Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 11 de 11
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Temas psicol. (Online) ; 24(2): 771-786, jun. 2016.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-791971

RESUMO

O presente artigo tem como objetivo discutir o conteúdo da Resolução nº 007/2003 do Conselho Federal de Psicologia, que trata sobre a elaboração de documentos psicológicos escritos e que teve como intuito reduzir o número de queixas a sua qualidade. Contudo, o que se observa nos dias atuais é que ainda existem muitos processos éticos decorrentes de falhas em documentos, especialmente em laudos/relatórios psicológicos. A grande heterogeneidade desses documentos, tanto em termos de forma quanto de conteúdo, pode suscitar dúvidas acerca de sua qualidade. Os comentários e críticas desenvolvidos neste texto pretendem auxiliar os profissionais na produção de seus documentos, e também servir como uma referência atualizada sobre essa temática, visando contribuir para a produção de documentos de boa qualidade. São abordados os princípios técnicos da linguagem escrita, assim como os princípios éticos, técnicos e científicos da profissão. A importância da devolução por escrito dos resultados das avaliações, juntamente com a devolução oral obrigatória, também é apontada. As quatro modalidades de documentos psicológicos são apresentadas, por meio da discussão de seus objetivos e estruturas, com sugestões de acréscimos à estrutura do laudo/relatório. Por fim, algumas orientações práticas para a escrita de documentos são oferecidas.


This article aims to discuss the content of Resolution Nº 007/2003 of the Federal Council of Psychology, which comprised psychological reports' writing and had the intention to reduce the number of complaints to their quality. However, nowadays there are still many ethical processes due to faults in these documents, especially in psychological reports. The great heterogeneity of these documents, both in terms of form and content, may raise doubts about their quality. The comments and criticisms developed in this paper are intended to assist professionals in the writing of their documents, and also serve as an updated reference on this topic, in order to contribute to the improvement of the quality of the documents. The paper examines the technical principles of written language, as well as the ethical, technical and scientific principles of the profession of psychologist. The importance of a written return of the results of evaluations, along with the obligatory oral return is also highlighted. The four types of psychological documents are presented, as well as the discussion of their goals and structures, with suggestions for additions to the report structure. Finally, some practical guidelines for writing documents are offered.


Este artículo objetiva discutir el contenido de la Resolución N º 007/2003 del Consejo Federal de Psicología, que se ocupa de la preparación de documentos escritos psicológicos e intentaba reducir el número de denuncias a la calidad de estos. Sin embargo, lo que se observa actualmente es que todavía hay muchos procesos éticos de fallas en los informes psicológicos. La gran heterogeneidad de estos documentos, tanto en términos de forma y contenido, puede plantear dudas sobre su calidad. Los comentarios y críticas desarrollados en este trabajo están destinados a ayudar a los profesionales en la producción de sus documentos, y sirven como una referencia actualizada para contribuir a la mejora de la calidad de documentos. El trabajo examina los principios técnicos de la lengua escrita, así como los principios éticos, técnicos y científicos de la profesión de psicólogo. La importancia de la devolución de forma escrita de los resultados de las evaluaciones, además de la devolución oral obligatoria, es destacada. Se presentan los cuatro tipos de documentos psicológicos, a través de la discusión de sus objetivos y estructuras, con sugerencias para adiciones a la estructura del informe psicológico. Por último, se ofrecen algunas directrices prácticas para la redacción de documentos.

2.
Temas psicol. (Online) ; 24(2): 771-786, jun. 2016.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos | ID: psi-68475

RESUMO

O presente artigo tem como objetivo discutir o conteúdo da Resolução nº 007/2003 do Conselho Federal de Psicologia, que trata sobre a elaboração de documentos psicológicos escritos e que teve como intuito reduzir o número de queixas a sua qualidade. Contudo, o que se observa nos dias atuais é que ainda existem muitos processos éticos decorrentes de falhas em documentos, especialmente em laudos/relatórios psicológicos. A grande heterogeneidade desses documentos, tanto em termos de forma quanto de conteúdo, pode suscitar dúvidas acerca de sua qualidade. Os comentários e críticas desenvolvidos neste texto pretendem auxiliar os profissionais na produção de seus documentos, e também servir como uma referência atualizada sobre essa temática, visando contribuir para a produção de documentos de boa qualidade. São abordados os princípios técnicos da linguagem escrita, assim como os princípios éticos, técnicos e científicos da profissão. A importância da devolução por escrito dos resultados das avaliações, juntamente com a devolução oral obrigatória, também é apontada. As quatro modalidades de documentos psicológicos são apresentadas, por meio da discussão de seus objetivos e estruturas, com sugestões de acréscimos à estrutura do laudo/relatório. Por fim, algumas orientações práticas para a escrita de documentos são oferecidas.(AU)


This article aims to discuss the content of Resolution Nº 007/2003 of the Federal Council of Psychology, which comprised psychological reports' writing and had the intention to reduce the number of complaints to their quality. However, nowadays there are still many ethical processes due to faults in these documents, especially in psychological reports. The great heterogeneity of these documents, both in terms of form and content, may raise doubts about their quality. The comments and criticisms developed in this paper are intended to assist professionals in the writing of their documents, and also serve as an updated reference on this topic, in order to contribute to the improvement of the quality of the documents. The paper examines the technical principles of written language, as well as the ethical, technical and scientific principles of the profession of psychologist. The importance of a written return of the results of evaluations, along with the obligatory oral return is also highlighted. The four types of psychological documents are presented, as well as the discussion of their goals and structures, with suggestions for additions to the report structure. Finally, some practical guidelines for writing documents are offered.(AU)


Este artículo objetiva discutir el contenido de la Resolución N º 007/2003 del Consejo Federal de Psicología, que se ocupa de la preparación de documentos escritos psicológicos e intentaba reducir el número de denuncias a la calidad de estos. Sin embargo, lo que se observa actualmente es que todavía hay muchos procesos éticos de fallas en los informes psicológicos. La gran heterogeneidad de estos documentos, tanto en términos de forma y contenido, puede plantear dudas sobre su calidad. Los comentarios y críticas desarrollados en este trabajo están destinados a ayudar a los profesionales en la producción de sus documentos, y sirven como una referencia actualizada para contribuir a la mejora de la calidad de documentos. El trabajo examina los principios técnicos de la lengua escrita, así como los principios éticos, técnicos y científicos de la profesión de psicólogo. La importancia de la devolución de forma escrita de los resultados de las evaluaciones, además de la devolución oral obligatoria, es destacada. Se presentan los cuatro tipos de documentos psicológicos, a través de la discusión de sus objetivos y estructuras, con sugerencias para adiciones a la estructura del informe psicológico. Por último, se ofrecen algunas directrices prácticas para la redacción de documentos.(AU)


Assuntos
Ética Profissional
3.
Rev. bras. crescimento desenvolv. hum ; 20(2): 330-341, mai.-ago. 2010.
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-64074

RESUMO

O crescente número de diferentes configurações familiares torna necessário avaliar os tipos de relações estabelecidas entre pais e filhos. Diante da dificuldade de mensurar esses construtos, o objetivo do presente artigo é apresentar uma revisão sistemática sobre os principais instrumentos nacionais e internacionais que avaliam as relações entre pais e filhos. Para isso, foram realizadas buscas nos indexadores IndexPsi e PsycInfo nos meses de julho e agosto de 2007. Os resultados da revisão sistemática apontaram sete instrumentos da busca internacional e três da nacional como os mais citados nos resumos dos artigos pesquisados. É apresentada uma breve descrição de cada instrumento, com seus objetivos, dimensões avaliadas e público alvo. Estudos sobre evidências de validade e fidedignidade de alguns dos instrumentos também são apresentados. Conclui-se pela necessidade de realização de estudos de adaptação ou de construção de instrumentos nacionais para essa finalidade, tendo em vista a escassez de material disponível no Brasil(AU)


Assuntos
Pesos e Medidas , /métodos , Relações Pai-Filho , Relações Mãe-Filho
4.
Rev. bras. crescimento desenvolv. hum ; 20(2): 330-341, ago. 2010.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-603649

RESUMO

O crescente número de diferentes configurações familiares torna necessário avaliar os tipos de relações estabelecidas entre pais e filhos. Diante da dificuldade de mensurar esses construtos, o objetivo do presente artigo é apresentar uma revisão sistemática sobre os principais instrumentos nacionais e internacionais que avaliam as relações entre pais e filhos. Para isso, foram realizadas buscas nos indexadores IndexPsi e PsycInfo nos meses de julho e agosto de 2007. Os resultados da revisão sistemática apontaram sete instrumentos da busca internacional e três da nacional como os mais citados nos resumos dos artigos pesquisados. É apresentada uma breve descrição de cada instrumento, com seus objetivos, dimensões avaliadas e público alvo. Estudos sobre evidências de validade e fidedignidade de alguns dos instrumentos também são apresentados. Conclui-se pela necessidade de realização de estudos de adaptação ou de construção de instrumentos nacionais para essa finalidade, tendo em vista a escassez de material disponível no Brasil


Assuntos
Relações Pai-Filho , Relações Mãe-Filho , Pesos e Medidas
5.
Rev. bras. crescimento desenvolv. hum ; 20(2): 330-341, ago. 2010.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos | ID: psi-55264

RESUMO

O crescente número de diferentes configurações familiares torna necessário avaliar os tipos de relações estabelecidas entre pais e filhos. Diante da dificuldade de mensurar esses construtos, o objetivo do presente artigo é apresentar uma revisão sistemática sobre os principais instrumentos nacionais e internacionais que avaliam as relações entre pais e filhos. Para isso, foram realizadas buscas nos indexadores IndexPsi e PsycInfo nos meses de julho e agosto de 2007. Os resultados da revisão sistemática apontaram sete instrumentos da busca internacional e três da nacional como os mais citados nos resumos dos artigos pesquisados. É apresentada uma breve descrição de cada instrumento, com seus objetivos, dimensões avaliadas e público alvo. Estudos sobre evidências de validade e fidedignidade de alguns dos instrumentos também são apresentados. Conclui-se pela necessidade de realização de estudos de adaptação ou de construção de instrumentos nacionais para essa finalidade, tendo em vista a escassez de material disponível no Brasil.(AU)


The growing number of different family configurations demands for an assessment of the kind of relationships established between parents and children. Considering the difficulty of measuring these constructs, the aim of this paper is to present a systematic review about the main international and national measures that assess parent-child relations. In order to do that, searches were made in the IndexPsi and PsycInfo in the months of July and August 2007. The results of the systematic review pointed out seven international and three national measures as the most mentioned in the abstracts of the papers reviewed. A brief description of each measure is presented, with their purposes, assessed dimensions and the target population. Studies about validity and reliability of some measures are also presented. It is shown the necessity of adapting and creating national measures for this purpose, concerning the lack of available instruments in Brazil.(AU)

6.
Estud. psicol. (Campinas) ; 26(4): 483-491, nov.-dez. 2009.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-539908

RESUMO

Este artigo tem como objetivo discutir alguns referenciais históricos da Psicologia Jurídica no Brasil e, a seguir, apresentar os principais campos de atuação, com uma sucinta descrição das tarefas desempenhadas pelo psicólogo em cada um deles. Um segundo objetivo é que esse material sirva como referencial teórico para disciplinas de Psicologia Jurídica, pois foi delineado para ter um caráter introdutório. As principais áreas de interface entre Psicologia e Direito discutidas são: Direito da Família, Direito da Criança e Adolescente, Direito Cível, Direito Penal e Direito do Trabalho. Questões referentes à formação acadêmica são levantadas e novas possibilidades de atuação na área da Psicologia Jurídica são apontadas, indicando perspectivas futuras sobre o assunto.


This article aims to discuss some historical references concerning Forensic Psychology in Brazil and to present the main fields of application and a brief description of the tasks developed by the psychologist in each one. A second aim is for this material to be used as a theoretical reference for Forensic Psychology subjects, since it was designed with this introductory emphasis. The main areas of interface between Psychology and Law are: Family Law, Child and Adolescent Law, Civil Law, Criminal Law and Labor Legislation. Questions related to education are highlighted and new possibilities for working in Forensic Psychology are noted, with a recommendation of future perspectives on the topic.


Assuntos
Psicologia Criminal , História , Psicologia
7.
Estud. psicol. (Campinas) ; 26(4): 483-491, nov.-dez. 2009.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos | ID: psi-45795

RESUMO

Este artigo tem como objetivo discutir alguns referenciais históricos da Psicologia Jurídica no Brasil e, a seguir, apresentar os principais campos de atuação, com uma sucinta descrição das tarefas desempenhadas pelo psicólogo em cada um deles. Um segundo objetivo é que esse material sirva como referencial teórico para disciplinas de Psicologia Jurídica, pois foi delineado para ter um caráter introdutório. As principais áreas de interface entre Psicologia e Direito discutidas são: Direito da Família, Direito da Criança e Adolescente, Direito Cível, Direito Penal e Direito do Trabalho. Questões referentes à formação acadêmica são levantadas e novas possibilidades de atuação na área da Psicologia Jurídica são apontadas, indicando perspectivas futuras sobre o assunto.(AU)


This article aims to discuss some historical references concerning Forensic Psychology in Brazil and to present the main fields of application and a brief description of the tasks developed by the psychologist in each one. A second aim is for this material to be used as a theoretical reference for Forensic Psychology subjects, since it was designed with this introductory emphasis. The main areas of interface between Psychology and Law are: Family Law, Child and Adolescent Law, Civil Law, Criminal Law and Labor Legislation. Questions related to education are highlighted and new possibilities for working in Forensic Psychology are noted, with a recommendation of future perspectives on the topic.(AU)


Assuntos
Psicologia , Psicologia Criminal , História
8.
Psicol. ciênc. prof ; 29(2): 290-305, jun. 2009. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-528624

RESUMO

A interdisciplinaridade entre Psicologia e Direito exige uma busca de conhecimentos muitas vezes não adquiridos ao longo da formação acadêmica dos psicólogos. Dentre esses conhecimentos, foram selecionados três tópicos para serem discutidos no presente artigo: guarda compartilhada, síndrome de alienação parental e falsas alegações de abuso sexual. Objetiva-se apresentar uma revisão teórica desses assuntos, abordando aspectos conceituais e históricos. Além da revisão teórica, são apresentados os resultados de uma pesquisa que investigou a formação extracurricular, o conhecimento e a opinião de psicólogos com experiência na área do Direito de família a respeito desses assuntos emergentes. Os resultados revelaram que a maioria dos participantes conhece e tem experiência nas demandas questionadas. Ainda assim, a discussão dos resultados apontou a necessidade de abordar esses e outros assuntos referentes à Psicologia jurídica durante a formação em Psicologia. Os resultados reforçam a importância de o psicólogo jurídico estar familiarizado com questões do Direito de família e considerar em sua avaliação os vínculos afetivos saudáveis ao desenvolvimento da criança.


The interdisciplinary aspect between psychology and law requires psychologists to search for knowledge which has not been acquired during college education. Therefore, three topics were chosen to be discussed in this paper: joint custody, parental alienation syndrome and false allegations of sexual abuse. The article aims to present a theoretical review about these topics, in which their concepts and historical aspects are discussed. Besides the theoretical review, this work presents the results of a research that investigated extracurricular education, knowledge and the opinion on family law of experienced psychologists about these emerging topics. Findings indicated that most of the participants know about and have experience in the demands required. Even though, the discussion of the results pointed out the need of dealing with these and other topics related to forensic psychology during psychologists' education. Lastly, it is highlighted the importance for the psychologist to get familiar with questions of family law, in order to consider in his/her psychological assessment the emotional bonds which are healthier for the children's development.


La interdisciplinaridad entre Psicología y Derecho exige una búsqueda de conocimientos muchas veces no adquiridos a lo largo de la formación académica de los psicólogos. Entre esos conocimientos, fueron seleccionados tres tópicos para ser discutidos en el presente artículo: guarda compartida, síndrome de alienación parental y falsas alegaciones de abuso sexual. Se tiene como objetivo presentar una revisión teórica de estos asuntos, abordando aspectos conceptuales e históricos. Además de la revisión teórica, son presentados los resultados de una pesquisa que investigó la formación extracurricular, el conocimiento y la opinión de psicólogos con experiencia en el área del Derecho de familia a respeto de estos asuntos emergentes. Los resultados revelaron que la mayoría de los participantes conoce y tiene experiencia en las demandas cuestionadas. Aún así, la discusión de los resultados señaló la necesidad de abordar ésos y otros asuntos referentes a la Psicología jurídica durante la formación en Psicología. Los resultados refuerzan la importancia del psicólogo jurídico de estar familiarizado con cuestiones del Derecho de familia y considerar en su evaluación los vínculos afectivos saludables al desarrollo del niño.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Custódia da Criança , Psicologia Criminal , Relações Familiares , Família/psicologia , Abuso Sexual na Infância/psicologia
9.
Psicol. cienc. prof ; 29(2): 290-305, jun. 2009. tab
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos | ID: psi-44680

RESUMO

A interdisciplinaridade entre Psicologia e Direito exige uma busca de conhecimentos muitas vezes não adquiridos ao longo da formação acadêmica dos psicólogos. Dentre esses conhecimentos, foram selecionados três tópicos para serem discutidos no presente artigo: guarda compartilhada, síndrome de alienação parental e falsas alegações de abuso sexual. Objetiva-se apresentar uma revisão teórica desses assuntos, abordando aspectos conceituais e históricos. Além da revisão teórica, são apresentados os resultados de uma pesquisa que investigou a formação extracurricular, o conhecimento e a opinião de psicólogos com experiência na área do Direito de família a respeito desses assuntos emergentes. Os resultados revelaram que a maioria dos participantes conhece e tem experiência nas demandas questionadas. Ainda assim, a discussão dos resultados apontou a necessidade de abordar esses e outros assuntos referentes à Psicologia jurídica durante a formação em Psicologia. Os resultados reforçam a importância de o psicólogo jurídico estar familiarizado com questões do Direito de família e considerar em sua avaliação os vínculos afetivos saudáveis ao desenvolvimento da criança.(AU)


The interdisciplinary aspect between psychology and law requires psychologists to search for knowledge which has not been acquired during college education. Therefore, three topics were chosen to be discussed in this paper: joint custody, parental alienation syndrome and false allegations of sexual abuse. The article aims to present a theoretical review about these topics, in which their concepts and historical aspects are discussed. Besides the theoretical review, this work presents the results of a research that investigated extracurricular education, knowledge and the opinion on family law of experienced psychologists about these emerging topics. Findings indicated that most of the participants know about and have experience in the demands required. Even though, the discussion of the results pointed out the need of dealing with these and other topics related to forensic psychology during psychologists' education. Lastly, it is highlighted the importance for the psychologist to get familiar with questions of family law, in order to consider in his/her psychological assessment the emotional bonds which are healthier for the children's development.(AU)


La interdisciplinaridad entre Psicología y Derecho exige una búsqueda de conocimientos muchas veces no adquiridos a lo largo de la formación académica de los psicólogos. Entre esos conocimientos, fueron seleccionados tres tópicos para ser discutidos en el presente artículo: guarda compartida, síndrome de alienación parental y falsas alegaciones de abuso sexual. Se tiene como objetivo presentar una revisión teórica de estos asuntos, abordando aspectos conceptuales e históricos. Además de la revisión teórica, son presentados los resultados de una pesquisa que investigó la formación extracurricular, el conocimiento y la opinión de psicólogos con experiencia en el área del Derecho de familia a respeto de estos asuntos emergentes. Los resultados revelaron que la mayoría de los participantes conoce y tiene experiencia en las demandas cuestionadas. Aún así, la discusión de los resultados señaló la necesidad de abordar ésos y otros asuntos referentes a la Psicología jurídica durante la formación en Psicología. Los resultados refuerzan la importancia del psicólogo jurídico de estar familiarizado con cuestiones del Derecho de familia y considerar en su evaluación los vínculos afectivos saludables al desarrollo del niño.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Psicologia Criminal , Custódia da Criança , Abuso Sexual na Infância/psicologia , Família/psicologia , Relações Familiares
10.
Aval. psicol ; 7(2): 223-234, ago. 2008. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-494189

RESUMO

O presente estudo investigou as práticas de psicológos de diferentes regiões brasileiras com experiência em avaliação envolvendo disputa de guarda. Participaram do estudo 51 psicológos, que responderam um questionário disponível online, composto por questões sobre dados pessoais e profissionais, avaliação psicológica e uso de testes. Foram realizadas análises descritivas das características sócio-demográficas e de formação dos participantes e das demais questões contempladas no instrumento, além de comparações entre as regiões brasileiras. Os resultados indicaram que as entrevistas são os procedimentos mais utilizados em avaliações desse tipo, além de visitas à escola e às residências dos pais. Dentre os testes utilizados, destacaram-se o HTP, Rorschach, TAT e Desenho da Figura Humana. Foi proposta ainda uma discussão acerca da construção de uma escala para avaliar os vínculos parentais. O estudo apresentou um panorama sobre avaliações em casos de disputa de guarda no Brasil, fornecendo orientações importantes para os profissionais que atam nessa área da Psicologia Jurídica.


The current study investigated the practices of child custody experienced psychologists from different regions of Brazil. Fifty-one psychologists took part in the study, and answered an online questionnaire, consisting of questions about personal and professional data, child custody evaluation and the use of tests. Descriptive analyses of the sociodemographic and educational characteristics of the participants as well as of the questions of the instrument were carried out. Comparisons among the Brazilian regions were also made. Results indicated that interviews are the most frequently used procedures in this type of evaluation, besides visits to parents' homes and school. Among the most employed tests were the HTP, Rorschach, TAT and the Human Figure Drawing. A discussion about the construction of a scale to measure parental bonds was also presented. The study showed an overview about child custody evaluations in Brazil, providing important guidelines for the psychologists who work in the field of the Forensic Psychology.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Custódia da Criança , Psicologia Criminal , Psicometria
11.
Aval. psicol ; 7(2): 223-234, ago. 2008. tab
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos | ID: psi-40835

RESUMO

O presente estudo investigou as práticas de psicológos de diferentes regiões brasileiras com experiência em avaliação envolvendo disputa de guarda. Participaram do estudo 51 psicológos, que responderam um questionário disponível online, composto por questões sobre dados pessoais e profissionais, avaliação psicológica e uso de testes. Foram realizadas análises descritivas das características sócio-demográficas e de formação dos participantes e das demais questões contempladas no instrumento, além de comparações entre as regiões brasileiras. Os resultados indicaram que as entrevistas são os procedimentos mais utilizados em avaliações desse tipo, além de visitas à escola e às residências dos pais. Dentre os testes utilizados, destacaram-se o HTP, Rorschach, TAT e Desenho da Figura Humana. Foi proposta ainda uma discussão acerca da construção de uma escala para avaliar os vínculos parentais. O estudo apresentou um panorama sobre avaliações em casos de disputa de guarda no Brasil, fornecendo orientações importantes para os profissionais que atam nessa área da Psicologia Jurídica (AU)


The current study investigated the practices of child custody experienced psychologists from different regions of Brazil. Fifty-one psychologists took part in the study, and answered an online questionnaire, consisting of questions about personal and professional data, child custody evaluation and the use of tests. Descriptive analyses of the sociodemographic and educational characteristics of the participants as well as of the questions of the instrument were carried out. Comparisons among the Brazilian regions were also made. Results indicated that interviews are the most frequently used procedures in this type of evaluation, besides visits to parents' homes and school. Among the most employed tests were the HTP, Rorschach, TAT and the Human Figure Drawing. A discussion about the construction of a scale to measure parental bonds was also presented. The study showed an overview about child custody evaluations in Brazil, providing important guidelines for the psychologists who work in the field of the Forensic Psychology (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Custódia da Criança , Psicologia Criminal , Psicometria
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...