Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 19 de 19
Filtrar
1.
São Paulo; Atlas; 2012. 283 p.
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-705518
2.
São Paulo; Atlas; 2012. 283 p.
Monografia em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-939341
3.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-763926

RESUMO

As pesquisas orientadas fenomenologicamente caracterizam-se pela flexibilidade. Não cabe, portanto, definirnormas rígidas a respeito do projeto que as orienta. Como, porém, muitas dessas pesquisas têm como propósito aobtenção de um título acadêmico, seus autores, com frequência, sentem dificuldade para adaptar sua proposta depesquisa aos requisitos definidos pelas instituições. Assim, apresenta-se o presente trabalho que tem como objetivodiscutir as vantagens e desvantagens da elaboração de projetos de pesquisas orientadas fenomenologicamente, bemcomo esclarecer acerca dos componentes que integram esses projetos. Para sua elaboração foram consideradascontribuições teóricas de pesquisadores que se dedicam à pesquisa fenomenológica, bem como a análise deprojetos de pesquisa submetidos a instituições de ensino superior. Discute-se inicialmente o papel do projeto naspesquisas fenomenológicas. Em seguida, passa-se à apresentação organizada ? sempre seguida de discussão ? doselementos sugeridos para composição de um projeto de pesquisa.


Phenomenological researches are characterized by flexibility. Not responsible therefore set strict rules about the projectdesign. As, however, much of this research are intended to obtain an academic title, the authors often go to havetrouble adapting their research proposal to the requirements set by the institutions. Thus, it appears that this paper aimsto discuss the advantages and disadvantages of the development of phenomenological researches and also explainabout the components that make up these projects. For its construction were considered theoretical contributionsof investigators engaged in phenomenological research, as well as analysis of research projects submitted to highereducation institutions. It discusses first the role of design in phenomenological research. Then present the organizedpresentation - always followed by discussion - the items suggested to compose a research project.


Las investigaciones fenomenológicamente orientadas se caracterizan por su flexibilidad. No cabe, por lo tanto,establecer normas estrictas al respecto del proyecto que las orienta. Pero, como muchas de esos estudios tienen lafinalidad de obtener un grado académico, sus autores a menudo tienen dificultades para adaptar su propuesta deinvestigación a los requisitos establecidos por las instituciones. Por lo tanto, este trabajo tiene como objetivo discutirlas ventajas y desventajas de la elaboración de proyectos de investigación orientados fenomenológicamente, asícomo esclarecer acerca de los componentes que conforman esos proyectos. Para su elaboración se consideraron lascontribuciones teóricas de los investigadores dedicados a la investigación fenomenológica, así como el análisis de losproyectos de investigación presentados a las instituciones de educación superior. Inicialmente, se discute el rol del proyecto en las investigaciones fenomenológicas. En seguida, se presentan organizadamente, siempre acompañadode un debate, los elementos sugeridos para la constitución de un proyecto de investigación.


Assuntos
Humanos , Projetos de Pesquisa , Pesquisa em Educação de Enfermagem , Educação em Enfermagem , Universidades
4.
São Paulo; Atlas; 5. ed; 2010. 184 p.
Monografia em Português | LILACS, Coleciona SUS, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-941474
5.
São Paulo; Atlas; 5 ed; 2010. 184 p.
Monografia em Português | Sec. Munic. Saúde SP, CACHOEIRINHA-Acervo | ID: sms-10135
8.
São Paulo; Atlas; 5 ed; 2007. 206 p. ilus, tab.
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-488860
9.
Cad. pesqui. cienc. saude ; 1(1): 22-37, jan.-jun. 2006.
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-56465

RESUMO

Durante muito tempo, as organizações voltadas ao atendimento das necessidades de saúde da comunidade dependeram da contribuição de pessoas movidas por sentimentos de filantropia ou de caridade. Essas pessoas, que compõem o voluntariado, continuam importantes para o desempenho das tarefas a que se propõem as Organizações Não-Governamentais. Mas, como essas organizações vêm passando por grandes mudanças para torná-las mais efetivas, os papéis atribuídos a seus agentes tendem a se alterar. Assim, este artigo tem como propósito analisar os novos papéis atribuídos ao voluntariado nas organizações de saúde, que constituem seu principal lócus de atuação.(AU)


Assuntos
Organizações/economia , Voluntários , Participação da Comunidade
10.
São Paulo; Atlas; 4 ed; 2006. 175 p.
Monografia em Português | Coleciona SUS | ID: biblio-929639
11.
Mundo saúde (Impr.) ; 28(2): 125-142, abr.-jun. 2004. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, Sec. Est. Saúde SP | ID: lil-366484

RESUMO

Esta pesquisa teve por objetivo descrever as características profissionais do administrador hospitalar, verificar a existência de relação entre formação e especialização do administrador hospitalar e faturamento, porte, modelo de propriedade e finalidade do capital da empresa. A pesquisa baseou-se em um estudo de campo cujos dados foram obtidos por meio de uma amostra de 87 hospitais públicos e privados do Município de São Paulo. Como instrumento de medida, utilizou-se um questionário auto-aplicado, com questões elaboradas pautadas em um estudo exploratório. Foram feitas, também, entrevistas com proprietários de hospitais e selecionadores de executivos. Os resultados indicaram que pouco mais da metade dos executivos tem curso de especialização, a maioria é formada em medicina, e está no comando de suas unidades há menos de três anos e a maior parte é constituída de homens. Os hospitais com nível maior de faturamento são aqueles que têm os executivos com maior nível de qualificação. O Centro Universitário São Camilo formou um quarto dos executivos que estão no comando desses hospitais.


Assuntos
Administradores Hospitalares , Administração Hospitalar , Diretores Médicos
12.
Mundo saúde (Impr.) ; 26(2): 244-253, abr.-jun. 2002. tab
Artigo em Português | LILACS, Sec. Est. Saúde SP | ID: lil-366435

RESUMO

O presente estudo de natureza exploratória tem como objetivo verificar a postura de dirigentes do setor hospitalar no Brasil, em relação ao atendimento às reais necessidades de seus clientes. Fundamentado no conceito de Levitt relacionado à miopia em Marketing, procedeu-se à revisão bibliográfica relacionada ao tema, bem como à análise de publicações sobre serviços hospitalares no Brasil. Procedeu-se, ainda, à observação direta de unidades hospitalares e a entrevistas com empresários e profissionais de marketing. Concluiu-se que alguns hospitais conseguiram desenvolver essa visão ampliada. Ocorreram algumas quebras de paradigmas, e mudanças estruturais foram realizadas. É preciso, porém, ter como objetivo constante a busca pela excelência em serviços. Identificou-se a falta de uma estratégia de serviços, clara, forte, orientada para o cliente e disseminada em todos os níveis da organização. Aqueles hospitais que não corrigirem sua miopia logo, provavelmente, ficarão fora deste segmento.


Assuntos
Administração Hospitalar/métodos , Marketing de Serviços de Saúde
13.
São Paulo; Atlas; 4. ed; 2002. 175 p.
Monografia em Português | Coleciona SUS | ID: biblio-935210
15.
Medicina (Ribeiräo Preto) ; 33(2): 147-154, abr.-jun. 2000. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-331563

RESUMO

Modelo de estudo. Transversal analítico. Objetivo do estudo. Verificar percepções de estudantes da Grande São Paulo acerca de comportamentos de risco assumidos por seus pares, grau de risco dos colegas de contrair aids, sua competência para usar preservativo e situações em que aceitam a influência de seus pares na prevenção da aids. Metodologia. Foi elaborado um questionário auto-aplicável, após estudo exploratório. A amostra foi constituída por 1039 estudantes universitários, solteiros, de instituições particulares de ensino da Região da Grande São Paulo, obtida por critério de conveniência. Resultados. Em relação a comportamentos de risco assumidos por colegas, 56,2 por cento dos homens e 56,4 por cento das mulheres referem uso eventual de preservativo. Sexo, com muitos parceiros foi admitido por 12,2 por cento dos homens e 5,7 por cento das mulheres. Quanto ao próprio risco de contrair aids, foi baixo o grau de percepção e menos acentuado entre as mulheres. Conclusões. Apesar de reconhecerem o uso de preservativo pelos pares a fim de evitar a aids, parece haver alguma incoerência nas percepções próprias acerca dos riscos de contrair aids, e nas dos colegas


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/prevenção & controle , Estudantes , Universidades , Preservativos , Inquéritos e Questionários , Assunção de Riscos
16.
Säo Paulo; s.n; 1999. 243 p. tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-253786

RESUMO

Tem por objeto a percepçäo de risco pessoal e a conduta sexual preventiva em relaçäo à AIDS de estudantes universitários da regiäo da Grande Säo Paulo. Realiza um "survey analítico", cujos dados foram obtidos a partir de uma amostra de 1039 estudantes de cursos das áreas de Ciências Exatas e Ciências Humanas, selecionada pelo critério da intencionalidade, utilizando um questionário auto-aplicado, com questöes elaboradas a partir de estudo exploratório. Os resultados indicam que os estudantes apresentam-se bem informados acerca dos modos de transmissäo da AIDS e consideram-na uma doença muito grave, embora considerem pequena a probabilidade de virem a contrai-la. Sugere que sejam desenvolvidos programas destinados a universitários que enfatizem aspectos afetivos e que procurem descaracterizar a AIDS como doença relacionada a grupos de risco, bem como que esses programas envolvam a participaçäo dos pares


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/prevenção & controle , Estudantes , Preservativos/estatística & dados numéricos , Fatores de Risco , Comportamento Sexual
17.
São Paulo; Atlas; 3 ed; 1996. 159 p.
Monografia em Português | Coleciona SUS | ID: biblio-929837
18.
São Paulo; Atlas; 3 ed; 1991. 207 p.
Monografia em Português | Sec. Munic. Saúde SP, EMS-Acervo | ID: sms-70
19.
Psicol. ciênc. prof ; 5(1): 12-17, 1985.
Artigo | Index Psicologia - Periódicos | ID: psi-7604
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...