Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 32
Filtrar
1.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 29: e2813, 2021. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1285775

RESUMO

Resumo Introdução As doenças crônicas têm aumentado mundialmente, exigindo cada vez mais a compreensão de sua complexidade e das particularidades dos ciclos da vida. O adoecimento crônico na adolescência, por sua vez, apresenta desafios diante das questões próprias desta fase da vida. Objetivo Conhecer como um adolescente compreende o processo de adoecimento e hospitalização ao longo de sua trajetória de vida e de que maneira o adoecimento perpassa seu cotidiano. Método Foi realizado estudo exploratório, descritivo e reflexivo, por meio de história oral. A coleta se deu por meio de uma entrevista com um adolescente diagnosticado com anemia falciforme desde sua infância. Após a coleta da história oral, foram realizadas as fases de transcrição, textualização, transcriação e validação com o participante e, por fim, de análise temática da história. Resultados O estudo identificou três categorias temáticas principais: a experiência de crescer com o adoecimento; impactos do adoecimento no cotidiano e a relação com a família perpassada pela doença crônica. Os resultados revelaram a experiência de um jovem diante de uma vida perpassada pelo adoecimento crônico e as estratégias de vida que utiliza para produção de sentido, o enfrentamento dos desafios trazidos pelas demandas de cuidado permanente e os conflitos próprios da adolescência. Conclusão Mesmo que os resultados sejam singulares, a história de Marvel representa de vários modos a vivência de adolescentes com doença crônica, possibilitando compreender os impactos do viver como adoecimento crônico e com as necessidades de cuidado e restrições impostas pela doença.


Abstract Introduction Chronic diseases have increased worldwide, demanding more and more the understanding of their complexity and the particularities of each life cycle. Chronic illness in adolescence, in turn, presents challenges given the issues specific to this phase of life. Objective To know how an adolescent understands the process of illness and hospitalization throughout his life trajectory and how the illness permeates his daily life. Method An exploratory, descriptive and reflective study was conducted through oral history. The collection took place through an interview with a teenager diagnosed with sickle cell anemia since his childhood. After collecting the oral history, the phases of transcription, textualization, transcreation, and validation were carried out with the participant and, finally, thematic analysis of the story was undertaken. Results The study identified three main thematic categories: the experience of growing up with illness; impacts of illness on everyday life, and the relationship with the family permeated by chronic disease. The results revealed the experience of a young person facing a life permeated by chronic illness and the life strategies he uses to produce meaning, facing the challenges brought by the demands of permanent care and the conflicts inherent in adolescence. Conclusion Even though the results are unique, Marvel's story represents in several ways the experience of adolescents with chronic illness, making it possible to understand the impacts of living with chronic illness, the care needs, and restrictions imposed by the illness.

2.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 29: e2803, 2021. graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1339515

RESUMO

Resumo Crianças em situação de vulnerabilidade representam o grupo social mais exposto a constrangimentos que dificultam a tarefa de conhecer e pertencer à cidade onde moram. O objetivo desta pesquisa foi conhecer e compreender as percepções de crianças vivendo em condições complexas de vulnerabilidades, residentes na periferia, acerca de seu território na cidade de São Paulo, assim como identificar as relações por elas estabelecidas com esses espaços. Tratou-se de uma pesquisa participativa, de caráter colaborativo, por meio do fotovoz. Foram realizados sete encontros com um grupo de cinco crianças entre 08 e 10 anos de idade em acompanhamento em um Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPSij). As narrativas verbais e visuais passaram por análise temática em diálogo com diário de campo da pesquisadora, que resultou nas seguintes categorias: (1) Corpo: experimentando a si mesmo e constituindo um grupo; (2) CAPSij: revisitando pela fotografia um espaço conhecido; (3) O território como lugar de desejo e consumo; (4) Percursos cotidianos e histórias de vida no território físico e existencial e; (5) As sutilezas em meio ao concreto da cidade: território e natureza. A pesquisa revelou que as crianças têm um olhar detalhado e crítico sobre seus espaços de circulação e pelas relações estabelecidas com o território. Olhar este permeado por suas singularidades de vida, atento ao belo e à delicadeza da natureza em meio ao concreto cinza da cidade, dialogando constantemente com as culturas de massa e os valores sociais hegemônicos.


Abstract Children in vulnerable conditions represent the social group most exposed to constraints that make it difficult to know and belong to the city where they live. The objective of this research was to know and understand the perceptions of children living in complex vulnerable conditions, living in the periphery, about their neighborhood in the city of São Paulo, as well as to identify the relations they establish with these spaces. It was collaborative participatory research through photovoice. Seven meetings were held with a group of five children between 08 and 10 years old, without severe mental disorders, being followed up at a Child and Adolescent Psychosocial Care Center (CAPSij). The verbal and visual narratives underwent a thematic analysis in dialogue with the researcher's field diary, which resulted in the following categories: (1) Body: experimenting with oneself and forming a group, (2) CAPSij: revisiting a known space through photography, (3) The territory as a place of desire and consumption, (4) Everyday life paths and life histories at a physical and existential territory and (5) The subtleties amidst the concrete of the city: territory and nature. The research revealed that children have a detailed and critical view of their spaces of circulation and their relationships with them. A view permeated by their singularities of life, attending to the beautiful and the subtlety of nature amid the gray concrete of the city, constantly dialoguing with mass cultures and hegemonic social values.

3.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 28(1): 5-25, jan.-mar. 2020.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1132776

RESUMO

Resumo Introdução Cotidiano surge como conceito crítico na terapia ocupacional no Brasil em 1988, entendido como construção sócio-histórica que possibilita conhecer as condições concretas de existência de sujeitos e coletivos. A partir de 1990, constitui-se como um dos eixos norteadores de práticas emancipatórias. Seu uso desde 2010 cresce na produção nacional, de modo significativo, seja como simples termo, noção, conceito ou categoria de análise. Objetivo Apresentar aportes teóricos para o uso do conceito de cotidiano na Terapia Ocupacional com base em uma perspectiva crítica, seja no âmbito da prática profissional ou na pesquisa. Método Trata-se de pesquisa teórica com base na leitura reflexiva de aportes das Ciências Humanas e Sociais, com destaque para as contribuições de Agnes Heller e Henri Lefebvre sobre o conceito. Resultados O artigo inicialmente realiza uma retrospectiva histórica do uso do conceito de cotidiano na Terapia Ocupacional no Brasil e clarifica a distinção do uso de palavras como termos, noções, conceitos e categorias. Apresenta e discute as bases teóricas que fundamentam as perspectivas críticas e problematiza o lugar do cotidiano e do sujeito do contemporâneo no contexto da Terapia Ocupacional. A seguir, com base em argumentos teórico-críticos, dialoga com contribuições de Agnes Heller e Henri Lefebvre, indicando seu uso do conceito de cotidiano como pilar crítico para a compreensão da realidade social. Conclusão Discussões teórico-conceituais são fundamentais para a elaboração de ideias, a afirmação de valores, a compreensão de contradições, a ressignificação e renovação da prática profissional e a sustentação da pesquisa em Terapia Ocupacional.


Abstract Introduction Everyday life emerges as a critical concept in Occupational Therapy in Brazil in 1988, understood as a socio-historical construction that makes it possible to know the concrete conditions of the existence of subjects and collectives. From 1990, it becomes one of the guiding axes of emancipatory practices. Its use since 2010 has grown significantly in national production, whether as a simple term, notion, concept or category of analysis. Objective To present theoretical contributions to the use of the everyday life concept in Occupational Therapy from a critical perspective, either within the scope of professional practice or research. Method This is theoretical research based on the reflective reading of contributions from the Human and Social Sciences, highlighting the contributions of Agnes Heller and Henri Lefebvre. Results The article initially presents a historical retrospective of the use of the everyday life concept in Occupational Therapy in Brazil and clarifies the distinction of the use of words as terms, notions, concepts, and categories. It presents and discusses the theoretical bases that underlie critical perspectives and problematizes everyday life and the contemporary subject in the context of Occupational Therapy. Next, based on theoretical-critical arguments, it dialogues with contributions from Agnes Heller and Henri Lefebvre, indicating their use of the concept of everyday life as a critical pillar for understanding social reality. Conclusion Theoretical and conceptual discussions are fundamental for the elaboration of ideas, the affirmation of values, the understanding of contradictions, the resignification and renewal of professional practice and research support.

4.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 27(4): 776-791, out.-dez. 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1055574

RESUMO

Abstract: Introduction The need to address the way professional knowledge is produced and delivered, has led some occupational therapy scholars to advocate for the creation of communities of practice (CoP) where practitioners may find a generative environment to engage in reflection with others, to collectively share their knowledge, and to develop professional practice knowledge. CoPs may result in the development of social capital by strengthening practitioners' social connections and advance cultural capital by improving collaborative forms of reflection and knowledge exchange. Objective This article presents findings from a participatory action research project regarding the creation of a (CoP) with the aim to implement and examine its affordances among pediatric occupational therapists working in acute care in a Brazilian context. Method This participatory action research involved nine occupational therapists in 10 face-to-face meetings and in virtual interaction through an e-learning software platform. The community of practice group sessions were recorded, transcribed and coded. The hermeneutic and dialectic method was used as the basis for interpreting the results. Results Five major themes concerning the affordances of the Occupational Therapy CoP in this context were identified: (i) dialogic engagement; (ii) reflective opportunities; (iii) a sense of belonging; (iv) affirming professional identity; (v) cultivating professional practice knowledge. Conclusion Developing a CoP in occupational therapy may be a fruitful way to cultivate professional, social and cultural capital amongst occupational therapists who work in resource challenged settings.


Resumo: Introdução A necessidade de abordar a forma como o conhecimento profissional é produzido tem levado estudiosos de terapia ocupacional a defenderem a criação de comunidades de prática (CoP) nas quais os profissionais podem encontrar um ambiente facilitador para engajar-se em processos reflexivos, compartilhar coletivamente seus conhecimentos e desenvolver o conhecimento sobre a prática profissional. CoPs podem resultar no desenvolvimento do capital social através do fortalecimento de suas conexões sociais dos profissionais e aprimorar seu capital cultural, ao favorecer modos de reflexão e troca de conhecimento. Objetivo Este artigo apresenta os resultados de um projeto de pesquisa-ação referente à criação de uma CoP com o objetivo de implementar e examinar suas possibilidades entre terapeutas ocupacionais que trabalham junto a crianças hospitalizadas em um contexto brasileiro. Método Esta pesquisa-ação envolveu nove terapeutas ocupacionais em 10 reuniões presenciais e em interação virtual por meio de uma plataforma de software de aprendizagem virtual. Os encontros da CoP foram gravados, transcritos e codificados. O método hermenêutico-dialético foi utilizado como base para interpretar os resultados. Resultados Foram identificados cinco grandes temas referentes às oportunidades produzidas pela CoP nesse contexto: (i) engajamento dialógico; (ii) oportunidades reflexivas; (iii) sentido de pertencimento; (iv) afirmação da identidade profissional; (v) cultivo do conhecimento da prática profissional. Conclusão O desenvolvimento de uma CoP na terapia ocupacional pode ser uma estratégia proveitosa de cultivar o capital profissional, social e cultural entre os terapeutas ocupacionais que trabalham em contextos desafiadores.

5.
Interface (Botucatu, Online) ; 23: e180383, 2019. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1012457

RESUMO

Esta pesquisa de cunho etnográfico buscou refletir sobre o cotidiano de crianças com condições crônicas e complexas (CCC) com hospitalizações prolongadas. Foram realizadas: coleta de dados em prontuário, observações participantes do cotidiano hospitalar, e entrevistas com as mães de crianças internadas em duas unidades pediátricas. Os principais resultados mostraram que o cotidiano desses sujeitos era engendrado numa íntima relação do corpo com o ambiente e a importância da mediação das mães e dos profissionais de saúde nesse cenário. Como considerações, discute-se sobre as necessidades de saúde das crianças com CCC, que não contemplam apenas medicamentos e técnicas. É fundamental entender que o hospital constitui um espaço de vida cotidiana para essa população, o que implica a valorização da inclusão das mães e a oferta de espaços e atividades que possam favorecer o dia a dia dessas crianças.(AU)


This ethnographic study reflected upon the experiences of prolonged hospitalization among children with chronic and complex conditions (CCC). Data was collected from the patients' medical records, participant observation, and interviews conducted with the parents of children hospitalized in two pediatric units. The findings reveal that the patients' daily lives were engendered by an intimate relationship between the body and environment and the importance of the mediation of parents and health professionals in this setting. A number of considerations are suggested, including the fact that the health needs of children with CCC extend beyond medication and techniques. It is vital to understand that the daily life of these children is played out temporarily in the hospital and therefore theses settings require the active presence of mothers and the provision of spaces and activities to optimize the daily lives of these children.(AU)


Este estudio de cuño etnográfico buscó reflexionar sobre el cotidiano de niños con condiciones crónicas y complejas (CCC) con hospitalizaciones prolongadas. Se realizaron colecta de datos en historial, observaciones participantes del cotidiano hospitalario y entrevistas con las madres de niños internados en dos unidades pediátricas. Los principales resultados mostraron que el cotidiano de esos sujetos se engendraba en una íntima relación del cuerpo con el ambiente y la importancia de la mediación de las madres y de los profesionales de la salud en ese escenario. Como consideraciones, se discute sobre las necesidades de salud de los niños con CCC que no incluyen tan solo medicamentos y técnicas. Es fundamental entender que el hospital se constituye como espacio de vida cotidiana para esta población, lo que implica la valorización de la inclusión de las madres y la oferta de espacios y actividades que puedan favorecer el el dia a dia de estos ninõs.(AU)

6.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 26(4): 723-738, Oct.-Dec. 2018. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-984129

RESUMO

Abstract Throughout its history, occupational therapy in Brazil has been incorporating and modifying theoretical-methodological perspectives and theoretical-practical references in consonance with historical, social and political contexts. Academic and professional production has been an important tool for spreading new references to the profession. This article aims to present and discuss the emergence of theoretical-methodological perspectives and theoretical-practical references by the Brazilian occupational therapy, from 1956 to 2017, according to historical, social and political milestones, based on indexed national journals of the area and gray literature for the years before their creation. This is a theoretical research on the historical-epistemological foundations of occupational therapy. We mapped and analyzed the production to identify trends and regularities, and thus present a systematic proposal of incorporation of perspectives and references in the area. This study identified four main movements: (i) Constitution of the first theoretical-practical bases of occupational therapy in Brazil; (ii) Problematization of the knowledge and practices of occupational therapy, based on contributions from Collective Health and Human and Social Sciences; (iii) Constitution of the fields of knowledge and practice of occupational therapy through socio-political contextualization, theoretical-conceptual problematization and proposition of emancipatory practices; (iv) Intense theoretical-conceptual and methodological diversification in the production of occupational therapy knowledge and practices. Panoramic studies on academic and professional production are necessary for the epistemological reflection of the profession. The study identified the emergence of critical thinking in Brazilian occupational therapy at the end of the 1970s, and the continuity of practices, knowledge perspectives and references previously presented.


Resumo Ao longo de sua história, a terapia ocupacional brasileira vem incorporando e modificando perspectivas teórico-metodológicas e referenciais teórico-práticos em consonância com os contextos históricos, sociais e políticos. A produção acadêmica e profissional tem sido um importante vetor de divulgação de novos referenciais para a profissão. Este artigo visa apresentar a incorporação de perspectivas teórico-metodológicas e referenciais teórico-práticos pela terapia ocupacional brasileira de 1956 a 2017, em diálogo com marcos históricos, sociais e políticos, tomando como base os periódicos nacionais indexados da área e a literatura cinzenta para os anos anteriores a essas publicações. Trata-se de pesquisa teórica sobre os fundamentos histórico-epistemológicos da terapia ocupacional por meio de mapeamento e análise da produção para identificação de tendências e regularidades, visando produzir uma proposta de sistematização da incorporação de perspectivas e referenciais na área. O estudo identificou quatro movimentos principais: (i) Constituição das primeiras bases teórico-práticas da terapia ocupacional no Brasil; (ii) Problematização dos saberes e práticas da terapia ocupacional, a partir de aportes da Saúde Coletiva e das Ciências Humanas e Sociais; (iii) Constituição dos campos de saber e prática da terapia ocupacional por meio de contextualização sociopolítica, problematização teórico-conceitual e proposição de práticas emancipatórias; (iv) Intensa diversificação teórico-conceitual e metodológica na produção de saberes e práticas de terapia ocupacional. Estudos panorâmicos da produção acadêmica e profissional são necessários às reflexões epistemológicas da profissão. O estudo identificou o surgimento do pensamento crítico na terapia ocupacional brasileira ao final dos anos 1970 e a continuidade de práticas, saberes, perspectivas e referencias presentes anteriormente.

7.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 25(3): [449-459], 20170925.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-879416

RESUMO

Objective: This research proposed the creation of a community of practice (CoP) with the objective of: (i) analysing the feasibility of a CoP as a means of generating knowledge among occupational therapists and (ii) investigating the practice of occupational therapy with hospitalized children and adolescents. This article privileges the results of one of the predominantly discussed themes - the use of assessments and strategies of evaluation in Occupational Therapy in the hospital context. Method: A participatory action research study was undertaken with nine occupational therapists in face-to-face meetings combined with virtual tasks on an on-line platform. A hermeneutic and dialectical method was used to interpret the results. Results: The CoP produced practical knowledge about the use of assessments with hospitalized children and adolescents and demonstrated to be a strategy of knowledge development through dialogue and collaborative reflection on practice. Conclusion: Research on the implementation of communities of practice offers a promising approach to the production of knowledge in occupational therapy. The generated knowledge is representative of occupational therapists' experiences and demonstrates an example of an epistemology of practice.


Objetivo: Esta pesquisa propôs a criação de uma comunidade de prática (CoP) com o objetivo de: (i) analisar a viabilidade de uma CoP como meio de gerar conhecimento entre terapeutas ocupacionais e (ii) investigar a prática da terapia ocupacional com crianças e adolescentes hospitalizados. Este artigo privilegia os resultados de um dos temas predominantemente discutidos - o uso de instrumentos e estratégias de avaliação em terapia ocupacional no contexto hospitalar pediátrico. Método: Foi realizada uma pesquisa-ação participativa com nove terapeutas ocupacionais em encontros face a face combinados com tarefas virtuais em uma plataforma online. Um método hermenêutico e dialético foi utilizado para interpretar os resultados. Resultados: A CoP produziu conhecimento prático sobre o uso de avaliações com crianças e adolescentes hospitalizados e demonstrou ser uma estratégia de desenvolvimento do conhecimento através do diálogo e da reflexão colaborativa sobre a prática. Conclusão: A pesquisa sobre a implementação de CoP oferece uma abordagem promissora para a produção de conhecimento em terapia ocupacional. O conhecimento gerado é representativo das experiências dos terapeutas ocupacionais e demonstra um exemplo de epistemologia da prática.

8.
Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.) ; 24(1): [53-68], jan.-mar. 2016.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-2398

RESUMO

Esta pesquisa objetivou estudar as percepções e representações de jovens sobre o processo de assumir sua homossexualidade e sobre os impactos em seu cotidiano, no que tange à autonomia, inclusão e participação social. Ademais, buscou conhecer fatores facilitadores, obstáculos e estratégias utilizadas. A pesquisa consistiu em um estudo exploratório de caráter qualitativo com dois jovens gays e duas jovens lésbicas entre 18 e 24 anos, por meio da técnica de mapas corporais narrados, que são imagens do corpo em tamanho real, criadas a partir do desenho e pintura complementadas por narrativas orais. A análise de conteúdo identificou três categorias temáticas centrais: (a) Preconceito, Estigma e Empoderamento: compreende as representações sociais da homossexualidade e sobre como os processos de resistência e empoderamento operam; (b) Discriminação, Isolamento e Participação Social: refere -se às percepções sobre como o processo de sair do armário afeta o cotidiano, principalmente nos espaços familiar, escolar, do trabalho e de convivência social e cultural; (c) Possibilidades de Transformação e Projetualidade: sintetiza as expectativas e visões de futuro dos participantes para suas vidas e para a transformação da sociedade, em termos do respeito à diversidade sexual. Conclui-se que os discursos vigentes em torno da homossexualidade permeiam as falas dos participantes, principalmente nos assuntos ligados ao preconceito e discriminação à população LGBT no Brasil. É relevante destacar a importância da rede social próxima para o processo de sair do armário.


This research aimed to study the perceptions and representations of young people on the process of coming out of the closet and the impacts on their daily lives regarding autonomy, inclusion and social participation. Moreover, it sought to know facilitating factors, obstacles and strategies used. The research consisted of an exploratory qualitative study with 2 gay and 2 lesbian youth between 18 and 24 years through body map storytelling method, which consists of life-size human body images created through drawing and painting and, complemented by oral narratives. The content analysis identified three central themes: (a) Prejudice, Stigma and Empowerment and comprises the social representations of homosexuality and how processes of resistance and empowerment operate; (B) Discrimination, Isolation and Social Participation refers to perceptions on how the process of coming out of the closet affects the daily life, particularly in family, school, work and social/cultural contexts; (C) Opportunities to change and life projects development summarizes expectations and visions of future for their lives and the transformation of society in terms of respect for sexual diversity. In conclusion, the current discourses on homosexuality permeate the participants' sayings, especially on issues related to prejudice and discrimination to the LGBT population in Brazil. It is worth highlighting the importance of a close social network to the process of coming out.

9.
Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.) ; 23(3): [463-474], 20150920.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-859457

RESUMO

Este artigo apresenta resultados de pesquisa-ação com terapeutas ocupacionais em uma comunidade de prática, cujo objetivo foi discutir a produção de cuidado oferecida pela terapia ocupacional a crianças e adolescentes hospitalizados. Participaram da pesquisa nove terapeutas ocupacionais de hospitais da cidade de São Paulo. Foram realizados dez encontros presenciais e atividades virtuais disponibilizadas em um ambiente computacional mediado pela Web. Os encontros presenciais foram gravados e filmados. Este artigo tem como objetivo apresentar a avaliação que as participantes e pesquisadoras fizeram do processo vivido na comunidade. Por meio de análise de conteúdo, foram identificadas 17 unidades de registro, agrupadas em quatro temáticas principais: processo dialógico; implicações teórico-práticas; processo reflexivo; processo participativo e suas barreiras. A avaliação do processo mostrou que o diálogo durante os encontros colaborou para o senso de pertencimento, integração e consciência/coesão grupal, e possibilitou a discussão e a reflexão de temas relevantes sobre a prática do terapeuta ocupacional. A comunicação direta mostrou-se como a principal forma de trocas profissionais neste grupo. As condições de trabalho dos participantes, a dificuldade de acesso a computadores e ambientes de trocas virtuais, sobretrabalho gerado pelos encontros e o deslocamento nos grandes centros urbanos foram fatores complicadores para uma maior adesão dos participantes. A avaliação mostrou que essa estratégia favoreceu a construção compartilhada de saberes e que sua implementação pode fomentar a reflexão, o desenvolvimento da pesquisa e a produção de conhecimento, bem como contribuir para o aprimoramento da prática profissional do terapeuta ocupacional.

10.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-848399

RESUMO

A pesquisa objetivou conhecer e refletir sobre as perspectivas de terapeutas ocupacionais em relação à implementação dos cuidados paliativos na atenção domiciliar. Trata-se de estudo exploratório, qualitativo, através de entrevistas semiestruturadas, realizadas no segundo semestre de 2012 com oito terapeutas ocupacionais com experiência em cuidados paliativos no município de São Paulo. A análise de conteúdo identificou quatro temáticas: caracterização dos profissionais e trajetória no campo; compreensão do conceito de cuidados paliativos; atenção domiciliar e cuidados paliativos; e Terapia Ocupacional e cuidados paliativos na atenção domiciliar. Os resultados sugerem que a atuação do terapeuta ocupacional nesse campo tem ocorrido em diferentes níveis de atenção à saúde, sendo dirigida a pessoas com necessidades variadas. O uso do conceito dos cuidados paliativos pelas entrevistadas supera a noção de terminalidade, acompanhando as mudanças no perfil epidemiológico. Compreendem que a atuação profissional segue a tendência dos serviços nacionais de cuidados paliativos com concentração nos níveis especializados, mas manifestam a potência de sua implementação na atenção básica e domiciliar. Dentre os entraves para a prática foram apontados: complexidade do "estar no domicílio", peculiaridades dos cuidados paliativos com demandas de alto custo, falta de infraestrutura e a não implementação da política pública vigente. A formação profissional e a produção científica na área foram apontadas como insuficientes, embora identifiquem um movimento de mudança. As entrevistadas reconhecem os cuidados paliativos na atenção domiciliar como um campo potente de atuação profissional, mas que ainda requer estudo e discussão sobre seus limites e condições de oferecimento, especialmente no âmbito do SUS.

11.
Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.) ; 22(1): 215-221, jan.-abr. 2014.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: lil-712125

RESUMO

This essay reflects on the constitution of identity and knowledge production within the realm of discussions about occupational therapy in Latin America. The text presents the reflective and subjective processes experienced by the author, while discussing the central theme and dialoguing with the ideas of Boaventura de Sousa Santos. It briefly describes the Brazilian academic production on the themes of occupational therapy, identity and complexity, and the potential international interests on the subject. It emphasizes the tensions of contemporary subjectivity which moves across the individual and the collective, the universal and the singular, and its consequences to the constitution of occupational therapy knowledge and practice. The essay discusses the impacts of the demands for productivity in contemporary university and stresses the researchers' difficulties regarding daily academic and administrative requirements. The paper highlights the difficulties of sharing knowledge and experiences among Latin American occupational therapists and questions the existence of a Latin American identity, drawing attention to the tensions that circumscribe possible consensus and differences.


Este ensaio realiza uma reflexão sobre a constituição da identidade e a produção de conhecimento no âmbito das discussões sobre Terapia Ocupacional na América Latina. O texto apresenta o processo reflexivo e subjetivo do autor ao discorrer sobre a temática central e dialogar com as ideias de Boaventura de Sousa Santos. Discorre, de forma sintética, sobre a produção acadêmica brasileira na temática Terapia Ocupacional, identidade e complexidade e o potencial interesse internacional sobre o tema. Aponta para as tensões da subjetividade contemporânea, que transita entre o individual e o coletivo, o universal e o singular, e seus desdobramentos para a constituição dos saberes e práticas da Terapia Ocupacional. Discute os impactos da demanda por produtividade na universidade contemporânea e reflete sobre as dificuldades dos pesquisadores frente às exigências acadêmico-administrativas cotidianas. Destaca as dificuldades do compartilhamento de saberes e experiências entre os terapeutas ocupacionais latino-americanos e questiona sobre a existência de uma identidade latino-americana, apontando as tensões que circunscrevem os possíveis consensos e diferenças.


Assuntos
Terapia Ocupacional/tendências , Conhecimento , América Latina
12.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos | ID: psi-68673

RESUMO

This essay reflects on the constitution of identity and knowledge production within the realm of discussions about occupational therapy in Latin America. The text presents the reflective and subjective processes experienced by the author, while discussing the central theme and dialoguing with the ideas of Boaventura de Sousa Santos. It briefly describes the Brazilian academic production on the themes of occupational therapy, identity and complexity, and the potential international interests on the subject. It emphasizes the tensions of contemporary subjectivity which moves across the individual and the collective, the universal and the singular, and its consequences to the constitution of occupational therapy knowledge and practice. The essay discusses the impacts of the demands for productivity in contemporary university and stresses the researchers' difficulties regarding daily academic and administrative requirements. The paper highlights the difficulties of sharing knowledge and experiences among Latin American occupational therapists and questions the existence of a Latin American identity, drawing attention to the tensions that circumscribe possible consensus and differences.(AU)


Este ensaio realiza uma reflexão sobre a constituição da identidade e a produção de conhecimento no âmbito das discussões sobre Terapia Ocupacional na América Latina. O texto apresenta o processo reflexivo e subjetivo do autor ao discorrer sobre a temática central e dialogar com as ideias de Boaventura de Sousa Santos. Discorre, de forma sintética, sobre a produção acadêmica brasileira na temática Terapia Ocupacional, identidade e complexidade e o potencial interesse internacional sobre o tema. Aponta para as tensões da subjetividade contemporânea, que transita entre o individual e o coletivo, o universal e o singular, e seus desdobramentos para a constituição dos saberes e práticas da Terapia Ocupacional. Discute os impactos da demanda por produtividade na universidade contemporânea e reflete sobre as dificuldades dos pesquisadores frente às exigências acadêmico-administrativas cotidianas. Destaca as dificuldades do compartilhamento de saberes e experiências entre os terapeutas ocupacionais latino-americanos e questiona sobre a existência de uma identidade latino-americana, apontando as tensões que circunscrevem os possíveis consensos e diferenças.(AU)


Assuntos
Terapia Ocupacional/tendências , Conhecimento , América Latina
13.
Interface comun. saúde educ ; 17(46): 743-754, jul.-set. 2013.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-687804

RESUMO

Este exercício de composição é construído com: textos, tecidos, linhas, alfinetes, tesouras, livros e site de artistas, fotografias, programas de editoração, e uma conexão entre os participantes deste trabalho. Elementos que dão forma ao processo de criação gerado nos encontros para mobilização de desejos e ideias, experimentações e produção de audiovisual para apresentação do texto de fechamento do XV Congress of the World Federation of Occupational Therapists, realizado no ano de 2010, no Chile.


This exercise in composition was constructed using texts, fabric, thread, pins, scissors, books, artists' websites, photographs, editing software and connections between the participants in this work. These elements gave shape to the creative process that was generated in meetings, in order to mobilize desires, ideas, experimentation and audiovisual production for the presentation of the closing keynote address of the 15th Congress of the World Federation of Occupational Therapists, in Chile in 2010.


Este ejercicio de composición se basa en textos, telas, hilos, alfileres, tijeras, libros y páginas web de artistas, fotografías, programas de edición y una conexión entre los participantes en este estudio. Elementos que conforman el proceso de creación generado en los encuentros para movilización de los deseos y las ideas, la experimentación y la producción audiovisual para la presentación del texto de clausura del XV Congreso de la Federación Mundial de Terapeutas Ocupacionales, en Chile en 2010.


Assuntos
Humanos , Terapia Ocupacional/tendências
14.
Interface comun. saúde educ ; 16(40): 261-272, jan.-mar. 2012.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-626404

RESUMO

O objetivo deste trabalho é refletir sobre os modos de fazer, sentir e conduzir as ações de contar histórias em uma enfermaria pediátrica. Essas ações decorrem de atividades de extensão universitária, no âmbito da terapia ocupacional. A reflexão, realizada a partir da revisão de literatura e discussão sobre anotações de campo do projeto, pauta-se por norteadores teóricos baseados nas tecnologias do cuidado e no brincar dentro do contexto das intervenções no hospital, sob a perspectiva da integralidade e da humanização do cuidado. A contação de histórias é apresentada enquanto forma de promover escuta, acolhimento, afetações diversas e processos vinculares, possibilitando a constituição de uma rede de sustentabilidade relacional, envolvendo os atores que circulam na enfermaria. Reafirma, assim, as práticas profissionais em saúde no hospital a partir de uma construção permanente junto ao sujeito por meio de ferramentas tecnológicas singularizadoras que promovam encontros-acontecimentos.


The aim of this study was to reflect on the ways of doing, feeling and conducting story-telling actions in a pediatric ward. These practices resulted from university extension activities within the scope of occupational therapy. This reflection was done by reviewing the literature and discussing field notes on the project, and was based on a theoretical framework grounded in care technologies and in play within the context of hospital interventions, from the perspective of comprehensive and humanized care. Storytelling is presented as a means of promoting listening, reception, different affectations and bonding processes, thereby making it possible to set up a support network among the players present in the ward. It thus reaffirms professional healthcare practices in the hospital through continual construction among the subjects by using individualized technological tools that promote meetings and happenings.


Este trabajo reflexiona sobre las formas de hacer, sentir y conducir la narración de historias en una enfermería de pediatría. Estas acciones se derivan de las actividades de extensión universitaria en terapia ocupacional. Esta reflexión, a partir de revisión de la literatura y la discusión de las notas de campo del proyecto, se orienta en las teorías de la tecnología del cuidado y en el juego dentro del contexto de las intervenciones en el hospital, desde el punto de vista de la integralidad y la humanización de la atención. Presenta la narración de historias como una forma de promover escucha, acogida, cambios y vínculo, lo que permite la creación de una red de apoyo con los que circulan en la enfermería. Reafirma así las prácticas profesionales en salud en el hospital a través de herramientas tecnológicas que promuevan singulares encuentros-evento.

15.
Rev. ter. ocup ; 22(3): 298-307, set.-dez. 2011. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-657305

RESUMO

O VI Encontro Latino-americano de Escolas e Docentes de Terapia Ocupacional foi realizado em outubro de 2011, na Faculdade de Medicina da USP, de modo associado ao XII Congresso Brasileiro e IX Latino-Americano de Terapia Ocupacional, ocorrido em São Paulo. O Encontro foi organizado pela Confederación Latinoamericana de Terapeutas Ocupacionales (CLATO), a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa em Terapia Ocupacional (RENETO) e o Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional da FMUSP. Estiveram presentes 160 profissionais sendo 117 brasileiros e 43 estrangeiros de 8 países latino-americanos e 2 europeus. Estiveram representadas 50% das instituições de ensino brasileiras, principalmente as da região sudeste, e 35,8% das latino-americanas. Pesquisadores convidados realizaram exposições sobre o cenário da educação brasileira e latino-americana e os desafios colocados para a Educação Superior na região. A CLATO caracterizou a formação na área e foram realizadas mesas redondas sobre o ensino de graduação e de pós-graduação com docentes brasileiros e de países estrangeiros. Foram apresentados 35 trabalhos sob a forma de pôsteres, sendo 27 sobre ensino de graduação, 3 sobre pós-graduação e 5 sobre educação superior. Na plenária final foram sugeridas a participação de estudantes nos próximos eventos, a ampliação do encontro para dois dias e a criação de grupos de trabalho que organizarão, previamente, os debates temáticos sobre as dificuldades e potencialidades da formação de graduação e pós-graduação para o VII Encontro a se realizar na Venezuela em 2013.


The VI Latin American Meeting of Schools and Teachers of Occupational Therapy (OT) took place in October 2011, at the Faculty of Medicine of USP, being associated with the XII Brazilian and IX Latin American Occupational Therapy Congress, held in São Paulo. The meeting was organized by the Latin American Confederation of Occupational Therapists (CLATO), the National Network of Education and Research in Occupational Therapy (RENETO) and the Department of Physical Therapy, Speech Therapy and Occupational Therapy of FMUSP. At the event 160 professionals were present among which 117 Brazilian and 43 from eight Latin American countries and two European. Fifty percent of the Brazilian educational institutions were represented, mainly from the southeast, and 35.8% of the Latin American ones. Invited researchers exhibited about the education in Brazil and Latin America and, about the challenges for higher education in the region. CLATO characterized OT education and, round tables were held about the undergraduate and graduate programs by teachers from Brazil and Latin America. Thirty-five papers were presented in the form of posters: 27 on undergraduate education, 3 on graduate education and 5 on higher education. The final meeting of the event recommended the participation of students in future events, the expansion of the event for two days, and the creation of working groups to organize in advance the thematic debates on the difficulties and potentialities of undergraduate and graduate OT Education for the VII Meeting to be held in Venezuela in 2013.


Assuntos
Universidades , Instituições Acadêmicas , Terapia Ocupacional/educação , Terapia Ocupacional/tendências
16.
Rev. ter. ocup ; 22(2): 191-199, maio-ago. 2011.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-657292

RESUMO

O cotidiano e o habitar de crianças e adolescentes em acolhimento institucional em abrigo pode apresentar características de um desenraizamento étnico e ético. Assim, prover condições de vida em abrigos de forma a oferecer proteção, cuidado e oportunidades de desenvolvimento para seus moradores tem sido um desafio permanente para as políticas de cuidado substituto no Brasil. O artigo apresenta uma reflexão crítica, de caráter histórico e conceitual, na tentativa de se construir um olhar múltiplo e complexo sobre a temática. Partindo-se do princípio de que estes modos de vida são atravessados por processos históricos, sociais e políticos, o artigo apresenta uma contextualização histórica da institucionalização das crianças no Brasil, uma reflexão sobre a implementação da medida de proteção de abrigo pós-ECA e discute sobre os dilemas e desafios para o acolhimento familiar e institucional e para a escuta e a atenção às necessidades das crianças e adolescentes. Por último, apresenta uma reflexão sobre os norteadores conceituais e metodológicos a serem utilizados na produção de saberes e de tecnologias sociais, defendendo o uso dos conceitos de habitar e cotidiano que remetem à processualidade do viver no mundo e provocam a reflexão sobre a autonomia e a participação. Partindo de uma dimensão de alteridade, em que se considera a vivência e o olhar do outro, acreditamos que ações mais efetivas e produtoras de morada e habitar possam vir a acontecer nos abrigos para crianças e adolescente.


The daily life and the feeling of being home for children and adolescents in residential care in a shelter may have features of an ethnic and ethical breakdown. Thus, providing living conditions in shelters in order to provide protection, care and development opportunities for its residents has been an ongoing challenge for foster care policies in Brazil. The article presents a critical reflection, historical and conceptual, in an attempt to build a look on this multiple and complex subject. Based on the principle that these lifestyles are crossed by historical processes, social and political, the article presents a historical context of the institutionalization of children in Brazil, a reflection on the implementation of the measure of protection in post-ECA era and discusses about the dilemmas and challenges for foster family and institutional care and to the listening to the needs of children and adolescents. Finally, it presents a reflection on the conceptual and methodological framework to be used in the production of knowledge and social technologies, advocating the use of concepts of daily life and inhabiting that refer to the processuality of living in the world and provoke reflection on autonomy and participation issues. From a dimension of otherness, which considers the experience and the look of another, we believe that more effective actions could appear in shelters for children and adolescents.


Assuntos
Adolescente Institucionalizado , Criança Institucionalizada , Constituição e Estatutos , Ética , Abrigo , Terapia Ocupacional/tendências , Acolhimento
17.
Aust Occup Ther J ; 58(2): 60-6, 2011 Apr.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-21418227

RESUMO

BACKGROUND: Addressing human rights issues brings forth ethical and political responsibilities for occupational therapists and requires new epistemological and educational approaches. The way occupational therapists have faced these challenges has depended upon historical, cultural and social contexts. AIM AND METHOD: By means of literature review and historical analysis, this paper reflects on how occupational therapists have dealt with human matters issues and on the contemporary changes within the profession. RESULTS AND DISCUSSION: The paper portrays how Latin American occupational therapists have engaged in social transformation by choosing not to transform ethical and political problems into technical matters. Taking into account experiences and views from South Africa, Brazil and Chile, the paper outlines the importance of developing political literacy and interdisciplinary professional/postprofessional education to prepare the new generation of occupational therapists to engage in social transformation. Addressing issues of invisibility and lack of access to human rights, the paper reflects on the need of developing conceptual tools and strategies for change, and discusses the transformations being produced in contemporary occupational therapy. CONCLUSION: Occupational therapists and scientists need to be attentive to human rights issues. They also need to answer the call for interconnectedness in the present-day complex societies, and engage in networking and a cross-bordering dialogue. Nevertheless, although necessary and welcome, international cooperation requires a permanent exercise of cultural sensitivity, political awareness and self-awareness.


Assuntos
Direitos Humanos , Terapia Ocupacional/ética , Defesa do Paciente/ética , Mudança Social , Competência Cultural , Humanos , Cooperação Internacional , América Latina , Terapia Ocupacional/normas , Defesa do Paciente/normas , Política , Apoio Social
18.
Occup Ther Int ; 17(3): 113-24, 2010 Sep.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-20564687

RESUMO

The purpose of this study was to examine how key occupational therapy terminologies are used by Brazilian occupational therapists. A nominal group approach combined with a Delphi technique involving 31 Brazilian occupational therapists was applied. A sociolinguistic approach was adopted since it broadens our understanding of the social and cultural determinants of terminology consolidation. Brazilian occupational therapists were found to adopt the term activity more often than human action or doing. Even less often were praxis and occupation applied. No consensus was reached regarding which of the terms is most preferred. While Brazilian occupational therapists have been developing their profession from international standards, it is still embedded in local demands and policies. Additionally, the political context must be considered when building an international dialogue between members of a professional body. Such a dialogue could engage professionals from different countries in meaningful exchanges about their practices. These exchanges may lead to the development of solid professional communities that can contribute meaningfully to social change.


Assuntos
Atitude do Pessoal de Saúde , Comunicação , Consenso , Relações Interprofissionais , Terapia Ocupacional/métodos , Terminologia como Assunto , Brasil , Técnica Delfos , Feminino , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Humanos , Intenção , Intercâmbio Educacional Internacional , Linguística , Masculino , Terapia Ocupacional/educação , Política , Poder Psicológico , Guias de Prática Clínica como Assunto , Papel Profissional/psicologia , Inquéritos e Questionários
19.
Interface comun. saúde educ ; 14(33): 273-284, abr.-jun. 2010.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-550477

RESUMO

O convívio com uma doença ameaçadora da vida pode afetar o sujeito e a família em diversas dimensões - física, emocional, espiritual, social e econômica - e demandar cuidados sensíveis e atentos de uma equipe multidisciplinar ao enfrentar tal situação única e delicada. O artigo tem como objetivo refletir sobre as contribuições do uso da música nos cuidados paliativos e na humanização do cuidado da pessoa fora de possibilidades terapêuticas de cura. Com esse propósito, foi realizada pesquisa bibliográfica, mediante busca eletrônica de artigos indexados em bases de dados e por varredura manual dos periódicos não indexados considerados relevantes. A pesquisa mostra que o uso da música nos processos saúde-doença-cuidado pode promover conforto e qualidade de vida para a pessoa adoecida e ser um recurso de ajuda na relação da família com a despedida de seu ente querido. Pode também auxiliar na manutenção de uma equipe de saúde saudável e integrada.


Living with a life-threatening disease may affect such individual and their families in various dimensions (physical, emotional, spiritual, social and economic) and require sensitive and attentive care provided by a multidisciplinary team, to deal with this unique and delicate situation. This paper has the aim of reflecting on the contributions from using music in palliative care and in humanization of care, for people beyond the therapeutic possibilities of cure. With this purpose, a literature review was undertaken through electronic searches for articles indexed in databases and by manual searching among non-indexed periodicals relevant to this study. The investigation revealed that using music in health-disease-care processes may provide comfort and quality of life for sick individuals and may be a resource for helping in family relationships, in saying farewell to their beloved ones. It may also help in keeping the healthcare team healthy and integrated.


El convivio con una enfermedad amenazadora de la vida puede afectar el sujeto y a la familia en diversas dimensiones y requerir cuidados sensibles y atentos de un equipo multi-disciplinario al enfrentar tal situación única y delicada. El artículo tiene como objetivo reflexionar sobre las contribuciones del uso de la música en los cuidados paliativos y en la humanización del cuidado de la persona fuera de posibilidades terapéuticas de cura. Con este propósito se realizó una investigación bibliográfica mediante la búsqueda electrónica de artículos indexados en bases de datos y por rastreo de los periódicos no indexados considerados relevantes. La investigación muestra que el uso de la música en los procesos salud-enfermedad-cuidado puede promover comodidad y calidad de vida para la persona enfermiza y ser un recurso de ayuda en la relación a la familia con la despedida de su ente querido. Puede también auxiliar en el mantenimiento de un equipo de salud saludable e integrada.


Assuntos
Humanização da Assistência , Musicoterapia , Cuidados Paliativos
20.
Rev. ter. ocup ; 21(1): 23-32, jan.-abr. 2010. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-657238

RESUMO

Este artigo se propõe a apresentar as trajetórias, percepções e inquietações de terapeutas ocupacionais e docentes de terapia ocupacional em programas hospitalares, representando parte dos resultados de pesquisa cujo objetivo foi o de conhecer as percepções e representações desses profissionais sobre as práticas hospitalares da terapia ocupacional. Foram entrevistados vinte e três terapeutas ocupacionais e/ou docentes de terapia ocupacional de hospitais universitários e hospitais-escola do Estado de São Paulo através de entrevistas semi-estruturadas. Os resultados apontam que, para os entrevistados, o trabalho do terapeuta ocupacional no hospital é promissor, sua atuação contribui para a redução do tempo de internação, de complicações, seqüelas, e reinternações. Referem que o terapeuta ocupacional oferece escuta diferenciada, atendendo de forma ampliada as necessidades dos sujeitos sob cuidado. Com relação às dificuldades, apontam, dentre outros, para o hibridismo das bases teórico-metodológicas usadas; a invisibilidade e a desvalorização do trabalho e a falta de organização da categoria profissional. Apoiando-se nas reflexões de Bourdieu, o artigo conclui que os terapeutas ocupacionais no hospital têm ainda pouco capital simbólico e econômico e que necessitariam compensar sua condição atual, por meio do desenvolvimento do capital cultural, investindo na graduação e na educação permanente, e do capital social, promovendo uma maior organização social entre aqueles que trabalham nas instituições hospitalares.


This paper aims to present the trajectories, perceptions and concerns of occupational therapists and teachers of occupational therapy in hospitalar programs. It represents some of the results of research whose objective was to ascertain the perceptions and representations of these professionals on the hospital practice of occupational therapy. Twenty-three occupational therapists and / or occupational therapy faculty in university hospitals of the State of Sao Paulo were interviewed through semi-structured questions. The results show that, for those interviewed, the work of occupational therapists in the hospital is promising; their performance contributes to the reduction in hospital stay, complications, sequelae, and readmissions. The interviewees state that the occupational therapist provides differentiated listening, taking in a wider sense the needs of individuals under care. Regarding the difficulties, they point out the hybridity of the theoretical and methodological approaches used, the invisibility and devaluation of work and lack of organization of the profession. Drawing on Bourdieu's reflections, the paper concludes that occupational therapists in the hospital still have little symbolic and economic capitals and, to compensate for the current condition, they need to go through the development of cultural capital, investing in continuing education, and of social capital, by promoting greater social organization among those who work in hospitals.


Assuntos
Assistência Hospitalar , Hospitais de Ensino , Hospitais Universitários , Categorias de Trabalhadores , Serviço Hospitalar de Terapia Ocupacional , Terapia Ocupacional/tendências
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...