Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 15 de 15
Filtrar
Filtros adicionais











País/Região como assunto
Intervalo de ano
1.
Rev. bras. educ. méd ; 42(1): 15-26, jan.-mar. 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-958574

RESUMO

RESUMO Trata-se de uma revisão integrativa que analisa as características bibliométricas da produção científica empírica sobre PBL em periódicos de referência em educação médica no Brasil e no mundo, de 2005 a 2014, e recomenda direcionamentos para futuras pesquisas. Dos artigos do corpus, foram extraídos os seguintes dados: ano de publicação, cenário do estudo, objetivos do estudo, tipo de estudo, principais conclusões e diretrizes para pesquisas futuras assinaladas pelos autores. Os artigos publicados nos três periódicos internacionais tiveram por cenário escolas médicas de todos os continentes, sendo que seis estudos são multicêntricos. Os estudos nacionais se concentram nos estados das regiões Sul e Sudeste. Quanto aos objetivos dos estudos analisados, há predominância da busca da efetividade do PBL, ou seja, dos resultados, em termos de desempenho dos alunos, seja na formação ou na prática médica, comparando seu desempenho com o de alunos submetidos aos métodos tradicionais de ensino. Quanto à tendência da quantidade de artigos sobre PBL publicados nos últimos dez anos, observou-se uma significativa redução da quantidade de artigos publicados nos três periódicos internacionais de 2005 a 2010. No caso do periódico nacional, os dados sugerem que a produção científica sobre PBL no Brasil ainda é incipiente. No que se refere aos métodos de pesquisa utilizados nos estudos publicados nos quatro periódicos selecionados, houve predominância dos métodos quantitativos, com predomínio do survey (n = 26). As principais conclusões dos estudos seguem a mesma linha dos objetivos. Elas mostram os resultados positivos do PBL tanto na formação médica quanto em suas repercussão na prática profissional. Quanto às diretrizes para futuras pesquisas, há uma inclinação para a realização de mais estudos que investiguem a efetividade do PBL, assim como mais estudos comparativos. Conclui-se que a pesquisa sobre PBL é incipiente, sendo preciso realizar mais estudos que busquem responder a questões teórico-metodológicas e epistemológicas do método. Isto sem deixar de observar a qualidade das pesquisas que estão sendo conduzidas, pois, quanto mais qualidade tiverem, melhor irão subsidiar a tomada de decisões. Um dado promissor é que o PBL tem despertado o interesse de pesquisadores mundo afora. Isto mostra que o método, apesar de seus rigorosos passos, pode se adaptar a diversas culturas e contextos educacionais. Este estudo apresenta limitações, pois, para viabilizar a pesquisa, as buscas se reduziram a alguns periódicos e a um corte temporal de dez anos. Dessa forma, recomenda-se efetuar pesquisas que englobem mais periódicos e um espaço de tempo maior, para que se possa traçar um panorama mais completo das publicações sobre PBL.


ABSTRACT The present study is an integrative review. The aim was to analyze the bibliometric characteristics of empirical scientific literature on PBL in reference medical education journals in Brazil and in the world from 2005 to 2014, and recommend directions for future research. The following data were extracted: year of publication, study setting, study goals, study type, key findings and directions for future research indicated by the authors. The settings in the articles published in the three international journals were Medical Schools in all continents, where n = 6 studies were multicentric. When we analyze the data for the distribution of national studies among states, we can see that they are concentrated in the South and Southeast of Brazil. As regards the objectives of the studies analyzed, we observed that a predominance of attempts to verify the effectiveness of PBL, that is, looking at results in terms of student performance, whether in training or medical practice, and by comparing such results to those obtained via traditional methods. As regards the trend in the number of articles on PBL published in the last 10 years, we observed a significant reduction in the number of articles published in the three international journals from 2005 to 2010. In the case of the national periodical, our data suggest that scientific literature on PBL in Brazil remains at an incipient stage. As regards the research methods used in the studies published in the four selected journals, we noted the predominance of quantitative methods, primarily through the use of surveys (n = 26). The main conclusions of the studies follow the same line of goals. They show the positive results of both PBL in medical education and their implications for professional practice. In terms of guidelines for future research, we see that there is an inclination to carry out further studies to investigate the effectiveness of PBL, as well as more comparative studies. In conclusion we can say that research on PBL is still in its infancy, we still need to move forward in further studies that seek to answer more theoretical and methodological issues and employ epistemological methods. The quality of research carried out also requires attention, because the higher the quality the better the research will support decision-making. A very promising finding is that PBL hás aroused the interest of researchers all over the world. This shows that the method, despite its rigorous steps, can adapt to different cultures and different educational contexts. However, we cannot fail to mention the limitations of this study. To enable the research, the search was reduced to a limited number of journals, and a timeframe of 10 years. Thus it is recommended that further research be conducted, encompassing more publications and a longer period of time, in order to draw a more complete picture of scientific literature on PBL.

2.
Physis (Rio J.) ; 28(4): e280417, 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-984779

RESUMO

Resumo Os Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasf) visam ampliar e qualificar ações junto à Estratégia de Saúde da Família (ESF), contribuindo para consolidar os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS), a exemplo da integralidade, que ainda se depara com muitos desafios, um dos quais é a cultura organizacional. O objetivo deste estudo foi analisar os aspectos restritivos ao princípio da integralidade. Trata-se de um estudo avaliativo, orientado pelo enfoque de quarta geração, tendo como cenário um município do Nordeste do Brasil; envolveu gestores, profissionais do Nasf, profissionais da ESF e usuários, totalizando 27 participantes. Para a construção do material discursivo, utilizamos entrevistas semiestruturadas, operacionalizando o Círculo Hermenêutico-Dialético. O material empírico deu origem a quatro categorias: fragilidade do vínculo com o território; desafios do trabalho em equipe multidisciplinar; falta de competências para a atuação no Nasf; e deficiência de apoio logístico. Evidencia-se como fator restritivo de destaque à atuação do Nasf concernente à integralidade a fragilidade do vínculo entre as equipes de saúde e destas com a população, além da falta de competências dos profissionais, cuja importância se expressa nos resultados.


Abstract The Family Health Supporting Nuclei (FHSN) aim to expand and qualify health actions along with the Family Health Strategy (FHS), to consolidate the principles of the Unified Health System (SUS), as an example of comprehensiveness that still faces many challenges, among which there is the organizational culture. This study aimed to analyze the restrictive aspects of the principle of integral care. It is an evaluative study, guided by the fourth-generation approach, in the scenario of a municipality in the Northeastern Brazil. It involved managers, FHSN professionals, FHS professionals and users, totaling 27 participants. For the construction of the discursive material we used semi-structured interviews, operating the Hermeneutic-Dialectic Circle. The empirical material gave rise to four categories: Fragility of the link with the territory; Challenges of multidisciplinary teamwork; Lack of competencies for FHSN performance and Logistic Support Disability. The study evidences as a restrictive factor of importance FHSN's actions concerning integral care, the fragility of the link between health teams and those with the population, as well as the lack of skills of professionals, whose importance is expressed in the results.


Assuntos
Humanos , Atenção Primária à Saúde , Avaliação em Saúde , Sistema Único de Saúde , Brasil , Saúde Pública , Estratégia Saúde da Família , Pesquisa Qualitativa , Gestor de Saúde , Integralidade em Saúde
3.
Cogitare enferm ; 21(2): 01-08, Abr.-Jun. 2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-684

RESUMO

Revisão integrativa que objetivou analisar produções científicas sobre a Segurança do paciente na Atenção Primária à Saúde. Realizada de janeiro a março de 2016, em periódicos nacionais, internacionais e nas bases de dados em ciências da saúde da Biblioteca Virtual em Saúde. Selecionaram-se dez artigos que respondiam à questão norteadora: de que forma é evidenciada na literatura a temática Segurança do Paciente na Atenção Primária à Saúde? Observou-se que as publicações datavam de 2008 em diante, com temática variando entre investigação da cultura de segurança, relação da segurança do paciente com a prevenção de eventos adversos e avaliação de incidentes, e tradução de instrumento para avaliação da segurança do paciente. O conteúdo evidenciado pela análise permitiu concluir sobre a importância de discutir sobre segurança de modo a contribuir na melhoria da qualidade da assistência à saúde, assim como a necessidade de novos estudos, haja vista relevância do tema e pouca produção científica na área (AU).


This is an integrative review with the aim of analyzing scientific articlesaddressing patient safety in primary health care. It was conducted from January until March 2016 with national and international journals and with health sciences databases from the Virtual Library on Health. The author chose 10 articles that answered the guiding question: How does the literature depict the theme of patient safety in primary health care? With 2008 as the earliest publishing date, publication themes ranged from investigations on safety culture and the relation between patient safety and prevention of adverse events and incident assessment to translations of instruments for assessment of patient safety. It was possible to draw conclusions from content gathered during analysis about the importance of discussing safety to support the improvement of health care. The authors also found a need for more studies, considering the relevance of the theme and the limited scientific work on the theme (AU).


Revisión integrativa objetivando analizar producciones científicas sobre Seguridad del Paciente en la Atención Primaria de Salud. Realizada de enero a marzo de 2016, en periódicos nacionales, internacionales y bases de datos de ciencias de salud de Biblioteca Virtual en Salud. Seleccionados diez artículos respondiendo la pregunta orientadora: "¿De qué forma está evidenciada en la literatura la temática Seguridad del Paciente en Atención Primaria de Salud?" Las publicaciones databan de 2008 en adelante, con temática variando entre investigación de cultura de seguridad, relación de seguridad del paciente con prevención de eventos adversos y evaluación de incidentes; y traducción de instrumento para evaluación de seguridad del paciente. El contenido analizado permitió determinar la importancia de discutir sobre seguridad apuntando a contribuir en mejorar la calidad de atención de salud, así como la necesidad de nuevos estudios, considerándose la relevancia del tema y la escasa producción científica en el área (AU).


Assuntos
Humanos , Cuidados de Enfermagem , Segurança do Paciente , Atenção Primária à Saúde
4.
Rev. bras. educ. méd ; 40(1): 4-10, jan.-mar. 2016. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-781445

RESUMO

RESUMO Hospitais de Ensino servem de cenário de prática para atividades curriculares de cursos da área da saúde, podendo ser de propriedade de uma Instituição de Ensino Superior, pública ou privada, ou formalmente conveniados a esta, apresentando como eixos de reestruturação atenção à saúde, gestão hospitalar, ensino e pesquisa. Desta forma, este trabalho tem como objetivo descrever um modelo heurístico de avaliação de Hospitais de Ensino com base nos conceitos de paradigma de pesquisa e de modelo teórico, tomando como hipótese de trabalho que a avaliação é uma aplicação da metodologia das ciências sociais. Assim, com respeito ao marco metodológico, elegemos a Avaliação de Quarta Geração de Egon G. Guba e Yvona S. Lincoln como metodologia de apreensão dos significados, valores, questões e preocupações frente aos processos de gestão, ensino, pesquisa e assistência, por meio de seus stakeholders, implicados no processo.


ABSTRACT Teaching hospitals provide a practical setting for curricular activities of health courses. These hospitals might be owned by a public or private higher education institution, or may have a formal relationship with such a school, based on the axes of restructuring health care, hospital management, education and research. This work aims to describe a heuristic evaluation model for teaching hospitals based on research paradigm concepts and a theoretical model, and working on a hypothesis that the evaluation is an application of social science methodology. Therefore, as regards the methodological reference, we elect Egon G. Guba and Yvona S. Lincoln’s Fourth Generation Evaluation as the methodology for ascertaining the meanings, values, issues and concerns in view of the management, teaching, research and assistance processes, by means of the stakeholders involved.

5.
Rev. bras. educ. méd ; 39(1): 151-158, Jan-Mar/2015. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-746036

RESUMO

Hospitais de ensino (HE) são aqueles que desenvolvem ações de docência, pesquisa e prestação de serviço de alta complexidade, sendo necessárias, portanto, qualidade e integralidade em suas ações, pautadas nos princípios e diretrizes do SUS. Este estudo analisa a produção científica sobre a avaliação dos hospitais de ensino. Foi realizada uma revisão sistemática,de julho a setembro de 2013, nas bases de dados eletrônicas Lilacs, Medline e SciELO, utilizando como orientador da busca o descritor “hospitais de ensino”e como critérios de inclusão: artigos que discutissem avaliação dos HEs; desenvolvidos no Brasil; disponíveis na íntegra e em português; e publicados após 2004. Assim, foram incluídos dez artigos que, por atenderem aos nossos interesses de investigação, foram lidos na íntegra e posteriormente discutidos. A revisão indicou que os estudos existentes são insuficientes para avaliar o desempenho dos HEs, sendo necessárias novas pesquisas em outras regiões do País, com abordagens metodológicas qualitativas e mistas para o desenvolvimento dessa avaliação.


Teaching hospitals (TH) are settings that develop teaching, research and the provision of high quality complex health services, based on humane and integral care, and on the principles and guidelines of the Brazilian Unified Health System. This study aimed to analyze the existing scientific literature on the evaluation of TH. Therefore, a systematic review was performed from July to September 2013 in the electronic databases Lilacs, Medline and SciELO, using the search descriptor “teaching hospitals”, and as inclusion criteria: empirical articles that discuss the TH; developed in Brazil; available in full text and in Portuguese language; published after 2004. Ten articles were included, read in full and subsequently discussed. The literature review suggests that the existing studies are insufficient to evaluate TH performance, demanding more research on the subject in other regions of the country, using qualitative or mixed methods to improve TH evaluation.

6.
Trab. educ. saúde ; 13(supl.2): 53-77, 2015. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-767159

RESUMO

Resumo A Residência Multiprofissional em Saúde da Família caracteriza-se como formação em serviço que promove aproximação da realidade do Sistema Único de Saúde. Apesar de empiricamente existir a constatação de resultados positivos na atuação profissional, não há um modelo de avaliação dos resultados. Este artigo detém-se na descrição e análise do processo de adaptação e validação de estruturas essenciais de avaliação e seus respectivos indicadores para a construção de modelos de autoavaliação para programas de residências multiprofissionais em saúde da família. Em oficina, foram apresentados instrumentos aos especialistas, que deveriam fazer considerações sobre eles. As observações foram analisadas e as consideradas pertinentes com os objetivos de avaliação foram acatadas. A construção e a validação de indicadores de autoavaliação de programas de Residência Multiprofissional em Saúde da Família, ora realizadas, sinalizam a relevância de uma proposta que supere as avaliações ‘tradicionais’ e se torne um processo tão inventivo quanto se deseja às residências.


Abstract The Multidisciplinary Residency in Family Health is characterized as in-service training that promotes an approximation to the reality of the Unified Health System. Although empirically it is found that there are positive results in the professional activity, there is no model to value results. This article dwells on the description and analysis of the process of adapting and validating essential structures of evaluation and their respective indicators for the construction of self-assessment models for programs aimed at multidisciplinary residency in family health. During the workshop, tools were presented to experts who were asked to make considerations about them. Their observations were analyzed and those considered relevant to the evaluation objectives accepted. The construction and validation of self-evaluation indicators for Multidisciplinary Residency in Family Health programs that were conducted signal the relevance of a proposal that goes beyond the ‘traditional’ ratings and becomes a process that is as inventive as desired for the residencies.


Resumen La Residencia Multiprofesional en Salud de la Familia se caracteriza como formación en servicio que promueve la aproximación con la realidad del Sistema Único de Salud. A pesar de existir empíricamente la constatación de resultados positivos en la actuación profesional, no hay un modelo de evaluación de los resultados. Este artículo se detiene en la descripción y el análisis del proceso de adaptación y validación de estructuras esenciales de evaluación y sus respectivos indicadores, para la construcción de modelos de autoevaluación para programas de residencias multiprofesionales en salud de la familia. En un taller, se presentaron instrumentos a los especialistas, que deberían hacer consideraciones sobre éstos. Las observaciones se analizaron y las que se consideraron pertinentes a los objetivos de evaluación fueron acatadas. La construcción y la validación de indicadores de autoevaluación de programas de Residencia Multiprofesional en Salud de la Familia, aquí realizadas, señalan la relevancia de una propuesta que supere las evaluaciones “tradicionales” y se vuelva un proceso tan inventivo como se desea en las residencias.


Assuntos
Humanos , Saúde da Família , Estratégia Saúde da Família , Avaliação de Programas e Instrumentos de Pesquisa , Internato e Residência
7.
Saúde debate ; 38(100): 157-169, Jan-Mar/2014.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-710467

RESUMO

Trata-se de revisão da literatura de base a partir de pesquisa bibliográfica realizada na plataforma da Biblioteca Virtual em Saúde com o objetivo de caracterizar as pesquisas produzidas sobre auditoria no SUS. O levantamento bibliográfico abrangeu as publicações nacionais em auditoria de 2000 a 2010, sendo identificados quatorze documentos para compor a amostra do estudo. Os achados das pesquisas foram classificados de acordo com o tema investigado e os aspectos metodológicos categorizados. Os resultados ressaltam a insuficiência de estudos voltados para essa temática e a necessidade de divulgação dos relatos como fator de consolidação do processo de trabalho em saúde pública.


This is a literature review of basis depicted from a broader literature research carried on the platform of the Virtual Library in Health with the aim to characterize the research so far produced on SUS auditing. The survey comprised the national publications on audit for the period 2000-2010 identifying fourteen documents to compose the study sample. The research findings were then classified as for the topic investigated and the categories applied to the methodological aspects. Results showed the dearth of studies focused on this topic and the need for dissemination of reports as a consolidation element for the public health working process.

8.
Cad Saude Publica ; 25(6): 1215-24, 2009 Jun.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-19503952

RESUMO

In response to the call for a new Science of Stigma, this anthropological study investigates the moral experience of patients diagnosed with severe multibacillary leprosy. From 2003 to 2006, fieldwork was conducted in the so-called 'United-States-of-Sobral', in Ceará State, Northeast Brazil. Sobral is highly endemic for leprosy, despite intensified eradication efforts and a 30% increase in primary care coverage since 1999. Of 329 active leprosy cases at two public clinics, 279 multibacillary patients were identified and six information-rich cases selected for in-depth ethnographic analysis, utilizing illness narratives, key-informant interviews, home visits, participant-observation of clinical consultations and semi-structured interviews with physicians. A 'contextualized semantic interpretation' revealed four leprosy metaphors: a repulsive rat's disease, a racist skin rash, a biblical curse and lethal leukemia. Far from value-free pathology, the disease is imbued with moral significance. Patients' multivocalic illness constructions contest physicians' disease discourse. 'Skin Spot Day' discriminates more than educates. Patients' 'non-compliance' with effective multi-drug therapy is due to demoralizing stigma more than a rejection of care. 'Social leprosy' in Northeast Brazil deforms patients' moral reputations and personal dignity.


Assuntos
Hanseníase/psicologia , Metáfora , Preconceito , Estereotipagem , Antropologia , Bíblia , Brasil/etnologia , Feminino , Humanos , Hanseníase/etnologia , Leptospirose/psicologia , Leucemia/psicologia , Masculino , Semântica , Ajustamento Social
9.
Cad. saúde pública ; 25(6): 1215-1224, June 2009. ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-515775

RESUMO

In response to the call for a new Science of Stigma, this anthropological study investigates the moral experience of patients diagnosed with severe multibacillary leprosy. From 2003 to 2006, fieldwork was conducted in the so-called "United-States-of-Sobral", in Ceará State, Northeast Brazil. Sobral is highly endemic for leprosy, despite intensified eradication efforts and a 30 percent increase in primary care coverage since 1999. Of 329 active leprosy cases at two public clinics, 279 multibacillary patients were identified and six information-rich cases selected for in-depth ethnographic analysis, utilizing illness narratives, key-informant interviews, home visits, participant-observation of clinical consultations and semi-structured interviews with physicians. A "contextualized semantic interpretation" revealed four leprosy metaphors: a repulsive rat's disease, a racist skin rash, a biblical curse and lethal leukemia. Far from value-free pathology, the disease is imbued with moral significance. Patients' multivocalic illness constructions contest physicians' disease discourse. "Skin Spot Day" discriminates more than educates. Patients' "non-compliance" with effective multi-drug therapy is due to demoralizing stigma more than a rejection of care. "Social leprosy" in Northeast Brazil deforms patients' moral reputations and personal dignity.


No intuito de criar uma Ciência do Estigma, este estudo antropológico investiga a experiência moral de pacientes diagnosticados com a hanseníase multibacilar. De 2003 a 2006, a pesquisa foi conduzida nos "Estados Unidos do Sobral", Estado do Ceará, Brasil, altamente endêmico para hanseníase apesar da intensificação de erradicação e o aumento de 30 por cento na cobertura de saúde desde 1999. Entre 329 casos de hanseníase, 279 foram identificados como multibacilar e seis casos "ricos em informação" foram selecionados para aprofundamento. Narrativas da enfermidade, entrevistas etnográficas, visitas domiciliares, observação-participante de consultas clínicas e entrevistas semi-estruturadas com médicos foram realizadas. A "interpretação semântica contextualizada" revelou quatro metáforas de "lepra" - uma repulsiva doença de rato, uma infecção de pele com conotações racistas, uma praga bíblica, e uma leucemia letal. Essas metáforas "multivocálicas" contestam o discurso biomédico. A lepra é repleta de significados morais. O "Dia da Mancha" descrimina mais do que educa. A falta de aderência à eficaz poliquimoterapia é causada mais pelo estigma desmoralizante do que pela rejeição ao tratamento em si. A "lepra social" no nordeste brasileiro deforma a reputação moral e a dignidade do paciente.


Assuntos
Feminino , Humanos , Masculino , Hanseníase/psicologia , Metáfora , Preconceito , Estereotipagem , Antropologia , Bíblia , Brasil/etnologia , Hanseníase/etnologia , Leptospirose/psicologia , Leucemia/psicologia , Semântica , Ajustamento Social
10.
Rev. bras. educ. méd ; 33(2): 198-204, abr.-jun. 2009. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-524242

RESUMO

Com a criação e a expansão do Programa Saúde da Família no Brasil, a Medicina de Família e Comunidade (MFC), como especialidade médica, ganhou destaque por ser a mais adequada a esse trabalho. Recentes parcerias entre os ministérios da Saúde e da Educação têm procurado regular a formação de recursos humanos em saúde para atender às demandas de consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS) no âmbito da graduação e da pós-graduação. Houve investimento no aumento no número de vagas de residência em MFC, mas parece haver uma incongruência entre o que os futuros médicos almejam em suas carreiras e as necessidades do SUS, o que é demonstrado pelo número de vagas ociosas nesses programas. Com o objetivo de elencar hipóteses explicativas do desinteresse por essa especialidade, fizemos uma revisão de trabalhos que enfocaram essa temática. Encontramos que pouco prestígio, baixos salários, pouca vivência em atenção primária durante a graduação e elevada dívida com a universidade foram os fatores mais recorrentes. Concluímos que é necessário investigar essas hipóteses em nossa realidade, motivo pelo qual propomos uma agenda de pesquisa nessa direção.


With the creation and expansion of the Family Health Program in Brazil, Family and Community Medicine (FCM) has gained attention as the most adequate medical specialty for work in the program. Recent partnerships between the Ministries of Health and Education have aimed to regulate the undergraduate and graduate training of health professionals to meet the demands for consolidation of the Unified National Health System (SUS). Investments have been made to increase the number of residency positions in FCM, but there appears to be a mismatch between future physicians' career goals and the National Health System's needs, as shown by the number of unfilled positions in these residency programs. In order to help explain this lack of interest in FCM, we conducted a review of studies focusing on the theme. We found that low prestige, low pay, limited contact with primary care during undergraduate medical training, and heavy student indebtedness were the most common factors. We conclude that it is necessary to investigate these hypotheses in the Brazilian context and thus propose a corresponding research agenda.


Assuntos
Humanos , Escolha da Profissão , Medicina de Família e Comunidade , Internato e Residência
11.
Hansen. int ; 30(2): 185-194, jul.-dez. 2005. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-487108

RESUMO

Este artigo tem por objetivo criticar, desde o referencial teórico-metodológico da Antropologia Médica, as atuais estratégias de controle da hanseníase como problema de saúde pública. Será descrita a construção sócio-cultural da doença pela humanidade ao longo da história, bem como a forma como ela é problematizada no mundo da vida das pessoas atingidas. Descreveremos as principais categorias culturais pelas quais a doença tem sido vivenciada nas culturas, com ênfase no conflito entre as formas profissionais e leigas de construção da hanseníase como etno-enfermidade. Nesse processo, utilizaremos os conceitos de illness, disease e sickness, da Antropologia Médica Norte-Americana, e o de Modelos Explicativos de Artur Kleinman para garantir a inteligibilidade da hanseníase como fenômeno mórbido essencialmente cultural. Por fim, a partir da análise do conflito entre os Modelos Explicativos Profissional e Leigo de interpretação e ação na abordagem à hanseníase, proporemos uma nova estratégia de cuidado, centrada no método antropológico, visando apoiar as...


Assuntos
Antropologia , Hanseníase , Assistência Médica
12.
Hansen. int ; 30(2): 185-194, jul.-dez. 2005. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-434695

RESUMO

Este artigo tem por objetivo criticar, desde o referencial teórico-metodológico da Antropologia Médica, as atuais estratégias de controle da hanseníase como problema de saúde pública. Será descrita a construção sócio-cultural da doença pela humanidade ao longo da história, bem como a forma como ela é problematizada no mundo da vida das pessoas atingidas. Descreveremos as principais categorias culturais pelas quais a doença tem sido vivenciada nas culturas, com ênfase no conflito entre as formas profissionais e leigas de construção da hanseníase como etno-enfermidade. Nesse processo, utilizaremos os conceitos de illness, disease e sickness, da Antropologia Médica Norte-Americana, e o de Modelos Explicativos de Artur Kleinman para garantir a inteligibilidade da hanseníase como fenômeno mórbido essencialmente cultural. Por fim, a partir da análise do conflito entre os Modelos Explicativos Profissional e Leigo de interpretação e ação na abordagem à hanseníase, proporemos uma nova estratégia de cuidado, centrada no método antropológico, visando apoiar as...


Assuntos
Antropologia , Hanseníase , Assistência Médica
13.
Hansen. int ; 30(2): 185-194, Jul-Dez. 2005. ilus
Artigo em Português | Hanseníase | ID: han-23748

RESUMO

Este artigo tem por objetivo criticar, desde o referencial teórico-metodológico da Antropologia Médica, as atuais estratégias de controle da hanseníase como problema de saúde pública. Será descrita a construção sócio-cultural da doença pela humanidade ao longo da história, bem como a forma como ela é problematizada no mundo da vida das pessoas atingidas. Descreveremos as principais categorias culturais pelas quais a doença tem sido vivenciada nas culturas, com ênfase no conflito entre as formas profissionais e leigas de construção da hanseníase como etno-enfermidade. Nesse processo, utilizaremos os conceitos de illness, disease e sickness, da Antropologia Médica Norte-Americana, e o de Modelos Explicativos de Artur Kleinman para garantir a inteligibilidade da hanseníase como fenômeno mórbido essencialmente cultural. Por fim, a partir da análise do conflito entre os Modelos Explicativos Profissional e Leigo de interpretação e ação na abordagem à hanseníase, proporemos uma nova estratégia de cuidado, centrada no método antropológico, visando apoiar as...AU


Assuntos
Hanseníase , Antropologia , Assistência Médica
14.
Texto & contexto enferm ; 13(1): 147-155, jan.-mar. 2004. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-458711

RESUMO

A ascensão das doenças crônicas no perfil de mortalidade da população brasileira trouxe implicações não apenas na agenda nacional de saúde pública, como também na organização social das práticas de saúde. Neste artigo refletimos sobre questões ontológica, epistemológica e metodológica na conformação de novos saberes em saúde para o enfrentamento do impacto das doenças crônicas na realidade da vida cotidiana das pessoas. Inicialmente, discutimos a natureza ontológica da doença na perspectiva antropológica, onde a preocupação terminológica é explicitada, e da sociologia do conhecimento, enfocando a doença como experiência humana. A seguir, exploramos aspectos epistemológicos da relação fundacional sujeito-objeto no que concerne à apreensão da natureza da doença por pacientes e cuidadores, destacando o conceito de Modelos Explicativos e seu papel na compreensão da relação profissional de saúde-paciente. E, finalmente, na dimensão metodológica, sugerimos a eliciação da narrativa como método para aprofundar a questão da cronicidade e do cuidado...


The ascendancy of chronic diseases in the mortality profile of the Brazilian population has implications both for the national public health policies and the social organization of health practices. This article is a critical reflection on the ontological, epistemological and methodological issues related to chronic illness, fostering the construction of new health knowledge vital for coping with the impact of the disease on daily life world. Initially, we discuss the ontological nature of illness from an anthropological perspective, focusing on the illness as human experience and explicating issues of meaning and terminology. Following, we address epistemological aspects of the subject-object interaction involving patients´ and caretakers´ understandings of the nature of illness. The authors highlight the concept of Explanatory Models and their role in the health professional-patient relationship. Finally, referring to methodology, we suggest the elicitation of illness narratives as a method to explore deeply chronicity and care taking issues...


La ascensión de las enfermedades crónicas en el perfil de mortalidad de la población brasileña trajo implicaciones no sólo en la agenda nacional de la salud pública, también en la organización social de las prácticas de salud. En este artículo reflexionamos sobre cuestiones ontológicas, epistemológicas y metodológicas en la conformación de nuevos saberes en la salud para el enfrentamiento del impacto de las enfermedades crónicas en la realidad de la vida cotidiana. Inicialmente, discutimos la naturaleza ontológica de la enfermedad desde la antropología, donde la terminología es explicada, y de la sociología del conocimiento, enfocando la enfermedad como experiencia humana. Seguidamente, exploramos la epistemología de la relación fundacional sujeto-objeto sobre la aprehensión de la enfermedad por pacientes y cuidadores, destacando el concepto de Modelos Explicativos y su papel en la comprensión de la relación Profesional de la Salud-Paciente. Finalmente, en la metodología, sugerimos la narrativa como método para profundizar la cuestión de la cronicidad y del cuidado...


Assuntos
Humanos , Antropologia , Doença Crônica , Assistência à Saúde , Conhecimento
15.
Texto & contexto enferm ; 13(1): 147-155, jan.-mar. 2004. ilus
Artigo em Português, Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-14248

RESUMO

A ascensão das doenças crônicas no perfil de mortalidade da população brasileira trouxe implicações não apenas na agenda nacional de saúde pública, como também na organização social das práticas de saúde. Neste artigo refletimos sobre questões ontológica, epistemológica e metodológica na conformação de novos saberes em saúde para o enfrentamento do impacto das doenças crônicas na realidade da vida cotidiana das pessoas. Inicialmente, discutimos a natureza ontológica da doença na perspectiva antropológica, onde a preocupação terminológica é explicitada, e da sociologia do conhecimento, enfocando a doença como experiência humana. A seguir, exploramos aspectos epistemológicos da relação fundacional sujeito-objeto no que concerne à apreensão da natureza da doença por pacientes e cuidadores, destacando o conceito de Modelos Explicativos e seu papel na compreensão da relação profissional de saúde-paciente. E, finalmente, na dimensão metodológica, sugerimos a eliciação da narrativa como método para aprofundar a questão da cronicidade e do cuidado...(AU)


The ascendancy of chronic diseases in the mortality profile of the Brazilian population has implications both for the national public health policies and the social organization of health practices. This article is a critical reflection on the ontological, epistemological and methodological issues related to chronic illness, fostering the construction of new health knowledge vital for coping with the impact of the disease on daily life world. Initially, we discuss the ontological nature of illness from an anthropological perspective, focusing on the illness as human experience and explicating issues of meaning and terminology. Following, we address epistemological aspects of the subject-object interaction involving patientsï and caretakersï understandings of the nature of illness. The authors highlight the concept of Explanatory Models and their role in the health professional-patient relationship. Finally, referring to methodology, we suggest the elicitation of illness narratives as a method to explore deeply chronicity and care taking issues...(AU)


La ascensión de las enfermedades crónicas en el perfil de mortalidad de la población brasileña trajo implicaciones no sólo en la agenda nacional de la salud pública, también en la organización social de las prácticas de salud. En este artículo reflexionamos sobre cuestiones ontológicas, epistemológicas y metodológicas en la conformación de nuevos saberes en la salud para el enfrentamiento del impacto de las enfermedades crónicas en la realidad de la vida cotidiana. Inicialmente, discutimos la naturaleza ontológica de la enfermedad desde la antropología, donde la terminología es explicada, y de la sociología del conocimiento, enfocando la enfermedad como experiencia humana. Seguidamente, exploramos la epistemología de la relación fundacional sujeto-objeto sobre la aprehensión de la enfermedad por pacientes y cuidadores, destacando el concepto de Modelos Explicativos y su papel en la comprensión de la relación Profesional de la Salud-Paciente. Finalmente, en la metodología, sugerimos la narrativa como método para profundizar la cuestión de la cronicidad y del cuidado...(AU)


Assuntos
Humanos , Doença Crônica , Assistência à Saúde , Antropologia , Conhecimento
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA