Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 150
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UFSM ; 9: [19], jul. 15, 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024673

RESUMO

Objetivo: conhecer como o familiar cuidador enfrenta a internação hospitalar do paciente adulto. Método: pesquisa descritiva e exploratória de cunho qualitativo realizada em abril de 2018 em um Hospital Universitário no sul do Brasil. Participaram 20 familiares acompanhantes. Os dados foram coletados por meio de entrevistas e submetidos à Análise Temática. Resultados: os sentimentos apresentados em relação à internação foram de preocupação, ansiedade, medo da morte e tranquilidade. A família elegeu um dos familiares para ser o principal cuidador ou realizou revezamento. Às vezes o cuidador necessitou pedir dispensa do trabalho para cuidar, outros familiares se dedicaram aos aspectos do viver fora do hospital e a família expandiu-se. Considerações Finais: é importante direcionar a assistência ao familiar cuidador, contemplando a humanização, a criação de vínculo e a comunicação, pois ele é o maior aliado dos membros da equipe de saúde no hospital.


Objective: know how the family caregiver faces the hospitalization of the adult patient. Method: descriptive and exploratory qualitative research conducted in April 2018 at a University Hospital in southern Brazil. Twenty family caregiver participated. Data were collected through interviews and subjected to Thematic Analysis. Results: The feelings presented regarding hospitalization were worry, anxiety, fear of death and tranquility. The family elected one of the family members to be the primary caregiver or took turns. Sometimes the caregiver needed to take time off to care, other family members dedicated themselves to aspects of living outside the hospital, and the family expanded. Final Considerations: It is important to direct care to the family caregiver, contemplating humanization, bonding and communication, as he is the greatest ally of the health team members in the hospital.


Objetivo: saber cómo el cuidador familiar enfrenta la hospitalización del paciente adulto. Método: investigación cualitativa descriptiva y exploratoria realizada en abril de 2018 en un Hospital Universitario en el sur de Brasil. Participaron veinte familiares acompañantes. Los datos fueron recolectados a través de entrevistas y sometidos a análisis temático. Resultados: Los sentimientos presentados con respecto a la hospitalización fueron preocupación, ansiedad, miedo a la muerte y tranquilidad. La familia eligió a uno de los miembros de la familia para ser el cuidador principal o se turnó. A veces, el cuidador necesitaba tomarse un tiempo libre para cuidar, otros miembros de la familia se dedicaron a aspectos de la vida fuera del hospital y la familia se expandió. Consideraciones finales: es importante dirigir la atención al cuidador familiar, contemplando la humanización, el vínculo y la comunicación, porque él es el mejor aliado de los miembros del equipo de salud en el hospital.


Assuntos
Humanos , Pacientes , Família , Enfermagem , Cuidadores , Hospitais
2.
Rev. enferm. UFSM ; 9: [14], jul. 15, 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024199

RESUMO

Objetivo: compreender os nexos e reflexos da adaptação do enfermeiro à cultura organizacional do cuidado de enfermagem no âmbito hospitalar. Método: pesquisa qualitativa, exploratório-descritiva, cujos dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas com 12 enfermeiros. Para a análise dos dados, foi escolhido o método de análise de conteúdo, por envolver e apreender aspectos subjetivos, emergindo duas categorias: a normalização do cuidado e sobrepujando a adaptação normalizadora. Resultados: o enfermeiro, ao disponibilizar o cuidado, permite que a cultura da organização faça um agenciamento sobre si, sendo esta adaptação otimizada pela falta de exercício da autonomia pelos enfermeiros e por uma identidade singular pouco consolidada. Considerações finais: o reflexo da adaptação à cultura organizacional faz com que o cuidado disponibilizado se fragilize, fomentando de forma insuficiente a proatividade do enfermeiro. Um maior tempo de trabalho favorece a produção de subjetividade singular.


Aim: to understand the nexus and reflexes of nurses' adaptation to the organizational culture of nursing care in the hospital setting. Method: qualitative, exploratory-descriptive research, whose data were collected through semi-structured interviews with 12 nurses. For data analysis, the content analysis method was chosen, since it involves and apprehends subjective aspects, emerging two categories: the normalization of care and overcoming the normalizing adaptation. Results: the nurse, by providing the care, allows the organization's culture to make an agency on itself, being this adaptation optimized by the lack of exercise of the autonomy by the nurses and by a singular identity little consolidated. Final considerations: the reflex of the adaptation to the organizational culture makes the available care fragile, insufficiently promoting the nurse's proactivity. A longer working time favors the production of singular subjectivity.


Objetivo: comprender los nexos y reflejos de la adaptación del enfermero a la cultura organizacional del cuidado de enfermería en el ámbito hospitalario. Método: investigación cualitativa, exploratorio-descriptiva; los datos fueron recolectados por medio de entrevistas semiestructuradas con 12 enfermeros. Para el análisis de los datos fue elegido el método de análisis de contenido, por involucrar y aprehender aspectos subjetivos, y del cual emergió dos categorías: la normalización del cuidado y sobreponiendo la adaptación normalizadora. Resultados: el enfermero, al desarrollar el cuidado, permite que la cultura de la organización haga un agenciamiento sobre sí, siendo esta adaptación optimizada por la falta de ejercicio de la autonomía por los enfermeros y por una identidad poco consolidada. Consideraciones finales: el reflejo de la adaptación a la cultura organizacional fragiliza el cuidado disponible, fomentando de forma insuficiente la proactividad del enfermero. Un tiempo más largo de trabajo favorece la producción de subjetividad singular.


Assuntos
Humanos , Cultura Organizacional , Adaptação , Enfermeiros , Cuidados de Enfermagem
3.
Rev. enferm. UFSM ; 9: [21], jul. 15, 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024204

RESUMO

Objetivo: analisar a trajetória percorrida pelos adolescentes usuários de crack até o início do tratamento no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD). Método: trata-se de um estudo exploratório descritivo com abordagem qualitativa. Participaram usuários, familiares e profissionais atuantes no CAPS AD. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, organizados e tratados pelo software Nvivo 11 e, posteriormente, submetidos a Análise Temática. Resultado: a partir da análise dos dados emergiram as seguintes categorias: a forma como o adolescente usuário de crack chega ao CAPS AD; Motivos que levam o adolescente usuário de crack para tratamento no CAPS AD e Serviços utilizados pelos adolescentes usuários de crack até chegar ao CAPS AD. Considerações finais: mostra-se importante o investimento nos serviços e ações desenvolvidas pela Rede de Atenção Piscossocial (RAPS), dando-lhes maior visibilidade e acesso aos jovens.


Aim: to analyze the trajectory experienced by adolescent crack users until the beginning of their treatment in the Psychosocial Care Center for Alcohol and Drugs (CAPS AD). Method: This is a descriptive exploratory study, with a qualitative approach. Users, their relatives and workers from CAPS AD participated in the study. Data were collected through semi-structured interviews, organized and treated by Nvivo 11 software and, subsequently, submitted to Thematic Analysis. Result: From data analysis, the following categories emerged: The way the adolescent crack user arrives at CAPS AD; Reasons that lead the adolescent crack user to seek treatment at CAPS AD and Services used by adolescent crack users until they arrive at CAPS AD. Final considerations: it is important to invest in services and actions developed by the Psychosocial Care Network (RAPS), giving them greater visibility and access to young people.


Objetivo: analizar la trayectoria de los adolescentes usuarios de crack hasta empezar el tratamiento en el Centro de Atención Psicosocial Alcohol y Drogas (CAPS AD). Método: se trata de un estudio exploratorio, descriptivo, de base cualitativo. Participaron del estudio usuarios, familiares y profesionales actuantes en el CAPS AD. Los datos fueron recolectados por medio de entrevistas semiestructuradas y ordenados y tratados por el software Nvivo 11 y, posteriormente, sometidos al Análisis Temático. Resultado: a partir del análisis de los datos surgieron las siguientes categorías: la forma que el adolescente, usuario de crack, llega al CAPS AD; los motivos que llevan el adolescente, usuario de crack, a tratarse en el CAPS AD; y los servicios utilizados por los adolescentes, usuarios de crack, hasta llegar al CAPS AD. Consideraciones finales: se reveló importante la inversión en los servicios y acciones desarrolladas por la Red de Atención Psicosocial (RAPS), dando a esos mayor visibilidad y acceso a los jóvenes.


Assuntos
Humanos , Adolescente , Enfermagem , Cocaína Crack , Centros de Tratamento de Abuso de Substâncias , Reabilitação Psiquiátrica
4.
J. nurs. health ; 9(3): 199303, maio 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1047297

RESUMO

Objetivo: identificar os aspectos que dificultam o tratamento do adolescente usuário de crack na Rede de Atenção Psicossocial. Método: estudo exploratório e descritivo com abordagem qualitativa. Participaram 14 usuários, 11 familiares e 20 profissionais do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e, posteriormente, submetidos a Análise Temática. Resultados: emergiram as temáticas: características e comportamento do adolescente; necessidade de adesão voluntária ao tratamento; inespecíficidade das atividades terapêuticas do Centro para o tratamento de adolescentes; demora no atendimento no Centro; fissura; preconceito, rótulo e discriminação do usuário de droga; despreparo profissional para o trabalho com usuários de álcool e droga; e desestruturação familiar. Conclusões: salienta-se a importância de considerar as especificidades e instabilidades dessa faixa etária na organização do atendimento e na elaboração do plano terapêutico singular, de forma a favorecer sua adesão ao tratamento.(AU)


Objective: to identify the aspects hindering the treatment of the adolescent crack user in the Psychosocial Care Network. Method: exploratory and descriptive study with a qualitative approach. Participants were 14 users, 11 family members and 20 professionals of the Psychosocial Care Network for Alcohol and Drugs. Data were collected through semi-structured interviews, and then submitted to Thematic Analysis. Results: the following topics emerged: the adolescent's characteristics and behavior; need for voluntary treatment adherence; non-specificity of the therapeutic activities of Center for the treatment of adolescents; delay in care in Center; breach; prejudice, labeling and discrimination of the drug user; professional unpreparedness for working with alcohol and drug users; and family breakdown. Conclusions: we highlight the importance of considering the specificities and instabilities of this age group in organizing care and developing a peculiar therapeutic plan, in order to foster its treatment adherence.(AU)


Assuntos
Saúde Mental , Adolescente , Cocaína Crack , Centros de Tratamento de Abuso de Substâncias , Reabilitação Psiquiátrica
5.
Rev Bras Enferm ; 72(suppl 1): 41-48, 2019 Feb.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-30942343

RESUMO

OBJECTIVE: To know the aspects involved in the production of subjectivity and autonomy of nursing professionals working in Pediatric Units. METHOD: An exploratory and descriptive study, with a qualitative approach, performed with users, professionals and nursing managers, totaling 44 participants. Data collection took place in the pediatric hospitalization units of two University Hospitals through semi-structured interviews, organized and treated by Nvivo 10 software and then submitted to content analysis. RESULTS: The production of subjectivity and autonomy in nursing workers involves both the conditions of the work environment as the relation of the nursing team, the relation of hierarchy and the profile of the professional that works in the Pediatric Unit. FINAL CONSIDERATIONS: The valorization path of the nursing profession emerges, whose knowledge and competence in the area of work contribute to the construction of autonomous subjectivities.


Assuntos
Eficiência , Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital/psicologia , Autonomia Profissional , Adulto , Feminino , Humanos , Entrevistas como Assunto/métodos , Pessoa de Meia-Idade , Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital/normas , Enfermagem Pediátrica/normas , Pesquisa Qualitativa , Local de Trabalho/psicologia , Local de Trabalho/normas
6.
J. nurs. health ; 9(2): 199206, abr.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1047264

RESUMO

Objetivo: conhecer os sentimentos gerados na família pela internação hospitalar da criança. Métodos: estudo qualitativo, realizado no município do Rio Grande, com 21 familiares acompanhantes de crianças internadas, por meio de entrevista semiestruturada e dados tratados por análise temática. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa na Área de Saúde com o parecer favorável de número 92/2016. Resultados: verificaram-se que os familiares referiram medo do diagnóstico, desespero, preocupação, tristeza, ansiedade, desconforto e abatimento. Sentem-se mal e impotentes com a permanência da criança no hospital. Entretanto, entendem que nesse contexto serão fornecidos os recursos e o atendimento necessários. Considerações finais: o enfermeiro deve dar apoio e se fazer presente, desde o primeiro dia de internação da criança, a fim de auxiliar as famílias no cuidado mais qualificado à criança hospitalizada de forma harmônica.(AU)


Objective: to know the feelings generated in the families by hospitalization of the child. Methods: qualitative study carried out in the city of Rio Grande, with 21 family members of hospitalized children, through a semi structured interview and data treated by thematic analysis. The study was approved by the Research Ethics Committee in the Health Area with favorable opinion of number 92/2016. Results: family members reported fear of diagnosis, despair, worry, sadness, anxiety, discomfort and depression. They feel bad and helpless with the child's stay in the hospital. However, they understand that in this context, the necessary resources and assistance will be provided. Final considerations: nurses should provide support and be present, since the first day of hospitalization of the child, in order to help families with the most qualified care to the hospitalized child in a harmonic way.(AU)


Assuntos
Família , Criança Hospitalizada , Enfermagem
7.
Aquichan ; 19(1): 6-10, Jan.-Mar. 2019.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1011135

RESUMO

ABSTRACT Objective: To know the barriers in the process of building family cultural care for the child in the hospital. Methodology: This is a qualitative study with a cross-cultural theoretical reference of Madeleine Leininger, called Theory of Diversity and Cultural Universality of Care, and with a methodological reference of the ethno-inference. It was developed in 2017 at the pediatric unit of a university hospital in the south of Brazil, through non-participant observation, participant observation and interview with 15 family caregivers of hospitalized children. The data were coded, classified and scrutinized to identify the saturation of ideas and similar or different patterns; also, it were re-coded and the theoretical formulations and recommendations were performed. Ethical aspects were followed, according to the Resolution of the National Research Ethics Council 466/2012. Results: The data showed as a barrier the need for hospitalization as a factor of family vulnerability, control of the unit's health team members, hospital norms and routines, and the need to transgress as a manifestation of family care. Conclusion: Cultural care is a process that aggregates knowledge and can be considered a new paradigm for the accomplishment of nursing care by providing the mutual growth and construction of new knowledge, an affective, reflexive, human and empathic relationship between the nurse, the child and the family.


RESUMEN Objetivo: conocer las barreras presentes en el proceso de construcción del cuidado familiar cultural al niño en el hospital. Metodología: estudio cualitativo que tuvo como referencial teórico transcultural de Madeleine Leininger, denominado Teoría de la Diversidad y la Universalidad de los Cuidados Culturales, y como referencial metodológico la etnoenfermería. Se desarrolló en 2017 en la unidad de pediatría de un hospital universitario del sur de Brasil, mediante observación no participante, observación participante y entrevista con 15 familiares cuidadores de niños hospitalizados. Los datos han sido codificados, clasificados y analizados para identificar la saturación de ideas y los patrones similares o diferentes; además, han sido recodificados y se realizaron las formulaciones teóricas y las recomendaciones. Los aspectos éticos fueron cumplidos, de acuerdo a la Resolución de la Comisión Nacional de Ética en Investigaciones 466/2012. Resultados: los datos de la investigación han mostrado barreras como la necesidad de hospitalización del niño como factor de vulnerabilidad familiar, el control de los miembros del equipo de salud de la unidad, las normativas y rutinas del hospital y la necesidad de transgredir como manifestación del cuidado familiar. Conclusión: el cuidado cultural es un proceso que aporta saberes y puede ser considerado un nuevo paradigma para la realización del cuidado de enfermería al proporcionar el crecimiento mutuo y la construcción de nuevos saberes, de una relación afectiva, reflexiva, humana y empática entre enfermero-niño-familia.


RESUMO Objetivo: conhecer as barreiras presentes no processo de construção do cuidado familiar cultural à criança no hospital. Metodologia: estudo qualitativo, que teve como referencial teórico transcultural de Madeleine Leininger, denominado Teoria da Diversidade e Universalidade Cultural do Cuidado, e como referencial metodológico a etnoenfermagem. Foi desenvolvido em 2017 na unidade de pediatria de um hospital universitário do sul do Brasil, mediante observação não participante, observação participante e entrevista com 15 familiares cuidadores de crianças internadas. Os dados foram codificados, classificados e escrutinados para identificar a saturação de ideias e os padrões semelhantes ou diferentes; além disso, foram recodificados e as formulações teóricas e as recomendações realizadas. Os aspectos éticos foram seguidos, conforme a Resolução do Conselho Nacional de Ética em Pesquisa 466/2012. Resultados: os dados do estudo mostraram como barreiras a necessidade da internação da criança como fator de vulnerabilidade familiar, o controle dos membros da equipe de saúde da unidade, as normas e rotinas do hospital, e a necessidade de transgredir como manifestação de cuidado familiar. Conclusão: o cuidado cultural é um processo que agrega saberes e pode ser considerado um novo paradigma para a realização do cuidado de enfermagem ao proporcionar o crescimento mútuo e a construção de novos saberes, de uma relação afetiva, reflexiva, humana e empática entre enfermeiro-criança-família.

8.
Rev. bras. enferm ; 72(supl.1): 41-48, Jan.-Feb. 2019.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-990681

RESUMO

ABSTRACT Objective: To know the aspects involved in the production of subjectivity and autonomy of nursing professionals working in Pediatric Units. Method: An exploratory and descriptive study, with a qualitative approach, performed with users, professionals and nursing managers, totaling 44 participants. Data collection took place in the pediatric hospitalization units of two University Hospitals through semi-structured interviews, organized and treated by Nvivo 10 software and then submitted to content analysis. Results: The production of subjectivity and autonomy in nursing workers involves both the conditions of the work environment as the relation of the nursing team, the relation of hierarchy and the profile of the professional that works in the Pediatric Unit. Final considerations: The valorization path of the nursing profession emerges, whose knowledge and competence in the area of work contribute to the construction of autonomous subjectivities.


RESUMEN Objetivo: Conocer los aspectos involucrados en la producción de subjetividad y autonomía de los profesionales de enfermería actuantes en Unidades Pediátricas. Método: Estudio exploratorio y descriptivo, con abordaje cualitativo, realizado con usuarios, profesionales y gestores de enfermería, totalizando 44 participantes. La recolección de datos ocurrió en las unidades de internación pediátrica de dos Hospitales Universitarios por medio de entrevistas semiestructuradas, organizadas y tratadas por el software Nvivo 10 y posteriormente sometidas al análisis de contenido. Resultados: La producción de subjetividad y autonomía en los trabajadores de enfermería involucra tanto las condiciones del ambiente de trabajo como la relación del equipo de enfermería, la relación de jerarquía y el perfil del profesional que actúa en la unidad de pediatría. Consideraciónes finales: Se desprende la trayectoria de valorización de la profesión de enfermería, cuyo conocimiento y competencia en el área de actuación contribuyen en la construcción de subjetividades autónomas.


RESUMO Objetivo: Conhecer os aspectos envolvidos na produção de subjetividade e autonomia dos profissionais de enfermagem atuantes em Unidades Pediátricas. Método: Estudo exploratório e descritivo, com abordagem qualitativa, realizado com usuários, profissionais e gestores de enfermagem, totalizando 44 participantes. A coleta de dados ocorreu nas unidades de internação pediátrica de dois Hospitais Universitários por meio de entrevistas semiestruturadas, organizadas e tratadas pelo software Nvivo 10 e, posteriormente, submetidas à análise de conteúdo. Resultados: A produção de subjetividade e autonomia nos trabalhadores de enfermagem envolve tanto as condições do ambiente de trabalho como a relação da equipe de enfermagem, a relação de hierarquia e o perfil do profissional que atua na unidade de pediatria. Considerações finais: desponta a trajetória de valorização da profissão de enfermagem, cujo conhecimento e competência na área de atuação contribuem na construção de subjetividades autônomas.

9.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 11(1): 67-73, jan.-mar. 2019.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-968605

RESUMO

Objetivo: Conocer las percepciones de las familias atendidas por la primera infancia mejor sobre su impacto en el crecimiento y desarrollo del niño y el cuidado de la familia. Métodos: Estudio cualitativo realizado con 15 familias. Los datos fueron recogidos por entrevistas en Septiembre de 2016 seguido de análisis temático. Resultados: El crecimiento y el desarrollo son procesos que ocurren al mismo tiempo, reconocieron el apoyo de los visitantes, que las situaciones de vulnerabilidad y el cambio constante de los visitantes interfieren negativamente con el crecimiento y desarrollo del niño, el programa ofrece oportunidades para construir el aprendizaje y el fortalecimiento una atención familiar efectiva. Conclusión: Se recomienda que la enfermería se incluye con el equipo interdisciplinario y que lo primera infancia mejor se visto en la atención primaria como una estrategia para fortalecer la promoción de la salud y la atención integral a los niños y sus familias


Objective: To know the perceptions of the families served by best childhood first about their repercussions on children's growth and development and on the family care of children. Methods: Qualitative study carried in the household of 15 families. Data were collected by semi structured interviews in September 2016 followed by analysis of thematic content. Results: They identified that growing and developing are processes that occur together, acknowledged the support of the visitors, that situations of vulnerability and the constant exchange of visitors interfere in the growth and development of children, that the program offers the construction of learning and strengthening of Effective family care. Conclusion: It is recommended that nursing be included in the interdisciplinary team, and that the best childhood first be visualized in primary care as a strategy capable of strengthening the promotion of health and the integral care for the child and his family


Objetivo: Conhecer as percepções das famílias atendidas pelo Primeira Infância Melhor acerca de suas repercussões no crescimento e desenvolvimento infantil e no cuidado familial das crianças. Método: Estudo qualitativo realizado no domicílio de 15 famílias. Os dados foram coletados por entrevistas semi estruturadas, em setembro de 2016, seguidas da análise de conteúdo temática. Resultados: Identificaram que crescer e se desenvolver são processos que ocorrem em conjunto, reconheceram o apoio dos visitadores, que situações de vulnerabilidade e a troca constante dos visitadores interferem negativamente no crescimento e desenvolvimento infantil, que o programa oportuniza a construção do aprendizado e fortalecimento de um cuidado familial efetivo. Conclusão: Recomenda-se que a enfermagem esteja incluída junto à equipe interdisciplinar, e que o Primeira Infância Melhor seja visualizado na atenção primária como uma estratégia capaz de fortalecer a promoção da saúde e a integralidade do cuidado à criança e sua família


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Cuidado da Criança/métodos , Cuidado da Criança/provisão & distribução , Cuidado da Criança/tendências , Enfermagem Pediátrica/tendências , Família/psicologia , Políticas Públicas de Saúde
10.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(1): 15-22, jan. 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1005927

RESUMO

Objetivo: conhecer as repercussões do diagnóstico de crianças com o vírus da imunodeficiência humana para a família. Método: trata-se de um estudo qualitativo e descritivo realizado com dez familiares, em um Hospital Dia. Coletaram-se os dados por entrevistas semiestruturadas submetendo-os à técnica de Análise de Conteúdo. Resultados: verificou-se que algumas mães não sabiam que eram portadoras do vírus HIV e só descobriram a contaminação durante a realização de exames no pré-natal e pré-parto. Gerou-se culpa diante do recebimento do diagnóstico da criança e essa revelação foi difícil para as mães. Convive-se com o medo da morte por doenças oportunistas priorizando-se a alimentação como forma de manutenção da saúde. Relatouse preocupação das mães por apenas as pessoas da família nuclear se dedicarem ao cuidado da criança com o objetivo de que seu diagnóstico não seja revelado. Conclusão: fornecem-se informações, diante das principais dificuldades referidas pelas mães ao receberem o diagnóstico, para que a equipe de saúde promova ações a serem implementadas o mais precocemente possível como forma de instrumentalização da família para o cuidado e de incentivo ao viver saudável da criança.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Família , Cuidado da Criança , Saúde da Criança , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/transmissão , HIV , Soropositividade para HIV , Cuidadores , Transmissão Vertical de Doença Infecciosa , Impacto Psicossocial , Enfermagem Pediátrica , Epidemiologia Descritiva , Infecções Oportunistas Relacionadas com a AIDS , Pesquisa Qualitativa
11.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(1): 111-117, jan. 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1006076

RESUMO

Objetivo: conhecer as estratégias utilizadas pela família para o cuidado à criança e ao adolescente com Diabetes Mellitus tipo 1. Método: trata-se de um estudo qualitativo, exploratório e descritivo desenvolvido com 12 familiares cuidadores. Coletaram-se os dados por meio de entrevistas semiestruturadas submetendo-os à técnica de Análise de Conteúdo. Resultados: relaciona-se a principal estratégia utilizada pela família para o cuidado à adaptação alimentar da criança e do adolescente; propicia-se a convivência da criança e do adolescente com outros que tenham diabetes; procuram-se outras famílias com filhos com a mesma condição para se realizar a troca de experiência acerca do cuidado. Consideram-se, também, outras estratégias a possibilidade da adaptação da família ao cuidado à criança e ao adolescente e o fato dos próprios adolescentes realizarem seu autocuidado. Conclusão: conclui-se como importante o papel educativo do enfermeiro junto às famílias no sentido de auxiliá-las no desenvolvimento de estratégias efetivas de cuidado à criança e ao adolescente com diabetes.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Relações Profissional-Família , Família , Cuidado da Criança , Saúde da Criança , Saúde do Adolescente , Diabetes Mellitus Tipo 1 , Relações Enfermeiro-Paciente , Qualidade de Vida , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
12.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 23(2): e20180293, 2019.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-989805

RESUMO

ABSTRACT Objective: to analyze the specificities of care to the adolescent crack user assisted in the Network of Psychosocial Attention. Method: exploratory and descriptive study with qualitative approach. The participants were 20 professionals from the Center for Psychosocial Alcohol and Drug Attention and 10 professionals from the Center for Psychosocial Child and Adolescent Care. Data collection took place through semi-structured interviews and the data were processed by Nvivo 11 software and submitted to thematic analysis. Results: the care to the adolescent crack user assisted in the network involves care specificities in three scopes: adolescence as the life cycle stage, social aspects that involve the adolescent in the use situation, and differentiated care strategies to the adolescent using crack. Conclusion: the network services accessed by the adolescent crack user should be prepared to welcome him in their specificities, assessing the needs of care and promoting therapeutic workshops geared to the needs of this public in the specialized service. Implications for practice: the study may re-signify the care practices focused on the adolescent's needs. In addition, it is necessary to promote the strengthening of these services in the network with a view to subsidizing comprehensive and resolutive care.


RESUMEN Objetivo: analizar las especificidades de cuidado al adolescente usuario de crack asistido en la Red de Atención Psicosocial. Método: estudio exploratorio y descriptivo con abordaje cualitativo. Los participantes fueron 20 profesionales del Centro de Atención Psicosocial Alcohol y drogas y 10 profesionales del Centro de Atención Psicosocial Infantojuvenil. La recolección de datos ocurrió por medio de entrevistas semiestructuradas y los datos fueron tratados por el software Nvivo 11 y sometidos al Análisis Temático. Resultados: el cuidado al adolescente usuario de crack asistido en la red involucra especificidades de cuidado en tres ámbitos: adolescencia como fase del ciclo vital, aspectos sociales que involucran al adolescente en la situación de uso, y estrategias de cuidado diferenciadas al adolescente en uso de crack. Conclusión: los servicios de la red accedidos por el adolescente usuario de crack deben estar preparados para acogerlo en sus especificidades, evaluando las necesidades de cuidado y promoviendo talleres terapéuticos dirigidos a las necesidades de ese público en el servicio especializado. Implicaciones para la práctica: el estudio podrá resignificar las prácticas asistenciales dirigidas a las necesidades del adolescente. Además, es necesario promover el fortalecimiento de esos servicios en la red con miras a subsidiar una atención integral y resolutiva.


RESUMO Objetivo: Analisar as especificidades de cuidado ao adolescente usuário de crack assistido na Rede de Atenção Psicossocial. Método: Estudo exploratório e descritivo com abordagem qualitativa. Os participantes foram 20 profissionais do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e drogas e dez profissionais do Centro de Atenção Psicossocial infanto-juvenil. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevistas semiestruturadas e os dados foram tratados pelo software Nvivo 11 e submetidos a Análise Temática. Resultados: O cuidado ao adolescente usuário de crack assistido na rede envolve especificidades de cuidado em três âmbitos: adolescência como fase do ciclo vital, aspectos sociais que envolvem o adolescente na situação de uso, e estratégias de cuidado diferenciadas ao adolescente em uso de crack. Conclusão: Os serviços da rede acessados pelo adolescente usuário de crack devem estar preparados para acolhê-lo em suas especificidades, avaliando as necessidades de cuidado e promovendo oficinas terapêuticas voltadas para as necessidades desse público no serviço especializado. Implicações para a prática: O estudo poderá ressignificar as práticas assistenciais voltadas para as necessidades do adolescente. Além disso, torna-se necessário promover o fortalecimento desses serviços na rede com vistas a subsidiar uma atenção integral e resolutiva.

13.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 23(2): e20180303, 2019.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-989809

RESUMO

ABSTRACT Objective: To identify the challenges faced by professionals to add resoluteness to actions in mental health developed in the context of Primary Care. Method: Qualitative study with 30 professionals, including 17 nurses, four doctors, five psychologists and four social workers. Data were collected in three municipalities of Rio Grande do Sul, Brazil, in April 2018, through a semi-structured interview, later submitted to thematic analysis. Results: Challenges pointed out by professionals to add resoluteness to actions in mental health are related to the lack of specific knowledge to support the actions professionals perform; with the organization of services and participation of managers; and with the ambivalence of people with mental disorders regarding acceptance and continuity of treatment. Conclusion: The construction of shared practices among professionals, people with mental disorders and their families is necessary. Implications for practice: The study allows theoretical-practical articulations capable of generating transformations in mental health care model.


RESUMEN Objetivo: Identificar los desafíos enfrentados por profesionales para agregar solución a las acciones en el campo de la salud mental en la Atención Básica. Método: Estudio cualitativo realizado con 30 profesionales, siendo 17 enfermeros, cuatro médicos, cinco psicólogos y cuatro asistentes sociales. Datos colectados en tres ciudades de Rio Grande do Sul, Brasil, en abril de 2018. Entrevista semiestructurada, posteriormente sometida al análisis temático. Resultados: Los desafíos indicados por los profesionales están relacionados con la falta de conocimientos específicos para sostener dichas acciones; con la organización de servicios y participación de los gestores; y con la ambivalencia de las personas con trastorno mental con relación a la aceptación y continuidad del tratamiento. Conclusiones: Se necesita la construcción de prácticas compartidas entre profesionales, personas con trastornos mentales y sus familias. Implicaciones para la práctica: El estudio permite articulaciones teórico-prácticas capaces de generar transformaciones en el modelo de atención en salud mental.


RESUMO Objetivo: Identificar os desafios enfrentados pelos profissionais para agregar resolutividade às ações de saúde mental desenvolvidas no âmbito da Atenção Primária. Método: Estudo qualitativo realizado com 30 profissionais, sendo 17 enfermeiras, quatro médicos, cinco psicólogos e quatro assistentes sociais. Dados coletados em três municípios do Rio Grande do Sul, Brasil, em abril de 2018 através de entrevistas semiestruturadas, posteriormente submetidos à análise temática. Resultados: Os desafios apontados para agregar resolutividade às ações estão relacionados com a lacuna de conhecimentos específicos para sustentar o que os profissionais desenvolvem; com a organização dos serviços e a participação dos gestores; e com a ambivalência da pessoa com transtorno mental em relação à aceitação e continuidade do tratamento. Conclusões: Necessária a construção de práticas compartilhadas entre profissionais, pessoas com transtornos mentais e suas famílias. Implicações para a prática: O estudo permite articulações teórico-práticas capazes de gerar transformações no modelo de atenção em saúde mental.

14.
Rev Rene (Online) ; 20(1): e33937, jan.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-997269

RESUMO

Objetivo: descrever o itinerário terapêutico de famílias de crianças com necessidades especiais de saúde. Métodos: estudo qualitativo, realizado no domicílio de 14 famílias cadastradas na atenção primária à saúde. Resultados: as famílias participantes relataram sentimentos negativos com a descoberta do diagnóstico, os quais se intensificaram com a ausência de orientações de profissionais. Percorreram caminhos, enfrentaram dificuldades de acesso pelo Sistema Único de Saúde, tendo que buscar o serviço privado para assistência aos(às) filhos(as), e fragilidade com relação aos próprios direitos. Conclusão: no itinerário terapêutico das famílias de crianças com necessidades especiais de saúde, estas sofrem constantes peregrinações pelas redes de atenção à saúde em busca de assistência e resolutividade. (AU)


Assuntos
Humanos , Criança , Enfermagem Pediátrica , Família , Crianças com Deficiência , Acesso aos Serviços de Saúde
15.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(12): 3239-3246, dez. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-999732

RESUMO

Objetivo: conhecer os cuidados de Enfermagem relacionados à administração segura de medicamentos em Neonatologia e Pediatria. Método: trata-se de estudo qualitativo, descritivo e exploratório com 23 trabalhadores das equipes de Enfermagem por meio de entrevistas semiestruturadas, submetendo-as à técnica de Análise de Conteúdo na modalidade Análise Temática. Resultados: referiram-se, como cuidados, à supervisão pelo enfermeiro da equipe de Enfermagem, à identificação dos cinco certos preconizados (criança, leito, medicação, dose e horário), ao registro da medicação administrada em uma planilha de cuidados, à realização do cálculo milimétrico das doses, à checagem da validade da medicação, à não aplicação, no mesmo horário, de medicamentos incompatíveis quimicamente, à garantia da assepsia do local da administração, ao cuidado com a temperatura adequada para o armazenamento, à utilização dos medicamentos e ao esclarecimento das dúvidas existentes antes da administração dos fármacos. Conclusão: conclui-se que a segurança do paciente em relação à administração de medicamentos nas Unidades de Neonatologia e Pediatria é complexa exigindo, dos profissionais da equipe de Enfermagem, habilidades e competências para o seu enfrentamento.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Unidades de Terapia Intensiva Neonatal , Saúde da Criança , Segurança do Paciente , Erros de Medicação , Sistemas de Medicação no Hospital , Cuidados de Enfermagem , Equipe de Enfermagem , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
16.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(12): 3279-3286, dez. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1000162

RESUMO

Objetivo: conhecer a percepção do familiar acerca do cuidado de enfermagem numa unidade pediátrica. Método: trata-se de estudo qualitativo, descritivo, exploratório, com 21 familiares. Coletaram-se os dados por meio de entrevistas semiestruturadas, analisadas pela técnica de Análise de Conteúdo na modalidade Análise Temática. Resultados: considera-se, pela família, a equipe atenciosa e sempre disposta a dedicar auxílio e informações necessárias. Referiu-se, também, que é cuidadosa no momento de lidar com a família. Citou-se, nas reinternações, principalmente de crianças com doenças crônicas, a criação do vínculo como fator positivo. Relataram-se, também, o carinho e o bom acolhimento como demonstrações dos demais profissionais. Conclusão: entende-se que o enfermeiro se deve fazer presente e fornecer um cuidado humanizado à criança e à sua família, visto que se encontram em um período de fragilidade.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Enfermagem Pediátrica , Percepção , Relações Profissional-Família , Relações Profissional-Paciente , Família , Criança , Saúde da Criança , Humanização da Assistência , Hospitalização , Cuidados de Enfermagem , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
17.
Rev Bras Enferm ; 71(suppl 5): 2123-2130, 2018.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-30365774

RESUMO

OBJECTIVE: To understand the influence of the lifeworld on crack cocaine use by teenagers undergoing treatment at the Psychosocial Care Center for users of alcohol and other drugs. METHOD: Qualitative research carried out with thirteen teenagers attended at the Psychosocial Care Center for users of alcohol and other drugs, from a municipality in the South of Brazil. The data were collected through semi-structured interviews and the Comprehensive Analysis was carried out from the Phenomenology of the Social World of Alfred Schütz. RESULTS: In the lifeworld, there is influence of the community to which the teenager belongs; of the family, by the excess of permissibility and being in an environment of drug use and violence; and the school, where it is influenced by individuals to consume them. CONCLUSION: Elements from the lifeworld influence the teenager for the consumption of crack cocaine, being necessary actions contextualized with their world of life.


Assuntos
Fumar Cocaína/psicologia , Fatores Socioeconômicos , Adolescente , Comportamento do Adolescente/psicologia , Saúde do Adolescente/estatística & dados numéricos , Brasil , Fumar Cocaína/efeitos adversos , Cocaína Crack/efeitos adversos , Cocaína Crack/uso terapêutico , Feminino , Humanos , Masculino , Pesquisa Qualitativa , Adulto Jovem
18.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(2): 399-405, abr.-jun. 2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-908457

RESUMO

Objective: this study aimed to know the facilities and difficulties encountered by postpartum to breastfeed. Method: It was a descriptive, exploratory study of qualitative approach. Participants were 11 postpartum from a University Hospital in southern Brazil. Data were collected through interviews and analyzed by thematic analysis technique. As facilities it was found the creation of the bond between the mother and baby, affective touch, correct grasp, good milk production and the practicality of breast-feeding. As difficulties the need to return to work, complications such pain, cracks in the nipple, delay in the milk letdown, discomfort, engorgement, baby gets drowsy, sucks several times or reject the breast. Conclusion: It is concluded that the nurse should provide support and information necessary for the puerperal and directing practices that minimize the difficulties in the breastfeeding to prevent the weaning.


Objetivo: conhecer as facilidades e dificuldades encontradas pelas puérperas para amamentar. Método: Realizou-se um estudo descritivo exploratório de cunho qualitativo. Participaram 11 puérperas de um Hospital Universitário do sul do Brasil. Os dados foram coletados por entrevistas e analisados pela técnica de Análise Temática. Resultados: Como facilidades verificaram-se a criação do vínculo entre a mãe e o bebê, o toque afetivo, a pega correta, a boa produção de leite e a praticidade de amamentar. Como dificuldades a necessidade de retornar ao trabalho, complicações como dor, fissuras no mamilo, demora na descida do leite, desconforto, ingurgitamento, o bebê ficar sonolento ou mamar várias vezes ou rejeitar a mama. Conclusão: Concluiu-se que o enfermeiro deve dar apoio e informações necessárias para as puérperas e direcionar práticas que minimizem as dificuldades na amamentação como forma de impedir o desmame.


Objetivo: se objetivó conocer las facilidades y dificultades encontradas por las puerperas para amamentar. Método: Se realizo un estudio descriptivo, exploratorio con enfoque cualitativo. Participaron 11 puerperas en un Hospital Universitario en el sur del Brasil. Los datos fueron recolectados a través de entrevistas y analizados por la técnica de análisis temático. Resultados: Como facilidades se encontraran la creación del vínculo entre madre y bebé, toque afectivo, succión correcta, buena producción de leche y practicidad de la lactancia materna. Como dificultades la necesidad de volver al trabajo, complicaciones como dolor, fisuras en la pezón, retraso en el flujo de la leche, incomodidad, ingurgitamiento, bebé somnoliento, succionar varias veces o rechazar el pecho. Conclusión: Se concluyó que el enfermero debe proporcionar apoyo y informaciones necesarias para las puerperas y direccionar prácticas que minimizen las dificultades en la lactancia como prevenir el destete.


Assuntos
Feminino , Humanos , Recém-Nascido , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Aleitamento Materno , Promoção da Saúde/métodos , Enfermagem Obstétrica/métodos , Enfermagem Obstétrica/tendências , Brasil
19.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(6): 1570-1577, jun. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-981978

RESUMO

Objetivo: conhecer como se dá a prática da automedicação em crianças por seus pais. Método: estudo qualitativo, de caráter exploratório e descritivo, desenvolvido com 17 familiares cuidadores de crianças internadas em um hospital do Sul do Brasil. Os dados foram coletados em 2016 por meio de entrevistas e analisados pela Análise de Conteúdo. Resultados: a automedicação ocorreu nos casos de febre, dor e cólica; os medicamentos mais utilizados foram analgésicos, antitérmicos, além de remédios para cólica, trato respiratório e plantas medicinais; visavam a amenizar os sintomas; referiram dificuldade de locomoção até um atendimento de saúde, indicação de familiares, farmacêuticos e pediatras em consulta anterior. Conclusão: a automedicação da criança, por seus pais, é uma realidade, sendo necessário o profissional enfermeiro discutir mais acerca da temática atuando junto às famílias para orientar e evitar seu uso ou minimizar seu risco.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Pais , Enfermagem Pediátrica , Relações Profissional-Família , Automedicação , Família , Criança , Educação em Saúde , Cuidadores , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa , Relações Enfermeiro-Paciente
20.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(2): 399-405, abr.-jun. 2018.
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-32803

RESUMO

Objective: This study aimed to know the facilities and difficulties encountered by postpartum to breastfeed. Method: It was a descriptive, exploratory study of qualitative approach. Participants were 11 postpartum from a University Hospital in southern Brazil. Data were collected through interviews and analyzed by thematic analysis technique. As facilities it was found the creation of the bond between the mother and baby, affective touch, correct grasp, good milk production and the practicality of breast-feeding. As difficulties the need to return to work, complications such pain, cracks in the nipple, delay in the milk letdown, discomfort, engorgement, baby gets drowsy, sucks several times or reject the breast. Conclusion: It is concluded that the nurse should provide support and information necessary for the puerperal and directing practices that minimize the difficulties in the breastfeeding to prevent the weaning.(AU)


Objetivo: Conhecer as facilidades e dificuldades encontradas pelas puérperas para amamentar. Método: Realizou-se um estudo descritivo exploratório de cunho qualitativo. Participaram 11 puérperas de um Hospital Universitário do sul do Brasil. Os dados foram coletados por entrevistas e analisados pela técnica de Análise Temática. Resultados: Como facilidades verificaram-se a criação do vínculo entre a mãe e o bebê, o toque afetivo, a pega correta, a boa produção de leite e a praticidade de amamentar. Como dificuldades a necessidade de retornar ao trabalho, complicações como dor, fissuras no mamilo, demora na descida do leite, desconforto, ingurgitamento, o bebê ficar sonolento ou mamar várias vezes ou rejeitar a mama. Conclusão: Concluiu-se que o enfermeiro deve dar apoio e informações necessárias para as puérperas e direcionar práticas que minimizem as dificuldades na amamentação como forma de impedir o desmame.(AU)


Objetivo: Se objetivó conocer las facilidades y dificultades encontradas por las puerperas para amamentar. Método: Se realizo un estudio descriptivo, exploratorio con enfoque cualitativo. Participaron 11 puerperas en un Hospital Universitario en el sur del Brasil. Los datos fueron recolectados a través de entrevistas y analizados por la técnica de análisis temático. Resultados: Como facilidades se encontraran la creación del vínculo entre madre y bebé, toque afectivo, succión correcta, buena producción de leche y practicidad de la lactancia materna. Como dificultades la necesidad de volver al trabajo, complicaciones como dolor, fisuras en la pezón, retraso en el flujo de la leche, incomodidad, ingurgitamiento, bebé somnoliento, succionar varias veces o rechazar el pecho. Conclusión: Se concluyó que el enfermero debe proporcionar apoyo y informaciones necesarias para las puerperas y direccionar prácticas que minimizen las dificultades en la lactancia como prevenir el destete.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Recém-Nascido , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Aleitamento Materno , Enfermagem Obstétrica/métodos , Enfermagem Obstétrica/tendências , Promoção da Saúde/métodos , Brasil
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA