Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 26
Filtrar
1.
Cad Saude Publica ; 35(7): e00007918, 2019 08 12.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-31411282

RESUMO

The urban nexus approach involves the investigation and elucidation of integrated solutions through the recognition of tradeoffs between water, energy, and food, namely resources whose shortage leads to inequalities in health. The article's central hypothesis is that the context of shortage corroborates social practices that can be synergic or contradictory in relation to the challenges of sustainability and social rights. The objective is to investigate synergies and contradictions based on social practices in the urban nexus in the neighborhood of Novo Recreio in the city of Guarulhos, Greater Metropolitan São Paulo, Brazil. The methodology consists of a qualitative ethnographic study drawing on practice theory as the reference, with direct field observations and narratives. The results featured social practices associated with systematic lack of water, precarious public lighting and transportation, and difficult access to fresh and healthy foods. The study of social practices between synergies and contradictions allowed verifying that this spontaneous process of search for solutions to local problems reveals the need to incorporate local practices and knowledge into public policies and global demands. We define nexus of exclusion as the peripheral condition of impossibility of conscious options that allow jointly orienting the reduction of shortage and iniquities through alternatives for sustainability.


A abordagem do nexo urbano corresponde à compreensão e à busca de soluções integradas mediante o reconhecimento das interdependências entre água, energia e alimentos, recursos cuja escassez configura iniquidades em saúde. A hipótese central deste artigo considera que o contexto de escassez corrobora práticas sociais que podem ser sinérgicas ou contraditórias em relação aos desafios da sustentabilidade e dos direitos sociais. O objetivo é investigar sinergias e contradições a partir de práticas sociais mediante o nexo urbano no bairro Novo Recreio, na cidade de Guarulhos, Região Metropolitana de São Paulo, Brasil. A metodologia consiste em um estudo qualitativo e de base etnográfica com referência à Teoria das Práticas, com observações diretas de campo e narrativas. Os resultados apresentaram práticas sociais associadas a falta sistemática de água, precariedades na iluminação pública e no transporte, bem como dificuldade de acesso a alimentos frescos e saudáveis. O estudo das práticas sociais entre sinergias e contradições permitiu verificar que, nesse processo espontâneo de busca de solução para problemas locais, é constatada a necessidade de integrar práticas e saberes locais a políticas públicas e demandas globais. Com isso, denominamos nexos de exclusão a condição periférica de impossibilidade de opções conscientes que permitam orientar conjuntamente a redução da escassez e de iniquidades com alternativas para a sustentabilidade.


El abordaje del nexo urbano se corresponde con la comprensión y búsqueda de soluciones integradas, mediante el reconocimiento de las interdependencias entre agua, energía, alimentos y recursos, cuya escasez configura inequidades en salud. La hipótesis central de este artículo considera que el contexto de escasez corrobora prácticas sociales que pueden ser sinérgicas o contradictorias, a través de los desafíos en sostenibilidad y derechos sociales. Los objetivos son investigar sinergias y contradicciones, a partir de prácticas sociales mediante el nexo urbano en el barrio Novo Recreio, en la ciudad de Guarulhos, región metropolitana de São Paulo, Brasil. La metodología consiste en un estudio cualitativo y de base etnográfica, vinculado a la teoría de las prácticas, analizando observaciones de campo directas y relatos. Los resultados presentaron prácticas sociales asociadas a la falta sistemática de agua, precariedad en la iluminación pública y el transporte, dificultad de acceso a alimentos frescos y saludables. El estudio de las prácticas sociales entre sinergias y contradicciones permitió verificar que, en ese proceso espontáneo de búsqueda de soluciones para problemas locales, se constata la necesidad de integrar prácticas y saberes locales con políticas públicas y demandas globales. De esta forma, denominamos nexos de exclusión a las condiciones periféricas de imposibilidad, en cuanto a opciones conscientes que permitan orientar conjuntamente la reducción de la escasez e iniquidades con alternativas para la sostenibilidad.


Assuntos
Comportamento Social , Saúde Suburbana , Desenvolvimento Sustentável , Saúde da População Urbana , Antropologia Cultural/métodos , Brasil , Abastecimento de Alimentos , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde/etnologia , Humanos , Iluminação , Fatores Socioeconômicos , Inquéritos e Questionários , Meios de Transporte , Abastecimento de Água
2.
Cad. Saúde Pública (Online) ; 35(7): e00007918, 2019. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1011717

RESUMO

A abordagem do nexo urbano corresponde à compreensão e à busca de soluções integradas mediante o reconhecimento das interdependências entre água, energia e alimentos, recursos cuja escassez configura iniquidades em saúde. A hipótese central deste artigo considera que o contexto de escassez corrobora práticas sociais que podem ser sinérgicas ou contraditórias em relação aos desafios da sustentabilidade e dos direitos sociais. O objetivo é investigar sinergias e contradições a partir de práticas sociais mediante o nexo urbano no bairro Novo Recreio, na cidade de Guarulhos, Região Metropolitana de São Paulo, Brasil. A metodologia consiste em um estudo qualitativo e de base etnográfica com referência à Teoria das Práticas, com observações diretas de campo e narrativas. Os resultados apresentaram práticas sociais associadas a falta sistemática de água, precariedades na iluminação pública e no transporte, bem como dificuldade de acesso a alimentos frescos e saudáveis. O estudo das práticas sociais entre sinergias e contradições permitiu verificar que, nesse processo espontâneo de busca de solução para problemas locais, é constatada a necessidade de integrar práticas e saberes locais a políticas públicas e demandas globais. Com isso, denominamos nexos de exclusão a condição periférica de impossibilidade de opções conscientes que permitam orientar conjuntamente a redução da escassez e de iniquidades com alternativas para a sustentabilidade.


El abordaje del nexo urbano se corresponde con la comprensión y búsqueda de soluciones integradas, mediante el reconocimiento de las interdependencias entre agua, energía, alimentos y recursos, cuya escasez configura inequidades en salud. La hipótesis central de este artículo considera que el contexto de escasez corrobora prácticas sociales que pueden ser sinérgicas o contradictorias, a través de los desafíos en sostenibilidad y derechos sociales. Los objetivos son investigar sinergias y contradicciones, a partir de prácticas sociales mediante el nexo urbano en el barrio Novo Recreio, en la ciudad de Guarulhos, región metropolitana de São Paulo, Brasil. La metodología consiste en un estudio cualitativo y de base etnográfica, vinculado a la teoría de las prácticas, analizando observaciones de campo directas y relatos. Los resultados presentaron prácticas sociales asociadas a la falta sistemática de agua, precariedad en la iluminación pública y el transporte, dificultad de acceso a alimentos frescos y saludables. El estudio de las prácticas sociales entre sinergias y contradicciones permitió verificar que, en ese proceso espontáneo de búsqueda de soluciones para problemas locales, se constata la necesidad de integrar prácticas y saberes locales con políticas públicas y demandas globales. De esta forma, denominamos nexos de exclusión a las condiciones periféricas de imposibilidad, en cuanto a opciones conscientes que permitan orientar conjuntamente la reducción de la escasez e iniquidades con alternativas para la sostenibilidad.


The urban nexus approach involves the investigation and elucidation of integrated solutions through the recognition of tradeoffs between water, energy, and food, namely resources whose shortage leads to inequalities in health. The article's central hypothesis is that the context of shortage corroborates social practices that can be synergic or contradictory in relation to the challenges of sustainability and social rights. The objective is to investigate synergies and contradictions based on social practices in the urban nexus in the neighborhood of Novo Recreio in the city of Guarulhos, Greater Metropolitan São Paulo, Brazil. The methodology consists of a qualitative ethnographic study drawing on practice theory as the reference, with direct field observations and narratives. The results featured social practices associated with systematic lack of water, precarious public lighting and transportation, and difficult access to fresh and healthy foods. The study of social practices between synergies and contradictions allowed verifying that this spontaneous process of search for solutions to local problems reveals the need to incorporate local practices and knowledge into public policies and global demands. We define nexus of exclusion as the peripheral condition of impossibility of conscious options that allow jointly orienting the reduction of shortage and iniquities through alternatives for sustainability.


Assuntos
Humanos , Comportamento Social , Saúde da População Urbana , Saúde Suburbana , Desenvolvimento Sustentável , Fatores Socioeconômicos , Meios de Transporte , Abastecimento de Água , Brasil , Iluminação , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde/etnologia , Inquéritos e Questionários , Abastecimento de Alimentos , Antropologia Cultural/métodos
3.
Societies (Basel) ; 7(2)2017 Jun.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-29277844

RESUMO

The trajectory of participation in health research by community social actors worldwide has been built on a history of community participation from the Ottawa Charter Health Promotion call for community mobilization, to the emancipatory educational philosophy of Paulo Freire, to social movements and organizing for health and social justice. This paper builds on this history to expand our global knowledge about community participation in research through a dialogue between experiences and contexts in two prominent countries in this approach; the United States and Brazil. We first focus on differences in political and scientific contexts, financing, and academic perspectives and then present how, despite these differences, similarities exist in values and collaborative methodologies aimed at engaging community partners in democratizing science and knowledge construction. We present three case studies, one from the U.S. and two from Brazil, which illustrate similar multi-level processes using participatory research tools and Freirian dialogue to contribute to social mobilization, community empowerment, and the transformation of inequitable societal conditions. Despite different processes of evolution, we observed a convergence of participatory health research strategies and values that can transform science in our commitment to reduce health and social inequities and improve community wellbeing.

4.
Interface comun. saúde educ ; 18(51): 633-646, Oct-Dec/2014. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-725475

RESUMO

Este artigo propõe uma reflexão sobre critérios para a metodologia da pesquisa-ação, visando contribuir para o atendimento de premissas necessárias à aplicação e melhoria da qualidade de investigações participativas, em contextos socioambientais e de saúde. Para a construção desta estrutura de abordagem, foram utilizados resultados da análise de dissertações e teses sobre pesquisa-ação de caráter interdisciplinar, na interface das áreas saúde, educação e ambiental. A análise de situações práticas permitiu identificar elementos favoráveis ao alcance dos objetivos de uma pesquisa-ação e compreensão de sua dinâmica organizacional. Foram estabelecidos os seguintes critérios: flexibilidade metodológica; combinação de múltiplos instrumentos de pesquisa e intervenção; e o nível de participação e cooperação dos/e entre sujeitos e pesquisadores. A pesquisa-ação revela-se como uma adequada proposta frente a desafios interdisciplinares quando executada contemplando os critérios aqui estudados...


Este artículo propone una reflexión sobre criterios para la metodología de la investigación-acción, con el objetivo de contribuir para la atención de premisas necesarias para la aplicación y mejora de la calidad de investigaciones participativas, en contextos socio-ambientales y de salud. Se utilizaron resultados del análisis de disertaciones y tesis sobre investigación-acción de carácter interdisciplinario en la interfaz de las áreas de salud, educación y ambiental. El análisis de situaciones prácticas permitió la identificación de elementos favorables al alcance de los objetivos de una investigación-acción y la comprensión de su dinámica organizacional. Se establecieron los criterios siguientes: flexibilidad metodológica, combinación de múltiples instrumentos de investigación e intervención y el nivel de participación y colaboración de y entre sujetos e investigadores. La investigación-acción se revela como una propuesta adecuada ante los desafíos interdisciplinarios cuando se realiza contemplando los criterios aquí estudiados...


This paper proposes a reflection on the criteria for the methodology of action research, with the aiming of contributing towards meeting the premises required for application and improvement of the quality of participatory research in socioenvironmental and healthcare contexts. To construct this approach structure, the results from analysis of dissertations and thesis on action research were used in an interdisciplinary manner, at the interfaces between the fields of health, education and the environment. Analysis on practical situations made it possible to identify elements favoring attainment of the objectives of action research and understanding of the organizational dynamics. The following criteria were established: methodological flexibility; combination of multiple research and intervention tools; and levels of cooperation and participation among subjects and researchers. Action research was shown to be an appropriate proposal in the light of the interdisciplinary challenges when applied taking into account the criteria studied here...


Assuntos
Humanos , Saúde Ambiental , Pesquisa Interdisciplinar , Projetos de Pesquisa/tendências , Dissertações Acadêmicas como Assunto
5.
Cien Saude Colet ; 17(6): 1469-78, 2012 Jun.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-22699638

RESUMO

The Rio+20 Conference will mobilize the global community in 2012 to participate in a challenging debate on the global environmental reality and the existing modus operandi with respect to the broad and generic topics of development and the environment. One of the core themes of this meeting is the transition to a green economy in the context of sustainable development and the eradication of poverty. The issue of Global Environmental Governance will top the agenda of the Rio +20 discussions, with a view to promoting and accelerating the transition to sustainable societies. It presents, often in a controversial way, the creation of conditions to define new institutional spaces and shared decision-making processes. Before embarking on the discussion about what king of sustainability should be behind the Green Economy, and its applicability, the scope of this article is to ask readers to reflect on what should be the priority in the discussion on environmental governance This should be explained to the extent that there is a need to change the existing mechanisms of profoundly unequal exploitation of resources, which blocks progress in decision-making processes, as decisions of the few create a perverse logic of appropriation of natural resources and the non-resolution of social exclusion.


Assuntos
Conservação dos Recursos Naturais , Desenvolvimento Econômico , Saúde Ambiental/organização & administração , Humanos
6.
Ciênc. Saúde Colet. (Impr.) ; 17(6): 1469-1478, jun. 2012.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-626671

RESUMO

A Conferência Rio+20 mobiliza a comunidade global em 2012 para participar de um desafiador debate sobre a realidade ambiental global e modus operandi existente quanto à temática ampla e genérica do desenvolvimento e do ambiente. Um dos temas estruturantes desta reunião é a transição para uma economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza. O tema da Governança Ambiental Global um dos carros chefe do debate na Rio+20, no intuito de promover e acelerar a transição rumo a sociedades sustentáveis, configura a construção muitas vezes, de forma controversa, das condições para a definição de novos espaços institucionais e processos decisórios compartilhados. Este artigo propõe aos leitores uma reflexão para discutir que tipo de sustentabilidade está por trás da economia verde, a sua aplicabilidade e o que deva ser priorizada na discussão de governança ambiental. Isto se explica na medida em que existe a necessidade de mudar os mecanismos de utilização dos recursos, profundamente injustos, e que impedem avanços nos processos decisórios, pois as decisões de poucos tem configurado uma lógica perversa de expropriação de recursos naturais e não resolução da exclusão social.


The Rio+20 Conference will mobilize the global community in 2012 to participate in a challenging debate on the global environmental reality and the existing modus operandi with respect to the broad and generic topics of development and the environment. One of the core themes of this meeting is the transition to a green economy in the context of sustainable development and the eradication of poverty. The issue of Global Environmental Governance will top the agenda of the Rio +20 discussions, with a view to promoting and accelerating the transition to sustainable societies. It presents, often in a controversial way, the creation of conditions to define new institutional spaces and shared decision-making processes. Before embarking on the discussion about what king of sustainability should be behind the Green Economy, and its applicability, the scope of this article is to ask readers to reflect on what should be the priority in the discussion on environmental governance This should be explained to the extent that there is a need to change the existing mechanisms of profoundly unequal exploitation of resources, which blocks progress in decision-making processes, as decisions of the few create a perverse logic of appropriation of natural resources and the non-resolution of social exclusion.


Assuntos
Humanos , Conservação dos Recursos Naturais , Desenvolvimento Econômico , Saúde Ambiental/organização & administração
7.
Estud. av ; 25(71): 135-158, jan.-abr. 2011. ilus, mapas, tab
Artigo em Português | LILACS-Express | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-63803

RESUMO

O presente trabalho aborda o cenário brasilero, da Região Metropolitana de São Paulo e da cidade de São Paulo em relação à gestão integrada e sustentável de resíduos sólidos urbanos, apontando os principais avanços, retrocessos e desafios. Destaca-se o importante papel da universalização da coleta seletiva com inclusão de catadores de materiais recicláveis na cidade de São Paulo como estratégia para promover sustentabilidade socioambiental urbana.(AU)


Assuntos
Desenvolvimento Ecológico , Zonas Metropolitanas , Gerenciamento de Resíduos , Coleta de Resíduos Sólidos , Catadores , Uso de Resíduos Sólidos , Desenvolvimento Sustentável , Política Pública , População Urbana , Planejamento de Cidades/organização & administração
8.
Estud. av ; 25(71): 135-158, jan.-abr. 2011. ilus, mapas, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-583896

RESUMO

O presente trabalho aborda o cenário brasilero, da Região Metropolitana de São Paulo e da cidade de São Paulo em relação à gestão integrada e sustentável de resíduos sólidos urbanos, apontando os principais avanços, retrocessos e desafios. Destaca-se o importante papel da universalização da coleta seletiva com inclusão de catadores de materiais recicláveis na cidade de São Paulo como estratégia para promover sustentabilidade socioambiental urbana.


This paper presents the scenario related to urban solid waste at the national level, metropolitan São Paulo and São Paulo pointing the main advances, backlashes and challenges. The emphasis is on the important role of the universalization of selective waste collection with the inclusion of waste pickers of recyclable materials within the city of São Paulo as a strategy to promote socioenvironmental urban sustainability.


Assuntos
Desenvolvimento Ecológico , Zonas Metropolitanas , Política Pública , Resíduos Sólidos , Coleta de Resíduos Sólidos , Catadores , Uso de Resíduos Sólidos , Desenvolvimento Sustentável , Gerenciamento de Resíduos , Planejamento de Cidades/organização & administração , População Urbana
10.
Cad. CEDES ; 29(77): 63-79, jan.-abr. 2009.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-522282

RESUMO

A participação como eixo norteador das práticas sociais de educação ambiental coloca como necessidade a articulação de saberes e fazeres para responder às complexas questões socioambientais. Este artigo desenvolve uma reflexão crítica sobre as práticas socioambientais educativas de caráter coletivo e colaborativo, com dinâmicas abertas e vivenciais, que têm se revelado como processos importantes na produção de uma cultura de diálogo, de participação, de mobilização e de potência de ação. Enfatizam-se as abordagens integradoras das relações entre as dimensões subjetivas e intersubjetivas e a possibilidade de estimularem a constituição de identidades coletivas e de comunidades em espaços de convivência. Isso abre caminhos para incrementar o potencial educativo de espaços dentro e fora da escola que podem se tornar contextos possíveis de diálogos democráticos, mediando experiências de diferentes sujeitos, protagonistas locais na construção de projetos de intervenção coletivos.


Assuntos
Humanos , Educação em Saúde Ambiental , Participação da Comunidade
12.
São Paulo, SP; Annablume; 2. ed; 2006. 205 p. tab, graf.(Coleção cidadania e meio ambiente).
Monografia em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-57791
13.
São Paulo; Annablume; 2 ed; 2006. 205 p. tab, graf.(Coleção cidadania e meio ambiente).
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-488865
15.
Cad. pesqui ; (109): 213-237, mar. 2000.
Artigo | Index Psicologia - Periódicos | ID: psi-16044

RESUMO

O objetivo deste estudo foi de analisar um projeto de prevencao de frogas e AIDS desenvolvido nas escolas publicas estaduais de Sao Paulo. A analise foi desenvolvida considerando-se a diversidade e a complexidade do uso contemporaneo de drogas e o papel da escola, como uma agencia de socializacao, ambos historicamente determinados. As concepcoes analisadas sao concepcoes sobre drogas; a relacao entre droga e AIDS - como um dos eventos vinculados ao processo saude-doenca; e concepcoes e objetivos da prevencao. A analise e baseada em documentos e nos depoimentos dos supervisores do projeto, professores treinados pelo projeto e estudantes que participaram das atividades. O estudo encaminha conclusoes que implicam o ordenamento das politicas publicas de prevencao relacionados a droga e AIDS.


Assuntos
Adolescente , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Drogas Ilícitas , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Adolescente , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Drogas Ilícitas , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
16.
São Paulo perspect ; 10(3): 119-28, jul.-set. 1996.
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-12997

RESUMO

A reflexão em torno do tema da participação popular tem uma estreita vinculação com os processos de descentralização político-administrativa e de ampliação das possibilidades de democratização da gestão local. O tema da participação converge com o debate sobre a descentralização que, por sua vez, tem se tornado cada vez mais fundamental ao processo de democratização da ação do Estado e das suas práticas institucionalizadoras (AU)


Assuntos
Administração Municipal , Participação da Comunidade , Orçamentos , Política , Estratégias de Saúde Locais , Brasil
17.
São Paulo perspect ; 10(3): 119-128, jul.-set. 1996.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-413102

RESUMO

A reflexão em torno do tema da participação popular tem uma estreita vinculação com os processos de descentralização político-administrativa e de ampliação das possibilidades de democratização da gestão local. O tema da participação converge com o debate sobre a descentralização que, por sua vez, tem se tornado cada vez mais fundamental ao processo de democratização da ação do Estado e das suas práticas institucionalizadoras


Assuntos
Orçamentos , Administração Municipal , Participação da Comunidade , Brasil , Política , Estratégias de Saúde Locais
18.
Previd. dados ; 10(1): 26-50, 1995. tab
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-11568

RESUMO

Apresenta os resultados de uma pesquisa que aborda a questão ambiental na cidade de São Paulo, tanto a partir do universo domiciliar, no contexto da problemática urbana na cidade, quanto na percepção dessa questão pela população diretamente atingida (AU)


Assuntos
Saneamento Urbano , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Qualidade de Vida , Meio Ambiente , Pesquisa , Cidades
19.
São Paulo perspect ; 7(1): 118-127, jan.-mar. 1993.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-400636

RESUMO

A política educacional no Município de São Paulo na gestão do Partido dos Trabalhadores (PT) orientou-se por quatro diretrizes que configuram os parâmetros da ação ao longo do período 1989-1992: a democratização do acesso; a democratização da gestão; nova qualidade de ensino; e o movimento de alfabetização de jovens e adultos. Os três primeiros aspectos são os temas de reflexão, pois integram aspectos que têm sido objeto de debate permanente, como é o caso da democratização da gestão e a potencialização dos espaços de participação. O conceito de participação popular na administração da capital paulista, desde 1989, é parte componente da estratégia da ampliação de sua base social e política que fortalece uma forma de governar a cidade introduzindo novos atores, a população excluída e segregada, no processo de gestão


Assuntos
Educação , Participação da Comunidade , Brasil , Cidades , Direitos Civis , Política , Democracia , Participação nas Decisões , Planejamento Participativo
20.
São Paulo perspect ; 5(2): 31-7, abr.-jun. 1991.
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-6217

RESUMO

Enfoca a administração municipal como um espaço permeado de tensões e contradições, a partir de uma análise do papel dos atores envolvidos e de uma agenda de questões que colocam temas como a democratização da gestão municipal e as ambigüidades e contradições da vida política. Tem-se como marco de referência a enorme distância sócio-econômica entre as classes sociais, o vazio de instituições sociais e políticas, os problemas da representação política e a necessidade de avanços reais, não só no plano da democratização das relações sociais, mas principalmente na consolidação da cidadania social (AU)


Assuntos
Cidades , Participação da Comunidade , Política Pública , Participação nas Decisões , Administração Pública , Política , Sindicatos , Política , Brasil
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...