Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. ativ. fís. saúde ; 24: 1-9, out. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1026750

RESUMO

O objetivo do estudo foi descrever as instalações e equipamentos para atividade física nas escolas da zona rural de Pelotas, Rio Grande do Sul. Trata-se de um estudo transversal, de base escolar, realizado no ano de 2014, em todas as 26 escolas localizadas na zona rural da cidade de Pelotas. Foi utilizado um instrumento com questões relacionadas às políticas de Educação Física e avaliação das estruturas e materiais para a prática de atividade física, elaborado a partir do Physical Activity Resource Assessment (PARA), adaptado para o ambiente escolar. Observou-se que o professor e a disciplina de Educação Física estiveram presentes em todas as escolas. Mesmo com a maior frequência de estruturas como quadras esportivas (34,6% a 65,4%), pracinha/parquinhos (76,9%) e materiais como bolas (50,0% a 84,6%), cones (80,8%), cordas (88,5%), colchonetes (80,8%) e arcos (76,9%), as condições dos atributos foram regulares (7,7% a 46,2%) e ruins (11,5% a 50,0%). Poucas instituições ofereceram instalações e equipamentos em condições adequadas para a prática de atividade física. A ausência de ginásios, quadras cobertas e materiais em melhores condições chama a atenção para a necessidade de investimentos e intervenções nesses espaços


The aim of the study was to describe the facilities and equipment for physical activity practice in rural area schools of Pelotas, Rio Grande do Sul. The design was cross-sectional, school-based, carried out in all the 26 schools located in rural areas of Pelotas Southern, Brazil. We used a survey tool to assess the policies for Physical Education and evaluate the facilities and equipment/materials for physical activity. The instrument was based on the Physical Activity Resource Assessment (PARA), adapted for the school environment. We observed that curricular Physical Education and specific teachers were present in all schools. Despite the high number of facilities, such as courts and fields (34.6% to 65.4%), playgrounds (76.9%) and materials such as balls (50.0% to 84.6%), hoops (88.5%), exercise cones (80.8%) and mats (76.9%), the condition of the facilities and apparatus/equipment were fair (7.7% to 46.2%) or poor (11.5% to 50.0%). Few institutions have provided suitable facilities and equipment for physical activity. The absence of gymnasiums, covered courts and materials in better conditions draws attention to the need for investments and interventions in these spaces


Assuntos
População Rural , Instituições Acadêmicas , Planejamento Ambiental , Políticas Públicas de Saúde , Atividade Motora
2.
Rev. bras. ativ. fís. saúde ; 23: 1-5, fev.-ago. 2019.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1026661

RESUMO

Este estudo tem como objetivo verificar o efeito de um programa de atividades rítmicas na interação social e coordenação motora de crianças com transtorno do espectro autista (TEA). Realizou-se um delineamento experimental com nove crianças com TEA, entre cinco e 10 anos (cinco no grupo intervenção e quatro no grupo controle). Os dados foram obtidos por meio de três instrumentos aplicados antes e após intervenção. Os pais reportaram informações sobre o estilo de vida e interação social das crianças (CARS) e um teste de desenvolvimento motor grosso (TGMD-2) foi aplicado com as crianças. O grupo intervenção realizou 14 semanas, duas sessões por semana de 50 minutos cada, de atividades de dança. O grupo controle foi apenas acompanhado nas atividades diárias. Os dados foram comparados por meio da estatística não-paramétrica, com p < 0,05. O grupo interven-ção apresentou melhora nas habilidades motoras após as 14 semanas (p = 0,042; tamanho do efeito de 1,86). Em relação a interação social não foram observadas melhoras significativas em nenhum dos grupos. Conclui-se que 14 semanas de atividades rítmicas pode ser uma ferramenta eficaz para desenvolver as habilidades motoras de crianças com transtorno do espectro autista


The aim of the present study is to examine the effect of an intervention with rhythmic activities on the motor coordination and social interaction of children with autism spectrum disorder (ASD). The research is an experimental study. The sample consisted of children with ASD between the ages of five and 10 years. The data were obtained through three instruments applied before and after the intervention: two questionnaires, answered by parents or guardians: one about lifestyle and one about social interaction (CARS) and a gross motor development test (TGMD-2) performed with the children. No significant differences were found between groups after 14 weeks of activities. However, only the intervention group presented improvements from the first evaluation for the second evaluation (pre and post) (p = 0,042; effect size of 1.86) in motor skills. Regarding social interaction, no significant improvements were observed in either group. We conclude that 14 weeks of rhythmic activities can be an interesting tool to develop the motor skills of children with autism spectrum disorder


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Transtorno Autístico , Exercício , Dança
3.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1042019

RESUMO

Abstract The objective of this study is to describe variables of life habits associated with motor skills of children with autism spectrum disorder aged 8-10 years living in the city of Pelotas / RS. A questionnaire about lifestyle was applied and the Test of Gross Motor Development-2 (TGMD-2) was applied to assess motor skills. Independent T-test, ANOVA and Wilcoxon test were used to compare means. The study consisted of 49 individuals (42 males). The results indicate that the higher the level of ASD, the better the motor skills. Children making use of medications have greater deficits in motor skills. Higher scores on motor skills are associated with greater participation in physical education classes. Motor skills are strongly associated with independence in activities of the daily living, food, personal hygiene, dressing and bathing. The importance of the creation of PA programs aiming at improving the motor skills of this population was highlighted.


Resumo O objetivo deste estudo é descrever as variáveis de hábitos de vida associadas as habilidades motoras de crianças com transtorno do espectro autista de oito a 10 anos residentes na cidade de Pelotas/RS. Foi respondido um questionário sobre o estilo de vida e aplicado o Test of Gross Motor Development-2 (TGMD-2) para avaliação das habilidades motoras. Foi utilizado o teste T independente, ANOVA e teste de Wilcoxon para comparação de médias. Fizeram parte do estudo 49 indivíduos (42 do sexo masculino). Os resultados indicam que quando maior o grau de TEA, melhor são as habilidades motoras. As crianças que tomam medicamento apresentam maiores déficits nas habilidade motoras. Maiores escores nas habilidades motoras, estão associados a maior participação nas aulas de educação física. As habilidades motoras estão fortemente associadas a independência nas atividades de vida diária, alimentar-se, higiene pessoal, arrumar-se e banhar-se. Pode-se perceber a importância da criação de programas de AF visando a melhora nas habilidades motoras dessa população.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA