Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 13 de 13
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1043114

RESUMO

Trata-se de uma pesquisa qualitativa baseada em narrativas produzidas por meio de entrevistas e oficinas. O estudo pretende demonstrar como profissionais de saúde de sete especialidades de uma UTI neonatal e pediátrica de um Hospital Público Municipal, no interior do Rio de Janeiro, identificam sinais de sofrimento no trabalho. Esses profissionais lidam com nascimento, dor e morte de crianças, mas não incluem essa experiência como parte integrante de seus cotidianos de trabalho. Aposta-se que o uso de narrativas seja um dispositivo capaz de incluir as dimensões da experiência dos quais tenta-se afastar, bem como produzir conhecimentos sobre a vida e a morte nos processos de trabalho.


This paper describes a qualitative research based on narratives collected by means of interviews and workshops. It aims to reveal in what way health professionals from seven specialties of a neonatal and pediatric ICU of a Municipal Public Hospital in the interior of Rio de Janeiro identify signs of suffering at work. These professionals deal with the birth, pain and death of children, but do not include this experience as an integral part into their daily work. We believe that the use of narratives is a device that allows to incorporate the dimensions of these denied experiences and to produce knowledge about life and death in work processes.


Cette recherche qualitative est basée sur des récits produits à travers d'entretiens et d'ateliers. L'étude a pour but de démontrer de quelle façon des professionnels de la santé de sept spécialités d'une unité de soins intensifs néonatals et pédiatriques d'un hôpital public municipal à l'intérieur de l'état de Rio de Janeiro identifient les signes de souffrance au travail. Ces professionnels sont confrontés à la naissance, la douleur et au décès d'enfants, mais ils n'incluent pas cette expérience dans leur travail quotidien. Nous concluons que la production de récits leur permet d'intégrer les dimensions de l'expérience desquelles ils essaient de se distancer, ainsi que de produire des connaissances sur la vie et la mort au travail.


Se trata de una investigación cualitativa basada en narrativas, producidas mediante encuestas y talleres. El estudio pretende demostrar de qué forma los profesionales de salud de siete especialidades de una UCI neonatal y pediátrica de un hospital público municipal, en el interior de Río de Janeiro, identifican señales de sufrimiento en el trabajo. Estos profesionales se enfrentan con el nacimiento, el dolor y la muerte de niños, pero no incluyen esta experiencia como parte integrante de su vida cotidiana de trabajo. Se apuesta a que el uso de narrativas sea un dispositivo capaz de incluir las dimensiones de la experiencia de las que intenta alejarse, así como producir conocimientos sobre la vida y la muerte en los procesos de trabajo.


Dieser Artikel beschreibt eine qualitative Studie, die auf Erzählungen basiert, die während Interviews und Workshops gesammelt wurden. Die Studie stellt dar, wie Gesundheitspersonal von sieben Fachgebieten einer neonatalen und pädiatrischen Intensivstation eines städtischen Krankenhauses im Inland des Staates von Rio de Janeiro Anzeichen von Leiden bei der Arbeit erkennen. Dieses Personal ist der Geburt, den Schmerzen und dem Tod von Kindern ausgesetzt, berücksichtigt diese Erfahrungen jedoch nicht als wesentlichen Bestandteil seiner täglichen Arbeit. Die Verwendung von Erzählungen ist hier ein Mittel, um die Dimensionen dieser Erfahrungen, die man zu vermeiden versucht, zu verarbeiten (Bruner, 1991) und Wissen über Leben und Tod anhand von Arbeitsprozessen zu produzieren.

2.
Trab. educ. saúde ; 15(1): 55-71, Jan.-Apr. 2017.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-962988

RESUMO

Resumo A premência das mudanças no campo da saúde mental provenientes do redirecionamento do modelo assistencial trouxe à cena o tema da formação como elemento decisivo para a sustentação do processo de reforma psiquiátrica brasileira. Este artigo apresenta resultados da pesquisa "Política de saúde mental no município do Rio de Janeiro: um estudo sobre as metodologias de formação e qualificação das equipes de saúde mental", que teve como objetivo estudar o modo como as equipes dos centros de atenção psicossocial do município do Rio de Janeiro produzem sua agenda de formação permanente em saúde mental e como os profissionais reconhecem as formas de produzir conhecimento, pensar e agir no encontro com o trabalho e a produção do cuidado. Empregamos a observação simples e o grupo focal para coleta de dados. A análise do material procurou identificar a associação das práticas discursivas, que desenham territórios existenciais, com a prática pedagógica no processo de trabalho, articulada ao conceito de analisador. Nesse processo de investigação, foi possível identificar a produção de novas referências de saber, produzidas no ato do trabalho, capazes de transformar o mundo do trabalho e de ativar um cuidado ético, responsável e centrado nos interesses dos usuários.


Abstract The urgency of changes in the field of mental health derived from the redirection of the assistance model introduced the issue of training as a decisive element to support of the Brazilian psychiatric reformation process. This article presents the results of the "Mental health policy in the city of Rio de Janeiro: A study on the methods of training and qualification of mental health teams" research project, which aimed to study how the psychosocial care teams at the psychosocial care centers in the municipality of Rio de Janeiro, Brazil, produce their continuing education agenda in mental health and how the professionals recognize the ways of producing knowledge, thinking, and acting at the place where work and the production of care come together. We use simple observation and focus groups to collect data. The analysis of the material sought to identify the association of the discursive practices, which draw existential territories, with the pedagogical practice in the work process, joined with the analyzer concept. In the investigation process it was possible to identify the production of new knowledge references, produced during work, capable of transforming the labor world and enabling ethical, responsible care, one that is focused on the users' interests.


Resumen La premura de los cambios en el campo de la salud mental provenientes del redireccionamiento del modelo asistencial puso sobre el tapete el tema de la formación como elemento decisivo para la sustentación del proceso de reforma psiquiátrica brasileña. Este artículo presenta resultados de la investigación "Política de salud mental en el municipio de Río de Janeiro: un estudio sobre las metodologías de formación y calificación de los equipos de salud mental", que tuvo por objetivo estudiar el modo como los equipos de los centros de atención psicosocial del municipio de Río de Janeiro, Brasil, producen su agenda de formación permanente en salud mental y cómo los profesionales reconocen las formas de producir conocimiento, pensar y actuar en el encuentro con el trabajo y la producción del cuidado. Empleamos la observación simple y el grupo focal para recolectar los datos. El análisis del material buscó identificar la asociación de las prácticas discursivas, que diseñan territorios existenciales, con la práctica pedagógica en el proceso de trabajo, articulada con el concepto de analizador. En este proceso de investigación, fue posible identificar la producción de nuevas referencias de saber, producidas en el acto del trabajo, capaces de transformar el mundo del trabajo y activar un cuidado ético, responsable y centrado en los intereses de los usuarios.


Assuntos
Humanos , Saúde Mental , Educação Continuada , Pesquisa Interdisciplinar
3.
Interface comun. saúde educ ; 19(supl.1): 721-730, dez. 2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-758157

RESUMO

O presente artigo analisa os efeitos que podem ser coletados das múltiplas experiências cotidianas vivenciadas pelos tutores/as, preceptores/as e alunos/as participantes do Programa de Educação pelo Trabalho para Saúde (PET-Saúde) quando se trata de utilizá-las para se pensarem transformações na micropolítica da formação universitária e no trabalho em saúde. Tem como eixo uma pergunta: O Programa Pet-Saúde, nos seus processos cotidianos, é capaz de produzir efeitos que alargam a matriz de formação que tem como característica principal os processos de ensignação? Mais do que polarizar entre o sim e o não, temos como objetivo colocar em discussão as apostas na formação e atuação do campo da produção do cuidado em saúde, tentando pensar o que têm sido esses campos no âmbito da educação brasileira, e como é possível re-inventar processos de formação que tomam muito mais as desaprendizagens e as potencialidades dos diferentes atores envolvidos.


This paper analyzes the effect of the daily experiences of tutors, preceptors, and students who participated in the Education by Work for Health Program (PET-Health) when using those to create transformations in the higher education micro-political dimension and in health work. Its guiding question was: Is the PET-Health with its daily processes capable of producing effects that extend the education matrix whose main characteristic is the teaching process? Rather than polarizing between yes or no, this paper attempt to discuss the existing stakes in education and healthcare production, the framework of the Brazilian education system, and the reinvention of education processes that adopt much more the unlearning and the potentialities of the different actors involved.


Este artículo analisa los efectos que pueden ser recogidos a partir de múltiples experiencias vividas por los participantes del Programa de Educación por el Trabajo para la Salud (PET-Salud), para pensar transformaciones en la micropolítica de la formación universitaria y el trabajo en la salud. Existe como hilo conductor una pregunta: El PET-Salud, en sus procesos diarios, puede producir efectos que amplían la matriz de formación que tiene como característica principal los procesos de ensignación? Más que polarizar entre el sí y el no, nuestro objetivo es poner en discusión las participaciones en la formación y actuación del campo de la producción en la atención de la salud; tratando de pensar en lo que han sido estos campos en el ámbito de la educación brasileña y cómo se pueden reinventar los procesos de formación que toman mucho más los desaprendizajes y las potencialidades de los distintos actores involucrados.


Assuntos
Humanos , Educação em Saúde , Serviços de Integração Docente-Assistencial
4.
Divulg. saúde debate ; (52): 153-164, out. 2014.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-774076

RESUMO

Sintetizamos as experiências recolhidas por um grupo de pesquisadores vinculados a Micropolítica do Trabalho e o Cuidado em Saúde, da Pós-Graduação de Clínica Médica - Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a partir de suas investigações sobre a produção do cuidado em saúde, em diferentes contextos de práticas. Destacamos as ações do que chamamos de ‘Sinais que vêm da rua’ e as construídas no estudo sobre as Redes Temáticas de Cuidado, que têm como princípio a ideia de avaliar quem pede tais ações, quem as faz e quem as utiliza. O elemento de destaque e analisador central de nossas aprendizagens no campo da produção do cuidado e do conhecimento em saúde é a noção de Rede Viva como modo de produção das conexões existenciais de indivíduos e coletivos, em diferentes contextos de grupalidade e modos de viver, socialmente.


We synthesized the experiences gathered by a group of researchers affiliated with Labor Micropolitics and Health Care, from Medical Clinic postgraduate school - Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), from their investigations on the production of health care in different contexts of practice. We highlighted the actions of what we call ‘Signals coming from thestreet’ and the ones built in the study of the Thematic Care Networks, which have as a principle the idea of evaluating who asks, who makes and who uses them. The major element and central analyzer of our learning in the field of care provision and health knowledge is the idea of Live Networks as a way of producing existential connections of individuals and groups in different contexts of groupality and ways of living, socially.


Assuntos
Assistência Centrada no Paciente , Saúde Pública , Pesquisa Qualitativa , Trabalho
5.
Interface comun. saúde educ ; 17(47): 835-845, out.-dez. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-699110

RESUMO

Combining education and work involves some of the assumptions of the training process in the field of healthcare. The aim of this paper was to analyze the training provision by mental healthcare institutions in the state of Rio de Janeiro, Brazil. We chose to take a qualitative investigative approach based on selection of a sample of institutions that are committed to educational processes in this field. The data collection involved contact with specific informants and analysis on documents, focusing on the following variables: target audience, duration, frequency, nature, type of training action and pedagogical policy projects. Several mental health training proposals at different types of institutions were found. The investigation resulted in a map of institutions and training actions: an analytical matrix of training and qualification within the field of mental health in the region.


Combinar educação e trabalho constitui alguns dos pressupostos do processo de formação no campo da saúde apresentados neste artigo, cujo propósito foi analisar as ofertas de formação empregadas por instituições do campo da saúde mental, no estado do Rio de Janeiro, Brasil. Optamos por uma pesquisa qualitativa a partir da seleção de uma amostra de instituições comprometidas com processos educativos nessa área (universidades e secretarias de saúde). A coleta de dados envolveu o contato com informantes e a análise de documentos, privilegiando as seguintes variáveis: público-alvo, duração, periodicidade, natureza, tipo de ação formativa e projeto político-pedagógico. Foram encontradas várias propostas de formação em saúde mental em diferentes tipos de instituições. A pesquisa resultou na elaboração de um mapa de instituições e ações formativas: uma matriz analítica da formação e qualificação na área de saúde mental na região.


Combinar educación y trabajo constituye algunos de los supuestos del proceso de formación en el campo de la salud, presentados en este artículo, cuyo propósito fue analizar las ofertas de formación utilizadas por instituciones del campo de la salud mental, en el Estado de Rio de Janeiro, Brasil. Optamos por una investigación cualitativa a partir de la selección de una muestra de instituciones comprometidas con procesos educativos en esa área (universidades y secretarías de salud). La colecta de datos envolvió el contacto con informantes y el análisis de documentos, privilegiando las variables siguientes: público objetivo, duración, periodicidad, naturaleza, tipo de la acción formativa y proyecto político-pedagógico. Se encontraron diversas propuestas de formación en salud mental en diferentes tipos de instituciones. La investigación resultó en la elaboración de un mapa de instituciones y de acciones formativas: una matriz analítica de la formación y calificación en el área de salud mental en la región.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Educação Continuada , Saúde Mental , Equipe de Assistência ao Paciente
6.
Cad Saude Publica ; 18(6): 1803-7, 2002.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-12488910

RESUMO

Rio de Janeiro State has one of the largest networks of psychiatric hospitals in Brazil, one of them the Dr. Eiras Paracambi Hospital (CSDE-P). In late 2000, the current Mental Health Advisory Division of the Rio de Janeiro State Health Department conducted a clinical and psychosocial census of patients hospitalized in the CSDE-P. The hospital population consisted of 1,494 individuals, the majority men (53.4%), single (81.6%), working-age (66.4%), and with limited schooling (only 11.5% with a complete primary education or more). Most had been in hospital for at least two years (77.6%), received visits from relatives (60.5%), but did not have hospital leave (73.8%). The predominant diagnoses were schizophrenia (53.6%) and mental retardation (26.4%). The main therapeutic approach was psychiatric (84.1%). Only 13.3% took part in systematic activities during the day, although 36% were in a condition to do so. CSDE-P is a mega-hospital where most patients have precarious social links, demanding treatment strategies which take this characteristic into account.


Assuntos
Hospitais Psiquiátricos/estatística & dados numéricos , Institucionalização/estatística & dados numéricos , Transtornos Mentais/epidemiologia , Pessoas Mentalmente Doentes/estatística & dados numéricos , Adolescente , Adulto , Distribuição por Idade , Brasil/epidemiologia , Feminino , Humanos , Tempo de Internação , Masculino , Estado Civil , Transtornos Mentais/terapia , Pessoas Mentalmente Doentes/psicologia , Pessoa de Meia-Idade , Distribuição por Sexo
7.
Cad. saúde pública ; 18(6): 1803-1807, nov.-dez. 2002. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-327020

RESUMO

O Estado do Rio de Janeiro concentra uma das maiores redes de hospitais psiquiátricos do país, sendo um deles a Casa de Saúde Dr. Eiras/Paracambi (CSDE-P). A atual Assessoria de Saúde Mental da Secretaria de Estado de Saude do Estado do Rio de Janeiro, realizou em fins de 2000, o Censo Clínico e Psicossocial dos Pacientes Internados na CSDE-P. Encontrou uma populaçäo de 1494 indivíduos, com predomínio de homens (53,4 por cento), solteiros (81,6 por cento), faixa etária produtiva (66,4 por cento) e baixa escolaridade (11,5 por cento com primeiro grau completo ou mais). A maioria tinha um tempo de internaçäo superior/igual a 2 anos (77,6 por cento), recebiam visitas de familiares (60,5 por cento) mas näo saíam de licença (73,8 por cento). Os diagnósticos predominantes foram as esquizofrenias (53,6 por cento) e o retardo mental (26,4 por cento). A principal abordagem terapêutica foi a psiquiátrica (84,1 por cento). Realizavam atividades sistemáticas durante o dia 13,3 por cento dos pacientes, embora cerca de 36 por cento apresentassem bons indicativos de condiçöes de autonomia. A CSDE-P é um macro hospital, onde a maioria dos pacientes encontra-se desterritorializada e com laços sociais precários, exigindo a construçäo de estratégias de cuidados que levem em conta essa particularidade


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Hospitais Psiquiátricos , Institucionalização , Transtornos Mentais , Pessoas Mentalmente Doentes/estatística & dados numéricos , Distribuição por Idade , Brasil , Tempo de Internação , Estado Civil , Transtornos Mentais , Pessoas Mentalmente Doentes/psicologia , Distribuição por Sexo
8.
J. bras. psiquiatr ; 45(9): 519-521, set. 1996.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-306912

RESUMO

O presente artigo tem como objetivo apresentar o Projeto Censo Psiquiátrico que será desenvolvido no Município do Rio de Janeiro. Este projeto abrangerá toda a população de pacientes psiquiátricos sob às expensas do SUS (Sistema Único de Saúde). Descreverá as circunstâncias às quais foi concebido, sua operacionalização e seus objetivos. Tendo este último como principais finalidades realizar um perfil sócio-econômico e clínico acerca da população, a fim de subsidiar o planejamento da assistência em saúde mental no Município


Assuntos
Humanos , Censos , Hospitais Psiquiátricos , Pacientes Internados , Brasil , Inquéritos e Questionários
9.
J. bras. psiquiatr ; 9(45): 519-521, set. 1996.
Artigo | Index Psicologia - Periódicos | ID: psi-3110

RESUMO

O presente artigo tem como objetivo apresentar o 'Projeto Censo Psiquiatrico' que sera desenvolvido no Municipio do Rio de Janeiro. Este projeto abrangera toda a populacao de pacientes psiquiatricos sob as exprensas do SUS (Sistema Unico de Saude). Descrevera as circunstancias as quais foi concebida, sua operacionalizacao e seus objetivos. Tendo este ultimo como principais finalidades realizar um perfil socio-economico e clinico acerca da populacao, a fim subdisiar o planejamento da assistencia em saude mental no Municipio.


Assuntos
Hospitais Psiquiátricos , Censos , Hospitais Psiquiátricos
10.
Rio de Janeiro; UERJ/IMS; 1993. 208 p.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-160675

RESUMO

Avalia a implantaçäo do serviço de emergência psiquiátrica no pronto-socorro municipal de Angra dos Reis, tomando-o como um dos dispositivos de cuidados presentes no cenário de restruturaçäo da atençäo em saúde mental


Assuntos
Serviços de Emergência Psiquiátrica/organização & administração , Serviços de Saúde Mental/organização & administração
11.
Angra dos Reis - RJ; Secretaria Municipal de Saúde e Bem Estar Social; 1992. 72 p.
Monografia em Português, Português | Coleciona SUS | ID: biblio-932880
12.
J. bras. psiquiatr ; 40(8): 399-402, set. 1991. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-198170

RESUMO

A viabilidade de se ter um planejamento eficaz, que dê conta dos impasses no setor saúde proporcionando um sistema de cuidados descentralizado, hierarquizado e regionalizado, nao é tarefa das mais fáceis. Com intuito de contribuir para uma reflexao acerca dessas questoes, procurou-se trazer um estudo sumário de um país onde foi realizada a reogarnizaçao do setor saúde, no caso, a Itália. Buscando uma tentativa de compreendermos como está organizado os serviços de saúde, especificamente os que dizem respeito à saúde mental, e como as questoes de planejamento se apresentam nos dias atuais para os profissionais de saúde


Assuntos
Humanos , Políticas, Planejamento e Administração em Saúde , Serviços de Saúde Mental/organização & administração
13.
J. bras. psiquiatr ; 8(40): 399-402, set. 1991.
Artigo | Index Psicologia - Periódicos | ID: psi-6710

RESUMO

A viabilidade de se ter um planejamento eficaz, que de conta dos impasses no setor saude proporcionando um sistema de cuidados descentralizado, hierarquizado e regionalizado, nao e tarefa das mais faceis. Com intuito de contribuir para uma reflexao acerca dessas questoes, procurou-se trazer um estudo sumario de um pais onde foi realizada a reorganizacao do setor saude, no caso, a Italia. Buscando uma tentativa de compreendermos como esta organizado os servicos de saude, especificamente os que dizem respeito a saude mental, e como as questoes de planejamento se apresentam nos dias atuais para os profissionais de saude.


Assuntos
Serviços de Saúde Mental , Políticas, Planejamento e Administração em Saúde , Saúde Mental , Serviços de Saúde Mental , Políticas, Planejamento e Administração em Saúde , Saúde Mental
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...