Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 40
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
2.
An. bras. dermatol ; 72(6): 583-92, nov.-dez. 1997. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-217815

RESUMO

FUNDAMENTOS - A epidermodisplasia verruciforme é causada pelo HPV, apresentando alta incidência familiar, concomitância de distúbios imunológicos e possibilidade de transformaçäo carcinomatosa. OBJETIVOS - Foi revista a literatura sobre os HPV, com ênfase para epidermodisplasia verruciforme, correlacionando-a com a nossa casuística na tentativa de contribuir para melhor conhecimento da enfermidade. MÉTODO - Estudaram-se oito pacientes com epidermodisplasia verruciforme por meio de anamnese, observaçäo clínica, exames laboratoriais, genética, histopatologia, imunologia e tratamento. Foram analisados histopatologicamente dois casos de verugas planas, e comparados com a epidermodisplasia verruciforme. RESULTADOS - Os pacientes apresentaram quadro clínico-histopatológico peculiar aos encontrados na epidermodisplasia verruciforme pelo grupo HPV-5 e similares, com nítido acometimento familiar, alteraçoes imunológicas, evoluçäo crônica e resistência às terapêuticas administradas. CONCLUSOES - 1. A epidermodisplasia verruciforme apresentou expressöes clínicas polimorfas, com evoluçäo crônica e progressiva. As lesöes eram geralmente assintomáticas, com distribuiçäo disseminada e simétrica. A área mais acometida foi a face, com palmas, plantas, mucosas e couro cabeludo poupados; 2. Em todos os pacientes estudados, a ezpressäo clínica da doença era distinta da apresentaçäo clínica encontrada em casos de verrugas planas, sendo histologicamente típica de epidermodisplasia verruciforme (grupo HPV5-símile); 3. Foram observadas nos pacientes alteraçoes imunitárias humorais e celulares; e 4. A resistência às terapêuticas foi marcante. Apenas com o uso do etretinato, houve regressäo parcial das lesöes


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Lactente , Adulto , Epidermodisplasia Verruciforme/diagnóstico , Epidermodisplasia Verruciforme/tratamento farmacológico , Epidermodisplasia Verruciforme/etiologia , Etretinato/uso terapêutico , Papillomaviridae/patogenicidade , Verrugas/etiologia , Lesões Pré-Cancerosas/complicações , Epidermodisplasia Verruciforme/genética , Resistência a Medicamentos/imunologia , Testes Imunológicos
3.
An. bras. dermatol ; 72(4): 396-7, jul.-ago. 1997. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-222169

Assuntos
Dermatologia
4.
An. bras. dermatol ; 71(supl.1): 9-15, mar.-abr. 1996. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-195773

RESUMO

FUNDAMENTOS: As doenças sexualmente transmissíveis (DST) säo, no Brasil, um dos mais importantes problemas de saúde pública. No entanto, näo estäo disponíveis dados confiáveis que mostrem a realidade do problema. OBJETIVOS: Estudar as DST a partir dos pacientes atendidos no Centro de Treinamento e Referência em DST/Aids,(CTR/DST/Aids), da Secretaria de Estado da Saúde de MG.MÉTODO: Foram estudados 345 pacientes atendidos consecutivamente no CTR-DST/Aids, entre agosto e novembro de 1989. Cada paciente respondeu a um questionário que inqueria sobre dados sócio-econômicos, epidemiológicos e sobre antecedentes de doença passível de transmissäo sexual. Foi também preenchido para cada paciente um questionário clínico sobre o diagnóstico firmado no CTR. O questionário clínico também contemplava o fato de o paciente ser postectomizado. De cada paciente foi colhida uma amostra de sangue para a rwalizaçäo de VDRL e de Elisa para anticorpos anti-HIV. RESULTADOS e CONCLUSÖES: O paciente típico do CTR-DST/Aids é do sexo masculino, idade média de 26,9 anos, mediana de 25 anos, solteiro, com renda mensal menor que três salários mínimos, heterossexual, com menos de cinco parceiros sexuais no último ano, näo circuncidado e que geralmente näo usa preservativo em suas relaçöes sexuais. Näo foi encontratada positividade pela técnica de Elisa para anticorpos anti-HIV em qualquer dos nossos pacientes.O VTRL foi positivo em 11,9...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Doenças Sexualmente Transmissíveis/diagnóstico , Doenças Sexualmente Transmissíveis/epidemiologia , Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle , Inquéritos Epidemiológicos , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/diagnóstico , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/epidemiologia
5.
An. bras. dermatol ; 71(supl.1): 19-21, mar.-abr. 1996. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-195775

RESUMO

Relato de caso de pustulose exantemática aguda generalizada devida a ampicilina, parecendo tratar-se do primeiro relato na literatura brasileira. É feita breve revisäo bibliográfica, enfatizando-se os critérios definidos para o diagnóstico.


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Doença Aguda , Ampicilina/efeitos adversos , Erupção por Droga/diagnóstico , Dermatopatias Vesiculobolhosas/induzido quimicamente , Dermatopatias Vesiculobolhosas/diagnóstico , Hipersensibilidade a Drogas , Prednisona/uso terapêutico , Dermatopatias Vesiculobolhosas/diagnóstico , Dermatopatias Vesiculobolhosas/etiologia
6.
An. bras. dermatol ; 71(supl.1): 24-8, mar.-abr. 1996. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-195776

RESUMO

Foram estudados três irmäos, portadores de ceratose palmoplantar transgressiva associada à periodontopatia, com perda dos elementos dentários temporários e permanentes, com marcada consaguinidade entre os pais, avós e bisavós, mostrando tratar-se de herança autossômica recessiva, preenchendo os critérios da síndrome de Papillon-Lefèvre, condiçäo rara que merece contínua investigaçäo.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto , Periodontite Agressiva/etiologia , Consanguinidade , Doença de Papillon-Lefevre/genética , Ceratodermia Palmar e Plantar/etiologia , Evolução Clínica , Síndrome de Marfan , Manifestações Bucais , Retinoides , Manifestações Cutâneas
7.
An. bras. dermatol ; 69(3): 203-6, maio-jun. 1994. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-138174

RESUMO

Relato do primeiro caso de neurofibromatose segmentar verdadeira na literatura brasileira. Variedade rara, com lesöes cutâneas localizadas, limitadas a um dermátomo, como originalmente descrito por Riccardi (neurofibromatose segmentar tipo V). Trata-se de paciente feminina com neurofibromas na regiäo de T3 e T4, sem história familiar da doença ou lesöes sistêmicas


Assuntos
Adulto , Humanos , Masculino , Feminino , Neurofibromatoses/etiologia , Neurofibromatoses/classificação , Neurofibromatoses/diagnóstico
8.
An. bras. dermatol ; 69(3): 225-9, maio-jun. 1994. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-138177

RESUMO

Revisäo da literatura sobre neurofibromatose segmentar a partir de 1956, quando foi descrita pela primeira vez por Crowe. Identificaçäo de 54 casos, dos quais apenas 22 se enquadravam dentro dos rígidos critérios da forma segmentar verdadeira


Assuntos
Humanos , Neurofibromatoses/classificação
9.
An. bras. dermatol ; 68(6): 379-81, nov.-dez. 1993. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-140981

RESUMO

Colangenoma eruptivo foi o termo cunhado por Colomb em 1953 para designar uma variedade de nevo adquirido do tecido conjuntivo reticular, caracterizado por nódulos pequenos, duros, arredondados ou ovais, cor da pele, assintomáticos, localizados usualmente na parte superior do dorso e dos braços. O desenvolvimento é abrupto e há ausência de história familial. Histologicamente, as fibras colágenas säo proeminentes e espessadas, enquanto as fibras elásticas säo normais, diminuídas ou aumentadas. Fez-se uma revisäo dos sete casos relatados na literatura e a descriçäo de um novo caso. Säo abordadas as entidades que se incluem no diagnóstico diferencial: colagenoma cutâneo familial, pele chagrém da esclerose tuberosa e síndrome de Buschke-Ollendorff


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Colágeno , Tecido Conjuntivo/fisiopatologia , Hematoma/etiologia , Nevo/fisiopatologia , Diagnóstico Diferencial , Dermatopatias
10.
Rev. bras. neurol ; 29(3): 81-4, maio-jun. 1993. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-130126

RESUMO

A neurofibromatose (NF) é uma doença com várias formas clínicas. Descreve-se um caso atípico de NF envolvendo um dermátomo torácico bilateralmente, associado a estenose da válvula pulmonar e com fácies de síndrome de Noonan. A história familiar foi negativa e a avaliaçäo minuciosa para outros sinais de NF foi irrelevante. As diferentes formas de NF seräo discutidas brevemente com ênfase no tipo segmentar e suas variantes, formas frustas, síndrome de Watson e de Noonan. Um caso atípico será descrito e sua classificaçäo discutida. Seria o quinto caso de neurofibromatose cutânea bilateral (NSCB) ou o primeiro desta associaçäo rara? Pprovavelmente representa um elo entre as formas frustas da neurofibromatose, as síndromes de Watson e Noonan e a doença de Von Recklinghausen


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Neoplasias Cutâneas/patologia , Neurofibromatose 1/patologia , Neurofibromatose 1/classificação , Neurofibromatose 1/diagnóstico , Neurofibroma/patologia , Estenose da Valva Pulmonar
11.
Revista Brasileira de Neurologia ; 3(29): 81-84, maio/jun. 1993.
Artigo | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-5901

RESUMO

A neurofibromatose (NF) e uma doenca com varias formas clinicas. Descreve-se um caso atipico de nf envolvendo um dermatomo toracico bilateralmente, associado a estenose da valvula pulmonar e com facies de sindrome de Noonan. A historia familiar foi negativa e a avaliacao minuciosa para outros sinais de NF foi irrelevante. As diferentes formas de NF serao discutidas brevemente com enfase no tipo segmentar e suas variantes, formas frustas, sindrome de Watson e de Noonan. Um caso atipico sera descrito e sua classificacao discutida. Seria o quinto caso de neurofibromatose cutanea bilateral (NSCB) ou o primeiro desta associacao rara? Provavelmente representa um elo entre as formas frustas da neurofibromatose, as sindromes de Watson e Noonan e a doenca de Von Recklinghausen.


Assuntos
Neurofibromatoses , Neoplasias Cutâneas , Estenose da Valva Pulmonar , Neurofibroma , Neurofibromatoses , Neoplasias Cutâneas , Estenose da Valva Pulmonar , Neurofibroma
12.
An. bras. dermatol ; 67(4): 191-4, jul.-ago. 1992. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-113178

RESUMO

Esse trabalho faz uma atualizaçäo sumária das publicaçöes sobre o minoxidil tópico no tratamento da alopecia androgenética. Säo analisados diferentes aspectos: mecanismo de açäo, metodologia das investigaçöes, promoçäo da resposta de cabelos, diminuiçäo ou cessaçäo da queda de cabelos, eficácia da droga a longo prazo, resultados cosméticos e reaçöes adversas. É relatada a experiência pessoal de um dos autores no tratamento de 44 pacientes com alopecia androgenética, pela soluçäo tópica de minoxidil a 2%. Os resultados näo diferem dos relatados da literatura, evidenciando a eficácia da droga na induçäo do crescimento de cabelos terminais. Entretanto, um efeito cosmético significativo ocorreu em número reduzido de pacientes. Houve ausência de reaçöes adversas, observando-se freqüência pequena de reaçöes locais


Assuntos
Alopecia/tratamento farmacológico , Androgênios/biossíntese , Método Duplo-Cego , Minoxidil/farmacologia , Minoxidil/efeitos adversos
13.
An. bras. dermatol ; 66(2): 87-94, mar.-abr. 1991. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-94335

RESUMO

Em ensaio duplo-cego, com antimoniato de N-metil-glucamina, foram tratados 43 pacientes de leishmaniose tegumentar americana (26 da forma cutânea e 17 da forma cutâneo-mucosa), com doses correspondentes a 14 e 28mg/Kg/dia de antimônio. Apenas quatro pacientes, dois da forma cutânea e dois da forma cutânea-mucosa, tratados com a dose menor, näo se curaram. Entretanto näo houve diferença estatistica significante de eficácia entre os dois esquemas. Na seleçäo dos pacientes, avaliaçäo da toxicidade e controle de cura, foram realizados os seguintes exames: pesquisa direta de leishmânia, exame histopatológico, teste de Montenegro, reaçäo de imunofluorescência indireta (RIFI), exame hematológico, exame de urina, uréia, creatinina, glicose, transaminases, bilirrubinas, ionograma e eletrocardiograma (ECG). O teste de Montenegro e a reaçäo de imunofluorescência indireta (RIFI) revelaram maior sensibilidade na forma cutânea-mucosa. Foi rara a negativaçäo do Montenegro após o tratamento. Houve correlaçäo dos títulos da RIFI com a melhora clínica, observando-se reduçäo lenta e gradual, geralmente, até a negativaçäo. A droga mostrou-se pouco tóxica e bem tolerada, observando-se elevaçäo das transaminases, eosinofilia, leucopenia com neutropenia e distúrbios da repolarizaçäo ventricular no eletrocardiograma, que foram discretos, reversíveis e sem repercusäo clínica. Efeitos colaterais como mialgia, artralgia, náuseas, vômitos, anorexia, tremores, diarréia, febre e urticária foram leves e näo exigiram a interrupçäo da medicaçäo, com a exceçäo de um caso de insuficiência respiratória aguda


Assuntos
Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Humanos , Masculino , Feminino , Antimônio/uso terapêutico , Leishmaniose/tratamento farmacológico , Leishmaniose Mucocutânea/tratamento farmacológico , Método Duplo-Cego
15.
An. bras. dermatol ; 65(5): 221-3, set.-out. 1990. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-89632

RESUMO

A introduçäo da isotretinoína, a partir de 1982, representa a maior conquista já obtida no tratamento sistêmico do acne. No entanto, a ocorrência de reaçöes adversas tem restringido o uso da droga as formas de acne nódulo-cístico, abscedante e conglobata. Säo descritos os efeitos colaterais envolvendo a pele e as mucosas (os mais frequentes), os sistemas nervoso central, músculo-esquelético, ocular, linfático e hematopoiético, gastrintestinal, cardio-respiratório e geniturinário, bem como o potencial de teratogenicidade. A isotretinoína está contra-indicada em mulheres grávidas ou em idade fértil, se a contracepçäo näo for plenamente assegurada. Säo ainda contra-indicaçöes a existência de afecçöes hepáticas, renais e hiperlipidémicas e o uso concomitante de certas drogas. Essa revisäo visa alertar o dermatologista para a necessidade de fazer em cada paciente a avaliaçäo adequada da relaçäo risco-benefício


Assuntos
Acne Vulgar/tratamento farmacológico , Isotretinoína/uso terapêutico , Congresso , Isotretinoína/efeitos adversos
16.
An. bras. dermatol ; 65(5a, supl): 34S-40S, set. 1990. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-89333

RESUMO

A reaçäo intradérmica de Montenegro é investigada mediante a avaliaçäo imunológica dos pacientes de leishmaniose tegumentar americana submetidos ao teste. Através de biópsias da reaçäo cutânea säo analisados o aspecto histopatológico, a participaçäo dos linfócitos T e B e das imunoglobulinas na positivaçäo do teste. Ratifica-se a participaçäo da imunidade celular do tipo tardio na sua positivaçäo. Dados controversos da literatura säo discutidos, particularmente quanto a negativaçäo do teste após a cura clínica. Fica evidente a necessidade de se padronizar o teste e, especialmente, as características do antígeno


Assuntos
Humanos , Linfócitos B/imunologia , Leishmaniose Mucocutânea/imunologia , Linfócitos T/imunologia , Biópsia , Grupos Controle , Imunidade Celular , Testes Imunológicos , Leishmaniose Mucocutânea/patologia , Testes Cutâneos
17.
In. Pardini Junior, Arlindo G. Cirurgia de mao: lesoes nao traumáticas. Rio de Janeiro, Medsi, 1990. p.361-76, ilus.
Monografia em Português | Hanseníase | ID: han-6468
18.
An. bras. dermatol ; 64(3): 189-92, maio-jun. 1989. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-67506

RESUMO

Um grupo de 87 pacientes de leishamniose tegumentar americana foi tratado com antimoniais pentavalentes pelos três seguintes esquemas: A - N-metil-glucamina (Glucantime) 28 mg/Kg/dia de SbV, durante 10 a 12 dias, em três séries, com intervalo de 15 dias (40 casos); B - N-metil-gucamina (22 casos) ou estibogluconato de sódio (Pentostam) (quatro casos) 20mg/Kg/dia de Sb V, durante 14 a 85 dias, com duraçäo média de 30 dias; C - Estibogluconato de sódio 10mg/Kg/dia de Sb V, durante 30 dias (21 casos). O diagnóstico clínico foi confirmado por esfregaço, histopatologia, inoculaçäo em hamster (para pesquisa do parasita) e teste intradérmico de Montenegro. A reaçäo de imunofluorescência indireta utilizada no controle de cura foi realizada antes e ao fim do tratamento e de seis em seis meses após o tratamento até a negativaçäo. O esquema A mostrou-se eficaz na forma cutânea (cura clínica em 13 de 14 casos) e menos ativo na forma mucosa (cura de 15 em 26 casos). Com o esquema B houve cura em 12 de 14 casos da forma cutânea e em 11 de 12 casos da forma mucosa. No esquema C observou-se cura clínica em um de três casos da forma cutânea e em 11 de 18 casos da forma mucosa. O teste exato de Fischer näo revelou diferença significativa a nível de 0.01 entre os três esquemas para a forma cutânea, enquanto para a forma mucosa o esquema B foi o mais eficaz. Sessenta e sete por cento dos pacientes referiram queixas clínicas no decurso do tratamento (artralgia, mialgia, anorexia, náuseas e vômitos, por ordem de freqüência). Aumento das transaminases ou da fosfatase alcalina foi verificado em 24% dos pacientes. Anormalidades eletrocardiográficas foram observadas em 22% (distúrbios de repolarizaçäo, bradicardia sinusal ou alteraçäo de onda T). Entretanto os efeitos colaterais observados excepcionalmente levaram à interrupçäo do tratamento


Assuntos
Humanos , Gluconato de Antimônio e Sódio/administração & dosagem , Leishmaniose/tratamento farmacológico , Antiprotozoários/administração & dosagem , Antiprotozoários/efeitos adversos
19.
An. bras. dermatol ; 63(1, supl): 246-52, maio 1988. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-62707

RESUMO

Säo apresentados dois casos de fibromatose hialina juvenil múltipla familiar em duas irmäs, cujas doenças se iniciaram aos três meses e sete anos de idade, respectivamente, que eram portadoras de tumoraçöes vegetantes com diferentes diâmetros e em números variáveis entre 180 e 250. Em ambas as pacientes, foram demonstradas imagens osteolíticas ao nível dos ossos do crânio, rarefaçäo dos ossos de grandes articulaçöes, limitaçäo de movimentos, principalmente das articulaçöes escapuloumerais e joelhos, contraturas, rigidez da coluna, atrofia muscular e desenvolvimento somático deficiente. Do ponto de vista histopatológico, säo analisados três aspectos diferentes, segundo o estágio da enfermidade


Assuntos
Humanos , História do Século XX , Hanseníase/epidemiologia , Brasil
20.
An. bras. dermatol ; 62(1): 31-6, jan.-fev. 1987. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-39416

RESUMO

Ao ensejo de estudar a histopatologia de cinco casos de lesöes de configuraçäo cística causadas por fungos da família Dematiaceae, os autores apreciam os aspectos evolutivos da respectiva nomenclatura e observam haver evidência de que a raridade do encontro de lesöes desta natureza decorre, em parte, do esquecimento de incluí-las entre as possibilidades diagnósticas quando da realizaçäo do exame clínico


Assuntos
Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Humanos , Masculino , Feminino , Cromoblastomicose/patologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...