Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Ren Fail ; 37(4): 597-600, 2015 May.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-25656834

RESUMO

BACKGROUND/AIMS: Cardiovascular diseases are major causes of mortality in chronic renal failure patients before and after renal transplantation. Among them, coronary disease presents a particular risk; however, risk predictors have been used to diagnose coronary heart disease. This study evaluated the frequency and importance of clinical predictors of coronary artery disease in chronic renal failure patients undergoing dialysis who were renal transplant candidates, and assessed a previously developed scoring system. METHODS: Coronary angiographies conducted between March 2008 and April 2013 from 99 candidates for renal transplantation from two transplant centers in São Paulo state were analyzed for associations between significant coronary artery diseases (≥70% stenosis in one or more epicardial coronary arteries or ≥50% in the left main coronary artery) and clinical parameters. RESULTS: Univariate logistic regression analysis identified diabetes, angina, and/or previous infarction, clinical peripheral arterial disease and dyslipidemia as predictors of coronary artery disease. Multiple logistic regression analysis identified only diabetes and angina and/or previous infarction as independent predictors. CONCLUSION: The results corroborate previous studies demonstrating the importance of these factors when selecting patients for coronary angiography in clinical pretransplant evaluation.


Assuntos
Algoritmos , Doença da Artéria Coronariana/epidemiologia , Doença da Artéria Coronariana/etiologia , Falência Renal Crônica/complicações , Feminino , Humanos , Falência Renal Crônica/terapia , Transplante de Rim , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Prognóstico , Diálise Renal , Estudos Retrospectivos
2.
São Paulo; s.n; 2011. 41 p. ilus, tab.
Tese em Português | Coleciona SUS, HSPM-Producao, Sec. Munic. Saúde SP, Sec. Munic. Saúde SP | ID: biblio-938213

RESUMO

A glomerulonefrite difusa aguda (GNDA) é uma afecção glomerular que, em geral, apresenta-se como síndrome nefrítica, sendo esta caracterizada pelo aparecimento súbito de hematúria, edema e hipertensão, com graus variáveis de proteinúria e redução da taxa de filtração glomerular, embora nem todas estas manifestações precisem estar presentes. A glomerulonefrite pós-estreptoccócica (GNPE) e vista como protótipo deste tipo de glomerulopatia, sendo o estreptococo beta hemolítico do grupo A de Lancefield o seu agente etiológico causador. Quanto a evolução, vale salientar que não há muita informação publicada quanto ao seguimento de adultos com glomerulonefrites agudas e poucos são os estudos envolvendo um número considerável de pacientes, mesmo quando incluídas apenas em criança. Dessa forma, diante de um caso de insuficiência renal aguda com evolução rápida para diálise, muitas vezes o diagnóstico correto da patologia renal não é confirmado e as glomerulonefrites rapidamente progressivas não são notificadas. Dessa maneira, perde-se a oportunidade de instituir tratamento específico. O objetivo de relatar o caso de uma paciente idosa (idade maior que 60 anos) que apresentou uma manifestação atípica da GNDA com evolução ruim é de enfatizar aimportância de uma investigação renal com biópsia renal para diagnóstico, tratamento e prognóstico


Assuntos
Humanos , Idoso , Glomerulonefrite , Nefrite
3.
São Paulo; s.n; 2011. 41 p. ilus, tab.
Tese em Português | Sec. Munic. Saúde SP, HSPM-Producao, Sec. Munic. Saúde SP, Sec. Munic. Saúde SP | ID: sms-3698

RESUMO

A glomerulonefrite difusa aguda (GNDA) é uma afecção glomerular que, em geral, apresenta-se como síndrome nefrítica, sendo esta caracterizada pelo aparecimento súbito de hematúria, edema e hipertensão, com graus variáveis de proteinúria e redução da taxa de filtração glomerular, embora nem todas estas manifestações precisem estar presentes. A glomerulonefrite pós-estreptoccócica (GNPE) e vista como protótipo deste tipo de glomerulopatia, sendo o estreptococo beta hemolítico do grupo A de Lancefield o seu agente etiológico causador. Quanto a evolução, vale salientar que não há muita informação publicada quanto ao seguimento de adultos com glomerulonefrites agudas e poucos são os estudos envolvendo um número considerável de pacientes, mesmo quando incluídas apenas em criança. Dessa forma, diante de um caso de insuficiência renal aguda com evolução rápida para diálise, muitas vezes o diagnóstico correto da patologia renal não é confirmado e as glomerulonefrites rapidamente progressivas não são notificadas. Dessa maneira, perde-se a oportunidade de instituir tratamento específico. O objetivo de relatar o caso de uma paciente idosa (idade maior que 60 anos) que apresentou uma manifestação atípica da GNDA com evolução ruim é de enfatizar aimportância de uma investigação renal com biópsia renal para diagnóstico, tratamento e prognóstico


Assuntos
Humanos , Glomerulonefrite , Nefrite , Idoso
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...