Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 158
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev Bras Enferm ; 73(2): e20180742, 2020.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-32236375

RESUMO

OBJECTIVES: to understand the meanings assigned by family caregivers about children's chronic disease diagnosis. METHODS: qualitative study, which used as theoretical framework the Symbolic Interactionism, and methodological, the Grounded Theory. It was held in a pediatric unit in Southern Brazil, in 2016, through interviews submitted to open and axial analysis, with the participation of 20 family caregivers of hospitalized children. RESULTS: relatives, interacting with the nursing/health staff, perceive children's disease at birth. They are diagnosed with chronic disease by the physician and deny it. Subsequently, they accept and seek information on care. CONCLUSIONS: the results pointed out the stages that relatives experience by assigning meanings to about children's chronic disease diagnosis. These meanings provide subsidies for nurses' actions, which need to be aware of children's and family's needs in order to offer comprehensive and humanized care.

2.
Rev Bras Enferm ; 73(2): e20180766, 2020.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-32236377

RESUMO

OBJECTIVES: To identify scientific evidence on the influence of internet use on adolescents' biopsychosocial health. METHODS: Integrative review, with database search, using the descriptors "internet", "adolescent health" and "adolescent behavior". After applying the inclusion and exclusion criteria, 16 articles were selected. RESULTS: Knowledge convergence produced for three main themes was demonstrated: "Internet exposure time and possible damages to adolescent health"; "Internet, adolescent and cyberbullying"; and "Internet as a source of information for adolescent health". FINAL CONSIDERATIONS: The network involves an intricate network of interactions, providing varied behaviors and attitudes that reflect on adolescent health. Therefore, it is important to articulate nursing actions with the school community and the family, in order to carry out health education.

3.
Rev. chil. anest ; 49(2): e20180742, 2020. graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1092560

RESUMO

ABSTRACT Objectives: to understand the meanings assigned by family caregivers about children's chronic disease diagnosis. Methods: qualitative study, which used as theoretical framework the Symbolic Interactionism, and methodological, the Grounded Theory. It was held in a pediatric unit in Southern Brazil, in 2016, through interviews submitted to open and axial analysis, with the participation of 20 family caregivers of hospitalized children. Results: relatives, interacting with the nursing/health staff, perceive children's disease at birth. They are diagnosed with chronic disease by the physician and deny it. Subsequently, they accept and seek information on care. Conclusions: the results pointed out the stages that relatives experience by assigning meanings to about children's chronic disease diagnosis. These meanings provide subsidies for nurses' actions, which need to be aware of children's and family's needs in order to offer comprehensive and humanized care.


RESUMEN Objetivos: comprender los significados atribuidos por los cuidadores familiares sobre el diagnóstico de enfermedades crónicas en los niños. Métodos: estudio cualitativo, que utilizó como referencia teórica el interaccionismo simbólico, y metodológico, la Teoría Basada en Datos. Se llevó a cabo en una unidad pediátrica en el sur de Brasil, en 2016, a través de entrevistas sometidas a análisis abiertos y axiales, con la participación de 20 cuidadores familiares de niños hospitalizados. Resultados: los miembros de la familia, cuando interactúan con el equipo de enfermería / salud, perciben la enfermedad del niño al nacer. El médico les diagnostica una enfermedad crónica y lo niegan. Más tarde, lo aceptan y buscan información para recibir atención. Conclusiones: los resultados señalaron las etapas que experimentan los miembros de la familia, atribuyendo significados al diagnóstico de enfermedades crónicas en los niños. Estos significados brindan subsidios para las acciones de las enfermeras, que deben ser conscientes de las necesidades del niño y la familia, a fin de ofrecer una atención integral y humanizada.


RESUMO Objetivos: compreender os significados atribuídos por familiares cuidadores acerca do diagnóstico de doença crônica na criança. Métodos: estudo qualitativo, que utilizou como referencial teórico o Interacionismo Simbólico, e metodológico, a Teoria Fundamentada nos Dados. Realizou-se em uma unidade pediátrica no Sul do Brasil, em 2016, mediante entrevistas submetidas à análise aberta e axial, com a participação de 20 familiares cuidadores de crianças internadas. Resultados: familiares, ao interagirem com a equipe de enfermagem/saúde, percebem a doença da criança ao nascimento. Recebem o diagnóstico de doença crônica pelo médico e o nega. Posteriormente, o aceita e buscam informações para o cuidado. Conclusões: os resultados apontaram os estágios que os familiares vivenciam, ao atribuir significados ao diagnóstico de doença crônica na criança. Esses significados fornecem subsídios para a atuação do enfermeiro, que precisa estar atento às necessidades da criança e da família, tendo em vista o oferecimento de uma assistência integral e humanizada.

4.
Rev. chil. anest ; 49(2): e20180766, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1092567

RESUMO

ABSTRACT Objectives: To identify scientific evidence on the influence of internet use on adolescents' biopsychosocial health. Methods: Integrative review, with database search, using the descriptors "internet", "adolescent health" and "adolescent behavior". After applying the inclusion and exclusion criteria, 16 articles were selected. Results: Knowledge convergence produced for three main themes was demonstrated: "Internet exposure time and possible damages to adolescent health"; "Internet, adolescent and cyberbullying"; and "Internet as a source of information for adolescent health". Final considerations: The network involves an intricate network of interactions, providing varied behaviors and attitudes that reflect on adolescent health. Therefore, it is important to articulate nursing actions with the school community and the family, in order to carry out health education.


RESUMEN Objetivos: Identificar evidencias científicas acerca de la influencia del uso de Internet en la salud biopsicosocial del adolescente. Métodos: Revisión integradora, con investigación en bases de datos, utilizando los descriptores "internet", "salud del adolescente" y "comportamiento del adolescente". Después de la aplicación de los criterios de inclusión y exclusión, se seleccionaron 16 artículos. Resultados: Se evidenció la convergencia del conocimiento producido para tres temas principales: "El tiempo de exposición a Internet y los posibles perjuicios a la salud del adolescente"; "Internet, el adolescente y cyberbullying"; "Internet como fuente de información para la salud adolescente". Consideraciones finales: La red involucra una intrincada trama de interacciones, propiciando comportamientos y actitudes variadas que reflejan en la salud del adolescente. Por lo tanto, es importante articular las acciones de enfermería con la comunidad escolar y la familia, con el fin de realizar educación para la salud.


RESUMO Objetivos: Identificar evidências científicas acerca da influência do uso da internet na saúde biopsicossocial do adolescente. Métodos: Revisão integrativa, com pesquisa em bases de dados, utilizando os descritores "internet", "saúde do adolescente" e "comportamento do adolescente". Após aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, foram selecionados 16 artigos. Resultados: Evidenciou-se a convergência do conhecimento produzido para três temas principais: "Tempo de exposição à internet e possíveis prejuízos à saúde do adolescente"; "Internet, adolescente e cyberbullying"; "Internet como fonte de informações para saúde adolescente". Considerações finais: A rede envolve uma intricada trama de interações, propiciando comportamentos e atitudes variadas que refletem na saúde do adolescente. Logo, é importante articular as ações de enfermagem com a comunidade escolar e a família, no intuito de realizar educação em saúde.

5.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e42264, jan.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1046225

RESUMO

Objetivo: conhecer as dificuldades encontradas pela família para o cuidado à criança/adolescente com HIV. Metodologia: pesquisa qualitativa realizada em um Hospital Dia no sul do Brasil em 2018. Participaram 20 familiares cuidadores de crianças/adolescentes soropositivas. Os dados foram coletados por entrevistas e submetidos à Análise de Conteúdo. Respeitaram-se os princípios éticos. Resultados: as famílias afirmaram não ter facilidades no cuidado. Referiram dificuldades em manter o sigilo do diagnóstico para a criança/adolescente; na adesão desta à medicação e minimização dos seus efeitos colaterais, em seguir os horários de administração; na assiduidade às consultas; em sofrer preconceito e na aceitação da sociedade diante da doença, incluindo a preocupação com o futuro da criança/adolescente. Conclusão: verificou-se como importante a atuação dos profissionais da saúde/ enfermeiros investindo em uma assistência voltada para a promoção de saúde de crianças e adolescentes com HIV, promovendo educação em saúde e o manejo das dificuldades enfrentadas com o cuidado.


Objective: to learn the difficulties encountered by families in caring for children or adolescents with HIV. Methodology: this qualitative study was conducted at a day hospital in southern Brazil in 2018. The participants were 20 family caregivers of seropositive children or adolescents. Data were collected through interviews and subjected to Content Analysis. Ethical principles were respected. Results: the families claimed to have no care facilities. They reported difficulties in keeping the children's or adolescents' diagnosis confidential; securing adherence to medication and administration schedules; minimizing side effects; attending appointments; suffering prejudice and gaining social acceptance of the disease, which included concern for the children's or adolescents' futures. Conclusion: it was found to be important that health professionals' or nurses' invest in care focused on promoting the health of children and adolescents with HIV, furthering health education and managing the difficulties encountered in care.


Objetivo: conocer las dificultades encontradas por la familia para el cuidado al niño/adolescente con VIH. Método: investigación cualitativa realizada en un Hospital Día en el sur de Brasil en 2018. Participaron 20 familiares cuidadores de niños/adolescentes seropositivos. Los datos fueron recolectados por entrevistas y sometidos al Análisis de Contenido. Se respetaron los principios éticos. Resultados: las familias afirmaron no tener facilidades en el cuidado. Dijeron que tienen dificultades para mantener el secreto del diagnóstico junto al niño/adolescente, también para su adherencia a la medicación y minimización de sus efectos colaterales, para seguir los horarios correctos de administración; la asiduidad de las consultas; por sufrir con los prejuicios y la dificultad de aceptación social de la enfermedad y la preocupación por el futuro del niño/adolescente. Conclusión: se verificó que es muy importante la actuación de los profesionales de salud/enfermeros que invierten en una atención volcada a la promoción de salud de niños y adolescentes con VIH, promoviendo la educación sanitaria y la gestión de las dificultades enfrentadas con el cuidado.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Família , Criança , Saúde da Família , Adolescente , HIV , Enfermagem , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/psicologia , Pesquisa Qualitativa
6.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e40274, jan.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1049701

RESUMO

Objetivo: analisar a rede de apoio social utilizada pela família para cuidar a criança com paralisia cerebral. Método: pesquisa qualitativa, descritiva, realizada com 12 mães de crianças com paralisia cerebral atendidas em unidade de pediatria do Hospital Universitário de Rio Grande. Os dados foram coletados nos meses de agosto e setembro de 2018, por meio de entrevista semiestruturada, e submetidos à análise temática. Resultados: identificou-se a rede de apoio social formada pelos familiares, amigos, vizinhos, profissionais de saúde e ancorada pela fé em Deus. As mães foram protagonistas do cuidado e algumas não receberam nenhum tipo de apoio para os cuidados dos filhos. Conclusão: a rede de apoio social contribuiu para a superação de dificuldades da família e para o cuidado da criança, sendo fonte de apoio emocional, financeiro, ajuda com o transporte, remédios e orientação dos profissionais de saúde/enfermagem.


Objective: to know the social support network used by the family to care for children with cerebral palsy. Method: this qualitative and descriptive research was conducted with twelve mothers of children with cerebral palsy assisted at a pediatric unit of a University Hospital in Rio Grande. Data were collected in August and September 2018 through semi-structured interviews and submitted to thematic analysis. Results: we identified the social support network consisting of family, friends, neighbors, health professionals, and faith in God. Mothers were protagonists of care and some received no support for childcare. Conclusion: the social support network contributed to overcome family difficulties and childcare, being a source of emotional, financial support, help with transportation, medicine, and guidance from health/nursing professionals.


Objetivo: conocer la red de apoyo social utilizada por la familia para cuidar a niños con parálisis cerebral. Método: investigación cualitativa, descriptiva, realizada con doce madres de niños con parálisis cerebral atendidas en una unidad de pediatría de un Hospital Universitario de Río Grande. Los datos se recopilaron en agosto y septiembre de 2018 a través de entrevistas semiestructuradas y se sometieron a análisis temáticos. Resultados: identificamos que la red de apoyo social estaba formada por familiares, amigos, vecinos, profesionales de la salud y fe en Dios. Las madres fueron protagonistas de la atención y algunas no recibieron apoyo para el cuidado de los niños. Conclusión: la red de apoyo social contribuyó a superar las dificultades familiares y el cuidado de los niños, siendo una fuente de apoyo emocional y financiero, ayuda con el transporte, medicamentos y orientación de profesionales de la salud/enfermeros.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Apoio Social , Família , Paralisia Cerebral/prevenção & controle , Paralisia Cerebral/psicologia , Criança , Cuidado da Criança , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
7.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e41031, jan.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024417

RESUMO

Objetivo: conhecer as repercussões do diagnóstico da Sífilis Congênita no recém-nascido para a mãe. Método: pesquisa qualitativa desenvolvida com 15 mães de recém-nascidos com Sífilis Congênita e internados em um hospital público do sul do Brasil. Os dados foram coletados por entrevistas semiestruturadas, submetidos à análise de conteúdo e aprovados pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: as mães manifestaram sentimentos de culpa, desespero, tristeza e horror. Havia esperança de não passar a infecção para o recém-nascido. Verificou-se a reincidência da doença em mais de uma gestação. Referiram medo do estigma social e buscaram informações acerca da doença na internet, como também com médicos e enfermeiros. Conclusão: há desinformação das mães quanto à infecção da sífilis, principalmente sobre como evitar a transmissão vertical e a reinfecção. Cabe ao enfermeiro, instrumentalizar a mãe para o cuidado ao recém-nascido com Sífilis Congênita, por meio de um processo educativo que qualifique o cuidado da criança e da mãe


Objective: to learn how a diagnosis of congenital syphilis in newborns affects the mothers. Method: in this qualitative study of 15 mothers of newborns with congenital syphilis admitted to a public hospital in southern Brazil, data were collected by semistructured interview, and treated by content analysis. The study was approved by the research ethics committee. Results: the mothers expressed feelings of guilt, despair, sadness and horror. They hoped not to transmit the infection to the newborn. The disease was found to have recurred in more than one pregnancy. They reported fear of social stigma, and looked for information about the disease on the Internet, as well as from doctors and nurses. Conclusion: mothers are misinformed regarding infection by syphilis, especially on how to prevent vertical transmission and reinfection. It is up to nurses to instruct mothers on how to care for newborns with congenital syphilis, through an educational process to improve care for the child and the mother.


Objetivo: conocer las repercusiones, para la madre, del diagnóstico de sífilis congénita en el neonato. Método: investigación cualitativa desarrollada junto a 15 madres de neonatos con sífilis congénita e ingresados en un hospital público en el sur de Brasil. Se recolectaron los datos a través de entrevistas semiestructuradas y se sometieron al análisis de contenido; después fueron aprobados por el Comité de Ética en Investigación. Resultados: las madres expresaron sentimientos de culpa, desesperación, tristeza y horror. Había esperanza de no transmitir la infección al neonato. Se verificó la reincidencia de la enfermedad en más de un embarazo. Declararon el temor al estigma social y buscaron información sobre la enfermedad en internet, así como junto a médicos y enfermeros. Conclusión: las madres están desinformadas en cuanto a la infección por Sífilis, especialmente sobre cómo prevenir la transmisión vertical y la reinfección. Le toca al enfermero darle a la madre herramientas para que cuide bien al neonato con Sífilis Congénita, a través de un proceso educativo que califique el cuidado del niño y la madre


Assuntos
Humanos , Feminino , Recém-Nascido , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Sífilis Congênita , Sífilis Congênita/diagnóstico , Sífilis Congênita/psicologia , Recém-Nascido , Transmissão Vertical de Doença Infecciosa , Cuidados de Enfermagem , Brasil , Família , Pesquisa Qualitativa , Relações Mãe-Filho
8.
Rev. enferm. UFSM ; 9: [14], jul. 15, 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024199

RESUMO

Objetivo: compreender os nexos e reflexos da adaptação do enfermeiro à cultura organizacional do cuidado de enfermagem no âmbito hospitalar. Método: pesquisa qualitativa, exploratório-descritiva, cujos dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas com 12 enfermeiros. Para a análise dos dados, foi escolhido o método de análise de conteúdo, por envolver e apreender aspectos subjetivos, emergindo duas categorias: a normalização do cuidado e sobrepujando a adaptação normalizadora. Resultados: o enfermeiro, ao disponibilizar o cuidado, permite que a cultura da organização faça um agenciamento sobre si, sendo esta adaptação otimizada pela falta de exercício da autonomia pelos enfermeiros e por uma identidade singular pouco consolidada. Considerações finais: o reflexo da adaptação à cultura organizacional faz com que o cuidado disponibilizado se fragilize, fomentando de forma insuficiente a proatividade do enfermeiro. Um maior tempo de trabalho favorece a produção de subjetividade singular.


Aim: to understand the nexus and reflexes of nurses' adaptation to the organizational culture of nursing care in the hospital setting. Method: qualitative, exploratory-descriptive research, whose data were collected through semi-structured interviews with 12 nurses. For data analysis, the content analysis method was chosen, since it involves and apprehends subjective aspects, emerging two categories: the normalization of care and overcoming the normalizing adaptation. Results: the nurse, by providing the care, allows the organization's culture to make an agency on itself, being this adaptation optimized by the lack of exercise of the autonomy by the nurses and by a singular identity little consolidated. Final considerations: the reflex of the adaptation to the organizational culture makes the available care fragile, insufficiently promoting the nurse's proactivity. A longer working time favors the production of singular subjectivity.


Objetivo: comprender los nexos y reflejos de la adaptación del enfermero a la cultura organizacional del cuidado de enfermería en el ámbito hospitalario. Método: investigación cualitativa, exploratorio-descriptiva; los datos fueron recolectados por medio de entrevistas semiestructuradas con 12 enfermeros. Para el análisis de los datos fue elegido el método de análisis de contenido, por involucrar y aprehender aspectos subjetivos, y del cual emergió dos categorías: la normalización del cuidado y sobreponiendo la adaptación normalizadora. Resultados: el enfermero, al desarrollar el cuidado, permite que la cultura de la organización haga un agenciamiento sobre sí, siendo esta adaptación optimizada por la falta de ejercicio de la autonomía por los enfermeros y por una identidad poco consolidada. Consideraciones finales: el reflejo de la adaptación a la cultura organizacional fragiliza el cuidado disponible, fomentando de forma insuficiente la proactividad del enfermero. Un tiempo más largo de trabajo favorece la producción de subjetividad singular.


Assuntos
Humanos , Cultura Organizacional , Adaptação , Enfermeiros , Cuidados de Enfermagem
9.
Rev. enferm. UFSM ; 9: [21], jul. 15, 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024204

RESUMO

Objetivo: analisar a trajetória percorrida pelos adolescentes usuários de crack até o início do tratamento no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD). Método: trata-se de um estudo exploratório descritivo com abordagem qualitativa. Participaram usuários, familiares e profissionais atuantes no CAPS AD. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, organizados e tratados pelo software Nvivo 11 e, posteriormente, submetidos a Análise Temática. Resultado: a partir da análise dos dados emergiram as seguintes categorias: a forma como o adolescente usuário de crack chega ao CAPS AD; Motivos que levam o adolescente usuário de crack para tratamento no CAPS AD e Serviços utilizados pelos adolescentes usuários de crack até chegar ao CAPS AD. Considerações finais: mostra-se importante o investimento nos serviços e ações desenvolvidas pela Rede de Atenção Piscossocial (RAPS), dando-lhes maior visibilidade e acesso aos jovens.


Aim: to analyze the trajectory experienced by adolescent crack users until the beginning of their treatment in the Psychosocial Care Center for Alcohol and Drugs (CAPS AD). Method: This is a descriptive exploratory study, with a qualitative approach. Users, their relatives and workers from CAPS AD participated in the study. Data were collected through semi-structured interviews, organized and treated by Nvivo 11 software and, subsequently, submitted to Thematic Analysis. Result: From data analysis, the following categories emerged: The way the adolescent crack user arrives at CAPS AD; Reasons that lead the adolescent crack user to seek treatment at CAPS AD and Services used by adolescent crack users until they arrive at CAPS AD. Final considerations: it is important to invest in services and actions developed by the Psychosocial Care Network (RAPS), giving them greater visibility and access to young people.


Objetivo: analizar la trayectoria de los adolescentes usuarios de crack hasta empezar el tratamiento en el Centro de Atención Psicosocial Alcohol y Drogas (CAPS AD). Método: se trata de un estudio exploratorio, descriptivo, de base cualitativo. Participaron del estudio usuarios, familiares y profesionales actuantes en el CAPS AD. Los datos fueron recolectados por medio de entrevistas semiestructuradas y ordenados y tratados por el software Nvivo 11 y, posteriormente, sometidos al Análisis Temático. Resultado: a partir del análisis de los datos surgieron las siguientes categorías: la forma que el adolescente, usuario de crack, llega al CAPS AD; los motivos que llevan el adolescente, usuario de crack, a tratarse en el CAPS AD; y los servicios utilizados por los adolescentes, usuarios de crack, hasta llegar al CAPS AD. Consideraciones finales: se reveló importante la inversión en los servicios y acciones desarrolladas por la Red de Atención Psicosocial (RAPS), dando a esos mayor visibilidad y acceso a los jóvenes.


Assuntos
Humanos , Adolescente , Enfermagem , Cocaína Crack , Centros de Tratamento de Abuso de Substâncias , Reabilitação Psiquiátrica
10.
Rev. enferm. UFSM ; 9: [19], jul. 15, 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024673

RESUMO

Objetivo: conhecer como o familiar cuidador enfrenta a internação hospitalar do paciente adulto. Método: pesquisa descritiva e exploratória de cunho qualitativo realizada em abril de 2018 em um Hospital Universitário no sul do Brasil. Participaram 20 familiares acompanhantes. Os dados foram coletados por meio de entrevistas e submetidos à Análise Temática. Resultados: os sentimentos apresentados em relação à internação foram de preocupação, ansiedade, medo da morte e tranquilidade. A família elegeu um dos familiares para ser o principal cuidador ou realizou revezamento. Às vezes o cuidador necessitou pedir dispensa do trabalho para cuidar, outros familiares se dedicaram aos aspectos do viver fora do hospital e a família expandiu-se. Considerações Finais: é importante direcionar a assistência ao familiar cuidador, contemplando a humanização, a criação de vínculo e a comunicação, pois ele é o maior aliado dos membros da equipe de saúde no hospital.


Objective: know how the family caregiver faces the hospitalization of the adult patient. Method: descriptive and exploratory qualitative research conducted in April 2018 at a University Hospital in southern Brazil. Twenty family caregiver participated. Data were collected through interviews and subjected to Thematic Analysis. Results: The feelings presented regarding hospitalization were worry, anxiety, fear of death and tranquility. The family elected one of the family members to be the primary caregiver or took turns. Sometimes the caregiver needed to take time off to care, other family members dedicated themselves to aspects of living outside the hospital, and the family expanded. Final Considerations: It is important to direct care to the family caregiver, contemplating humanization, bonding and communication, as he is the greatest ally of the health team members in the hospital.


Objetivo: saber cómo el cuidador familiar enfrenta la hospitalización del paciente adulto. Método: investigación cualitativa descriptiva y exploratoria realizada en abril de 2018 en un Hospital Universitario en el sur de Brasil. Participaron veinte familiares acompañantes. Los datos fueron recolectados a través de entrevistas y sometidos a análisis temático. Resultados: Los sentimientos presentados con respecto a la hospitalización fueron preocupación, ansiedad, miedo a la muerte y tranquilidad. La familia eligió a uno de los miembros de la familia para ser el cuidador principal o se turnó. A veces, el cuidador necesitaba tomarse un tiempo libre para cuidar, otros miembros de la familia se dedicaron a aspectos de la vida fuera del hospital y la familia se expandió. Consideraciones finales: es importante dirigir la atención al cuidador familiar, contemplando la humanización, el vínculo y la comunicación, porque él es el mejor aliado de los miembros del equipo de salud en el hospital.


Assuntos
Humanos , Pacientes , Família , Enfermagem , Cuidadores , Hospitais
11.
J. nurs. health ; 9(3): 199303, maio 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1047297

RESUMO

Objetivo: identificar os aspectos que dificultam o tratamento do adolescente usuário de crack na Rede de Atenção Psicossocial. Método: estudo exploratório e descritivo com abordagem qualitativa. Participaram 14 usuários, 11 familiares e 20 profissionais do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e, posteriormente, submetidos a Análise Temática. Resultados: emergiram as temáticas: características e comportamento do adolescente; necessidade de adesão voluntária ao tratamento; inespecíficidade das atividades terapêuticas do Centro para o tratamento de adolescentes; demora no atendimento no Centro; fissura; preconceito, rótulo e discriminação do usuário de droga; despreparo profissional para o trabalho com usuários de álcool e droga; e desestruturação familiar. Conclusões: salienta-se a importância de considerar as especificidades e instabilidades dessa faixa etária na organização do atendimento e na elaboração do plano terapêutico singular, de forma a favorecer sua adesão ao tratamento.(AU)


Objective: to identify the aspects hindering the treatment of the adolescent crack user in the Psychosocial Care Network. Method: exploratory and descriptive study with a qualitative approach. Participants were 14 users, 11 family members and 20 professionals of the Psychosocial Care Network for Alcohol and Drugs. Data were collected through semi-structured interviews, and then submitted to Thematic Analysis. Results: the following topics emerged: the adolescent's characteristics and behavior; need for voluntary treatment adherence; non-specificity of the therapeutic activities of Center for the treatment of adolescents; delay in care in Center; breach; prejudice, labeling and discrimination of the drug user; professional unpreparedness for working with alcohol and drug users; and family breakdown. Conclusions: we highlight the importance of considering the specificities and instabilities of this age group in organizing care and developing a peculiar therapeutic plan, in order to foster its treatment adherence.(AU)


Assuntos
Saúde Mental , Adolescente , Cocaína Crack , Centros de Tratamento de Abuso de Substâncias , Reabilitação Psiquiátrica
12.
Rev Bras Enferm ; 72(suppl 1): 41-48, 2019 Feb.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-30942343

RESUMO

OBJECTIVE: To know the aspects involved in the production of subjectivity and autonomy of nursing professionals working in Pediatric Units. METHOD: An exploratory and descriptive study, with a qualitative approach, performed with users, professionals and nursing managers, totaling 44 participants. Data collection took place in the pediatric hospitalization units of two University Hospitals through semi-structured interviews, organized and treated by Nvivo 10 software and then submitted to content analysis. RESULTS: The production of subjectivity and autonomy in nursing workers involves both the conditions of the work environment as the relation of the nursing team, the relation of hierarchy and the profile of the professional that works in the Pediatric Unit. FINAL CONSIDERATIONS: The valorization path of the nursing profession emerges, whose knowledge and competence in the area of work contribute to the construction of autonomous subjectivities.


Assuntos
Eficiência , Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital/psicologia , Autonomia Profissional , Adulto , Feminino , Humanos , Entrevistas como Assunto/métodos , Pessoa de Meia-Idade , Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital/normas , Enfermagem Pediátrica/normas , Pesquisa Qualitativa , Local de Trabalho/psicologia , Local de Trabalho/normas
13.
J. nurs. health ; 9(2): 199206, abr.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1047264

RESUMO

Objetivo: conhecer os sentimentos gerados na família pela internação hospitalar da criança. Métodos: estudo qualitativo, realizado no município do Rio Grande, com 21 familiares acompanhantes de crianças internadas, por meio de entrevista semiestruturada e dados tratados por análise temática. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa na Área de Saúde com o parecer favorável de número 92/2016. Resultados: verificaram-se que os familiares referiram medo do diagnóstico, desespero, preocupação, tristeza, ansiedade, desconforto e abatimento. Sentem-se mal e impotentes com a permanência da criança no hospital. Entretanto, entendem que nesse contexto serão fornecidos os recursos e o atendimento necessários. Considerações finais: o enfermeiro deve dar apoio e se fazer presente, desde o primeiro dia de internação da criança, a fim de auxiliar as famílias no cuidado mais qualificado à criança hospitalizada de forma harmônica.(AU)


Objective: to know the feelings generated in the families by hospitalization of the child. Methods: qualitative study carried out in the city of Rio Grande, with 21 family members of hospitalized children, through a semi structured interview and data treated by thematic analysis. The study was approved by the Research Ethics Committee in the Health Area with favorable opinion of number 92/2016. Results: family members reported fear of diagnosis, despair, worry, sadness, anxiety, discomfort and depression. They feel bad and helpless with the child's stay in the hospital. However, they understand that in this context, the necessary resources and assistance will be provided. Final considerations: nurses should provide support and be present, since the first day of hospitalization of the child, in order to help families with the most qualified care to the hospitalized child in a harmonic way.(AU)


Assuntos
Família , Criança Hospitalizada , Enfermagem
14.
Aquichan ; 19(1): 6-10, Jan.-Mar. 2019.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1011135

RESUMO

ABSTRACT Objective: To know the barriers in the process of building family cultural care for the child in the hospital. Methodology: This is a qualitative study with a cross-cultural theoretical reference of Madeleine Leininger, called Theory of Diversity and Cultural Universality of Care, and with a methodological reference of the ethno-inference. It was developed in 2017 at the pediatric unit of a university hospital in the south of Brazil, through non-participant observation, participant observation and interview with 15 family caregivers of hospitalized children. The data were coded, classified and scrutinized to identify the saturation of ideas and similar or different patterns; also, it were re-coded and the theoretical formulations and recommendations were performed. Ethical aspects were followed, according to the Resolution of the National Research Ethics Council 466/2012. Results: The data showed as a barrier the need for hospitalization as a factor of family vulnerability, control of the unit's health team members, hospital norms and routines, and the need to transgress as a manifestation of family care. Conclusion: Cultural care is a process that aggregates knowledge and can be considered a new paradigm for the accomplishment of nursing care by providing the mutual growth and construction of new knowledge, an affective, reflexive, human and empathic relationship between the nurse, the child and the family.


RESUMEN Objetivo: conocer las barreras presentes en el proceso de construcción del cuidado familiar cultural al niño en el hospital. Metodología: estudio cualitativo que tuvo como referencial teórico transcultural de Madeleine Leininger, denominado Teoría de la Diversidad y la Universalidad de los Cuidados Culturales, y como referencial metodológico la etnoenfermería. Se desarrolló en 2017 en la unidad de pediatría de un hospital universitario del sur de Brasil, mediante observación no participante, observación participante y entrevista con 15 familiares cuidadores de niños hospitalizados. Los datos han sido codificados, clasificados y analizados para identificar la saturación de ideas y los patrones similares o diferentes; además, han sido recodificados y se realizaron las formulaciones teóricas y las recomendaciones. Los aspectos éticos fueron cumplidos, de acuerdo a la Resolución de la Comisión Nacional de Ética en Investigaciones 466/2012. Resultados: los datos de la investigación han mostrado barreras como la necesidad de hospitalización del niño como factor de vulnerabilidad familiar, el control de los miembros del equipo de salud de la unidad, las normativas y rutinas del hospital y la necesidad de transgredir como manifestación del cuidado familiar. Conclusión: el cuidado cultural es un proceso que aporta saberes y puede ser considerado un nuevo paradigma para la realización del cuidado de enfermería al proporcionar el crecimiento mutuo y la construcción de nuevos saberes, de una relación afectiva, reflexiva, humana y empática entre enfermero-niño-familia.


RESUMO Objetivo: conhecer as barreiras presentes no processo de construção do cuidado familiar cultural à criança no hospital. Metodologia: estudo qualitativo, que teve como referencial teórico transcultural de Madeleine Leininger, denominado Teoria da Diversidade e Universalidade Cultural do Cuidado, e como referencial metodológico a etnoenfermagem. Foi desenvolvido em 2017 na unidade de pediatria de um hospital universitário do sul do Brasil, mediante observação não participante, observação participante e entrevista com 15 familiares cuidadores de crianças internadas. Os dados foram codificados, classificados e escrutinados para identificar a saturação de ideias e os padrões semelhantes ou diferentes; além disso, foram recodificados e as formulações teóricas e as recomendações realizadas. Os aspectos éticos foram seguidos, conforme a Resolução do Conselho Nacional de Ética em Pesquisa 466/2012. Resultados: os dados do estudo mostraram como barreiras a necessidade da internação da criança como fator de vulnerabilidade familiar, o controle dos membros da equipe de saúde da unidade, as normas e rotinas do hospital, e a necessidade de transgredir como manifestação de cuidado familiar. Conclusão: o cuidado cultural é um processo que agrega saberes e pode ser considerado um novo paradigma para a realização do cuidado de enfermagem ao proporcionar o crescimento mútuo e a construção de novos saberes, de uma relação afetiva, reflexiva, humana e empática entre enfermeiro-criança-família.

15.
Rev. bras. enferm ; 72(supl.1): 41-48, Jan.-Feb. 2019.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-990681

RESUMO

ABSTRACT Objective: To know the aspects involved in the production of subjectivity and autonomy of nursing professionals working in Pediatric Units. Method: An exploratory and descriptive study, with a qualitative approach, performed with users, professionals and nursing managers, totaling 44 participants. Data collection took place in the pediatric hospitalization units of two University Hospitals through semi-structured interviews, organized and treated by Nvivo 10 software and then submitted to content analysis. Results: The production of subjectivity and autonomy in nursing workers involves both the conditions of the work environment as the relation of the nursing team, the relation of hierarchy and the profile of the professional that works in the Pediatric Unit. Final considerations: The valorization path of the nursing profession emerges, whose knowledge and competence in the area of work contribute to the construction of autonomous subjectivities.


RESUMEN Objetivo: Conocer los aspectos involucrados en la producción de subjetividad y autonomía de los profesionales de enfermería actuantes en Unidades Pediátricas. Método: Estudio exploratorio y descriptivo, con abordaje cualitativo, realizado con usuarios, profesionales y gestores de enfermería, totalizando 44 participantes. La recolección de datos ocurrió en las unidades de internación pediátrica de dos Hospitales Universitarios por medio de entrevistas semiestructuradas, organizadas y tratadas por el software Nvivo 10 y posteriormente sometidas al análisis de contenido. Resultados: La producción de subjetividad y autonomía en los trabajadores de enfermería involucra tanto las condiciones del ambiente de trabajo como la relación del equipo de enfermería, la relación de jerarquía y el perfil del profesional que actúa en la unidad de pediatría. Consideraciónes finales: Se desprende la trayectoria de valorización de la profesión de enfermería, cuyo conocimiento y competencia en el área de actuación contribuyen en la construcción de subjetividades autónomas.


RESUMO Objetivo: Conhecer os aspectos envolvidos na produção de subjetividade e autonomia dos profissionais de enfermagem atuantes em Unidades Pediátricas. Método: Estudo exploratório e descritivo, com abordagem qualitativa, realizado com usuários, profissionais e gestores de enfermagem, totalizando 44 participantes. A coleta de dados ocorreu nas unidades de internação pediátrica de dois Hospitais Universitários por meio de entrevistas semiestruturadas, organizadas e tratadas pelo software Nvivo 10 e, posteriormente, submetidas à análise de conteúdo. Resultados: A produção de subjetividade e autonomia nos trabalhadores de enfermagem envolve tanto as condições do ambiente de trabalho como a relação da equipe de enfermagem, a relação de hierarquia e o perfil do profissional que atua na unidade de pediatria. Considerações finais: desponta a trajetória de valorização da profissão de enfermagem, cujo conhecimento e competência na área de atuação contribuem na construção de subjetividades autônomas.

16.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(1): 15-22, jan. 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1005927

RESUMO

Objetivo: conhecer as repercussões do diagnóstico de crianças com o vírus da imunodeficiência humana para a família. Método: trata-se de um estudo qualitativo e descritivo realizado com dez familiares, em um Hospital Dia. Coletaram-se os dados por entrevistas semiestruturadas submetendo-os à técnica de Análise de Conteúdo. Resultados: verificou-se que algumas mães não sabiam que eram portadoras do vírus HIV e só descobriram a contaminação durante a realização de exames no pré-natal e pré-parto. Gerou-se culpa diante do recebimento do diagnóstico da criança e essa revelação foi difícil para as mães. Convive-se com o medo da morte por doenças oportunistas priorizando-se a alimentação como forma de manutenção da saúde. Relatouse preocupação das mães por apenas as pessoas da família nuclear se dedicarem ao cuidado da criança com o objetivo de que seu diagnóstico não seja revelado. Conclusão: fornecem-se informações, diante das principais dificuldades referidas pelas mães ao receberem o diagnóstico, para que a equipe de saúde promova ações a serem implementadas o mais precocemente possível como forma de instrumentalização da família para o cuidado e de incentivo ao viver saudável da criança.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Família , Cuidado da Criança , Saúde da Criança , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/transmissão , HIV , Soropositividade para HIV , Cuidadores , Transmissão Vertical de Doença Infecciosa , Impacto Psicossocial , Enfermagem Pediátrica , Epidemiologia Descritiva , Infecções Oportunistas Relacionadas com a AIDS , Pesquisa Qualitativa
17.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(1): 111-117, jan. 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1006076

RESUMO

Objetivo: conhecer as estratégias utilizadas pela família para o cuidado à criança e ao adolescente com Diabetes Mellitus tipo 1. Método: trata-se de um estudo qualitativo, exploratório e descritivo desenvolvido com 12 familiares cuidadores. Coletaram-se os dados por meio de entrevistas semiestruturadas submetendo-os à técnica de Análise de Conteúdo. Resultados: relaciona-se a principal estratégia utilizada pela família para o cuidado à adaptação alimentar da criança e do adolescente; propicia-se a convivência da criança e do adolescente com outros que tenham diabetes; procuram-se outras famílias com filhos com a mesma condição para se realizar a troca de experiência acerca do cuidado. Consideram-se, também, outras estratégias a possibilidade da adaptação da família ao cuidado à criança e ao adolescente e o fato dos próprios adolescentes realizarem seu autocuidado. Conclusão: conclui-se como importante o papel educativo do enfermeiro junto às famílias no sentido de auxiliá-las no desenvolvimento de estratégias efetivas de cuidado à criança e ao adolescente com diabetes.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Relações Profissional-Família , Família , Cuidado da Criança , Saúde da Criança , Saúde do Adolescente , Diabetes Mellitus Tipo 1 , Relações Enfermeiro-Paciente , Qualidade de Vida , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
18.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 11(1): 67-73, jan.-mar. 2019.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-968605

RESUMO

Objetivo: Conocer las percepciones de las familias atendidas por la primera infancia mejor sobre su impacto en el crecimiento y desarrollo del niño y el cuidado de la familia. Métodos: Estudio cualitativo realizado con 15 familias. Los datos fueron recogidos por entrevistas en Septiembre de 2016 seguido de análisis temático. Resultados: El crecimiento y el desarrollo son procesos que ocurren al mismo tiempo, reconocieron el apoyo de los visitantes, que las situaciones de vulnerabilidad y el cambio constante de los visitantes interfieren negativamente con el crecimiento y desarrollo del niño, el programa ofrece oportunidades para construir el aprendizaje y el fortalecimiento una atención familiar efectiva. Conclusión: Se recomienda que la enfermería se incluye con el equipo interdisciplinario y que lo primera infancia mejor se visto en la atención primaria como una estrategia para fortalecer la promoción de la salud y la atención integral a los niños y sus familias


Objective: To know the perceptions of the families served by best childhood first about their repercussions on children's growth and development and on the family care of children. Methods: Qualitative study carried in the household of 15 families. Data were collected by semi structured interviews in September 2016 followed by analysis of thematic content. Results: They identified that growing and developing are processes that occur together, acknowledged the support of the visitors, that situations of vulnerability and the constant exchange of visitors interfere in the growth and development of children, that the program offers the construction of learning and strengthening of Effective family care. Conclusion: It is recommended that nursing be included in the interdisciplinary team, and that the best childhood first be visualized in primary care as a strategy capable of strengthening the promotion of health and the integral care for the child and his family


Objetivo: Conhecer as percepções das famílias atendidas pelo Primeira Infância Melhor acerca de suas repercussões no crescimento e desenvolvimento infantil e no cuidado familial das crianças. Método: Estudo qualitativo realizado no domicílio de 15 famílias. Os dados foram coletados por entrevistas semi estruturadas, em setembro de 2016, seguidas da análise de conteúdo temática. Resultados: Identificaram que crescer e se desenvolver são processos que ocorrem em conjunto, reconheceram o apoio dos visitadores, que situações de vulnerabilidade e a troca constante dos visitadores interferem negativamente no crescimento e desenvolvimento infantil, que o programa oportuniza a construção do aprendizado e fortalecimento de um cuidado familial efetivo. Conclusão: Recomenda-se que a enfermagem esteja incluída junto à equipe interdisciplinar, e que o Primeira Infância Melhor seja visualizado na atenção primária como uma estratégia capaz de fortalecer a promoção da saúde e a integralidade do cuidado à criança e sua família


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Cuidado da Criança/métodos , Cuidado da Criança/provisão & distribução , Cuidado da Criança/tendências , Enfermagem Pediátrica/tendências , Família/psicologia , Políticas Públicas de Saúde
19.
Rev Rene (Online) ; 20(1): e33937, jan.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-997269

RESUMO

Objetivo: descrever o itinerário terapêutico de famílias de crianças com necessidades especiais de saúde. Métodos: estudo qualitativo, realizado no domicílio de 14 famílias cadastradas na atenção primária à saúde. Resultados: as famílias participantes relataram sentimentos negativos com a descoberta do diagnóstico, os quais se intensificaram com a ausência de orientações de profissionais. Percorreram caminhos, enfrentaram dificuldades de acesso pelo Sistema Único de Saúde, tendo que buscar o serviço privado para assistência aos(às) filhos(as), e fragilidade com relação aos próprios direitos. Conclusão: no itinerário terapêutico das famílias de crianças com necessidades especiais de saúde, estas sofrem constantes peregrinações pelas redes de atenção à saúde em busca de assistência e resolutividade. (AU)


Assuntos
Humanos , Criança , Enfermagem Pediátrica , Família , Crianças com Deficiência , Acesso aos Serviços de Saúde
20.
Cogitare enferm ; 24: e65578, 2019.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1055942

RESUMO

RESUMO Objetivo: conhecer as repercussões do diagnóstico de Sífilis Gestacional para a puérpera. Método: pesquisa qualitativa realizada em uma unidade de pediatria de um hospital universitário do sul do Brasil. Participaram 15 puérperas de crianças internadas no setor com diagnóstico de Sífilis Congênita. Os dados foram coletados por entrevistas semiestruturadas no primeiro semestre de 2018 e submetidos à análise de conteúdo. Resultados: obtiveram-se dados acerca do recebimento do diagnóstico, das reações frente ao diagnóstico, da influência do diagnóstico na gestação e parto e da realização do tratamento da Sífilis Gestacional. Conclusão: verificou-se desinformação das puérperas quanto à infecção da sífilis, principalmente sobre cuidados para evitar a transmissão e a reinfecção. Destaca-se o papel educativo do enfermeiro junto a essas mulheres na busca pela diminuição das (re)infecções por Sífilis.


RESUMEN: Objetivo: conocer las repercusiones del diagnóstico de Sífilis Gestacional para la puérpera. Método: investigación cualitativa realizada en una unidad de pediatría de un hospital universitario del sur de Brasil. Participaron 15 puérperas de niños internados en el sector con diagnóstico de Sífilis Congénita. Los datos se recolectaron por medio de entrevistas semiestructuradas durante el primer semestre de 2018 y se los sometió a análisis de contenido. Resultados: se obtuvieron datos acerca de cómo se recibe el diagnóstico, de las reacciones frente al mismo, de la influencia del diagnóstico en el embarazo y el parto y de la realización del diagnóstico de la Sífilis Gestacional. Conclusión: se verificó que las puérperas están desinformadas con respecto a la infección de la sífilis, principalmente sobre los cuidados para evitar su transmisión y reinfección. Se destaca el rol educativo del enfermero junto a estas mujeres en la búsqueda de reducir la cantidad de (re)infecciones por sífilis.


ABSTRACT Objective: To know the repercussions of the diagnosis of Gestational Syphilis for the postpartum woman. Method: A qualitative research carried out in a pediatric unit of a university hospital in southern Brazil. 15 postpartum women participated of children admitted to the sector diagnosed with congenital syphilis. Data was collected by semi-structured interviews in the first half of 2018 and submitted to content analysis. Results: Data was obtained about the receipt of the diagnosis, the reactions regarding the diagnosis, the influence of the diagnosis during pregnancy and childbirth and the treatment of gestational syphilis. Conclusion: Misinformation of the puerperal women regarding syphilis infection, especially regarding care to avoid transmission and reinfection. We highlight the educational role of nurses with these women in the pursuit of reducing (re)infections by syphilis.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA