Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. dent. sci ; 23(2,supl): 1-8, 2020.
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1100310

RESUMO

Background: Temporomandibular disorder (TMD) belongs to a heterogeneous group of musculoskeletal and neuromuscular conditions involving the temporomandibular joint complex, musculature and adjacent components. These conditions can generate signs and symptoms and be influenced by an altered biopsychosocial condition. Objective: This study aims to seek information to assist the patient in the presence of TMD signs and symptoms and Orofacial Pain, associated with the period of social isolation during the COVID-19 pandemic. Material and methods: For the preparation of this manual, a bibliographic search was performed in the databases PubMed, Latin American and Caribbean Health Sciences Literature (LILACS), BBO (BVS), Scopus, Web of Science and The Cochrane Library, using the keywords: orofacial pain, temporomandibular disorders, bruxism, stress, anxiety, biopsychosocial, diagnosis, self-care with important information on how to reduce and control the signs and symptoms of TMD and Orofacial Pain in this moment of pandemic that we are experiencing a social detachment. Results: The results show that the pandemic of COVID-19 and the need for social isolation, generates psychological impact that raises the pattern of anxiety and can directly affect patients with bruxism and TMD. Conclusion: Psychological factors associated with the pandemic can lead to an increased risk of developing, worsening and perpetuating bruxism, especially waking bruxism and TMD, so dentists should be aware of the occurrence of signs and symptoms to manage the multifactorial aspects of this condition. At that time, individual self-management strategies are advised for the patient, which consist of self-massage techniques, body education, exercise practices, sleep hygiene, meditation also the use of mobile apps and online tools that facilitate this activity. (AU)


Introdução: A Desordem Temporomandibular (DTM) pertence a um grupo heterogêneo de condições musculoesqueléticas e neuromusculares envolvendo o complexo articular temporomandibular, a musculatura e os componentes adjacentes. Essas condições podem gerar sinais e sintomas e serem influenciadas por uma condição biopsicossocial alterada. Objetivo: Esse estudo teve como objetivo buscar informações que possam auxiliar ao paciente na presença de sinais e sintomas de DTM e Dor Orofacial associado ao período de isolamento social durante a pandemia do COVID -19. Material e Métodos: Para a elaboração deste manual, foi realizada uma pesquisa bibliográfica nas bases de dados PubMed, Latin American and Caribbean Health Sciences Literature (LILACS), BBO (BVS), Scopus, Web of Science e The Cochrane Library, utilizando as palavras-chaves: dor orofacial, desordem temporomandibular, bruxismo, estresse, ansiedade, biopsicossocial, diagnóstico e autocuidados, com informações importantes sobre como reduzir e controlar os sinais e sintomas de DTM e Dor Orofacial nesse momento de pandemia que estamos vivenciando um distanciamento social. Resultados: Os resultados mostram que a pandemia de COVID-19 e a necessidade de isolamento social, gera impacto psicológico que eleva o padrão de ansiedade e pode afetar diretamente pacientes com bruxismo e DTM. Conclusão: Fatores psicológicos associados à pandemia podem levar a um maior risco de desenvolver, piorar e perpetuar o bruxismo, principalmente bruxismo de vigília e DTM, por isso os cirurgiões-dentistas devem estar atentos a ocorrência de sinais e sintomas para gerenciar os aspectos multifatoriais dessa condição. Aconselha-se, nesse momento, estratégias individualizadas de autogerenciamento para o paciente que consistem em técnicas de automassagem, educação corporal, práticas de exercícios, higiene do sono e meditação. Além do uso de aplicativos digitais e ferramentas online facilitadores dessa atividade (AU)


Assuntos
Ansiedade , Autocuidado , Dor Facial , Bruxismo , Transtornos da Articulação Temporomandibular , Infecções por Coronavirus , Análise do Estresse Dentário , Diagnóstico
2.
Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac ; 10(1)jan.-mar. 2010. ilus
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-550981

RESUMO

O ameloblastoma é, segundo a OMS, um tumor odontogênico de origem epitelial, benigno, que apresenta características de infiltração local e elevado índice de recidiva. Considerando a sua frequência, agressividade, diversidade histopatológica, capacidade de recidiva e controvérsia quanto às formas de tratamento, muitos têm sido os motivos para que esse tumor seja constantemente citado na literatura médica e odontológica. O ameloblastoma unicístico é uma variante do ameloblastoma que apresenta melhor prognóstico com baixo índice de recidiva, mesmo se tratado por cirurgias conservadoras, como enucleação e/ou curetagem da lesão. Clínica e radiograficamente pode se assemelhar a uma lesão cística, como um cisto folicular, sendo fundamental o diagnóstico preciso para que o tratamento adequado seja instituído com menor risco de recidiva da lesão. O caso clínico relatado é de uma paciente do gênero feminino, 20 anos, com aumento volumétrico na face, em região posterior de mandíbula. A punção aspirativa seguida de biópsia excisional e análise histopatológica confirmaram o diagnóstico de ameloblastoma unicístico...


According to the World Health Organization, ameloblastomas are benign odontogenic tumors of epithelial origin that present characteristics of local infiltration and a high rate of recurrence. Considering their frequency, aggressiveness, histopathological diversity, capacity of recurrence and the controversy regarding forms of treatment, there are many reasons why they have been frequently mentioned in dental and medical literature. Unicystic ameloblastoma is a variant form that presents a favorable prognosis and low rate of recurrence, even when treated by conservative procedures such as enucleation or curettage. Clinically and radiographically, it may resemble a cystic lesion, such as a follicular cyst, demanding a precise diagnosis in order to ensure the correct treatment and prevent recurrence. The case reported here is that of a 20-year-old female with an increase in facial volume in the posterior region of the jaw. A diagnosis of unicystic ameblastoma was confirmed by aspiratory puncture, followed by an excisional biopsy and histopathological analysis.

3.
Rio de Janeiro; s.n; 2002. 99 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, Coleciona SUS, Inca | ID: biblio-930923

RESUMO

Este trabalho avaliou, de forma restrospectiva, no Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do INCA-RJ, 399 amostras submetidas à biópsia por punção aspirativa por agulha fina - PAAF, em lesões nodulares ou massas submersas, dentro da área de atuação da Cirurgia Buco-maxilo-facial. Os resultados da citopatologia da PAAF foram confrontados com os resultados histopatológicos, obtidos através de análise das peças cirúrgicas que tratados estatisticamente, apresentaram índices de precisão de 95,66 por cento, com 7,52 por cento de amostras consideradas insatisfatórias para diagnóstico. Apresentaram 15 resultados falso-negativos e um resultado falso-positivo, conferindo sensibilidade de 88,46 por cento e especificidade de 99,58 por cento. A técnica se mostrou satisfatória para obtenção de diagnóstico inicial e/ou provisório de lesões neoplásticas ou não, benignas e malignas, além de ser de fácil execução, boa precisão, baixo custo operacional e praticamente isenta de complicações pós-operatórias


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Biópsia por Agulha , Biópsia por Agulha/normas , Neoplasias Maxilomandibulares , Neoplasias Bucais
4.
Rio de Janeiro; s.n; 2002. 99 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-407599

RESUMO

Este trabalho avaliou, de forma restrospectiva, no Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do INCA-RJ, 399 amostras submetidas à biópsia por punção aspirativa por agulha fina - PAAF, em lesões nodulares ou massas submersas, dentro da área de atuação da Cirurgia Buco-maxilo-facial. Os resultados da citopatologia da PAAF foram confrontados com os resultados histopatológicos, obtidos através de análise das peças cirúrgicas que tratados estatisticamente, apresentaram índices de precisão de 95,66 por cento, com 7,52 por cento de amostras consideradas insatisfatórias para diagnóstico. Apresentaram 15 resultados falso-negativos e um resultado falso-positivo, conferindo sensibilidade de 88,46 por cento e especificidade de 99,58 por cento. A técnica se mostrou satisfatória para obtenção de diagnóstico inicial e/ou provisório de lesões neoplásticas ou não, benignas e malignas, além de ser de fácil execução, boa precisão, baixo custo operacional e praticamente isenta de complicações pós-operatórias


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Biópsia por Agulha/normas , Biópsia por Agulha , Neoplasias Maxilomandibulares , Neoplasias Bucais
5.
Rev. bras. odontol ; 57(1): 31-3, jan.-fev. 2000.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-262413

RESUMO

O objetivo do presente estudo foi determinar as características das seguintes soluçöes anestésicas testadas: lidocaína 2 por cento com adrenalina 1: 100.000 (DFL) e Mepivacaína 3 por cento sem vasoconstrictor (DFL). Foi utilizado um protocolo em que 184 pacientes foram selecionados e divididos em dois grupos, sendo possível verificar o período de latência, tempo de anestesia dos tecidos moles, alteraçöes da pressäo arterial, profundidade da anestesia (eficácia) para procedimentos cirúrgicos, eventuais complicaçöes locais ou sistêmicas e tempo de anestesia pulpar através do Pulp Vitality Tester (Parkell Eletronics Division). Os resultados do trabalho demonstraram que as duas soluçöes testadas foram eficazes para utilizaçäo em Odontologia, respeitando suas indicaçöes e restriçöes


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Anestesia Dentária/métodos , Anestesia Local , Epinefrina/administração & dosagem , Lidocaína/administração & dosagem , Mepivacaína/administração & dosagem
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA