Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 30: e2964, 2022. graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1364622

RESUMO

Resumo Introdução A reflexão sobre a prática, na perspectiva da epistemologia da racionalidade prática, favorece o ganho de consciência sobre seus aspectos tácitos, como do raciocínio profissional. Estudos que focalizam a reflexão sobre a prática para sustentar o raciocínio profissional de terapeutas ocupacionais têm emergido; porém, eles ainda são incipientes, especialmente no Brasil. Objetivo Analisar o conteúdo e a aplicabilidade de uma ferramenta reflexiva para sustentar o raciocínio profissional no processo de análise situada das necessidades da pessoa em acompanhamento em terapia ocupacional. Método Pesquisa-ação, com participação de 11 terapeutas ocupacionais atuantes na Atenção Básica à Saúde, desenvolvida com as seguintes etapas: elaboração prévia da ferramenta; utilização da ferramenta pelas participantes e análise de seu conteúdo e estrutura; entrevistas individuais após a utilização; análise descritiva e temática; adequação da ferramenta; oficinas de validação; e construção da versão final da ferramenta. Resultados As modificações sugeridas abarcaram alterações de termos, acréscimos e integração de diferentes domínios. A versão final da ferramenta se estruturou em 20 questões, organizadas em sete domínios. As possibilidades de aplicabilidade foram: dar visibilidade para as especificidades da terapia ocupacional no trabalho em equipe; possibilitar a reflexão sobre a prática e melhorar o raciocínio profissional; utilizar a ferramenta em outros contextos de prática e no ensino da prática profissional. Conclusão A ferramenta apresenta aplicabilidade prática, contribuindo para fortalecer o núcleo profissional em terapia ocupacional e o diálogo interprofissional, facilitando a reflexão sobre a prática e ampliando a consciência sobre processos de raciocínio profissional.


Abstract Introduction Reflection on practice, from the epistemology of practical rationality perspective, favors gaining awareness of tacit aspects of the practice, such as professional reasoning. Studies focusing the reflection on practice to support occupational therapists' reasoning have emerged. However, they are still incipient, especially in Brazil. Objective To analyze the content and applicability of a reflective tool to support professional reasoning in the process of situated analysis of the needs of the assisted person in occupational therapy. Method Action research, with the participation of 11 occupational therapists working in Primary Health Care, was developed following the steps: previous development of the tool; use of the tool by the participants and analysis of its content and structure; individual interviews after its use; descriptive and thematic analysis; tool suitability; validation workshops and construction of the final version of the tool. The data were produced through a participants characterization form, an agreement questionnaire to analyze the content and structure of the tool, and individual interviews about its applicability. Data were analyzed descriptively and thematically. The reflective tool was adjusted based on the participants' suggestions. Validation workshops were held with the participants to build the final version of the tool. Results The suggested modifications in the tool included changes in terms, and also additions and integration of different domains. Its final version was structured on 20 questions, organized in seven domains. The applicability possibilities were: to give visibility to the specificities of occupational therapy in interprofessional teams; to enable reflection on practice and to improve professional reasoning; to use the tool in other contexts of practice; and for teaching of professional practice. Conclusion The tool has practical applicability, contributing to strengthening the professional core in occupational therapy and for interprofessional dialogue, facilitating the reflection on practice, and increasing the awareness about professional reasoning processes.

2.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 29: e2855, 2021. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1285769

RESUMO

Resumo Introdução Diante das sucessivas transformações no que se refere à assistência em saúde mental e às abordagens teóricas que ancoram as práticas não apenas no Brasil, mas no mundo inteiro, percebe-se a importância de sistematizar e identificar o que tem sido produzido e divulgado por terapeutas ocupacionais sobre esta temática. Objetivo Descrever o panorama do conhecimento científico sobre terapia ocupacional e saúde mental, levando em consideração as variáveis ano, idioma, país, abordagem metodológica e objeto dos estudos. Método Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva, de abordagem quantitativa, que se utiliza de estratégia bibliométrica para sistematizar os resultados encontrados. Resultados Foram analisados 249 estudos, sendo perceptível maior incidência de artigos brasileiros, australianos, estadunidenses e canadenses, publicados em inglês e, principalmente, a partir da década de 2000. A abordagem metodológica predominante foi a qualitativa e foram construídas nove categorias que dispõem sobre os objetos dos estudos. Conclusão Os resultados do mapeamento sobre a produção científica da terapia ocupacional em saúde mental possibilitaram a identificação de interesses e tendências teóricas e práticas ao longo do tempo e a nível mundial, assim como realçaram a importância da profissão neste campo.


Abstract Introduction The successive transformations in mental health practices and theoretical approaches in Occupational Therapy, both in Brazil and worldwide, give rise to the need of systematizing and identifying what has been produced and disseminated by occupational therapists on this topic. Objectives To describe the panorama of scientific productions about Occupational Therapy and mental health, considering variables such as year, language, country, methodological approach, and object of the studies. Method This exploratory and descriptive research was based on a quantitative approach, using bibliometric analysis to systematize its data. Results 249 studies were analyzed that demonstrate the highest incidence of Brazilian, Australian, American, and Canadian articles, published in English and mainly from the 2000s onwards. The predominant methodological approach was qualitative, and nine categories were created to deal with the objects of the studies. Conclusion The results of the mapping of Occupational Therapy scientific production in mental health enabled the identification of theoretical and practical interests and trends over time worldwide.

3.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 28(3): 967-982, jul.-set. 2020. graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1132802

RESUMO

Resumo Introdução As ocupações e as atividades humanas são temas centrais nos estudos e intervenções da terapia ocupacional no Brasil, embora não exista um consenso nos usos desses termos no país. Objetivo Esta pesquisa objetivou analisar parte da produção científica nacional da terapia ocupacional em relação ao uso dos termos ocupação e atividade. Método Foi realizada uma revisão de escopo da literatura entre 1980 e 2017, na biblioteca SciELO.br e nos periódicos nacionais da área de terapia ocupacional, utilizando a palavra-chave "terapia ocupacional" associada às palavras "atividade", "ocupação" e "desempenho ocupacional". A amostra foi composta por 155 artigos, sendo o primeiro publicado em 2002. Resultados As publicações se relacionam a oito campos ou áreas de atuação da terapia ocupacional e abordam 95 temas diferentes. O termo atividade foi utilizado em 128 artigos; ocupação e atividade em 22; e apenas 5 utilizaram ocupação. O termo atividade foi definido como instrumento da profissão ou relacionado à ação dos sujeitos. Já o termo ocupação foi definido como fundamental para a organização da vida humana, considerando que as atividades fazem parte das ocupações humanas. Em relação às perspectivas teóricas, os estudos que utilizaram a "atividade" apresentam várias teorias ou construções teóricas e metodológicas. Já os que adotaram "ocupação" e "atividade e ocupação" referenciam modelos teóricos específicos. Conclusão Com esta revisão, verificou-se que os termos apresentam significados e perspectivas teóricas que acompanham a pluralidade intrínseca à profissão e são pautados em construções socio-históricas.


Abstract Introduction Human occupations and activities are central themes in occupational therapy studies and interventions in Brazil, although there is no consensus on the use of these terms in the country. Objective This research aimed to analyze part of the national scientific production of occupational therapy about the use of the terms of occupation and activity. Method A scoping review of the literature was carried out between 1980 and 2017, using SciELO.br and the Brazilian journals of occupational therapy, using the keyword 'occupational therapy' associated with the words 'activity', 'occupation', and 'occupational performance'. The sample consisted of 155 articles, the first one being published in 2002. Results The publications relate to eight fields or areas of occupational therapy and cover 95 different topics. The term "activity" was used in 128 articles, in 22 "occupation and activity" and only 5 used "occupation". The term "activity" was defined as an instrument of the profession or related to the action of the subjects. The term "occupation" was defined as fundamental for the organization of human life considering that the activities are part of human occupations. Regarding the theoretical perspectives, the studies that used the "activity" present several theories or theoretical and methodological constructions. Those who have adopted "occupation" and "activity and occupation" refer to specific theoretical models. Conclusion With this review, we verified that the terms present theoretical meanings and perspectives that accompany the plurality intrinsic to the profession and are based on historical partner constructions.

4.
Ribeirão Preto; s.n; 2018. 19 p.
Tese em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ACVSES, SESSP-PAPSESSP, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1085768

RESUMO

Na relação terapêutica ocupacional busca-se estabelecer um processo a partir de um encontro que se dá com um sujeito, através da realização de atividades. Com a população da infância, o processo terapêutico ocorre numa relação intermediada pelo brincar e envolve ações direcionadas ao estabelecimento de um vínculo. Assim, este relato traz reflexões acerca da construção da identidade profissional e as vivências ao ser terapeuta ocupacional estando em relação com o outro e vivenciando um processo de vinculação. Este trabalho foi construído através das observações e análises dos atendimentos, observação da rotina do serviço, supervisões e reflexões das ações e posturas adotadas, considerando que na relação e encontro com...


Assuntos
Comportamento , Saúde Mental , Terapia Ocupacional
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...