Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. mal-estar subj ; 9(2): 619-687, jun. 2009.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-47384

RESUMO

O assédio moral vem se tornando um fenômeno freqüente nas discussões trabalhistas. Situações de assédio moral são tão antigas quanto a própria origem do trabalho. Todavia, atualmente, vem despertando maior interesse, principalmente das organizações e sindicatos, que recebem cada vez mais queixas de seus colaboradores em relação às chefias. Considerando o aumento do número de casos, realizou-se uma pesquisa para conhecer como pessoas assediadas vivenciaram essa experiência, identificando o perfil das vítimas, as características do assédio, o contexto em que ele ocorre, as formas e o impacto que o assédio provoca no dia-a-dia das vítimas. Para tal, solicitou-se a duas pessoas que relatassem a sua trajetória profissional, detalhando o episódio de assédio que consideram ter sofrido. Na análise dos dados, utilizou-se o Método de Estudo de Casos Múltiplos (Yin, 2005), buscando semelhanças e diferenças entre os casos estudados. Optou-se pela abordagem qualitativa no intuito de buscar um maior aprofundamento na análise das experiências das vítimas de assédio. Os resultados revelaram que a experiência vivenciada como vítima de assédio moral trouxe conseqüências graves para a vida dos participantes, tanto emocionais como físicas. Além disso, contrariando a idéia inicial de que se tratariam de pessoas frágeis, as pessoas estudadas, que se consideraram vítimas, tinham em seus perfis uma forte determinação, conhecimento, competência, dinamismo e atitudes que lhe conferiam crédito e destaque em seus locais de trabalho. (AU)


Mobbing has become a common subject in labor research. This special type of harassment seems to be as old as the origins of work per se. Nowadays, however, it has drawn more interest, mainly from labor-related organizations and unions which have been receiving more and more employees' complaints about their superiors. Taking the rise of such cases into account, this paper discusses the experiences of people who claim to have suffered Mobbing at work. The authors describe the victims' profile, the harassment characteristics and the contexts in which it occurs, its forms and its impact on the victims' daily lives. To this end, two individuals were asked to describe their professional career and, more importantly, to detail the harrassement episode they consider they have gone through. In order to analyse the data, the Multiple Cases Study Method (Yin, 2005) was used. Special emphasis was given to the similarities and differences between the cases. In addition, a qualitative approach was chosen in order to devise a more nuanced analysis of the victims' harassment experiences. The results indicate that these experiences have brought acute emotional as well as physical consequences to the interviewees' lives. Furthermore, contradicting the initial hypothesis about the fragility of the harassed individuals, the interviewees, who declared themselves to be victims, showed determination, knowledge, competence, dynamism and attitudes which conferred them credit and prominence in their workplaces. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Comportamento Social , Trabalho , Estresse Psicológico
2.
Rev. mal-estar subj ; 9(2)jun. 2009.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-542618

RESUMO

O assédio moral vem se tornando um fenômeno freqüente nas discussões trabalhistas. Situações de assédio moral são tão antigas quanto a própria origem do trabalho. Todavia, atualmente, vem despertando maior interesse, principalmente das organizações e sindicatos, que recebem cada vez mais queixas de seus colaboradores em relação às chefias. Considerando o aumento do número de casos, realizou-se uma pesquisa para conhecer como pessoas assediadas vivenciaram essa experiência, identificando o perfil das vítimas, as características do assédio, o contexto em que ele ocorre, as formas e o impacto que o assédio provoca no dia-a-dia das vítimas. Para tal, solicitou-se a duas pessoas que relatassem a sua trajetória profissional, detalhando o episódio de assédio que consideram ter sofrido. Na análise dos dados, utilizou-se o Método de Estudo de Casos Múltiplos (Yin, 2005), buscando semelhanças e diferenças entre os casos estudados. Optou-se pela abordagem qualitativa no intuito de buscar um maior aprofundamento na análise das experiências das vítimas de assédio. Os resultados revelaram que a experiência vivenciada como vítima de assédio moral trouxe conseqüências graves para a vida dos participantes, tanto emocionais como físicas. Além disso, contrariando a idéia inicial de que se tratariam de pessoas frágeis, as pessoas estudadas, que se consideraram vítimas, tinham em seus perfis uma forte determinação, conhecimento, competência, dinamismo e atitudes que lhe conferiam crédito e destaque em seus locais de trabalho.


Mobbing has become a common subject in labor research. This special type of harassment seems to be as old as the origins of work per se. Nowadays, however, it has drawn more interest, mainly from labor-related organizations and unions which have been receiving more and more employees? complaints about their superiors. Taking the rise of such cases into account, this paper discusses the experiences of people who claim to have suffered Mobbing at work. The authors describe the victims? profile, the harassment characteristics and the contexts in which it occurs, its forms and its impact on the victims? daily lives. To this end, two individuals were asked to describe their professional career and, more importantly, to detail the harrassement episode they consider they have gone through. In order to analyse the data, the Multiple Cases Study Method (Yin, 2005) was used. Special emphasis was given to the similarities and differences between the cases. In addition, a qualitative approach was chosen in order to devise a more nuanced analysis of the victims? harassment experiences. The results indicate that these experiences have brought acute emotional as well as physical consequences to the interviewees? lives. Furthermore, contradicting the initial hypothesis about the fragility of the harassed individuals, the interviewees, who declared themselves to be victims, showed determination, knowledge, competence, dynamism and attitudes which conferred them credit and prominence in their workplaces.


Assuntos
Adulto , Comportamento Social , Estresse Psicológico , Trabalho
3.
Contextos clín ; 1(2): 79-92, jul.-dez. 2008. tab
Artigo em Português, Inglês | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-44377

RESUMO

O termo Representação Social (RS) é designado como um conjunto de conceitos, afirmações e explicações originadas no cotidiano, reconhecidoscomo o conhecimento do senso comum, partilhado nas relações entre as pessoas.A partir dessa definição, este estudo teve como objetivo identificar asRepresentações Sociais do profissional de Psicologia por pacientes da áreaClínica de um Centro de Serviço-Escola do município de Taquara/RS. Pararealização do estudo foi utilizada uma abordagem de natureza qualitativa,já que se buscou focalizar o fenômeno mediante a metodologia da Análisede Conteúdo, com a aplicação de 22 questionários junto aos pacientes querealizaram triagem no Centro de Serviços em Psicologia – CESEP. O questionário usado na coleta de dados compreende questões abertas que indagam sobre a significação do papel do(a) psicólogo(a), com o objetivo de reunir informações acerca das concepções sobre esse profissional e seu trabalho. As informações coletadas foram analisadas por meio de leitura flutuante e apreciação do material, do qual se extraíram elementos que configuraram as categorias correspondentes às representações sociais do(a) psicólogo(a) nesse contexto. Os resultados evidenciaram aspectos relacionados à funçãode entender, ajudar, orientar, escutar e auxiliar na resolução de problemas/conflitos em diferentes âmbitos da vida dos indivíduos. Essas considerações,relacionadas a aspectos positivos, corroboram com os achados de estudosanteriores e servirão de mote para estudos posteriores no âmbito das Representações Sociais (RS) em diferentes contextos. (AU)


The term Social Representation is defined as a set of concepts,assertions and explanations originally taken from a daily routine, seen ascommon sense knowledge, shared among human relationships. Based on this definition the present study aims to identify the Social Representationof Psychology professionals from the patient’s perspective, having ascontributors the users of a University Clinic, in the city of Taquara/RS. Aqualitative approach research was used adlouring to a deep compreensionof the phenomenon. For this study, a content analisys was conducted in 22questionaires completed by people that arrived for the first interview atthe center of psychology services - CESEP. The applied questionnaire wascomposed of open questions inquiring about the meaning of the Psychologistrole, targeting a compilation of issues concerning the professional ofPsychology field and their work. Both float reading and appreciation wereapplied over all the gathered information to extract elements that would join a set of categories corresponding to the Social Representation of the psychologist professional in this context. Results evidenced aspects related to understanding, guiding, listening, and orientation in the resolution ofproblems or conflicts over different arenas of ones lives. These considerations, regarding positive aspects, corroborate previous findings and will be used to guide future studies in various contexts of Social Representation. (AU)

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...