Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 17 de 17
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
São Paulo; s.n; 2018. 78 p. figuras, tabelas.
Tese em Português | LILACS, Inca | ID: biblio-1099800

RESUMO

Introdução: A identificação de receptores da família ERBB no câncer de vulva são pouco estudados e pode contribuir para o melhor conhecimento da doença e possível desenvolvimento de novas estratégias de tratamento. Objetivos: 1. Avaliar a expressão imunoistoquímica e o papel prognóstico dos receptores da família ERBB no carcinoma epidermóide da vulva com metástase em linfonodos; 2. Correlacionar a expressão imunoistoquímica dos receptores da família ERBB com variáveis clínico-patológicas. Pacientes e métodos: Análise retrospectiva de 110 pacientes com carcinoma epidermóide da vulva com metástase inguinal tratadas no A.C.Camargo Cancer Center, entre janeiro de 1980 e fevereiro de 2010. Foram analisadas características clínicas, patológicas e de seguimento. A avaliação da expressão imunoistoquímica dos receptores da família ERBB foi realizada no tumor primário e nos linfonodos metastáticos. Resultados: Com relação às expressões imunoistoquímicas dos marcadores estudados nos tumores primários houve expressão de EGFR, HER2, HER3 e HER4 em 28,8% 2,8%, 3% e 76,8% dos casos, respectivamente. Em relação às expressões imunoistoquímicas de EGFR e HER4 nos linfonodos inguinais metastáticos, foi positiva em 48,1% e 69,6% dos casos, respectivamente. Não houve expressão imunoistoquímica de HER2 e HER3 nos linfonodos inguinais metastáticos. Não foram encontradas relações entre as expressões imunoistoquímicas de EGFR, HER-2, HER-3 e HER-4 entre os tumores primários e as metástases linfonodais. A expressão imunoistoquímica de HER-4 foi mais frequente em tumores <4cm (95%). Não houve relação estatisticamente significativa entre as expressões de EGFR, HER2 e HER3 e as variáveis anatomopatológicas. Conclusões: Houve expressão de EGFR, HER2, HER3 e HER4 nos tumores primários. A expressão imunoistoquímica de HER4 foi mais frequente em tumores <4cm . A expressão imunoistoquímica de receptores da família ERBB não teve impacto em sobrevida (AU)


Introduction: The identification of ERBB receptors in vulvar cancer is poorly studied and may contribute to a better knowledge of the disease and possible development of new treatment strategies. Objectives: 1. To evaluate the immunohistochemical expression and the prognostic role of ERBB family receptors in squamous cell carcinoma of the vulva with lymph node metastasis; 2. Correlate the immunohistochemical expression of the ERBB family of receptors with clinical-pathological variables. Patients and methods: Retrospective analysis of 110 patients with squamous cell carcinoma of the vulva with inguinal metastasis treated at the A.C.Camargo Cancer Center between January 1980 and February 2010. Clinical, pathological and follow-up characteristics were analyzed. The evaluation of the immunohistochemical expression of ERBB family receptors was performed on the primary tumor and metastatic lymph nodes. Results: Regarding the immunohistochemical expressions of the markers studied in the primary tumors, EGFR, HER2, HER3 and HER4 were expressed in 28.8%, 2.8%, 3% and 76.8% of the cases, respectively. Regarding the immunohistochemical expression of EGFR and HER4 in the metastatic inguinal lymph nodes, it was positive in 48.1% and 69.6% of the cases, respectively. There was no immunohistochemical expression of HER2 and HER3 in metastatic inguinal lymph nodes. No relationships were found between the immunohistochemical expressions of EGFR, HER-2, HER-3 and HER-4 between primary tumors and lymph node metastases. The immunohistochemical expression of HER-4 was more frequent in tumors <4cm (95%). There was no statistically significant relationship between EGFR, HER2 and HER3 expression and anatomopathological variables. Conclusions: There was expression of EGFR, HER2, HER3 and HER4 in primary tumors. The immunohistochemical expression of HER4 was more frequent in tumors 4cm. The immunohistochemical expression of ERBB family receptors had no impact on survival (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Neoplasias Vulvares , Imuno-Histoquímica , Carcinoma de Células Escamosas , Receptores ErbB , Linfonodos , Metástase Neoplásica , Estudos Retrospectivos
2.
Rev. bras. ortop ; 47(1): 118-123, jan.-fev. 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-624815

RESUMO

As cirurgias radicais para tratamento dos tumores da cintura pélvica e escapular (hemipelvectomias e desarticulações interescapulotorácicas) constituem-se, em geral, em procedimentos extensos com grandes áreas de perda de substância local após ressecção do tumor. A utilização do retalho que inclui toda a musculatura anterior e posterior da coxa após dissecção do fêmur, pediculado pelos vasos femorais superficiais, foi descrita apenas uma vez na literatura. O retalho similar utilizando toda a musculatura anterior e posterior do braço após dissecção do úmero, pediculado pelos vasos subclávios para reconstrução após desarticulação interescapulotorácica, não apresenta relatos. Descrevemos dois casos - um de hemipelvectomia e outro de desarticulação interescapulotorácica - utilizando estes dois retalhos para fechamento do defeito.


Radical surgeries for treatment of scapular and pelvic girdle tumors (hemipelvectomy and interscapulothoracic amputation) are generally extended procedures, with large areas of local tissue loss after tumor resection. The use of a flap that includes all the anterior and posterior thigh musculature after femur dissection, pedicled in the superficial femoral vessels, has been described was only once in the medical literature, and there have been no reports on a similar flap using the whole anterior and posterior musculature of the arm after humerus dissection, pedicled in the subclavian vessels, for reconstruction after interscapulothoracic amputation. Here, we describe two cases - one hemipelvectomy and one interscapulothoracicl amputation - using these two the flaps to close the defect.


Assuntos
Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Neoplasias Ósseas , Desarticulação , Hemipelvectomia , Neoplasias Pélvicas , Escápula , Retalhos Cirúrgicos
3.
An Bras Dermatol ; 86(5): 991-4, 2011.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-22147041

RESUMO

The trichilemmal carcinoma is a rare tumor that usually occurs on sun-exposed skin, especially on the face, scalp, neck and back of hands, mainly in elderly subjects but commonly between the 4th and 9th decades of life. It is not a gender-based illness. This study shows a difficult to treat case of recurrent trichilemmal carcinoma on the same location of a basal-cell carcinoma previously treated with surgery and radiotherapy.


Assuntos
Carcinoma Basocelular/patologia , Recidiva Local de Neoplasia/patologia , Neoplasias Cutâneas/patologia , Adulto , Carcinoma Basocelular/terapia , Humanos , Masculino , Recidiva Local de Neoplasia/terapia , Neoplasias Cutâneas/terapia
4.
An. bras. dermatol ; 86(5): 991-994, set.-out. 2011. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-607469

RESUMO

O carcinoma triquilemal é um tumor raro, que ocorre, geralmente, na pele exposta ao sol, principalmente face, couro cabeludo, pescoço e dorso das mãos, em indivíduos idosos, entre a 4ª e 9ª décadas de vida, sem predilação por sexo. O presente estudo mostra um caso de carcinoma triquilemal, recidivado, de difícil tratamento, em mesma topografia de um carcinoma basocelular tratado previamente com cirurgia e radioterapia.


The trichilemmal carcinoma is a rare tumor that usually occurs on sun-exposed skin, especially on the face, scalp, neck and back of hands, mainly in elderly subjects but commonly between the 4th and 9th decades of life. It is not a gender-based illness. This study shows a difficult to treat case of recurrent trichilemmal carcinoma on the same location of a basal-cell carcinoma previously treated with surgery and radiotherapy.


Assuntos
Adulto , Humanos , Masculino , Carcinoma Basocelular/patologia , Recidiva Local de Neoplasia/patologia , Neoplasias Cutâneas/patologia , Carcinoma Basocelular/terapia , Recidiva Local de Neoplasia/terapia , Neoplasias Cutâneas/terapia
5.
GED gastroenterol. endosc. dig ; 30(1): 7-12, jan.-mar. 2011. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-639271

RESUMO

Introdução: os tumores neuroendócrinos do jejuno e íleo representam 23-28% de todos os tumores endócrinos gastrointestinais. A taxa de incidência varia de 0,28 a 0,8 por 100.000 habitantes. Objetivos: revisar o tema e a experiência do INCA, culminando com definição de rotina de serviço. Material e Métodos: procedemos ao estudo retrospectivo dos casos de tumores neuroendócrinos de intestino delgado tratados no Serviço de Cirurgia Abdomino-pélvica do Instituto Nacional de Câncer (INCA) no período de 1996 a 2008, além de revisão bibliográfica. Resultados: relatamos os dados dos 7 casos tratados. Conclusão: concluímos serem os fluxogramas da ENETS (European Neuroendrocrine Tumor Society) válidos e expomos o fluxograma de conduta para estes tumores adotados no INCA.


Introduction: neuroendocrine tumors of the jejunum and ileum account for 23-28% of all gastrointestinal endocrine tumors. The incidence rate varies from 0.28 to 0.8 per 100,000 inhabitants. Objective: to review the theme and the experience of INCA cumino with definition of a routine service. Methods: we conducted the retrospective study of cases of neuroendocrine tumors of the small intestine treated at the Department of Surgery abdomino-pelvic National Cancer Institute (INCA) in the period 1996 to 2008, plus bibliographic review. Results: report the data of 7 cases treated. Conclusion: they are the flowcharts of ENETS valid and expose the flowchart of conduct adopted for these tumors in the INCA.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Institutos de Câncer , Tumores Neuroendócrinos , Neoplasias do Íleo , Neoplasias Intestinais , Intestino Delgado , Neoplasias do Jejuno , Estudos Retrospectivos
6.
Rev Bras Ortop ; 46(4): 424-30, 2011.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-27027033

RESUMO

UNLABELLED: To present the results obtained from surgical treatment of patients with vertebral metastases, comparing them with the modified Tokuhashi score in order to validate the applicability of this score for prognostic predictions and for choosing surgical treatments. METHODS: This was a retrospective study on 157 patients treated surgically for spinal metastasis in Erastus Gaertner Hospital in Curitiba. The Tokuhashi score was applied retrospectively to all the patients. The patients' actual survival time was compared with the expected survival time using the Tokuhashi score. RESULTS: There were 82 females and 75 males. The most frequent location of the primary tumor was the breast. The thoracic region was involved in 66.2%, lumbar region in 65.6%, cervical region in 15.9% and sacral region in 12.7%. All the patients underwent surgical treatment. The most frequent indication for treatment was intractable pain (89.2%). There was partial or complete improvement in a majority of the cases (52.2%). Out of 157 cases studied, 86.6% died. The maximum survival time was 13.6 years, the minimum was 3 days and the mean was 13.2 months. The following frequencies of Tokuhashi scores were found among the operated cases: up to 8 points, 111 cases; 9-11 points, 43 cases; and 12-15 points, three cases. The mean survival time in months for all 157 patients according to the Tokuhashi score was: 0-8 points, 15.4 months; 9-11 points, 11.4 months; and 12-15 points, 12 months. CONCLUSION: Unlike the nonsurgical approach recommended by Tokuhashi for patients with lower scores, this group in our study was sent for surgery, with better results than those of non-operated patients reported by Tokuhashi.

7.
Rev. bras. ortop ; 46(4): 424-430, 2011. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-602350

RESUMO

OBJETIVO: Apresentar os resultados obtidos no tratamento dos pacientes com metástases vertebrais, tratados cirurgicamente, comparando-os com o escore de Tokuhashi modificado, a fim de validar a aplicabilidade deste escore na predição prognóstica e na escolha terapêutica cirúrgica. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 157 pacientes tratados cirurgicamente por metástase vertebral no Hospital Erasto Gaertner em Curitiba. O escore de Tokuhashi foi aplicado, retrospectivamente, em todos os pacientes. O tempo de sobrevida real dos pacientes foi comparado com o tempo de sobrevida esperado pelo escore de Tokuhashi. RESULTADOS: Foram estudados 82 pacientes do sexo feminino e 75 do masculino. O local do tumor primário mais frequente foi a mama. A região torácica foi acometida em 66,2 por cento, lombar em 65,6 por cento, cervical em 15,9 por cento e sacral em 12,7 por cento. Todos os pacientes foram submetidos ao tratamento cirúrgico. A indicação mais frequente do tratamento foi dor intratável (89,2 por cento). Houve melhora parcial ou total na maioria dos casos (52,2 por cento). Dos 157 casos estudados, 86,6 por cento evoluíram a óbito, sendo o tempo máximo de sobrevida de 13,6 anos, o mínimo de três dias e o médio de 13,2 meses. A pontuação dos casos operados segundo Tokuhashi apresentou a seguinte frequência: até 8 pontos, 111 casos; de 9 a 11 pontos, 43 casos e de 12 a 15 pontos, três casos. O tempo médio de sobrevida em meses para todos os 157 pacientes segundo o escore de Tokuhashi foi: de 0 a 8 pontos, 15,4 meses; de 9 a 11 pontos, 11,4 meses; e de 12 a 15 pontos, 12 meses. CONCLUSÃO: Diferente da conduta não cirúrgica preconizada por Tokuhashi para os pacientes de pontuação mais baixa, em nosso estudo, este mesmo grupo foi encaminhado à cirurgia com resultados melhores do que os pacientes não operados referidos por Tokuhashi.


OBJECTIVE: To present the results obtained from surgical treatment of patients with vertebral metastases, comparing them with the modified Tokuhashi score in order to validate the applicability of this score for prognostic predictions and for choosing surgical treatments. METHODS: This was a retrospective study on 157 patients treated surgically for spinal metastasis in Erastus Gaertner Hospital in Curitiba. The Tokuhashi score was applied retrospectively to all the patients. The patients' actual survival time was compared with the expected survival time using the Tokuhashi score. RESULTS: There were 82 females and 75 males. The most frequent location of the primary tumor was the breast. The thoracic region was involved in 66.2 percent, lumbar region in 65.6 percent, cervical region in 15.9 percent and sacral region in 12.7 percent. All the patients underwent surgical treatment. The most frequent indication for treatment was intractable pain (89.2 percent). There was partial or complete improvement in a majority of the cases (52.2 percent). Out of 157 cases studied, 86.6 percent died. The maximum survival time was 13.6 years, the minimum was 3 days and the mean was 13.2 months. The following frequencies of Tokuhashi scores were found among the operated cases: up to 8 points, 111 cases; 9-11 points, 43 cases; and 12-15 points, three cases. The mean survival time in months for all 157 patients according to the Tokuhashi score was: 0-8 points, 15.4 months; 9-11 points, 11.4 months; and 12-15 points, 12 months. CONCLUSION: Unlike the nonsurgical approach recommended by Tokuhashi for patients with lower scores, this group in our study was sent for surgery, with better results than those of non-operated patients reported by Tokuhashi.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso de 80 Anos ou mais , Coluna Vertebral/patologia , Metástase Neoplásica , Taxa de Sobrevida
8.
Rev. Col. Bras. Cir ; 37(2): 086-091, mar.-abr. 2010. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-550074

RESUMO

OBJETIVO: Quantificar as fístulas após cirurgia de câncer da cavidade oral e identificar fatores de risco. MÉTODOS: Estudo retrospectivo, interessando pacientes submetidos à cirurgia. Seguimento pós-operatório mínimo de dois anos. Variáveis estudadas: sexo, comorbidades, tabagismo, etilismo, risco anestésico e pulmonar, estadiamento clínico, linfadenectomia cervical, tratamento radioterápico, acidentes cirúrgicos, infecção ou deiscência de ferida operatória, seroma ou hematoma de sítio cirúrgico, infecção respiratória no pós-operatório, tipo de cirurgia e reconstrução realizadas. RESULTADOS: Estudados 159 pacientes. Ocorreu fístula orocutânea em 30,3 por cento (48 pacientes). Pacientes T3 tiveram fístula em 16 por cento dos casos, T4 em 40,3 por cento e naqueles estádio T1 ou T2, 26,6 por cento e 1,8 por cento respectivamente (p=0,0138). Os casos N+ evoluíram com fístula em 22.9 por cento (N2c com 42,8 por cento, p=0,0136), os com radioterapia pré-operatória em 63,6 por cento (p=0,0346). Aqueles com infecção de sítio cirúrgico em 47,3 por cento (p=0,0146) e aqueles com deiscência de ferida operatória em 53,7 por cento (p=0,0030). O índice de fístula foi de 60 por cento nos retalhos regionais mucocutâneos, de 39,2 por cento nos miocutâneos e de 12,5 por cento com retalho microcirúrgico (p=0,0286). CONCLUSÃO: O índice de fístulas foi de 30,3 por cento. Foram estatisticamente significativos para ocorrência de fístulas: estádio T, linfadenectomia cervical bilateral, radioterapia pré ou pós-operatória, infecção e deiscência de ferida operatória, e o uso de retalhos para reconstrução.


OBJECTIVE: To quantify the oral cutaneous fistulae after surgery and to identify possible risk factors. METHODS:A retrospective study, interesting patients that were submitted to surgery, with a two years minimum post-operative follow up. The considered variables were: sex, concomitant diseases, tabacco and alcohol use, the anesthesic and pulmonary risks, clinical stage, cervical linphadenectomy, pre or postoperative radiotherapy, accidents during the surgery, wound infection and or hematoma, pulmonary infection, surgery and reconstruction extension. RESULTS: In 159 patients, oral cutaneous fistulae occurred in 48 patients (30,3 percent): Patients stage T1 in 26,6 percent,T2 in 1,8 percent,T3 in 16 percent, and T4 in 40,3 percent (p=0,0138). The cases N+ developed fistulae in 22.9 percent, (N2c with 42,8 percent, (p=0,0136), those with preoperative radiotherapy in 63,6 percent (p=0,0346) Those with wound infection in 47,3 percent (p=0,0146), and those with wound deiscense in 53,7 percent (p=0,0030). The fistulae rate was of 60 percent in the regional mucocutaneous flaps reconstruction cases, 39,2 percent in the myocutaneous ones and 12,5 percent of microsurgery ones (p=0,0286). CONCLUSION: The general rate of oral cutaneous fistulae was 30,3 percent. The significant factors were: T stage, cervical linphadenectomy, pre or postoperative radiotherapy, wound infection and deiscense, and the use of flaps.


Assuntos
Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Fístula Cutânea/epidemiologia , Neoplasias Bucais/cirurgia , Fístula Bucal/epidemiologia , Estudos Retrospectivos , Fatores de Risco
9.
Rev Bras Ortop ; 45(4): 413-9, 2010.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-27022573

RESUMO

OBJECTIVE: To show the experience of the Erasto Gaertner Hospital with hemipelvectomy surgery over a 10-year period. METHODS: This was a retrospective study on 32 patients who underwent hemipelvectomy at Erasto Gaertner Hospital between 1998 and 2008, assessing clinical and surgical characteristics. RESULTS: Among the 32 patients, 15 were female and 17 were male. The mean age was 37.94 years. Eight cases showed involvement of the neurovascular bundle: three were located in the iliac and extended to the thigh, two were in the acetabulum and extended to the thigh and three were in the acetabulum and pubis. Twenty-three cases presented a neurovascular bundle free from neoplasia: 11 were restricted to the iliac, six were in the acetabular region, two were in the pubic ramus and four extended to the whole hemipelvis bone. One case involved the iliac-femoral vessels: one in the pubic ramus. Seven cases of chondrosarcoma and four cases of Ewing's sarcoma represented the majority. Eight cases underwent external hemipelvectomy and 24 underwent internal hemipelvectomy (11 were type I; four were type II; two were type II + III; three were type III and four were type IV). Of these 24 cases, 13 did not have any reconstruction, 10 had a fibular graft and one had an iliacfemoral vein and artery prosthesis. Twenty-six surgeries were curative and six were palliative. There were 14 deaths. Survival of two and five years was seen in 11 and 10 cases, respectively. For six cases, less than two years had passed since the operation. Three cases were lost during follow-up. CONCLUSION: This study shows the experiences of an oncology reference service specializing in highly complex surgical treatment.

10.
Rev. bras. ortop ; 45(4): 413-419, 2010. ilus, graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-560759

RESUMO

OBJETIVO: Mostrar a experiência do Hospital Erasto Gaertner com as cirurgias de hemipelvectomias em um período de 10 anos. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 32 pacientes submetidos à hemipelvectomia de 1998 a 2008, avaliando características clínico-cirúrgicas. RESULTADOS: Dos 32 pacientes, 15 eram do sexo feminino e 17 do masculino. A média de idade foi de 37,94 anos. Oito casos apresentavam comprometimento de feixe vasculonervoso: três localizavam-se em ilíaco com extensão para a coxa, dois em acetábulo com extensão para coxa e três em acetábulo e púbis. Vinte e três apresentavam o feixe vasculonervoso livre de neoplasia: 11 restritos ao ilíaco, seis em região acetabular, dois em ramo púbico, quatro com extensão a toda hemipelve óssea. Um apresentava comprometimento de vasos ilíacos-femorais: um em ramo púbico. Sete casos de condrossarcoma e quatro de sarcoma de Ewing, representaram a maioria. Oito foram submetidos à hemipelvectomia externa e 24 à hemipelvectomia interna (11 tipo I, quatro tipo II, dois tipo II + III, três tipo III e quatro tipo IV). Destes 24 casos, 13 sem reconstrução, 10 com enxerto de fíbula e um com prótese de veia e artéria ilíaco-femorais. Vinte e seis cirurgias foram curativas e seis paliativas. Houve 14 óbitos. Sobrevida de dois e cinco anos observada em 11 e 10 casos, respectivamente. Seis casos apresentam menos de dois anos de cirurgia. Em três casos houve perda de acompanhamento. CONCLUSÃO: Os dados mostram a experiência de um serviço de referência em oncologia, especializado no tratamento de cirurgias de alta complexidade.


OBJETIVE: To review the experience of the Erasto Gaertner Hospital with hemipelvectomies of surgeries over a period of 10 years. METHODS: A retrospective study of 32 patients who underwent hemipelvectomy in Erasto Gaertner Hospital from 1998 to 2008, assessing clinical and surgical characteristics. RESULTS: Of 32 patients, 15 were female and 17 male. The mean age was 37.94 years. Eight cases showed involvement of the neurovascular bundle: 3 were located in the iliac and extended to the thigh, 2 were in the acetabulum and extended to the thigh and 3 were in the acetabulum and pubis. One involved the iliac-femoral vessels: one in the pubic ramus. Seven cases of chondrosarcoma and 4 cases of Ewing's sarcoma represented the majority. Eight underwent external hemipelvectomy and 24 underwent internal hemipelvectomy (11 were type I; 4 were type II; 2 were type II + III; 3 were type III and 4 were type IV). Of these 24 cases, 13 were without reconstruction, 10 were with a fibular graft and 1 was with an iliac-femoral vein and artery prosthesis. Twenty-six surgeries were curative and 6 palliative. There were 14 deaths. Survival of 2 and 5 years were seen in 11 and 10 cases, respectively. Six cases have less than 2 years of surgery. Three cases were lost during follow-up. CONCLUSION: The study shows the experiences of an exemplary oncology service, specializing in highly complex surgical treatment.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Hemipelvectomia , Neoplasias Pélvicas , Pelve/fisiopatologia
11.
Rev. méd. Minas Gerais ; 19(1): 71-74, jan.-mar. 2009. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-546400

RESUMO

Tumor de corpo carotídeo, também conhecido com o paraganglioma ou quim odectoma, " uma neoplasia rara, geralm ente benigna, podendo apresentar, em alguns casos, com portamento maligno, ao manifestar invasão de estruturas adjacentes e comprometimento metastático regional e/ou sistêmico. O rigina-se dos pequenos órgãos quim iorreceptores localizados na adventícia da bifurcação da artéria carótida com um . Não há prevalência entre os sexos e podem ser vistos dos 12 aos 69 anos de idade. A suspeita clínica e o diagnóstico precoce são muito importantes, pois a ressecção de pequenos tumores diminui a morbimortalidade, o risco de malignidade e de complicaçes neurovasculares. Este trabalho mostra um caso de tumor de corpo carotídeo, cujo tratamento obteve resultados satisfatórios.


Assuntos
Humanos , Masculino , Idoso , Tumor do Corpo Carotídeo/diagnóstico , Diagnóstico Diferencial , Tumor do Corpo Carotídeo/cirurgia
12.
An. bras. dermatol ; 81(supl.3): S317-S319, set.-out. 2006. ilus
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-445082

RESUMO

Apresentam-se quatro pacientes com infecção pelo vírus da imunodeficiência humana em tratamento com inibidores de proteases há oito meses e três semanas em média. Ressaltam-se o acúmulo de gordura na região dorsocervical e fáscies de lua cheia, semelhante à que ocorre na síndrome de Cushing.


Four patients with Human Immunodeficiency Virus Infection in treatment with protease inhibitors for an average of 8 months and 3 weeks are reported. Fat accumulation in the cervical-dorsal region (buffalo hump) and moon face, similar to that of Cushing's Syndrome, are highlighted.

13.
Rev. bras. cancerol ; 50(4): 301-305, out.-dez. 2004. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-421330

RESUMO

A hemipelvectomia com reconstrução usando-se retalho miocutâneo ântero-medial da coxa, é indicada para o tratamento dos sarcomas da região glútea e da porção proximal posterior da coxa. O grande defeito cirúrgico é coberto pelo retalho miocutâneo do músculo quadríceps femoral. O resultado da hemipelvectomia com reconstruçãopor retalho miocutâneo anterior de coxa é excelente, exceto pela dor fantasma e sensação do membro persistenteem alguns pacientes. As considerações quanto à reabilitação e ao risco de dor e membro fantasma são similares aos associados aos outros tipos de hemipelvectomias. Em virtude da rápida cicatrização vista neste tipo de retalho, a adaptação de uma prótese, quando requerida, pode ser mais precoce. No presente trabalho apresentamos um caso em que foi realizado este tipo de cirurgia, procedendo-se à descrição da técnica cirúrgica utilizada.


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Hemipelvectomia , Neoplasias Pélvicas/cirurgia , Sarcoma Sinovial , Retalhos Cirúrgicos , Nádegas/patologia , Coxa da Perna
14.
Rev. bras. cancerol ; 50(2): 127-132, abr.-jun. 2004. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-471394

RESUMO

Para alguns pacientes com neoplasias em região de ombro e/ ou membro superior, a desarticulação interescapulotorácica (Cirurgia de Berger) ou a desarticulação escápulo-umeral, embora radicais, são o tratamento cirúrgico de escolha. No entanto, em casos selecionados, a escapulectomia ou a cirurgia de Tikhoff-Linberg (ressecção interescapulotorácica supra-umeral) pode ser uma alternativa. Neste trabalho, avaliamos 10 pacientes submetidos às diversas cirurgias em região de ombro e membro superior, de 2000 a 2003, nos hospitais ASCOMCER, Oncológico e Dr. João Felício, de Juiz de Fora (MG), procedendo à discussão sobre a modalidade cirúrgica aplicada a cada caso, a relação entre tipo histológico, localização do tumor e/ ou comprometimento de feixe vásculo-nervoso com a indicação de uma ou outra cirurgia, a recorrência local ou sistêmica relacionada à técnica cirúrgica, a utilização de terapias neoadjuvantes e adjuvantes à cirurgia, o tempo de acompanhamento clínico sem indício de recidiva e óbitos.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Desarticulação/métodos , Neoplasias Ósseas/cirurgia , Neoplasias Ósseas/diagnóstico , Neoplasias Ósseas/patologia , Ombro , Extremidade Superior , Idoso de 80 Anos ou mais , Escápula/cirurgia , Seguimentos , Úmero/cirurgia
15.
HU rev ; 30(2/3): 76-78, 2004.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-613168

RESUMO

Melanoma de mucosa da genitália feminina é neoplasia rara com prognóstico reservado. Somente nove séries com mais de 40 pacientes foram publicadoas nos últimos 30 anos. A raridade desses casos torna a avaliação de métodos de estadiamento, tratamento e estimativas de sobrevida difíceis de serem consensuados. A disseminação metastática é preferencialmente para os linfonos inguinais. Dessa forma, de acordo com muitos autores, a vulvectomia radical, devido à agressividade da doença, associada à linfadenectomia uni ou bilateral em todos os estágios de melanoma, é o tratamento de escolha. No entanto, outros autores defedem cirurgias menos radicais, não havendo consenso sobre a melhor opção terapêutica, já que trata-se de uma doença rara com prognóstico bastantereservado. Apresentamos um caso de melanoma vulvar tratado com vulvectomia radical e linfadenectomia inguinal liberal.


Assuntos
Humanos , Feminino , Melanoma , Neoplasias Vulvares , Neoplasias Vulvares/complicações , Vulva/cirurgia
16.
HU rev ; 30(2/3): 74-75, 2004.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-613169

RESUMO

Neoplasias malignas primárias da vagina são incomuns e representam cerca de 1% de todos os tumores malignos ginecológicos. A maioria dessas neoplasias são carcinomas, sendo que os sarcomas compreendem menos que 2% de todos os tumores malignos vaginais. Neste presente artigo, apresentamos e discutimos um caso de leiomiossarcoma primário de vagina em uma paciente de 40 anos.


Assuntos
Humanos , Feminino , Leiomiossarcoma , Neoplasias Vaginais , Leiomiossarcoma/diagnóstico , Neoplasias Vaginais/tratamento farmacológico
17.
HU rev ; 29(1/2): 426-430, jan.-ago. 2003. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-353943

RESUMO

A pesquisa apresentada avalia, através de um questionário e posteriores estudos estatísticos, o perfil psíquico do paciente com câncer ao tornar-se ciente da sua condiçäo referente ao perigo iminente de morte, representado pelo câncer. Várias questöes säo levantadas a respeito da qualidade, expectativa e esperança de vida, bem como aspectos relacionados ao medo da morte. Percebeu-se que a vontade de viver e o medo de morrer säo sentimentos que habitam a mesma esfera nas pessoas em geral, mas estäo mais próximos ainda em pessoas que têm, pela sua condiçäo física, a morte como uma realidade mais próxima, como é o caso dos pacientes com câncer. Mesmo sendo uma enfermidade que abala significativamente o corpo e a alma de forma täo negativa, há condiçäo de se investir na qualidade de vida do paciente portador de câncer, reabilitando-o para uma vida mais digna e humana.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Efeitos Psicossociais da Doença , Qualidade de Vida , Perfil de Impacto da Doença , Doente Terminal , Psicoterapia , Inquéritos e Questionários
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...