Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 7 de 7
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Braz Oral Res ; 33: e122, 2020.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-31939501

RESUMO

The distribution of harms to health varies spatially determined by the socioeconomic conditions of the environment. This research aimed to assess the spatial distribution of dental caries in 12-year-old children and their correlation with socioeconomic indicators in Brazilian states. The sample of this ecological study comprised all the 26 Brazilian states and the Federal District. Thematic and correlation maps were constructed in order to assess the spatial dependency, as well as the correlation between dental caries and socioeconomic factors. The results showed that the states with the worst DMFT indexes were located in the north and northeast, showing spatial autocorrelation. These regions also had the worst results for the following variables: poverty, illiteracy, education, and income. The bivariate analysis showed that household income and education level had negative spatial correlation with the DMFT index, while illiteracy and poverty rates showed positive correlation. Despite advances in the decline of DMFT index in recent years, there is still an inequity in the distribution of the caries disease.


Assuntos
Índice CPO , Cárie Dentária/epidemiologia , Disparidades nos Níveis de Saúde , Brasil/epidemiologia , Criança , Características da Família , Feminino , Geografia , Humanos , Masculino , Pobreza , Fatores Socioeconômicos
4.
Rev. bras. geriatr. gerontol. (Online) ; 21(4): 389-396, July-Aug. 2018. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-958931

RESUMO

Abstract Objective: to suggest a composite indicator that identifies the oral health condition of institutionalized elderly persons. Method: an observational and cross-sectional study was performed. A total of 315 elderly persons were investigated in long-stay care facilities for the elderly in the city of Natal, Rio Grande do Norte, Brazil. Such individuals underwent an epidemiological evaluation of their oral health conditions, based on the DMFT index, CPI and the PAL (periodontal attachment loss) index. Factor analysis was used to identify a relatively small number of common factors by principal component analysis. Results: five oral health variables were included in factor analysis, and using the Kaiser criterion, which considers the percentage of variance explained by the factors, a single factor which together explained 79.7% of the total variance of the variables included in the analysis model was selected. This factor was analyzed and interpreted according to the dimension to which it related, and was entitled the factor of Dental Functionality. Conclusion: this factor generated an objective indicator to characterize the oral health of the elderly in long-term care facilities for the elderly of Natal, Rio Grande do Norte, and represents a parameter for studies of the oral health outcomes of this elderly population. It also revealed a change in the dental profile of this population with more teeth present in the mouth and a reduction in edentulism. AU


Resumo Objetivo: sugerir um indicador composto que discrimine a condição de saúde bucal dos idosos institucionalizados. Método: o estudo se caracteriza por ser do tipo observacional e transversal. Foram investigados 315 idosos nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) da cidade do Natal, RN, Brasil. Esses idosos foram avaliados quanto às condições de saúde bucal, a partir dos índices CPO-d, CPI e PIP. Uma análise fatorial buscou identificar um número relativamente pequeno de fatores comuns, por meio da análise de componentes principais. Resultados: foram incluídas na análise fatorial cinco variáveis de saúde bucal e, a partir do critério de Kaiser que considera o percentual de variância explicado pelos fatores, foi selecionado um fator que, em conjunto, explicou 79,7% da variância total das variáveis incluídas no modelo de análise. Tal fator foi analisado e interpretado segundo a dimensão a qual se referia, denominando-se o fator de Funcionalidade Dentária. Conclusão: esse fator foi capaz de gerar um indicador objetivo que caracteriza a saúde bucal do idoso das ILPI de Natal, RN, servindo como parâmetro para estudos que tenham como desfecho a saúde bucal dessa população idosa, além de mostrar uma mudança no perfil dessa população com o aumento de dentes em boca e diminuição do edentulismo. AU


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Saúde Bucal , Saúde do Idoso , Indicadores Básicos de Saúde
5.
Rev. Ciênc. Plur ; 3(1): 63-80, 2017. tab, graf, map
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-848597

RESUMO

Objetivos: Propor variáveis estatísticas que resumam os fatores socioeconômicos com potencial efeito sobre a saúde dos idosos nos municípios do Rio Grande do Norte e identificar os locais de maior vulnerabilidade. Métodos: As variáveis deste estudo ecológico foram oriundas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA e Departamento de Informática do SUS - DATASUS, referentes ao ano 2000. Partiu-se de mais de 800 variáveis relacionadas à renda, educação, desenvolvimento humano, demografia e habitação, as quais foram submetidas a uma análise da plausibilidade teórica, da distribuição dos dados, da correlação, Análise Fatorial e à Análise Espacial exploratória. Resultados: A aplicabilidade da técnica foi comprovada pela matriz de correlações, determinante (0,001), matriz anti-imagem, teste de esfericidade de Bartlett (p<0,001) e Índice de Kaiser-Meyer-Olkin (KMO= 0,7). Formaram-se quatro componentes que explicaram 74,01% da variância do modelo, sendo eles: Melhores condições socioeconômicas, Maior dependência do Estado, Desigualdade e Menos emprego e saúde. A análise visual dos mapas demonstrou que tais componentes apresentam distintos padrões de distribuição espacial, no qual parte das microrregiões Borborema Potiguar, Angicos e Agreste Potiguar tiveram características mais desfavoráveis para todos os componentes. Conclusões: Além de facilitar a identificação dos pontos críticos, os componentes agregaram diversos dados em informações mais simples, facilitando o planejamento de políticas públicas e estudos relacionados aos determinantes da saúde dos idosos do Rio Grande do Norte (AU).


Objective: To propose statistical variables that resume the socioeconomic factors with potential effect on elderly health in the municipalities of Rio Grande do Norte and to identify the most vulnerable places. Methods: The variables of this ecological study were collected from the Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ­ IBGE, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA and Departamento de Informática do SUS - DATASUS, about the year 2000. We started with more than 800 variables related to income, education, human development, demography and housing. These variables were submitted to theoretical plausibility analysis, data distribution, correlation, Factorial Anlysis and Exploratory Spatial Analysis. Results: The applicability of the technique was confirmed by the correlation matrix, determinant (0,001), anti-image matrix, Bartlett's sphericity test and Kaiser-MeyerOlkin index (KMO= 0,7). Four components were formed, which explained 74,01% of the model variance, they are: Better socioeconomic conditions, Greater government dependence, Inequity and Less employment and health. The visual analysis of the maps showed that these components have different patterns of spatial distribution, in which part of Borborema Potiguar, Angicos and Agreste Potiguar microregions had more unfavorable characteristics for all the components. Conclusions: Besides facilitating the identification of critical points, the components gathered several data in simpler information, helping in the planning of public policies and studies related to determinants of elderly health in Rio Grande do Norte (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Brasil , Estudos Ecológicos , Saúde do Idoso , Fatores Socioeconômicos , Análise Espacial
6.
Rev. bras. geriatr. gerontol ; 19(6): 917-929, Nov.-Dec. 2016. ilus, tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-843819

RESUMO

Abstract Objective: To analyze the relationship between the oral health status and functional capacity in performing basic activities of daily living of a population of elderly persons. Method: A cross-sectional population-based study with 441 individuals aged 60 years or over both genders was performed in the municipality of Macaíba, Rio Grande do Norte. From intraoral epidemiological examination, the degree of caries attacks (CPO-D index), periodontal condition (CPI and PIP indexes), the use and need for dental prosthesis and the presence of oral lesions were evaluated. Independence in Activities of Daily Living was used to evaluate functional capacity. Socioeconomic and demographic characteristics were surveyed using a structured questionnaire. Results: Oral health variables were subjected to factor analysis, which resulted in four indicators. There was no association between these indicators and the functional capacity of the elderly. Gender, age, presence of caregiver, dominant area of residence, time of last visit to the dentist, type of care sought during such visit and self-perception regarding prosthesis replacement were significantly associated with oral health indicators. Conclusion: Given the non-identification of the effect of functional capacity on the oral health of the elderly, the time of measurement of the events investigated should be considered. It is suggested that dependency among the elderly occurs at different times from when the consequences of oral problems are observed, considering the cumulative effects of a previous history of invasive dental care. AU


Resumo Objetivo: Analisar a relação entre as condições de saúde bucal de uma população de idosos e a capacidade funcional na realização das atividades básicas da vida diária. Método: Foi realizado um estudo seccional de base populacional, com 441 indivíduos com 60 anos de idade ou mais de ambos os sexos, tendo como cenário o município de Macaíba, Rio Grande do Norte. A partir de exame epidemiológico intraoral, avaliou-se o grau de ataque de cárie (índice CPO-d), a condição periodontal (índices CPI e PIP), o uso e necessidade de prótese dentária e a presença de lesões bucais. Para avaliação da capacidade funcional foi utilizada a Escala de Independência em Atividades da Vida Diária. Características socioeconômicas e demográficas foram pesquisadas através de questionário estruturado. Resultados: As variáveis de saúde bucal foram submetidas à análise fatorial, da qual resultaram quatro indicadores. Não se observou associação entre tais indicadores e a capacidade funcional dos idosos. As variáveis sexo, idade, presença de cuidador, zona de residência dominante, tempo da última visita ao dentista, tipo de serviço procurado em tal visita e autopercepção quanto à substituição de prótese apresentaram associações significativas com os indicadores de saúde bucal. Conclusão: Diante da não identificação de efeito da capacidade funcional na saúde bucal dos idosos, aponta-se como aspecto a ser considerado o momento de aferição dos eventos investigados. Sugere-se que a condição de dependência do idoso ocorra em momento distinto daquele em que se observam as sequelas dos problemas bucais, considerados efeitos cumulativos de uma história pregressa de assistência mutiladora. AU


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Atividades Cotidianas , Estudos Transversais , Saúde do Idoso , Saúde Bucal
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA