Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 29: e2855, 2021. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1285769

RESUMO

Resumo Introdução Diante das sucessivas transformações no que se refere à assistência em saúde mental e às abordagens teóricas que ancoram as práticas não apenas no Brasil, mas no mundo inteiro, percebe-se a importância de sistematizar e identificar o que tem sido produzido e divulgado por terapeutas ocupacionais sobre esta temática. Objetivo Descrever o panorama do conhecimento científico sobre terapia ocupacional e saúde mental, levando em consideração as variáveis ano, idioma, país, abordagem metodológica e objeto dos estudos. Método Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva, de abordagem quantitativa, que se utiliza de estratégia bibliométrica para sistematizar os resultados encontrados. Resultados Foram analisados 249 estudos, sendo perceptível maior incidência de artigos brasileiros, australianos, estadunidenses e canadenses, publicados em inglês e, principalmente, a partir da década de 2000. A abordagem metodológica predominante foi a qualitativa e foram construídas nove categorias que dispõem sobre os objetos dos estudos. Conclusão Os resultados do mapeamento sobre a produção científica da terapia ocupacional em saúde mental possibilitaram a identificação de interesses e tendências teóricas e práticas ao longo do tempo e a nível mundial, assim como realçaram a importância da profissão neste campo.


Abstract Introduction The successive transformations in mental health practices and theoretical approaches in Occupational Therapy, both in Brazil and worldwide, give rise to the need of systematizing and identifying what has been produced and disseminated by occupational therapists on this topic. Objectives To describe the panorama of scientific productions about Occupational Therapy and mental health, considering variables such as year, language, country, methodological approach, and object of the studies. Method This exploratory and descriptive research was based on a quantitative approach, using bibliometric analysis to systematize its data. Results 249 studies were analyzed that demonstrate the highest incidence of Brazilian, Australian, American, and Canadian articles, published in English and mainly from the 2000s onwards. The predominant methodological approach was qualitative, and nine categories were created to deal with the objects of the studies. Conclusion The results of the mapping of Occupational Therapy scientific production in mental health enabled the identification of theoretical and practical interests and trends over time worldwide.

2.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 29: e2121, 2021.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1249399

RESUMO

Resumo Introdução No cenário atual da COVID-19 e das consequentes medidas emergenciais para seu enfrentamento, é fundamental compreender sobre os impactos gerados por esta condição em grupos sociais que vivenciam condições específicas, como é o caso das crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Objetivos Refletir a partir de aspectos teórico-práticos sobre os desafios e as possíveis implicações da atual pandemia no cotidiano de crianças e adolescentes com TEA, apresentando possibilidades de cuidado fundamentadas na Atenção Psicossocial junto a essa população e suas famílias. Método Trata-se de um ensaio reflexivo, elaborado com base em ações desenvolvidas em um projeto de extensão universitária intitulado "Estratégias de cuidado em Saúde Mental Infantojuvenil frente à pandemia da COVID-19", na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Resultados Diferentes estratégias de cuidado frente às implicações da pandemia no cotidiano de crianças e adolescentes com TEA são apresentadas e discutidas, sendo que estas envolveram a organização da rotina, intervenções informacionais, apoio à família, entre outras. Compreende-se que estas perpassaram o nível individual, assim como consideraram as demandas da família e, de forma mais ampliada, a importância do coletivo e da comunidade. Conclusão: Evidencia-se a necessidade do investimento em práticas e estudos que se pautem nas particularidades dessa população durante a pandemia, de forma a contribuir para o melhor enfrentamento da situação.


Abstract Introduction In the current scenario of COVID-19 and its emergency demands, it is essential to understand the pandemic and its possible impacts, especially with regard to the most vulnerable social groups, such as children and adolescents with Autistic Spectrum Disorder (ASD). Objectives : This article aims to reflect on theoretical and clinical aspects of the challenges and possible implications of the current pandemic in everyday lives of children and adolescents with ASD, presenting possibilities of care based on Psychosocial Care for this population and their families. Method This is a reflective essay, elaborated from the actions developed in a university project entitled "Caring strategies in Child and Adolescent Mental Health in the face of the COVID-19 pandemic", at Federal University of São Carlos (UFSCar). Results Different caring strategies regarding the implications of the pandemic in the daily lives of children and adolescents with ASD are presented and discussed, and they include the organization of routine, informational interventions, support for the families, among others. It is understood that the caring strategies permeate the individual level and the demands of the family, as well as, more broadly, the importance of the collective and the community. Conclusion There is a need for further studies related to clinical practices and studies that are based on the particularities of this population during the pandemic, in order to better cope with the situation.

3.
Preprint em Português | SciELO Preprints | ID: pps-955

RESUMO

Background: In the current scenario of COVID-19 and emergency demands, it is essential to understand about the pandemic and its possible impacts, especially with regard to the most vulnerable social groups, such as children and adolescents with Autistic Spectrum Disorder (ASD). Purpose: This article aims to reflect on theoretical and practical aspects of the challenges and possible implications of the current pandemic in everyday lives of children and adolescents with ASD, presenting possibilities of care based on Psychosocial Care for this population and their families. Method: This is a reflective essay, elaborated from the actions developed in a university extension project entitled "Caring strategies in Child and Adolescent Mental Health in the face of the COVID-19 pandemic", at the Federal University of São Carlos (UFSCar). Results and Discussion: Two dimensions are presented and discussed: 1) caring strategies in the face of the implications of the pandemic in everyday lives of children and adolescents with ASD; 2) The family as a target for Psychosocial Care in a pandemic context. Conclusion: The reflections made it possible to understand the particularities experienced by children and adolescents with ASD and their families in the pandemic scenario, also seeking to address strategies and caring actions with this population. However, there is a need for investment in practices and studies that are based on the particularities of this population during the pandemic, in order to contribute to better coping with the situation.


Introdução: No cenário atual da COVID-19 e das consequentes medidas emergenciais para enfrentamento, é fundamental compreender sobre os impactos gerados por esta condição em grupos sociais que vivenciam condições específicas, como é o caso das crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Objetivos: O presente artigo visa refletir a partir de aspectos teórico-práticos sobre os desafios e as possíveis implicações da atual pandemia no cotidiano de crianças e adolescentes com TEA, apresentando possibilidades de cuidado fundamentadas na Atenção Psicossocial junto a essa população e suas famílias. Método: Trata-se de um ensaio reflexivo, elaborado a partir das ações desenvolvidas em um projeto de extensão universitária intitulado "Estratégias de cuidado em Saúde Mental Infantojuvenil frente à pandemia da COVID-19", na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Resultados e Discussão: Duas dimensões são apresentadas e discutidas: 1) estratégias de cuidado frente às implicações da pandemia no cotidiano de crianças e adolescentes com TEA; 2) A família enquanto alvo da Atenção Psicossocial no contexto pandêmico. Conclusão: As reflexões possibilitaram a compreensão das particularidades vivenciadas pelas crianças e adolescentes com TEA e suas famílias no cenário pandêmico, buscando também abordar estratégias e ações de cuidado junto a essa população. Contudo, evidencia-se a necessidade do investimento em práticas e estudos que se pautem nas particularidades dessa população durante a pandemia, de forma a contribuir para o melhor enfrentamento da situação.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...