante de tal informação têm sido expedidas ordens de recolhimento compulsório dos bebês filhos destas mulheres que são abrigados em instituições públicas para posterior adoção. Se organizou uma resistência a estas ações, que retomam o tema do direito das mulheres a terem um tratamento digno, constituírem família com seus filhos e acesso a cuidados da rede pública de saúde, assim como o direito garantido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente aos bebês, para que convivam com suas mães e famílias. O artigo discute esta resistência a partir do conceito de "Fobia de Estado" que, segundo Foucault, significa um "Antiestatismo", uma forma de resistir à grandeza que o Estado tem assumido para o exercício do biopoder. Ao final expõe-se o conceito de "governamentalidade reversa", a qual organiza novos dispositivos ligados à ideia de governo de si, insubmissão e rebeldia aos modos disciplinares do Estado. Significa a resistência a esta governamentalidade que produz sofrimento, dor e tristeza, como o caso do recolhimento compulsório de bebês.(AU)


This article proposes to denounce the compulsory collection of babies, as a device of current governmentality, and proposes resistance from two concepts: Foucault's "State Phobia" and "Reverse Governmentality", which are discussed throughout the ceiling. Based on recommendations from the Minas Gerais Public Prosecutor's Office and decisions of the Juvenile and Youth Court in Belo Horizonte, from 2014 the network of maternity hospitals of the SUS has informed the judicial system about the frequency of pregnant women using or using drugs. Faced with such information, orders have been issued for the compulsory collection of the children of these women, who are housed in public institutions for later adoption. A resistance to these actions has been organized, retaking the issue of women's rights and having a dignified treatment, constituting a family with their children, and access to public health care, as well as the law guaranteed by the Child and Adolescent Statute to the babies, so that they live with their mothers and families. The article discusses this resistance from the concept of "State phobia" that according to Foucault means "anti-static", a way of resisting the greatness that the state has assumed for the exercise of biopower. At the end, the concept of "reverse governmentality" is exposed, which organizes new devices linked to the idea of self- government, insubmit and rebellion to the disciplinary modes of the State. It means resistance to this governmentality that produces suffering, pain and sadness, as the case of compulsory recollection of babies.(AU)

14.
Interface (Botucatu, Online) ; 22(66): 757-767, jul.-set. 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-954315

RESUMO

O estudo analisou o protagonismo do cuidado nas redes de saúde junto dos trabalhadores em uma capital do nordeste brasileiro, por meio dos entrelaces da Rede Cegonha, da Rede de Atenção Psicossocial e das Redes Vivas. Trata-se de uma pesquisa qualitativa e cartográfica sobre a experiência de uma gestante que utilizava drogas, abrangendo a participação de trabalhadores de saúde do território estudado, envolvidos no processo de cuidado. Os instrumentos e as técnicas de análises utilizados neste trabalho foram: oficinas, entrevista em profundidade, diário de campo, observação e fluxograma analisador. Dos resultados alcançados emergiram a fragilidade das redes formais para o cuidado integral dos seus usuários e a potência das redes vivas como espaços eficientes de cuidado. O estudo apresenta uma nova perspectiva de pensar as redes, os seus acessos e os seus fluxos.(AU)


El estudio analizó el protagonismo del cuidado en las redes de salud con los trabajadores en una capital del nordeste brasileño, por medio de dos entrelazamientos de la Red Cigüeña, de la Red de Atención Psicosocial y de las Redes Vivas. Se trata de una encuesta cualitativa y cartográfica sobre la experiencia de una embarazada que utilizaba drogas, incluyendo la participación de trabajadores de salud del territorio estudiado, envueltos en el proceso de cuidado. Los instrumentos y técnicas de análisis utilizados en este trabajo fueron: talleres, entrevista en profundidad, diario de campo, observación y diagrama de flujo analizados. Entre los resultados alcanzados, surgieron la fragilidad de las redes formales para el cuidado integral de sus usuarios y la potencia de las redes vivas como espacios eficientes de cuidado. El estudio presenta una nueva perspectiva para pensar las redes, sus accesos y sus flujos.(AU)


The present study analyzed the protagonist role of health workers in healthcare systems in a capital city of Northeastern Brazil, through the coordinated work of the Rede Cegonha ("Stork Network"), Psychosocial Care Networks, and Redes Vivas ("Living Networks"). This was a qualitative and cartographic study about the experience of a pregnant woman who used drugs, and the participation of health workers in the studied territory, who were involved in her care process. Data collection and analysis was carried out using workshops, in-depth interviews, field diary, observation, and flow charts. The results showed the frailty of formal networks in providing comprehensive care to its users and the power of living networks as efficient spaces of care. The study presents a new perspective for thinking networks, and their access points and work flow.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Adulto , Cocaína Crack , Atenção à Saúde , Serviços de Saúde Materno-Infantil , Usuários de Drogas
15.
Saúde Redes ; 4(3): 5-8, jul. - set. 2018.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1009970
16.
Interface (Botucatu, Online) ; 22(64): 29-41, jan.-mar. 2018. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-893451

RESUMO

A garantia da atenção integral ao usuário masculino tem se mostrado um grande desafio no contexto da Saúde Coletiva. Pretendeu-se cartografar o macho a fim de trazer aportes sobre a produção do cuidado ao usuário masculino e, com isso, pôr em análise o serviço formal de saúde. Fundamentou-se em Deleuze, Guattari, Foucault e Rolnik para se pensar cartografia, discursividade e subjetivação. Utiliza-se o dispositivo do usuário-guia para cartografar as redes percorridas formais e informais e se desvelar os processos relacionados a modos de subjetivação masculina. A partir disso, afirma-se a importância da potência do corpo na produção do cuidado nas redes vivas, a compreensão da multiplicidade (n-1) materializada na individualidade do cuidado na potência do afeto e a necessidade de reinvenção da clínica, bem como a urgência do aprofundamento das discussões sobre gênero e sexualidade em Saúde Coletiva.(AU)


La garantía de la atención integral para el usuario masculino ha demostrado ser un gran desafío en el contexto de la Salud Colectiva. Se pretendió hacer la cartografía del macho para proporcionar contribuciones sobre la producción del cuidado al usuario masculino y, de esa forma, analizar el servicio formal de salud. Se utilizaron como fundamento Deleuze, Guattari, Foucault y Rolnik para pensar la cartografía, la discursividad y la subjetivación. Se utiliza el dispositivo del usuario-guía para cartografiar las redes recorridas formales e informales y para revelar los procesos relacionados a modos de subjetivación masculina. A partir de eso, se afirma la importancia de la potencia del cuerpo en la producción del cuidado en las redes vivas, la comprensión de la multiplicidad (n-1) materializada en la individualidad del cuidado de la potencia del afecto y la necesidad de reinvención de la clínica, así como la urgencia de la profundización de las discusiones sobre género y sexualidad en Salud Colectiva.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Gênero e Saúde , Saúde do Homem , Saúde Pública
17.
Physis (Rio J.) ; 28(4): e280423, 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-984791

RESUMO

Resumo Este artigo discute o trabalho do agente comunitário de saúde (ACS) com foco nos problemas éticos enfrentados no cotidiano do trabalho e cuidado, espaço de cuidado e as diretrizes disciplinares sobre sua atividade. A metodologia é de origem qualitativa com utilização da cartografia associada a instrumentos da etnografia (observação participante, caderno de campo e entrevista semiestruturada). O ACS tem sido considerado um trabalhador diferenciado por pertencer à comunidade e à instituição de saúde. Tal característica pode trazer um potencial para a produção de projetos terapêuticos singulares e apontam também para a existência de conflitos na relação trabalhador-usuário e para o exercício de poder e de novas formas de controle. Trabalho e espaços de convivência comunitária não encontram limites precisos. As narrativas dos ACS mostram sua visão a respeito dos usuários, o sentido de vínculo, demonstrando sentimento de solidariedade e compaixão, o que corrobora a proposta da ética do cuidar baseada na responsabilidade pela conexão humana. Há fragilidades na formação do ACS para lidar com as questões de cuidado em saúde. Ser da comunidade interfere na sua própria privacidade e na intervenção excessiva na vida das pessoas, reproduzindo atitude de controle dos corpos.


Abstract This article discusses the work of community health agents (ACS) focusing on the ethical problems in their daily work and care, the space of care and the disciplinary guidelines in their activities. In the scenario of changing care model, ACS have increasingly been considered differentiated workers as they belong to the community and to the health institution. These characteristics can bring a differential and potential for the production of unique therapeutic projects at the same time, which point to the existence of conflicts in the worker-user relationship and to the exercise of power and new forms of control in the primary care setting. Work and community spaces do not find precise limits. The ACS narratives show their viewpoint about users, the weaknesses in their formation, still based on actions that make them the sanitary police. There is professional hierarchy in the health team, the interviewees' statements showed the idea they have about the bond with users, which shows the feeling of solidarity and compassion, corroborating with the proposal of the ethics of caring based on responsibility for the human connection. Being from the community interferes with one's privacy and excessive intervention in people's lives, reproducing biopower attitudes in the control of bodies.


Assuntos
Humanos , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Relações Médico-Paciente , Atenção Primária à Saúde , Bioética , Brasil , Saúde Pública , Cuidadores , Agentes Comunitários de Saúde/ética , Confidencialidade , Estratégia Saúde da Família , Pesquisa Qualitativa , Ética
18.
Saúde Redes ; 3(1): 63-69, jan. - mar. 2017.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1053521

RESUMO

Este artigo interessa-se em problematizar a noção de saúde em relação a seus significados em referência ao conceito de grande saúde de Nietzsche. A partir de um percurso etimológico procuramos desnaturalizar esse termo que atravessa nosso cotidiano enquanto profissionais, acadêmicos e usuários de serviços assistenciais, a fim de colocar em evidência a que se liga a noção de saúde em seu plano de significação. Propomos a grande saúde como instrumento capaz de interpelar as noções de saúde de forma que se deem a ver as conexões que estas estabelecem com o sistema de valores no qual investimos. A oferta nietzschiana emerge, portanto, como fio tensionador do discurso científico hegemônico sobre saúde ao propor inventar passageiros valores e saúdes possibilitando a experimentação de outros modos de estar no mundo.(AU)


The discussion of health notion plays an essential role in this article. From an etymologic tour, we aim to denaturalize this notion which passes through our daily life as professionals, academics, scientists, politicians and users of the health care services, in order to highlight to what connects the notion of health in its field of signification. Inspired by the Friedrich Nietzsche's concept of great health, we propose to question the health notions so that emerge the connections they established with the value system in which we invest. It is the possibility of thinking the intertwined weft between ideal of man and health definition in the care field. The Nietzschean offer appears, therefore, as a wire tensioning the scientific hegemonic discourse on health by proposing to invent passengers values and healths, enabling experimentation of others ways of being in the world. (AU)


La problematización del concepto de salud tiene un papel central en este artículo. Desde un paseo etimológico buscamos descontruir este concepto que cruza nuestra vida cotidiana mientras profesionales, académicos, científicos, políticos y usuarios de los servicios de salud con el fin de poner en evidencia a que se conecta la noción de salud en su plan de significación. Inspirados por el concepto de gran salud de Friedrich Nietzsche, proponemos cuestionar las nociones de salud para pensar la trama entrelazada entre el ideal de hombre y la definición de salud en el plan decuidado. La oferta de Nietzsche, por lo tanto, surge como un tensor del discurso científico hegemónico en la salud, al proponer inventar pasajeros valores y saludes permitiendo la experimentación de otros modos de estar en el mundo. (AU)

19.
Saúde debate ; 41(112): 155-170, Jan.-Mar. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-846171

RESUMO

RESUMO Estudo de casos a fim de identificar estratégias para a atuação do Núcleo de Apoio à Saúde da Família, verificando seu processo de reestruturação produtiva, bem como seus desafios. Utilizaram-se as técnicas de análise documental, observação direta e entrevistas. Os resultados apontam que apoio da gestão, planejamento integrado, comunicação ágil, cogestão, reflexão sobre a prática, qualificação dos profissionais e infraestrutura adequada viabilizam a atuação compartilhada entre profissionais. Persistem desafios, como a inadequada formação para a prática do apoio matricial, no entanto, foi identificado um processo de reestruturação produtiva com potencialidade para ampliar ações e qualificar o cuidado em saúde.


ABSTRACT Case studies to identify strategies for the Family Health Support Center, verifying its process of productive restructuring, as well as its challenges. Techniques of documentary analysis, direct observation and interviews were used. The results show that the support of management, integrated planning, agile communication, co-management, reflection on practice, qualification of professionals and adequate infrastructure enable the shared performance between professionals. Challenges remain such as inadequate formation for the practice of matrix support, however, a productive restructuring process with the potential to expand actions and qualify the health care was identified.

20.
Saúde Soc ; 25(4)out.-dez. 2016.
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-831967

RESUMO

Este artigo discute os limites e as potencialidades da gestão do trabalho na Estratégia Saúde da Família, a partir do discurso dos gestores formais, ocupantes de cargos de autodireção na gestão municipal da saúde. Trata-se de um estudo do tipo descritivo, exploratório, com abordagem qualitativa. Foram entrevistados 72 gestores, por meio de entrevista semiestruturada com base em um roteiro guia, em 36 municípios. A análise dos dados foi fundamentada no método de análise do discurso. Os resultados apontam limites à constituição da gestão do trabalho nos municípios, com destaque para a interferência política, baixa provisão de profissionais médicos, inoperância das redes de atenção à saúde e o controle financeiro e orçamentário no bojo da macropolítica. Dentre as potencialidades, são citados o vínculo trabalhador-usuário, a gestão compartilhada, o controle de metas e resultados e o Programa Mais Médicos. Nesse sentido, o maior desafio na ativação da potência para a ação do trabalhador consiste na inovação por meio de novos modos de produzir a gestão do trabalho, com base na cogestão com espaços dialógicos de tomada de decisão que tenham a potência de disparar novas formas de vida no gestor e no trabalhador, através da democratização da tomada de decisão.(AU)


This article discusses the limits and potentialities in the management of labor in the Family Healthcare Strategy, starting on the discourse for the formal managers, officers in self-direction positions at the Municipal Healthcare Management. This is a descriptive, exploratory study with a qualitative approach. Seventy two managers, in 36 Municipalities, were interviewed using a semi-structured survey based on a guiding script. The data analysis was founded on the Discourse Analysis Method. The results pointed to the limits of the constitution of labor management in the municipalities, highlighting political interference, low provision of medical professionals, healthcare attention grids that are inoperative, and the financial and budgetary control in the center of macropolitics. Out of the potentialities mentioned, the bond between worker and client, the shared-management, the control of goals and results, and the More Physicians (Mais Médicos) Program were cited. In this sense, the greatest challenge in the activation of power to the worker's action is innovation through new ways of producing the management of the work, based on co-management with dialogical spaces of decision-making that have the power to trigger new forms of life in the manager and the employee, through the democratization of decision-making.(AU)


Assuntos
Saúde da Família , Estratégia Saúde da Família , Gestor de Saúde , Pessoal de Saúde , Administração de Serviços de Saúde/tendências , Programas Nacionais de Saúde/normas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...