Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 10 de 10
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
RECIIS (Online) ; 13(3): 482-495, jul.-set. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1016540

RESUMO

Uma das importantes conquistas para consolidação da democracia no Brasil foi a criação e a efetivação da Lei de Acesso à Informação (LAI). Neste artigo, interessa relacionar a LAI, a institucionalização da Política Nacional de Informação e Informática em Saúde e o Programa de Pesquisa para o SUS (PPSUS), privilegiando as Fundações de Amparo à Pesquisa (FAP), um dos atores deste Programa do Ministério da Saúde (MS). O método utilizado para o estudo foi a realização de um levantamento de editais publicados e de projetos de pesquisa contemplados no PPSUS, voltados para a instituição da Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (PNSILGBT). Ao observar, nos sites das instituições mencionadas, os registros de projetos de pesquisa relacionados à saúde da população LGBT, valorizou-se a dimensão da usabilidade, apreendendo desorganização nas apresentações dos editais e dos resultados, o que proporciona ineficiência na sua operacionalização e na funcionalidade das formulações de políticas no campo da saúde.


One of the important achievements for consolidation of the democracy in Brazil was the LAI ­ Lei de Acesso à Informação (access to information law) passed by Brazilian government and its implementation. In this article, we intend to examine how the LAI, the institutionalization of the Política Nacional de Informação e Informática em Saúde (a national policy on health information) and the PPSUS ­ Programa de Pesquisa para o SUS (research program for the SUS) are related, favouring the FAP ­ Fundações de Amparo à Pesquisa (foundations for research support), one of the actors of this program developed by Ministry of Health of Brazil. A survey of published call for proposals and research projects selected by the PPSUS aiming the institution of the PNSILGBT ­ Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (national integral health policy for lesbians, gays, bisexuals, transvestites and transsexuals) was carried out. Observing the research registers about the health of the LGBT population on sites of mentioned institutions, from the perspective of the usability dimension, we identified a disorganization in the presentations of the call for proposals and their result, providing inefficiency in their viability and in the performance of the policy formulation in health field aiming the LGBT population.


Una de las importantes conquistas para la consolidación de la democracia brasileña fue la creación y la realización de la LAI - Lei de Acesso à Informação (ley de acceso a la información). En este artículo buscamos relacionar la LAI, la institucionalización de la Política Nacional de Informação e Informática em Saúde (política nacional de información en salud) y el PPSUS - Programa de Pesquisa para o SUS (programa de investigación para el SUS), privilegiando las FAP - Fundações de Amparo à Pesquisa (fundaciones de auxilio a la investigación), uno de los actores de este programa del Ministerio de Salud de Brasil. El método utilizado para el estudio apresentado aquí ha sido un levantamiento de llamadas públicas y de proyectos de investigación seleccionados en el PPSUS, destinados a la institución de la PNSILGBT ­ Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (política nacional de salud integral de lesbianas, gays, bisexuales, travestis y transexuales. Al observar, en lo portal de las instituciones mencionadas, registros de proyectos de investigación relacionados con la salud de la población LGBT, del punto de vista de la dimensión de la usabilidad, concluimos que hay desorganización en las presentaciones de las llamadas públicas y de los resultados, lo que proporciona ineficiencia en su realización y en la funcionalidad de las formulaciones de políticas del gobierno en el campo de la salud.


Assuntos
Humanos , Sistema Único de Saúde , Brasil , Acesso à Informação , Comunicação em Saúde , Minorias Sexuais e de Gênero , Participação da Comunidade , Internet , Política de Pesquisa em Saúde , Política de Saúde
2.
Revista Fitos Eletrônica ; 10(2): 115-140, 2016.
Artigo em Português | MOSAICO - Saúde integrativa | ID: biblio-880925

RESUMO

As populações humanas que ocupam florestas tropicais convivem com grande diversidade biológica e de seu repertório cultural destacam-se as práticas relacionadas ao uso popular de plantas para fins medicinais. O objetivo deste trabalho foi traçar um panorama sobre o uso de plantas medicinais por populações tradicionais da Mata Atlântica no estado da Bahia, Nordeste do Brasil, buscando valorizar o potencial etnofarmacológico local e contribuir para novas pesquisas fitoterápicas. Para isso foi realizado um levantamento bibliográfico documental em repositórios virtuais sobre os estudos etnobotânicos já realizados, sobre o uso de plantas medicinais na cura e tratamento de doenças por comunidades tradicionais e campesinas desta região. Foram encontradas 21 referências sobre o uso de plantas medicinais por comunidades tradicionais e campesinas localizadas no estado da Bahia, das quais nove referem-se exclusivamente a Floresta Atlântica totalizando 276 espécies distribuídas em 77 famílias botânicas. A realização desse estudo permitiu a visão rápida e abrangente da produção científica envolvendo os conhecimentos tradicionais sobre o uso de plantas medicinais no atendimento primário a saúde e contribui para a valorização cultural associada ao desenvolvimento educacional e científico que envolve o conhecimento empírico de populações tradicionais.(AU)


Human populations that occupy tropical forests coexist with great biological diversity and its cultural repertoire there are the practices related to the popular use of plants for medicinal purposes. The aim of this study was to establish an overview of the use of medicinal plants for traditional populations of the Atlantic Forest in the state of Bahia, northeastern Brazil, seeking to exploit the potential site ethnopharmacological and contribute to new herbal research. To this was accomplished a bibliographical and documentary survey on virtual repositories on ethnobotanical studies conducted on the use of medicinal plants in the cure and treatment of diseases by traditional and peasant communities of this region. 21 references were found on the use of medicinal plants for traditional and rural communities located in the state of Bahia, nine of which refer exclusively to the Atlantic Forest totaling 276 species in 77 plant families. The present study allowed the rapid and comprehensive overview of the scientific production involving traditional knowledge on the use of medicinal plants in primary care health and contributes to the cultural value associated with educational development and scientific involving empirical knowledge of traditional populations.(AU)


Assuntos
Humanos , Etnobotânica/organização & administração , Fitoterapia , Plantas Medicinais , Publicações Científicas e Técnicas , Brasil/etnologia
3.
Rio de Janeiro; FIOCRUZ; 2014. 267 p.
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-762404

RESUMO

Abordagens multidisciplinares que integrem informação, educação, comunicação e saúde são relativamente recentes no Brasil. Mas demonstram grande potencial e têm contribuído para melhorias nos serviços de saúde. Uma significativa amostra de ações institucionais que apontam nessa direção está reunida neste livro. A coletânea explicita como informar, educar e comunicar constituem pilares para um efetivo engajamento em saúde. Nesse sentido, desempenham uma função política, relacionada aos direitos e interesses individuais e coletivos para a promoção da saúde. É nesse entrelaçamento entre as ciências sociais e as ciências da saúde que se localizam as contribuições do livro. Com enfoque ora mais instrumental, ora mais teórico, os capítulos da coletânea discutem estratégias ou políticas para implementar ações que favoreçam a saúde, de maneira participativa.


Assuntos
Humanos , Bioética , Educação Continuada , Meio Ambiente , Comunicação em Saúde , Educação em Saúde , Gestão em Saúde , Promoção da Saúde , Serviços de Saúde , Educação a Distância , Ensino Fundamental e Médio , Jornalismo , Nanotecnologia , Relações Médico-Paciente , Comunicação e Divulgação Científica , Rede Social
5.
6.
SAÚDE COLET ; 7(38): f43, mar. 2010. ilus
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-61662

RESUMO

O presente artigo apreende atividades da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) no Estado de Sergipe no que tange a oficinas de mobilização social na comunidade quilombola de Mocambo, Porto da Folha, Sergipe. Reflete-se sobre execuções, resultados, dificuldades apontadas nos momentos de discussões das condições de saneamento e assistência à saúde, assim como a importância dessa fundação no incentivo do exercício do controle social no campo da saúde. A necessidade da reflexão sobre a frequência dessas atividades merece atenção para o planejamento, aquisição de recursos para financiamento, efetividade e capacitação de recursos humanos. (AU)


Assuntos
Humanos , Saneamento Básico , Assistência à Saúde , Educação em Saúde , Promoção da Saúde , Saneamento
9.
Salvador; Edufba; 2009. 264 p.
Monografia em Português | Sec. Munic. Saúde SP, AHM-Acervo, TATUAPE-Acervo | ID: sms-3935
10.
Salvador; s.n; 2008. 247 p.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-539459

RESUMO

O presente estudo tem como objetivo principal apreender os usos de recursos terapêuticos utilizados por clientes, adeptos ou não, que frequentam o único Terreiro de Candomblé de origem Ketu, - Ilê Axé Opô Oxogum Ladê, localizado no municipio de São Cristovão, Sergipe. O Candomblé pode ser entendido como uma religião de matriz africana cuja re-elaboração em solo brasileiro tem como objetivo principal buscar a integração do individuo á da natureza atraves de um corpus religiosos e de uma visão de mundo que busca no equilibrio do individuo a sua principal função terapêutica....


Assuntos
Antropologia Cultural , Promoção da Saúde , Processo Saúde-Doença , Saúde Pública , Religião
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA